Blog do Eliomar

Últimos posts

Campeão olímpico mendiga nas ruas

O ex-ginasta chinês Zhang Shangwu, que ganhou duas medalhas de ouro nos Jogos Mundiais Universitários de Pequim 2001, foi descoberto mendigando na rua após passar quase quatro anos na prisão por roubo.

Zhang, de 28 anos, saiu da prisão em abril, empenhou suas duas medalhas em 2007 por cerca de 50 iuanes cada uma (o equivalente a US$ 7) e pouco depois foi detido por roubar computadores, celulares e outros materiais em uma escola de esporte de Pequim.

Em abril deste ano saiu de prisão e desde então esteve pedindo e dormindo na rua, até que os meios de imprensa chineses o descobriram.

Uma grave lesão no calcanhar de Aquiles o afastou do time nacional. Sua lesão e a falta de uma educação superior, o impediram de encontrar um trabalho, o que o levou à delinquência e a mendicância, segundo contou o próprio Zhang à imprensa.

De acordo com o jornal “South China Morning Post”, o caso de Zhang não é isolado e “reflete o destino de milhares de jovens que se dedicam em tempo integral a árduos programas de treinamento desde a infância, não pensando em mais nada a não ser ganhar uma medalha nas Olimpíadas”.

O jornal lembra outros casos, como a ex-campeã de maratona Ai Dongmei, que também vendeu suas medalhas depois que seu marido ficou sem trabalho, ou a do campeã nacional de halterofilismo Zou Chunlan, que anos depois foi descoberta por acaso trabalhando de massagista em um banho público.

Uma rede hoteleira ofereceu trabalho ao ex-atleta, enquanto uma fundação liderada pela campeã olímpica de patinação de velocidade Yang Yang entrou em contato com Zhang para dar-lhe atendimento psicológico.

Vamos nós – Quantos ex-jogadores de futebol e demais atletas brasileiros não se encontram em situação igual? Lembram do Tiquinho?

(UOL)

Kits sanitários – Toma que o filho é Teo?

287 3

Quando é mesmo que o deputado estadual tucano Teo Menezes dará o ar da graça para explicar direitinho sua relação com o caso do contrato firmado pela Secretaria das Cidades com uma associação cultural de Pindoretama? O contrato foi de R$ 400 mil e o objetivo é construir kits sanitários.

A associação não tinha endereço definido mas, dias depois, apareceu ocupando um canteiro de obras de um motel não concluído. Houve exoneração da presidente da entidade, que tinha cargo comissionado no Tribunal de Contas do Estado (TCE), presidido pelo pai do deputado, no caso Teodorico Menezes, e nada de Teo vir a público esclarecer o fato.

Urge explicações não somente do parlamentar, mas também do Governo do Estado e de quem assinou o tal concreto, no caso o ex-titualr das Cidades e hoje presidente do BNB, Jurandir Santiago. Em nome da transparência.

Crise no MT – Dilma age rápido de olho na classe média

“Ao mens uma preocupação orientou o governo na crise no Ministério dos Transportes desde seu primeiro dia: a repercussão do escândalo na classe média. A presidente Dilma Rousseff viu dados de pesquisas internas de opinião, analisou o impacto do caso nesse estrato social e, em seguida, concluiu que “a linha (de ação) está boa”.

Interlocutores descreveram a cena, afirmando que a decisão de afastar rapidamente os suspeitos de irregularidade da pasta “pegou bem” entre os entrevistados com melhor remuneração, justamente a base social que Dilma quer pavimentar como ativo político neste mandato. No primeiro dia da crise, a presidente determinou o afastamento de quatro servidores citados em reportagem da revista “Veja” como operadores de um esquema de corrupção no ministério, no Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e na Valec, estatal de ferrovias.

Quatro dias mais tarde, caía o então ministro Alfredo Nascimento. Aliados no Congresso protestaram contra o desligamento “apressado” de apadrinhados políticos, alegando ausência de provas para um rito sumário. Praticamente todos os suspeitos citados pela imprensa deixaram seus cargos em questão de horas.

