Blog do Eliomar

Últimos posts

PSDB vai pedir à Receita Federal explicações sobre dossiê contra Eduardo Jorge

“A bancada do PSDB no Senado vai pedir a convocação do secretário da Receita Federal, Otacílio Cartaxo, para explicar o vazamento de dados fiscais de Eduardo Jorge Caldas Pereira, vice-presidente do partido. A Folha revelou na edição deste sábado que saíram diretamente dos sistemas da Receita as declarações de bens e renda de Eduardo Jorge que fazem parte do dossiê levantado pelo “grupo de inteligência” da pré-campanha de Dilma Rousseff (PT) contra tucanos.

“O ato configura crime tanto no código tributário, como na Constituição. Vamos buscar a responsabilização sobre esse vazamento”, declarou o senador Álvaro Dias (PSDB-PR).

Nesta segunda-feira, o senador vai encaminhar o requerimento para convocar Otacílio para falar à Comissão de Fiscalização e Controle, com reunião marcada para o dia seguinte. O pedido pode ser votado no mesmo dia. A direção do PSDB também decidiu pedir informações sobre o vazamento no Ministério da Fazenda e a abertura de uma investigação no Ministério Público Federal.”

(Folha Online)

O Futuro de Lula

Quando 2011 chegar…

Celso Junior/AE
De saída
Lula: a exemplo de FHC, vai criar um instituto

Começa a tomar forma o Instituto Lula, de onde o futuro ex-presidente despachará a partir de 2011. Já foram escolhidos dez patronos-conselheiros para auxiliar Lula – entre eles estão dois ex-ministros do seu governo, Márcio Thomaz Bastos e Luiz Fernando Furlan. A sede ficará num pequeno prédio situado na região central de São Paulo. Os patrocinadores do instituto ainda não são conhecidos, mas não faltarão empresários dispostos a fazer doações, assim como não faltaram a FHC quando criou o seu instituto.

(Revista Veja)

Um Editorial sobre a Novela em torno do estaleiro para Fortaleza

Eis Editorial do O POVO deste sábado. Trata sobre a novela em torno do estaleiro, projeto que gerou a maior polêmica entre o governador Cid Gomes (PSB) e a prefeita Luizianne Lins (PT) por causa da localização: a praia do Titanzinho. Confira:

 A questão da instalação do estaleiro do Promar, no Ceará, terminou tendo o desfecho que muitos temiam: a inviabilização de sua localização no Estado, dada a exiguidade dos prazos estipulados pelos idealizadores e da rejeição da alternativa de sua localização em Fortaleza, por ir de encontro ao pensamento da Prefeitura Municipal sobre o tipo de projeto apropriado para a orla da capital, reforçado pelos laudos técnicos pedidos por esta.

O projeto foi levado ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Brasília, pela própria prefeita Luizianne Lins, em uma reunião que contou também com as presenças do presidente da Transpetro, Sérgio Machado e da ministra chefe da Casa Civil, Erenice Alves Guerra. Todos ouviram as ponderações da prefeita sobre os motivos pelos quais o empreendimento não podia ser localizado em Fortaleza, embora a chefe do executivo municipal tenha defendido que fosse instalado no Estado, em outro ponto do litoral.
Conquanto o presidente da República tivesse concordado com a necessidade de o Ceará dispor de um equipamento desse tipo, chegou-se à conclusão de que não havia tempo hábil para que o projeto do estaleiro do Pomar pudesse atender a esse requisito, em virtude da demanda de tempo necessário para a realização dos estudos de impacto ambiental requeridos. Assim, ao final da reunião, foi firmado um compromisso entre os participantes para que o próximo estaleiro seja instalado no Ceará, só que, desta vez, após estudos de viabilidade realizados pela Transpetro.

