Blog do Eliomar

Últimos posts

Álvaro Dias: Crescimento econômico no Governo Lula é herança tucana

106 1

“O senador Álvaro Dias (PSDB/PR) afirmou, nesta segunda-feira, em entrevista ao programa “É Notícia” da Rede TV, que “não há razão para comemorar” o crescimento econômico atribuído ao governo Lula. Segundo o parlamentar, o Brasil “cresceu pouco” e desperdiçou oportunidades na atual administração. Dias afirmou que o crescimento e a estabilidade econômica se devem principalmente aos governos anteriores de Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso que, com o Plano Real, plantaram as bases do que acontece hoje e não têm o reconhecimento por isso. Segundo ele o governo Lula “desdenha o passado recente, mas colhe os frutos” e deve o “momento razoável na economia do País” aos antecessores. Mas, para o senador, ainda há muito para ser feito. “Não podemos nos conformar” , disse.

Sobre a indicação de seu nome para a vice-presidência na candidatura de José Serra e a posterior escolha de Indio da Costa (DEM/RJ), Dias afirmou que foi uma honra ter sido cogitado e não guarda ressentimento. “Não postulei a função, mas estava entusiasmado”. O parlamentar paranaense deixou de ser a opção do PSDB quando seu irmão, o senador Osmar Dias (PDT), anunciou candidatura ao governo do Paraná pela coligação PT-PMDB, o que teria inviabilizado a sustentação de seu nome a vice de Serra. Segundo Dias, a vice-presidência da coligação “é um lugar que sempre foi ocupado pelo DEM” e a indicação do nome de Indio foi legítima. Sobre Indio da Costa, Dias afirmou: “É responsabilidade do DEM. É uma figura simpática. Não conheço suas qualidades, mas deve as ter, porque o DEM o indicou. Temos que avalizar”.

Sobre o favoritismo de Dilma nas pesquisas, o senador afirmou que é muito cedo para saber. “Tudo está para ser feito em termos de campanha eleitoral. A campanha ainda não começou. O que há de intenção de voto ainda não se definiu”, afirmou. O senador defendeu o uso de maior agressividade da oposição no combate político ao governo Lula. Segundo ele, os partidos de oposição perderam a chance de mobilizar entidades para viabilizar o processo de impeachment do presidente à época do mensalão. “Razões objetivas existiram”, disse. Dias afirmou que o mensalão foi arquitetado dentro do gabinete da presidência.

Questionado sobre o alto índice de aprovação do governo Lula e a baixa popularidade dos governos anteriores, de FHC e Itamar Franco, Dias afirmou que houve uma desconstrução de imagem desde o começo da administração atual. E afirmou, ainda, que Lula tem méritos. “É um comunicador. Especialista em comunicação de massa”. Mas, segundo Dias, a aprovação do governo Lula seria uma “ilusão passageira”. Para ele, a gestão atual apenas preservou o que vinha dando certo desde FHC. “O bolsa-família foi somente a reunião de vários programas anteriores”, disse.”

(Portal Terra)

Sebrae leva capacitação para o Interior

O Sebrae-CE retoma, a partir da segunda quinzena deste mês, os seminários de capacitação dos microempresários do Interior. No roteiro, segundo o presidente do Conselho de Administração do órgão, Jorge Parente, Tianguá e Crateús.

O objetivo desses encontros é colocar à disposição do microempresário do Interior todo o arsenaltécnico do órgão em termos de capacitação para negócios, aprimoramento de venda, uso do marketing e descoberta de novos nichos de investimento. “Descentralizar as ações do Sebrae é o nosso objetivo”, garante Jorge Parente.

Grupo M. Dias Branco tem um ex-presidente do BC em seu conselho

O Grupo M. Dias Branco, que tem sede no município de Eusébio (Região Metropolitana de Fortaleza), conta agora com o ex-presidente do Banco Central, Afonso Celso Pastore, em seu conselho de administração.

Em assembleia geral realizada na última semana, o nome de Pastore teve aprovação. O Grupo M. Dias Branco é um dos maiores do mundo no ramo de massas alimentícias.

