Blog do Eliomar

Últimos posts

Governo quer escolas públicas em parceria com lan houses para ampliar acesso à internet

“O secretário executivo do Ministério das Comunicações, Cezar Alvarez, avalia como “acertada” a estratégia do governo de querer ampliar o acesso à internet de alta velocidade na zona rural por meio da frequência de 450 megahertz (MHz), em vez do uso de satélites. Ele disse que o Estado tem “uma dívida com o Brasil rural” por ainda não ter concretizado a inclusão digital nessas áreas e acenou com a possibilidade de o governo criar mecanismos para as aproximar lan houses das escolas públicas e dos cursos técnicos promovidos pelo Sebrae.

Ele credita esse atraso a uma decisão estratégica do governo, que optou pela migração da frequência de rádio usada pela Polícia Federal (450 MHz) a fim de abrir espaço para a interiorização da internet. “Atrasarmos em dois anos [aguardando a liberação da frequência, pela PF, e a licitação para uso] com o objetivo de evitar preços maiores na transmissão de internet por satélites”, disse Alvarez. O governo ainda está aguardando a migração da PF para outra faixa de frequência para abrir a licitação da faixa de 450 MHz.

Ele acenou também com a possibilidade de usar os recursos do Fundo de Universalização de Serviços de Telecomunicações (Fust) para facilitar o acesso de mais de 15 milhões de pessoas do meio rural à banda larga.

O secretário propôs, ainda, a ampliação dos telecentros e a qualificação das lan houses para torná-las um ambiente de acesso ao conhecimento e à informação. “As lans muitas vezes são vistas de forma preconceituosa, como ambiente de jogo. Isso pode ser mudado e elas podem, inclusive, prestar serviços para o Sistema S”, disse Alvarez. O Sistema S é um conjunto de entidades que representam o interesse de categorias econômicas como comércio, indústria e transportes.

Alvarez acrescentou que estão sendo analisadas parcerias com o Ministério da Educação com o objetivo de incluir as lan houses no Programa Nacional de Tecnologia Educacional (ProInfo), para usar dessas estruturas na rede pública de ensino.”

(Agência Brasil)

Tucano estreia na Fiec lançando Guia da Indústria 2011

Será lançado às 18 horas desta segunda-feira, no auditório da Casa da Indústria, o Guia Industrial do Ceará 2011. A publicação, elaborada pelo Instituto de Desenvolvimento Industrial (INDI) da FIEC, é uma fonte de consulta para a realização de negócios entre empresários locais e investidores nacionais e internacionais, além de oferecer informações sobre produtos e contatos das indústrias do estado.
O trabalho, mais um da gestão de Roberto Macedo, presidente da federação,  foi coordenado por Carlos Matos, diretor do INDI que, dessa forma, faz sua estreia pública como membro da Fiec, depois de ter atuado nos últimos anos na área política como dirigente do PSDB cearense.
A edição deste ano do Guia Industrial reúne dados de cerca de 3.500 empresas, quase 30% a mais em relação à edição passada. Entre as informações listadas pelo INDI estão dados cadastrais, produtos, tamanho das empresas (por número de empregados e por faixa de faturamento) e nomes dos executivos. O Guia Industrial 2011 traz ainda informações sobre fornecedores de serviços industriais, listagem das 40 maiores indústrias do Ceará e um panorama da economia industrial cearense.

PSB e PSD acertam para ser a 2ª bancada na Câmara

“O PSD, do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e o PSB, do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, deram na semana passada o primeiro passo formal para as duas legendas se unirem no Congresso e formarem a segunda maior bancada na Câmara.

Kassab fez várias articulações com seu grupo e prometeu na última sexta-feira a Campos que o PSD deve deixar o caminho livre e até apoiar a deputada Ana Arraes (PSB-PE) na disputa por uma vaga no TCU (Tribunal de Contas da União).

Ana Arraes é mãe de Campos. Ela disputa a vaga com vários deputados de outros partidos. Sua vitória seria uma demonstração de força do filho e das articulações futuras do PSB com vistas a 2014, quando o governador pensa em ser candidato a presidente ou a vice. O PSD deve ter uma bancada inicial próxima a 50 deputados. O PSB tem, segundo o site da Câmara, 31 cadeiras. Juntas, as duas legendas formam uma bancada de 81 e ficariam atrás apenas dos 86 do PT e à frente dos 80 do PMDB.”