De fato, apesar da frustração gerada pelo episódio, ele é cheio de ensinamentos para se evitar a incidência futura nos mesmos erros. A falha principal foi o lançamento do edital e o anúncio da área escolhida pelos promotores sem a prévia realização de estudos técnicos e a formação de consensos envolvendo os diversos segmentos da opinião pública local, baseados em dados científicos concretos sobre os impactos resultantes da obra, sobretudo, na vida da cidade. Essa precipitação foi um erro estratégico, do ponto de vista político, e levou a outros erros de condução, dando origem a um dissenso incontornável que produziu uma guerra de opiniões, antes mesmo de qualquer embasamento técnico.

As forças que se digladiaram poderiam ter chegado a um entendimento capaz de permitir que o empreendimento ficasse pelo menos no Estado, ainda que não em Fortaleza. Como isso não foi alcançado resta, agora, trabalhar de forma correta, mobilizando novas energias para que o acerto conseguido na reunião em Brasília possa ser honrado, e o Ceará não perca mais a chance de ter sua própria indústria naval e de participar, assim, da arrancada que está se dando nessa área, no Brasil, agora, dentro de um consenso obtido sem atropelos. É o que todos os cearenses esperam.

A 6ª edição do livro "Brasil em toda as Copas" vai pra galera

Quer saber como o Brasil atuou nas Copas do Mundo de Futebol? É só adquirir o livro do escritor cearense Airton Fontenele. Ele lançará o seu “Brasil em todas as Copas – De 1930 a 2010”, atualizado e com novos ingredientes que mexem com o coração do torcedor brasileiro, nesta segunda-feira.

O lançamento dessa sexta edição ocorrerá a partir das 19 horas, no bar Boteco. Nessa ocasião, Copa poderá rimar, sem problemas, com copo. Haverá coquetel.

SERVIÇO

Bar Boteco – Avenida Antônio Sales, 3177, Dionísio Torres.

Tasso volta a ser cogitado para vice de Serra

Andre Dusek/AE
Puro-sangue
Tasso e Guerra: o fim da novela do vice

O vice do Serra
No início da semana, José Serra bate o martelo sobre o seu companheiro de chapa. É quase certo que seja mesmo Sérgio Guerra, presidente do PSDB, com uma pequena chance de que a escolha recaia sobre Tasso Jereissati. Mas, a exemplo do futebol, em política sempre pode ocorrer uma surpresa.

E o DEM?
O DEM vai chiar, é do jogo, mas acatará a decisão do PSDB.

(Revista Veja)

Justiça condena escritor Fernando Morais a indenizar deputado Ronaldo Caiado

“O juiz da 7ª Vara Cível de Goiânia, Ricardo Teixeira Lemos, condenou no último dia 11 o escritor Fernando Morais, Gabriel Douglas Zillmeister e a editora Planeta do Brasil a pagar uma indenização de R$ 2,5 milhões ao deputado federal Ronaldo Caiado (DEM-GO) por danos morais. Eles podem recorrer.
Caiado alegou que foi vítima de acusações inverídicas, de cunho calunioso, difamatório e injurioso, na primeira edição do livro “Na Toca dos Leões – A História da W/Brasil”, publicado em 2005.”

(Folha Online)

Educação de Fortaleza está falida, diz especialista

O Spaece-Alfa avalia o nível de leitura de alunos da rede pública  (DÁRIO GABRIEL)

“Para o doutor em Ciências da Educação Wagner Bandeira Andriola, a argumentação da Prefeitura de Fortaleza está equivocada. “Quanto maior a rede, melhor para uma avaliação como esta, que trabalha sobre o fundamento de que grandes conjuntos de alunos representam grandes conjuntos de dados, que podem ser avaliados por várias óticas. É exatamente o contrário do que eles estão dizendo. Quanto menor, pior para a análise”, rebateu.
Professor da Universidade Federal do Ceará, ele classificou o desempenho da Capital como “pífio” e considerou que a 171ª posição representa a fragilidade do ensino da Cidade em toda a sua extensão, da estrutura física das escolas à formação dos professores e a metodologia adotada em sala de aula.

