Blog do Eliomar

Últimos posts

Circuito BB de Vôlei e uma sacada social

Fortaleza será sede, a partir desta quarta-feira, da sétima etapa do Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia. Durante o período, quatro atletas envolvidas na competição cumprirão uma agenda diferente: na quinta-feira, o grupo visitará o Instituto do Câncer do Estado.

Nessa liosta, Taiana e Elise e Shayilin e Priscila.

O Circuito BB vai até domingo, na arena da Praia de Iracema.

FHC: Brasil vive uma "democracia virtual"

71 3

“O sociólogo e ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso criticou a atitude do governo petista diante da quebra de sigilo fiscal de tucanos. Em um artigo publicado neste domingo em jornais do país, FHC definiu a atual fase brasileira como uma “democracia virtual”, que “existe como faculdade, porém sem exercício ou efeito atual”.

Fernando Henrique afirma que o “edifício” da democracia está erguido no país, “a arquitetura é bela, mas quando alguém bate à porta a monumentalidade das formas institucionais se desfaz num eco que indica estar a casa vazia por dentro”. O ex-presidente recrimina o alto escalão do governo, que, “com a maior desfaçatez do mundo”, tenta minimizar os efeitos do escândalo e afastar interesses políticos da violação de dados sigilosos.
Lembrando o dossiê feito em 2008 pelos adversários contra ele e a esposa, Ruth Cardoso, na tentativa de acusá-los de uso indevido de verba pública durante seu mandato, o sociólogo dispara: “Estamos todos felizes no embalo de uma sensação de bonança que deriva de uma boa conjuntura econômica e da solidez das reformas do governo anterior”.

O ex-presidente considera “escandalosa” a postura política tomada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante a campanha de Dilma Rousseff à Presidência, “dando ao povo a impressão de que o chefe da nação é chefe de uma facção em guerra para arrasar as outras correntes políticas”.

FHC lamenta que ainda não tenha sido feito um pedido para cancelar as candidaturas beneficiadas pelo que chama de “abuso da utilização do prestígio do presidente”, que poderia levar à consolidação de uma democracia plebiscitária. “Na marcha em que vamos, na hipótese de vitória governista – que ainda dá para evitar – incorremos no risco futuro de vivermos uma simulação política ao estilo do Partido Revolucionário Institucional (PRI) mexicano – se o PT conseguir a proeza de ser ‘hegemônico’ – ou do peronismo, se, mais do que a força de um partido, preponderar a figura do líder”.

Oposição – No artigo, Fernando Henrique chega a reconhecer equívocos da oposição: “Pode ter havido erros de marketing nas campanhas oposicionistas, assim como é certo que a oposição se opôs menos do que devia à usurpação de seus próprios feitos pelos atuais ocupantes do poder. Esperneou menos diante dos pequenos assassinatos das instituições que vêm sendo perpetrados há muito tempo, como no caso das quebras reiteradas de sigilo”.

O texto afirma que, nestas eleições, “estamos decidindo se queremos correr o risco de um retrocesso democrático em nome do personalismo paternal (e, amanhã, quem sabe, maternal)” e finaliza afirmando que há tempo para derrotar o “passo atrás” no caminho da institucionalização democrática: “Eleição se ganha no dia”. 

(Veja)

Concurso – Mais de 21.500 vagas em oferta no País

“Pelo menos 81 concursos públicos em todo o país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (6) e reúnem 21.541 vagas para todos os níveis de escolaridade. O salário chega a R$ 17.785,34 no Tribunal de Contas do Amapá.

Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva, ou seja, os aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Pelo menos cinco órgãos abrem as inscrições nesta segunda, são eles: Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba, Conselho Regional de Química da 18ª Região (Piauí), Prefeitura de Nova Odessa (SP), Senac do Amapá e Prefeitura de Trindade do Sul (RS).”

* Do Portal G1, mais detalhes dos concursos aqui.

Lúcio faz "Caminhada das latas" em Camocim

163 6

O candidato a governador pelo PR/PP, Lúcio Alcântara, puxou multidão em Camocim (Litoral Oeste), neste clima de feriadão. Em ritmo de campanha, promoveu a “Caminhada das latas”, onde populares batiam latas e convocaram outras pessoas para o ato que foi encerrado com comício na praia.

