Blog do Eliomar

Últimos posts

PMDB faz convenção e Eunício tem apoio renovado rumo ao Senado

Temer destacou a organização da convenção feita por Eunício.

O PMDB oficializa neste sábado, em Brasília, durante convenção nacional, o nome do seu presidente nacional, Michel Temer (SP), como candidato a vice na chapa da ex-ministra Dilma Rousseff. O deputado Federal, Eunício Oliveira, presidente estadual do PMDB, também ganhou votos de apoio de Temer e dos demais membros da cúpula partidária no seu objetivo de ser eleito senador pelo Ceará.

Eunício Oliveira, que é o tesoureiro nacional da legenda, foi designado pelo próprio Michel Temer para assumir a coordenação da convenção. Michel gostou do que viu e Eunício agradeceu aos militantes que lotaram o Centro de Convenções Ulysses Guimarães. No geral, tem direito a voto, 569 convencionais (senadores, deputados federais, membros do Diretório Nacional, membros do Conselho Nacional e delegados). Ao todo são 869 votos, pois existem casos em que um membro tem direito a mais de um voto. Eunício, em seu discurso, lembrou que “o partido tem um projeto nacional para continuar ajudando o Brasil a crescer”.

Segundo Temer, o bom momento econômico e social que o País vive é resultante das inúmeras conquistas realizadas em conjunto com o governo do presidente Lula. Michel afirmou ainda que o PMDB irá fazer uma coalizão político eleitoral programática para impulsionar o País e diminuir as desigualdades regionais entre os estados. “O partido não será coadjuvante e sim protagonista. Somos o maior exercito político eleitoral do Brasil e temos a maior bancada de deputados federais e senadores”, finalizou.

OUTRAS PRESENÇAS

Além do grande volume de militantes na Convenção, estão presentes neste momento no Centro de Convenções Ulysses Guimarães o presidente do Banco Central, Henrique Meireles, os senadores José Sarney, Romero Jucá e Garibaldi Alves, o ministro das Minas e Energia, Edson Lobão, os ex-ministros Gedel Vieira e Hélio Costa, os deputados Eliseu Padilha e Renan Calheiros, além de vários representantes políticos do Partido em todo o País. 

(Foto – Divulgação)

Aécio: "Não precisamos de um Messias"

“Em um breve discurso proferido na convenção nacional do PSDB, em Salvador, o ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves disse que o Brasil não merece ser apenas de poucas pessoas. “O Brasil não merece apenas um messias, é um País de todos os brasileiros”, afirmou. O tucano disse não ter lugar melhor para começar essa caminhada do que a Bahia de todos os santos. “Minhas palavras vêm do lugar mais profundo de minha alma e meu coração”, disse.

Aécio disse que o PSDB reafirma o seu compromisso com o País. “É por isso que o Brasil inteiro esta aqui hoje para reafirmarmos o nosso compromisso com o futuro de todos”. Em referência a Castro Alves e ao slogan da campanha peessedebista, ele disse também que a praça não é de um partido, mas sim de um povo. “Vamos ocupar as praças, ruas e esquinas de todo esse País para dizer que o Brasil pode muito mais”. O ex-governador de Minas afirmou que o candidato José Serra é o melhor para o País. “Nós temos ao nosso lado o melhor dos candidatos, o melhor candidato e não, como diz FHC, um reflexo de um líder”.

(Potal Terra)

Deputado cearense é o campeão de processos

O Estado das Alagoas tem o maior número de parlamentares processados (66,66%) pelo Supremo Tribunal Federal (STF) entre as bancadas dos nove estados do Nordeste. São ao todo oito parlamentares, seis deputados e dois senadores, entre os 12 representantes do estado.

Estão na lista de investigados pelos ministros do Supremo Renan Calheiros, líder do PMDB e da maioria no Senado, e o ex-presidente da República Fernando Collor (PTB). Renan responde, por exemplo, a uma investigação penal sobre a denúncia de que teria usado recursos da empreiteira Mendes Júnior para pagar pensão para a jornalista Mônica Veloso, com quem tem uma filha fora do casamento.