O especialista não acredita que a greve dos educadores tenha influência no desempenho dos alunos. E usa a psicologia educacional para rebater o discurso da Prefeitura. “Dizemos que o aprendizado é uma mudança qualitativa do aluno. Ou seja: se ele aprendeu, não esquece mais. O problema é que eles aprendem pouco e ruim. E o sistema está todo comprometido. Do contrário, não teria acontecido greve alguma”, sublinhou.

De acordo com Wagner, Fortaleza ter perdido 67 posições em apenas um ano prova como municípios do Interior conseguiram agregar muito mais valor ao aprendizado dos estudantes do que a Capital. “Os dados nos permitem afirmar com grau de segurança que o nível de educação daqui está péssimo. É preocupante. A situação está caótica. A educação em Fortaleza está falida”, acrescenta o doutor em Ciências da Educação.”

(O POVO)
VAMOS NÓS – Com a palavra as professoras Luizianne Lins (PT) e Ana Maria Fontenele, esta a secretária municipal da Educação que, até agora, permanece calada feito aluno de castigo em sala de aula.

Ministério Público vai impugnar Roriz

“O procurador regional eleitoral do DF, Renato Brill de Góes, vai impugnar o registro da candidatura do ex-governador sob o fundamento de que ele não atende os requisitos de elegibilidade previstos na legislação brasileira.

O problema é uma das barreiras impostas pela nova regra, sancionada há duas semanas pelo presidente Lula, que estabelece restrições a políticos com passado nebuloso. A lei veda, por exemplo, a participação em disputas eleitorais de quem renunciou ao mandato para escapar de processo de cassação por quebra de decoro parlamentar.

Na noite de quinta-feira, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) considerou que a Lei do Ficha Limpa não cria punições para políticos e sim condições para as candidaturas. Dessa forma, os ministros, ao analisarem consulta feita pelo deputado federal Ilderley Cordeiro (PPS-AC), decidiram que as situações ocorridas antes da vigência da lei também devem ser consideradas para efeito de vetos.

A nova legislação estabelece que quem renunciar ao mandato para escapar de processo por quebra de decoro, quando já houver representação protocolada contra si, ficará inelegível por oito anos a contar do fim da legislatura.

Se a lei for aplicada a Roriz, ele ficará fora de qualquer eleição até 2022. Poderá disputar nova candidatura ao GDF apenas em 2026, quando tiver completado 90 anos.”

(Correio Braziliense)

Caso da Merenda – Sérgio Benevides é condenado a 11 anos de detenção

“O ex-deputado estadual Sérgio Benevides (ex-PMDB) foi condenado a 11 anos de detenção e ao pagamento de três multas que somam R$ 45,9 mil, por denúncia de desvio de dinheiro da merenda escolar da Prefeitura de Fortaleza. A decisão é da 12ª Vara da Justiça Federal do Ceará, assinada pelo juiz substituto José Donato de Araújo Neto e foi publicada
no último dia 16.

Benevides foi acusado de envolvimento no escândalo da merenda escolar em 2002. De acordo com a denúncia, empresas ligadas a ele foram beneficiadas pela venda superfaturada de merenda escolar à Prefeitura, entre 1998 e 2000, época em que a cidade esteve sob a gestão do seu sogro, Juraci Magalhães – falecido em janeiro do ano passado. A detenção, de acordo com a sentença, deve ser cumprida em regime inicialmente semiaberto. Benevides ainda pode recorrer da decisão.

O envolvimento de Benevides foi apontado em função da ligação de um de seus assessores, Alexandre de Castro Cals Gaspar, com empresas Hortofácil Indústria e Comércio de Alimentos Ltda e L&D Comercial Ltda, beneficiadas pelo fornecimento de merenda escolar a preços considerados acima dos de mercado.

