Blog do Eliomar

Últimos posts

Lula volta a despachar no Palácio do Planalto dia 25

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve voltar a despachar no Palácio do Planalto no dia 25 de agosto. A expectativa é de que a transferência do gabinete presidencial tenha início na próxima sexta-feira, quando Lula estará em viagem a Sorocaba (SP). Se houver algum imprevisto que evite a mudança do presidente para o Planalto na última semana de agosto, ele deverá despachar no Palácio do Alvorada ou no Itamaraty. Orçada em R$ 130 milhões a reforma da sede oficial do governo começou em março de 2009. Desde então, Lula despacha provisoriamente no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Um dos principais objetivo da obra no Planalto era substituir as redes hidráulica, elétrica e de ar-condicionado. A reforma, contudo, também ampliou algumas salas e padronizou os gabinetes dos ministros que despacham no mesmo edifício do presidente.

Trabalham na sede do governo os ministros da Secretaria-Geral da Presidência, Luiz Dulci, da Casa Civil, Erenice Guerra, da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, da Secretaria de Comunicação Social, Franklin Martins, e do Gabinete de Segurança Institucional, Jorge Armando Felix. O gabinete presidencial também foi ampliado, pois incorporou a sala onde ficava a assessoria para assuntos internacionais. O gabinete é formado por uma sala de reuniões, uma de audiências, uma sala para o secretariado, sala de espera e escritório do presidente. Os elevadores também foram modernizados e defeitos nos mármores do edifício, corrigidos. A sala da primeira-dama, Marisa Letícia, continua ao lado do gabinete de Lula, com vista para a Praça dos Três Poderes. O projeto de reforma foi elaborado pelo escritório do arquiteto Oscar Niemeyer, que projetou o prédio há mais de 50 anos. Todas as modificações tiveram que ser feitas de modo a não alterar o projeto original.

‘Puxadinhos’ e gambiarras’
O presidente Lula sempre reclamou do estado de conservação do Palácio do Planalto. Em sua despedida do prédio antes do início da reforma, ele se queixou dos carpetes “sujos e surrados” usados no Planalto. No discurso, disse também que as portas de correr estavam “enferrujadas”, falou das pedras soltas da calçada portuguesa em frente ao prédio e chegou a dizer que o Palácio do Planalto parecia “uma favela” cheio de “puxadinhos” e “gambiarras”.

(POrtal G1)

Dá-lhe, Vovô!!!

246 5

O Ceará Sporting enfrenta nesta tarde, pela Série A, o Flamengo. O jogo é no Rio, mas a torcida confia na vitória.

Com certeza, não será por falta de saúde que a equipe vai amarelar…

Lula aposta na desidratação de Marina para que Dilma ganhe no 1º turno

104 3

“A primeira reação de Lula ao tomar conhecimento dos dados do último Datafolha foi um sorriso. A segunda, uma frase: “Agora, falta a Marina chegar ao número real dela”. Lula repisou um vaticínio que se tornou frequente em seus diálogos privados. Estima que o índice de intenções de voto de Marina Silva (PV) vai “desidratar”. Acha que o passado petista de sua ex-ministra do Meio Ambiente levará os votos que ela “vai perder” para o cesto de Dilma Rousseff (PT).

Lula compara Marina a Heloísa Helena, a ex-petista que disputou a sucessão de 2006 pelo PSOL. Recorda que HH chegou a ostentar 14% nas pesquisas. Computadas as urnas eletrônicas, ela obteve 6,8% dos votos válidos. Na previsão de Lula, Marina não deve beliscar percentual muito superior a esse.  

No novo Datafolha, a presidenciável do PV dispõe de 10% das intenções de voto. Contados apenas os votos válidos, como faz o TSE, Marina vai a 12%. Confirmandas as duas previsões de Lula –a lipoaspiração do índice de Marina e a engorda do de Dilma— a mexida pode mesmo ter efeito decisivo. 

Segundo as estatísticas do Datafolha, Dilma abriu oito pontos de vantagem sobre José Serra: 41% a 33%. Aos olhos de hoje, apenas três pontos percentuais separam a pupila de Lula de um triunfo já no primeiro turno. Daí o relevo atribuído pelo presidente à oscilação negativa que, segundo imagina, Marina está fadada a amargar.

