Blog do Eliomar

Últimos posts

Ciro Gomes – Não dá para resolver as coisas com a namorada na cama

367 9
Ciro Gomes mandou ontem duro recado a setores do seu partido, o PSB, e em particular ao presidente municipal Sérgio Novais. “O partido hoje não pode ser mais uma sigla em que você resolve as coisas com a namorada na cama”, disparou, ao comentar a briga instaurada entre o grupo que passou a ser maioria no PSB de Fortaleza e a ala qualificada por Ciro com a “burocracia antiga” da legenda.
Ciro comentava sobre o crescimento do partido, afirmando que a sigla é hoje dona da maior bancada da Assembleia Legislativa do Ceará e possui uma das bancadas mais robustas na Câmara dos Deputados, além do governar o Ceará com avaliação positiva da gestão, segundo ele.
O irmão do governador Cid Gomes disse ainda que a tal “burocracia antiga” do PSB não consegue enxergar tais mudanças e se acostumou a achar que o partido não existe, “entregando” a sigla em troca de qualquer coisa pequena – como a eleição de um vereador, por exemplo, nas palavras de Ciro.
“Hoje, o PSB é um partido de responsabilidades graves. Tem de ter debate profundo e nossa atenção agora é com a cidade de Fortaleza”, argumentou o ex-governador, após palestra dentro da 52ª Convenção Nacional do Congresso Lojista, realizado ontem na Capital.
Ciro evitou citar nomes em suas críticas. Questionado sobre posições adotadas pelo presidente do PSB de Fortaleza, Sérgio Novais, e por sua irmã, deputada estadual Eliane Novais, Ciro disse que não falaria sobre “companheiros de partido” por meio da imprensa.
“Eu não vou comentar as declarações do senhor Sérgio. Se eu tiver alguma coisa para dizer à Eliane eu vou falar pessoalmente com ela, sem que você esteja presente”, afirmou, dirigindo-se ao repórter do O POVO.”
(O POVO)

Caso DNIT – Propina bancava carros e até presentes para amantes

“Os carros eram um agrado. Estavam sempre à disposição, de vários modelos e para qualquer fim. Tinham tanque cheio e reabastecimento garantido. Nos hotéis, bancados por fins de semana seguidos, hospedagens com a respectiva esposa ou alguma acompanhante, com a devida discrição. Passagens aéreas? Quando precisaram, foram dadas também. Almoços? Descobriram dois, mas talvez tenham sido mais.

Para tudo isso, que a Polícia Federal e os próprios relatórios da Controladoria Geral da União (CGU) chamaram de propina, houve o valor detalhado e onde foi obtida a prova do crime. É um mapa minucioso de todo o trajeto da corrupção estabelecida entre servidores do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e as empreiteiras que realizavam obras nas BRs cearenses. Ontem, O POVO revelou, com exclusividade, que o rombo no Dnit-CE chegou a R$ 27,8 milhões, segundo a CGU. Valores contabilizados a partir de contratos fraudados ou mantidos sob irregularidades e em propinas que eram repassadas a quem ajudava no esquema.

A PF apreendeu muito mais desse propinoduto entre as agendas e bilhetes das secretárias das construtoras, nos pendrives, notebooks, HDs, CDs e DVDs e nas residências dos envolvidos com o escândalo. Um ano depois do caso descoberto, através da Operação Mão Dupla, todo esse material integra dois processos que tramitam na Justiça Federal: uma ação cível de improbidade administrativa, na 1ª Vara Federal, com 18 pessoas e nove empresas como denunciados; e uma ação penal, que corre na 11ª Vara Federal, com cinco réus.