Investigação do Ministério Público Federal apontou dispensa indevida de licitação, simulação de processo licitatório, patrocínio de interesse privado, obtenção de vantagem ilícita, venda superfaturada, aquisição de mercadoria deteriorada e entrega de uma mercadoria por outra. Tudo isso relacionado à utilização de um montante de R$ 10,8 milhões, repassados à Prefeitura de Fortaleza pelo Ministério da Educação.

Nesses contratos fraudulentos, o papel de Sérgio seria de influência. Os autos do processo mostram que um de seus ex-assessores, Vilmar Pinto, chegou a reconhecer, em depoimento à Justiça, que Benevides exerceu influência sobre a Prefeitura de Fortaleza para firmasse contrato, sem licitação, com a empresa Hortofácil. A sentença da 12ª Vara aponta que, para isso, Sérgio e Vilmar receberam comissões. Logo no início das investigações, em abril de 2002, o envolvimento de Sérgio ficou evidenciado pela descoberta que as linhas telefônicas de empresas beneficiadas estavam registradas em seu nome.

A sentença da 12º Vara condena também Francisco Vilmar Pinto, ex-assessor de Benevides, e Jessé Bezerra de Araújo, proprietário da J&D, pela participação no esquema de corrupção. Jessé Bezerra foi condenado a sete anos de detenção e R$ 510 de multa e Vilmar Pinto a oito anos e seis meses de detenção e multas que somam R$ 510. Devido às sentenças que ultrapassam quatro anos de detenção, nenhum dos condenados pode cumprir penas substitutas.

O POVO entrou em contato com a 12ª Vara da Justiça Federal. Um funcionário ficou de tentar intermediar o contato entre O POVO e o juiz titular, mas até o fechamento desta edição não houve retorno. O POVO tentou contato com Sérgio Benevides, mas o ex-parlamentar não atendeu as ligações ao seu telefone celular. Sua esposa, Nágela, disse ao O POVO que conversaria com Sérgio sobre a possibilidade de uma entrevista mas, até o fechamento dessa edição, não houve retorno.”

Demitri Túlio lança "Filha de coelha, girafa é" em clima de Passeio Público

 

O autor que não perdeu o jeito criança.

Neste sábado, a partir das 10 horas, no Passeio Público, o jornalista Demitri Túlio estará lançando seu quinto título infantil: “Filha de coelha, girafa é”. A ilustração é de Gil Dicelli, editor de Arte do O POVO. Com animação do DJ Rodrigo Rocha, leitura do jornalista e ator Ivonilo Praciano e brincadeiras de pintura e massinha de modelar, o convite vale para crianças até 101 anos, segundo o autor. A publicação narra a trajetória da girafa Luíza que se descobre adotada por uma coelha, Dona Generosa. “Só fui descobrir que havia nascido de uma girafa muito tempo depois de me entender por bicho”, começa a personagem.

Toda pintada de marrom e amarelo, Luíza se sentia diferente dos irmãos, de perninhas curtas e velozes e orelhas compridas. “Comi tanta ceriguela que estiquei a baladeira”, pensava ela. Até o dia em que viu que seu mundo era diferente. Dotado de bom humor e graça, Demitri criou o conto inspirado pela sobrinha de apenas um ano e meio, Luíza. Assim como a girafinha a quem dá o nome, a menina Luíza veio “mandada como um presente e bem recebido”. “O livro é uma grande brincadeira sem querer ensinar nada a ninguém, sem dar lição de moral”, esclarece o autor, que admite ter vontade sim de adotar uma criança.

DEMITRI TÚLIO

Repórter especial do O POVO, com mais de 20 prêmios de jornalismo, entre eles seis Esso, o mais importante do País, Demitri utiliza a atuação no jornal para compor suas narrativas. “O jornalismo me ajuda muito. A gente conhece cada dia uma história nova, num lugar novo, com personagens diferentes. Esse caldeirão é muito importante para mim”, diz. Na literatura infantil, ele guarda como referências Monteiro Lobato, Ruth Rocha, Sylvia Orthof e Ana Maria Machado. Os principais críticos do seu trabalho, no entanto, são os seus filhos. “Um dia desses, a Sarah me disse que eu era muito regionalista. Claro que ela falou num tom de crítica. Teve um tempo que ela estava lendo Harry Potter e me questionou quando eu iria escrever uma saga”, ri.