O prefeito Chico Vaulino deu apoio à manifestação. Lúcio acabou se empolgando e ficou no meio da multidão, tendo ao lado seu vice, Cláudio Vale. Ele reiterou compromisso de valorizar o agricultor e reforçar a segurança com o grupamento do Raio.

(Foto – Nely Rosa)

Arce fiscaliza saneamento e abastecimento de água no Interior

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Ceará (Arce) estará realizando, de 13 a 17 próximos, fiscalização no sistema de esgotamento sanitário de Tianguá (Região da Ibiapaba).

Ainda estão previstas fiscalizações nos sistemas de abastecimento de água de Maracanaú entre os dias 27 de setembro a 1º de outubro, e Pacajus, nos dias 8, 9 e 10 deste mês. Barbalha
tmbém terá o sistema de esgotamento sanitário fiscalizado no período de 18 a
22 de outubro.

Essa fiscalização atende a uma solicitação do Ministério Públicol Estadual.

Prefeito de Caucaia confirma apoio a Zé Airton

José Airton, entre a primeira dama de Caucaia e o prefeito Washington Goes.

Em clima de feriadão, o deputado federal José Airton (PT), que postula reeleição, fez caminha na Praia do Icaraí, em Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza). Na ocasião, ele conferiu as obras de contenção do avanço do mar, que tem emenda sua. Com ele, o prefeito Washingotn Goes (PRB) e várias lideranças desse município. Washington disse que Airton tem colaborado para os projetos da cidade, confirmando apoiar o parlamentar.

José Airton informou para a reportagem do Blog, que circulou por essa cidade, estar trabalhando agora por recursos para a contenção do avanço do mar nas praias de Barreiras, Redonda e Barrinha, em Icapuí (Litoral Leste), que também sofrem o mesmo problema de erosão.

(Foto – Paulo Moska)

Orçamento da União 2011 lista 24 obras irregulares

64 2

“No Projeto de Lei Orçamentária para 2011, encaminhada pelo governo ao Congresso Nacional na semana passada, estão listadas 29 obras públicas com indicativo de irregularidade grave. Dezesseis delas fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Sobrepreço, superfaturamento, irregularidades nas licitações, projetos básicos deficientes ou inexistentes são as principais infrações identificadas nos empreendimentos. No projeto para 2010, também enviado pelo Executivo ao Legislativo, existiam 42 obras irregulares previstas, sendo oito do PAC. Significa que, enquanto a incidência de obras com possibilidade de causar danos aos cofres públicos caiu 31% em relação ao ano passado, a ocorrência de incorreções em obras do PAC dobrou.

A classificação é feita pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que faz o acompanhamento técnico das obras públicas em parceria com o Congresso Nacional. O monitoramento dos gastos sobre as obras públicas é uma determinação da Lei de Diretrizes Orçamentárias. Mas apesar do papel auxiliador do TCU, ao sancionar a Lei Orçamentária Anual, o presidente da República pode vetar a inclusão de obras nessa lista. Foi o que aconteceu neste ano, quando o presidente Lula liberou quatro obras da Petrobras da relação de obras irregulares impedidas de receber recursos do orçamento de 2010.

Um dos projetos aliviados pela força do veto presidencial foi o de modernização da Refinaria Presidente Getúlio Vargas, no Paraná, que voltou a fazer parte da lista para 2011. Dessa vez, o tribunal identificou desatualização ou deficiência no projeto básico, restrição a competitividade da licitação e sobrepreço, dentre outras constatações, em contratos que somam quase R$ 8,8 bilhões. As obras de ampliação e modernização da refinaria, que hoje são contempladas pelo PAC, começaram em 2006 e vão até 2012. O custo total do empreendimento é de US$ 5,4 bilhões, o maior investimento da Petrobras.

Em números absolutos, o Ministério das Cidades, com oito obras, e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), com sete, foram os órgãos com o maior número de irregularidades registradas em projetos. Além deles, entram na conta de executores de obras com anomalias outros órgãos como a Justiça Federal (1), Eletronorte (1), Infraero (3), Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (1), Suframa (1), Secretaria Especial de Portos (1) e ministérios da Integração Nacional (4) e Meio ambiente (1). Ao todo, os contratos citados pelo TCU somam R$ 12,3 bilhões (veja a tabela).

