Blog do Eliomar

Últimos posts

Movimento social quer maior participação de negros no Governo de Dilma Rousseff

Nesta segunda-feira (14), véspera do aniversário da Proclamação da República, a União de Negros pela Igualdade (Unegro) vai protocolar no Palácio do Planalto carta a Dilma Rousseff defendendo a maior participação de negros no governo. A informação é de Edson França, presidente da entidade que encerrou hoje seu Quarto congresso nacional, em Brasília, com a participação de 700 delegados (de 23 estados).

Segundo o ativista, o movimento quer que haja mais ministros negros no governo Dilma e se opõe a eventual mudança na Esplanada dos Ministérios que concentre pastas ligadas às minorias (negros, mulheres, jovens, indígenas e direitos humanos) em um único ministério. “Para nós é um rebaixamento”.

“Achamos isso um atraso e vai tirar o nosso protagonismo na articulação das políticas”, ponderou ao defender o papel da Secretaria Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) na “transversalidade das políticas” voltadas para os negros em várias áreas como saúde, educação e desenvolvimento social.

Edson França queixa-se dos efeitos do contingenciamento (reprogramação orçamentária de R$ 50 bilhões para todas as pastas) na Seppir e do valor previsto para a pasta no Orçamento de 2012. “O valor que apresentam é irrisório”.

Conforme proposta do governo encaminhada ao Congresso Nacional, serão alocados para Seppir R$ 31,31 bilhões (incluindo despesas fiscais e encargos com seguridade social). O Programa de Enfrentamento ao Racismo e Promoção da Igualdade Racial terá R$ 75 milhões.

Além do Executivo, o movimento tem queixa contra o Poder Legislativo, em especial, a proposta de reforma política e eleitoral em discussão no Congresso, que segundo o presidente da Unegro não assegura mecanismos para aumentar a participação de negros no parlamento.

Levantamento feito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) contabiliza 43 deputados federais autodeclarados negros (8,5% na atual legislatura) e apenas dois senadores – Paulo Paim (PT-RS) e Magno Malta (PR-ES). Para Edson França, a subrepresentação se repete nas assembleias legislativas estaduais e nas câmaras de vereadores das capitais.”

(Agência Brasil)

Governo apura sociedade de filho de FHC na rádio Disney

“O Ministério das Comunicações investiga se o grupo americano Disney ABC – um dos maiores conglomerados de entretenimento do mundo – controla ilegalmente a rádio Itapema FM, de São Paulo, que usa o nome fantasia de “Rádio Disney”.

A emissora pertence a Paulo Henrique Cardoso, filho do ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso, em sociedade com a Disney. Oficialmente, Paulo tem 71% da emissora, e a Disney estaria dentro do limite de 30% de participação estrangeira permitido pela Constituição.

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse que o envolvimento do filho do ex-presidente não influenciou na investigação.

Procurado pela Folha, Paulo Henrique não quis dar entrevista, e delegou à Disney esclarecer sobre a gestão. O grupo disse que o comando da emissora é nacional.”

(Folha)

Polícia desmente assalto a caixas eletrônicos de agência bancária

(Atualização – 9h21min) – A Polícia desmentiu um suposto arrombamento a caixa eletrônico na manhã desta segunda-feira, 14,  no banco Santander, na avenida Virgílio Távora, esquina com a rua Ana Bilhar, no bairro Meireles.

Segundo o titular da Delegacia de Roubos e Furtos, Romério Almeida, o caixa eletrônico havia sido arrombado no fim do mês de outubro e não havia ainda sido substituído. A Polícia foi acionada nesta manhã após denúncias de moradores de rua, mas constatou que não houve nenhuma ocorrência.

Programa Rede Cegonha com licitação sob suspeita

“O programa Rede Cegonha –uma das principais promessas de campanha da presidente Dilma Rousseff para a saúde– teve licitação considerada suspeita pela Justiça Federal, que decidiu suspender a assinatura do contrato com a empresa escolhida. A informação está na reportagem de Breno Costa publicada na Folha desta segunda.

Empresas derrotadas apontaram indícios de conluio entre a vencedora e a segunda colocada no pregão eletrônico feito pelo Ministério da Saúde para adquirir 1 milhão de kits com trocador de fraldas e bolsa para carregar utensílios de bebês.

O ministério e a empresa vencedora negam irregularidades.”