Além das reportagens especiais e dos textos infantis, Demitri também escreve aos sábados, no caderno Vida & Arte, a coluna Das Antigas, que lhe rendeu o livro homônimo de Crônicas Escolhidas 1 (2007/Ed. Perfil Cidadão). Atualmente, Demitri está preparando uma trilogia infanto-juvenil sobre o sertão (O menino que caçava chuva, A mulher que cortou as árvores e Tem camelo no meu quintal) ainda sem data para publicação. Para as próximas criações, Demitri pretende descobrir o mundo dos adolescentes. “Quero escrever sobre namoro”, adianta. Pois, que venha a próxima história!

OUTROS TÍTULOS DO AUTOR 

– Detestinha, o Bicho Que Detesta Ler (Fundação Demócrito Rocha)

– Das Antigas – Crônicas Escolhidas 1 (Ed. Perfil Cidadão)

– A Roupa da Zebra (Ed. Littere)

– Bode Noivo, Galinha Encantada (Ed. Littere), escrito em parceria com Sarah Monteiro

– O Circo das Coisas Incríveis (Fundação Demócrito Rocha)

Grupo de 15 partidos pressiona PT

“Os 15 partidos que formam o colegiado de negociação eleitoral do governador Cid Gomes (PSB) reuniu-se ontem, pela primeira vez, na Assembleia Legislativa, para fechar uma articulação que promete encurralar as ambições políticas do PT. O POVO apurou que, no encontro, o grupo decidiu: se quiser fazer parte da chapa, o PT terá de escolher entre lançar o deputado federal José Pimentel ao Senado ou se manter na vice de Cid. A sigla petista tem reiterado que quer as duas vagas. Caso o PT opte pelo Senado, todos os demais partidos poderão indicar um nome para ser o vice, cabendo a escolha a Cid.

Com o “colegiado”, o PT acabou ficando isolado e, a partir de agora, deverá ter mais dificuldades para negociar. Se, antes, a interlocução do partido dava-se apenas com o PSB de Cid, agora há outras 14 legendas a serem convencidas. O deputado e irmão de Cid, Ivo Gomes (PSB), deixou claro que, daqui para frente, todas as conversas serão realizadas com a participação de todo o grupo. “O PT precisa saber a opinião das outras pessoas”, disse.

Ivo deu a entender que, dentro do colegiado, há opiniões que divergem com as intenções petistas de ter Pimentel como o segundo candidato a senador, ao lado de Eunício Oliveira – a quem todos já fecharam apoio.

Após meses de espera no PT, Ivo disse ter tentado entrar contato, ontem à tarde, com a prefeita de Fortaleza e presidente estadual da legenda, Luizianne Lins, para agendar uma reunião. “Agora, estamos dependendo da agenda dela”, afirmou. O irmão de Cid afirmou, ainda, que o “colegiado” também já procurou o PSDB, com quem o grupo garante não ter preconceitos. Até o fim da reunião de ontem, entretanto, não havia data marcada para as conversas pendentes.

Conforme O POVO publicou ontem, o colegiado foi formado entre siglas que já apresentaram apoio incondicional à pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, ao governador Cid Gomes e à Eunício. Ontem, Ivo esclareceu que, pelo fato de PSDC, PHS, PSL, PMN, PRTB e PTdoB apoiarem outros candidatos no plano nacional, o nome de Dilma foi retirado.

O líder do governo Cid, Nelson Martins (PT), disse ter estranhado a não inclusão do PT no colegiado. Segundo ele, o partido concorda com tudo que está na nota – que contém referência elogiosa a Tasso Jereissati (PSDB) – e não reivindica nada demais.”