As obras com indícios de irregularidades graves podem ter seus recursos bloqueados no orçamento do próximo ano caso seja comprovada a potencialidade de prejuízos ao erário ou a terceiros e seja configurado grave desvio. Por outro lado, a proposta orçamentária permite a continuação da execução física, orçamentária e financeira dos serviços em que foram identificados os indícios, desde que sejam adotadas medidas saneadoras pelos órgãos responsáveis e haja garantias da cobertura integral dos potenciais prejuízos à máquina pública. A programação das obras está sujeita, no entanto, à prévia deliberação da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional.”

(Site Contas Abertas)

IJF já registra mais de 600 atendimentos neste feriadão

O Instituto Doutor José Frota (IJF) realizou 646 atendimentos no último fim de semana – compreendido entre sexta-feira, a partri das 19 horas, até esta segunda-feira, às 7 horas. Eis o balanço parcial neste feriadão:

Violência no trânsito – 166 casos

Acidentados de moto – 87 vítimas 

Abalroamentos – 32 vítimas

Atropelameos – 28 casos

Capotamentos – 6 casos

Queda de bicicleta – 10 casos

Queda de carro em movimento – 3 casos

O IJF recebeu, ainda, 31 vítimas de agressões físicas, 15 vítimas de lesões por arma branca e 19 por arma de fogo. Também chegaram ao hospital, 36 vítimas de quedas da própria altura, 16 de queimaduras e 10 de picadas de animais peçonhentos.

(Com site do IJF)

Leão recebe declaração do ITR 2010

Prossegue a entrega da Declaração do Imposto Territorial Rural (ITR). Todos os proprietários de imóveis rurais devem apresentar o documento até 29 de setembro. A declaração pode ser feita pela página da Receita na internet (www.receita.fazenda.gov.br), entregue em disquete nas agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica ou em formulário nos Correios, ao custo de R$ 3,20.

A expectativa da Receita é que sejam entregues 4,6 milhões de declarações, das quais 200 mil em papel. No ano passado foram entregues 4,248 milhões pela internet e disquete, além de 270 mil em formulário.

Devem entregar a declaração obrigatoriamente pela internet ou em disquete os contribuintes que têm imóveis rurais com área igual ou superior a 1.000 hectares na Amazônia Ocidental, Pantanal mato-grossense e sul-mato-grossense; 500 ha para as propriedades localizadas no Polígono das Secas e Amazônia Oriental e 200 ha para os demais municípios.

A multa para quem perder o prazo de entrega da declaração é de 1% ao mês sobre o imposto devido, cujo valor não pode ser inferior a R$ 50,00.”

(Site da Receita Federal)

MinC reformula Fundo Nacional de Cultura

“O Ministério da Cultura (MinC) está promovendo uma reforma no Fundo Nacional de Cultura, por meio da criação de fundos setoriais, cujo lançamento está programado para o próximo dia 15. A informação é do secretário de Identidade e Diversidade do ministério, Américo Córdula. “Nós estamos fortalecendo. Nós tivemos sempre uma política de renúncia fiscal como principal instrumento. O Fundo Nacional tinha um valor muito pequeno e era pouco democratizado na distribuição dos recursos”, disse ele.

Para reverter esse quadro, o ministério decidiu fortalecer o Fundo Nacional. Foram criados fundos setoriais, entre os quais se destaca o que garante o acesso à diversidade, para atender a todos os segmentos de manifestações culturais do país. Outros fundos são voltados para as artes em suas várias expressões – livro, leitura e literatura, patrimônio cultural e audiovisual, entre outras.

O secretário afirmou que embora o Fundo Nacional tenha contingenciado em torno de R$ 800 milhões, deverão ser liberados agora, em um primeiro momento, R$ 300 milhões para os fundos setoriais. Os recursos serão aplicados por meio de editais, bolsas e demandas espontâneas. “A gente vai ter uma série de mecanismos de apoio, fomento e desenvolvimento da cultura”, explicou.