Já Collor é acusado de ter cometido sete tipos de crimes diferentes (corrupção passiva, peculato, tráfico de influência, corrupção ativa e falsidade ideológica, crime contra a ordem tributária e apropriação indébita previdenciária) em duas ações penais. As investigações sobre os dois senadores de Alagoas tramitam no STF desde 2007.
  
O estado também tem entre seus representantes um dos quatro parlamentares de todo o Congresso acusados pelo crime de trabalho escravo. Como mostrou o Congresso em Foco, o deputado Augusto Farias (PP-AL) é acusado desde 2003 de manter 99 trabalhadores em condições análogas às de escravo em uma fazenda de sua propriedade no sul do Pará.

O inquérito contra o irmão de Paulo César Farias, ex-tesoureiro de campanha do presidente Fernando Collor, também está no STF há três anos. Com a demora na Justiça que ainda nem decidiu se o deputado do PP deve ou não ser transformado em réu de uma ação penal, três crimes atribuídos a Augusto Farias neste inquérito prescreveram e, portanto, não podem mais ser julgados: frustração de direito assegurado por lei trabalhista, exposição da vida e da saúde de pessoas a perigo e omissão de socorro.

Veja a lista dos parlamentares processados no Nordeste

Veja o que dizem os parlamentares nordestinos em sua defesa

Paraíba

Em segundo lugar depois de Alagoas, a Paraíba é o estado com o maior número de parlamentares processados. São seis parlamentares, três deputados e três senadores entre os 15 representantes do estado (40%).

A bancada nordestina tem ao todo 84 processos, sendo 18 ações penais e 66 inquéritos. E além de Collor, os deputados e senadores da região têm 11 réus de ações penais em tramitação no Supremo. E entre eles, dois colegas de Senado do ex-presidente. Ambos são da Paraíba.

O senador Cícero Lucena (PSDB-PB) por crime contra a Lei de Licitações e o senador Roberto Cavalcanti (PRB-PB), suplente do atual governador do estado, José Maranhão. Cavalcanti responde por uma ação penal por corrupção ativa e uso de documento falso.

O terceiro senador da Paraíba que responde processo no Supremo é Efraim Morais (DEM). Como já mostrou o site na última terça-feira, entre os nove senadores e 48 deputados que respondem a novos processos no Supremo Tribunal Federal (STF) durante a tramitação do ficha limpa, o senador do DEM é o único em que a acusação se refere à sua atuação dentro do Congresso.

Mas o campeão de ações penais é o deputado Jackson Barreto (PMDB-SE). São cinco ações penais contra o deputado do PMDB, quatro por peculato e uma por crime contra a administração em geral. Ele é o único parlamentar do seu estado réu no Supremo. Sergipe tem três parlamentares na lista dos processados entre os seus 11 representantes (27,27%) e ocupa o quinto lugar entre os estados nordestinos.

Crime de responsabilidade

O ranking percentual de cada estado da região de acordo com o número de processos em relação ao total de deputados e senadores é o seguinte: Alagoas (66,66%), Paraíba (40%), Piauí (30,76%), Ceará (28%), Sergipe (27,27%), Bahia (19,04%), Maranhão (19,04%), Rio Grande do Norte (18,18%) e Pernambuco (10,71%).

Na região Nordeste, o tipo penal mais comum entre os processos de senadores e deputado é o crime de responsabilidade. São ao todo 18 casos, sendo quatro ações penais e 14 inquéritos. Logo em seguida vem o crime contra a administração pública com sete casos e os crimes contra a honra e a lei de licitações com cinco casos cada.

Também estão registrados quatro casos de corrupção ativa e passiva. O partido com o maior número de parlamentares processados é o PR com oito casos. Com sete deputados e senadores, vem em seguida o PMDB. O DEM tem seis casos e o PSDB e PTB acumulam outros cinco deputados sob investigação do STF.

