Blog do Eliomar

Últimos posts

Alô, Prefeitura! Leitor cobra mais fiscalização

141 6

Do leitor Tales Sobreira, recebemos a seguinte queixa:

Caro Eliomar,

O povo fortalezense está totalmente sem contato com a Prefeitura. O telefone para denúncias, o chamado “Fala Fortaleza”, se encontra desativado faz mais de 3 meses. Não temos nenhum canal para fazer denuncia, o que é um absurdo!!!

Eliomar, vi uma matéria no seu Blog recentemente tratando sobre a defasagem de fiscais municipais. Segundo o PCCS (Plano de Cargos, Carreiras e Salários) da fiscalização e já com o último concurso realizado, a Prefeitura possui apenas 295 fiscais (isso sem levar em conta as aposentadorias, falecimentos e desligamentos de 1997 para cá). Como uma cidade dessa vai se organizar para a Copa de 2014?

Publique algo no Blog alertando para a importância da fiscalização. Mais fiscais é mais organização.

Obrigado,

* Tales  Sobeira.

VAMOS NÓS – Com a palavra o titular da Semam, Deodato Ramalho.

Artesã de Tamboril ganha prêmio "Sebrae Mulher de Negócios"

“Em Tamboril, município do Ceará, o talento de 25 mulheres aliado à qualidade tem gerado renda e contribuído para retratar a história local. O grupo produz caminho de mesa, colcha de cama e pano de bandeja, feitos de crochê e bordado. A Associação de Artesãos de Tamboril (Tamboriarte) é uma iniciativa de como o trabalho cooperado pode transformar a vida e a realidade das famílias locais.
A presidente da cooperativa e vencedora nacional do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, na categoria ?Negócios Coletivos?, Maria de Fátima Santana de Oliveira, coordena os trabalhos. A empreendedora conta que aprendeu a fazer crochê e a negociar suas peças ainda menina, ensinamentos passados por seus pais agricultores. ?Desde pequena aprendi que posso sobreviver da minha arte e que artesanato pode ser um negócio, e não simplesmente um passatempo?, afirma.
Mesmo passando em concurso público para agente de saúde, Maria de Fátima nunca deixou o artesanato de lado. ?Se me perguntam qual é o meu trabalho, digo sem medo que sou artesã e mulher de negócios?, ressalta. Em 1990, ela teve sua primeira experiência com o associativismo. ?Ajudei a fundar uma associação de moradores. Tivemos importantes conquistas como proporcionar formação profissional para os moradores de baixa renda do bairro e a montagem de uma rádio comunitária?, conta.
A experiência adquirida foi utilizada para criar a Associação de Artesãos de Tamboril (Tamboriarte). ?Como sou artesã e acredito na força da união, nada mais natural do que formar uma associação de artesãos.? Na época, ela fez o curso Vivência dos Inhamuns, desenvolvido pelo Sebrae local. ?Tive a oportunidade de conhecer o que o design pode fazer pelo artesanato. Fizemos estudos sobre a história, cores e símbolos do Ceará?.
Ela garante que se preparou e conseguiu mobilizar um grupo de artesãos, com os quais fundou a Tamboriarte. ?No início, o grupo estudou bastante sobre associativismo, qualidade, produto e mercado?, lembra. Hoje a associação tem sede e loja privilegiada no centro do município. ?Nosso artesanato é conhecido pela qualidade de acabamento e pelas coleções que já lançamos, com as cores e motivos da nossa terra?.
Todas as peças em exposição na loja e as encomendas passam por um controle feito por pelo menos duas das artesãs mais experientes do grupo. Também há responsabilidade com o meio ambiente. ?Nosso trabalho significa fonte de renda sustentável, que não gera resíduos poluentes, não agride a natureza e que procura utilizar matéria-prima da região, como é o caso do algodão?, explica a artesã. ?A Tamboriarte hoje é referência de artesanato na região e queremos continuar sempre nos aprimorando, para que nossas conquistas sejam mantidas e nossos sonhos se renovem e se realizem?, torce Maria de Fátima.

“(Agência Sebrae)

Maçã do desamor

166 1

Eis o preço de uma maçã em lanchonete do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. Por R$ 3,00, compramos um quilo dessa fruta.