Perda de pontos

Aós a experiência “pedagógica” na crise que derrubou Antonio Palocci da Casa Civil, o Planalto decidiu agir rápido nos Transportes para não perder mais pontos com a classe média. Com Palocci, Dilma levou três semanas para sacramentar a demissão de seu auxiliar mais poderoso. A demora custou-lhe perda indiscutível de apoio nessa camada específica.

“Ficou muito claro para a população que ela deveria ter sido mais rápida. Acho que a postura atual, de demorar poucas horas, é um reflexo [da crise anterior]”, afirmou Mauro Paulino, diretor do Datafolha. Tanto que a imagem de “indecisa” de Dilma pulou de 15% em março para 34% em junho. Ela também viu crescer sua avaliação negativa entre aqueles com remuneração superior a 10 salários mínimos -de 9%, em março, para 20% em junho.

Nesse mesmo corte, 79% avaliaram que a crise envolvendo a Casa Civil foi prejudicial ao governo. “É muito clara a postura mais crítica da classe média do que na base da pirâmide social”, disse Paulino. Como houve lentidão para definir o destino de Palocci, Dilma decidiu ter pressa com Alfredo Nascimento e alguns de seus comandados.

Nas palavras de um ministro, “Dilma quer mostrar a todos, mas sobretudo à classe média, que não tem contemplação com desvio ético”. No passado, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva era criticado por manter em sua equipe servidores acusados de cometer irregularidades. Como mantra, ele dizia que cabia ao acusador o ônus da prova.” 

(Folha.com)

Homem tenta roubar caminhão e provoca tombamento do veículo no Centro

“Um homem tentou roubar um caminhão que transportava pneus no Centro de Fortaleza, na madrugada desta segunda-feira, 18. A ação foi impedida pela Polícia. Durante a fuga, o acusado levou um tiro de raspão nas costas.

O acusado, Elvis Rodrigues, 34 anos, provocou o tombamento do caminhão. O acidente ocorreu no cruzamento da rua Padre Ibiapina com avenida Bezerra de Menezes, nas proximidades do Mercado São Sebastião, no Centro, por volta de 3h15.

Elvis recebeu atendimento no Instituto Doutor José Frota (IJF) e está detido no 1º Distrito Policial (Monte Castelo).
Segundo a assessoria de comunicação da AMC, com o acidente, o sentido Norte-Sul da rua Padre Ibiapina está bloqueado. O fluxo de veículos, nos dois sentidos, foi direcionado para o sentido Sul-Norte.”

(O POVO Online)

Funarte anuncia mais de R$ 100 milhões em projetos

“O presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), Antonio Grassi, anuncia hoje (18) os programas de fomento às artes em 2011. Serão investidos mais de R$ 100 milhões em projetos nas áreas de teatro, dança, circo, música, artes visuais e integradas. O anúncio será feito às 11h, na Sala Funarte Sidney Miller, na capital fluminense.

Segundo a Funarte, as ações contemplarão projetos de produção, formação de público, pesquisa, residências artísticas e produção crítica sobre arte, entre outros.

Também está previsto o lançamento de prêmios de incentivo à produção teatral e à dança, além dos Microprojetos Mais Cultura Rio São Francisco. O programa será desenvolvido em parceria com o Ministério da Cultura, com investimento total de R$ 16 milhões. Os segmentos contemplados serão: artes visuais, música, artes cênicas, literatura, audiovisual, artesanato, artes e expressões populares, e moda.”

 (Agência Brsil)

Jardim Japonês – Algumas cerâmicas já se soltaram

440 9

É bom mesmo que haja uma paradinha durante a semana para trabalhos de manutenção no Jardim Japonês, obra entregue pela prefeita Luizianne Lins (PT) há menos de seis meses, mas que deveria ter sido inaugurada há mais de um ano.

Como a foto mostra, placas de cerâmica do local já estão caindo, o que exige providência imediata para garantir a beleza do local, que virou point de visitação turística.

(Foto – Blog Contraponto Fortaleza)

Novo presidente da UNE é ligado ao PCdoB

235 4

“Com mais de 75% dos votos, Daniel Iliescu, de 26 anos, foi eleito [ontem] presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE) para os próximos dois anos. Ele é ex-presidente da União Estadual dos Estudantes do Rio de Janeiro e estuda Ciências Sociais na Universidade Federal do Rio.

