Blog do Eliomar

Últimos posts

Festival de Cinema Digital de "Jeri" abre inscrições

156 1

Começa nesta sexta-feira o período de inscrições do II Festival de Jericoacoara – Cinema Digital. O evento ocorrerá na cidade de Jericoacoara (Litoral Oeste) na segunda semana de junho próximo e distribuirá troféus e prêmios em dinheiro para produções em forma de documentário e animação experimental.

Todo o regulamento do festival pode ser acessado no sitewww.jericinemadigital.com.br
Quem está à frente é o cineata Francisc Vale.
Um abraço do
Francis Vale

AFBNB cobra definição sobre quem comanda o BNB

228 4

A indefinição em torno do comando do Banco do Nordeste do Brasil mexe com os nervos do mercado e com servidores da Instituição. A presidente da Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB, Rita Josina Feitosa, cobra uma decisão do governo federal em enota enviada para este Blog.  Confira:

Prezado Eliomar de Lima,
 
Como presidenta da Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB), escrevo para lembrá-lo de que, há quase dois meses da posse da nossa presidenta, a indefinição quanto ao futuro do BNB continua. Isso gera uma expectativa nada boa para os funcionários do banco. Estranho também que, após dias de balões de ensaio midiáticos, a imprensa cearense parece ter se esquecido do assunto. Por isso, sugerimos a você colocar o assunto novamente em pauta.
 
Quanto a nós, da Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB), lamentamos profundamente que um banco da importância que o BNB tem para a nossa região seja tratado ainda como marionete nas mãos de uns e outros, vítima de interesses e disputas políticas, reduzido sua história e sua participação na economia regional.
 
Esperamos que tamanha demora seja compensada. Que o “escolhido” toque pra frente o Banco, trate seus subordinados com respeito, dialogue com as entidades representantivas e avance em tudo que precisa avançar para que o Banco exerça com plenitude seu papel de instituição de desenvolvimento.
 
Rita Josina Feitosa da Silva,

Presidente da AFBNB.

Petrobras Investimentos da estatal creacem 217% nos últimos oito anos

“Nos últimos 16 anos, a principal empresa estatal brasileira aplicou R$ 453,3 bilhões na exploração, produção, refino, transporte e comercialização de petróleo e gás natural. Entre 1995 e 2002, durante a gestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, foram investidos R$ 109 bilhões, já descontada a inflação acumulada no período. Entre 2003 e 2010, quando mais empresas foram incorporadas ao grupo, a gigante brasileira de petróleo investiu R$ 344,5 bilhões; crescimento de 217% em relação ao governo FHC.

Apenas no ano passado, as 32 empresas que integram o grupo Petrobras investiram R$ 74,8 bilhões no setor petrolífero. A cifra representa 89% dos R$ 84,2 bilhões desembolsados pelas 78 empresas estatais com programação de investimentos para 2010. Os valores foram corrigidos pelo IGP-DI, da Fundação Getúlio Vargas, índice utilizado por órgãos como Secretaria do Tesouro Nacional para atualizar receitas e despesas. Caso sejam atualizados pelo IPCA, os valores dos investimentos da empresa somam R$ 434,8 bilhões em 16 anos (veja tabela).

Para se ter ideia do aporte de recursos da empresa, basta observar os investimentos da União, que alcançaram R$ 45 bilhões no ano passado, mesmo com as aplicações do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Significa que apenas as empresas que integram o grupo Petrobras investiram quase o dobro de recursos em 2010 se comparado com os desembolsos do Executivo, Legislativo e Judiciário. De acordo com o Programa de Dispêndios Globais, a Petrobras pretende investir cerca de R$ 91,3 bilhões neste ano.

Para 2010, a previsão inicial do Grupo era investir R$ 87,3 bilhões; maior marca dos últimos 16 anos. A Petrobras anunciou, também no ano passado, investimentos de R$ 249,8 bilhões em projetos até 2014 e mais R$ 462 bilhões após 2014. Os investimentos fazem parte do Plano de Negócios da Companhia, que envolve 645 projetos, sendo um terço deles previstos no chamado PAC 2. Ao todo, nos dois períodos, a meta da estatal é aplicar R$ 711,8 bilhões.