Dinheiro vivo

Em relatórios da CGU, assinados pelo controlador regional (substituto) Alexandre Landim Fialho em fevereiro passado, é dito que as cinco construtoras investigadas praticavam o “pagamento de propinas em dinheiro e sob a forma de custeio de despesas diversas para os engenheiros do Dnit-CE”. Eram cédulas e benesses a quem fosse relevante no órgão. Oito servidores são citados, mas nem todos ainda estão incluídos como réus na ação penal. Por isso, nesse trecho da apuração, os nomes não serão revelados pelo O POVO para não atrapalhar as investigações.

Nos pagamentos indevidos em cash, dinheiro vivo, valores rastreados que variavam de pouco mais de R$ 500 até R$ 12 mil. Denúncia confirmada pelas anotações nas agendas das secretárias das empreiteiras. Numa delas, datada de setembro de 2004: “Emergência BR-020 R$ 10.100,00” e o nome do engenheiro responsável (ou agraciado). Nesses papéis apreendidos, a polícia conseguiu comprovar pouco acima de R$ 34 mil repassados. Só de uma construtora.

Na lista das “despesas com combustível” – igualmente nominadas de propinas pela CGU e PF -, 56 pagamentos que somaram R$ 25.262,52. Somente no intervalo entre 20 de janeiro e 20 de fevereiro de 2010, uma picape Hilux usada por um dos servidores chegou a ter um abastecimento bancado de R$ 1.421,85. O mesmo veículo (placa repetida 14 vezes no relatório) somou mais R$ 10.139,65 de combustível no período entre abril/2009 e junho/2010. Coisa para queimar muita quilometragem.

A investigação dá descrições de que a propina era mesmo parte da rotina dos acusados. Nos veículos que ficavam à disposição dos servidores assediados, foram descobertos pelo menos 33 contratos de locação de uma construtora. Nas faturas que puderam ser juntadas à documentação probatória, o valor totaliza R$ 177.278,09. Mas há várias locações sem valor apontado. A filha de um deles teve um veículo disponibilizado – por pelo menos duas semanas, em 2009.

A CGU relata que 43 hospedagens foram “oferecidas” para os servidores do Dnit-CE investigados. No saguão, chegavam sós, com familiares ou com “sua acompanhante” (termo usado no relatório). Numa estada de 4 a 6 de julho de 2010, o hóspede teve despesa de R$ 1.517,00. Só ele teve 25 dessas hospedagens cobertas pela construtora. Com e sem acompanhante. A maior delas durou cinco dias.

Reforma e pneus

Para outro servidor, as passagens aéreas pagas também para a esposa, ida e volta a Recife, estão na mesma data da entrada e saída no hotel da capital pernambucana, de 5 a 6 de junho de 2010. Outro achado nas agendas apreendidas. Um dos servidores denunciados, casado, chegou a ser rastreado em gastos indevidos com mais de uma amante – uma delas também seria funcionária da construtora. Uma reforma na casa da mãe de uma delas teve material de construção doado por uma das empreiteiras. E a namorada ganhou até pneus novos para o carro dados pela construtora.”

(O POVO)

Enem – Colégio Militar de Fortaleza é única escola do Ceará com melhor desempenho

483 1

“O Colégio Militar de Fortaleza (CMF) é a escola pública cearense com melhor desempenho na avaliação do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) 2010. A posição se refere às instituições com maior taxa de participação de estudantes, novo critério do Ministério da Educação (MEC) para reunião dos resultados do Exame. O CMF teve mais de 75% de estudantes participando da prova, alcançando, assim, o 10º lugar no Ceará e o 350º entre as 4.587 escolas participantes e com índice semelhante de comparecimento de alunos.

O primeiro lugar do Estado foi conquistado pela sede Aldeota do colégio particular Farias Brito, 95º lugar nacional no mesmo grupo das escolas com mais de 75% de participação. Os dados foram divulgados no último domingo pelo MEC e traçam uma avaliação dos estudantes concludentes do Ensino Médio Regular no exame, criado em 1998. Mais de 3,2 milhões de estudantes realizaram as provas em 2010.