Orquestra Elezar de Carvalho abre inscriçõe para novos músicos

A Associação Artística de Concertos do Ceará (AACC) recebe, até o próximo dia 11 de agosto, inscrição de músicos que queiram fazer parte da Orquestra de Câmara Eleazar de Carvalho (Orcec). Estão abertas quatro vagas para ingresso imediato na formação que é referência da música de concerto do Ceará desde sua fundação, em 22 de dezembro de 1996.

As vagas abertas são para um profissional de viola (1ª Estante – Classe A – Nível 1) e três profissionais de cordas e percussão (Classe B – Nível 2). No caso destas vagas para músico Nível 2, serão convocados os candidatos que obtiverem a nota mais alta, independente do instrumento.

A banca examinadora será formada por profissionais indicados pela AACC. A seleção se dará por meio de três provas, todas eliminatórias: Prova de Confronto, que consiste na execução de peça determinada no programa constante deste Regulamento; Prova de Livre Escolha, que consiste na execução de uma peça e/ou um trecho de livre escolha do candidato; Prova de Leitura à Primeira Vista, que consiste na execução de peças escolhidas pela Banca Examinadora.

Para o preenchimento das vagas disponibilizadas na seleção, o candidato não deverá ter necessariamente formação completa no Curso de Graduação em Música. No entanto, o candidato deverá comprovar seu histórico de formação musical e experiência profissional, por documentos a serem entregues na data da realização da prova, marcada para 16 de agosto. O resultado da seleção será divulgado no mesmo dia.

SERVIÇO

Aviso e o regulamento da seleção estão disponíveis no sítio da Orcec na Internet (www.orquestra-ce.org.br).

(Com site da Orcec)

OAB/CE já em clima de campanha para vaga de desembargador

A Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, marcou para o próximo dia 30, consulta pública para vaga de desembargador. Vinte advogados já estão em campanha. Segundo o presidente da OAB/CE, Valdetário Monteiro, os 12 mais votados passarão pelo crivo do Conselho Estadual da Ordem, que selecionará seis.

Em seguida, essa lista será enviada para o Pleno do Tribunal de Justiça do Estado que reduzirá para três e remeterá para o governador escolher o novo desembargador. Na eleição para os 12 nomes, cada advogado pode votar em três candidatos.

Presidente nacional do PT é internado em Brasília

“O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, passou mal na manhã desta segunda-feira durante reunião da Executiva do partido em Brasília. Dutra sentiu fortes dores no peito e foi levado para o hospital de Base da capital federal.

Segundo assessores do PT, ele recebeu os primeiros socorros do ex-ministro Humberto Costa, que é médico. Dutra deve passar por exames no hospital. A reunião da Executiva continua para discutir alianças nos Estados com a nova regra de verticalização e também ajustes nos programas de governo, que precisam ser entregues ainda hoje ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).”

(Folha.com)

Código Florestal – Relator muda parecer

“O deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), relator do projeto que modifica o Código Florestal brasileiro, recuou e retirou dos estados a prerrogativa de legislar sobre as áreas de preservação permanente (APP). De acordo com a proposta inicial de Aldo, caberia aos estados e ao Distrito Federal aumentar ou reduzir em 50% as áreas a serem preservadas nas margens dos rios.

O recuo de Aldo foi feito após forte pressão de ambientalistas e do Ministério do Meio Ambiente. Os atuais limites mínimos de preservação nas margens dos rios são determinados por lei nacional. Ambientalistas temiam que, ao permitir que estados legislem sobre APPs, isso poderia ser influenciado por interesses políticos locais e levar a uma redução drástica de áreas preservadas no país.

“Discordo da solução apresentada, que só pode ser imposta, porque reside uma grande ignorância com a realidade. Refuto esse preceito, pois apenas tento proteger os pequenos agricultores. De qualquer forma, pensamos em retirar dos estados a possibilidade de retificar a APPs, contrariando inclusive parecer de estudiosos da Embrapa”, disse Aldo, contrariado.

Na manhã de hoje (5), o deputado apresentou sugestões de mudanças para serem incluídas em seu parecer inicial. As modificações, segundo o relator, só serão acrescentadas ao relatório final após o debate com os membros da comissão especial. O relator explicou que essa é uma determinação regimental.

“Ouvidos os deputados, as sugestões, o posicionamento de cada um sobre o parecer, é que então o relator faz a complementação do voto, acolhendo, modificando e apresentando a versão definitiva”, explicou Aldo.”