Esforço para investir mais

Segundo informações da estatal, em consulta realizada em 2010, o crescimento no montante investido nos últimos anos reflete uma tendência natural, mas um esforço para intensificar as aplicações no setor petrolífero. O acréscimo, segundo a estatal, foi provocado por três fatores. O primeiro deles é atribuído à fase de desenvolvimento da produção dos campos de exploração que foram descobertos na década de 90. Nos últimos anos, no entanto, a orientação deu-se no sentido de ampliar a construção de plataformas, colocando sistemas de produção subterrânea em ação.

Houve também investimento pesado nas 11 refinarias da Petrobras. Isso porque, como as refinarias foram construídas até a década de 90, quando o Brasil importava em grande quantidade petróleo leve, de baixa densidade, não suportavam o processamento de petróleo pesado, descoberto em grande volume no país após a década de 90. Desta forma, as refinarias foram modernizadas e adaptadas, a fim de que a produção e a qualidade da comercialização fossem ampliadas.

Por último, de acordo com a estatal, também contribuiu para a ampliação dos investimentos da empresa a construção de gasodutos para aproveitar a produção de gás natural, como o Gasoduto da Integração Sudeste-Nordeste, que teve a última etapa concluída em março deste ano.”

(Site Contas Abertas)

Cuidado, jornalista: criticar pode dar cadeia

128 1

“Pra entrar no clima, só abrindo com pontos de exclamação. Treze, pra afastar assombração. O velho Aurélio aqui ao lado, deliciosamente jurássico em suas amareladas páginas de papel, esclarece:

exclamação. Ato de exclamar; voz, grito ou brado de prazer, alegria, raiva, tristeza, dor”

Tirando o prazer e a alegria, tudo a ver. Vontade de gritar. De tristeza, dor, raiva e, principalmente, de espanto. A história é uma aula de Brasil.

Você acha que é ofensa alguém dizer de uma autoridade pública, eleita pelo voto, que ela “paga o preço por seu despreparo”? Ou que anda “empazinada de ansiolíticos e com vida em boa parte reclusa”? E se, sem citar nomes, o sujeito fala que o “sumo pontífice e sacerdotisa da Seita Songamonguista do Reino Azul-turquesa” devem “ajustar seus rituais”? Ofensa?

A juíza Welma Maria Ferreira de Menezes, do Juizado Especial Criminal de Mossoró (Rio Grande do Norte), entendeu que as três afirmações eram ofensivas, sim. E, por causa delas, condenou a cadeia, em três processos diferentes, o blogueiro Carlos Santos, 47 anos de idade e 26 de atuação profissional como jornalista. As punições foram iguais: um mês e dez dias de detenção, em cada uma das ações penais, com permissão para cumprir a pena fazendo doações (no valor de R$ 2.040,00 por processo) a entidades filantrópicas.

Com cerca de 250 mil habitantes e uma das mais prósperas cidades do Nordeste, Mossoró é o segundo município do estado – só perde para Natal – em população e força econômica. Esta, derivada em especial do petróleo, da extração de sal, da produção de frutas, do comércio e do turismo.

Uma cidade situada a meia distância (entre 260 e 270 km) da capital potiguar e Fortaleza e que se orgulha de ter importantes edificações históricas e uma indústria de comunicação expressiva: quatro jornais locais, dez emissoras de rádio e duas de TV aberta.

Uma cidade que… vai que é tua, Brasil… é administrada há 63 anos pela mesma família. Desde 1948, portanto. A família Rosado, a mesma da prefeita Fátima Rosado (DEM) e do seu irmão e chefe de gabinete, Gustavo Rosado (PV).

E também da deputada federal Sandra Rosado (PSB), que lidera a oposição a Fátima. E, ainda, da governadora e ex-senadora Rosalba Ciarlini (DEM), que se elegeu prefeita em 2000 disputando contra a Fátima, mas a ela se aliou nas duas eleições seguintes (2004 e 2008), e a quem Carlos Santos exime de responsabilidade em relação ao calvário que enfrenta.

O chefe de gabinete, Fátima e seu marido, o médico e deputado estadual Leonardo Nogueira (DEM), elegeram Carlos Santos como alvo de nove interpelações e 27 ações judiciais (cíveis e criminais). Uma foi arquivada, as outras 26 estão em andamento.

Somente no dia 23 de abril do ano passado o trio deu entrada em 11 processos contra o jornalista blogueiro. Que é um fenômeno da internet local.

