Blog do Eliomar

Últimos posts

Secitece e Instituto Centec vão instalar a Uniersidade do Trabalho Digital

Nesta sexta-feira, às 10 horas, no auditório do Palácio Iracema, o
secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), René
Barreira, e o presidente do Instituto Centec, Odorico Monteiro, vão instalar a Universidade do Trabalho Digital (UTD). Essa Instituição vai oferecer cursos gratuitos de tecnologia da informação para comerciários. Um convênio entre as duas instituições será firmado e a UTD contará com orçamento inicial de R$ 1,6 milhão.

As aulas serão ministradas no prédio do Cine São Luís nos três últimos
andares – 10º, 11º e 12º, a partir do dia 2 de agosto e se estednerá até 16 de dezembro, segundo informou para o Blog o presidente do Instituto Centec, Odorico Monteiro. Todos os cursos são gratuitos e oferecem conteúdos avançados com 360 horas de aula em PHP avançado, Linux avançado, Java avançado, design gráfico, suporte e banco de dados, conectividade e segurança da informação e design de jogos (games).

SERVIÇO

As inscrições podem ser feitas
no Centro de Formação de Instrutores (CFI) na rua Silva Jardim, 512
(fone 3253.5997) ou no Centro de Pesquisa e Qualificação Tecnológica
(CPQT) do Instituto Federal do Ceará (IFCE) – Rua Francisco Pinto, 113
– 3º Andar), na sala do e-Jovem (fone 3283.2483).

Policial militar reage a assalto e atira contra adolescente

“Um policial militar foi abordado por dois adolescentes armados na noite desta quarta-feira, 15, por volta das 19h30min, quando chegava em uma clínica para visitar um paciente na avenida Pontes Vieira, bairro Dionísio Torres. Os adolescentes abordaram o policial e atiraram.

O policial reagiu e disparou contra os jovens. Um deles foi atingido no abdômen. Ele foi socorrido para o Instituto José Frota (IJF). O outro adolescente conseguiu fugir, levando pertences do policial, que foram recuperados momentos depois.

O policial militar se apresentou espontaneamente à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). Ele prestou depoimento e foi liberado.”

(O POVO Online)

Para quem tem restituição do IR de 2005

“A Receita Federal libera nesta quinta-feira (15) consulta a lote residual do Imposto de Renda da Pessoa Física de 2005. A consulta é para os contribuintes que estavam na malha fina há cinco anos e vão acertar as contas com o Fisco, alguns pagando imposto devido, outros recebendo restituição. Há aqueles que a Receita concluiu que não devem imposto e também não têm restituição a receber.

Ao todo, 117 contribuintes vão receber restituição, num total de R$ 341,1 mil. A Receita constatou que 222 pessoas físicas terão imposto a pagar, num total de R$ 648,8 mil e que 100 contribuintes não terão imposto a pagar nem a receber.

A restituição será depositada no dia 22 de julho. O dinheiro terá correção de 63,94 por cento, correspondente à variação da taxa Selic entre maio de 2005 e julho deste ano. A relação dos contribuintes estará disponível na página da Receita na internet. A consulta também pode ser feita pelo telefone 146.”

(Agência Brasil)

Vice de Marcos Cals entre os 10 mais ricos

“Os dez candidatos a governador e vice mais ricos do país concentram mais da metade (62,79%) do patrimônio declarado por todos os postulantes aos dois cargos nestas eleições. Os integrantes desse seleto clube respondem juntos por R$ 361,03 milhões dos R$ 574,91 milhões declarados por todos os 334 candidatos aos Executivos estaduais. A lista dos milionários tem cinco cabeças de chapa e cinco vices, e reúne um governador, dois ex-governadores, dois ex-deputados federais e um deputado estadual. Quatro dos mais abastados são estreantes na vida política e jamais exerceram qualquer mandato.

A relação dos candidatos de melhor situação financeira tem três tucanos, dois peemedebistas, dois representantes do PSB e um do DEM, do PDT e do PPS. Os dois mais ricos vêm de Mato Grosso e estão, curiosamente, na mesma chapa: o deputado estadual Otaviano Pivetta (PDT) – dono do maior patrimônio declarado à Justiça eleitoral entre os candidatos aos governos – é vice na chapa encabeçada pelo empresário Mauro Mendes (PSB), o segundo mais rico. Pivetta informou possuir um patrimônio de R$ 132,69 milhões, mais que o dobro dos R$ 57,15 milhões declarados por Mendes.