Iliescu encabeçou a chapa ligada à atual diretoria, comandada pela União da Juventude Socialista, vinculada ao PCdoB. Com isso, a UNE continuará politicamente bem próxima do governo federal.

A eleição foi no Ginásio Goiânia Arena, no fim do 52º Congresso da UNE realizado desde quarta-feira, com oito mil estudantes. A chapa Movimento Unificado Para Mudanças no Brasil recebeu 2.369 votos, e a segunda colocada, 581. Das sete chapas inscritas, apenas quatro concorreram. Uma desistiu em protesto contra a atual diretoria, e duas se aliaram ao grupo do PCdoB.

O grupo eleito comanda a UNE há mais de 20 anos. Iliescu promete manter o bom relacionamento com o governo, que teria aberto as portas à UNE nos últimos anos, principalmente no governo Lula.

No local da votação havia faixas e banners de partidos políticos como PT, PCdoB, PMDB, PTB, além de imagens de Che Guevara e Lula. O congresso teve custo de R$ 4 milhões, financiados com verbas da Petrobras e com infraestrutura cedida pelo governo de Goiás e pela Prefeitura de Goiânia.

Segundo Iliescu, ser bancado com verbas do governo não torna o movimento chapa-branca:

– O governo sempre financiou outras entidades e a imprensa nunca criticou. Isso não influencia nossa política de reivindicações, que são contrárias ao que prega o governo.”

(O Globo)

Enade – Inscrições começam nesta 2ª feira

“Começam nesta segunda-feira as inscrições para o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade). Podem se candidatar alunos ingressantes e concluintes de cursos de educação superior. O prazo de inscrições termina no dia 19 de agosto. As provas serão aplicadas em 6 de novembro, em todo o país.

As inscrições são de responsabilidade das instituições de ensino públicas e particulares cujos cursos serão avaliados nesta edição do exame. Pelas previsões do Ministério da Educação (MEC), 1,2 milhão de estudantes devem se inscrever este ano e cerca de 400 mil farão o Enade.

A prova – com duração de quatro horas – terá 30 questões de componente específico e dez de formação geral.”

(Agência Brasil)

Nomeção de diretorias do BNB gera impasse no PT

165 2

 

A ministra Ideli Salvati (Relações Institucionais) receberá, nesta terça-feira, em Brasília, membros da bancada federal cearense. Ouvirá reclamações sobre concentração de cargos de diretoria do Banco do Nordeste do Brasil nas mãos só do Partido dos Trabalhadores. O presidente do BNB, Jurandir Santiago, foi convocado.

A chiadeira sobre as diretorias do BNB tem nome e alvo: o deputado federal José Nobre Guimarães (PT) que, além de contar com dois diretores, ainda indicou o presidente Jurandir Santiago, em parceria com Cid Gomes (PSB).

Tem gente dentro do próprio PT chiando contra o que qualifica de “aparelhamento” do banco por parte do grupo de Guimarães.

Aprece realiza assembleia extraordinária nesta 2ª feira

350 1

A Associação dos Prefeitos e Prefeituras do Ceará (Aprece) vai realizar, a partir das 9 horas desta segunda-feira, no auditório do Sebrae, em Fortaleza, um assembleia extraordinária. O encontro tratará sobre a I Conferência Nacional da Transparência e do Controle Social (Consocial), que será realizada em 2012 com o tema “A sociedade no acompanhamento e controle da Gestão Pública”.

O vice-governador Domingos Filho (PMDB) falará sobre as etapas estadual e municipais do evento, que contará ainda com a presença de João Melo, titular da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE), e do representante da Controladoria Geral da União (CGU), Cláudio Santos. A coordenação da Conferência em nível nacional é da CGU e em nível estadual fica por conta da Vice-Governadoria e da CGE, com apoio da Aprece.
 
A presidente da Aprece, Eliene Brasileiro, também falar sobre o Portal da Transparência e o Diário Oficial dos Municípios, ferramentas que foram criadas para dar maior publicização das ações nos municípios. Também serão divulgadas orientações sobre a prorrogação e restos a pagar e informações sobre a parceria da Caixa Econômica e a Aprece, através da Escola de Gestão Municipal, que está realizando novos cursos.