Por esse preço, sinceridade, há quem queira dar logo uma mordida na maçã da bruxa da Branca de Neve.

Ah, se quiser tomar uma xícara de café – pequena, você também paga R$ 3,00. Por menos desse preço, a gente compra 250 gramas de um pacote de café.

(Foto – Paulo MOska)

Prefeitura de Caucaia antecipa 1ª parcela do 13º dos servidores

284 2

O prefeito Washington Goes, de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza), resolveu antecipar o pagamento da 1ª parcela do 13º salário dos servidores. O desembolso estava  previsto para o dia 15 de Julho.

A Secretaria de Finanças vai antecipar o pagamento para a próxima quarta-feira (22), véspera do feriado de Corpus Christi.
Neste dia, serão injetados na economia do município R$ 4 milhões de reais, valor total que vai ser pago a todos os servidores ativos, aposentados e pensionistas do município.
“Esta antecipação é importante para a economia caucaiense. Vai movimentar a cadeia produtiva e vai ser bom para o bolso dos servidores”, afirma o prefeito Washington Gois.

Novo Código Florestal – CNBB vai mobilizar fieis contra matéria

“A Igreja Católica poderá mobilizar suas 12 mil paróquias para fazer circular um abaixo-assinado contra o projeto do novo Código Florestal aprovado na Câmara dos Deputados e em tramitação no Senado Federal.
O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 17, em Brasília pela cúpula da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que pretende criar um fórum com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e um grupo de ex-ministros do Meio Ambiente contrários às mudanças propostas na lei.
O Conselho Permanente da CNBB divulgou nota contra a flexibilização do uso de áreas de preservação permanente (APP) e contra a anistia das multas e penalidades a quem desmatou, estabelecidas no relatório do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP).
O documento convoca os católicos “a participar do processo de aperfeiçoamento do Código Florestal, mobilizando as forças sociais e promovendo abaixo-assinados contra a devastação”. Segundo a CNBB, as decisões referentes ao código não podem ser motivadas por uma lógica produtivista que não leva em consideração a proteção da natureza, da vida humana e das fontes da vida. “Não temos o direito de subordinar a agenda ambiental à agenda econômica”, diz ainda a nota da CNBB.
No ano passado, a participação da Igreja Católica viabilizou o recolhimento de mais de 1 milhão de assinaturas em favor da Lei da Ficha Limpa aprovada pelo Congresso Nacional. Com a mobilização de agora, a CNBB espera ser ouvida na discussão do novo código. “Não queremos nos furtar a participar da melhoria do texto”, disse aos jornalistas o secretário-geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner.
Além de destacar a importância de participar das discussões, o bispo disse esperar que Senado convoque a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) para debater a proposta. No mês passado, a SBPC apresentou ao Congresso Nacional e ao governo federal um estudo preliminar sobre as consequências da mudança do código no aumento do desmatamento.
“Eu espero ser convidada para o debate. Já estamos com a apresentação pronta”, disse à Agência Brasil a presidente da SBPC, a bioquímica Helena Nader.
Ela informou que a presidência do Senado não acatou nenhuma das sugestões encaminhadas pela SBPC em carta, como, por exemplo, a proposta de que a Casa inclua a Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) na discussão do projeto do novo código.
O projeto tramita entre as comissões de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA), de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) e de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).
A CNBB também divulgou nota sobre a violência na Amazônia, mencionando o assassinato de quatro camponeses, recentemente, nos estados do Pará e de Rondônia, que foi associado a conflitos agrários e ambientalistas. “As ameaças [aos camponeses mortos] já eram de conhecimento das autoridades competentes, Infelizmente, pouco foi feito para proteger estas famílias”, diz a nota da CNBB.”

