Blog do Eliomar

Últimos posts

Todos os 33 mineiros resgatados

“Após 22 horas e 30 minutos de descidas e subidas da cápsula “Fênix”, o topógrafo Luis Urzúa foi último trabalhador a deixar a mina de San José, após 69 dias de isolamento a cerca de 700 metros de profundidade. Ele foi retirado por volta das 22h desta quarta-feira (13). Em pouco mais de 25 horas no total, os seis socorristas enviados para ajudar os mineiros também foram içados de volta à superfície.

No momento do acidente, Urzúa era o chefe de turno, e manteve um papel de liderança dentro da galeria. Ele foi o autor dos planos de organização do refúgio, levou o grupo para uma região menos úmida e organizou o sistema de racionamento de alimento nos primeiros dias.

O resgate de Urzúa –que ficou por último por ser o líder do grupo– encerra com sucesso dois meses de operações organizadas pelo governo do Chile para salvar a vida dos 33 mineiros.”

(Portal Uol)

Cid assina contratos para a Copa 2014

Cid em clima de Copa 2014

O governador Cid Gomes e o ministro das Cidades, Marcio Fortes, assinam na tarde desta quinta-feira (14), a partir das 15 horas, no Palácio Iracema, o contrato de financiamento do Veículo Leve sobre Trilho (VLT), que faz parte do projeto para a Copa de 2014, em Fortaleza, no setor de transportes. Os recursos, orçados em R$ 265,5 milhões, são oriundos do Governo do Estado e da Caixa Econômica Federal (CEF).

Na ocasião, o governador e o ministro também assinarão contrato, na ordem de R$ 33 milhões, para as estações do Metrofor da Parangaba e do Montese. As obras deverão ter início em março do próximo ano, após a conclusão do processo de licitação. Também estará presente às cerimônias a vice-presidente da CEF, Clarice Coppetti.

Tucanos reúnem médicos nesta quarta-feira para debate sobre saúde pública

55 1

O presidente regional do PSDB, Marco Penaforte, e o cardiocirurgião Glauco Lobo reúnem um grupo de médicos, na noite desta quarta-feira (13), no antigo comitê do então candidato ao Governo do Estado, Marcos Cals, na avenida Historiador Raimundo Girão. A reunião debaterá problemas na saúde pública no Estado.

O candidato tucano à Presidência da República, José Serra, deverá participar da procissão de São Francisco, em Canindé, no próximo sábado, dia 16, na companhia do senador Tasso Jereissati, do deputado Marcos Cals e de Marco Penaforte.

Publicada no DOU portaria que promete dificultar acesso a dados fiscais

“O secretário da Receita Federal, Otacílio Cartaxo, publicou no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (13) a portaria 1860, que regulamenta a Medida Provisória 507, datada do início de outubro, que tem por objetivo dificultar o acesso, por parte de servidores do órgão, a dados fiscais dos contribuintes.A MP foi assinada após a quebra de sigilo do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, e de outras pessoas ligadas ao partido, incluindo Veronica Serra, filha do candidato tucano à Presidência, José Serra.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, chegou a informar que a quantidade de sigilos quebrada foi “muito maior”. Já Cartaxo, secretário da Receita Federal, avaliou que via indícios de um balcão de compra e vendas de informações de contribuintes dentro do Fisco.

Informações sigilosas
A portaria da Receita diz que são protegidas por sigilo fiscal as informações obtidas em razão do ofício sobre a situação econômica ou financeira do contribuinte, ou de terceiros, e sobre a natureza e o estado de seus negócios ou atividades, tais como: rendas, rendimentos, patrimônio, débitos, créditos, dívidas e movimentação financeira ou patrimonial; ou aquelas que revelem negócios, contratos e relacionamentos comerciais, entre outros.