Campeão de processos

O deputado Zé Gerardo (PMDB-CE) é o parlamentar do Nordeste com o maior número de processos. Primeiro parlamentar condenado pelo Supremo Tribunal Federal desde a Constituição de 1988, Zé Gerardo (PMDB-CE) ainda responde a outras seis investigações em andamento na corte. Todas por crime de responsabilidade, mesmo tipo penal pelo qual o peemedebista foi condenado em maio a pagar 50 salários mínimos de multa e a prestar serviços à comunidade por dois anos e meio.

De acordo com a denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF), Zé Gerardo, quando administrava a prefeitura de Caucaia (CE), entre 1997 a 2000, recebeu R$ 500 mil, em recursos públicos federais, para a construção de um açude na cidade. A verba foi liberada por meio de um convênio com o Ministério do Meio Ambiente. Porém, segundo o MPF, o dinheiro foi usado para a construção de passagens molhadas, espécie de ponte erguida com pedras em áreas alagadas.

(Congresso em Foco)

Serra faz discurso como candidato lembrando Mensalão do PT

“O Congresso não pode ser arena de mensalões, de compra de votos e de silêncio”, afirmou, neste sábado, durante convenção nacional do PSDb, o agora candidato a presidetne da República, José Serra.

Serra deu essa declaração empolgando as caravanas e mostrando que, a partir de agora, deverá mudar o discurso e ser mais ofensivo. O candidato discursou ao lado do presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, e de várias lidernaças tucanas  de peso como o senador Tasso Jereissati.

PPS tem simpatias por Beto Studart, avisa Paulo Lustosa

O ex-ministro Paulo Lustosa, hoje filiado ao PPS, defendeu, neste sábado, o nome do empresário Beto Studart como candidato ao Governo do Estado. Para ele, se Beto topar, facilitará a formação de uma aliança ampla dos tucanos, em condições de enfrentar o governador Cid Gomes, dando um basta no absurdo que seria um pleito resolvido no W.O. “Se se confirmar a tese de uma candidatura de oposição ao governador Cid Gomes, a coligação que poderia reunir o PSDB, PPS, DEM e talvez até o PR, o nome que não teria rejeições é o do empresário Beto Studart”, disse Lustosa.

Ele ressaltou que seria “a construção mais plausível, porquanto Marcos Cals resiste com medo de perder mandato estadual, Tasso não tem interesse de confrontar, de forma direta, com seus afilhados de outror (Ferreira Gomes) e Lucio Alcântara, que poderia ir para o Senado e não entraria nessa peleja”.

Paulo Lustosa destacou que a entrada de Beto garantiria uma disputa “de nível e enriquecedora do ponto de vista do processo político e democrático.”  Beto Studart, na avaliação de Lustosa, reúne qualidades de bom gestor e já teve exposição eleitoral (foi vice de Lúcio Alcântara) e é conhecido de boa parte dos cearenses”.

Lembrado de que é pai do deputado federal Paulo Henrique Lustosa, queé do PDM e apoiador da reeleição do governador Cid Gomes, o ex-parlamentar federal avisou: “Cada um segue seu caminho político.”

Na convenção pró-Serra, Luizinho de Irauçuba

Cerca de 40 delegados do Ceará participam da convenção nacional do pSDB que homologa neste sábado, em Salvador, o nome de José Serra como candidato a presidente da República. O senador Tasso Jereissati puxa o grupo do Estado, que levou até atração musical para o evento que recebe grande número de filiados no Clube Espanhol.

No palco, a presença de Luizinho de Irauçuba com loas a Serra e ao PSDB.

(Foto – Arquivo)

Ceará vira paraíso da "Grampolândia"

“O Ceará virou a terra do grampo – oficial. Lá, o governo Cid Gomes dispõe de, pelo menos, quatro sistemas Guardião, aquele que vai ampliando automaticamente a rede de escutas a partir de um único investigado. A Secretaria de Segurança tem um equipamento, o Ministério Público possui outro e a polícia estadual, um terceiro. Até a Secretaria da Fazenda dispõe do seu, para pegar sonegadores.

As autoridades cearenses alegam que o sistema do Fisco é acionado apenas mediante autorização judicial e é operado por policiais. Desde que entrou em funcionamento, em 2009, o grampo ajudou a aumentar a receita do estado em 9,5%.”