O alto comando do comitê de campanha petista adiciona às previsões dee Lula outras variáveis que favoreceriam Dilma. Pesquisas feitas por encomenda do PT revelariam que as intenções de voto atribuídas a Serra seriam mais volúveis que as de Dilma. 

Quando inquiridos sobre a hipótese de mudar de voto, o número dos que admitem a possibilidade seria maior entre os eleitores de Serra. De resto, o petismo considera que ainda não se esgotou o processo de transfusão do prestígio de Lula para Dilma. 

Pelas contas do QG petista, cerca de 10% do eleitorado que se dispõe a votar no candidato indicado por Lula ainda não se deu conta de que a escolhida é Dilma. Considerando-se os números do Datafolha, esse índice é, hoje, menor do que 10%. Em dezembro do ano passado, somava 14% o pedaço do eleitorado que manifestava o desejo de votar no preferido de Lula, mas não o associavam a Dilma.

 Agora, estão nessa situação 7% dos eleitores. É gente pobre e com pouco acesso à informação. Em tese, um tipo de eleitor mais difícil de ser alcançado. O petismo dá de ombros para as diculdades. Um dos aliados de Dilma disse ao repórter: No Brasil, são poucos os lares que não dispõem de um aparelho de TV. É na propaganda televisiva a ser inaugurada na próxima terça (17) que os operadores de Dilma querem esgotar o potencial de transferência de votos do presidente superpopular.

Lula idealiza para Dilma um cenário que não teve em 2006. Na sucessão daquele ano, prevaleceu sobre o tucano Geraldo Alckmin apenas no segundo turno. Há quatro anos, Lula amealhou no primeiro round 48,6% dos votos válidos. Alckmin somou 41,6%. Além dos 6,8% de Heloísa Helena, os outros candidatos de então somaram, juntos, 2,9% dos votos válidos.

Na cena atual, computados os votos válidos aferidos pelo Datafolha, Dilma disporia de 47%, contra 38% de Serra. Marina teria 12%. Os outros, 2%. Assim, para vencer no primeiro turno, além do definhamento de Marina, Dilma dependeria da estagnação dos nanicos. Num quadro de contas apertadas, uma eventual oscilação positiva de Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), por exemplo, pode envenenar a mistura.

Hoje, tomado pelo Datafolha, Plínio está abaixo de 1%. Esgrime um discurso embolorado. Mas revelou-se bom de TV. Diferentemente dos outros nanicos, que vão dispor de 56 segundos para vender o peixe na televisão, Plínio terá 1min2s. Uma janela quase igual à de Marina: 1min23s. Seja como for, Dilma chega à TV em movimento ascendente. Situação mais cômoda que a de Serra, agora compelido a torcer pelo crescimento de Marina e, quem diria, até de Plínio.

(Blog do Josias de Souza)

Ronaldo e Kaká prometem calar os críticos

“O começo do sábado foi proveitoso para quem segue os jogadores Ronaldo e Kaká no Twitter. Ex-colegas de seleção, eles aproveitaram os momentos conturbados que vivem –o primeiro sem jogar há mais de três meses, o segundo recém-operado de polêmica lesão– para trocar mensagens de apoio. Após contar a visita relâmpago que fez à cidade gaúcha de Gramado (em ação comercial para uma revista de celebridade), Ronaldo ironizou: “vejo como as chacotas ao meu respeito tomam uma grande proporcao! Enfim, sei q sou querido…”. Em seguida, completou: “Nao tenham duvidas, darei a a volta por cima mais uma vez!!!!!”.

Foi a deixa para Kaká engrossar o coro: “Posso dar essa volta junto com vc?”.

“Claro!!!! Tamu juntos!!! Vamos calar a a boca dessa minoria q insiste em duvidar da gente!!!!”, finalizou o atacante do Corinthians, que na véspera admitiu ainda estar fora de forma.”

(Folha.com)

Um alerta contra carros de som

89 2

Às vésperas da propaganda eleitoral gratuita estrear na TV e no rádio, eis que começou a perturbar a barulheira de carro de som. Neste sábado, em tudo que é bairro, lá estão esses veículso circulando e atrapalhando não só o sono vespertino, mas o direito de alguns assistirem à televisão.

Leitores do Blog como Simplício Barros informam que, neste sábado, por exemplo, a rua Padre Valdevino virou o “Paraíso dos carros de som”. Ele conta que “há alguns desrespeitando e rodando com o barulho acima de 70 decibeis, transformando nosso ouvido em penico com tanto jingle mentiroso”, lamentou.