A novidade na mensuração e divulgação dos resultados da prova de 2010 está na divisão das escolas em quatro grupos, a partir da taxa de participação de alunos, nos intervalos de 75% a 100%; de 50% a 75%; de 25% a 50%; e menor que 25%. De acordo com o MEC, em decorrência da divisão por grupos, não há como fazer medição de um resultado geral, nacional ou por Estado, nem um estudo comparativo ao ano passado.

Os melhores

Para o sub-diretor de Ensino do Colégio Militar de Fortaleza, coronel Wallace Cunha de Oliveira, o bom desempenho dos alunos é resultado do trabalho multidisciplinar contínuo oferecido em todas as escolas militares do País. Desde o ano passado, quando o Enem se tornou exigência para ingresso na Universidade Federal do Ceará (UFC), os temas são trabalhados cotidianamente. “Há preparação pela manhã e à tarde temos as Oficinas do Enem, que são aulas com conteúdo preparado. E fazemos simulados para preparar o aluno”, detalha.

Já os segredos para o sucesso da Organização Educacional Farias Brito, segundo o diretor superintendente Tales de Sá Cavalcante, estão no incentivo à leitura e à formação filosófica desde as séries iniciais. O treinamento de professores comprometidos com o aprendizado é também fator de importância para a escola. “Sempre evitamos o decoreba, puxamos o aluno para o raciocínio. Nosso professor é treinado para orientar e não para repassar conteúdo”, diz.”

(O POVO)

Obama propõe elevar impostos para gerar empregos

“O presidente americano, Barack Obama, quer que os mais ricos arquem com os custos do pacote de US$ 447 bilhões que visa à criação de empregos. A Casa Branca enviou [ontem] uma proposta ao Congresso que prevê o fim de deduções fiscais para os mais ricos, além da suspensão de subsídios para a indústria petrolífera. Com isso, estima uma receita de US$ 467 bilhões ao longo de dez anos.

As medidas entrariam em vigor em 1º de janeiro de 2013, quando a Casa Branca espera que as duas maiores alíquotas do Imposto de Renda passem dos atuais 33% e 35% para 36% e 39,6%, como resultado do fim dos cortes de impostos do governo Bush.

A mudança nas deduções fiscais afetaria aqueles com renda anual superior a US$ 200 mil ou US$ 250 mil, no caso de famílias (cerca de R$ 28 mil mensais). O texto estabelece o limite de 28% para deduções nessa faixa de renda.

Ou seja, para cada US$ 100 que o contribuinte apresentar como dedutível do imposto, ele só poderia abater US$ 28. Isso incluiria pagamentos de hipoteca e doações para instituições de caridade.

Segundo o diretor de Orçamento da Casa Branca, Jack Lew, só essa medida renderia US$ 400 bilhões para os cofres do governo.”

(O Globo)

Comissão da Verdade passa se Dilma puder nomear seus membros, diz ministro

104 2

“O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou hoje que o projeto que cria a Comissão Nacional da Verdade, em discussão no Congresso, tem grande chance de ser aprovado respeitando-se o texto original apresentado pelo governo, ou seja, com a previsão de nomeação de sete membros pela Presidência da República, e não de nove, com a indicação de dois deles pelo Congresso.

“Sinto hoje que há uma acomodação nos termos do projeto original. Se isso acontecer, a indicação será da presidente da República”, disse o ministro, após participar da abertura de congresso sobre segurança pública para a Copa e a Olimpíada, promovido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

O ministro acredita que as discussões sobre a instalação da Comissão da Verdade já estão amadurecidas o suficiente para serem chanceladas pelos parlamentares. “A meu ver, o projeto está bem maduro para ser aprovado”, afirmou.

Cardozo ressaltou que o governo tem pressa na aprovação do projeto – a comissão vai tentar esclarecer denúncias de torturas, mortes e desaparecimentos no período da ditadura militar, mas não terá caráter judicial ou punitivo. “O País espera a aprovação do projeto e isso viria em boa hora. Se puder aprovar até o dia 21, ótimo”, disse o ministro, em referência à data em que a presidente Dilma Rousseff vai discursar na abertura da assembleia geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York (EUA).