Além dos dois mato-grossenses, outros sete candidatos declararam patrimônio superior a R$ 10 milhões. São eles: Guilherme Afif Domingos (DEM), Pedro Fiúza (PSDB), Nilo Coelho (PSDB), Iris Rezende (PMDB), Teotônio Vilela (PSDB), Cláudio Vale (PPS) e Paulo Skaf (PSB). O décimo mais rico é o ex-deputado Confúcio Moura (PMDB-RO), que declarou R$ 8,55 milhões em bens. A relação dos bens declarados pelo peemedebista, que deixou a prefeitura de Ariquemes no final de março, não estava disponível na página do TSE ontem à noite (14), assim como a dos demais candidatos de Rondônia.

PEDRO FIÚZA

Aos 30 anos, o administrador de empresas Pedro Fiúza é o mais jovem entre os candidatos mais ricos. Ex-coordenador-geral da Associação dos Jovens Empresários (AJE), é vice na chapa encabeçada pelo também tucano Marcos Cals. Tem patrimônio declarado de R$ 38,92 milhões. Desse total, R$ 32,28 milhões se referem a cotas da BLP Participações SA, que atua nas áreas da construção civil e incorporação imobiliária.

* Veja a declaração de bens de Pedro Fiúza

(Com Congresso em Foco)

Lula abrirá em Fortaleza a Conferência Internacional sobre Clima

“O presidente Lula vai abrir a Conferência Internacional sobre Clima e Desenvolvimento Sustentável (ICID 2010), que ocorrerá de 16 a 20 do próximo, no Centro de Convenções. A informação é do vice-governador Francisco Pinheiro, que recebeu o comunicado do Palácio Iracema. Segundo Pinheiro, o coordenador-geral, o evento reunirá cerca de 1.500 participantes de mais de 100 países, que discutirão entre vários temas o avanço da desertificação no Mundo.

Mais de 800 trabalhos científicos já estão inscritos nessa conferência, que tem na coordenação científica o ex-secretário do Planejamento do Estado e ex-diretor sênior do Banco Mundial, Antônio Rocha Magalhães.

No Ceará, a desertificação atinge principalmente o município de Jaguaruana (Vale do Jaguaribe).”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Eduardo Jorge vai entrar com ação contra a União por vazamento de dados fiscais

” O vice-presidente executivo do PSDB, Eduardo Jorge Caldas Pereira, vai entrar com uma ação por danos morais contra a União pelo vazamento de seus dados fiscais pela Receita Federal.  Nesta quarta-feira, ao prestar depoimento à Comissão de Constituição e Justiça do Senado sobre a quebra do sigilo fiscal do dirigente tucano, o secretário da Receita, Otacílio Dantas Cartaxo, confirmou não só que as informações saíram de dentro da instituição mas destacou também saber quem as tinha acessado, o local e a data dos acessos.

Pressionado a fornecer detalhes sobre a operação, Cartaxo admitiu ter identificado os servidores que podem ser responsáveis pela violação, mas se recusou a revelar os nomes à comissão. “Houve diversos acessos, por vários funcionários, que estão sendo investigados. Sei dia, mês, hora e a máquina em que foram feitos os acessos”, afirmou. “Eles já sabem e se recusam a responder. Isso comprova que, se disserem, fornecem pistas para chegar ao pedido que foi feito pela chamada equipe de inteligência da campanha da candidata petista”, afirmou Eduardo Jorge, lembrando que os seus dados fariam parte de um dossiê montado pelo PT.
 
O depoimento de Cartaxo desmente tanto o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, que responsabilizou o vice-presidente tucano de ter vazado seus próprios dados, como a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff .  Ela acusou o Ministério Público pela quebra do sigilo fiscal do vice-presidente do PSDB. De acordo com o secretário da Receita, uma investigação está em andamento na corregedoria do órgão para apurar se os acessos tinham motivo funcional ou não. Eduardo Jorge, porém, é cético em relação ao desenvolvimento da apuração. “Meu sigilo já foi quebrado outras duas vezes e a corregedoria não fez nada. Vou esperar, mas não tenho esperança”, disse. Ele lembrou já ter pedido a Receita uma cópia da sindicância e não ter recebido.  “Eles só confirmaram que abriram a sindicância. Mas não cumprem a obrigação legal de encaminhar uma cópia”.