Os fundos setoriais do Ministério da Cultura têm a Convenção sobre a Proteção e a Promoção da Diversidade das Expressões Culturais, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), como marco legal e princípio norteador.”

(Agência Brasil)

Cid aderiu à "Onda Verde" pró-Eunício

109 5

O governador Cid Gomes (PSB) aderiu à ação “Onda Verde” que o candidato a senador pelo PMDB, Eunício Oliveira, vem tocando em todo o Estado dentro de sua campanha. Durante ato na cidade de Morada Nova (Vale Jaguiaribano), Cid, usando no braço direito uma fita verde – símbolo da campanha eunicista, não poupou elogios ao peemedebista, que estava mais feliz do que servidor público ganhando aumento.

Quando é que Cid vai também aderir ao “Setembro Vermelho”, articulação da prefeita Luizianne Lins (PT) em favor do candidato a senador José Pimentel? Indagam alguns petistas.

Cid, bom destacar, também falou sobre Pimentel, que estava no palanque.

(Foto – Divulgação)

PV do Ceará vai punir infidelidades

A Excutiva Estadual do Partido Verde distribuiu nota entre seus candidatos a cargos proporcionais  anunciando quie vai punir quem for infiel e não respaldar nomes da legenda. A sigla, no entanto, procura assim manter seu ideário e se fortalecer como legenda, mas o fato gerou protesto. Confira a nota:

Prezados Candidatos Verdes,

Nesta Campanha Eleitoral alguns episódios de desvio de conduta política e infidelidade partidária têm acontecido, contrariando as resoluções da Executiva Nacional do Partido Verde.

Diante destas irregularidades, a Executiva Estadual do Partido Verde Ceará comunica que está tomando providências com vistas a coibir estas práticas dentro de nossos quadros partidários. Temos fotos, filmagens, jornais e outras provas que serão utilizados para punições severas. Já são muitos casos isolados em que foram praticados por diversos candidatos.

O fato mais grave ocorreu esta semana, quando convocados por um parlamentar, alguns postulantes iniciaram uma articulação para abrir um canal de negociação e um futuro apoio a candidatos estranhos dos quadros do Partido Verde [Marcos Cals e Tasso Jereissati].

Julgamos que este fato ocorreu sem conhecimento da direção do PV. Alertamos que qualquer tipo de negociação para estas eleições somente será admitido pelo Partido quando emanado da Executiva Estadual, único colegiado com autoridade para tomar decisões políticas.

Embora tenhamos indícios suficientes para tomarmos medidas mais severas, lembramos mais uma vez que no ato de pedido de registro de candidaturas todos os candidatos do PV assinaram um termo de fidelidade partidária, e foram cientificados dos possíveis ônus decorrentes do descumprimento deste termo.

Por fim, a direção do PV Ceará comunica que não admitirá mais nenhuma ocorrência similar daqui em diante. Neste momento cabe ao Partido relembrar este compromisso e esperar que ele seja cumprido. Caso contrário, tomaremos as devidas providências relativas a fazer cumprir o Estatuto do PV na busca da moralidade política de seus quadros.

EXECUTIVA ESTADUAL DO PARTIDO VERDE CEARÁ

Fortaleza, 4 de setembro de 2010.

Patrícia visita sua terra natal, Sobral

121 3

Patrícia com Oman, em Sobral

A candidata a deputada estadual pelo PDT, Patrícia Saboya, esteve, neste fim de semana, em Sobral (Zona Norte). Acompanhada do candidato a deputado federal Oman Carneiro (PRB), Patrícia percorreu em caminhada as ruas de sua cidade natal, visitou o Mercado Público, o Centro Comercial e, claro, o tradicional “Beco do Cotovelo”.

Nesta noite de segunda-feira, Patrícia estará em Fortaldza numa caminhada pela avenida Beira Mar, onde visitará a feira de artesanatos, ao lado do vereador Vitor Valim (PHS).

Durante a semana, a candidata a deputada estadual tem percorrido até três bairros de Fortaleza, por dia. Segundo Patrícia, essas eleições à Assembleia Legislativa não serão fáceis para nenhum candidato e ela precisará de 80 mil votos para ser eleita.