Entretanto, acrescenta que não estão protegidas por sigilo as informações cadastrais dos contribuintes, tais como nome, data de nascimento, endereço, filiação, qualificação e composição societária; ou as informações cadastrais relativas à regularidade fiscal do sujeito passivo, desde que não revelem valores de débitos ou créditos;

“Entende-se por utilização indevida do acesso restrito às informações protegidas por sigilo fiscal o acesso a banco de dados informatizados para o qual o servidor não possua permissão”, informa a portaria. Também diz que configura acesso sem motivo justiricado aquele realizado fora das atribuições do cargo; sem a observância dos procedimentos formais; ou sem necessidade de conhecimento das informações para a realização de suas atividades.

Procuração
Segundo a nova regra, o contribuinte poderá conferir poderes a terceiros para, em seu nome praticar que impliquem no fornecimento de dados protegidos pelo sigilo fiscais pela administração pública, somente por “instrumento público específico” (procuração pública lavrada por tabelião de nota que valem por cinco anos).”

(Portal G1)

Campanha de Dilma priorizará Minas

“Após reunião do comando da campanha de Dilma Rousseff, nesta quarta-feira (13), em Brasília, o presidente do PT, José Eduardo Dutra, afirmou que o partido dará atenção especial no segundo turno da disputa presidencial ao estado de Minas Gerais, onde candidatos petistas não tiveram, segundo ele, bom desempenho.

Dutra disse que estará em Belo Horizonte (MG) nesta quinta-feira (14), e que a candidata Dilma Rousseff também deve ir ao estado, no próximo sábado (16). “Vou estar amanhã em Minas, até porque é um estado que merece nossa atenção não só pelo tamanho, pelo peso eleitoral do estado, como também é fato que houve uma certa desagregação das nossas lideranças lá no estado em função do resultado eleitoral, que não foi um bom resultado. Não o resultado da Dilma lá, que foi bom, mas o resultado da eleição estadual que não foi bom e naturalmente gera uma certa desagregação, daí a necessidade de ter uma atenção especial”, afirmou o presidente do PT, que é também um dos coordenadores da campanha de Dilma.

O líder do PT na Câmara, deputado Fernando Ferro (PT-PE), disse que, durante a reunião, foi apresentado por Marco Aurélio Garcia um esboço do programa de governo de Dilma. Garcia é assessor especial da Presidência e coordenador do programa de governo da candidata. “São 13 pontos. Incluem a afirmação das políticas públicas, a defesa da democracia e da construção do processo democrático que encabeça o manifesto, a preocupação de afirmar nosso compromisso com a democracia, com as políticas sociais, com a inserção internacional do Brasil, com a pesquisa científica tecnológica, com o meio-ambiente, com a política cultural. Está bem organizada a agenda”, disse o deputado.

José Eduardo Dutra confirmou a divisão em 13 pontos e afirmou que não há atenção especial à religião. “Não tem nada específico sobre religião. Tem o primeiro ponto, que fala de democracia e liberdades, que inclui liberdade religiosa, liberdade de imprensa. Enfim, aquilo que é a tradição do Brasil”, declarou. Segundo ele, a previsão é que o programa seja lançado na próxima semana. “O programa de governo está praticamente fechado, está aguardando apenas o OK da candidata, e a nossa intenção é lançá-lo na semana que vem”, disse.”

(POrtal G1)

Caminhão sobrecarregado circula sem ser importunado

127 2

A foto não está muito boa, pois foi feita por leitor deste Blog contra o sol. Mas o que ele quer mostrar? Lá no fundo um caminhão com uma carga enorme de tubos de pvc pendendo para o lado direito, o que se torna uma ameaça para outros veículos.

Esse tipo de cena, documentada na avenida Bezerra de Menezes (Bairro São Gerardo), nas últimas horas, ocorre sem que apareça algum agente de trânsito da AMC – ou coisa parecida, para chamar a atenção.