Cardozo participará amanhã, em Brasília, de reunião com líderes do Congresso e com ex-titulares da pasta de Direitos Humanos para discutir a aprovação do projeto. “Gostaríamos que fosse aprovado o mais rápido possível, mas aí vai uma dimensão de respeito ao Congresso Nacional e ao seu ritmo”, afirmou.”

(iG)

Não há clima para aumento da carga tributária, diz presidente da Câmara Federal

O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), disse nesta segunda-feira (12) que não há clima entre os deputados federais, este ano, para o debate do aumento da carga tributária.

Segundo o presidente, o aumento para as verbas da saúde poderá surgir dos royalties do petróleo da camada pré-sal.

“O tema que mais mexe com os parlamentares é o do royalties do petróleo. A proposta que temos é que os royalties possam ser distribuídos entre todos os municípios brasileiros de forma equânime e que o recurso possa ser utilizado para áreas como saúde, educação, saneamento. Portanto, pode ser que, por sua relevância, a área da saúde receba um volume maior de recursos”, disse Marco Maia.

 (Este Blog com informações da Agência Brasil)

Aplicativos do IPad estimulam educação infantil, mas uso requer supervisão

Aos poucos, crianças no Brasil têm o tablet como parte da realidade diária. Principalmente depois que a Apple lançou a segunda versão do produto, o IPad2, os pais mais conectados transferiram a custódia de seus antigos aparelhos para os filhos.

Na prática, para as crianças de 1 a 12 anos, o IPad funciona como uma versão maior do IPhone, que eles já raptavam de seus responsáveis para mexer nos aplicativos. Maior e, por isso, muito mais atrativa às pequenas e ágeis mãos que não titubeiam na manipulação intuitiva da tela sensível ao toque.

Para Maria Ângela Barbato Carneiro, coordenadora do Núcleo de Cultura e Pesquisas do Brincar da PUC (Pontifícia Universidade Católica), de São Paulo, a tecnologia é importante e um caminho sem volta. “Entretanto, ela deve ser usada durante um tempo limitado, especialmente em se tratando de crianças pequenas. Elas precisam se movimentar fisicamente, pois conhecem o mundo explorando o espaço”, alerta a profissional. “É preciso cuidar para que a criança não sofra qualquer tipo de deslocamento no espaço e relações humanas”.

Talking Tom Cat, atualmente o gato de estimação mais famoso do mundo virtual, é um dos aplicativos que já tem na conta, pelo menos, uma experiência negativa. A mãe de Liz, 4, que preferiu não ser identificada, disse que sua filha passou a querer dormir e acordar com o tablet ao lado da cama, e chorar ao ser proibida de levá-lo para a escola. “Cheguei a levar ela num pet shop e oferecer um gato de verdade, mas ela ficou com medo. Isso me fez decidir tirar o IPad da vida dela por um tempo”, conta.

(UOL)

MPF denuncia Edir Macedo por evasão de divisas

O bispo Edir Macedo Bezerra, líder religioso da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), e outras três pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público Federal (MPF) por lavagem dinheiro e evasão de divisas, formação de quadrilha, falsidade ideológica e estelionato contra fiéis para a obtenção de recursos para a Iurd.

Os três dirigentes da igreja denunciados são o ex-deputado federal João Batista Ramos da Silva, o bispo Paulo Roberto Gomes da Conceição, e a diretora financeira Alba Maria Silva da Costa. Eles são acusados de pertencer a uma quadrilha usada para lavar dinheiro da Iurd, remetido ilegalmente do Brasil para os Estados Unidos por meio de uma casa de câmbio paulista, entre 1999 e 2005.