(Foto – Cláudio Barata)

Mudança nos semáforos da avenida Washington Soares gera protesto

281 2

Do Colegiado de Moradores dos Bairros da Região das Seis Bocas, este Blog recebeu a seguinte nota. Trata-se de um protesto contra a AMC. Confira: 

NOTA  AO  PÚBLICO

Em nome dos moradores e motoristas da região das Seis Bocas (cruzamento das avenidas Oliveira Paiva e Washington Soares) este COLEGIADO vem denunciar ao público e criticar a ação imprevidente, equivocada e absurda adotada no último sábado (dia 04/09/2010) pelas autoridades de trânsito, ao criar mais um tempo (desnecessário) para os semáforos de referido cruzamento da capital. Com isso, gerou um verdadeiro caos no bom trânsito desse trecho da avenida Oliveira Paiva. Surgiram de um dia pra outro grandes engarrafamentos com a permissão para se dobrar a esquerda (coisa que nunca houvera nesse trecho) e o risco de assaltos em virtude dos veículos agora ficarem parados mais de cinco vezes o tempo habitual em que ficavam antes da desnecessária e impopular medida para se cruzar a avenida Washington Soares.

Anteriormente nós moradores da região estávamos apreensivos com eventuais problemas de trânsito que poderiam acontecer no trecho da avenida Washington Soares próximo ao Centro de Eventos quando da construção dos túneis. Mas o caos chegou antes, cedo e se instalou num local distante, tranqüilo, onde até então o trânsito fluía normalmente. Não sabemos o motivo de insensata e irracional medida. Será por razão comercial? Pois não venham certas autoridades de trânsito com informações vazias e discursos infundados de que essa ação foi tomada para otimizar o tráfego e reduzir os engarrafamentos na área, pois isto não é verdade. Não havia engarrafamentos mesmo com o grande crescimento (desordenado) mercadológico/comercial e populacional do bairro com a instalação (sem planejamento urbano) de novas lojas, restaurantes e a construção de novos condomínios. Agora a região, até então de fácil acesso e boa de se morar pela sua qualidade de vida, está um verdadeiro caos no trânsito. Um grande transtorno.

Por fim, uma comissão do COLEGIADO DE MORADORES DOS BAIRROS DA REGIÃO DAS SEIS BOCAS está solicitando uma reunião conjunta com o Superintendente do DETRAN, com o Presidente da AMC e com o Comando da CPR objetivando obter explicações para tão absurda e impensada medida, geradora de graves transtornos. Concluindo, essa medida é tão esdrúxula, incoerente e sem bom-senso que achamos que deve ter sido um equívoco e que logo se vai corrigi-la imediatamente, voltando à situação de normalidade anterior (semáforo de dois tempos), evitando assim criarmos em Fortaleza mais uma mazela, desta feita de ordem sócio-emocional. Além de afastar turistas, clientes e cidadãos quando tomarem conhecimento do problema. Lembramos ainda que o gestor publico deve sempre pautar suas ações buscando o bom entendimento e o equilíbrio com a sociedade, visando o seu bem-estar.

FORTALEZA-CE, 05 DE SETEMBRO DE 2010

COLEGIADO DE MORADORES DOS BAIRROS DA REGIÃO DAS SEIS BOCAS

SERVIÇO

¨Qualquer informação adicional sobre este assunto poderá ser obtida no telefone (85) 8822-1922 com o jornalista Nerilson Moreira (nerilson@terra.com.br).

Quadrilha rende vigilante e tenta arrombar agência bancária no Papicu

“Uma quadrilha formada por cerca de seis homens armados e encapuzados rendeu um vigilante e tentou arrombar um caixa eletrônico da agência do Banco do Brasil da avenida Santo Dumont, no bairro Papicu, em Fortaleza. A ação aconteceu por volta das 22 horas deste domingo, 6.

Segundo informações repassadas pelo 2º Distrito Policial, responsável pela ocorrência, a ação aconteceu quando o bando conseguiu tomar a arma do vigilante que fazia a segurança da agência e acabou trancando a vítima dentro de um banheiro da agência bancária.