Manuscritos inéditos de José de Alencar serão lançados durante Festival UFC de Cultura

133 2

“Antiguidade da América” e “A raça primogênita”, manuscritos inéditos do romancista cearense José de Alencar (1829–1877), serão lançados na próxima segunda-feira, a partir das 14 horas, como parte da programação do III Festival UFC de Cultura – Ceará, África, Lusofonia: Encontros e Diálogos Além-Mar. Organizado pelo professor Marcelo Peloggio, do Departamento de Literatura da UFC, o lançamento dos textos ocorrerá no Museu de Arte dessa Instituição (Campus do Benfica).

Peloggio transcreveu os manuscritos, de um total de 11 cadernos repletos de fragmentos e anotações, junto com a equipe de pesquisadores do Grupo de Estudos José de Alencar, da UFC, durante três anos, no Museu Histórico Nacional, Rio de Janeiro. Guardados há mais de 130 anos, os ensaios foram escritos em 1877, pouco antes da morte do escritor cearense. São, talvez, os últimos escritos de Alencar. De caráter filosófico e antropológico, os textos teorizam sobre a origem e a extinção da humanidade: o berço do homem seria a América e o mundo terminaria por meio de um grande massacre, no mesmo continente.

Composto por cerca de 190 páginas, com as transcrições integrais dos manuscritos, textos complementares do escritor e imagens digitalizadas, o livro traz, ainda, três artigos de pesquisadores da obra de José de Alencar: Eduardo Vieira Martins, da Universidade de São Paulo (USP); César Sabino, da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e o próprio Peloggio.

Este ano, o Festival ocorre simultaneamente aos Encontros Universitários – maior evento acadêmico do Ceará, que se realiza de 20 a 22 deste mês. O III Festival UFC de Cultura é uma realização da Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional da Universidade Federal do Ceará, com patrocínio do Banco do Nordeste e Banco do Brasil e apoio da Prefeitura Municipal de Fortaleza, Câmara Municipal de Fortaleza, Coelce, Cetrede, Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Ceará e Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura.”

SERVIÇO

* A programação completa do evento está disponível no site www.festivalufcdecultura.ufc.br.

(Site da UFC)

Ministro abre workshop internacional sobre lagosta em Fortaleza

190 3

Com a presença do ministro da Pesca e Aquicultura, Altemir Gregolin, será aberta às 8h30min desta quinta-feira, no Praiano Hotel, o Workshop Internacional Cadeia Produtiva da Lagosta. A promoção é do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP), em parceria com o Ministério da Pesca e Aquicultura e o Labomar, o Instituto de Ciências do Mar da Universidade Federal do Ceará.

O encontro, com o tema “Abordagem da Pescaria Sustentável para a Cadeia de Abastecimento”, segundo a organização, quer pensar e definir os rumos da pesca da lagosta no país, bem como do Ceará, estado responsável por mais de 80% da produção no Brasil. Atualmente, essa pesca gera cerca de US$ 80 milhões poor ano e representa o sustento de mais de 15 mil pescadores.

CD resgata sucessos de Odair José

O músico Paulo Roberto, da banda cearense “Matéria Prima”, vai lançar CD nesta sexta-feira, a partir das 21 horas, no Docentes & Decentes, situado no bairro Varjota, em Fortaleza. Trata-se do terceiro trabalho do artista que, dessa vez, resgata sucessos do cantor Odair José.

No CD, participação especial dos cantores William Santos e Arnoldo Rodrigues, que interpretam a conhecida música brega romântica.

SERVIÇO

Ingresso – R$ 10,00 (Preço único, com direito a um CD)

Mais informações – (85) 3248 2289.

Vinte mineiros já foram resgatados

“O minerador Darío Segóvia, 48, foi resgatado por volta das 16h desta quarta-feira (13), na região do deserto do Atacama, no Chile, depois de mais de dois meses preso a cerca de 700 metros de profundidade. Segóvia — que é chamado de “El Capacho” — tem 13 irmãos e seis filhos. Estava contratado pela mina San José havia cerca de três meses quando aconteceu o acidente, mas começou a trabalhar com mineração cedo, aos 8 anos de idade, com o seu pai — que era minerador e também sobreviveu a uma semana preso em uma mina.