Para o senador Alvaro Dias (PR), existe uma operação “abafa” por parte do governo federal. “O depoimento do secretário segue a linha do não sei, não ouvi. Uma escolha. O crime existe, mas jamais encontraremos o criminoso. Não se pode punir o responsável.”

(Site do PSDB)

Candidatos à vaga de desembargador pela OAB debaterão no próximo dia 21

48 1

 A OAB do Ceará e a Comissão de Apoio ao Advogado em Inicio de Carreira (CAAIC) vão promover, no próximo dia 21, a partir das 18h30min, um debate envolvendo os candidatos à vaga de desembargador no chamado quinto constitucional do Tribunal de Justiça e que será ocupada por advogado.

O debate ocorrerá no auditório da Fundação Escola Superior da Advocacia do Ceará (FESAC) e será dividido em duas etapas. ass regras do confronto de ideias já está definida, bem como a consulta que apontará, dia 30, com urna eletrõnica na FA7, dos 20 candidatos inscritos os 12 que passarão pelo crivo do Conselho Estadual da Ordem antes do processo de escolha a ser feito pelo TJ e, por ultimo, pelo governador do Estado.

REGRAS DO DEBATE

1. O tempo total do evento será de três horas, dividido em duas etapas.

2. A primeira parte será de exposição dos candidatos presentes, em tempo igual para todos os postulantes, previamente sorteada a ordem de apresentação. Esta parte terá duração de duas horas.

3. A segunda parte será composta de pergunta e resposta formulada entre um candidato e outro, sendo que será sorteado previamente o candidato que irá formular a pergunta e aquele que irá responder, de sorte que cada candidato fará uma pergunta e dará uma resposta. O tempo para pergunta e para a resposta será dividido igualmente, tendo em vista o número de candidatos presentes.

Assembleia abre a porteira para mais emancipações de distritos. E Heitor Férrer agora apoia

107 4

“O Ceará está prestes a passar por um processo de criação de municípios que poderá ter a mesma extensão do que foi verificado em 1957, ano em que o estado inaugurou 30 novas cidades. No total, 29 pedidos de criação de municípios já foram aprovados pela Assembleia Legislativa e, em função deles, a população das cidades-mães responderão a plebiscito que será realizado no próximo dia 3 de outubro, data das próximas eleições. Ontem, foram aprovados 11 desses pedidos e hoje, o Legislativo deve aprovar mais um, fazendo chegar a 30 o número de novos municípios que poderão ser oficializados no Estado.

Pela emenda à constituição estadual aprovada em dezembro do ano passado – que dá aos parlamentares estaduais a prerrogativa de criar novos municípios –, a realização de plebiscitos é obrigatória para a emancipação de distritos. Se a maioria da população aprovar a emancipação, o processo de criação da nova cidade retorna ao Poder Legislativo sob a forma de projeto de lei. Aprovado o projeto de lei, está autorizada a criação da nova cidade.

Unânime

A votação de ontem na Assembleia, em que 11 decretos legislativos que visam a realização de plebiscitos para a criação de novos municípios foram aprovados, contou com o apoio até do deputado estadual Heitor Férrer (PDT). Ele que antes havia acionado o Ministério Público Federal (MPF) apontando uma suposta inconstitucionalidade da emenda que regulamenta a emancipação de distritos.

Ao falar sobre o assunto, Heitor recuou e disse que considera constitucional a emenda. A declaração se deu após o presidente da Casa, Domingos Filho (PMDB), ter lembrado, no plenário, que apesar da provocação de Heitor, a Procuradoria da República não instituiu uma ação de inconstitucionalidade contra sua emenda. Domingos argumentou ainda que “o próprio Supremo Tribunal Federal (STF) já autorizou a realização de plebiscitos”.

Heitor explicou sua nova postura afirmando que a lei, apesar de constitucional, não tem aplicabilidade. “A criação dos municípios novos só poderá acontecer depois que o Congresso Nacional apreciar a matéria”, disse. Foi sobre esse ponto que a matéria foi questionada, já que, no nacionalmente, o projeto de lei complementar que regulamentaria a criação de novas cidades no Brasil ainda não foi apreciado pelo Congresso.