(Folha.com)

O fantasma da censura ronda o Brasil

173 4

Com o título “A censura não morreu”, eis artigo do advogado e psicanalista Luiz Olímpio Ferraz Melo. Ele aborda a censura como algo que persiste na sociedade e, principalmente, sob constante ameaça de voltar a países da sul-americanos como o Brasil. Confira:

A questão da censura no mundo é repleta de contradições. Então vejamos. A censura foi inaugurada oficialmente pela Igreja Católica, em 1560, no Concílio de Trento, com o Índice dos Livros Proibidos – houve também um Índice das Imagens Proibidas, pois se temia que certos livros em sendo publicados pudessem levar os fiéis à heresia e a não mais seguir os dogmas da fé católica. Todos os regimes de governos totalitários apelaram para a implantação da censura, inclusive, o primeiro alvo na tomada dos governos são os meios de comunicação.

No século XVIII, a censura era o principal motivo para muitos ingressarem nas sociedades secretas e assim poderem defender suas ideias sem retaliações clericais – ademais, a garantia da liberdade de expressão tornou-se o objetivo das sociedades herméticas. Foi graças às impressoras subterrâneas clandestinas na Rússia que o mundo ficou sabendo das atrocidades de Stalin; e os comunistas defendem a “libertação” dos povos, mas quando assumem o poder, querem tolher-lhes a liberdade de expressão numa contradição, exemplo: China, Cuba, etc.

Em Cuba, terra do imortal Fidel Castro, a escritora Yoani Sánchez, tida como uma das mulheres mais influentes do mundo, não é lida em seu próprio país e o governo a ignora, ou seja, faz censura velada sem fazer nada contra. Na América do Sul, há uma orquestração idealizada pelo venezuelano Hugo Chávez para limitar a liberdade de imprensa nos países sul-americanos.

A censura se apresenta em múltiplas facetas: tempos passados na Europa eram cobrados “selos” para circulação dos jornais impressos e nem se percebeu com facilidade que estavam na verdade sendo censurado. Alguns políticos poderosos conseguem praticar a “censura judicial”, pois recorrem à Justiça para que a imprensa não divulgue seus malfeitos e assim atropelam outro direito fundamental que é o da informação.

A liberdade de expressão é um direito inegociável e todos devem ficar atentos a qualquer movimentação obscura para restringi-la, ou mesmo castrá-la. Já houve censura no Brasil na época da ditadura, mas o seu fantasma ameaça ressuscitar…

* Luís Olímpio Ferraz Melo,

Advogado e psicanalista.

Procurador regional do trabalho avisa: trabalhador terá membro em diretoria de empresa

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=62d7tvPIHHM[/youtube]

Uma novidade que consta na Constituição Federal, mas  quenao vinha sendo cumprida na prática vai sair do papel: o direito do tragbalhador ter um representante seu junto à diretoria da empresa. Quem fala sobre o assunto é o procurador regional do Trabalho, Gerson Marques, agora vice-coordenador da Coordenadoria do Conselho Nacional de Promoção das Liberdades Sindicais.

Farmácia Popular já distribuiu medicamentos com 5,4 milhões de pessoas, diz Dilma

“A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (5) que 5,4 milhões de pessoas tiveram acesso gratuito a medicamentos contra a hipertensão e o diabetes, de fevereiro a agosto deste ano, por meio do programa Aqui Tem Farmácia Popular. Em janeiro deste ano, quando um percentual do valor dos medicamentos ainda era cobrado, 850 mil pessoas compraram a medicação. Em agosto, o total de pacientes que buscaram gratuitamente o remédio chegou a 2,6 milhões.

No programa semanal Café com a Presidenta, Dilma divulgou ainda que o total de farmácias credenciadas passou de 15 mil para 20 mil em relação ao início do ano. Segundo ela, 3 mil cidades já contam com pelo menos uma drogaria vinculada ao programa. O número representa 70% do total de municípios brasileiros.

Ao todo, 40 milhões de pessoas em todo o país sofrem de hipertensão ou diabetes. “Todos, agora, podem fazer o tratamento direito, sem interrupção, sem se preocupar com o dinheiro para comprar o remédio. O governo garante o remédio de graça”, ressaltou a presidenta.”

(Agência Brasil)

O tempo passa, o tempo voa e o heliponto do IJF…

238 3

Profissionais da área médica pedem ao Blog para cobrar da Prefeitura de Fortaleza a entrega do heliponto do Instituto Doutor José Frota. As obras avançam em passos lentos, mas a placa em frente à entrada da emergência dá a dica: “Heliponto do Instituto Doutor José Frota (IJF). Data de início: 25 de fevereiro de 2008. Prazo de entrega: três meses”.