Antes dele, foram resgatados outros 19 mineiros, em uma sequência de subidas e descidas da cápsula “Fênix” que começou na noite desta terça-feira (12). Faltam agora 13 trabalhadores, que ainda estão na mina.”

(POrtal Uol)

TSE – Dedé Teixeira tem registro deferido e deve assumir mandato

TSE defere registro do deputado Dedé Teixeira

O Tribunal Superior Eleitoral – TSE acaba de deferir, por meio de decisão da ministra Carmen Lúcia, que é também do STF, o registro de candidatura do deputado estadual Dedé Teixeira (PT). Ao analidar o recurso ordinário nº4342-34-CE, a ministra destacou que a situação de Dedé Teixeira não se enquadrava na Lei da “Ficha Limpa”.

O petista teve registro indeferido pelo TRE com base em relatório do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), que desaprovou conta da época em que Dedé era prefeito de Icapuí (Litorla Leste). A ministra assim se manifestou: “Orienta o Tribunal Superior Eleitoral que o órgão competente para julgar as contas de prefeito é a Câmara Municipal e que a disposição da parte final da alínea g não se aplica aos prefeitos”. A decisão é data de 6 de outubro e foi divulgada nesta tarde de quarta-feira.

A decisão do TSE valida os 52.679 votos alcançados pelo deputado Dedé Teixeira no último dia 3, tornando-o o terceiro mais votado do PT-CE e décimo da Coligação PT/PRB/PMDB/PSB que elegeu 20 deputados estaduais. O TRE-CE publicará uma nova relação dos deputados estaduais eleitos em 2010.

Para o advogado André Costa, um dos defensores do deputado, “a decisão do TSE consolida o que sempre defendemos, com base na jurisprudência do TSE e do STF: Dedé Teixeira não é, para usar uma expressão em voga, “ficha suja” porque o seu caso não se enquadra nas normas que tornam o candidato inelegível dada LC 135/2010, a denominada Lei da “Ficha Limpa”. Jamais perdemos a confiança na Justiça e ela ao final prevaleceu.”

DETALHE – Pela recontagem, deve sobrar o empresário Daniel Oliveira, que é sobrinho do senador eleito Eunício Oliveira (PMDB). Nós apostamos, no entanto, que Dedé deverá assumir e, depois, se licenciar para ocupar um cargo na gestão cidista. A Secretaria Estadual da Pesca a ser criada seria a alternativa, no que Daniel permaneceria.

Assembleia Legislativa homenageia o Professor

97 1

Assembleia Legislativa vai realizar nesta quinta-feira, a partir das 15 horas, no plenário 13 de Maio, sessão solene em comemoração ao Dia do Professor. A sessão atende a um requerimento do deputado Artur Bruno (PT), que preside a Comissão de Educação da Casa, em conjunto com a deputada Rachel Marques (PT).

Segundo Artur Bruno, o objetivo é homenagear os professores e também manter a mobilização em defesa de causas da categoria como o pagamento do piso nacional do magistério e a realização de novos concursos públicos.

A audiência pública servirá também para algumas homenagens. Na lista, os professores José Fábio Lopes Chaves, Cláudio Régis Quixadá, Adelmir de Menezes Jucá, Maria Ozaneide Paulo e Nazareno de Oliveira, este diretor da Rede Master de Ensino.

Nossa Senhora das Multas

120 4

A  Autarquia Municipal de Trânsio e Cidadania (AMC) com certeza está tentando criar uma nova devoção para Nossa Senhora de Fátima: a NOSSA SENHORA DAS MULTAS. Sempre no dia 13 de cada mês, as ruas do entorno da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, ficam lotadas de carros estacionados pelos fiéis que comparacem às missas dedicadas especialmente à padroeira do bairro.
 