(Revista Veja)

FHC é ausência na convenção tucana, mas grava mensagem

“O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não compareceu à convenção do PSDB, mas gravou um vídeo que acaba de passar na festa que acontece em Salvador. Eis o que diz a mensagem de FHC:

“A vitória depende da nossa unidade. Temos tudo para ganhar. Tenho certeza que nossos candidatos são as pessoas que vão levar o Brasil por um caminho muito melhor. Pelas mãos do Serra o Brasil vai poder muito mais. Serra sempre esteve do lado dos mais pobres. O Brasil precisa de gente solidária”, afirmou.

Fernando Henrique não compareceu pois está no exterior.A convenção começou agora há pouco com a execução do Hino Nacional, que foi cantado pelo coral da Igreja do Bonfim.

João Jaime: "Decisão do PSDB de disputar Governo não é para pressionar, é pra valer"

“Quem estiver pensando que a decisão do senador Tasso Jereissati de lançar candidato proprio é só para pressionar pode pagar pra ver, que vai ver”, afirmou, neste sábado, em tom de recado, o líder do PSDB na Assembleia Legislativa, João Jaime.

Nas últimas horas, o governador Cid Gomes disse que não gostava de ser pressionado para tomar decisões no campo político e que estava cumprindo um cronograma.

O PSDB, no entanto, pressionou e decidiu que vai lançar mesmo nome para o embate governamental. Tasso Jereissati, o líder maior da legenda, estava incomodado com a demora de Cid e se sentia sendo fritado pelo governador, que tem parceria também com o PT no Estado.

Dois nomes são cotados para a disptua governamental: o deputado estadual Marcos Cals e o empresári Beto Studart.

Em convenção, Serra convocará militância

“Desafiado a recuperar a liderança nas pesquisas, o tucano José Serra lança sua candidatura presidencial hoje, em Salvador, apresentando-se como o nome capaz de gerar mais crescimento e emprego. Subirá ao palco da convenção tucana ao som do novo jingle da campanha, Eu quero Serra: “Serra, porque é correto e boa gente, Serra porque é o mais competente”.

Ainda conduzindo nos bastidores a articulação para definir o nome de seu vice, o ex-ministro da Saúde, ex-prefeito paulistano e ex-governador de São Paulo entra pela segunda vez na corrida sucessória, aos 68 anos, como o nome da oposição capaz de garantir as conquistas do governo Luiz Inácio Lula da Silva e avançar, porque “o Brasil pode mais”.

No encontro dos partidos aliados de 10 de abril, em Brasília, Serra apresentou seu ingresso informal na disputa pela Presidência da República com um discurso apontando para os rumos que o País deveria seguir. Citou temas que foram da segurança pública a políticas para pessoas com deficiência.

Na convenção partidária que marca o início oficial da campanha – pela Lei Eleitoral a disputa só começa após as convenções nacionais de junho –, ele fará discurso mais político, conclamando os militantes à batalha eleitoral.

Atitude. “A convenção é a porta de entrada da campanha, cabe ao candidato fazer esse chamamento”, declarou o presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), coordenador da campanha. “E a escolha da Bahia para sediar a convenção não é uma coisa neutra. Ela envolve uma atitude”, emenda o senador, confirmando que o objetivo é “vincular Serra à Bahia colorida, nordestina, brasileira e miscigenada”.

Em sua fala, Serra vai adotar um tom intimista e coloquial, com foco nas classes de renda mais baixa. Falará da infância humilde e da ação pública, destacando a criação do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para financiar o seguro-desemprego. A ênfase em programas sociais capazes de fomentar o desenvolvimento pretende mostrar Serra como o candidato com mais condições de fazer a economia crescer e aumentar a distribuição de renda.

