Blog do Eliomar

Últimos posts

Plínio: "Eu faria tudo de novo!"

O candidato à Presidência da República Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) votou às 10h20 deste domingo (3) no Colégio Santa Cruz, em Alto dos Pinheiros, na Zona Oeste, acompanhado das netas. Antes de votar, Plínio atendeu aos jornalistas e fez um balanço da campanha.

“Eu faria tudo de novo. Segunda-feira o partido se reúne para decidir posição em caso de segundo turno. Independentemente de quem ganhar, o PSOL será oposição. Não apoiaríamos governo de direita.”

Perguntado sobre se ele vai se candidatar a uma próxima eleição, Plínio brincou: “qual é a próxima eleição?”. Plínio disse que o bom humor é a característica de sua candidatura.

(Portal G1)

Soraya votou em colégio de Fortaleza

A candidata ao Governo do Ceará pelo PSOL, engenheira de pesca Soraya Tupinambá, votou nesta manhã, em Fortaleza, no Colégio Juvenal de Carvalho. Acompanhada do candidato a deputado federal pela legenda, João Alfredo, disse estar com a missão cumprida. Ou seja, entrou  na disputa para questionar e apresentar uma proposta diferente das candidaturas tradicionais.

Para Soraya, o fundamental na campanha foi discutir propostas e levar o eleitor a refletir sobre a realidade cearense que exige mudanças profundas.

(Foto – Twitter de João Alfredo)

Cid votou no Colégio Sobralense em clima de assédio do eleitorado

O governador Cid Gomes (PSB), postulante à reeleição, parou o processo de votação no Colégio Sobralense, na cidade de Sobral (Zona Norte), onde votou. Os eleitores ali presentes foram conferir Cid votando em sua terra natal, em clima festivo. Houve muitos abraços e aperto de mão.  

Com o governador, estavam os candidatos a senador José Pimentel (PT) e Eunício Oliveirfa (PMDB), além de alguns secretários estaduais e assessores. Cid, em conversa com a imprensa, renovou confiança na vitória logo no primeiro turno.

Cid deixa Sobral dentro de instantes, devendo vir para Fortaleza. Aqui, acompanhará o voto do candidato a senador José Pimentel (PT) no Colégio Adauto Bezerra e, em seguida, se deslocará com Pimentel para o Clube Náutico, onde ali votará o outro candidato a senador, o peemedebista Eunício Oliveira.

Tiririca vota sem peruca e roupa de palhaço

 O candidato a deputado federal por São Paulo, Francisco Everardo Oliveira Silva, mais conhecido com o Tiririca (PR), votou neste domingo (3) em São Paulo, na região da Aclimação, por volta das 9 horas desta manhã. Sem usar os trajes característicos de seu personagem, a peruca e roupa de palhaço, o candidato tentou ser discreto, mas foi cercado por várias pessoas durante a votação.

O Ministério Público Federal apresentou denuncia sobre suposto analfabetismo de Tiririca em setembro. No entanto, de acordo com o juiz Aloísio Sérgio Rezende Silveira, não havia justa causa para a ação penal, uma vez que o TRE-SP, durante o processo de registro de candidatura, entendeu não haver qualquer causa de inelegibilidade do candidato, inclusive no que se refere à instrução mínima, ou seja, o não analfabetismo.

O promotor Maurício Antonio Ribeiro Lopes, da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, queria fazer um teste de escrita e leitura com o candidato, que não foi autorizado. No entanto, a Procuradoria Eleitoral anunciou que está tomando as “medidas necessárias” para apurar os indícios de que Tiririca não sabe ler nem escrever.

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE-SP) afirmou em setembro que iria solicitar o registro de candidatura ao TRE para examinar as informações prestadas pelo candidato sobre a sua escolaridade. “Se eleito e se for comprovada eventual irregularidade na documentação apresentada, há a possibilidade de recurso por inelegibilidade constitucional (analfabetismo, conforme artigo 14, parágrafo 4º da Constituição Federal), sem prejuízo da apuração de eventual crime de falso”.

(Com Agências)

Vice José Alencar vota e Sarney está internado

O vice-presidente a República, José Alencar, votou, nesta manhã de domingo, em Belo Horiozonte. Mesmo enfrentando um câncer, que o levou a várias cirurgias, não precisou d aajuda de ninguém.

Já o presidente do Senado, José Sarney,  não votará neste domingo em Macapá (AP). Está internado, desde ontem, no Hospital UDI em São Luís, no Maranhão. Ele teve problemas de arritmia  cardíaca.

Em março, o ex-presidente da República foi operado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para a retirada de um cisto benigno no lábio. Em novembro do ano passado, Sarney foi medicado no próprio Senado, após ter passado mal. Na ocasião, ele apresentava um quadro de gastroenterite.