Os agentes de trânsito sempre aparecem na data para multar. Chegar cedo ao local para educar, é conversa fiada. Os fiscais aparecem ali descendo de uma Kombi para a caça aos infratores. Nas mãos, nada de terços, mas talões de formulários de multas.

DETALHE – Só chegam às 13 horas, aplicam multas e, depois, somem. Mas retornam duas horas depois para novo rosário de autuações. Porque não chegam cedo e orientam o trânsito? É esse tipo de atitude que nos leva a acreditar na velha indústria da multa.
 
(Foto F. Lifman)

Um quarto dos reeleitos responde a processo no STF

“Um em cada quatro parlamentares que renovaram o mandato no Congresso no último dia 3 responde a processo no Supremo Tribunal Federal (STF). Dos 320 congressistas que se reelegeram ou garantiram nas urnas o direito de trocar de casa legislativa, 76 são alvo de investigação na principal corte do país, onde tramitam os processos criminais envolvendo deputados, senadores e outras autoridades federais. Juntos, eles acumulam 167 pendências judiciais.

De acordo com levantamento do Congresso em Foco, há 120 inquéritos (investigações preliminares) e 47 ações penais (denúncias aceitas pelos ministros que podem resultar em condenação) contra 71 deputados e cinco senadores vitoriosos no último dia 3. Somente o Distrito Federal e o Espírito Santo não reelegeram parlamentares com processo. Minas Gerais, com 11 nomes, e São Paulo, com dez, são as bancadas com maior número de reeleitos com problemas no Supremo.

Mas o número de reeleitos enrolados pode ser ainda maior: outros cinco processados na corte vivem a expectativa de assumir novo mandato caso o STF decida que a Lei da Ficha Limpa só valerá a partir das próximas eleições.

Nessa situação estão os deputados Paulo Maluf (PP-SP), Pedro Henry (PP-MT) e Natan Donadon (PMDB-RO), candidatos à reeleição, e Jader Barbalho (PMDB-PA) e Paulo Rocha (PT-PA), que tiveram votação expressiva para o Senado. Esse grupo acumula dez ações penais e nove inquéritos no STF. Se não conseguirem um mandato no Congresso, perderão o foro privilegiado no Supremo e terão de responder às acusações perante um juiz de primeira instância.

De todo tipo

As acusações contra os congressistas reeleitos alcançam mais de uma dezena de tipos penais. A lista das denúncias mais comuns é puxada pelos crimes eleitorais, que se repetem 26 vezes. A seguir, vêm os crimes de peculato (apropriação, por funcionário público, de bem ou valor de que tem a posse em razão do cargo, em proveito próprio ou alheio), com 21 casos, e os chamados crimes de responsabilidade, com 20 ocorrências. Os crimes contra a Lei de Licitações e contra a ordem tributária, como sonegação de impostos, somam 17 processos cada.

Há ainda 14 investigações relacionadas a crimes contra a administração em geral e formação de quadrilha, 13 por lavagem de dinheiro, e 12 por crimes contra o sistema financeiro. Estelionato, corrupção passiva e ativa, apropriação indébita previdenciária, tráfico de influência, crimes contra o meio ambiente e a família, lesões corporais e os chamados crimes de opinião, como calúnia e difamação, completam a relação das acusações a que respondem os parlamentares reeleitos.

O campeão em número de pendências judiciais no STF, dentre os reeleitos, é o deputado Abelardo Camarinha (PSB-SP). Alçado a um novo mandato por 71.637 eleitores, Camarinha acumula 14 processos: seis ações penais e oito inquéritos no Supremo. Entre as acusações contra o ex-prefeito de Marília (SP) estão: tráfico de influência, formação de quadrilha, crimes eleitorais, contra a ordem eleitoral, contra as finanças públicas e de responsabilidade.