Para dar caráter abrangente à candidatura e falar mais diretamente ao eleitorado do Nordeste, onde seu desempenho é mais frágil, os tucanos contrataram artistas regionais e prepararam discursos em que a palavra de ordem é Brasil. O Hino Nacional deverá ser entoado pelo Coral do Bonfim e as atrações populares incluem um sanfoneiro de Pernambuco e um repentista do Ceará para enfatizar o tom regional ao encontro. A ideia é dar destaque à cultura regional. Bem diferente da pré-convenção de abril, em que a apresentadora do encontro foi a modelo gaúcha Ana Hickmann.

Vídeo. Em viagem a Madri, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não irá ao encontro, mas a militância não ficará sem uma mensagem do comandante de honra do PSDB. Antes de seguir para Paris, onde vai comemorar o aniversário com a família, no dia 18, ele deixou gravado um vídeo a ser exibido no evento.

O ex-presidente vai falar sobre a origem humilde de Serra para salientar que, ele tem compromisso com o povo e com os mais pobres. A mensagem será: “Serra pode avançar mais porque é o mais competente.”

Na tentativa de garantir exposição para Serra – os tucanos acham que mais tempo de TV o ajudará a se recuperar nas pesquisas de intenção de voto –, também marcaram a convenção no sábado para garantir bom expaço nos telejornais da noite. Apostam que a audiência será maior que a dos programas dominicais. São esperadas 4 mil pessoas no Clube Espanhol, local alugado para a convenção ao custo de R$ 600 mil.”

(Agência Estado)

Dois homens presos com colete da PM

Dois homens foram presos neste sábado usando coletes à prova de balas da Polícia Militar. A dupla estava em um carro com uma terceira pessoa e, trafegando na BR-222, não atenderam ao chamamento de uma blitz da Polícia Rodoviária Federal, no que houve a perseguição e prisão.

A prisão ocorreu no km 25 da via e teve o apoio da Polícia Militar. O terceiro passageiro do carro continua foragido.

TV Diário)

Greve dos ônbus – oito empresas sem operar

“No quinto dia de greve, motoristas e cobradores de Fortaleza paralisaram as garagens de oito empresas de ônibus na manhã deste sábado, 12, de acordo com a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor). Não foram liberados os veículos das empresas Montenegro (Vila Peri), São José de Ribamar (Bairro de Fátima), Rota Expressa (Barroso), Terra Luz (Damas), São Benedito (São João do Tauape), Cearense (Bom Jardim), Asa Azul e São Francisco.

Ainda segundo a Etufor, no total, 480 ônibus foram retidos nas empresas, o que representa 30% da frota de coletivos de Fortaleza, que é composta por 1.748 veículos.

Os terminais de integração mais afetados foram o do Siqueira e da Parangaba, além da área central da cidade.

Sem acordo

Em assembleia realizada na tarde desta sexta-feira, 11, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro) decidiu dar continuidade à greve, que teve início na terça-feira, 8.

Durante a manhã desta sexta-feira, a categoria se reuniu com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). Trabalhadores e patrões não aceitaram a proposta do TRT, de reajuste salarial de 10%. Então, o TRT concedeu prazo até a próxima segunda-feira, 14, para o Sintro contestar o pedido de dissídio coletivo.”
 
(O POVO Online)

Cid faz reunião em Guaramiranga e ouve bases do PSB

Hora de tentar o equilíbrio político.

“Fui eleito pra governar, não para ficar falando de eleição. Quando o assunto começou a ganhar espaço, disse que a primeira coisa que tinha de ser definida era a questão nacional, já que eu tinha um irmão pré-candidato à Presidência (Ciro Gomes, também do PSB). Resolvido isso, era hora de ouvir meu partido. Se eu estivesse dedicado só a isso, poderia fazê-lo em três dias, mas não posso deixar de dar atenção à minha principal responsabilidade, que é governar. Eu tenho muita coisa pra fazer!”

Eis o que disse o governador Cid Gomes, ao ser indagado sobre a decisão do PSDB de ter candidato próprio ao Governo. Cid resolveu continuar cumprindo o que avisou e se encontra, neste sábado, em Guaramiranga. Ali, ele reúne lideranças do Maçico de Baturité e da Região Metropolitana de Fortaleza. Cid tenta equilibrar a base aliada, mas já está sabendo que o PSDB, pelo visto, não estaria blefando ao anunciar candidatura.