Marcos Cals vai votar e eleitor lhe pede R$ 10,00

O candidato a governador pelo PSDB/DEM, Marcos Cals, afirmou, nesta manhã de domingo, estar confiante num segundo turno nestas eleições. Bastante assediado pela imprensa, acabou alvo de um fato curioso: um eleitor se aproximou e lhe pediu R$ 10,00. Marcos, claro, não deu e recomendou que o eleitor votasse com consciência.

Após votar no Clube Náutico, Marcos Cals deverá acompanhar o voto do senador tucano Tasso Jereissati, que postula reeleição, no Colégio Farias Brito, na avenida Dom Luís.

Lula já votou

O presidente Lula, acompanhado da primeira dama do País, dona Marisa Letícia, votou há pouco na Escola João Firmino de Araújo, em São Bernardo do Campo (SP). Com ele, o candidato a governador de São Paulo, Aloisio Mercadante, e os candidatos a senador pelo PCdoB, o cantor Netinho de Paula e Marta Suplicy. Após votar, cumprimentou e posou para fotos com mesários

“Só lamentei que é a primeira vez que vou votar e não tenho a minha cara na tela (da urna)”, afirmou Lula, dizendo-se otimista na possibilidade da Dilma vencer no primeiro turno.

Lula seguirá para Brasília onde acompanhará toda a apuração no Palácio do Planalto.

Dilma já votou

Dilma Roussef, a candidata petista a presidente da República, votou nesta manhã na Escola Sanos Dumont, em Porto Alegre (RS). Ela demorou 46 segundo para digitar 25 vezes.

Dilma, que estava acompanhada do candidato a governador petista Tarso Genro, após a votação fez o o “v” da vitória.

* Veja quando Dilma chegava par votar aqui.

Um domingo contra o voto em Fortaleza

93 1

Neste domingo do voto, nem todo mundo vai às urnas em Fortaleza. É o caso do Movimento Crítica Radical que, sob comando da ex-prefeita Maria Luiza e da ex-vereadora Rosa da Fonseca, percorrerá vários pontos da cidade divulgando campanha contra o voto.

Segundo Rosa da Fonseca, não adianta continuar legitimando sistemas Capitalista e Socialista que falharam e não levaram o ser humano ao bem-estar. Ou seja, esse grupo defende a chamada revolução humana, onde todos possam ter tratamento igualitário.

Sonho? Tudo bem, mas na democracia há espaço para tudo e para todos.

(Foto – Paulo Moska)

Votação no Brasil começa em Fernando de Noronha

“O primeiro voto do Brasil a ser computado neste domingo (3) será em uma das urnas do arquipélago de Fernando de Noronha. A justificativa está no fuso diferenciado, uma hora a mais do que no resto do País. A ilha possui 2.102 eleitores que, além de escolher seus representantes oficiais, baseados na lista de candidatos de Pernambuco, podem participar da eleição do Conselho Distrital, uma entidade semelhante a uma Câmara de Vereadores.

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) disponibilizou para a 4º Zona Eleitoral seis urnas para a eleição. Existem ainda quatro pontos de justificativa de votos, por conta da grande presença de turistas no local. Na eleição anterior, pouco mais de mil pessoas justificaram o voto. A chamada eleição parametrizada (não oficial), para definir os sete membros do Conselho Distrital, também utiliza urnas eletrônicas disponibilizadas pela Justiça Eleitoral. São mais seis urnas na ilha, específicas para coletar estes votos. Nestes equipamentos, números e fotos dos candidatos são apresentados ao eleitor, como ocorre na eleição oficial.

Este ano, 18 candidatos concorrem ao mandato de quatro anos no Conselho de Fernando de Noronha. Mas a eleição possui algumas regras específicas. Não há obrigatoriedade para votar e para se candidatar, é preciso ter domicilio eleitoral e residência na ilha há mais de dois anos, além de não ser necessário ser filiado a partidos políticos.”

(Portal Terra)

Governador de PE deve atingir maior percentual de votos sobre um concorrente no País

“A última pesquisa do Ibope sobre a disputa pelo governo do Estado, divulgada pela Rede Globo nessa noite de sábado, mostra que o governador Eduardo Campos, do PSB, deve atingir o maior percentual de votos sobre um concorrente no país. A soma dos votos válidos chega a 80%.

De acordo com o instituto, o senador Jarbas Vasconcelos, do PMDB, soma 18%. Sérgio Xavier e Edilson Silva contam com 1%, cada.

A evolução das enquetes mostra que Eduardo saiu de um patamar de 60% das intenções de votos totais e chegou aos 73%, que manteve nas duas terceira e quarta rodadas da pesquisa.

Já o senador Jarbas começou com 24% e tem agora 17% das intenções de votos totais. A sequência é 24%, 20%, 17%, 16 e agora 17%.

Com margem de erro de 2%, a pesquisa, em sua quinta rodada, foi realizada entre os dias 30 de setembro e 2º de outubro, junto a 1806 eleitores no Estado. O número do registro é 50718/2010.”