Ou seja, três anos e sete meses depois, agora a promessa é de que será entregue até o fim deste ano.

Todos na torcida.
 

(Foto – Paulo MOska)

Diário Oficial traz mais seis demissões do Ministério dos Transportes

“O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, demitiu seis servidores da pasta por improbidade administrativa, lesão aos cofres públicos e dilapidação do patrimônio nacional, de acordo com portaria publicada nesta segunda-feira (5) no “Diário Oficial da União”.

Os funcionários eram alvos de processos administrativos disciplinares abertos em 2009. Além da demissão, a portaria indica que os servidores não poderão voltar ao serviço público. De acordo com a Lei do Servidor, a lei 8.112/90, quem é demitido por improbidade não pode retornar.

Em julho e agosto deste ano, o ministério foi alvo de diversas denúncias de irregularidade, que levaram à saída de mais de 20 servidores da pasta e de órgãos vinculados, como o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), que teve toda a cúpula trocada.

Expulsões no governo

Levantamento divulgado no mês passado pela Controladoria Geral da União (CGU) mostra que o governo federal expulsou da administração pública, entre janeiro e julho deste ano, 328 servidores federais após processos administrativos abertos por conta de irregularidades, a maioria envolvendo casos de corrupção.

Conforme a CGU, o total de expulsões é o maior para o período desde 2003 – ano a partir do qual o órgão passou a tabular os dados. Somente em julho deste ano foram 98 servidores expulsos – recorde também entre todos os meses de julho.

De janeiro a julho de 2011, foram 172 expulsões por “valimento indevido de cargo”, que se trata se uso do cargo para obtenção de vantagens; 123 são casos de improbidade administrativa; e 19 se referem ao recebimento de propina. Quarenta e seis expulsões ocorreram por conta de abandono de cargo – a soma das causas é superior ao total de expulsões porque um servidor pode ter sido demitido por mais de uma causa.”

(Portal G1)

OAB nacional empossa "Observador da corrupção" no Ceará

147 4

O advogado Fernando Férrer, presidente da Comissão dos Direitos Humanos da OAB do Ceará, vai ser empossado, às 15 horas desta segunda-feira, perante o Conselho Seccional da Ordem e o tesoureiro nacional da entidade, Miguel Cançado, como “Obsevador da corrupção” da OAB nacional no Estado.

Segundo Férrer,  a “ausência de fiscalização e acompanhamento de processos judiciais que envolvam casos de corrupção, agora será preenchida com o controle pela sociedade por meio do Observatório da Corrupção”. O organismo terá representantes em todos os Estados e pretende ser um canal para receber denúncias da sociedade.

Na página do Observatório da Corrupção na internet , além de denunciar, o cidadão também vai poder acompanhar o andamento dos casos de corrupção noticiados pela mídia. Na próxima semana, a OAB vai divulgar no portal uma relação dos principais processos que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

As denúncias recebidas pela Ordem dos Advogados do Brasil serão monitoradas pela Comissão Nacional de Combate à Corrupção e os denunciantes têm a garantia do anonimato

"Escândalo dos banheiros" – Téo Menezes vai depor

133 2

O deputado estadual Téo Menezes (PSDB) prestará depoimento, às 17 horas desta segunda-feira, à Procuradoria dos Crimes Contra a Administração Pública (Procap). O órgão investiga denúncias de irregularidade em convênios firmados entre a Secretaria das Cidades e associações do Interior para construção de kits sanitários.

Téo deveria ter prestado depoimento pela manhã, mas houve o adiamento para esta tarde.

Ele é apontado como o maior beneficiado por repasses irregulares durante a campanha eleitoral de 2010. É filho de Teodorico Menezes, que acabou afastado da presidência do Tribunal de Contas do Estado, órgão que teve também comissionados afastados e que fizeram doações para a campanha do tucano.

Blog da Dilma bate em Cid Gomes por causa da greve dos professores

225 19

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=i3je3egFe58&feature=player_embedded[/youtube]

O governador Cid Gomes (PSB), por conta da greve dos professores estaduais, andou sendo tratado como “ditador” pela turma de reportagem do Blog da Dilma.