(Agência Brasil)

Copa 2014 – José Guimarães explicará na Assembleia o porquê da aprovação da MP que flexibiliza obras

214 2
O deputado federal José Nobre Guimarães (PT), que foi relator da MP que flexibilizou as licitações das obras da Copa 2014, vai à Assembleia Legislativa dar explicações sobre o porquê da aprovação da matéria. Há críticas de que ela pode dar margens a problemas relacionados ao controle financeiro dos empreendimentos e que passaria por cima do Tribunal de Contas da União.
“Está acertado uma visita dele (José Guimarães) na próxima segunda-feira, às 15h, no gabinete do presidente da Casa, deputado Roberto Claudio (PSB). Ele vem para poder expor seus convencimentos para que fiquemos convencidos”, anunciou, nesta sexta-feira, o deputado estadual Carlomano Marques (PMDB).
Carlomano explicou que o País ainda não tomou conhecimento da RDC e que seu objetivo não é acusar ninguém. “Só digo que tem um bode na sala exalando um odor muito fedorento. Essa decisão teria que ser trabalhada exaustivamente, porque, dá conta do dinheiro público brasileiro”, destacou.

Copa 2014 – PSDB estuda medida jurídica contra MP que flexibiliza licitações

“Em nota divulgada na tarde desta sexta-feira, o secretário-geral do PSDB, deputado Rodrigo de Castro (MG), criticou a medida provisória aprovada na quarta-feira (15) na Câmara, que pretende criar o RDC (Regime Diferenciado de Contratações) e explicita o sigilo das informações a respeito dos orçamentos das obras da Copa de 2014 e da Olimpíada de 2016.
Ele afirmou que o departamento jurídico da legenda estuda “as medidas cabíveis no sentido de impedir esse abuso com o contribuinte brasileiro”. O presidente nacional do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE), também divulgou comunicado criticando a aprovação do RDC pela Câmara, o que, segundo ele, configura “um verdadeiro crime com relação à Copa do Mundo”.
Para o tucano, a votação favorável à MP é “um escândalo que coloca o Brasil ao lado de países que não prezam o dinheiro dos contribuintes. É um afronta à transparência e ao interesse público”. Ele acusou o PT de ser incompetente e agora querer “apressar as obras da Copa do Mundo e das Olimpíadas a qualquer custo”, e afirmou que, no Senado, o PSDB insistirá em barrar o texto.”
(Folha.com)

Partidos pequenos evitam “tubarões” para atrair filiações

Partidos considerados pequenos em Fortaleza estão evitando a filiação de candidatos de grande expressão, como forma de atrair o maior número de filiações de candidatos com até três mil votos em eleições anteriores.

De acordo com integrantes desses partidos, a estratégia seria atrair principalmente suplentes de vereadores de outros partidos, que se consideram “bucha de canhão” (coeficiente eleitoral) para candidaturas renomadas, os chamados “tubarões”.

Um desses partidos é o PSDC, que no próximo dia 2, no auditório Murilo Aguiar, na Assembleia Legislativa, irá expor a situação para os filiados. Um dos discursos mais aguardado é o do deputado em exercício Gomes Farias, que poderá abrir mão de uma candidatura no próximo ano, diante do projeto do partido em eleger até três vereadores.

Na última eleição municipal, em 2008, o PSDC não elegeu nenhum candidato.

EUA desistem de brigar com Brasil em disputa do suco de laranja

Os Estados Unidos desistiram de recorrer de decisão da OMC (Organização Mundial do Comércio) no contencioso movido pelo Brasil contra medidas antidumping aplicadas sobre a importação de suco de laranja brasileiro.

A informação é do Ministério das Relações Exteriores. Os EUA tinham até esta sexta-feira (17) para recorrer da decisão. “O Brasil recebe com satisfação esta decisão, que reforça o sistema multilateral de comércio, em geral, e o mecanismo de solução de controvérsias da OMC, em particular”, informou o Itamaraty.

Em uma demanda apresentada junto à OMC em 2008, o Brasil denunciou o método utilizado pelos americanos para calcular o dumping de seu suco de laranja era ilegal.

(Folha.com)

Orlando Silva diz que transparência será 'máxima' em processos de licitação

150 2

O ministro do Esporte, Orlando Silva, afirmou nesta sexta-feira (17) que a orientação do governo federal é garantir total transparência nos processos de licitação das obras da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016.

“Temos uma orientação explícita da presidenta Dilma Rousseff para que todo o processo seja feito com a máxima transparência. É preciso ver os caminhos institucionais para aumentar a transparência”, disse.

