Blog do Eliomar

Últimos posts

28º Cine Ceará homenageará Antonio Pitanga e o cinema peruano

O ator Antônio Pitanga, pai da atriz Camila Pitanga, e o cinema peruano são os grandes homenageados deste ano do 28º Cine Ceará. A informação é do organizador do festiva, cineasta Wolney Oliveira.

O 28º Cine Ceará ocorrerá de 4 a 10 de agosto próximo, com abertura no Cine-Teatro São Luiz reunindo convidados especiais e autoridades.

Já os filmes peruanos ocuparão espaço na Caixa Cultural Fortaleza.

(Foto – Divulgação)

Globo dá novo ultimato a Luciano Huck, que deve desistir de candidatura presidencial

A Rede Globo deu novo ultimato ao apresentador Luciano Huck. E, desta vez, definitivo. É o que informa a Coluna Radar, da Veja Online desta quinta-feira.

De acordo com a coluna, a cúpula da emissora teria dito que Huck precisa definir se vai se candidatar ou não à presidência agora que passou o Carnaval.

Já o colunista Lauro Jardim, do O Globo, divulgou nesta tarde que Luciano Huck não será candidato a presidente da República. A decisão já foi tomada pelo apresentador. E será anunciada até amanhã.

Hoje mesmo Huck começará a avisar o seu entorno.

 

STF homologa última ação sobre acordo entre bancos e poupadores e planos econômicos

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, decidiu hoje (15) homologar o acordo financeiro entre a Advocacia-Geral da União (AGU), representantes de bancos e associações de defesa do consumidor para encerrar os processos na Justiça que tratam de perdas financeiras causadas a poupadores por planos econômicos das décadas de 1980 e 1990. O acordo foi assinado no final do ano passado.

A homologação do ministro era aguardada por ser a mais abrangente sobre a questão. Antes da decisão de Lewandowski, os ministros Dias Toffoli e Gilmar Mendes também haviam homologado ações que estavam sob sua relatoria. Ambos decidiram que, caso o poupador aderisse ao acordo, as ações deixariam de tramitar. No entanto, na decisão de Lewandowski, as ações que cobram a correção não serão paralisadas.

“A leitura atenta da cláusula em questão revela que ela não prevê a suspensão das ações durante o prazo de adesão ao acordo. O que ela prevê é, apenas, que decorrido o prazo de 24 meses, não será mais possível aderir ao acordo, caso em que ações judiciais prosseguirão em seu normal andamento. Como não foram as partes que convencionaram a suspensão dos processos, não teriam elas competência para fazer persistir ou cessar a suspensão”, argumentou o ministro.

O acordo vale para quem ingressou com ação na Justiça e prevê pagamento à vista para poupadores que tenham até R$ 5 mil a receber. Já os que tem saldo entre R$ 5 mil e R$ 10 mil, receberão em três parcelas, sendo uma à vista e duas semestrais. A partir de R$ 10 mil, o pagamento será feito em uma parcela à vista e quatro semestrais. A correção para os pagamentos semestrais será feita pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O acordo também prevê descontos para poupadores que receberão quantia superior a R$ 5 mil. O deságio varia conforme o saldo e começa em 8% para aqueles que receberão entre R$ 5 mil e R$ 10 mil; 14% para os que receberão na faixa de R$ 10 mil a R$ 20 mil; e 19% para investidores que têm direito a receber mais de R$ 20 mil.

O acordo é relativo à correção de aplicações na poupança durante a entrada em vigor dos planos econômicos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor 2 (1991). Pelas estimativas do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), cerca de 3 milhões de pessoas poderão ser beneficiadas. Negociado entre o Idec, a Frente Brasileira dos Poupadores (Febrapo) e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) há mais de duas décadas, o acordo foi mediado pela AGU e teve supervisão do Banco Central (BC).