(UOL)

Escândalo dos banheiros: três servidores exonerados

429 2

A Secretaria das Cidades do Estado do Ceará exonerou nesta segunda-feira, 12, três servidores suspeitos de participar do chamado “escândalo dos banheiros”. Segundo as investigações, os atos dos servidores teriam causado um prejuízo no valor de 400 mil, que seria destinado para a construção de 200 kits sanitários.

Foram indiciados os técnicos Fábio Castelo Branco Ponte Araújo, ex-coordenador financeiro da pasta, Francisco Irapuan Sales Lima, técnico da coordenadoria administrivo-financeira, João Paulo Custódio Pitombeira, técnico da coordenadoria de habitação.

A Secretaria das Cidades encaminhará nesta terça-feira, 13, à Procuradoria de Processo Administrativo Disciplinar (Propad), da Procuradoria Geral do Estado (PGE), o relatório final que apurou a conduta de técnicos na execução de convênios para construção de kits sanitários no interior do Ceará.

Com o da PGE, os servidores estarão sujeitos às penalidades previstas em lei, que podem ser advertências, multa, suspensão ou demissão.

A Associação Cultural de Pindoretama deverá devolver ao Estado o valor de R$ 431 mil, correspondente à correção das verbas recebidas para a construção de kits sanitários.

(Redação O POVO Online)

Brasil vai importar 1 bi de litros de etanol, diz associação

O Brasil importará 1,1 bilhão de litros de etanol anidro –que é adicionado à gasolina– na temporada 2011/12 para atender a demanda crescente em meio a uma quebra de safra de cana no Centro-Sul, disse o presidente da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), Marcos Jank.

Segundo ele, as importações previstas para 11/12, as maiores dos últimos tempos e que superam de longe os 78 milhões de litros da temporada passada, já consideram a redução na mistura de etanol na gasolina, de 25% para 20%, anunciada no mês passado e que deve entrar em vigor em outubro.

Na atual temporada, a produção brasileira sofre efeitos de adversidades climáticas nos últimos anos, como chuvas em excesso e seca, além de recentes geadas. Uma redução de investimentos nos canaviais também colaborou para a queda na produtividade.

(Folha)

A Prefeitura, a Cagece e a molecagem cearense

178 3

Essa quem nos deixou nos comentários foi o humorista cearense Jáder Soares, o conhecido “Zebrinha”:

… Aí a CAGECE ligou para a PREFEITURA DE FORTALEZA:

CAGECE – É da Prefeitura?

PREFEITURA – É! Diga lá!

CAGECE – Aqui é da Cagece!

PREFEITURA – Pois não! O que esta nobre companheira deseja?

CAGECE – É que nós estamos querendo furar uns buracos…

PREFEITURA – Sim, sabemos que vocês furam buracos como ninguém, mas em que pudemos ajudar?

CAGECE – Dá pra informar aonde é que tem um asfalto novo???

* escritoriodoriso@gmail.com

(Foto – Paulo Moska)

Desarmamento já – Ministério da Justiça diz ter recolhido 22 mil armas

“O Ministério da Justiça recolheu 22,2 mil armas nos quatro primeiros meses da campanha do desarmamento, lançada em maio deste ano. Os dados fazem parte de balanço divulgado pelo nesta segunda-feira (12) pelo governo federal sobre a primeira fase da campanha, iniciada em maio.Segundo os dados do ministério, foram recolhidas nos primeiros quatros meses da mobilização 3.734 armas de grande porte. Entre elas, estão 2.562 espingardas, 302 rifle e 56 fuzis. Os revólveres são quase metade de armas de pequeno porte entregues ao governo federal de maio a setembro. Dos 18.489 entregues, 10.828 são revólveres e 1.862 são pistolas, além de outras armas que fazem parte do grupo.