O Congresso aprovou esta semana o projeto de lei de conversão da medida provisória que flexibiliza as regras de licitação. Entre outras ações, as novas regras permitem o uso de meios eletrônicos de contratação, a chamada contratação integrada, e a inversão de fases; o pregão eletrônico, que não é permitido na Lei das Licitações, será adotado no Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC), assim qualquer interessado poderá participar da concorrência.

No dia 28, os deputados devem analisar os destaques à proposta. A oposição promete trabalhar para derrubar a matéria. Alega que flexibilização das regras facilitaria irregularidades nas licitações. Uma emenda apresentada ao projeto determina o sigilo no orçamento das obras.

(UOL)

Fortaleza terá "Marcha pela liberdade" neste sábado

221 4

Fortaleza terá marcha pela descriminalização da maconha. Só que intitulada Marcha pela Liberdade. Ocorrerá neste sábado à tarde, na Avenida Beira Beira, como informam organizadores nesta carta aberta aos fortalezenses.

Carta Aberta à Fortaleza

Sabedores que somos dos nossos deveres como cidadãos e cidadãs, envidamos todos os esforços e precauções para propiciar um ambiente seguro, ordenado e que não traga transtorno à cidade. E por saber das nossas obrigações como sociedade civil, oficiamos todos os serviços aos órgãos competentes para a garantia de que tudo transcorra sem incidentes.

Também sabedores dos nossos direitos, evocamos o poder público para que cumpra com sua parte que é propiciar a tranquilidade necessária para que a sociedade civil se dê o direito de usufruir da cidade – ainda que por algumas horas.

E será uma festa.

Para contribuir com essa festa/intervenção na cidade pedimos.

Se não for à marcha:
– evite trafegar de carro na Avenida Beira-Mar de 15h às 19h. A avenida não será interditada, mas é um gesto que acataríamos com muito gosto. É uma forma de adesão.
– indique-a a um amigo, a uma amiga.

Se for à marcha:
– leva tua alma para passear. Vá com esse espírito. Leva tua indignação, mas deixe tua raiva em casa. Leva tua criatividade, tua causa e o melhor de ti.
– convém levar água, suco, protetor solar, bonés e outras formas de proteção.
– leva flores, apitos, urucum, tinta, pincel, cartolina, máscaras, perucas, perna-de-pau, patins, patinete, bicicletas, bandeiras…

Trajeto:

Concentração a partir de 14h, em frente a Igreja São Pedro (na frente do La Habenera, Mercadinho São Luis)

Percurso até a volta da Jurema.

Nossa marcha terá a cor que você levar.

Organização da Marcha da Liberdade – Fortaleza
http://marchadaliberdadefortaleza.info/

Facebook – Marcha da Nacional da Liberdade – Fortaleza

http://www.facebook.com/event.php?eid=210871815620321

"The Guardian" vai priorizar edição digital

“O jornal londrino “The Guardian” decidiu priorizar sua edição digital, em lugar do formato impresso. A mudança foi anunciada ontem aos funcionários pelo editor-chefe Alan Rusbridger e por Andrew Miller, presidente-executivo do Guardian Media Group (que edita o The Guardian” e também o The Observer”). Eles não estabeleceram uma data para a versão impressa deixar de circular, mas avisaram que, nos próximos meses, as edições de segunda a sexta-feira terão meios páginas e notícias diárias, priorizando análises e grandes reportagens. Posteriormente, o mesmo procedimento será aplicado às edições de sábado e também ao “The Observer”, que circula aos domingos.

De acordo com Rusbridger e Miller, a maior parte dos recursos da editora passam a ser, desde já, destinados ao formato digital.

— Vamos mudar o foco, os esforços e os investimentos para o formato digital, porque esse é o nosso futuro — disse.

Miller afirmou que o grupo pretende duplicar as receitas digitais até 2016, quando deverão alcançar 100 milhões de libras (aproximadamente R$ 258 milhões). No site do jornal, ele destacou que “não fazer nada não era uma opção”.