Sobre seu voto favorável, Férrer disse que não poderia ser contra os plebiscitos já que “o poder emana do povo e em função dele é exercido”.

Ontem, Domingos informou que os plebiscitos não poderão ser realizados nas mesmas urnas eletrônicas das eleições, em função da impossibilidade de inserir as opções do plebiscito no programa das urnas. Segundo o presidente da Assembleia, no dia da eleição, serão instaladas duas urnas eletrônicas nas sessões eleitorais. Uma para o voto nos candidatos e outras para os plebiscitos.”

(O POVO)

Refinaria Premium começa a sair do papel. No Maranhão

33 1

A Petrobras e o Consórcio Galvão – Serveng – Fidens assinaram ontem, no Rio de Janeiro, contrato para serviços de terraplenagem, drenagem e obras de acesso na área da Refinaria Premium I, na cidade de Bacabeira, localizada no Maranhão. O contrato tem prazo de 960 dias e visa preparar a área da refinaria para receber as unidades de processamento principais, auxiliares e de utilidades. No pico da obra a previsão é de três mil a 3,5 mil trabalhadores no canteiro, durante a terraplenagem.

(Com Agências)

Caseiro matou por causa de uma bananeira

“Impressionante o depoimento do caseiro Rômulo Ribeiro Coelho, de 20 anos, acusado de matar a golpes de enxada e pauladas os empresários Marcos Sérgio Ferrari e Maria Cristina Saade Studart, na última segunda feira, na casa de praia do casal, na Prainha, em Aquiraz. Rômulo e a namorada, Ana Carla da Silva Guimarães, 31, foram presos por policiais militares, ontem pela manhã, no Conjunto Jereissati I, em Maracanaú. Os dois, com prisão preventiva decretada pela juiza Maria Valdileny Sombra Franklin, da 2ª Vara Criminal de Aquiraz, já foram transferidos da Delegacia do município para a delegacia de Capturas, na Capital.

“Matei os dois. E daí?”, disse Rômulo Ribeiro, demonstrando frieza sobre o duplo homicídio, em entrevista exclusiva ao O POVO, concedida no início da tarde de ontem, na delegacia de Aquiraz. Ao se referir sobre a morte de Maria Cristina ele disse: ‘’Dei três pauladas na cabeça dela e com muita força. Ela caiu. Aí eu acabei a mulher com mais duas porradas”. E continuou: “Pela morte do doutor Marcos Sérgio, juro que não estou arrependido. Ele era muito ruim comigo. Sempre me ameaçava quando não fazia as coisas direito na casa. Pela morte da mulher dele, sim estou arrependido, porque ela me tratava bem”.

Namorada

Rômulo faz questão de afirmar que a namorada dele não teve qualquer envolvimento no caso. ‘’Ela é inocente”, disse. A entrevista ao O POVO foi acompanhada pelo delegado Moacir Maciel Junior e pelo promotor de Aquiraz, Francisco Marinho.

O delegado Moacir Maciel Junior, titular da Delegacia de Aquiraz, também indiciou Ana Carla no inquérito policial. ‘’De qualquer maneira, ela concorreu para o caso. A fuga dos dois, depois do crime está evidenciada, conforme depoimento de uma testemunha”, explicou o delegado.

Rômulo disse ainda, ao O POVO, que matou Marcos Sérgio dentro do galinheiro, nos fundos da casa de praia. Ele contou que, instantes antes, tivera uma discussão com o patrão porque ele teria tentado obrigá-lo a plantar uma bananeira. “Fui ameaçado nessa ocasião”. O caseiro disse que na entrada do galinheiro pegou uma enxada e atingiu Marcos Sérgio na cabeça. ‘’Ele nem sequer estribuchou. Morreu logo. Ficou muito sangue na areia”. Depois ele foi avisar a namorada sobre o que havia feito.

O caseiro afirmou que levou a namorada até ao local do crime e disse para a namorada: “Agora vou matar a mulher dele”. Rômulo achava, segundo depoimento dele, que Maria Cristina, do segundo pavimento da casa, teria visto a morte de Marcos Sérgio. Rômulo disse que já encontrou Maria Cristina na cozinha. Já tinha em mão um cabo de picareta. “Vou lhe matar”, sentenciou. Nessa ocasião, segundo o depoimento do caseiro, ele a atingiu com três golpes na cabeça.”