Embora precária, quase heroicamente, Carlos consegue sobreviver com a publicidade que seu blog amealha. E o faz por causa da boa audiência, superior à de qualquer portal mantido na internet pelos tradicionais grupos de comunicação de Mossoró.” 

(Congresso em Foco)

III Benfolia – Festival de marchinhas em sua 2ª classificatória

O Shopping Benfica realiza, a partir das 19 horas desta quinta-feira, a segunda classificatória do III Benfolia, o festival de marchinhas carnavalescas desse polo comercial. Onze músicas serão apresentadas e, em seguida, a organização do evento divulgará as 10 composições que estarão na grande final, dai 24 próximo.

O III Benfolia está oferecendo o “Troféu Cláudio Pereira”, uma homenagem póstuma ao secretário da Cultura de Fortaleza e amante do Carnaval, jornalista Cláudio Pereira, e prêmios em dinheiro.

O "monstrinho verde" criado pelo governador

157 2

Eis artigo do publicitário e poeta Ricardo Alcântara. Intitulado “O alto custo da omissão”, aborda o caso do projeto de lei já aprovado pela Assembleia Legislativa que flexibilizou as licenças ambientais no Estado. Confira:

A montanha foi a Maomé: se a “frente popular” que apoia o governo na Assembleia Legislativa fechou os olhos para os danos que viriam com a nova lei de concessão de licenças ambientais, O Ministério Público Federal não.
 
O caso já foi encaminhado ao Procurador geral da República para uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a aplicação do “monstrinho” – um abre alas para toda sorte de abusos em prejuízo do meio ambiente.
 
Fora do (nunca antes tão amplo) círculo do poder, o entendimento é consensual: a lei aprovada pela obsequiosa bancada da “frente popular” se sobrepõe à legislação federal que trata de concessão para licença ambiental.
 
O que Cid Gomes fez se passar por um “licenciamento simplificado” é, de fato, licenciamento nenhum, pois se dá por autodeclaração do executor, sem o necessário ato de verificação e controle dos órgãos responsáveis.
 
É alvar: nenhum artifício deveria superar a imposição legal de observação prévia das condições ambientais em que se pretende realizar a obra. Afinal, que prefeitura declararia a si mesma impossibilitada de cumprir as normas? 
 
Mas vá dizer isso lá aos deputados governistas e ouvirá: “esqueça, aquelas bravatas eram coisas de oposição”. Não. O apoio político não deveria ir além da identidade partidária. Isso aí tem outro nome. Eles sabem qual.
 
Ricardo Alcântara,

Publicitário e poeta. 

TCE seleciona estagiários

O Tribunal de Contas do Estado receberá inscrições, a partir da próxima segunda-feira, para seleção de estagiários de nível superior. As vagas serão direcionadas para estudantes dos cursos de Administração, Biblioteconomia, Ciências Contábeis, Comunicação Social, Direito, Economia, Enfermagem, Engenharia Civil, Informática e Pedagogia. As inscrições se estenderão até 25 de março.

A prova, que deverá ser realizada no próximo dia 10 de abril, será dividida em três etapas: análise do histórico acadêmico dos alunos; aplicação da prova de conhecimentos gerais e específicos; e entrevista. A prova será aplicada das 8 horas às 12 horas.

SERVIÇO

* Mais informações estarão disponíveis em breve no site do TCE-CE (www.tce.ce.gov.br) e no Diário Oficial do Estado.

(Com TCE)

CNI – Empresários estão menos otimistas

“Os empresários brasileiros estão menos confiantes em 2011. O otimismo caiu 6 pontos em fevereiro deste ano contra fevereiro de 2010, passando de 67,8 pontos para 61,8 pontos. Os dados são do Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), divulgado nesta quinta-feira, 17 de fevereiro, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).  

“A queda no otimismo é resultado do resfriamento da atividade econômica nos últimos meses. Em fevereiro do ano passado, a indústria estava em um momento muito bom”, afirma o economista da CNI Marcelo Azevedo. Apesar da queda, os empresários continuam confiantes. Isso porque o indicador ficou acima de 50 pontos. O ICEI varia de zero a cem pontos e valores acima de 50 pontos indicam industriais confiantes. O Índice também está 2,1 pontos acima da média histórica, que é de  59, 7 pontos.