(Congresso em Foco)

Instituto Centec lança edital de seleção pública para professor

O presidente do Instituto Centec, Odorico Monteiro, e a secretária da Educação do Ceará, Izolda Cela, lançam nesta terça-feira, às 8h30min, o edital de seleção pública para professores das escolas de educação profissionalizante do Estado.

Segundo Odorico Monteiro, serão ofertadas 186 vagas em 18 áreas de atuação, com  salário de R$ 1.335,00 por 20 horas/semanais. O lançamento ocorrerá durante entrevista coletiva, no auditório do Instituto Centec (Rua Silva Jardim, 515 – José Bonifácio).

SERVIÇO

* O edital da seleção pública estará disponível a partir desta terça-feira no site http://drh.centec.org.br

Homens encapuzados invadem casa do prefeito de Barro

Roberto Bulhões (Juazeiro do Norte) – Três homens encapuzados e armados com pistola e revólveres invadiram, nessa noite de domingo, a residência do prefeito do Barro, José Marquinello Tavares, após render o guarda que trabalha na vigilância. O prefeito estava dormindo e, por volta das 22 horas, foi  surpreendido pelos assaltantes, com uma pistola na cabeça. Segundo Marquinello, os homens queriam dinheiro e jóias, alegando que na casa do prefeito havia um cofre com R$ 200 mil guardados.

O prefeito disse que manteve a calma e mandou que os homens vasculhassem toda casa, que foi revirada por completo. Amarrado dentro do banheiro ao lado de sua mulher, Marquinello Tavares afirmou que o trio estava querendo roubar qualquer coisa e acabou levando os aparelhos celulares, um pouco de dinheiro que estava com ele e até sua aliança de casamento. “Foi uma noite de terror”, disse o prefeito, lamentando o ocorrido.

Depois que os homens foram embora, Marquinello conseguiu se libertar e acionou a polícia. Até agora nenhuma pista do grupo, mas, segundo o próprio prefeito, “a ação é de gente que conhece bem o Barro e pode ter sido até um serviço encomendado”. Policiais do Barro e de Brejo Santo estão responsáveis pelas investigações e a perícia foi acionada em Juazeiro do Norte em busca de impressões digitais no local.

Seman de olho na campanha eleitoral

O secretário municipal do Meio Ambiente e Controle Urbano, Deodato Ramalho, promete fiscalização redobrada, a partir desta terça-feira, quando estará liberada a campanha eleitoral. O objetivo é evitar pichações e outras irregularidades cometidas no período como uso de carro de som no volume inadequado e em horários não definidos por lei.

Nesta segunda-feira, Deodato terá reunião, a partir das 11 horas, com a equipe da Seman para avaliar os procedimentos.  Ainda nesta semana, ele diz que va convocar os dirigentes de partidos políticos para buscar um pacto em favor da cidade e contra abusos.

Programa de Serra foca a produção e Dilma aborda o social

“Os candidatos à Presidência da República já definiram as linhas gerais de seus programas de governo. O PSDB vai dar ênfase à economia, apresentando José Serra como o “presidente da produção”. A petista Dilma Rousseff destacará a manutenção e ampliação de programas sociais.

A definição dos programas foi acelerada nos últimos dias, por causa da nova resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que obriga os partidos a apresentar, no registro das candidaturas, o programa dos candidatos ou ao menos um resumo das propostas. O PT e o PSDB devem entregá-las hoje – último dia para o registro, pelo calendário eleitoral.

A candidata Marina Silva (PV), que oficializou a candidatura na semana passada, expôs na internet as sete diretrizes básicas que orientarão seu programa. Ela aponta a educação como prioridade básica e orçamentária, afirmando que o Brasil precisa de esforço emergencial para enfrentar a escassez de trabalhadores qualificados em áreas estratégicas.

O texto que serviu de base para a definição do programa tucano foi dividido em quatro blocos transversais: ação política, desenvolvimento, questão social e, por último, democracia e cidadania. No capítulo sobre desenvolvimento, o texto destaca que o País não cresce mais por deficiências na infraestrutura. O programa apresenta políticas destinadas a mudar esse cenário e a criar empregos, apresentando o tucano como o “presidente da produção”.