(O POVO)

TSE: Cassações devem aumentar após as eleições

“O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski, admitiu ontem que, com a Lei da Ficha Limpa, deve aumentar a quantidade de políticos cassados após eleitos. Com o número de ações de impugnação de candidaturas turbinado pelas novas normas de inelegibilidade, em vigor desde o mês passado, a Justiça deve ter dificuldade para apreciar todos os casos até o anúncio dos resultados.

Além de derrubar os eleitos em disputas majoritárias (presidente, governadores e senadores), as pendências podem alterar a composição de chapas vitoriosas para cargos proporcionais (deputados estaduais e federais), cujos votos teriam de ser recalculados.

Para Lewandowski, a perda de mandato após o pleito já fazia parte da rotina dos tribunais:

— Existem candidaturas que estão sub judice e, mesmo após as eleições, o mandato é cassado. Isso é absolutamente normal e esse fenômeno pode ser intensificado pela lei da Ficha Limpa.

Até ontem, o Ministério Público Federal em 24 estados e Distrito Federal havia apresentado 2.320 ações de impugnação, mais de 300 motivadas pela nova lei. O número deve crescer, pois a Procuradoria da República de São Paulo ainda não anunciou a lista de impugnáveis.

Somam-se à pilha de processos os questionamentos apresentados por entidades da sociedade civil, partidos e candidatos. Embora o TSE não informe o total de ações em eleições anteriores, o balanço parcial de alguns estados já evidencia a sobrecarga.

É o caso de Minas, onde o número de casos levantados pelo MP saltou de 113 (2006) para 614. No Rio, foram de 25 para 34.

Apesar de prever mais pendências para o pós-eleições, Lewandowski ponderou que a maioria dos casos poderá ser resolvida com celeridade, pois as côrtes superiores decidem com base na jurisprudência.

— O que pode, de certa maneira, tranquilizar a todos que acompanham essas impugnações é que, no momento em que o TSE e o Supremo Tribunal Federal estabelecerem certos paradigmas ou chegarem ao um consenso em relação às teses, os processos serão julgados rapidamente — explicou, acrescentando que, nas suas contas, entre 10% e 15% das candidaturas serão questionadas.”

(O Globo)

Deputado alerta: maioria dos processos sobre violência contra criança não anda

73 1

O coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Criança e do Adolescente, deputado federal Paulo Henrique Lustosa (PMDB), defendeu a adoção de políticas públicas preventivas contra a exploração de crianças e adolescentes. Segundo ele, o Poder Público costuma atuar somente após a identificação dos atos de violência sexual, maus-tratos e exploração do trabalho infantil, por exemplo.

“O nosso desafio é não deixar que as crianças sofram a violência”, defendeu o deputado, durante seminário sobre os 20 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA – Lei 8.069/90). Para tanto, segundo o peemedebista, é necessário garantir que a escola, as unidades de saúde e os centros de assistência social identifiquem os jovens em situação de risco e adotem medidas integradas.

Para Lustosa, o Poder Público deve investir também em estratégias que dêem efetividade a leis que tratam de punição aos agressores. Na opinião dele, os resultados da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Exploração Sexual, que funcionou entre 2003 e 2004, mostram “o baixo grau de eficácia das ações governamentais”.

O deputado afirmou que dos 80 casos “mais graves” de exploração apurados pela CPMI, 55 tiveram inquéritos ou processos instaurados, dos quais apenas 18 tiveram andamento. Desses 18, somente sete geraram medidas de proteção às vítimas. Além disso, em apenas três casos os agressores foram condenados. “A impunidade estimula a ação violenta”, alertou Lustosa.”

(Agência Câmara)

TRE multa em R$ 10 mil candidato Domingos Neto por propaganda antecipada

34 2

O Tribunal Regional Eleitoral julgou representação do Ministério Público Eleitoral contra o candidato a deputado federal Domngos Neto (PSB) e decidiu multá-lo em R$10.000,00 (dez mil reais) por infringir o artigo 36, da Lei 9.504/97. Ou seja, por propaganda eleitoral antecipada.