A queda no otimismo dos empresários entre fevereiro de 2010 e o mesmo mês de 2011 foi observada em todos os portes de empresa. Entre as pequenas empresas, o indicador passou de 66,1 para 61,1 pontos no período. Nas médias, o ICEI caiu de 66,6 pontos para 59,9 pontos e, entre as grandes, recuou de 69,9 pontos para 63,7 pontos.

A piora no otimismo dos empresários também foi verificada em todas as regiões do país, entre fevereiro de 2010 e de 2011. O destaque foi a região Sul, com uma redução de 7,3 pontos no ICEI. A queda na confiança dos empresários foi menor no Centro-Oeste, onde o indicador caiu 3,4 pontos. Na comparação entre janeiro e fevereiro deste ano, o otimismo dos empresários declinou 0,2 pontos. No primeiro mês do ano, o índice alcançou 62 pontos.

Em fevereiro deste ano, o ICEI foi maior em 11 dos 26 setores da indústria de transformação em relação a janeiro de 2011. O otimismo cresceu mais nos setores outros equipamentos de transporte, indústrias diversas, limpeza e perfumaria e veículos automotores. Por outro lado, o ICEI registrou as maiores quedas, acima de 1,5 pontos, nos setores de máquinas e equipamentos, plástico, edição e impressão, metalurgia básica e máquinas e materiais elétricos.

O índice de expectativas do empresário para os próximos seis meses registrou 65,5 pontos em fevereiro deste ano contra os 71 pontos em fevereiro do ano passado. Esse componente é formado pela expectativa dos empresários em relação à economia nos próximos meses, que foi de 61,3 pontos e da perspectiva em relação à empresa, que foi de 67,7 pontos em fevereiro.

A pesquisa da CNI foi realizada entre 31 de janeiro e 14 de fevereiro junto a 1.839 empresas, das quais 1.028 pequenas, 561 de médio porte e 250 grandes.”

(Agência CNI)

Banco do Brasil tem lucro de R$ 11,7 bi

174 1

O Banco do Brasil, maior instituição financeira do país, apresentou lucro líquido de R$ 11,7 bilhões em 2010, resultado 15,3% maior do que o apurado em 2009. O balanço do BB foi comunicado ao mercado nesta quinta-feira.

A carteira de crédito ampliada (que inclui garantias prestadas e os títulos e valores mobiliários) do banco atingiu R$ 388,2 bilhões no ano, subindo 20,8% em 12 meses e 4,4% no trimestre. A carteira de crédito encerrou 2010 com saldo de R$ 358,4 bilhões, expansão de 19,1% frente a 2009.

De acordo com o balanço da instituição a “expansão da carteira de crédito decorreu do crescimento das concessões para financiamento ao consumo, investimento e crédito imobiliário”.

O crédito às empresas cresceu e a carteira evoluiu 19,5% em 12 meses e 6,6% sobre o terceiro trimestre de 2010, totalizando R$ 149,8 bilhões em dezembro. Destaque para o investimento e capital de giro que cresceram, respectivamente, 31,3% e 19,8% em 12 meses, registrando saldos de R$ 33 bilhões e R$ 75,6 bilhões.

Já o crédito à pessoa física subiu de R$ 107,4 bilhões no terceiro trimestre para R$ 113,1 bilhões ao final do quarto, crescimento de 23,2% em um ano e de 5,3% no trimestre. Esse montante representa 31,6% da carteira total do BB, percentual igual ao registrado no trimestre anterior. Destaque para o crescimento do crédito consignado que atingiu R$ 45 bilhões, expansão de 23,2% em 12 meses que garantiu ao Banco do Brasil a liderança com 32% de participação de mercado.

O crédito imobiliário mantém sua trajetória de crescimento com saldo de R$ 3 bilhões em dezembro, expansão de 92,8% em 12 meses. As operações de financiamento a veículos também registraram desempenho ascendente, totalizando R$ 27,4 bilhões ao final de dezembro, crescimento de 32,1% em relação ao mesmo período do ano anterior e de 8,3% na comparação com setembro de 2010.”

(Folha.com)

Pedido de informações sobre viagem de Cid em jatinho da Grendene na pauta da Assembleia

159 3

A Assembleia Legislativa promete, a partir das 11 horas desa quinta-feira, embates entre a situação e o opositor Heitor Férrer (PDT). É que vai entrar em votação requerimento do pedetista pedindo informações do governador Cid Gomes (PSB) sobre o porquê dele usar jatinho do Grupo Grendene em período de férias nos EUA.