Simplício também citou outro problema: o engarrafamento, pois esses carros de som circulam lentamente e prejudicam o trânsito nas grandes vias da cidade.

OAB faz reunião 2ª feira para fechar lista sêxtupla

O Conselho Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil vai se reunir, na próxima segunda-feira, a partir das 15 horas, na sede da entidasde, em Fortaleza. Confirmou, neste sábado, o advogado Flávio Jacinto, nome que já está entre cinco listados pelo Conselho para integrar lista sêtupla a ser encaminhada para o Tribunal de Justiça.

Essa reunião de segunda-feira, conforme ele, vai marcar data da nova consulta para formação de uma lista com 12 advogados, da qual sairá um nome que fechará a lista sêxtupla no processo de escolha de desembargador.

Com essa lista fechada, o Pleno do TJ então reduzirá para três nomes e encaminhará para o governador escolher o felizardo.

Escola Judiciária do TRE-CE intensificará projeto de cidadania nas escolas

89 1

O Projeto Justiça Eleitoral nas Escolas será reativado neste mês. Para tanto, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por intermédio da Escola Judiciária, fornecerá material (Livro do Educador, Cartilha Nós na Fita, etc) e apoio logístico para que os professores envolvidos nesta ação desenvolvam atividades visando promover uma reflexão sobre cidadania em seus diversos aspectos.

Nesta terça e quarta-feira, na sede do TRE, os educadores das escolas irão participar da reunião inicial do Projeto cuja programação abrange a exposição da metodologia das rodas dialógicas, onde educador e educando se colocam em pé de igualdade para aprofundar um assunto, bem como uma explanação sobre a Lei Ficha Limpa que será conduzida pelo Juiz Cleber Cruz.

Posteriormente ocorrerão visitas às escolas objetivando conhecer o trabalho que será executado pelos professores com seus alunos.

Mediante atitudes como esta, a Justiça Eleitoral procura aproximar-se do futuro eleitor e com ele promover um diálogo onde se discuta o papel do cidadão brasileiro dentro da nossa sociedade.

(Com TRE-CE)

Apostando nas redes sociais nestas eleições

71 1

Antenado com as novas possibilidades de propaganda política na rede mundial de computadores, o candidato a deputado federal pelo PMDB, Mario Feitoza, informa para o Blog (ele diz ser nosso leitor assíduo), acaba de lançoar um sítio eletrônico (www.mariofeitoza.com.br) e perfis em redes sociais (Twitter, Orkut e Facebook).

Além de divulgar as atividades de campanha e propostas políticas, Mario adiantra que quer usar a internet como meio para conhecer, de maneira rápida e direta, as demandas da população. Para ele, as midias sociais e a internet “são meios eficazes para que a sociedade possa acompanhar o trabalho dos politicos, o que representa mais transparência no exercício dos mandatos.”

Convenção lojista de Sobral é sucesso

98 1

A dupla dinâmica: Honório e Freitas Cordeiro.

“Tivemos um encontro marcado com um futuro de desenvolvimento, que não pode mais esperar. Um futuro que exige a ação de grandes homens, muitos dos quais escreverão importantes páginas da história do Ceará. Homens nos quais precisamos acreditar e investir…”, eis o que disse para o Blog o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL), Honório Pinheiro. Ele comemora o sucesso da 24ª Convenção Estadual do Comércio Lojista. O evento se encerra neste sábado, em Sobral (Zona Norte). 

Mais de 1.200 pessoas prestigiaram, desde a última quinta-feira à nite a convenção, que discutiu Associativismo. Quem também esteve no encontro foi Freitas Cordeiro, que preside a CDL de Fortaleza.

DETALHE – Durante o evento, o presidente da FCDL, Honório Pinheiro, anunciou que dia 25 próximo estará in augurando uma filial do Pinheiro Supermercado, de sua propriedade, na cidade de Limoeiro do Norte (Vale Jaguaribano). Dentro de um centro comercial com várias lojas e sala de cinema.