(Agência Brasil)

Eunício Oliveira diz que Luciano Huck é o presidenciável dos sonhos da Globo

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira, entrevistado nessa quarta-feira pelo jornalista Luiz Viana, na Rádio O POVO/CBN, disse não ter dúvidas: o apresentador Luciano Huck é o candidato dos sonhos da Rede Globo para o Palácio do Planalto.

Indagado se o MDB apoiaria, o emedebista tergiversou.

Lei Maria da Penha é usada para condenar filho que agrediu pais

A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina aplicou a Lei Maria da Penha para condenar um homem a 6 meses e 29 dias de prisão por constantes ameaças e lesões corporais aos pais. Segundo a denúncia, ele tinha vários registros de agressão, tanto física como psicológica. A informação é da assessoria de imprensa do TJ catarinense.

O homem primeiramente envolveu um cinto no pescoço da mãe, ameaçando apertá-lo até o fim, e avançou sobre o pai com uma enxada. A Justiça local chegou a aplicar uma medida protetiva de urgência, proibindo o réu de se aproximar ou manter qualquer tipo de contato com as vítimas.

Apesar disso, o acusado voltou à casa dos pais armado com um pedaço de madeira, ameaçando agredir o casal e a irmã. A defesa alegava falta de provas e pedia a substituição da reprimenda corporal por penas restritivas de direitos, mas o colegiado manteve condenação fixada em primeiro grau.

“As promessas de morte […] incutiram temor nos ofendidos e foram proferidas sem qualquer provocação. O estado de ira não afasta a responsabilidade penal”, declarou o relator, desembargador Ernani Guetten de Almeida.

Ele afirmou ainda que o réu é reincidente e apresenta antecedentes criminais, personalidade e conduta social desfavoráveis. O voto foi seguido por unanimidade. O número do processo e o acórdão não foram divulgados.

Oito mil adolescentes no Ceará precisam de proteção

Com o título “Perdendo na adolescência, quem salvamos na infância”, eis artigo do chefe do escritório do Unicef de Fortaleza, Rui Aguiar. Ele estima-se que estejam esperando por proteção cerca de 8 mil adolescentes no Ceará. “Eles precisam ser alcançados onde quer que estejam para que voltem à escola, para que sejam protegidos contra ameaças e agressões”, alerta Aguiar. Confira:

Certa vez, uma agente de saúde ouvida pelo UNICEF descreveu o quadro de violência que tem afetado a juventude no Ceará. Com a sabedoria de quem trabalha no dia-a-dia com as pessoas mais vulneráveis, disse: “Estamos perdendo na adolescência os meninos que salvamos na infância”. Entre 2000 e 2017, 231 adolescentes do sexo feminino e 4.783 meninos foram assassinados em Fortaleza.

Como é que estamos perdendo-os em homicídios? O Comitê de Prevenção de Homicídios na Adolescência nos dá algumas pistas, tais como a fragilidade econômica, a falta de oportunidades de educação, abandono escolar, falta de serviços de proteção contra ameaças, ou o acesso fácil a armas de fogo. Mães de meninos mortos em 2015, ouvidas no estudo Trajetórias Interrompidas, nos ensinam que à medida em que acumulam em si as evidências descritas acima, os adolescentes vão se tornando mais suscetíveis a serem as próximas vítimas.

Precisamos mobilizar vontades para enfrentar o problema em suas duas vias: garantir a proteção dos adolescentes que estão vulneráveis e apresentam em seu perfil tais evidências; e trabalhar na prevenção, com a adoção de políticas sociais que integrem definitivamente os serviços comunitários de educação, saúde, habitação, emprego e renda, cultura e esporte. Isso precisa ser assegurado sobretudo em localidades precárias dos centros urbanos, onde vivem adolescentes excluídos ou em risco de exclusão.

Na primeira via, difícil e urgente, estima-se que estejam esperando por proteção cerca de 8 mil adolescentes no Ceará. Eles precisam ser alcançados onde quer que estejam para que voltem à escola, para que sejam protegidos contra ameaças e agressões. Na outra, centenas de milhares de adolescentes de baixa renda e escolaridade estão em busca de oportunidades que precisam participar do desenho de políticas públicas adequadas às suas necessidades e direitos específicos. A hora de agir é agora.