A edição digital do “Guardian” pode ser considerada um grande

sucesso de público e renda. Em maio, teve 50 milhões de leitores únicos mensais e 2,8 milhões de visitantes por dia A versão do “Guardian” para a internet lucra entre €35 milhões e €40 milhões por ano. A expectativa é que o faturamento chegue a € 90 milhões em cinco anos. Já a edição impressa fechou o ano fiscal com lucro de €228 milhões, 10% a menos que no período anterior.

Rusbridger disse que o jornal precisava abraçar “uma filosofia aberta” sobre suas operações digitais. Ele afirmou que o grupo está absorvendo muitas contribuições dos próprios jornalistas e que, dessa forma, a equipe poderá dedicar 80% de sua atenção ao mundo digital.

— Qualquer jornal está em uma migração para o futuro digital. Isso não significa sair do papel, mas exige uma maior concentração de imaginação, atenção e recursos sobre as diversas formas que o futuro digital deve trazer — afirmou.

Citando pesquisas do Guardian Media Group, Rusbridger informou que mais da metade dos leitores do “Guardian” o lê no período noturno e, por isso, precisam de um produto que seja “tão relevante às nove da manhã como às nove da noite”.

Com a nova estratégia, o “Guardian” espera crescer principalmente nos Estados Unidos, onde vivem aproximadamente 25% de seus leitores digitais.”

(Globo/Portal da ANJ)

Deputado quer plebiscito sobre a legalização da maconha no Brasil

“O deputado federal Fernando Francischini (PSDB-PR) pretende começar na próxima semana, pela Câmara dos Deputados, a coleta de assinaturas para que seja realizado um plebiscito sobre a legalização da maconha no Brasil. “Nós temos uma posição contrária, mas o plebiscito é importante para encerrar de vez essa questão”, afirmou. Ele foi um dos cerca de 1,5 mil participantes, segundo os organizadores, de uma caminhada pelo calçadão da Rua 15 de Novembro, em Curitiba, na abertura da 3.ª Semana Antidrogas de Curitiba, promovida pela prefeitura.

Chamado de “Louco pela Vida! Drogas Tô Fora”, o evento contou com a presença de servidores municipais, policiais militares, policiais do Exército, Fórum Evangélico Nacional de Ação Social e Política, além de organismos não-governamentais e representantes de clínicas para dependentes químicos. O secretário Antidrogas de Curitiba, Hamilton Klein, disse que a caminhada já estava marcada desde o ano passado e não tem ligação com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de liberar as manifestações favoráveis ao consumo de maconha.

Entretanto, ele se colocou como um dos críticos nessa questão. “Essa decisão é digna do programa dos Trapalhões”, afirmou. “Agora qualquer maluco poderá pedir a legalização de marcha pelo nazismo, pelo racismo, pelo estupro, já que decidiram que a liberdade de expressão é irrestrita.” No entendimento de Klein, o STF “será obrigado a voltar atrás pela pressão da população”. O secretário adiantou que durante toda a semana serão realizadas atividades em praças e parques da cidade.

Representante da Campanha Nacional contra a Legalização da Maconha, Marisa Lobo disse que a preocupação é com os adolescentes. “Ele está exposto, não tem o poder de escolher, a droga vai a ele”, afirmou. “Com a legalização, haverá mais oferecimento nas portas das escolas.” Para ela, a decisão do STF é uma oportunidade para colocar a discussão sobre as drogas nas ruas. “Nós queremos discutir mesmo, porque não é uma questão social ou política, mas de saúde pública e de saúde individual.”

Para amanhã está prevista nova marcha pelo centro de Curitiba, desta vez organizada por pessoas que defendem a legalização da maconha, chamada de Marcha da Liberdade. A expectativa é reunir cerca de 2,5 mil pessoas.”

(Agência Estado)

Dilma diz que houve "má interpretação" sobre sigilo das obras da Copa 2014

193 2

“A presidente Dilma Rousseff afirmou, nesta sexta-feira, que houve “má interpretação” de um artigo em medida provisória aprovada na Câmara que prevê manter em sigilo orçamentos feitos para as obras da Copa do Mundo de 2014 e da Olimpíada de 2016.Segundo a presidente, a medida é uma prática para conseguir o menor preço para as obras.