Há provas confirmando a atitude do candidato, que foram reunidas pela procuradora regional eleitoral auxiliar Nilce Cunha Rodrigues. Uma delas, foi a evidência da participação do candidato, em outubro de 2009, no ato de inauguração de obra no distrito de Santa Rita, no município de Quiterianópolis, onde foi tocado o jingle de sua campanha antecedendo ao seu discurso.

“É a presença de vocês, o estímulo de todos vocês e o afeto, o abraço amigo, aquela palavra forte, de nosso lado, que nos estimula a estar diariamente trabalhando em busca da construção de projetos, de programas que venham beneficiar a nossa Quiterianópolis, o nosso Inhamuns e o nosso Ceará…”, essas foram as palavras do discurso do postulante.

Durante o discurso, existiu também o enaltecimento de figuras políticas como o pai do candidato, o deputado estadual Domingos Filho, também presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Ceará, e do deputado federal Eunício Oliveira, pré-candidato ao Senado Federal.

O julgamento do Juiz Auxiliar Eleitoral João Luis Nogueira Matias é claro, tomando por base o que dispõe o artigo 36, da lei nº 9.504/97, como também o artigo 2º da resolução nº 23.191/2009 do Tribunal Superior Eleitoral, os quais são expressos ao permitir a propaganda eleitoral somente a partir do dia 06 de julho de 2010.

(Site do MPE-CE)

Costura de votos – Cid Gomes visita shopping popular

69 4

Eis aí Cid Gomes, o candidato à reeleição pela coligação “Um Ceará Melhor pra Todos”, Cid Gomes, que visitou, nesta quarta-feira, o Shopping Fortaleza Sul, no bairro Vila União, em Fortaleza. Com direito a abraços, cumprimentos e muitos sorrisos.

Ali, Cid circulou por todas as 140 lojas e falou dos seus projetos na área da Segurança Pública. Não se esqueceu de citar o Programa Ronda do Quarteirão.

COMITÊ

Ele também aproveitou para informar que, a partir das 19 horas desta quinta-feira, estará inaugurando seu comitê central de campanha, na avenida Sebastião de Abreu, 150, no bairro Cocó.

(Foto – Divulgação)

Eleições 2010 – TSE inicia cadastramento para o voto em trânsito

O Tribunal Superior Eleitoral aprovou, em março deste ano, a Resolução de nº 23215/2010 que trata do voto em trânsito. No pleito deste ano, os eleitores que estiverem ausentes do seu domicílio eleitoral de origem no dia da eleição, poderão solicitar a transferência provisória do título para uma das capitais dos estados e, assim, votar nos candidatos a presidente e vice-presidente da República.

O prazo para esta transferência se iniciará nesta quinta-feira (15) e se estenderá até o dia 15 de agosto. O eleitor deverá ir a qualquer cartório eleitoral de uma capital com o título e um documento de identidade (original e cópia) e indicará em qual das capitais estará presente no primeiro turno das eleições, dia 3 de outubro, e/ou, se for o caso, no segundo turno, dia 31 de outubro. Dentro do período indicado, o eleitor poderá, pessoalmente, alterar ou cancelar o registro para votar em trânsito.

FORTALEZA

No caso de Fortaleza, a Central de Atendimento ao Eleitor receberá as solicitações de transferências provisórias. O endereço é: Avenida Almirante Barroso, nº 601 – Praia de Iracema.

Mais informações – 3308-2680.

Fim do Jornal do Brasil impresso gera debate na internet

55 1
“Sites e redes sociais estão replicando comentários a respeito do fim da edição impressa do Jornal do Brasil, o que seria decidido entre esta quarta-feira, 14, e a quinta-feira. A decisão pela extinção do diário impresso seria tomada nesta semana, conforme apontou O Globo na segunda-feira 12. Esses rumores logo movimentaram a internet. No entanto, o diretor administrativo do jornal, Humberto Tanure, irmão do empresário Nelson Tanure, disse que nada havia sido definido.

Segundo ele, a decisão caberá ao conselho de administração e empresarial de Docas Investimentos (holding que administra a marca) e que todos os comentários a esse respeito são mera especulação. “Não há definição sobre isso. Se já tivéssemos uma definição eu, como diretor administrativo, seria o primeiro a saber. As afirmações dadas são especulativas. São uma fábula”, declarou Humberto Tanure.