Após tentarem violar um dos caixas eletrônicos da agência, os criminosos fugiram deixando um maçarico e três cilindros no pátio do local. Segundo a Polícia, a quadrilha pode ter fugido após perceber a presença de policiais do Cotam próximo ao local do crime.”

(O POVO Online)

23 adolescentes assassinados por mês no Ceará

77 1

“Grávida de seis meses, a adolescente completou 16 anos e mal teve tempo de celebrar. Minutos antes da festa surpresa, uma bala lhe atingiu o peito, tirando sua vida e a do filho que carregava. O acusado “todo mundo sabe quem é”. “Ele vende droga pro pessoal daqui das bocadas”, aponta a mãe da adolescente, diarista, de 39 anos, moradora da periferia de Fortaleza. Saído da prisão havia poucos meses, ele queria reatar um namoro que findou três anos antes. “Ela dizia que não queria que o filho (de um outro relacionamento) fosse sustentado com dinheiro de drogas”, chora a mãe.

Passados cinco meses, a mãe ainda tenta retomar a rotina normal. “Minha filha era tudo na minha vida. Era minha amiga, mãe, irmã. Nós não ‘tinha’ segredo uma com a outra. Eu só penso que ela vai voltar. Imagino que ela não morreu e quem morreu foi eu”, lamenta a mãe. A menina é uma entre os 164 adolescentes, de 12 a 17 anos, que foram assassinados no Ceará de janeiro a julho de 2010, de acordo com estimativa da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Isso significa uma média de 23 adolescentes mortos por mês no período. O número corresponde ainda a 9,8% do total de homicídios (1.659) registrados neste ano no Ceará. O POVO inicia hoje uma série de matérias sobre estes jovens, que tão cedo, têm se tornado alvo da violência.

Em todo o ano de 2009, a SSPDS estima que 276 adolescentes foram assassinados. Faltando quatro meses para acabar, 2010 registra 59,4% do número de adolescentes assassinados no ano anterior. Já em 2008, foram 217 assassinatos de adolescentes. De acordo com a vice-presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), Flor Fontenele, por trás dessas mortes, existe todo um cenário de exclusão social e falta de políticas públicas. “A maioria dessas mortes tem relação com tráfico de drogas”, afirma.

O não acesso a direitos básicos, como educação, saúde, formação profissional, associado a desajustes familiares e ao uso de drogas, tem exposto os adolescentes à violência. Para Flor, bairros com altos índices de violência costumam ter o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). “São lugares onde mais morrem adolescentes e eles mais cometem atos infracionais. O adolescente cresce sem ter tido direitos na vida inteira e, sem oportunidade, a única coisa que sobra é virar bandido”, lamenta.

Para o advogado e assessor de defesa da Secretaria de Direitos Humanos (SDH) de Fortaleza, Marcus Giovani, a violência não tem uma causa única. “A gente tem que se questionar sobre quem está morrendo e matando no Brasil. São pessoas de sexo masculino, negras e moradoras da periferia”, lamenta. Segundo ele, vivemos numa sociedade onde o consumo é uma ideia muito recorrente e para a pessoa fazer parte do tecido social tem que consumir. “E, infelizmente, muitos adolescentes vivem num contexto de distribuição de renda muito mordaz. Eles estão excluídos do direito a consumo, incluive, aos mais básicos”, reforça.

>> O POVO opta por não identificar a menina assassinada, bem como sua mãe, por motivo de segurança, já que o responsável pelo crime ainda não foi punido.

(O POVO)

A Petrobras e uma gratificação escandalosa

43 1

O jornalista Themístocles de Castro e Silva assina artigo no O POVO desta segunda-feira com o título “Gratificação escandalosa”. Ele aborda benefícios para conselheiros da Petrobras. Confira:

Toda a Nação acompanhou a má vontade do presidente Lula com relação aos aposentados da Previdência Social. Durante várias semanas seus ministros anunciavam que seria vetada a lei votada pelo Congresso com o irrisório aumento de 7,7% aos aposentados. Era o assunto das entrevistas dos ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Planejamento, Paulo Bernardo.