Depois de Camarinha, o mais enrolado com a Justiça é o também deputado Lira Maia (DEM-PA). Reeleito com 118 mil votos, Lira Maia responde a dez processos: quatro ações penais e seis inquéritos. São sete investigações por crime de responsabilidade, uma por peculato, uma por crime contra a Lei de Licitações e outra por emprego irregular de verba pública.

O levantamento do Congresso em Foco, feito com base em informações do STF, considerou os 286 deputados reeleitos, os 16 senadores que se reelegeram, os 16 deputados que se elegeram senadores e os dois senadores que foram eleitos deputados.”

SERVIÇO

Veja quem são os reeleitos processados

O que dizem os parlamentares

(Congresso em Foco)

PT faz plenária sobre ações de campanha pró-Dilma em Fortaleza e Região Metropolitana

O Diretório Municipal do PT de Fortaleza realizará nesta quinta uma plenária com a militância. A partir das 18h30min, na sede do partido. O objetivo é organizar um calendário de atividades em favor da candidatura de Dilma Rousseff para presidente. O encontro deve fechar ações também para a Região Metropolitana. 

Os deputados estaduais e federais, bem como o senador eleito José Pimentel, participarão do encontro. 

Há expectativas de que a prefeita Luizianne Lins, que também é presidente regional do PT, compareça.

Bienal Inernacional de Dança ocupa espaços no Theatro José de Alencar

A Bienal Internacional de Dança do Ceará – De Par Em Par 2010 será aberta oficialmente nesta quinta-feira, às 21 horas, no Theatro José de Alencar, em Fortaleza. Patrocinada pela Petrobras e BNDES, por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura, a Bienal De Par Em Par acontece desde o dia 1º deste mês e segue com atividades até o dia 10 de novembro. Isso em Fortaleza e em mais oito cidades do Interior, com toda a programação gratuita. Mandala e Li são os espetáculos escolhidos para essa abertura oficial.

Mandala (2010. Livre. 30 min.) é uma encarnação da pulsação do coração humano, constitutivo do espaço universalmente dividido por todo ser, do começo ao fim de nossas existências. O tempo da vida está presente em um círculo do zen budismo que simboliza o universo e o gesto artístico perfeito, que não pode ser completado a não ser por um espírito totalmente livre. Coreografia: Carolyn Carlson. Interpretação: Sara Orselli. Música: Michael Gordon. Figurino: Chrystel Zingiro. Iluminação: Freddy Bonneau. Produção: Centre Chorégraphique National Roubaix Nord-Pas de Calais com a colaboração do Atelier de Paris-Carolyn Carlson.

Li (2007. Livre. 18 min.) é um ideograma que se refere, originalmente, ao grão na jade e na madeira, o “orgânico padrão” no princípio de todas as coisas, quando este está em acordo com o “Tao”. As transformações da natureza, a corrente do vento, a penumbra e a luz, a polaridade do yin e do yang, que um se transforma no outro. Sem uma palavra. Coreografia: Carolyn Carlson. Intérpretes: Chinatsu Kosakatani e Yutaka Nakata. Música: Aleksi Aubry-Carlson. Iluminação: Freddy Bonneau. Cenografia: Philippe Karpinski. Figurinos: Chrystel Zingiro, Han Jin-Gook, Lee Young-Hee. Assistente artístico: Valentina Romito. Produção: Centre Chorégraphique National Roubaix Nord-Pas de Calais com a coloboração da Quinzaine du Japon.

(Com Assessoria do Espetáculo)

Tenor Rinaldo, descoberto por Raul Gil, fará show em Fortaleza

O jovem tenor Rinaldo Viana fará uma apresentação única nesta sexta-feira, a partir das 21 horas, no Teatro do Via Sul Shopping, em Fortaleza. O show terá participação especial da cantora cearense Fhatima Santos. Dono de uma voz potente e marcante, Rinaldo se espelhou no saudoso Luciano Pavarotti para iniciar sua carreira lírica e interpretar temas da música popular.