(Com Agências)

Lei seca – Juiz eleitoral é quem decide

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral deliberou, atendendo a um recurso da OAB do Ceará sobre a questão da venda e consumo de bebida alcóolica no Estado. Ficou definido que caberá tal decisão a cada juiz eleitora, conforme expediu, nessa noite de sábado, o corregedor-regional eleitoral, desembargador Ademar Mendes Bezerra em despacho. Confira:

URGENTE – DELIBERAÇÃO TRE-CE – LEI SECA

Autor: Corregedoria Regional Eleitoral
Área: CRE – CorregedoriaData: 02/10/2010

Noticia CRE nº 108/2010

Senhores(as) Juízes(as),Informo que o Pleno deste Tribunal, por maioria, deliberou que, caso Vossas Excelências entendam necessário, conforme o seu prudente arbítrio, diante da análise das situações peculiares de cada circunscrição eleitoral, poderão adotar as providências cabíveis, no exercício do poder de polícia, para manter a ordem e a tranquilidade durante os trabalhos referentes ao pleito que ora se avizinha, inclusive, se for o caso, expedir portaria estabelecendo a proibição do consumo e da venda de bebidas alcoólicas no âmbito das respectivas zonas eleitorais.

Atenciosamente,

Des. Ademar Mendes Bezerra
Corregedor Regional Eleitoral

Datafolha/POVO: Eunício, 46%,Tasso, 43%; e Pimentel, 41%. Cid ganharia no 1º turno

121 5

“Se a eleição para o Governo do Estado termina sem grandes emoções, com perspectiva de reeleição de Cid Gomes (PSB), segundo o Datafolha, já no primeiro turno, a briga pelo Senado chega ao dia decisivo com três candidatos tecnicamente empatados na disputa por duas vagas. Ocorre o triplo empate técnico quando se considera os votos válidos, o que exclui brancos, nulos e indecisos. Esse é o critério usado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado da eleição. Os números são da pesquisa O POVO/Datafolha.

Eunício Oliveira (PMDB) alcança 33% dos votos válidos e aparece pela primeira vez numericamente à frente de Tasso Jereissati (PSDB), embora a situação seja de empate técnico. O senador do PSDB tem 31% das intenções de voto. Considerando o limite máximo da margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, Eunício e Tasso estão tecnicamente empatados também com José Pimentel (PT), que aparece com 29% das intenções de votos válidos.

“Não é possível afirmar quem vencerá a disputa pelo Senado”, diz o relatório do Datafolha. A pesquisa ouviu 1.513 eleitores em 46 municípios do Ceará, nas últimas sexta-feira e sábado, 1º e 2 de outubro.
Desde a pesquisa anterior, realizada em 23 e 24 de setembro, os três oscilaram dentro da margem de erro. Tasso movimentou-se para baixo, de 33% para 31%. Eunício fez caminho inverso: de 31% para 33%. Pimentel passou de 27% para 29%.

Quando se considera o total de votos – incluindo-se brancos, nulos e indecisos – Eunício tem 46% das intenções de voto. Tasso aparece com 43% e Pimentel, 41%. Nesse caso, mantém-se o cenário de empate técnico entre Eunício e Tasso. O tucano está também tecnicamente empatado com Pimentel. Contudo, no caso dos votos totais, não há empate técnico entre Eunício e Pimentel.

Mesmo na véspera da eleição, ainda é significativo o número de indecisos: 29% dos eleitores não sabem em quem votar para uma das vagas de senador. E há ainda 16% de indecisos quanto aos dois votos. A decisão que esses eleitores vierem a tomar pode definir os rumos da eleição.
Outro fator capaz de definir uma eleição tão apertada é o desconhecimento do eleitor quanto ao número dos candidatos. Quase no momento do voto, ainda há 68% de eleitores que erraram o número de seus candidatos.

O número mais conhecido é o de Tasso: 31% dos que declararam intenção de votar no tucano já sabem o que precisam digitar na urna eletrônica. Entre os eleitores de Eunício, são 26% os que conhecem a sequência de algarismos para escolher o peemedebista. Já o número menos conhecido é o de Pimentel: só 19% dos que se declararam seus eleitores demonstraram saber como votar nele.

Governo

Para o Governo do Estado, Cid Gomes (PSB) recuperou-se após a queda registrada na pesquisa anterior e passou de 62% para 65% dos votos válidos. Para ser reeleito no primeiro turno, ele precisa de mais de 50% dos votos válidos. Lúcio Alcântara (PR), que havia crescido na pesquisa anterior, voltou a cair e tem agora 19% – ele tinha 24% uma semana antes.
Já Marcos Cals (PSDB) alcançou seu maior percentual na série de pesquisas O POVO/Datafolha: 14% dos votos válidos. Na última pesquisa, ele tinha 12%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral com o número – 60311/2010 e no Tribunal Superior Eleitoral com o número 33491/2010.”

(O POVO deste domingo)