Não tenham dúvidas de que, se estivéssemos mais distante das eleições, o aumento teria sido mesmo vetado sob a velha e desmoralizada alegação de “rombo” nos cofres da Previdência. Esse “rombo” foi solenemente desmentido pelo senador Mário Couto, do Pará, com elementos divulgados pelo próprio Ministério da Previdência.

Está provado que o tal “rombo” decorre do desinteresse do governo de cobrar a dívida das grandes empresas, que sobe a bilhões. A arrecadação da Previdência, sem as dívidas dos graúdos, daria tranquilamente para suas despesas, sem “rombo”. Até hoje o governo não respondeu ao senador paraense.

A preocupação do presidente com o insignificante aumento dos aposentados contrasta com a liberalidade do Conselho de Administração da Petrobras no pagamento de seus membros: Guido Mantega, Dilma Rousseff, José Gabriel de Azevedo, Rondeau Cavalcante Silva, Fco Roberto de Albuquerque e Luciano Galvão Coutinho. Em reunião recente, esses ilustres conselheiros fixaram sua própria gratificação.Além do salário da função que exercem, como ministro, por exemplo, que é o caso de Mantega, esses seis conselheiros receberam, entre abril de 2009 e março de 2010, a respeitável importância R$ 8.266.600, cabendo a cada um, por mês, a bagatela de R$ 114 mil em números redondos.

Ninguém teve notícia de que o presidente Lula pretendeu interferir nessa aberração, que permanece, numa afronta e num deboche a sociedade brasileira.

Themístocles de Castro e Silva, jornalista e advogado.

Caseiro se nega a gravar para programa de Serra

“O PSDB não conseguiu convencer o caseiro Francenildo Costa a gravar um depoimento para o programa eleitoral gratuito da campanha do presidenciável do partido, José Serra. O caseiro optou pelo testemunho ao PSOL, ao qual está filiado. Serra tem comparado o episódio de violação do sigilo bancário do caseiro ao da sua filha, Veronica, e outras cinco pessoas ligadas ao PSDB que tiveram seus dados fiscais violados. “Se continuar assim, todos nós seremos Francenildos”, afirmou.

Em 2006, Francenildo acusou o então ministro da Fazenda Antonio Palocci de frequentar uma mansão em Brasília na companhia de lobistas. Depois disso, teve seu sigilo bancário quebrado.
O episódio derrubou do cargo Palocci, que hoje é um dos coordenadores da campanha presidencial de Dilma Rousseff (PT), e o então presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Mattoso. O caseiro gravou anteontem para o programa de Plínio de Arruda Sampaio, o candidato do PSOL à sucessão presidencial. “É inaceitável isso acontecer de novo. É mais um caso no currículo do governo Lula”, disse Francenildo à Folha.

No testemunho ao programa eleitoral, que vai ao ar amanhã, ele chamou a violação do sigilo de tucanos de “crime bárbaro”, mas desautorizou o PSDB (ou qualquer partido) a usar seu nome na campanha eleitoral. Na fala, o caseiro ataca tanto o governo Lula quanto a oposição. “Digo que quebraram meu sigilo bancário porque denunciei corrupção, mas também mandei recado para alguns partidos que ficam usando meu nome no programa eleitoral.”

O caseiro disse que o PSOL foi o único partido que acompanhou toda a sua trajetória desde o episódio da quebra de sigilo. Afirmou que o PSDB só o procura em época de eleição. “Quando foi com o Geraldo Alckmin [em 2006], também me procuraram, e falei que não dava para entrar no embalo.”

“Estou com Plínio”, diz ele, na participação que irá ao ar na amanhã. Francenildo diz que o partido foi o único a lhe dar apoio. E completa: “Queriam que eu concorresse a deputado federal, mas achei que era cedo”. Apesar das censuras ao tucanos, Francenildo criticou o PT e declarou que é importante “levar a eleição para o segundo turno” -a petista Dilma Rousseff, segundo as pesquisas, venceria hoje a disputa no primeiro turno.