Uma campanha eleitoral em clima de saco de gatos parecidos

83 1
Eis artigo do professor Antonio Mourão Cavalcante, que saiu publicado no O POVO deste sábado e que pode ser conferido também em seu Blog (ver nossa lista). Mourão aborda as eleições e o discurso dos candidatos. Confira:
“A campanha eleitoral está em pleno andamento. Os candidatos, os mesmos de sempre, que repetem promessas e velhos chavões. Ninguém mais acredita. Há um hábito de repeti-las à exaustão. Dizem: “Vamos dar toda prioridade à educação“, “A saúde é um bem de todos”, “Vamos construir e inaugurar isso e aquilo”, “A segurança terá mais homens armados”, “Políticas públicas para os menores de rua, os drogados e os idosos”. Será que esse discurso ainda convence o povo?
Doutra parte, os famigerados bandeiraços em esquinas de grande movimentação constituem um exemplo de uma campanha totalmente fora de moda. Aqueles jovens, miseravelmente pagos, agitam bandeiras sem passar qualquer emoção. Dá-me a impressão de que alguns estão com fome, de que naquele dia ainda não comeram nada. Ridícula propaganda, pobres jovens! Estão ali, unicamente, para ganhar uns “trocadim”.

Registre-se ainda a dança de letras, legalmente conhecida como siglas partidárias. Mais parece o samba do crioulo doido. As alianças configuram o que existe de mais contraditório. Não dá para entender. Uma colcha de retalhos. As consequências vão se manifestar na montagem do governo: será repartido em pedaços sem articulação. Diante desse quadro, é natural que a sociedade brasileira mostre uma total indiferença pelo processo eleitoral. Não se observa engajamento ou participação.

Mesmo os partidos de maior apelo popular foram cooptados e agem com igual desenvoltura. Impossível distingui-los pelo exercício de práticas diferenciadas.Curioso que a sociedade brasileira amadureceu. Porém, a classe política parou no tempo. Há uma distância em relação ao Brasil real. Afinal, para quem falam estes homens tão sorridentes, com tanto gel nos cabelos? Seguramente frutos de marketing e simulacros. Queria vê-los mais ao natural. Cara limpa.

ANTONIO MOURÃO CAVALCANTE

Médico, antropólogo e professor universitário.
a_mourao@hotmail.com

Motorromaria antecipa Caminhada com Maria

Neste sábado,  a partir das 16 horas, sairá da Catedral Metropolitana de Fortaleza a Motorromaria que levará, para o Santuário de Nossa Senhora da Assunção (Bairo Vila Velha), a imagem da santa padroeira de Fortaleza. Antes, os motoqueiros, sob comando de mulheres, receberão uma benção a apartir das 15 horas, quando terá início a concentração.

A chegada será Praça do Conjunto Polar, onde haverá novo momento celebrativo, coroação de Nossa Senhora e a benção dos capacetes. A motoromaria faz parte dos festejos a Nossa Senhora da Assunção, e antecipa a grande Caminhada com Maria deste domingo. Nesse evento, a imagem da santa é trazida de volta para a Catedral.

Este ano a Motoromaria levará como símbolo, a coroa de Nossa Senhora.

Stedile, do MST, recomenda voto em Dilma

60 1

Em entrevista ao jornal Brasil de Fato, ligado aos movimentos sociais, o principal líder do Movimnto dos Sem Terra (MST), João Pedro Stedile, declara que a candidatura de José Serra (PSDB) representa “o núcleo central dos interesses da burguesia e a volta do neoliberalismo”.

Para Stedile, o tucano está a serviço dos “interesses da burguesia internacional, da burguesia financeira, dos industriais de São Paulo, do latifúndio atrasado”. Frente a esse cenário, ele defende que, “como militantes sociais, e como movimentos sociais, temos a obrigação política de derrotar a candidatura Serra”.

Dilma Rousseff (PT), segundo o líder do MST, representa “setores da burguesia brasileira que resolveram se aliar a Lula, setores mais arejados do agronegócio, a classe média mais consciente, e praticamente todas as forças da classe trabalhadora organizada”.

Diante disso, ele recomenda: “Achamos que a vitória da Dilma permitirá um cenário e correlação de forças mais favoráveis a avançarmos em conquistas sociais, inclusive em mudanças na política agrícola e agrária”. “E evidentemente que nesse cenário incluímos a possibilidade de um ambiente propício para maior mobilização social da classe trabalhadora como um todo, para a obtenção de conquistas”, acrescentou.