“Eu lamento a má interpretação que deram sobre esse ponto. Eu sugiro que as pessoas, os jornalistas que fizeram a matéria, investiguem direitinho junto ao TCU, que leiam a legislação e vejam do que se trata. Em momento algum se esconde o valor do órgão de controle, tanto interno quanto externo”, disse a presidente, que participou do lançamento do Plano Agrícola e Pecuário, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

A presidente se referia ao RDC (Regime Diferenciado de Contratações), específico para os eventos, que teve o texto-básico aprovado na última quarta-feira (15). Com a mudança, não será possível afirmar, por exemplo, se a Copa-2014 estourou ou não o orçamento. A proposta ainda pode ser modificada, pois os destaques ficaram para ser apreciados apenas no fim do mês.

A decisão foi incluída de última hora no novo texto da medida provisória 527, que cria o RDC. “[As medidas] Foram discutidas amplamente pelo governo e pelo TCU […].
A presidente ainda disse que o sistema de ocultar o orçamento é utilizado pela OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e pela União Europeia “para evitar que o licitante, que está fazendo a oferta, utilize a prática de elevação dos preços e de formação de cartel”.

Pelo texto atual, só órgãos de controle, como os tribunais de contas, receberão os dados. Ainda assim, apenas quando o governo considerar conveniente repassá-los -e sob a determinação expressa de não divulgá-los.”

(Folha.com)

Justiça Federal manda dissolver falsas autoridades de segurança pública

174 1

A Justiça Federal decidiu, após analisar ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal, suspender as atividades do Conselho Estadual de Direitos Humanos e da Federa,ção Nacional dos Conselhos Privados de Defesa dos Direitos Humanos, entidades civis e particulares, por prática de conduta ilícita, quando se passavam por órgãos oficiais de segurança pública, ao promoverem os direitos humanos através de atos, ritos e símbolos deturpados. Ou seja, os integrantes dessas entidades tinham apresentação, nome e brasão que imitavam os mesmos padrões utilizados para identificar as delegacias e secretarias de órgãos de segurança pública.

Ainda pela determinação judicial, estas entidades estão proibidas de fazer uso de símbolos públicos ou que se assemelhem às tais imagens, como também estão impedidas de expedir carteiras funcionais semelhantes às de policiais. As instituições devem ser dissolvidas, constando então a ilegalidade dos estatutos criados por elas.

O pedido na ação promovida pela procuradora da República Nilce Cunha Rodrigues foi acatado pelo juiz federal da 4ª Vara, José Vidal Silva Neto, que determinou às entidades retirarem de circulação as carteiras já expedidas. Isso para impedir que sejam vinculadas a essas pessoas possuidoras desse tipo de documento um poder público não legalizado.

Também há a proibição de publicidade em torno dessas instituições, assim como todos os integrantes estão impedidos de utilizar o informe com identificação muito próxima aos utilizados pelos servidores de segurança pública, como exemplo, os coletes tão comuns aos policiais.

Explicação

“Ao concluir, a decisão expõe a preocupação de que as prática adotadas podem de fato induzir a erro os cidadãos comuns e causar descrédito às instituições de direitos humanos e políticas mantidas pelo governo federal”, explica a decisão.

* Número do processo na Justiça Federal no Ceará:
0013281-45.2010.4.05.8100.

(Site do MPF-CE)

Morre no Maranhão o deputado Luciano Moreira

219 2

“O deputado Luciano Moreira (PMDB-MA) morreu nesta quinta-feira à noite em um acidente de carro a 40 quilômetros do município de Morros (MA). Ele estava acompanhado do chefe de gabinete no estado, da secretária particular e do motorista. Os demais passageiros do veículo sofreram ferimentos, mas já receberam atendimento e passam bem. Um ônibus escolar que passava pelo local prestou socorro imediato e os conduziu até Morros.

O parlamentar voltava do Encontro do Conselho Nacional de Procuradores Gerais de Justiça, realizado no município de Barreirinhas.

O acidente foi provocado por um animal que invadiu a pista, o que fez o motorista perder o controle do automóvel, que capotou três vezes. O deputado foi lançado para fora do carro e teve afundamento de crânio, com morte instantânea.