Os estados que lideram a lista de maior quantidade de entrega de armas são São Paulo, com 5.349, seguido de Rio Grande do Sul, com 2.641, Rio de Janeiro, com 2.602, Pernambuco, com 1.776 e Minas Gerais, com 1.572. De acordo com dados da pasta, desde 2004, foram retiradas de circulação 570 mil armas. A campanha iniciada em 2008 foi responsável pela regularização de outras 500 mil.

Segundo o Ministério da Justiça, vinte estados já assinaram acordo de cooperação para receber as armas. São 1.539 postos, divididos da seguinte forma: Polícia Civil (712 postos), Polícia Militar (589), Polícia Federal (127), Polícia Rodoviária Federal (64), Guarda Municipal (35) e Corpo de Bombeiros (2).”

(Portal G1)

Pimentel nega atrito com PMDB por ter sido indicado líder do governo

“Novo líder do governo no Congresso, o senador José Pimentel (PT-CE) descartou nesta segunda-feira qualquer mal-estar com o PMDB por causa de sua indicação para o cargo. Segundo o petista, a base aliada da presidente Dilma Rousseff tem “maturidade” para costurar acordos e ceder espaços.

A liderança do governo no Congresso era ocupada pelo PMDB, principal aliado de Dilma. Após uma disputa interna com colegas de partido, o deputado Mendes Ribeiro (PMDB-RS) assumiu o posto, mas no mês passado foi indicado para o Ministério da Agricultura após a saída de Wagner Rossi, envolvido em suspeitas de irregularidades na pasta.

“Nós chegamos a uma maturidade que permite que façamos acordos, entendimentos em torno da unidade da nossa base aliada”, disse Pimentel. O petista já participou nesta segunda-feira de reunião de coordenação no Palácio do Planalto. O senador afirmou que sua prioridade é acompanhar as discussões do Orçamento de 2012 e evitou entrar em temas polêmicos.

Questionado sobre a votação da emenda 29, que regula os recursos para a Saúde, marcada para o fim do mês na Câmara, Pimentel disse que vai trabalhar apenas pela orientação do Palácio do Planalto e não quis revelar sua posição pessoal sobre a matéria. “Vou seguir a orientação da presidente. Ela já disse que é preciso de uma fonte de recurso.”

(Folha.com)

PIB do Ceará cresce 4,42% no segundo trimestre do ano

“A economia cearense, medida pelo Produto Interno Bruto (PIB) a preços de mercado, cresceu 4,42 por cento no segundo trimestre de 2011 e superou mais uma vez – a exemplo do que ocorreu no primeiro trimestre deste ano – o índice de crescimento da economia brasileira, que foi de 3,1 por cento. O mesmo comportamento ocorreu também no primeiro semestre deste ano, já que o PIB do Ceará ficou em 4,42 por cento, contra 3,6 por cento do resultado brasileiro.

Os números do PIB do Ceará acabam de ser divulgados pelo secretário de Planejamento e Gestão do Estado do Ceará (SEPLAG), Eduardo Diogo, juntamente com

o diretor Geral do IPECE, professor Flávio Ataliba, em entrevista coletiva (hoje, dia 12/09) aos meios de comunicação social, realizada na sala de Reuniões da Secretaria, do terceiro andar do Edifício SEPLAG, no Centro Administrativo Governador Virgílio Távora, no bairro Cambeba.

O PIB do Ceará, tendo como parâmetro o “valor adicionado a preços básicos”, cresceu 5,18 por cento no segundo trimestre de 2011 em relação a igual período do ano passado. Resultado é bem superior aos 2,7 por cento registrados no Brasil em igual período. Com relação ao primeiro semestre, o desempenho cearense ficou em 5,03 por cento, também superando os 3,2 por cento do nacional, isso com base no “valor adicionado a preços básicos”.