(Este Blog com O POVO)

Quem ganha com uma Copa?

O professor Dárdano Nunes de Melo manda artigo com o título “A Copa é boa pra quem?” abordando o tema do momento. Ele faz uma abordagem pelo aspecto do turismo. Confira: 

Muitos pensam que os grandes beneficiários de uma Copa do Mundo de futebol é a população receptora, mas estas argumentações fazem parte de uma estratégia de marketing feita pela Fifa, patrocinadores e pela Bolsa de Valores do Futebol (mercado dos passes milionários) para mostrar que o turismo trará muitas divisas e ainda atrairá inúmeros investimentos estrangeiros. Na realidade o que se vê, no caso da África, Continente que poderá ser o grande celeiro dos craques do futuro, foi um estupendo investimento do Governo – mais de R$ 8 bilhões em estádios, hotéis e infraestrutura para o mundial, criando condições para o crescimento do capitalismo futebolístico.

Com o dinheiro do povo são feitos todos estes investimentos para que os patrocinadores (Coca-cola, Adidas, Castrol, Visa e Sony) tenham os direitos de exclusividade de propaganda e comercialização. A Fifa receberá quase R$ 5 bilhões dos patrocinadores e direitos de transmissão e os grupos proprietários de times e passes de jogadores que encontram no cenário da copa uma valorização de seus jogadores. Eles se tornam os grandes beneficários da Copa. E os 50 milhões de sulafricanos de que se beneficiarão?

O futebol é mais benéfico para o negócio do que para o público que o assiste. Será que a prioridade de investimento deveria ser no futebol (soccer city) ou se estes valores tivessem sido aplicados nas necessidades básicas dos africanos – a Aids ( de cada 5 adultos um possui o vírus), mais de 50% dos africanos vivem abaixo da linha de pobreza, o desemprego atinge um nível de quase 50%, péssimos meios de transporte público, baixíssimas condições de habitação e saneamento, etc… não seria mais coerente e democrático?

Existe uma revolta silenciosa que a mídia tenta encobrir, mas a violência urbana e a insatisfação social mostram a grande desigualdade e o inconformismo do povo com gastos além de suas necessidades.

Dárdano Nunes de Melo,

Técnico em Turismo e diretor do Sindicaturismo. 

Fortim ganha destaque em índices de alfabetização

O município de Fortim (Litoral Leste) ganhou destaque no plano da educação. Conseguiu, segundo dados do Governo do Estado, a partir de investimentos no Programa Alfabetização na Idade Certa (PAIC), levar educação infantil para todos os alunos do 2º ano do Ensino Fundamental 1 da rede pública. Por conta disso, Fortim será premiado, na próxima segunda-feira, pela manhã, na sede da Secretaria de Educação do Estado do Ceará (SEDUC).

A prefeita de Fortim, Adriana Pinheiro Barbosa (Aninha do Kito), receberá um troféu em função dos índices alcançados pelo município. “Nós recebemos o município no vermelho no que diz respeito à alfabetização e conseguimos elevá-lo à posição máxima, ou seja, o verde escuro. Valeu a pena esse esforço, porque a educação de qualidade deve começar nos primeiros anos de escolaridade”, comentou para o Blog.

DETALHE – Com esse novo indicador, o município de Fortim voltará a ter participação na receita do ICMS.

PSDB amadurece Beto Studart para candidato ao Governo

“Estamos conversando e, na próxima semana, a gente vai continuar tratando desse assunto”, afirma o empresário Beto Studart que, nas últimas horas, apareceu como uma das alternativas do PSDB para disputar o Governo do Estado pós-cenário de rompimento entre Tasso Jereissati e Cid Gomes.

Beto admite entrar no páreo, mas observa que precisa ser articulada uma boa composição de forças. O PSDB tem o DEM como parceiro certo e o PPS quer conversa, segundo seu presidente, Alexandre Pereira. Amigo pessoal do ex-governador Lúcio Alcântara, de quem foi vice na última peleja estadual, Beto acha que poderia atrair o apoio do PR.