*Rui Rodrigues Aguiar

raguiar@unicef.org

Chefe do Escritório do UNICEF em Fortaleza.

Previdência – Debate sobre reforma começa na terça-feira, diz Marun

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou hoje (15) que o início da discussão sobre a reforma da Previdência está mantido para a próxima terça-feira (20) no plenário da Câmara. Depois de se reunir com o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na residência oficial, Marun disse que sentiu confiança de que a matéria poderá ser pautada semana que vem, mesmo sem ter alcançado o mínimo de 308 votos para aprovação.

“Quem pauta não é o governo, é o presidente Rodrigo. Eu tenho convicção de que ele tem consciência de que ainda temos um trabalho a realizar durante a semana que vem. Tenho convicção que, independentemente dos votos que tivermos na segunda feria, a discussão se inicia na terça”, declarou Marun. Por se tratar de uma emenda à Constituição, a proposta precisa do apoio de 308 entre os 513 deputados, em dois turnos de votação na Câmara, para ser aprovada. O quórum qualificado também é exigido no Senado, onde deve receber o voto favorável de pelo menos 49 senadores antes de ser promulgada.

Segundo o ministro, uma reunião entre os líderes dos partidos da base governista foi convocada para a próxima segunda-feira (19) para definir estratégias em torno da tramitação da proposta. Marun sinalizou que as articulações devem se estender ao longo da semana e novas mudanças no texto poderão ser feitas para atrair mais apoio para a reforma. Entre elas estão a reivindicação dos agentes penitenciários por igualdade de tratamento em relação aos policiais e o estabelecimento de uma regra de transição até a adoção da idade mínima para servidores que ingressaram no serviço público antes de 2003.

“Temos consciência de que precisamos ainda da semana que vem para buscarmos os votos que ainda faltam para aprovação, eu continuo trabalhando naquele número de 40 votos, o que significa conquistar um indeciso a cada dois”, explicou Marun.

(Agência Brasil)

Assembleia vota na próxima semana projetos do TJCE e do Executivo

Na próxima semana, projetos do Tribunal de Justiça e do Governo do Estado entrarão em votação, mais precisamente nos dias 20 (terça-feira) e 22 de fevereiro (quinta-feira). Anunciou o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PDT), logo na abertura da sessão plenária da Casa.

O projeto de lei 01/18, do Tribunal de Justiça, cria a Vara de Delitos de Organizações Criminosas, com sede em Fortaleza e jurisdição em todo o Estado. De acordo com a mensagem, a medida possibilitará a instituição de juízo especializado em processos que envolvam o crime organizado, a exemplo do que já fizeram os tribunais de justiça de outros estados.

Já o projeto de lei 02/18 do Governo do Estado, institui a gratificação para execução de trabalho em condições especiais, “com risco de vida ou saúde”, aos servidores agentes comunitários de saúde do Estado.

(Foto – Divulgação)

Setor portuário fechou 2017 com crescimento de 8,3%

Porto do Mucuripe, que ainda aguarda dragagem prometida pela União.

O setor portuário brasileiro registrou um aumento de 8,3% na comparação de 2017 com 2016, e movimentou 1,086 bilhão de toneladas. Compreendido por portos públicos e terminais de uso privado, esse setor havia registrado, em 2016, uma movimentação de 1,002 bilhão de toneladas. Os números foram divulgados hoje (15) pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

A movimentação de contêineres aumentou tanto em termos de tonelagem quanto de TEUs (sigla em inglês para Twenty-feet Equivalent Unity, unidade que equivale a um contêiner de 20 pés). Foram movimentados 106,2 milhões de toneladas (valor 6,1% superior ao registrado em 2016), transportadas em 9,3 milhões de TEUs (aumento de 5,7%).