Ou seja, o companheiro e aliado do PT precisa rever seus conceitos, segundo alguns militantes da esquerda. O Blog, que exalta o Governo Dilma e o Partido dos Trabalhadores, disponibilizou video com o caso da ocupação de docentes no prédio da Assembleia Legislativa.

Chávez incentiva Kadafi a resistir contra rebeldes

“O presidente venezuelano Hugo Chávez afirmou nesta segunda-feira que o coronel Muamar Kadafi não deixou a Líbia e o incentivou a resistir aos ataques rebeldes.

“Ninguém sabe por onde anda Kadafi, mas estou seguro de que está muito longe de pensar em deixar a Líbia”, declarou Chávez em entrevista ao canal VTV.

“O que ele tem que fazer é resistir e tomara que esta resistência permita que se busque o caminho da paz e se derrote o caminho da guerra”, acrescentou.

Chávez, principal aliado de Kadafi na América Latina, defendeu o ex-líder líbio desde o início das revoltas em fevereiro passado, e se opôs às sanções econômicas e à intervenção da Otan.”

(Portal Terra)

Em nome do amor, apoio aos professores grevistas

236 4

Com o título “Com amor se paga?”, eis artigo do poeta e publicitário Ricardo Alcântará, em tom de solidariedade à greve dos professores estaduais.

Há palavras vulgares e há palavras comuns. Coincidem, às vezes. “Porra”, por exemplo, não se diz na missa, mas é inevitável quando cai pela terceira vez aquela ligação 0800 após uma longa espera para ser atendido. Há outras que, embora de uso corrente, têm sentido sublime e, porque são sublimes, vulgarizam-se facilmente pelo uso comum. Preciosas, mereciam ser mais poupadas, como fazem com elas os mais sensatos.

A palavra “Amor” talvez seja a mais castigada de todas elas. Fácil de pronunciar, muita responsabilidade atribui a quem o sente. Tão distante está de ser compreendida, embora nos habite tão intimamente o seu mistério. Outro dia, ouvi o governador Cid Gomes falar de amor. Chamou minha atenção porque é raro observar esta palavra na fala de um político. Muito raramente mesmo encontram lugar para ela em seu discurso.

Por mais elástica sua capacidade de adulterar o sentido das coisas quando falam, os políticos parecem tomados de um inusitado pudor quando a evitam, o que é sensato: não parece mesmo verossímil na boca deles. A palavra “amor”, o governador usou da pior maneira: para humilhar as pessoas – educadores, no caso. Nada mais paradoxal do que o esforço de conciliar humilhação e amor na mesma oração.

Para justificar as compensações precárias que seu governo está podendo oferecer no momento aos professores em greve – eis o contexto – ele disse que quem entra no serviço público não o faz por dinheiro, mas por amor. Ora, homem, nos poupe do seu evangelho de ocasião! É evidente que nenhum professor desprovido de vocação, amor pela missão que abraçou, pode mesmo formar uma geração de bons cidadãos.

Mas é imprescindível à verdade mais rasa acrescentar ao que você falou um detalhe que muda de tal maneira a qualidade do que disse que melhor seria se tivesse evitado se expor assim, pilhado numa sandice. É que, para servir com a devoção que você cobra, os educadores, além de amor, precisam ir às salas de aula com a tranquilidade de ter deixado em casa os filhos alimentados e bem vestidos. Afinal, isso também é amor.

Os educadores não estão exigindo viajar em jatinhos particulares com a família para servir ao Estado como devem. Querem apenas ser remunerados de modo compatível com a relevância do serviço que prestam. Não se pode exigir, em nome do amor, que as pessoas abdiquem do necessário. A mais generosa impressão que se pode ter do que você disse é que a sua experiência pessoal com este sentimento é imatura e superficial.

Por que não te calas? Há quem colabore mais com outros recursos, que não a palavra. Pelo visto, seu ramo é outro. Faça o melhor que sabe nas condições que pode, mas evite expor em demasia a natureza confusa dos seus valores.

* Ricardo Alcântara,

Poeta e publicitário.

Dilma quer médicos recém-formados atuando no Interior

178 1

“A presidenta Dilma Rousseff destacou hoje (5) que os médicos brasileiros recém-formados precisam conhecer as reais necessidades do país. Ao explicar os incentivos anunciados pelo governo para melhorar a distribuição de profissionais de saúde, ela disse ainda que a meta é abrir 4,5 mil vagas, a mais, de medicina por ano no Brasil.

No programa semanal Café com a Presidenta, Dilma lembrou que o médico recém-formado que optar por trabalhar em unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) terá a dívida do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) reduzida.