Ele até lembra que, num quadro antigo, toparia votar em José
Pimentel (PT) para senador. Mas agora…

(Coluna Vertical, do O POVO)

São Gonçalo promove festão junino com…Zezé di Camargo e Banda Calypso

Com o objetivo de “resgatar e valorizar as tradições nordestinas na música, dança, indumentária e culinária”, a Prefeitura de São João Gonçalo (Região Metropolitana de Fortaleza), promoverá a quinta edição do seu festão junino. Nos próximos dias 17 e 18, a “Cidade Forró”, construída no Parque Lagoa da Prejubaca, no Centro da cidade, abrigará o maior festival regional de quadrilhas da Região do Vale do Curu.

Numa área de aproximadamente 80 mil metros quadrados, o evento espera reunir neste ano cerca de 30 mil pessoas durante os dois dias e vai proporcionar gratuitamente apresentações de artistas locais, regionais e de renome nacional, como a dupla Zezé Di Camargo e Luciano e a Banda Calypso, que sobem ao palco principal na última noite do evento, dia 18 de junho, a partir das 22 horas.

XX Cine Ceará – Filme baseado em obra de Gabriel Garcia Márquez abrirá festival

 

O Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema, consagrado como um dos maiores eventos da sétima arte no Brasil, chega à sua 20º edição levando ao público cearense uma parcela significativa da produção de cinema e vídeo ibero-americanos. O evento deste ano, que será realizado em Fortaleza entre os dias 24 de junho e 1 de julho, selecionou, entre as 109 produções inscritas,  oito títulos para disputar a Mostra Competitiva de Longa-Metragem.

Logo após a cerimônia de abertura, que ocorrerá no próximo dia 24, às 19h30, no Centro Cultural SESC Luiz Severiano Ribeiro, haverá a exibição do longa inédito Do Amor e Outros Demônios, de Hilda Hidalga. O filme é uma adaptação da obra de Gabriel Garcia Márquez e conta uma das mais provocadoras histórias de amor do autor. Hilda Hidalga é de Costa Rica, formada em direção pela Escola Internacional de Cine e TV de Cuba.

Em seu currículo constam roteiro e direção de curtas de ficção e documentários, de temáticas sociais e sustentabilidade,  filmados na Itália, França, Bután, Benin e nos Países Baixos.  Suas histórias de ficção tratam sobre o desejo, a sensualidade e o onírico. Do amor e outros demônios é seu primeiro longa metragem. Atualmente trabalha no roteiro do seu próximo filme, Estação Violenta. Suas produções tem participado em festivais da Turquía, Cologne, Cuba, Cartagena, Rímini, Creteil, Amsterdam, San Francisco e Chicago, entre outros.

A lista de longas selecionados ainda inclui outras quatro produções inéditas, sendo que duas são co-produções brasileiras. El último Comandante, de Vicente Ferraz e Isabel Martinez, é um longa de ficção produzido em parceira com a Costa Rica. Vicente Ferraz é diretor, roteirista e fotógrafo e dirigiu vários curtas e documentários no Brasil, Cuba, Costa Rica e na Nicarágua, além de séries de ficção e documentários para a TV. Isabel Martínez é produtora e diretora, iniciou sua carreira na Nicarágua como cinegrafista para agências de notícias internacionais e dirigiu documentários sobre a revolução sandinista. Em El Último Comandante atua como produtora e estreia como diretora ao lado de Vicente Ferraz.

Outra produção brasileira inédita é o documentário Memória Cubana, de Alice de Andrade e Iván Nápoles, que mostra os acontecimentos mais marcantes do século XX visto pelas lentes dos documentaristas da ilha. Alice Andrade Trabalhou como assistente de direção de  Joaquim Pedro de Andrade, John Boorman, Ruy Guerra, Walter Lima Jr., André Téchiné, Pascal Bonitzer e Carlos Diegues entre outros, antes de fazer se formar como roteirista na Escola Internacional de Cinema e Televisão de San Antonio de los Baños, em Cuba. Desde então escreveu e realizou uma dezena de filmes de curta e média metragens, premiados em festivais nacionais e internacionais. Em 2007, Alice dirigiu o documentário Histórias Cruzadas sobre o renascimento da obra de seu pai, o cineasta brasileiro Joaquim Pedro de Andrade.