Durante a assembleia da Aprece também será apresentada e votada a pauta de geral a ser tratada com o governador Cid Gomes pela diretoria da entidade,nest aterça-feira.
 
DETALHE – Será que a Aprece incluirána agenda a temporada de denúncias que o Ministério Público do Estado abriu contra prefeitos?

Prefeita de Pindoretama espera explicações de deputado

172 1

“Cabo eleitoral assumida do deputado estadual Téo Menezes (PSDB), a prefeita de Pindoretama, Regina Albino (PSDB), disse ontem acreditar que Téo será capaz de apresentar argumentos que esclarecem seu suposto envolvimento com o escândalo dos banheiros.

Durante entrevista, Regina não fez acusações a Téo, mas demonstrou esperar que o deputado se explique sobre o assunto – já que Téo foi beneficiado com dinheiro doado ano passado por Renata Guerra, presidente da associação cultural que recebeu os recursos do Governo do Estado para a construção dos banheiros que não existem.

A prefeita se demonstrou insatisfeita com a exposição do nome do município. Segundo ela, o episódio está prejudicando a cidade. Regina disse ainda que sequer sabia que Téo havia recebido dinheiro da presidente da Associação Cultural de Pindoretama para sua campanha em 2010.

Ela confirmou, entretanto, que deu apoio a Téo Menezes na última eleição para deputado. Durante a entrevista, diversas vezes a prefeita ressaltou que a Prefeitura de Pindoretama não tem envolvimento algum com o caso.”

(O POVO)

PSDB Mulher faz encontro em Fortaleza

171 3

Thelma preside o PSDB Mulher no País.

O ex-senador Tasso Jereissati e o deputado federal Raimundo Gomes de Matos que respondem pela presidência nacional do Instituto Teotônio Vilela e o ITV estadual, respectivamente, comandam nesta segunda-feira, a partir das 9h30min, encontro politico destinado às mulheres do PSDB mulher. O evento será realizado no Hotel Oásis Atlântico, em Fortaleza.

A deputada federal Thelma de Oliveira (PSDB/MT), presidente nacional do PSDB Mulher, estará presente ao encontro que terá entre conferencistas a jornalista e professora Adísia Sá. Ela abordará o tema “A Mulher na Política, no Estado e na Sociedade”. O PSDB estima a participação de 200 pessoas aé as 16 horas, quando o encontro será encerado.

PMDB quer manter liderança nacional como partido em 2012

“O PMDB já começou a se mexer para manter o status de líder em número de prefeitos nas eleições de 2012. Mais do que um título ou uma soma, o que está em jogo para o PMDB é a “marca” de partido municipalista, de partido com “maior capilaridade” no país.

Desde que bateu recorde na corrida municipal, elegendo 1.256 prefeitos ao final do governo Fernando Henrique Cardoso, o PMDB vem perseguindo esse número. Passou perto em 2008, quando venceu em 1.239 cidades, mas esse total acabou minguando com a migração de alguns quadros para outras legendas.

Já o PT, que saiu das urnas com 578 prefeitos nas últimas eleições, só fez crescer de lá para cá – das eleições de 2000 para as 2008, o número de prefeituras do PT aumentou 209%. O secretário nacional de Organização do PT, Paulo Frateschi, porém, mantém mistério sobre a estratégia do partido. “Estão todos dizendo que 2012 é o ano do PT, mas nós ainda não temos uma conta nem fizemos estimativas”.

Bem diferente do PMDB, cujo presidente e senador Valdir Raupp (RO) apregoa a previsão de manter a marca do partido com 2 mil novo prefeitos e 10 mil vereadores. O líder na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), aposta na vitória em 1.500 municípios.

Nos bastidores do PMDB, parlamentares mais experientes reconhecem que não será fácil ir além das 1.250 prefeituras, sobretudo com um quadro partidário cada vez mais pulverizado – e, de quebra, com um cenário marcado pelo fortalecimento de legendas menores, como PSB, PR e PP.