(Folha)

Apostador de Barbalha ganha Mega-Sena

Uma aposta da cidade de Barbalha (CE) ganhou o prêmio de R$ 3 milhões sorteado no concurso 1.336 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado. A Caixa Econômica Federal (CEF) estima prêmio de R$ 2 milhões para o próximo sorteio, que acontece na quarta. Veja os números de hoje:

01 – 32 – 38 – 47 – 51 – 54

Trinta e oito apostas fizeram a Quina e vão ganhar R$ 44.091,72 cada uma. Outras 3.539 tiveram quatro acertos e receberão R$ 676,33.

(Portal Terra)

Cid terá audiência com Dilma na 5ª feira – Pauta de projetos e política

 

Na audiência que terá com a presidente Dilma Rousseff, quinta-feira, em Brasília, o governador Cid Gomes (PSB) não tratará somente de projetos que digam respeito à Copa 2014 e outros empreendimentos como a refinaria.

Assuntos como a sucessão em Fortaleza devem ser abordados, até porque Cid estaria tendo certa dificuldade de tratar do assunto com a prefeita Luizianne Lins, a presidente do PT cearense.

Por causa da Copa, Fortaleza virou peça estratégica para o governo federal. Cid já cogitou até que Lula e Dilma poderiam mediar, no que Luizianne reagiu dizendo que a presidente teria outras preocupações bem maiores. Nesse script político, uma certeza: Cid anda prestigiado em Brasília e Dilma não tem feito segredo sobre isso.

(Coluna Vertical, do O POVO)

CNJ investiga 11 juízes do Ceará

O Conselho Nacional de Justilça investuga no Ceará 11 juízes. São sete processos disciplinares, três sindicâncias e uma representação, conforme o site do órgão. Dois processos disciplinares são motivados por interceptações telefônicas. Outros dois se relacionam a descumprimento de lei e suspensão de sentença.

Já as sindicâncias investigam desde acidente de trânsito (atropelamento), passando por conduta no expediente forense, até desentendimento em barraca de praia. Só as iniciais dos magistrados foram divulgadas.

De acordo com o presidente do STF, Cezar Peluso, a medida dará maior transparência aos processos disciplinares contra juízes e desembargadores em todos os tribunais. A ideia é que as Justiças Federal e do Trabalho também alimentem o sistema, com informações de processos disciplinares de seus tribunais. Os processos são de a partir de 2009. O banco de informações continua sendo alimentado, é atualizado a todo momento.

Motivação

Cezar Peluso tomou a decisão de divulgar o trabalho das corregedorias durante reunião com representantes do Colégio de Corregedores dos Tribunais de Justiça, quando foram apresentados dados atualizados sobre os processos em andamento e sobre as punições aplicadas a membros da magistratura nos últimos dois anos.

SERVIÇO

* Para acessar informações sobre os processos, acesse o site do CNJ. A busca pode ser feita por Estado.

www.cnj.jus.br/presidencia

(Com O POVO)

Ex-prefeita de Fortalza e militante do Crítica Radical embarcam para ato político no Wall Street

576 1

 

Militantes Maria Luiza e Célia Zanetti.

“Na bagagem, um manifesto e, na mente, o desejo de luta. Hoje, duas representantes do Movimento Crítica Radical, a ex-prefeita Maria Luiza Fontenele, e Célia Zanetti, que também é da União das Mulheres Cearenses, embarcam para Wall Street, coração do capitalismo financeiro, em Nova York. Elas querem se unir e levar solidariedade ao movimento “Ocupe Wall Street” e, ao mesmo tempo, criar movimento transnacional pela emancipação humana, que pressupõe a superação do sistema capitalista.

Wall Street foi ocupada no dia 17 de setembro em protesto contra o controle da política pelo dinheiro. Manifestantes acampam no Zuccotti Park, nas imediações do distrito financeiro. A ideia é colaborar, levando a teoria formulada pelo Crítica Radical, e aprender com eles. Como o Movimento tem assembleias diárias, Maria Luiza conta que elas tentarão ler o manifesto e abrir o debate.

Para Maria Luiza, Wall Street simboliza o sistema que fez do dinheiro o deus que submete todas as relações humanas. “Queremos fazer a denúncia de que esse tipo de sociedade não traz alternativa de felicidade humana, nem de atender minimamente as necessidades humanas. Esse modelo de sociedade, que é a civilização moderna, está em colapso”, critica.”

(O POVO)

Seguradora banca evento para juízes em resort de Guarujá

“A convite da Confederação Nacional de Seguros, instituição privada, ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), do STJ (Superior Tribunal de Justiça) e do TST (Tribunal Superior do Trabalho) participaram de seminário em hotel de luxo no Guarujá (SP), no início de outubro.