Quanto à saída de Pedro Grossi da presidência do JB – outro fato comentado na rede -, Humberto Tanure limitou a dizer que o executivo continua como presidente da publicação. Procurado pela reportagem, Grossi não atendeu o celular e não foi encontrado na sede da empresa. Nelson Tanure também não foi localizado.

O M&M Online, porém, conseguiu contato com Eduardo Jácome, diretor da Docas Investimentos. Ele afirmou nesta terça-feira, 13, que a decisão de manter o JB no meio digital apenas é definitiva e deverá ser anunciada em breve. Isso não significa, em suas palavras, que a edição impressa deixará de circular até o fim da semana.

“Ir para o digital não significa que o impresso vai acabar amanhã. Mas a decisão de ir para o digital é definitiva e pode acontecer de hoje para amanhã. O jornal impresso não acaba assim, de uma vez, porque há todo um processo de transição a ser feito. Não é algo rápido e as pessoas vão encontrar o jornal nas bancas”, disse.

Além disso, Jacome contou que na próxima semana a família Nascimento Brito terá uma nova rodada de negociações com a Docas Investimentos sobre o licenciamento da marca. “Vamos conversar sobre como ficará a licença da marca para o impresso, na medida em que ela permanecerá no meio digital”, declarou.

Uma imagem disponibilizada pelo iG mostra um anúncio que seria veiculado na edição do JB desta quarta-feira, 12. Nele, o texto informa que o jornal passa a ser 100% digital em 1º de setembro.

Solução dos internautas

No Rio,onde nasceu o JB, diversos leitores lamentavam o fim da publicação impressa nas redes sociais. E muitos postaram mensagens sugerindo que o empresário Eike Batista, que tem vários empreendimentos na cidade, comprasse o JB para evitar o seu fim.

Independentemente do movimento criado pelos internautas, o que se aventa no mercado é que o Jornal do Brasil poderá voltar às mãos da família Nascimento Brito. A devolução da marca, que está licenciada desde 2001 à Companhia Brasileira de Multimídia (CBM), de Nelson Tanure, está sendo negociada com a família. Segundo Eduardo Jácome, isso não invalida negociações com grupos interessados em manter as operações da publicação.

Jácome diz que o objetivo da CBM e da Docas Investimentos é encontrar uma solução que seja mais viável para a manutenção da marca e do funcionamento da empresa. Uma dessas soluções passaria pela concentração do JB apenas na internet. Para isso, dentro do site do jornal há uma pesquisa sobre os hábitos dos leitores no meio digital. Esse trabalho é feito também por telefone e e-mail.

“Estamos analisando todas as possibilidades para o jornal. A negociação com a família Nascimento Brito acontece de forma conjunta. Temos uma ótima relação com eles e estamos conversando. Independentemente da devolução da marca, a negociação com investidores interessados continua e não é prejudicada por isso”, garante o executivo.

Data limite

Na redação a rotina de trabalho continua, informam funcionários da empresa. No entanto, o clima de apreensão é inevitável e comentários dão conta de que o dia 30 de setembro seria a data limite para que a empresa fosse devolvida. Jácome assegura que a data é mais uma especulação.

“Estamos em negociações e fechar a empresa não é o objetivo de Nelson Tanure. Mas é preciso encarar que em um negócio a possibilidade de encerrar a atividade não deve ser descartada”, ressalta.

Vale lembrar que a CBM tinha um acordo de licenciamento da Gazeta Mercantil, jornal que encerrou suas atividades em junho passado, quando a marca foi devolvida ao empresário Luiz Fernando Levy.”

(Meio & Mensagem Online)

Governador vai pegar a boia dos operários do Centro de Feira e Eventos

60 2

O governador Cid Gomes (PSB) cumprirá uma agenda fora de sua rotina tradicional nesta qunta-feira. Ele vai almoçar com os operários que constroem o Centro de Feiras e Events do Ceará, no bairro Água Fria.

O almoço, segundo a assessoria do Palácio Iracema, está marcado para as 12 horas. Antes, Cid fará uma rápida inspeção nas obras que estão bem acelradas, segundo engenheiros responsáveis.

VAMOS NÓS – Estamos curiosos para saber qual o cardápio do dia.