CEARÁ NO CINE

O Estado do Ceará será representado na Mostra Competitiva com o filme Estrada para Ythaca, dirigido por Luiz Pretti, Ricardo Pretti, Guto Parente e Pedro Diógenes, diretores cearenses que com este filme estreiam em longa-metragem. Outros quatro longas de ficção da Argentina, Espanha, México e Cuba também estão entre os selecionados que concorrem nas categorias de Direção; Fotografia; Edição; Roteiro; Trilha Sonora Original; Som; Direção de Arte; Ator e Atriz. O vencedor receberá o Troféu Mucuripe e um prêmio no valor de US$ 10 mil (dez mil dólares).

Longas-Metragens selecionados:

* Dia 24 de junho – abertura

Local: Centro Cultural Sesc Luiz Severiano Ribeiro

20h Do amor e outros demônios/ Del amor y otros demônios (inédito)

Ficção. 35mm. 97 Min. Cor. Costa Rica/ Colômbia. 2009

Direção: Hilda Hidalgo

* Dia 25 de junho

Local: Centro Cultural Sesc Luiz Severiano Ribeiro

19h30 Memória Cubana (inédito)

Documentário. Beta Digital. 71 Min. Brasil/Cuba/França. 2010

Direção: Alice de Andrade e Iván Nápoles

Estrada para Ythaca

Ficção. HDV. 70 Min. Cor. Brasil. 2010

Direção Luiz Pretti, Ricardo Pretti, Guto Parente e Pedro Diógenes

* Dia 27 de junho

Local: Centro Cultural Sesc Luiz Severiano Ribeiro

19h30 Alamar/ Alamar (inédito)

Ficção. HD/ 35mm. 73 Min. Cor. México. 2009

Pedro González Rubio

A mulher sem piano/ La mujer sin piano

Ficção. 35mm. 95 Min. Cor. Espanha/França. 2009

Direção: Javier Rebollo

Dia 28 de junho

Local: Centro Cultural Sesc Luiz Severiano Ribeiro

19h30 Lisanka/ Lisanka (inédito)

Ficção. 35mm. 113 Min. Cor. Cuba/Venezuela/Rússia. 2009

Direção: Daniel Diaz Torres

Dia 29 de junho

Local: Centro Cultural Sesc Luiz Severiano Ribeiro

19h30 O último verão de la Boyita / El último verano de La Boyita

Ficção. 35 mm. 86 Min. Cor. Argentina/França/Espanha. 2009

Direção: Julia Solomonoff

* Dia 30 de junho

Local: Centro Cultural Sesc Luiz Severiano Ribeiro

El último comandante (inédito)

Ficção. 35mm. 94´. Cor. Brasil/Costa Rica. 2010

Direção Vicente Ferraz e Isabel Martínez

SERVIÇO 

* No site www.cineceara2010.com.br você pode obter mais informações sobre cada produção além de baixar fotos e a programação completa do festival.

Praia da Majorlândia ganha iluminação paisagística

O secretário do Turismo do Ceará, Bismarck Maia, inaugurou, nesta noite de sexta-feira, a iluminação paisagística da praia de Majorlândia (Aracati). O evento ocorreu em clima festivo no tradicional calçadão que, todos os anos, é palco do carnaval da região.

Com a iluminãção, o espaço também poderá ser aproveitado no período noturno para eventos de cunho cultural e de lazer e outras atividades relacionadas ao turismo. Bismarck destacou a iluminação como importante para dar mais segurança às praias.

A Setur deverá entregar ainda a iluminação do Iguape (Aquiraz), Cumbuco (Caucaia) Paracuru e Flexeiras e Mundaú (Trairi). O total do investimento, nos cinco municípios, é de R$ 994.459,72. Os recursos são do Tesouro Estadual.