Em nota oficial, a governadora Roseana Sarney lastimou a perda. “Um amigo muito querido, Luciano Moreira sempre trabalhou voltado para melhorar a vida do cidadão. Estava realizando um belo trabalho na Câmara. O Maranhão perde um grande homem e um político que iniciava sua caminhada e ainda tinha muito a contribuir com o estado”, disse. Além dela, parlamentares e correligionários também lamentaram a morte do deputado.

Velório e enterro
O presidente da Câmara, Marco Maia, viaja no início da tarde para o Maranhão, acompanhado dos deputados federais, Aníbal Gomes (PMDB-CE), Francisco Escórcio (PMDB-MA) e Hugo Motta (PMDB-PB). O velório está sendo realizado na Assembleia Legislativa. O enterro está marcado para as 17 horas, no cemitério Jardim da Paz, em São Luiz. ” É com muito pesar que recebi a trágica notícia ontem à noite. O Maranhão e a Câmara perdem um grande político”, afirma Marco Maia.

Biografia
Luciano Moreira estava em primeiro mandato na Câmara. Nas eleições de 2010, ele foi o quarto deputado mais votado do Maranhão. Ele ocupava o cargo de vice-presidente da Comissão de Finanças e Tributação. Economista, ele nasceu no Ceará, mas consolidou sua carreira política no no Maranhão. O parlamentar tinha 58 anos.

Entre as prioridades de seu mandato estavam a reforma tributária, o aperfeiçoamento dos processos e mecanismos de gestão pública, os direitos de trabalhadores domésticos, idosos e servidores públicos.
Antes de ser eleito para a Câmara, Luciano Moreira foi secretário estadual no Ceará, em Roraima e no Maranhão nas pastas de planejamento, educação e administração.

Nota
O presidente do Senado, José Sarney, divulgou nota lamentando a morte do deputado Luciano Moreira. “À família deste grande brasileiro, exemplo de correção e honradez, estou solidário na dor, participando com minha amizade. Cearense de nascimento, Luciano Moreira contribuiu com o desenvolvimento de seu estado, de Roraima e do Maranhão, ocupando o cargo de secretário de Administração”, diz o senador, lembrando que Moreira integrou a equipe dos governos de Roseana Sarney.

O suplente de Luciano Moreira é o deputado Costa Ferreira (PSC-MA).”

(Agência Câmara)

Em nova asssembleia, professores municipais decidem manter a greve

347 19

“Professores municipais de Fortaleza continuam em greve. A decisão foi tomada em assembléia da categoria na manhã desta sexta-feira, 17, em frente ao Ginásio Poliesportivo Paulo Sarasate.

Os docentes decidiram continuar o movimento, mesmo após o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) ter declarado a greve ilegal na última quarta-feira, 15. Segundo eles, o sindicato que representa os profissionais ainda não foi notificado da ilegalidade do movimento.

Após a assembleia, os professores seguiram para o Hotel Gran Marquise, onde acontece um evento da Secretaria Municipal de Educação.

Professores Estaduais

Dentro do Ginásio Paulo Sarasate, professores estaduais aprovaram um indicativo de greve. No próximo dia 29, a categoria pretende fazer um ato no Palácio da Abolição. No dia seguinte, 30, os profissionais devem decidir se entram em greve por tempo indeterminado.

Desde maio, os docentes do Estado estão em negociando o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) com o Governo Estadual.”

(O POVO Online)

Ex-presidente do BC comandará a Autoridade Pública Olímpica

115 1

“O Diário Oficial da União publicou hoje (17) o decreto designando o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles para exercer a função de representante da União no Conselho Público Olímpico da Autoridade Pública Olímpica (APO).

A APO foi criada para coordenar a preparação para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016. O seu formato se baseia em experiências semelhantes usadas em outras edições dos Jogos Olímpicos, como os de Sydney, na Austrália, em 2000, e de Barcelona, na Espanha, em 1992. A criação da APO foi uma das garantias oferecidas pelo Brasil ao Comitê Olímpico Internacional (COI) durante a candidatura da cidade do Rio de Janeiro para sediar as Olimpíadas de 2016.

Meirelles passou por sabatina no Senado e cumprirá mandato de quatro anos, permitida a recondução. Ele foi convidado para o cargo pela presidenta Dilma Rousseff.”

(Agência Brasil)