O evento, que aconteceu num hotel cinco estrelas, o Sofitel Jequitimar Guarujá, começou numa quinta-feira e prolongou-se até domingo.

No período, as diárias variavam de R$ 688 a R$ 8.668. Além dos ministros, desembargadores e juízes de tribunais estaduais participaram do seminário.

O congresso teve o apoio da AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros) e da Apamagis (Associação Paulista de Magistrados), mas não foi divulgado nos sites dessas entidades.

Foram discutidos assuntos de interesse dos anfitriões, como o julgamento de processos sobre previdência complementar e a boa-fé nos contratos de seguros.”

(Folha)

Presidente nacional do PT diz não ver razão para trocar Lupi

Quem tem medo de Dilma Rousseff? A julgar pelos relatos do dia a dia na Esplanada dos Ministérios, a resposta é simples: todo mundo.

A Folha ouviu ministros, assessores e parlamentares sobre as famosas broncas da presidente. A conclusão é que ninguém está imune a elas –nem os “queridinhos” de Dilma, como Gilberto Carvalho (Secretaria Geral) e Guido Mantega (Fazenda).

A lista de fatores que provocam a ira da presidente vai do desconhecimento dos assuntos de governo a tentativas de enrolá-la ou dar palpites sobre áreas dos colegas.

Desde que voltou da reunião do G20, Dilma Rousseff tem disparado críticas pontuais na direção de Angela Merkel, a chanceler alemã. Segundo a presidente, Merkel “não ouve ninguém”.

Ambas são conhecidas pelo temperamento difícil e estão listadas como as mulheres mais poderosas do mundo, segundo a revista americana “Forbes”. Dilma, a única brasileira na lista, está na 22ª colocação, enquanto a premiê da Alemanha está em 4º lugar.

(Folha)

CUT/CE divulga nota de apoio à luta dos professores estaduais

195 2
A Central Única dos Trabalhadores, regional do Ceará, e entidades filiadas divulgam nota de apoio aos professores estaduais e destaca a postura firme do Sindicato Apeoc na mobilização da categoria. Confira nota na íntegra.

NOTA DA CUT-CE

EM DEFESA DOS AVANÇOS REAIS PARA OS PROFISSIONAIS DO ENSINO PÚBLICO ESTADUAL

A CUT-CE vem a público reafirmar a importância da luta dos professores e professoras cearenses por melhores condições de trabalho e por uma Educação pública de qualidade. Durante todo o processo de mobilização dos docentes da rede estadual de ensino, é destaque a postura firme do Sindicato Apeoc na mobilização da categoria, na garantia de diálogo e na conquista de avanços reais e sistemáticos para os profissionais.

Como possibilidade de ampliar as conquistas para os trabalhadores e trabalhadoras, a CUT-CE defende a proposta construída pela categoria após intenso período de discussão, realizada especialmente nos últimos meses. Dessa forma, é fundamental que a categoria aprofunde o debate dos pontos apresentados, compreendendo todas as dimensões e identificando os seus ganhos efetivos no decorrer dos próximos anos.

A unidade da luta dos professores e professoras cearenses, a autonomia do movimento sindical, o fortalecimento da base para a ampliação de direitos são questões defendidas pela CUT-CE ao longo de toda a sua trajetória. Defendemos, de forma coletiva, que a atuação qualificada do Sindicato Apeoc merece mais do que o reconhecimento, a solidariedade e o apoio de toda sociedade cearense.

CUT-CE e entidades filiadas.

PT retoma a Prefeitura de Icapuí

203 4

A apuração da Justiça Eleitoral aponta a vitória em Icapuí (Litoral Leste) do petista Jerônimo Reis para a Prefeitura desse município. Ele obteve 6.200 votos contra 3.883 do segundo colocado, no caso Irmão Betinho, do PSDB. Já o  candidato Marcos, do PTN, obteve 910 votos.

Esses dados foram divulgados pelo presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Acrísio Sena (PT), em seu facebook, agora há pouco. Ele, inclusive, comemora a volta do seu partido ao poder nesse município que tinha como prefeito Irmão Edilson (PSDB), que foi afastado pela Justiça Eleitoral.

Conhecida pelo 'pavio curto', Dilma espalha broncas pelo Planalto

Quem tem medo de Dilma Rousseff? A julgar pelos relatos do dia a dia na Esplanada dos Ministérios, a resposta é simples: todo mundo.