Heitor considera o fato “grave”, enquanto o governador já avisou que não tem o que responder para parlamentar nenhum sobre sua privacidade.

A Grendene foi uma das doadoras da campanha pró-reeleição de Cid Gomes. Doou R$ 1 milhão, mas Cid destaca amizade antiga com o controlador da empresa, Alexandre Grendene, que tem indústrias em sobral (Zona Norte), terra do governador.

VAMOS NÓS – Não é por nada, não. Mas como o governador gosta de jatinho.

Ministro dos Esportes confere exposição sobre Novo Castelão

O secretário especial da Copa 2014, Ferruccio Feitosa, está apresentando, nesta manhã de quinta-feira, no Palácio da Abolição, o projeto de modernização do Estádio Castelão. A apresentação ocorre na presença do governador Cid Gomes (PSB), do ministro Orlando Silva (Esportes) e de parlamentares e técnicos.

Em seguida, o ministro, o governador e o secretário Ferruccio sobrevoarão o Estádio Castelão, onde aterrissarão para uma visita técnica, procedimento que o ministro dos Esportes realiza nas 12 subsedes da Copa.

Depois dessa inspeção, Orlando Silva, o governador e o secretário retornarão para o Palácio da Abolição, onde, às 13 horas, darão entrevista coletiva.

(Foto – Cláudio Barata)

Mais de 110 mil não conseguem entrar no "Simples"

“O Comitê Gestor do Simples Nacional indeferiu quase metade dos pedidos para entrada no “Simples Nacional” solicitados em janeiro, mês em que anualmente ocorrem as opções para pagamento de tributos pelo sistema.

Das 234.838 solicitações, o órgão indeferiu 111.272 (47,38%). O balanço revela ainda que 119.726 (50,98%) pedidos para entrada no sistema foram aceitos, 3.824 (1,63%), cancelados, e 16 (0,01%) ficaram pendentes. Recolhem tributos pelo sistema 4,7 milhões de micro e pequenos negócios. O balanço foi divulgado na última terça-feira.”

(Agência Sebrae)

Garantia Safra: PF desarticula esquema de desvio de verbas em Cedro

150 1

“A Polícia Federal de Juazeiro do Norte deflagrou nesta quinta-feira, 17, a Operação Conífera, que visa desarticular um suposto esquema de desvios de recursos públicos federais do programa Garantia-Safra, do Ministério do Desenvolvimento Agrário, 2008 e 2009 no município de Cedro. A operação ocorre em parceria com a Controladoria Geral da União e Ministério Público.

De acordo com informações repassadas pelo delegado Alan Robson Ramos, da Polícia Federal de Juazeiro do Norte, estão sendo realizadas buscas e apreensões em 12 domicílios. Estão sendo investigados servidores públicos e empresários locais, além de sedes da prefeitura, todos no município cearense de Cedro. Ainda segundo o delegado, a operação envolve a participação de 50 policiais federais e 13 servidores da Controladoria Geral da União.

A operação é resultado de um inquérito policial inquérito instaurado em 2009, que apura que os gestores públicos distribuíam ilicitamente as verbas de recursos públicos federais destinados por lei a agricultores carentes afetados por perdas na colheita.

De acordo com o delegado Alan Robson, são beneficiários indevidos do programa social os secretários de agricultura do município de Cedro, parentes de servidores públicos, prestadores de serviços à prefeitura de Cedro, comerciantes, entre outros.

Os investigados poderão ser condenados na justiça federal por crimes de estelionato qualificado, peculato, formação de quadrilha e corrupção ativa e passiva.”

(O POVO Online)

Presidente do Conselho Nacional do SESI visita Iprede

 

O presidente do Conselho Nacional do SESI, Jair Meneguelli, visitará, a partir das 9 horas desta quinta-feira, a sede do Instituto de Promoção da Nutrição e do Desenvolvimento Humano (Iprede). Ali, ele vai tratar de assuntos relacionados ao Projeto VIRAVIDA – Profissionalização de Adolescentes e Jovens em Situação de Exploração Sexual e a Campanha Carinho de Verdade.