(O POVO)

Prefeitura entre 14 piores na educação e vereador é quem apresenta a defesa

“O vereador Guilherme Sampaio (PT) pede espaço para apresentar a defesa da Prefeitura de Fortaleza, que ficou entre as 14 piores no ranking da educação divulgado pelo Governo do Estado e que acabou no DESCE desta Vertical:

“Com relação especificamente ao Município de Fortaleza, a avaliação realizada pelo Space/Alfa, recém divulgada pelo Governo, não é fidedigna e consistente para se avaliar o processo de alfabetização desenvolvido nas escolas do município, haja vista que os alunos realizaram a prova no meio de seu ano letivo. Ou seja, com metade das aulas do alunos das demais cidades. Isso se dá em função da distinção do calendário escolar de Fortaleza em relação aos demais municípios.

Ao contrário do divulgado, se o município atingiu pontuação similar a de anos anteriores com apenas metade das aulas, pressupõe-se que seu desempenho melhorou e não piorou, como alguns interpretaram.” Tudo bem, mas quem deveria dar explicações era a secretária municipal da Educação, Ana Maria Fontenele, que permanece calada.”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Ciro, vota em quem pra governador?

Do leitor que se assina como “Mandacaru”, a seguinte reflexão sobre Ciro Gomes:

Qual a moral que tem este deputado para se dirigir ao povo do Ceará e pedir votos para A ou B? Nem ele mesmo vota no irmão (Cid Gomes). Gostaria de saber: em qual candidato ao Governo o nobre deputado Ciro Gomes dará o seu voto?

VAMOS NÓS – Ciro transferiu seu domicílio eleitoral para o Estado de São Paulo. 

Transpetro receberá navio construido por estaleiro carioca

O presidente Lula, o presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, o presidente da Transpetro, Sergio Machado, e o governador do Estado do Rio, Sérgio Cabral, participam do lançamento ao mar, no próximo dia 24 de junho, às 11 horas, no Estaleiro Mauá, em Niterói (RJ), do primeiro navio construído no Estado do Rio do Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef).

O navio destina-se ao transporte de derivados claros de petróleo, com capacidade para 48,3 mil toneladas de porte bruto e 183 metros de comprimento. A embarcação levará o nome de Celso Furtado, em homenagem ao economista que criou a Sudene e lançou os fundamentos do moderno desenvolvimento do país.

VAMOS NÓS – A Transpetro nos mandou convite para essa solenidade. Será que mandou também para a prefeita Luizianne Lins, aquela que prootagnoziou triste novela que fez o Estado perder o estaleiro da Promar por falta de acordo com o governador Cid Gomes em termos de localização?

A reengenharia e a invasão de calçada

Eis aí foto que o leitor Franklin Júnior manda para o Blog, denunciando mais uma tomada de calçada nesta “Fortaleza sem lei”, como classifica sempre em seu Blog o jornalista Plínio Bortolotti, companheiro de POVO Online. 
Com o muro ameaçando ruir, utilizaram para “escorar” e evitar o pior um material suficiente para construir outro muro.Trata-se de um estacionamento situado na Avenida Pontes Vieira, nas imediações da Assembléia Legislativa.

Edital para elaboração de projeto do Contorno de Fortaleza sai do papel

Saiu publicado nos jornais locais o aviso de licitação do Edital Concorrência Pública N. 0222/10-03 para “Elaboração de Projeto de Engenharia para Complementação do Contorno de Fortaleza/CE ligando a ponte sobre o Rio Cocó ao Anel Viário de Contorno da Capital”. A data de abertura ocorrerá no dia 3 de agosto,  às 9h30min.

O superintendente estadual do DNIT, Guedes Neto, que retornou nas últimas horas de Brasília, após audiência com o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, tratou dos recursos do empreendimento prometidos por essa autoridade quando de sua passgem pela Capital cearense para entregar a ponte sobre o rio Cocó.