O produto Interno Bruto do Ceará nos quatro trimestre, comparado com o resultado obtido nos quatro trimestre imediatamente anteriores, foi de 5,91 por cento, contra 4,7 por cento do nacional. Tendo como base o valor adicionado, o PIB cearense ficou em 5,94 por cento, superando também os 4,1 por cento do Brasil. Dos três setores que compõem o PIB – agropecuário, serviços e indústria – o agropecuário, a exemplo do que ocorreu no primeiro trimestre deste ano, foi que apresentou melhor desempenho, com 55,5 por cento.

O desempenho do setor agropecuário foi estimulado pelas boas chuvas registradas no período, segundo observa o professor Flávio Ataliba, diretor Geral do IPECE. Apesar da taxa de crescimento do setor de serviços – de 3,93 por cento do segundo trimestre de 2011 – ser menor do que a do ano passado (6,84 por cento), o setor, segundo o professor Ataliba, continua sendo o que mais contribuiu para o crescimento do PIB cearense.

Já o segmento indústria apresentou recuo no trimestre com uma taxa de -1,0 por cento, fechando o primeiro semestre com taxa negativa de -0,11por cento, sugerindo um menor dinamismo das atividades industriais cearenses. A redução no ritmo industrial é explicada, em parte, pela base de comparação elevada que foi o ano de 2010. Todos os dados sobre o PIB do Ceará podem ser acessados na página www.ipece.ce.gov.br.

(Com IPECE)

Filmes cearenses selecionados para Festival do Rio

O Festival de Cinema do Rio divulgou a seleção de longas da “Première Brasil” e mostras paralelas.O Ceará se deu bem e está representado na competitiva de longas de ficção com Petrus Cariry e o seu trabalho “Mãe e Filha”. Já na competitiva de longas documentários foi selecionado o longa “Os Últimos Cangaceiros”, de Wolney Oliveira. Esses dois filmes, bom lembrar, ganharam o “Prêmio Ceará de Cinema e Video” do Governo do Estado.

“Mãe e filha” foi o grande vencedor do 21 Cine Ceará Festival Ibero-americano de Cinema em junho passado,onde recebeu o Troféu Eusélio Oliveira de melhor longa ibero-americano e o prêmio da critica,concorrendo com mais oito longas de vários países.

Além do filme de Petrus e de Wolney, foi selecionado também “Novos Rumos”, o primeiro longa ficção de Roberta Marques “Rânia”, resultado do prêmio de Baixo Orçamento(BO), do Ministério da Cultura. Todos esses três filmes foram rodados no Ceará com técnicos e artistas da terra.

O Ceará ainda aparece na competitiva de longas ficção com o novo longa do Karim Aïnouz “O abismo prateado”. Este painel prova o bom momento do cinema cearense que esta conquistando as telas dos festivais nacionais e internacionais e o reconhecimento da crítica especializada mundo afora.

Jornalista Moacir Maia vai reforçar equipe de comunicação do Poder Legislativo

O ex-presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Ceará, Moacir Maia, vai reforçar a equipe de comunicação da Assembleia Legislativa do Estado. A indicação partiu do consultor de imagem da Casa, jornalista Marcos André Borges e foi submetida ao presidente Roberto Cláudio. A aprovação foi imediata.

Moacir Maia vai atuar junto ao presidente, acompanhando-o na sua agenda diária e fazendo a ponte com a imprensa, juntamente com a equipe de comunicação social do Poder.

Com essa escolha, sem dúvida, Roberto Cláudio prestigia a imprensa e busca dar maior transparência às ações do legislativo estadual.

DETALHE – Marcos André ficará ainda mais focado no planejamento estratégico da comunicação e das relações institucionais da Assembleia com os veículos externos. Herman Hesse continuará firme e forte no comando dos veículos da Casa.

Boa sorte, Moacir!