O Projeto ViraVida é uma ação do SESI que beneficia mais de 450 jovens e adolescentes de cinco capitais brasileiras (Fortaleza, Recife, Natal, Belém e Brasília) em situação de exploração sexual comercial e tráfico para fins de exploração. É realizado a partir de formação profissional e educação básica continuada, além de focar na garantia dos direitos desses jovens e adolescentes.

Já a Campanha Carinho de Verdade é uma mobilização da sociedade em defesa das crianças e adolescentes do Brasil, com o objetivo de reforçar a luta contra o abuso e exploração sexual.

Salário Mínimo – Quem traiu quem na votação?

Eudes Xavier (PT) votou contra o Governo.

“Apenas 15 deputados dos partidos governistas descumpriram a orientação do Palácio do Planalto e votaram a favor da emenda do DEM que fixava o salário mínimo em R$ 560. Nessa votação, a mais importante realizada ontem, a oposição faturou os votos de nove parlamentares do PDT, três do PP, dois do PT e um do PTB.

Na rejeição dos R$ 560, o governo contou com todos os votos das bancadas do PMDB, PSB, PR, PMN, PRB, PSC e PCdoB. O valor proposto inicialmente pelas centrais sindicais e depois encampado pelo DEM, R$ 15 a menos daquele apresentado pelo governo como limite máximo que ele estava disposto a aceitar, foi rejeitado por 361 deputados e aprovado por 120. Outros 11 se abstiveram de votar. No total, 492 parlamentares participaram da votação.

É um resultado excepcional para o governo Dilma. Primeiro, pelos números acima reproduzidos, que falam por si. Segundo, pela importância do tema. Em razão da origem sindical do principal partido governista, o PT, poucas coisas podem ser tão desgastantes para a base quanto votar contra aumentos para um piso salarial reconhecidamente baixo. Um sinal de céu de brigadeiro para o governo, ao menos neste início de mandato, nas próximas votações de grande impacto.
 
Terceiro, porque o governo, já favorecido pelas circunstâncias, se mostrou bem mais competente que a oposição na articulação política. Orientou claramente seus liderados (tinham que ser os R$ 545 e nenhum centavo a mais), envolveu ministros e líderes no convencimento das bancadas (todas ansiosas pela definição dos inúmeros cargos de segundo escalão ainda à espera de nomeações), e apresentou um discurso que oferecia a política de recuperação real implementada nos últimos anos (que elevou o salário mínimo de menos de US$ 90 para os mais de US$ 300 atuais) como garantia de que, passado o aperto fiscal, novos ganhos hão de vir até o final do governo Dilma. A lei aprovada já assegura a correção pela inflação mais o índice de crescimento da economia de dois anos antes.

Dado esse contexto, era nenhuma a chance de vitória da oposição. Mas PSDB e DEM facilitaram a vida do governo ao cometer um erro de encaminhamento. Em vez de colocarem em votação a emenda original acordada pelo PV, PPS e PDT com as centrais sindicais (pelo mínimo de R$ 560, mas com antecipação de R$ 15 que seriam descontados no aumento do ano que vem), tiraram essa proposta de pauta, substituindo-a pela do DEM, favorável ao aumento imediato para R$ 560 (sem antecipação). O resultado foi que a maioria dos deputados do PV se absteve na votação da emenda, que conseguiu os votos de somente um terço dos pedetistas – estes, já sob intensa pressão palaciana.
 
Para piorar, tanto o DEM quanto o PSDB enfrentaram defecções em suas bancadas. Na votação dos R$ 600 propostos pelo PSDB, a oposição ficou sem o apoio do PV, de dois deputados tucanos (Manoel Salviano, do Ceará, e Berinho Bantim, de Roraima) e de sete parlamentares do DEM: os mineiros Jairo Ataíde e Vitor Penido, que se abstiveram; e ainda Lael Varella (MG), Mandeta (MS), Marcos Montes (MG), Paulo Cesar Quartiero (RR) e Paulo Magalhães (BA), que votaram contra. Na votação dos R$ 560, a maioria do PV se absteve e seis deputados de partidos oposicionistas votaram junto com o governo: Antônio Roberto (PV-MG), Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO), Fábio Ramalho (PV-MG), Jairo Ataide  (DEM-MG), Manoel Salviano  (PSDB-CE) e Vitor Penido  (DEM-MG).
 