Segundo ela, 5 mil dos 24 mil alunos de medicina que acessaram o crédito estudantil já estão formados ou se formando. A ideia é distribuir esses profissionais em cerca de 2 mil municípios, onde a carência de médicos é maior.

“Um dos maiores objetivos do meu governo é fazer com que a qualidade de atendimento do Sistema Único de Saúde seja igual àquela praticada, por exemplo, nos grandes hospitais privados do nosso país. Vamos garantir atendimento humano e de qualidade e isso é um compromisso a ser buscado todos os dias”, concluiu Dilma.”

(Agência Brasil)

Cineasta Sílvio Tendler lança em Fortaleza documento sobre agrotóxicos

O cineasta Sílvio Tendler lançará, às 19 horas desta terça-feira, no auditório do Centro de Humanidades da UFC, 0 documentário “O veneno está na mesa”. Nesse trabalho, ele traz à tona a discussão sobre o modelo de produção de alimentos no Brasil, mostrando os danos gerados pelo uso de agrotóxicos à saúde da população e ao meio ambiente.

Após a exibição, haverá um debate com a participação de Tendler, da integrante da Via Campesina, Loudes Vicente, e da professora do Departamento de Saúde Comunitária da UFC e coordenadora do Núcleo Tramas (Trabalho, Meio Ambiente e Saúde para a Sustentabilidade), Raquel Rigotto.

Lourdes Vicente apresentará a Campanha Contra os Agrotóxicos e Pela Vida, que objetiva ampliar o debate sobre o uso de agrotóxicos no Brasil. Raquel Rigotto abordará a problemática dos agrotóxicos no Ceará, especialmente na Chapada do Apodi, onde grandes empresas de fruticultura usam intensamente esses químicos, inclusive através da pulverização aérea, contaminando o meio ambiente e até a água usada para consumo humano.

Danilo Forte diz que fortalezense ainda vive o tempo das obras de Juraci

248 5

O deputado federal Danilo Forte, que se define como pré-candidato do PMDB á Prefeitura de Fortaleza, bateu duro, nesta segunda-feira, na administração da prefeita Luizianne Lins (PT). Foi durante entrevista ao programa Paulo Oliveira, da Rádio Verdes Mares AM.

O parlamentar criticou a precariedade do serviço de saúde oferecido pelo município e a falta de projetos de infraestrutura, destacando que as grandes obras que o fortalezense contempla no momento ainda são herança das administração do PMDB, por meio dos prefeitos Juraci Magalhães, falecido, e Antônio Cambraia.

Danilo reiterou que o PMDB precisa disputar a Prefeitura, até porque tem tradição de gestão e é um dos grandes partidos no Ceará.

Bolsas europeias operam em baixa temendo recessão nos Estados Unidos

“As bolsas europeias operavam em baixas expressivas nesta segunda-feira (5) pelo temor de uma recessão nos Estados Unidos e afetadas pela crise da dívida, assim como por um forte retrocesso dos valores bancários. Na sexta-feira, o Departamento do Trabalho dos Estados Unidos informou que não foram criados postos de trabalho no país em agosto. Pouco depois das 9h30 GMT (6H30 de Brasília), Paris perdia 3,28%, Madri 3,18%, Frankfurt 2,88% e Milão 2,79%. Londres retrocedia 2,02%.

“Os investidores começaram a semana na defensiva, com fortes perdas em todos os índices europeus, em consequência das inquietações a respeito do crescimento mundial”, afirmou Joshua Raymond, analista da City Index. Os valores bancários, especialmente britânicos, alemães e franceses, registravam fortes quedas após a ação iniciada na sexta-feira pelo governo americano contra 17 bancos e instituições financeiras de todo o mundo por fraude na concessão de créditos hipotecários de risco, as chamadas “subprimes”.

Em Londres, o Royal Bank of Scotland (RBS) perdia 8,33% e o Barclays 7,45%; em Frankfurt, o Deutsche Bank recuava mais de 5% e o Commerzbank mais de 4%. A cotação do Société Générale em Paris retrocedia mais de 4%. Nas quedas dos valores bancários, além da demanda americana, também influencia o medo dos investidores pela crise da dívida grega e, no caso do Reino Unido, a incerteza sobre as consequências da próxima reforma bancária no país. Wall Street permanecerá fechada nesta segunda-feira, feriado nos Estados Unidos.”

(iG)