A carga que apresentou maior incremento (10,3%) foi a de granel sólido, movimentando um total de 695,4 milhões de toneladas no ano passado. Milho e soja apresentaram crescimento de 71,8% e de 31,5%, respectivamente, na comparação 2017/2016. Já a movimentação de granel líquido registrou movimentação de 230,2 milhões de toneladas em 2017 – um crescimento de 3,8%, na comparação com o ano anterior. De acordo com o levantamento, a importação de derivados de petróleo aumentou em 32%, enquanto a exportação de petróleo bruto aumentou 19%.

Os terminais de uso privado movimentaram 721,6 milhões de toneladas em 2017. Em 2016, a movimentação tinha sido de 660 milhões de toneladas, o que representa um crescimento de 9,3%. Já os portos públicos apresentaram crescimento de 6,3%, registrando uma movimentação de 364,5 milhões de toneladas.

A movimentação de cargas aumentou 22,7% nos portos públicos e 32,9% nos terminais de uso privado de 2010 a 2017. O total de crescimento da movimentação de cargas ficou em 29,3%.

Em termos de tipo de navegação, as de longo curso apresentaram um aumento de 8%, ficando responsáveis pela movimentação de 803,3 milhões de toneladas. A navegação de cabotagem (entre portos marítimos de um mesmo país, sem perder a costa de vista) transportou 221,8 milhões de toneladas, pesagem 3,8% maior do que a registrada em 2016; e a navegação interior (ao longo de canais, rios , lagoas, enseadas, baías e angras) apresentou crescimento de 37,8% (57,3 milhões de toneladas).

(Agência Brasil)

Vereador entrega camisa a opositor com a inscrição “Bloco Já Sai Quitado”

O vereador Michel Lins (PPS), vice-líder do prefeito Roberto Cláudio (PDT), entregou uma camisa ao seu colega, o vereador Márcio Martins, com a inscrição “Bloco Já Saí Quitado”, em alusão ao pagamento antecipado do edital do Carnaval de Fortaleza. Foi nesta manhã de quinta-feira, durante sessão da Câmara Municipal.

No último dia 8, Márcio Martins, oposição, disse não acreditar no pagamento a tempo, por parte da Prefeitura e da Secretário Municipal da Cultura ao blocos e agremiações. Todos os anos sempre ocorre atraso. Nesta edição, no entanto, tudo foi pago nos prazos.

Michel Lins destacou o compromisso da Prefeitura e havia dito ao colega que, após o Carnaval, traria para tribuna adereços carnavalescos e o presentearia. Márcio Martins se desculpou e reconheceu a conquista para a cultura e para os artistas que fazem o carnaval.

(Foto – Divulgação)

Vencedores do desfile da Domingos Olímpio serão conhecidos nesta quinta-feira

A Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) e a Associação Cultural das Entidades Carnavalescas do Estado do Ceará (Acecce) realizaram nesta quinta-feira, a partir das 16 horas, no Ginásio Poliesportivo do Colégio Estadual Liceu do Ceará, a apuração do desfile da avenida Domingos Olímpio.

Maracatus, afoxés, blocos, escolas de samba e cordões desfilaram de sábado (10/02) a terça-feira (13/02).

Além de todo apoio estrutural e de produção, os grupos que passaram pela avenida foram contemplados via Edital Público da Secultfor, em um montante de R$ 916 mil.

(Foto – Divulgação)

 

ProUni 2018 – Candidatos aprovados tem até dia 23 para comprovar informações

Já está valendo o prazo para a comprovação das informações dos candidatos pré-aprovados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni). O procedimento deve ser feito até a próxima sexta-feira (23), na universidade onde o candidato vai estudar.

As informações que devem ser comprovadas dizem respeito ao cadastro, residência e renda do candidato e da família. A instituição também poderá solicitar informações complementares.

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em cursos de graduação de instituições privadas de educação superior. Nesta edição, foram ofertadas aproximadamente 243 mil bolsas. Podem concorrer ao benefício brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017, com nota superior a 450 pontos e que não tenham zerado a prova.