Durante a entrevista, Stedile também comentou os ataques de Serra ao MST: “Na minha avaliação, a coordenação tucana acha que a única chance do Serra crescer eleitoralmente é adotar um discurso de direita, para polarizar e, então, se mostrar mais de confiança do que a Dilma”.

Na avaliação do líder sem-terra, por esse motivo que Serra “adotou todos os ícones da esquerda para bater”. “Bate em nós, em Fidel, em Cuba, Chávez, Evo Morales, até no bispo Lugo ele bateu”, analisa. “Achou uma conexão das Farc com o PT absurda, ele sabe que o partido está mais próximo da social-democracia, não é por ignorância, é por tática eleitoral”.

(Agência Estado)

Em Sobral, Tasso desafia alguém a apontar obra concreta de Lula no Ceará

92 1

“O Serra como presidente da República vai resolver os problemas da saúde dos brasileiros e dos cearenses”, afirmou, neste sábado, durante minicomício no “Beco do Cotovelo”, em Sobral (Zona Norte), o senador tucano Tasso Jereissati, que postula reeleição.

Ao lado do candidato a governador Marcos Cals (PSDB/DEM), Tasso renovou desafio: alguém apresentar uma obra concreta do Governo Lula no Ceará e que foi viabilizada pela ex-ministra da Casa Civil e hoje candidata petista à presidência da República, Dilma Rousseff.

O senador chegou a enumerar obras realizadas com apoio de Serra, quando ministro não só da Saúde, mas também do Planejamento. Entre essas, o Porto do Pecém, o Aeroporto Internacional Pinto Martins e o Castanhão.

Sobral é a terra natal do governador Cid Gomes (PSB), irmão de Ciro Gomes e postulante à reeeleição.

Datafolha – Lula tem 77% de aprovação

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva manteve o nível de aprovação de 77% obtido para seu governo, segundo o Datafolha. A taxa é idêntica à apurada na pesquisa realizada de 20 a 23 de julho. Agora, no levantamento feito do dia 9 até ontem, os eleitores que acham o governo Lula regular somam 18% (antes eram 19%). A taxa dos que consideram a administração petista ruim ou péssima não variou, mantendo-se em 4%.

Quando indagados sobre qual nota, de zero a dez, dariam ao governo federal, 33% conferem a nota máxima. Outros 15% dão nove. Lula recebe nota oito de 22%. Apenas 2% acham que o petista merece zero por seu desempenho como presidente. A média nacional obtida pelo presidente é 8,1. Lula tem seu melhor desempenho entre os moradores do Nordeste (média de 8,6), entre os que têm nível fundamental de escolaridade (8,5) e entre os que declaram ter renda familiar de até dois salários mínimos (8,4). A avaliação positiva de Lula tem se mantido alta ao longo deste ano. O petista é há algum tempo o presidente mais bem avaliado entre todos para os quais o Datafolha já fez esse tipo de levantamento.

(Folha.com)

Ciro desiste de ser comentaista da TV Cidade

209 4

O deputado federal Ciro Gomes (PSB) abriu mão de ser comentarista de TV no programa policial Cidade 190, na TV Cidade, para evitar questionamentos jurídicos que afetassem a campanha de seu irmão governador, Cid Gomes (PSB), que pleiteia a reeleição. Desde o último dia 3, ele vinha aparecendo no programa comentando política e violência urbana. A desistência de Ciro foi confirmada por sua secretária, Luiza Serpa, e pela chefe de redação da TV Cidade, Patrícia Calderón.

O irmão do governador planeja voltar a fazer comentários na TV assim que o processo eleitoral seja finalizado. Com a saída da TV, Ciro ganha ainda mais tempo para se engajar na campanha de Cid, da qual cumpre o papel de coordenador geral.

(O POVO)

VAMOS NÓS – Ciro Gomes não deveria nem ter começado essa história de comentar no programa policial Cidade 190. Primeiro, por estar como coordenador-geral da campanha do seu irmão, o governador Cid Gomes (PSB); segundo, por estar ocupando espaço numa emissora que ainda tem o dono como suplente na chapa de senador de candidato da coligação do seu irmão; terceiro, porque sabia, mais do que qualquer um de nós, das consequências políticas que eclodiriam desse gesto; quarto, porque sabe que tem a língua solta e poderia, dia desses, falar mais do que devia; quinto, porque isso não passava de marmota em tempos de eleição. Se quer ser comentarista na TV, que o seja em outra época e com coerência.