Além disso, o partido entende que agora tem menos instrumentos de ação política do que tinha no governo Lula, pois perdeu ministérios que atuam mais fortemente nos municípios e mantém contato direto com eleitores das diferentes regiões. É o caso da Saúde e das Comunicações, ambos nas mãos do PT. E os peemedebistas lembram que toda cidade tem sempre uma agência dos Correios, um posto de saúde e uma ambulância, pelo menos.”

(R7.com)

PT ocupa principais cargos de direção nos Correios. No Ceará, também

174 1

“Uma mudança cirúrgica no estatuto dos Correios, feita em maio deste ano, permite ao Partido dos Trabalhadores aparelhar os principais cargos de direção, chefia e gerência da estatal. “Dono” dos Correios no governo da presidente Dilma Rousseff, após uma longa hegemonia do PMDB na era Lula, o partido poderá agora levar funcionários de carreira de outros órgãos do governo para assumir vagas de presidentes de comissões de licitação, diretores regionais, superintendentes executivos, diretores regionais, chefes de departamento, coordenadores de negócios e de operações, entre outros cargos.

Até então, essas funções só podiam ser ocupadas por servidores concursados da estatal. A partir de agora, o governo está livre para tirar os funcionários de carreira e trocá-los por apadrinhados políticos.

A manobra está no Decreto 7.483, assinado no dia 16 de maio pela presidente Dilma Rousseff e pelos ministros Paulo Bernardo (Comunicações) e Miriam Belchior (Planejamento). A decisão, que não precisou passar pelo crivo do Congresso, criou dois artigos que não existiam antes, os de número 43 e 44.

Os artigos permitem aos Correios requisitar, da administração pública direta e indireta, funcionários para ocupar “funções gerenciais e técnicas” na estatal. Serão atingidas as unidades regionais e as vinculadas à diretoria executiva da empresa.

A estatal foi palco de grandes escândalos no governo passado, incluindo o do mensalão, em 2005, e a queda de Erenice Guerra da chefia da Casa Civil no ano passado. Erenice era o braço direito de Dilma quando a petista comandava a pasta.

Agora, no governo Dilma, o PT foi escalado para tentar mudar a fama ruim dos Correios.”

(Agência Estado)

NO CEARÁ, por exemplo, quem assumiu a direção regional foi o petista Haroldo Aragão. Ele é funcionãrio de carreira, mas sua nomeação só saiu depois de trabalho político do deputado federal petista Artur Bruno.

Seleção é desclassificada, mas Mano continua

201 3

“Apesar da precoce eliminação do Brasil da Copa América, após perder para o Paraguai nos pênaltis nas quartas de final, o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, tratou de rapidamente demonstrar seu apoio ao treinador Mano Menezes, antes que a especulação sobre uma possível queda começasse a circular.

“O Mano continua como técnico da seleção porque houve evolução da primeira partida para essa última e o trabalho está dentro do planejado”, disse o cartola, por meio da diretoria de comunicação da entidade máxima do futebol nacional.

Após empate sem gols no tempo normal e na prorrogação, o Brasil foi eliminado ao perder por 2 a 0 para o Paraguai na disputa de pênaltis. Elano, André Santos, Thiago Silva e Fred erraram as suas cobranças.

O objetivo do selecionado nacional era conquistar o tricampeonato inédito do torneio sul-americano. A campanha, porém, foi pífia, com três empates e apenas uma vitória (4 a 2 sobre o Equador).

Nos quatro anos que antecederam a Copa do Mundo de 2010, Dunga passou por momentos em que seu cargo foi ameaçado, principalmente após derrotas para Venezuela e Paraguai e empates em casa diante de Argentina e Bolívia, em 2008. O treinador seguiu até a África do Sul.

Mano Menezes apresenta como maior deficiência resultados negativos em clássicos, como os tropeços diante de Argentina e França (1 a 0 ambos) e o empate por 0 a 0 contra a Holanda. A partir de agosto, acontecerão amistosos difíceis, contra Alemanha, Argentina, Itália e Espanha.”