É necessário, ainda, que o candidato atenda a pelo menos um dos requisitos a seguir: ter cursado o ensino médio completo em escola pública, ou em instituição privada como bolsista integral, possuir alguma deficiência, ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.

DETALHE – A segunda chamada do processo seletivo está prevista para ser divulgada no dia 2 de março.

(Agência Brasil)

Polícia Civil prende envolvido em tráfico internacional de drogas e clonagem de veículos

A Polícia Civil do Estado do Ceará vai divulgar, em coletiva, a partir das 15 horas desta quinta-feira (15), os detalhes de uma ação da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) que resultou na prisão de um suspeito com mandado de prisão em aberto por envolvimento no tráfico internacional de drogas.

De acordo com a DRFVC, que fica no bairro Maraponga, o suspeito também é investigado pela especializada por envolvimento na clonagem de veículos.

Atividade econômica cresce 1,0% em 2017 e supera biênio recessivo, diz Serasa Experian

Agropecuária foi destaque por conta da safra.

O Indicador Serasa Experian de Atividade Econômica (PIB Mensal) informa que houve avanço de 0,4% no ritmo dos negócios em dezembro/2017 na comparação com novembro/2017, já efetuados os devidos ajustes sazonais. Com este resultado, a atividade econômica fechou o ano de 2017 com crescimento de 1,0% sobre o volume de negócios realizados em 2016.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, os recuos da inflação e da taxa de juros, as recuperações dos níveis de confiança de consumidores e empresários, aliados a uma melhor configuração da economia internacional, favoreceram a atividade econômica em 2017, superando dois anos consecutivos de recessão (quedas de 3,5% tanto em 2015 quanto em 2016).

Pelo lado da oferta agregada, o principal destaque da economia em 2017 foi o setor agropecuário. Por conta de uma excelente safra agrícola, o setor fechou com uma alta de 11,9% no ano de 2017. Também o setor de serviços reagiu, principalmente no segundo semestre do ano passado, e fechou o ano com uma alta de 0,5%. Apenas o setor industrial, apesar de também ter apresentado bons resultados na segunda metade do ano, fechou o ano com queda de -0,1%.

Pelo lado da demanda agregada, o setor externo exibiu melhor desempenho: as exportações fecharam o ano com um crescimento de 5,0%. Também as importações cresceram em 2017 (4,8% sobre o volume de 2016).

O ano de 2017 também foi marcado pela reação do consumo das famílias que, saindo do território negativo, fechou o ano de 2017 com alta de 0,8%. Por outro lado, os investimentos cravaram o quarto ano consecutivo de queda, retraindo-se 2,6% em 2017 após terem caído 4,2% (2014), 13,9% (2015) e 10,3% (2016). Finalmente, o consumo do governo também encerrou o ano de 2017 com queda de 0,9% sobre o ano de 2016.

Temer, o tiro saiu pela culatra!

Com o título “Carnaval de tolices”, eis artigo do jornalista Plínio Bortolotti, que pode ser conferido no O POVO desta quinta-feira. Ele aborda falações de Fernando Segovia, Carlos Marun e Rodrigo Maia. Confira:

Se houvesse concurso para premiar a declaração mais idiota no período de Carnaval, haveria ferrenha disputa entre o superintendente da Polícia Federal, Fernando Segovia, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

A favor de Segovia deve-se dizer que ele apenas errou o alvo, apesar de ser um homem de armas. Se houvesse acertado, estaria sendo aplaudido pela sua camarilha: José Sarney, seu padrinho, puxando as palmas, sob incentivo de Michel Temer, parceiro do delegado para encontros fora da agenda.

Seriam secundados por Carlos Marun (MDB-MS), que iria cacarejar o passamento das investigações contra o presidente.

Ocorre que Segovia assestou a mira contra o delegado da PF Cleyber Lopes – seu colega que investiga Temer por corrupção -, mas atingiu em cheio no próprio presidente, a quem ele queria preservar.