A Folha ouviu ministros, assessores e parlamentares sobre as famosas broncas da presidente. A conclusão é que ninguém está imune a elas –nem os “queridinhos” de Dilma, como Gilberto Carvalho (Secretaria Geral) e Guido Mantega (Fazenda).

A lista de fatores que provocam a ira da presidente vai do desconhecimento dos assuntos de governo a tentativas de enrolá-la ou dar palpites sobre áreas dos colegas.

Desde que voltou da reunião do G20, Dilma Rousseff tem disparado críticas pontuais na direção de Angela Merkel, a chanceler alemã. Segundo a presidente, Merkel “não ouve ninguém”.

Ambas são conhecidas pelo temperamento difícil e estão listadas como as mulheres mais poderosas do mundo, segundo a revista americana “Forbes”. Dilma, a única brasileira na lista, está na 22ª colocação, enquanto a premiê da Alemanha está em 4º lugar.

(Folha)

Procurador de São Paulo pede afastamento do cargo após denúncia

A Prefeitura de São Paulo divulgou nota no fim da tarde deste domingo (13) informando que o procurador-chefe da Fazenda Municipal, Gianfrancesco Genoso, pediu o afastamento do cargo após reportagem publicada hoje pela Folha.

Segundo a nota, o prefeito Gilberto Kassab acatou o pedido de Genoso e vai abrir sindicância interna pela Corregedoria Municipal, além de nomear interinamente para a função de procurador-chefe da Fazenda Municipal o dr. Celso Coccaro. Atualmente, procurador-chefe do Município, Coccaro “acumulará as funções até decisão posterior”.

A reportagem de hoje revela que uma investigação da Polícia Federal sobre o uso do banco PanAmericano para financiar contribuições políticas elegeu como um dos seus alvos principais um homem que recebeu sozinho R$ 6,6 milhões do banco durante a campanha eleitoral de 2010. Auditores identificaram essa pessoa é Gianfrancesco Genoso, 47, procurador do município de São Paulo e diz ter mantido o banco como seu cliente nos últimos dois anos.

Os auditores não encontraram na contabilidade do PanAmericano nenhum contrato assinado por Genoso com o banco e nenhum documento que justificasse os pagamentos feitos ao advogado, de acordo com um relatório obtido pela Folha.

O procurador Gianfrancesco Genoso negou que tenha feito contribuições para campanhas políticas, de forma oficial ou disfarçada. O procurador disse que trabalhou em caráter confidencial para o PanAmericano para verificar a situação dos processos judiciais do banco.

Genoso apontou que o delegado responsável pelo caso declarou, em representação à Justiça, que o depoimento dele e o contrato de prestação de serviços “não corroboram de plano a verossimilhança das denúncias, o que demanda maior aprofundamento das investigações”.

(Folha)

Waldemar Caracas ganha bolo em forma de queijo com 104 velinhas

Waldemar Caracas cercado por amigos.

Um queijo em forma de bolo com 104 velinhas marcou, neste domingo, na banca do “Raimundo dos Queijos”, no Centro de Fortaleza, a festa de aniversário de Waldemar Caracas, o fundador do time do Ferroviário. Muitos compareceram para os parabéns, animado com petiscos regionais e bebida à vontade da cota dos amigos.

Waldemar Caracas, do alto dos seus 104 aninhos, ainda filosofou e afirmou que o bom da vida era saber cultivar amizades.

Entre as presenças, o prefeito em exercício Acrísio Sena, o secretário municipal de Esporte, Evaldo Lima, a secretária municipal do Centro, Luiza Perdigão, e o líder da prefeita na Câmara Municipal, Ronivaldo Maia (PT).

(Foto feita por um dos convidados bem animado)

Polícia vasculha casa de luxo de traficante na Rocinha

Quarto de luxo do traficante Peixe, chefe da segurança de Nem

Após as forças de segurança ocuparem neste domingo (13) a favela da Rocinha (zona sul do Rio), policiais vasculharam a casa de Sandro Luis Amorim, conhecido como Peixe, em busca de drogas.

Considerado o chefe da segurança de Nem, Peixe foi preso na última sexta-feira (11), quando a polícia realizava uma operação na favela Vila Vintém, na zona oeste, para coibir a fuga de traficantes. Além de Peixe, outros nove homens foram presos na operação.

A Vila Vintém era apontada como o principal reduto da ADA (Amigo dos Amigos), facção criminosa que vinha comandando o tráfico de drogas na Rocinha nos últimos anos.