Bancada da oposição e candidatos a conselheiros tutelares discutem nesta terça-feira indícios de irregularidades em concurso

Plácido Filho é o líder da oposição

Vereadores da base de oposição na Câmara Municipal de Fortaleza discutem nesta terça-feira (13), a partir das 9 horas, o processo de escolha para a composição dos Conselhos Tutelares, para o triênio 2012-2013-2014. Segundo o líder da oposição, vereador Plácido Filho (PDT), a bancada irá cobrar explicações do Instituto Municipal de Pesquisa, Administração e Recursos Humanos (Imparh) sobre os indícios de irregularidades, como ainda deverá provocar o Ministério Público a apurar as denúncias.

De acordo com Plácido Filho, existe a constatação de duplicidade no número de inscrição (o Imparh apontou um candidato aprovado com uma matrícula, enquanto o Comdica – Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente – relacionou uma candidata aprovada, com a mesma matrícula), como também rasuras em provas e uma questão anulada como forma de legitimar o concurso, pois não havia o número mínimo de aprovações.

“Pelo primeiro gabarito, somente 44 candidatos conseguiram aprovação. Mas o concurso teria que ser anulado, pois o índice foi abaixo do que o exigido por lei. Então, um segundo gabarito foi divulgado com a anulação da questão 19 e o número de aprovados subiu para 66”, afirmou o líder da oposição, que assegura estar correta a questão posteriormente anulada.

Para o vereador Ciro Albuquerque (PTC), a Prefeitura errou ao não dar ampla divulgação ao concurso. “Nem todas as pessoas comprometidas com as causas das crianças e dos adolescentes tiveram o direito de participar do concurso, pois faltou divulgação”, observou.

Já a suplente de vereadora Toinha Rocha (Psol), que também participará da reunião da bancada de oposição, estranhou que todas as provas estavam com duas etiquetas brancas. “Uma delas era para encobrir uma data anterior à da realização das provas. Isso mostra que as provas ficaram prontas bem antes da realização do concurso. É importante sabermos como se deu a segurança para que as questões não fossem vazadas”, disse.

Segundo o Edital do concurso, os recursos poderão ocorrer até o próximo dia 22.

Inadimplência do consumidor sobe 3% em agosto

“A inadimplência do consumidor brasileiro subiu 3% em agosto ante julho, segundo dados da consultoria Serasa Experian. No comparativo com o mesmo mês do ano anterior, a elevação chega a 29,2%. Para o acumulado do ano, de janeiro a agosto de 2011, o crescimento foi de 23,4% com relação ao mesmo período de 2010. A evolução do índice repete o comportamento do mês anterior, quando o indicador subiu 2,9% de junho para julho.

As dívidas com os bancos, com um crescimento de 6%, são as principais responsáveis pela elevação do índice e representam 2,9 pontos percentuais (p.p.) na variação total. Os cheques emitidos sem fundos subiram 4,5% em agosto e contribuíram para a alta do indicador com 0,5 p.p.. Os títulos protestados registraram elevação de apenas 0,6% e não tiveram influência na variação total. Já as dívidas não bancárias, como financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços, apresentaram queda de 0,8%, com contribuição negativa de 0,3 p.p. no índice.

O valor médio das dívidas apresentou variações semelhantes. De janeiro a agosto deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, os títulos protestados tiveram alta de 14,8%, subindo de R$ 1.173,15 para R$ 1.347,17. Os cheques sem fundos subiram 8,2%, variando de R$ 1.235,18 para R$ 1.336,38. As dívidas com os bancos apresentaram elevação de 0,5% e valores que subiram de R$ 1.319,99 para R$ 1.326,73. As dívidas não bancárias tiveram queda de 14,1% e passaram de R$ 376,50 para R$ 323,27.

Segundo os economistas da Serasa Experian, os juros elevados no crédito e as compras parceladas no Dia dos Pais impactaram na inadimplência do consumidor em agosto. De acordo com eles, o pagamento da 1ª parcela do décimo terceiro salário, em novembro, pode dar um fôlego extra às finanças do consumidor, que poderá priorizar o pagamento das dívidas assumidas anteriormente.”

 (Agência Brasil)