Sim, pois o superintendente afirmou não ver indícios incriminatórios contra Temer – mesmo com a investigação inconclusa. E sugeriu que Cleyber poderia ser punido pela ousadia de ter enviado uma lista de perguntas ao presidente.

O objetivo do superintendente da PF era enterrar as investigações contra Temer, jogando uma pá de cal por cima. Se o negócio tivesse dado certo, seria o crime perfeito. Agora é ele que está enrascado, pois terá de prestar esclarecimento ao STF. O tiro saiu pela culatra.

Quanto a Rodrigo Maia, ele expõe a velha arrogância da elite que “sabe” o que é melhor para o povo. Quem não concorda com a política bondosamente prescrita pelo “mercado” é simplesmente burro. Claro que, elegante, evitou a palavra explícita, preferindo rotular os desviantes como “desinformados”.

Foi essa classificação de Maia aos integrantes da Escola de Samba Paraíso do Tuiuti, que desfilou com o tema “Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão?”, com severas críticas às políticas do governo. Portanto, para Maia, a comunidade é ignorante sobre sua própria vida e suas dificuldades.

Quem sabe o iluminado Maia, munido de um power point, pudesse visitar o barracão para explicar àquele povo preto, pobre e ignorante que, ao contrário das evidências, eles vivem no Paraíso: não é isso que está inscrito no estandarte da escola?

*Plínio Bortolotti

plinio@opovo.com.br

Jornalista do O POVO.

Carnaval 2018 – Número de homicídios dobrou em Fortaleza

O número de homicídio em Fortaleza mais que dobrou no Carnaval de 2018 em relação ao ano passado. Foram 21 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) só na Capital, conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). No ano passado registrados 10 homicídios.

Na Região Metropolitana, foram registrados 14 homicídios, em comparação aos 10 do ano passado. No Interior Norte, o número se manteve em 13, e no Interior Sul caiu de 13 para 11. Ao todo, foram 59 homicídios no Estado, 12 a mais que em 2017.

O período de Carnaval vai das 18 horas do último dia 9 às 6 horas dessa quarta-feira, 14.

(O POVO Online)

IGP-10 tem inflação de 0,23% em fevereiro

O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) registrou inflação de 0,23% em fevereiro. A taxa é inferior ao 0,79% registrado em janeiro, mas superior ao 0,14% de fevereiro do ano passado. A taxa acumulada em 2018, até fevereiro, é de 1,02%. Em 12 meses, o IGP-10 acumula deflação (queda de preços) de 0,42%, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).

A queda da taxa de janeiro para fevereiro foi puxada pelos preços no atacado, medidos pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPCA), que registrou inflação de 0,09% em fevereiro, ante uma taxa de 1,06% registrada no mês anterior.

Por outro lado, os preços no varejo e o custo da construção tiveram alta da inflação de janeiro para fevereiro. O Índice de Preços ao Consumidor, que analisa o varejo, passou de 0,36% em janeiro para 0,57% em fevereiro. Já o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu de 0,08% em janeiro para 0,32% em fevereiro.

O IGP-10 mede a variação dos preços no período entre o dias 11 do mês anterior e o dia 10 do mês de referência.

(Agência Brasil)

Camilo Santana prioriza agenda do Interior

O governador Camilo Santana (PT) vai cumprir agenda, nesta quinta-feira, no Interior. Segundo a assessoria de imprensa do Palácio da Abolição, eis o roteiro que ele vai cumprir, dentro do objetivo de, até o fim do seu mandato, visitar todas as cidades do Estado:

Às 16h30min – Anúncio de investimentos para obras no município de Alcântaras
Local: Praça Gregório Cunha – Centro – Alcântaras

Às 18h30min – Assinatura da ordem de serviço para construção de sistema de abastecimento d’água em Meruoca
Local: Praça do Complexo – Centro – Meruoca.

*Nesta manhã, Camilo está em reuniões internas, acertando data para a entrega de novas obras no Interior.

(Foto – Arquivo)