Ele concorda com a comparação entre a quebra do seu sigilo e a dos tucanos, mas disse acreditar que este caso terá um desfecho diferente do seu, que se arrasta na Justiça há quatro anos.
“Agora eu quero é ver como é que a Justiça vai se comportar. Porque é uma filha de um candidato a presidente, não é a filha de um caseiro, de um trabalhador qualquer. Agora eu quero ver se eles vão apressar”, disse.

Em 2006, Francenildo ingressou na Justiça Federal contra a Caixa com pedido de indenização no valor de R$ 17,5 milhões pela quebra do seu sigilo. O caso ainda não foi julgado nem em primeira instância. Para Francenildo, a falta de punição colabora para que episódios como esse se repitam.
Em agosto de 2009, o STF livrou Palocci da acusação do Ministério Público de participação no crime. Foi aberta ação penal contra o ex-presidente da CEF.”

(Folha)

Feriado – Confira o que funciona

Os 188 anos da Independência do Brasil serão comemorados nesta terça-feira, 7. A data consagrada à Pátria é um feriado nacional, e com isso, escolas, universidades, repartições públicas, bancos e lojas fecham as portas nesse dia. Mas supermercados, panificadoras, praças de alimentação e lazer dos shoppings centers funcionam normalmente. Também setores que prestam serviços essenciais e de urgência/emergência funcionam em regime de plantão. É o caso dos hospitais, Polícia, Corpo de Bombeiros, e empresas que prestam serviços de energia, água, esgoto e telefonia. 

DESFILE

Na avenida Beira Mar, o desfile promovido pela 10ª Região Militar, com início marcado para às 9h30min, percorrerá a via desde a avenida Historiador Raimundo Girão.

VEJA O QUE FUNCIONA

>LOJAS. fechadas as de rua e dos Shoppings

>BANCOS. agências fechadas

>SUPERMERCADOS. abrem normalmente

>PANIFICADORAS – funcionam em horário normal

>POSTOS DE COMBUSTÍVEIS – fecham

SHOPPINGS

Benfica – Lojas, quiosques e boxs – fechados

>Praça de alimentação, cinemas e brinquedos – funcionam das 11h30min às 22 horas

> São Luiz – aberto das 7h30min às 22 horas.

Iguatemi – Lojas fechadas.

>Praças de alimentação funcionam das 10h30min às 22 horas

Del Paseo – Lojas fechadas.

> Praça de alimentação, cinema e lazer – abertos das 10 às 22 horas

North Shopping – Lojas fechadas

> Praça de alimentação, cinemas e lazer a partir das 11 horas.

Pátio Dom Luís – Praça de alimentação abre das 10 às 22 horas. Restaurantes só a partir das 12 horas

Via Sul – Lojas fechadas.

> Praça de alimentação funciona das 11 às 22 horas

> Área de Lazer abrirá entre 11 e 22 horas

(O POVO)

TSE tira do ar programa de Serra que liga Dilma a Collor

“O ministro Joelson Dias, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), proibiu que a coligação do candidato José Serra (PSDB) continue exibindo no programa eleitoral gratuito imagem na qual o senador Fernando Collor defende o voto na candidata Dilma Rousseff (PT).

A decisão foi tomada no julgamento de liminar pedida pela coligação petista. Na ação, os advogados afirmam que o vídeo “expõe o eleitor a uma informação falsa sobre o quadro da disputa eleitoral”. Os advogados também alegam que os tucanos estariam usando uma imagem externa – recurso vedado pela legislação eleitoral. O vídeo, atribuído ao jornal Folha de São Paulo, exibe Collor falando com eleitores em local público.

– Não se esqueçam desse nome: Dilma Roussef presidenta, número 13 na cabeça no próximo dia 3 de outubro – diz, no vídeo, o senador. O programa tucano inclui a legenda “Collor é Dilma” na imagem.

“Em juízo preliminar, verifico estarem presentes os requisitos a amparar a pretensão relativa à medida liminar, visto que, aparentemente, a inserção impugnada teria mesmo se valido de gravação externa o que é vedado”, escreveu o ministro.

Dias determinou ao PSDB que envie defesa e pediu um parecer ao Ministério Público. Com esses documentos em mãos, ele deverá levar o caso para julgamento de mérito no plenário do TSE, em data ainda não definida.”

(O Globo)