O governador Sérgio Cabral (PMDB) ligou para a presidente Dilma Rousseff na manhã deste domingo para agradecer o apoio federal na ocupação da favela da Rocinha, na zona sul do Rio.

O governo disponibilizou 160 policiais federais, 194 fuzileiros navais, 46 policiais rodoviários federais, além de 18 blindados da Marinha.

(Folha)

Galeno Taumaturgo é pré-candidato em Reriutaba

289 2

Taumaturgo fala em solenidade em Reriutaba

O ex-secretário de Saúde de Fortaleza, médico Galeno Taumaturgo, deverá concorrer no próximo ano à Prefeitura de Reriutaba (Noroeste do Estado), a 290 quilômetros da Capital, pelo PSB. Ele deverá contar com o apoio do atual prefeito reeleito Osvaldo Lemos, em uma aliança com o PRB.

Taumaturgo estava há sete anos longe das disputas eleitorais, mas não das ações voltadas para as políticas públicas, quando sempre trabalhou para a melhoria do atendimento à saúde.

Em março deste ano participou da inauguração da Unidade Básica de Saúde Leontina Veras, no distrito de Amanaiara, que contou com recursos do Governo do Estado, por meio de emenda do deputado Ivo Gomes, atual chefe do Gabinete do Palácio da Abolição.

Foto: Blog do Edilsinho

Líder da prefeita reage e manda artigo em resposta a Plácido Filho

190 10

Eis artigo intitulado “Quando a rainha foi deposta e Alice venceu o autoritarismo” de autoria do líder da prefeita na Câmara Municipal, Ronivaldo Maia (PT). Uma resposta ao artigo do vereador Plácido Filho (PDT), aqui veiculado. Confira?

Há 150 anos a obra prima literária de Lewis Carrol vem suscitando polêmicas e interpretações as mais variadas. Pegando uma carona no texto do nobre colega vereador Plácido Filho, líder da oposição na Câmara Municipal, aproveito para deixar aqui a minha visão de como as personagens e a trama marcantes desse clássico da literatura universal podem bem ser vistos por um ângulo completamente diferente. Advirto que qualquer semelhança com a vida real é mera coincidência.

Tudo começa com a garota Alice sendo transportada para um mundo diferente, onírico, que, na verdade, é bem mais parecido com o nosso do que imaginamos.  O nonsense e o absurdo da história não são tão nonsense e absurdo assim. Pois, a garota “loura”, cansada da mesmice do seu mundo real, se vê num ambiente “mágico”. No entanto, ela logo percebe que a sociedade do País das Maravilhas, como a dela, também é dividida em classes, onde a rainha de copas encontra-se encastelada e protegida por um poder autoritário e cruel, que se supunha vitalício.

Os seres mágicos, como o Coelho Branco, a lebre, o Dodô, o Chapeleiro, o Gato de Cheshire, que vão aparecendo ao longo da história, representam nada mais nada menos do que operários e também legítimos representantes de nossa classe média, como profissionais liberais e intelectuais. No ambiente real, estão os servidores da rainha (cartas de espadas); os soldados (cartas de paus); a própria nobreza (cartas de ouros); e os príncipes (cartas de copas). As cartas figurativas representam o rei, a rainha e os valetes. Ou seja, a segmentação está presente em todo o contexto.

Especificamente no caso da lebre e do Chapeleiro maluco, em seu eterno chá, eles parecem querer dizer que as voltas da vida não chegam a lugar nenhum, refletindo a acomodação diante do poder instituído. Tudo ia bem, principalmente para a tirânica família real, até que aparece Alice, a garota “loura”, que, na cena emblemática do tribunal, cresce de maneira desmedida e ininterrupta, se revoltando contra a Rainha, uma metáfora inteligente do povo rebelando-se e depondo a monarquia opressiva.

Como já antecipei, mas não custa reforçar, semelhanças com o contexto sociopolítico de Fortaleza há sete anos atrás são mera coincidência. E, pra mim, a obra de Lewis Carrol não remete a uma possível Síndrome de Estocolmo de Alice, mas a uma verdadeira Síndrome de Abstinência de Poder por parte da família real deposta, representante de uma monarquia protegida por uma guarda tão frágil como um jogo de cartas, que, com uma simples triscada, pode cair para trás.

* Vereador Ronivaldo Maia (PT)

Líder do Governo na Câmara Municipal de Fortaleza.