Beach Park abre programa festivo dos seus 25 anos de atividades

O Complexo Turístico Beach Park, que opera em Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza), abre, neste sábado, a partir das 11 horas, programação comemorativa aos seus 25 anos de atividades, recebendo 500 crianças e voluntários da ONG Sonhar Acordado. O “Dia do Sonho”, que acontece pelo terceiro ano consecutivo, é uma parceria do Beach Park com a ONG Sonhar Acordado, que atua desde 2001 em Fortaleza, atendendo cerca de mil crianças em situação de risco social.
 
O “Dia do Sonho” faz parte do projeto Beach Park Solidário, voltado para instituições beneficentes do Ceará que atendem crianças e adolescentes. Também fazem parte desse projeto ações como o Dia da Alegria, Natal Feliz e o Dia da Criança. O complexo promove, ainda, arrecadações de alimentos, que são doados às associações e apoia mensalmente a Associação Brasileira de Amiotrofia Espinhal (Abrame) e o orfanato Lar Mãe de Ternura.

Partidos podem rever códigos de ética para evitar "ficha suja"

“A decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de que a Lei da Ficha Limpa vale para condenações passadas forçará os partidos a rever os códigos de ética e ser rigorosos com as indicações de candidatos. Essa avaliação foi feita por parlamentares de vários partidos. O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), entretanto, discorda. Apesar de descartar a possibilidade de o PT questionar no Supremo Tribunal Federal (STF) a decisão do TSE, o deputado considera que ocorrerão iniciativas nesta direção.

Vaccarezza defende a tese de que qualquer legislação não pode retroagir para prejudicar alguém. “Tenho dúvidas se a decisão do TSE tem embasamento legal, por retroagir e por ser uma norma que não seguiu o principal da anualidade”, afirmou o líder do governo. Perguntado sobre uma possível revisão pelos partidos de seus códigos de ética, Cândido Vaccarezza disse que não acredita que isso ocorra. Ele destacou que esta é uma iniciativa interna de cada partido e, no caso do PT, “se uma candidatura for impugnada, caberá ao partido recorrer ou colocar outra pessoa no lugar do candidato impugnado”.

Já o senador Antônio Carlos Júnior (DEM-BA) considera que haverá, sim, um cuidado maior dos partidos nas indicações para disputas de cargos eletivos. O parlamentar reconheceu que esta não será uma tarefa fácil e, por isso, a decisão do TSE torna-se ainda mais importante. “O ideal seria que os partidos tivessem um código de ética para evitar problemas futuros. Como sabemos que isso não é fácil, a nova lei cria as condições para evitar a eleição de candidatos condenados pela Justiça”, disse o senador. O maior rigor nas indicações dos candidatos, no entanto, é um caminho sem volta, acrescentou o senador do DEM. Ele disse que, mais adiante, os partidos “terão que se educar” para buscar padrões éticos desejados pela sociedade.

O vice-líder do PSDB, senador Álvaro Dias (PR), também considerou esta uma “consequência natural” imposta pela nova legislação. “Se os partidos não adotarem uma postura mais rígida, candidaturas serão impugnadas uma vez que, até o momento, havia candidaturas elegíveis que, agora, tornaram-se inelegíveis”. Álvaro Dias acredita que os Tribunais Regionais Eleitorais e o próprio TSE receberão um “volume excessivo” de pedidos de impugnações por parte de coligações e candidatos adversários. Por isso, o senador ponderou que o TSE terá que ser ágil na análise dos pedidos para evitar que, com eventuais eleições de candidatos com ficha suja, seja criado um vácuo de poder.

O peemedebista Pedro Simon (RS) afirmou que a nova legislação eleitoral “termina com o período de impunidade no país” e acaba com a convicção formada pela sociedade de que, no Brasil, “as coisas não mudam”.

(Portal Terra)