As propostas de Dilma a serem entregues ao TSE estão divididas em oito temas. O primeiro é o que o governo Lula mais valoriza, os programas sociais, que, de acordo com Dilma, já tiraram 24 milhões de pessoas da pobreza em sete anos e meio. A petista propõe priorizar a qualidade da educação, melhorando os salários dos professores e aumentando o número de bolsas para que os alunos sejam mantidos nas escolas, além de aulas informatizadas com acesso à banda larga. Dilma deve manter a política econômica, prometendo realizar a reforma tributária que não aconteceu no governo Lula.

Economia

Marina, que concorre pelos verdes, também deve manter a política macroeconômica do governo. Mas pretende reduzir o nível de endividamento do setor público e aumentar a capacidade de investimento do Estado. Uma das chaves no texto com as sete diretrizes programáticas de governo de Marina é a palavra “sustentável” – aplicada em quase todos os capítulos. Ela promete manter e ampliar os programas sociais, ao mesmo tempo que fala na necessidade de avançar. ”

(Agência Estado)

TRT-7ª Região julga nesta 3ª feira dissídio dos motoristas e cobradores

“O Pleno do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) deve julgar, nesta terça-feira, o dissídio coletivo proposto pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus). Dependendo do resultado, motoristas, fiscais e cobradores de ônibus devem retomar a greve da categoria.

Uma assembleia geral já está marcada para esta a tarde desta terça-feira, 6. Na última rodada de negociação, os grevistas exigiram aumento salarial de 25%. O Sindiônibus mantém a proposta de 5,5%. O Ministério Público do Trabalho (MPT) sugeriu 8,7% de reajuste.

Caso o dissídio não seja julgado nesta terça-feira, deve ser analisado na próxima semana.”

(TV Diário)

CPMA apreende menor que praticava assalto na avenida Raul Barbosa

A Companhia de Polícia Militar Ambiental apreendeu, durante operação realizada na avenida Raul Barbosa nessse domingo, um menor (14) com um revólver, após ter cometido um assalto contra uma senhora. A CPMA também recuperou R$ 800,00 da senhora, celular e a bolsa dela. O menor, que agia próximo à pista de skate do rio Cocó, está na Delegacia da Criança e do Adolescente. 

A avenida Raul Barbosa é ponto crítico de assaltos, embora o número de crimes de roubo e furto, segundo a CPMA, tenha registrado redução em consequência do aumento da vigilância.

Cid recebe lideranças dos servidores em mais uma rodada sobre reajuste salarial

O governador Cid Gomes (PSB) vai receber, a partir das 10 horas desta segunda-feira, no Palácio Iracema, o Fórum Unificado dos Servidores Públicos do Estado. Trata-se de mais uma rodada sobre a proposta de reajuste salarial da categoria.

Segundo o líder do Governo na Assembleia, Nelson Martins (PT), não há percentual definido ainda, mas o Estado já garante o pagamento de 5%, que corresponde às perdas inflacionárias dos últimos 12 meses.

Executiva nacional do PT avalia cenário das coligações nos palanques regionais

“A executiva nacional do PT convocou uma reunião para esta segunda-feira, às 10 horas, na sede do diretório, em Brasília. O objetivo do encontro é traçar uma estratégia na questão dos palanques regionais. Isso porque em breve o TSE deverá se manifestar sobre as coligações feitas nos âmbitos nacional e regional.

“Foi feita uma consulta ao tribunal, e se este declarar que os palanques regionais terão que obedecer o nacional, significa que teremos que fazer rearranjos e recompor as coligações. Senão, o palanque estadual ficará privado de utilizar as imagens do presidente Lula e de Dilma (Rousseff, presidenciável do PT)”, explicou o líder do PT na Câmara Federal, deputado Fernando Ferro.”

(Com Agências)

Movimento faz blitz para barrar o "Ficha-suja"

“Apesar das recentes decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) contrárias à lei da Ficha Limpa, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) se arma para, em parceria com o Ministério Público Eleitoral e a Polícia Federal, verificar com lupa o registro das candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e nos tribunais regionais.

Hoje, até as 19 horas, é o prazo limite para o registro dos candidatos e o primeiro momento em que podem haver impugnações de pretendentes com ficha suja. Segundo a diretora do MCCE, Jovita José Rosa, vários seminários têm sido organizados para implementar a fiscalização.