Rinaldo foi descoberto através do tradicional show de calouros do apresentador Raul Gil (ex-Record e hoje SBT) em 2001. Ele nunca havia estudado música até os 21 anos. Vindo de família humilde da periferia de São Paulo, trabalhou como mecânico no Senai.

Após o sucesso do programa, lançou os cds “Romance” (2001) e “Tempo de Amar” (2002), em parceria com a soprano Liriel Domiciano – com venda total de 900 mil cópias; e “Amor em 5 idiomas” (2004), cd solo onde interpretou grandes nomes da música mundial. Durante seis meses, também integrou o elenco do espetáculo “O Fantasma da Ópera”, apresentado no Teatro Abril

O próximo trabalho do tenor é um cd onde resgata clássicos da música popular brasileira, como “Mia Gioconda”, de Vicente Celestino e “Brigas”, de Evaldo Gouveia e Jair Amorim. Rinaldo atualmente desenvolve o projeto “Tenor nas Escolas”, cujo objetivo é divulgar música lírica para crianças, além de demonstrar a música popular com entonação lírica, baseado nos trabalhos de Andrea Bocelli e Luciano Pavarotti.

SERVIÇO

* Mais informações: 3404-4027 e www.teatroviasul.com.br

Entidades homossexuais vêem Senado mais receptivo às suas causas

“Análise preliminar da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transgêneros (ABGLT) aponta para uma composição do Senado, a partir de fevereiro, mais favorável aos temas dos direitos humanos, incluindo os relacionados aos homossexuais. O presidente da Associação, Toni Reis, manifestou otimismo em relação à nova legislatura.

– O que esperamos do Congresso é que ele seja laico. Não temos um estado religioso como o Irã, aqui é uma democracia e nós também somos povo, queremos ser representados – disse.

De acordo com os cálculos da associação, 20 dos novos senadores eleitos podem ser considerados aliados – por integrarem a chamada Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT, por terem assinado o termo de compromisso da associação para estas eleições ou por já terem atuado favoravelmente às causas homossexuais em outras instâncias. Além deles, conforme a entidade, há outros quatro senadores aliados em meio de mandato.

Mesmo lamentando a derrota da senadora Fátima Cleide (PT-RO), cuja confirmação ainda depende do julgamento da candidatura de Ivo Cassol, Toni Reis comemorou a vinda de outros parlamentares, como Roberto Requião (PMDB-PR), Lídice da Mata (PSB-BA), Gleisi Hoffman (PT-PR)e Marta Suplicy (PT-SP), autora, em 1995, do primeiro projeto de união civil entre pessoas do mesmo sexo.

Na Câmara, a Associação identifica 154 deputados aliados, incluindo Jean Willys (PSOL-RJ), o primeiro ativista gay a ser eleito para o Congresso Nacional. Terminada a eleição, o objetivo da associação passa a ser conscientizar os parlamentares, por meio de audiências públicas, seminários e encontros em busca de mais apoio.

A entidade tem interesse especial na aprovação no substitutivo ao PLC 122/06, que torna crime a discriminação contra idosos, deficientes e homossexuais, relatado por Fátima Cleide. Toni Reis explicou que a senadora eleita Gleici Hoffman já se propôs a estabelecer um diálogo com grupos religiosos para tentar negociar a aprovação do projeto, apesar da oposição ao texto já manifestada pelos senadores reeleitos Magno Malta (PR-ES) e Marcelo Crivella (PRB-RJ).

– Vamos aprovar leis favoráveis em algum momento, seja o PLC 122 ou outro. Enquanto isso vamos dialogando, negociando e vendo o que é melhor para nossa comunidade. Só queremos exercer a nossa cidadania e que os artigos 3º e 5º da Constituição federal [que tratam do combate à discriminação] sejam cumpridos no Brasil – afirmou.