Ah, já pensou Ciro criticar colegas parlamentares por andarem faltando ao trabalho no Congresso? Quem admira e gosta dele, andava impaciente com essa história.

Tasso aponta César Wagner como "meu candidato a deputado estadual"

53 3

Quem está feliz da vida é o delegado César Wagner, que na noite desta sexta-feira (13), durante comício tucano em Itapipoca, a 125 quilômetros de Fortaleza, foi apresentado pelo senador Tasso Jereissati como seu candidato a deputado estadual. O anúncio em palanque pegou alguns candidatos tucanos de surpresa, pois César Wagner disputa vaga à Assembleia Legislativa pelo PTC. No entanto, o delegado era um dos policiais de confiança no então Governo Tasso Jereissati, quando chegou a assumir a Superintendência da Polícia Civil. Em seu discurso, Tasso destacou a luta de César Wagner no combate às drogas, quando esteve à frente da Delegacia de Narcóticos (Denarc).

Há petista que não vota em Eunício Oliveira

70 6

“Petista de carteirinha, o ex-vereador e atual presidente do Sindicato dos Médicos do Estado, José Maria Pontes, resolveu abrir o voto. Ele informa que votará em Marina Silva (PV) para presidente, alegando ser ela muito mais identificada com as lutas do seu partido.

Pontes deixa claro também que endossará o nome do governador Cid Gomes (PSB) porque ele foi um gestor que se preocupou com a categoria dos médicos, garantindo planos de cargos, carreiras e salários e que também vem investindo pesado no setor saúde, por meio da construção de policlínicas e hospitais regionais.

E para o Senado? O petista confessa: só votará em José Pimentel (PT). Essa postura de Pontes não seria um caso isolado.”

DETALHE – José Maria Pontes retornou nas últimas horas de Juazeiro do Norte, onde acompanhou comissão da OAB que inspeciou hospitais públicos e as obras do futuro Hospital Regional do Cariri.

Congresso reage à porposta de aumento salarial dos ministros do STF

“A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de enviar ao Congresso projeto de lei prevendo reajuste do subsídio dos ministros em 14,79% e possibilidade de correção anual dos salários a partir de 2012 causou estranheza entre os parlamentares.

O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza, disse nesta sexta-feira que essa questão só será analisada depois das eleições de outubro, e que o projeto não é prioridade do esforço concentrado da semana que vem.

Parlamentares do governo e da oposição estranharam a proposta do STF de criar um mecanismo que dispensaria o envio de projetos de reajustes específicos a partir de 2012.

O entendimento de parlamentares, técnicos em Orçamento e do governo é de que o envio de projetos específicos é obrigatório, mesmo quando o aumento de gastos é previsto no Orçamento da União.

O Ministério do Planejamento informou apenas que não teria sido consultado a respeito.

Segundo a assessoria do STF, a ideia de criar um mecanismo na Lei de Diretrizes Orçamentárias e na Lei Orçamentária Anual é para evitar protelação na fixação dos vencimentos.

O projeto foi aprovado, em sessão administrativa, pelos dez ministros do STF, que têm certeza de que o texto não contraria nenhum dispositivo constitucional.”

(Globo Online)

Motoristas de ônibus aceitam 10% de reajuste para não retomar a greve

O presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores em Transportes Rodoviários (Sintro), Domingos Neto, considerou, neste sábado, um “grande avanço” o percentual de reajuste de 10% proposto pela Procuradoria Regional do Trabalhj. Esse seria um meio termo entre o que querem os motoristas e cobradores de ônibus, no caso 15%, e o que propôs o Sindiônibus, 5,5%.

Domingos Neto destacou que, durante as negociações que levaram a categoria a fazer suas greves, a pedida que era de 45% baixou para 33%, depois para 15% e “com 10% seria um índice dos mais satisfatóprios.” Ele, no entanto, avalia que o Sindiõnibus não aceitaria esse percentual, alegando aumento da carga de despesas.

O dirigente do Sintro confirmou presença na reunião de conciliação com os empesários na terça-feira, na Justiça do Trabalho, mas admitiu: “Se não sair esses 10%, vão haver mais ações. A gente vai voltar à nossa greve, que é um direito da classe trabalhadora lutar por seus direitos”, disse Domingos Neto, durante entrevista ao programa Grande Jornal, apresentado por Nonato Albuquerque na rádio O POVO/CBN.