“Temos conversado muito com o Ministério Público e a Polícia Federal para fazer o controle social desse processo. Teremos comitês nas principais capitais brasileiras para acompanhar o registro bem de perto”, afirmou.

(Com Agências)

TCM repassará lista dos "Ficha-suja" para o TRE

84 2

O presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Ernesto Sabóia, vai entregar às 11 horas desta segunda-feira, à Justiça Eleitoral, a relação de prefeitos/gestores municipais cearenses que tiveram contas rejeitadas. Isso envolvendo decisões definitivas ou que receberam parecer desfavorável à aprovação. O ato ocorrerá no auditório do Tribunal Regional Eleitoral.

O presidente do TRE, desembargador Luís Gerardo Brígido, receberá a listagem que contempla todo o período de apuração compreendido entre 5 de julho de 2002 e 5 de julho de 2010, conforme determina a nova legislação que trata da matéria.

Na mesma data e horário, a relação já poderá ser conferida na página do TCM na internet (www.tcm.ce.gov.br).

Cai potencial de transferência de votos de Lula para Dilma

53 4

“O potencial de transferência de votos de Lula diminuiu. O presidente da República, que em dezembro tinha 14 pontos percentuais para passar à sua candidata, agora tem 8. A informação é de Uirá Machado em reportagem publicada na Folha deste domingo (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL).

A taxa, calculada pelo Datafolha desde dezembro, é composta pelos eleitores que afirmam que votariam “com certeza” no candidato indicado por Lula, mas não declaram voto em Dilma Rousseff (PT) nem sabem que ela é apoiada pelo presidente.

Entre as duas últimas pesquisas Datafolha, o potencial caiu de 11% para 8%. A candidata petista, no entanto, apenas oscilou de 37% para 38% das intenções de voto.

O cientista político Amaury de Souza afirma ser “ilusório achar que pessoas desinformadas vão de repente ter a informação “correta” e passar a votar em Dilma”. Para ele, “a informação simplesmente não chega à fatia mais pobre e desinformada do eleitorado e, se chega, o faz de várias maneiras”.

Hoje empatados tecnicamente, Serra e Dilma já tiveram entre si uma diferença de 14 pontos percentuais. Em levantamento realizado em dezembro de 2009, o tucano tinha 40% das intenções de voto, e a petista, 26%.”

(Folha Online)

Serra deve gastar 14,65% mais em campanha do que Dilma

“O comando de campanha de José Serra (PSDB) prevê um gasto de R$ 180 milhões na corrida presidencial. Esse teto é 14,65% superior à estimativa da petista Dilma Rousseff: R$ 157 milhões. O prazo para registro de candidaturas e previsão de gastos no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) vence hoje.

Há um mês, as previsões de petistas e tucanos beiravam R$ 250 milhões. Mas os tesoureiros duvidaram da capacidade de arrecadação. Ainda assim, o orçamento dos dois comitês supera significativamente os custos declarados em 2006. A estimativa do PSDB é 119,78% maior do que o gasto registrado pela campanha de Geraldo Alckmin à Presidência (R$ 81,9 milhões).

Já a previsão de Dilma é 50,96% superior aos R$ 104,3 milhões declarados pelo comitê de Lula em 2006. A inflação acumulada no período é de cerca de 20%. “Fixamos o custo em R$ 180 milhões. Esperamos gastar menos”, disse o coordenador administrativo da campanha de Serra, José Henrique Lobo. O gasto do PSDB com comunicação deve chegar a R$ 50 milhões.

INÍCIO NO SUL
Tecnicamente empatados, Serra e Dilma escolheram a região Sul para a largada oficial da campanha. Disposto a consolidar vantagem de 19 pontos na região, Serra participará de evento em Curitiba. Ele deve enfrentar constrangimentos por causa da substituição do senador Alvaro Dias (PSDB-PR) pelo deputado Indio da Costa (DEM-RJ) na vice de sua chapa.

“Só vou se o Serra pedir muito”, disse Dias. Dilma, que foi secretária de Minas e Energia no Rio Grande do Sul, fará caminhada no centro de Porto Alegre. Segundo o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, a estratégia da campanha continua: colar a imagem do pre sidente Lula em Dilma. “A Dilma é a candidata da continuidade.”

(Folha)