Além do projeto que pune a discriminação, a comunidade de gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transgêneros deve centrar forças na tramitação de projeto que permite a união estável – o que não inclui o casamento religioso, salientou Toni Reis – e do que permite aos transexuais incluírem, nos documentos, o nome pelo qual são conhecidos.

Elina Rodrigues Pozzebom / Agência 

Análise preliminar da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transgêneros (ABGLT) aponta para uma composição do Senado, a partir de fevereiro, mais favorável aos temas dos direitos humanos, incluindo os relacionados aos homossexuais. O presidente da Associação, Toni Reis, manifestou otimismo em relação à nova legislatura.

– O que esperamos do Congresso é que ele seja laico. Não temos um estado religioso como o Irã, aqui é uma democracia e nós também somos povo, queremos ser representados – disse.

De acordo com os cálculos da associação, 20 dos novos senadores eleitos podem ser considerados aliados – por integrarem a chamada Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT, por terem assinado o termo de compromisso da associação para estas eleições ou por já terem atuado favoravelmente às causas homossexuais em outras instâncias. Além deles, conforme a entidade, há outros quatro senadores aliados em meio de mandato.

Mesmo lamentando a derrota da senadora Fátima Cleide (PT-RO), cuja confirmação ainda depende do julgamento da candidatura de Ivo Cassol, Toni Reis comemorou a vinda de outros parlamentares, como Roberto Requião (PMDB-PR), Lídice da Mata (PSB-BA), Gleisi Hoffman (PT-PR)e Marta Suplicy (PT-SP), autora, em 1995, do primeiro projeto de união civil entre pessoas do mesmo sexo.

Na Câmara, a Associação identifica 154 deputados aliados, incluindo Jean Willys (PSOL-RJ), o primeiro ativista gay a ser eleito para o Congresso Nacional. Terminada a eleição, o objetivo da associação passa a ser conscientizar os parlamentares, por meio de audiências públicas, seminários e encontros em busca de mais apoio.

A entidade tem interesse especial na aprovação no substitutivo ao PLC 122/06, que torna crime a discriminação contra idosos, deficientes e homossexuais, relatado por Fátima Cleide. Toni Reis explicou que a senadora eleita Gleici Hoffman já se propôs a estabelecer um diálogo com grupos religiosos para tentar negociar a aprovação do projeto, apesar da oposição ao texto já manifestada pelos senadores reeleitos Magno Malta (PR-ES) e Marcelo Crivella (PRB-RJ).

– Vamos aprovar leis favoráveis em algum momento, seja o PLC 122 ou outro. Enquanto isso vamos dialogando, negociando e vendo o que é melhor para nossa comunidade. Só queremos exercer a nossa cidadania e que os artigos 3º e 5º da Constituição federal [que tratam do combate à discriminação] sejam cumpridos no Brasil – afirmou.

Além do projeto que pune a discriminação, a comunidade de gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transgêneros deve centrar forças na tramitação de projeto que permite a união estável – o que não inclui o casamento religioso, salientou Toni Reis – e do que permite aos transexuais incluírem, nos documentos, o nome pelo qual são conhecidos.”

(Agência Senado)

Plantão Gramatical comemora 30 anos

A programação festivos dos 30 anos de criação do Plantão Gramatical será lançada nesta quinta-feira, durante café a manhã, a partir das 8 horas, no auditório do Imparh, no bairro Damas, em Fortaleza. Em seguida, os professores Maria de Jesus (UFC), Nukácia Meyre e Myrson Lima darão palestra sobre o tema “A Abordagem da Gramática Normativa pelo Enem”.

Responsável por esse serviço que tira dúvidas da população sobre a Língua Portuguesa, o Imparha divulgará ainda detalhes de uma conferência a ser ministrada pelo professor Evanildo Bechara, da Academia Brasileira de Letras. Esse evento integrará a programação festiva do Plantão Gramatical, que se estende até novembro.