Já o governo viu sair de suas hostes sete votos favoráveis aos R$ 600. Eles vieram dos seguintes deputados: Francisco Floriano (PR-RJ), Jair Bolsonaro (PP-RJ), Luiz Argôlo (PP-BA), Oziel Oliveira (PDT-BA), Sérgio Moraes (PTB-RS), Tiririca (PR-SP) e Zoinho (PR-RJ).”

Clique aqui para ver os nomes dos deputados da base que votaram contra o governo
Veja a lista completa de votação da emenda de aumento para R$ 560

(Congresso em Foco)

DETALHE – O deputado federal Eudes Xavier foi o único da bancada federal cearense a votar matéria contra o Governo. Ele disse que não poderia manchar a sua história nem a história do pT, que sempre defendeu os interesses da classe trabalhadora. Eudes foi presidente da Central Única dos Trabalhadores. Agora, é esperar para ver se ele será mesmo tratado como “dissidente” como prometeu a tropa de choque dilmista.

Assembleia Legislativa lança Frente Parlamentar em Defesa da Defensoria

223 3

Será lançada nesta quinta-feira, a partir das 9 horas, a Frente Parlamentar em Defesa da Defensoria Pública do Estado. O ato ocorrerá no plenário do legislativo estadual, ocasião em qeu haverá mobilização dos defensores públicos em favor da valorização da categoria. A Frente terá como presidente o deputado Lula Morais (PCdoB).

O presidente da Associação dos Defensores Públicos do Estado (ADPEC), Fábio Ivo, participará do ato que, entre algumas reivindicações quer o reconhecimento da autonomia administrativa e funcional da Instituição, a nomeação de novos defensores, a reestruturação da carreira e a adequação constitucional remuneratória no patamar das demais carreiras jurídicas.

QUADRO

A Frente trbalhará no esforço de reduzir a carência de defensores nas Comarcas. Dos 184 municípios cearenses, apenas 61 possuem comarca com defensor público.

Situação do IJF-Centro em debate na Câmara Municipal

146 1

 

A situação do Instituto Dr. José Frota será tema de audiência pública nesta sexta-feira, a partir das 9h30min, no auditório da Câmara Municipal. A iniciativa é da vereadora Toinha Rocha (PSOL). O objetivo, segundo Toinha, é cobrar melhorar atendimento aos que necessitam de serviços médicos ali prestados e buscar alternativas para a superlotação e falta de material hospitalar.

“Há muito a ineficiência do hospital em atender a demanda da população vem sendo criticada. Precisamos encontrar uma solução urgente para os problemas enfrentados pelo IJF, que envolve toda a saúde do Ceará, pois grande parte dessa demanda é do Interior”, explica a vereadora, batendo numa velha tecla. O Governo do Estado diz que começou a fazer sua parte, construindo dois hospitais regionais e abrindo agora para a elaboração de uma terceira unidade.

A vereadora Toinha Rocha, por meio de sua assessoria, divulgou quem paga a conta do IJF:

– Prefeitura Municipal de Fortaleza (72%)

– Governo Federal (25%)

– Governo do Estado do Ceará (3%)

SiSU/UFC – Termina nesta 5ª feira prazo para confirmar nome em lista de espera

“A Pró-Reitoria de Graduação da UFC orienta os candidatos do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) sobre a necessidade de explicitar sua intenção em participar da lista de espera no próprio SiSU, a fim de concorrer a uma vaga em chamada que será realizada a partir do dia 21 próximo, no Campus do Pici. A manifestação de interesse deve ser feita até esta quinta-feira, através do Boletim Individual do candidato no SiSU (sisualuno.mec.gov.br). A Prograd divulgará, ainda nesta semana, em seu site (www.prograd.ufc.br), um edital com o cronograma das chamadas relativas a cada curso.

Os candidatos deverão comparecer em data e hora reservada ao curso onde que se encontra em lista de espera. Haverá chamada nominal, nos moldes das antigas chamadas de classificáveis. A Prograd ainda informa que o candidato que não foi classificado em nenhuma das chamadas do SiSU pode participar das duas listas de espera dos cursos aos quais se inscreveu. Se for classificado apenas na segunda opção, tendo ou não se matriculado, poderá participar da lista de espera de sua primeira opção. ”
 
(Site da UFC)