(Portal Uol)

Brasil ainda tem 87% das estradas sem pavimentação

218 1

“Enquanto o Ministério dos Transportes passa por uma crise, com denúncias de corrupção, superfaturamento de obras e demissão de ministro e diretores do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit), a situação das estradas brasileiras continua caótica, num retrato do atraso no setor. Esburacadas, sem acostamento e, em sua maioria, sem asfalto, são um dos gargalos para que o país cresça em condições de competir com seus concorrentes entre os países emergentes.

Em 2010, do 1,5 milhão de quilômetros de estradas brasileiras, apenas 212 mil quilômetros, ou 13%, eram pavimentados, de acordo com o Dnit. Os outros 87% não têm qualquer tipo de pavimentação.

Uma pesquisa feita ano passado pelo instituto Ilos, com cerca de 15 mil profissionais de logística das maiores empresas do Brasil, revelou que 92% deles apontaram a má conservação das estradas como o principal problema de infraestrutura do país. A malha rodoviária insuficiente foi citada por 68% dos entrevistados. A duplicação da BR-101, assim como as dragagens portuárias, são os projetos da primeira etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Segundo o Ilos, para que as estradas atuais sejam avaliadas como boas ou ótimas, é preciso investir R$ 64,7 bilhões em recuperação e R$ 747 bilhões em pavimentação das estradas já existentes. A soma, que chega a R$ 811 bilhões, é 19 vezes maior que os R$ 43,5 bilhões previstos no PAC 1, de acordo com o instituto.

Investimento caiu, diz especialista

O estudo do Ilos mostra que, em relação à quantidade de quilômetros pavimentados em estradas, o Brasil está muito atrás da maioria dos outros países que compõem o bloco de emergentes Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). A Índia, por exemplo, cuja extensão territorial representa 35% da brasileira, tem 1,5 milhão de quilômetros de rodovias pavimentados.

– No Brasil, a primeira estrada pavimentada foi a Rodovia Presidente Dutra, em 1950. Os outros países começaram a investir antes, no século XIX. A outra razão é que, até 1974, o governo investia de forma crescente em rodovias. Em 1974, os investimentos chegaram a 1,8% do PIB. Ano passado, o investimento foi de apenas 0,8% do PIB – explica o presidente do Instituto Ilos e professor da Coppead-UFRJ, Paulo Fleury.

A qualidade das rodovias brasileiras também deixa muito a desejar. Apesar de a última pesquisa da Confederação Nacional dos Transportes (CNT) – feita em 90 mil quilômetros de rodovias no ano passado – apontar que aumentou o índice de rodovias com estado geral considerado ótimo ou bom, em comparação com 2009, o percentual de vias ruins ou péssimas chega a 25%.

Segundo a CNT, na Região Norte do Brasil, 55% das estradas são consideradas ruins ou péssimas.

– É muito buraco, estradas sem acostamento. A situação está de ruim a pior. Na BR-174, que liga Manaus a Boa Vista, tem crateras. Eu tive muita esperança quando colocaram um ministro de Transportes de Manaus (Alfredo Nascimento) e aconteceu o que aconteceu. O que a gente vai esperar agora? – pergunta o presidente da Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários da Região Norte, Manoel Farias Rodrigues.

O Ministério dos Transportes alega que o investimento no sistema rodoviário tem aumentado anualmente e que, em 2010, investiu R$ 11 bilhões no setor. Até junho, foram aplicados R$ 4,4 bilhões, e a previsão é que mais R$ 13 bilhões sejam gastos.

Segundo o Dnit, cerca de 4,1 mil quilômetros de rodovias federais estão sendo pavimentados e 915 quilômetros passam por duplicação. Além disso, 27 mil quilômetros estão sendo recuperados e 32 mil quilômetros serão recuperados até 2012.

Setor defende concessões

O vice-presidente da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), Ralph Lima Terra, diz que o governo tem investido mais, mas que as melhorias ocorrem em ritmo inferior ao necessário:

– A situação das rodovias ainda é absolutamente insuficiente em função das necessidades do país. Precisamos acelerar o processo de concessão das rodovias brasileiras e intensificar a aplicação de recursos nas estradas que existem e que não são administradas por concessionárias – diz.”

(Globo.com)