Blog do Eliomar

Últimos posts

Caso Bruce – "Meu filho não pode morrer em vão", apela o pai

318 3

“Desde a primeira manchete do caso de Bruce Cristian de Oliveira Sousa, o adolescente morto no domingo passado, 25, as visitas à casa de Chagas e Eglais, pais do menino, não deram trégua. Na noite do dia em que fez o posicionamento oficial da Polícia Militar a respeito do ocorrido, o próprio comandante do Batalhão de Polícia Comunitária, coronel Werisleik Ponte Matias, foi à casa da família do garoto repetir a declaração oficial dada ao público horas antes. Dessa vez, frente a frente com as vítimas.

“Fui para mostrar solidariedade nossa como pessoas e em nome da instituição. Fui chamar o pai para acompanhar todas as investigações diretamente com a corporação”, explica Werisleik.

Diante da casa desgrenhada dos Sousa, o coronel explicou que o caso isolado de Yuri Silveira não se enquadrava nos padrões do Ronda e que, por isso, o atirador sofreria as penas cabíveis. O pai do menino, por seu lado, não fez menção à punição para o policial. Lamentou o despreparo geral do Batalhão de Polícia Comunitária.

Há três dias insone, a vida do casal está paralisada. A família segue aprisionada pelo eterno retorno da lembrança tão recente, agravado pelas investidas da imprensa e pela lembrança renitente dos conhecidos. Ainda assim, não se esquiva da invasão e abre as portas de casa. “Dói falar sobre isso. A gente só continua atendendo a imprensa para o caso não abafar”, declara o irmão mais velho de Chagas, o senhor Eudes de Sousa. Ao que o pai de Bruce completa: “É a nossa defesa”.

Pela porta da frente entram pastores evangélicos, conhecidos, desconhecidos, médicos, repórteres, câmeras, produtores e fotógrafos. “A família precisa viver o luto”, preocupa-se Eudes.

A casa está como que tomada de assalto por partida repentina dos donos. A roupa limpa não foi recolhida do varal, não há quem lave a louça usada. Sobre a mesa, o laudo do IML como prova de que não se trata de sonho. Na rua de casa, o fluxo de moradores volta ao normal e em nada se assemelha ao tumulto do dia anterior, quando o corpo do menino foi velado na Igreja Evangélica Assembléia de Deus. “Meu filho não pode morrer em vão, o caso não pode abafar”, repete seu Chagas.”

(O POVO)

Equipe de Serra quer levar projetos de Tasso para todo o Brasil

“A equipe responsável pelo plano de governo do candidato a presidente José Serra (PSDB) visitou ontem ao Ceará para conhecer modelos de políticas para o campo, implantados nas administrações de Tasso Jereissati (PSDB, 1987-1990 e 1995-2002) como governador.

Segundo o coordenador do plano de governo de Serra, Xico Graziano, dois projetos, relacionados à agricultura, serão incorporados ao programa nacional do PSDB.

Uma dessas políticas é o Agropolos – organização social, fundada em 2002, que promove ações de apoio ao desenvolvimento rural sustentável e atua nas áreas de agricultura, pecuária, piscicultura e biocombustível. Outro modelo a ser copiado são os agentes rurais – profissionais que dão assistência técnica a agricultores familiares.

O encontro ocorreu no comitê do senador e candidato à reeleição, Tasso Jereissati, e do candidato a governador tucano, Marcos Cals. Nenhum dos dois participou da reunião, conduzida pelo candidato a vice de Cals, Pedro Fiúza.

Ao contrário do que ocorreu no dia da inauguração do comitê, em 21 de julho, quando só havia fotos de Tasso e Cals, o local ontem já possuía a imagem de Serra ao lado dos dois.

Graziano negou, no entanto, que o candidato tucano esteja “sumido” das campanhas tucanas no Ceará. “Ausente? Não. Terça-feira ele (Serra) estava no Maranhão. Veio a Pernambuco, veio ao Ceará (em 10 de julho), vai voltar agora”, declarou ele, acrescentando que, dentro de três semanas, deve haver nova visita de Serra ao Ceará.”

(O POVO)

Marcos Cals e Tasso apostam em carreatas

O candidato ao governo Marcos Cals (PSDB), ao lado do senador Tasso Jereissati (PSDB), participou de uma carreata, nessa noite de terça-feira, no bairro Pirambu. Os tucanos têm cumprido agenda na Capital neste início de semana.

Já nesta quarta-feira, às 9 horas, Marcos e o candidato a vice, Pedro Fiuza, participarão de uma caminhada no bairro Serviluz. À noite, a partir das 19h30min, os dois e o senador Tasso estarçao engajados em carreata no município de Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza).

(Foto – Divulgação)

FioCruz do Ceará terá concurso

“Vem aí concurso público nacional para a unidade que a Fundação Osvaldo Cruz implanta no Ceará e que terá sede no município do Eusébio (Região Metropolitana de Fortaleza). Segundo Carlile Lavor, coordenador da FioCruz no Estado, o edital sairá mês que vem e tem caráter nacional, pois oferecerá um total de 850 vagas para pesquisadores.

O certame atenderá a 20 unidades da FioCruz em instalação no País. As provas ocorrerão em outubro próximo e a nomeação será a partir de janeiro.

“Com esse concurso, a FioCruz do Ceará consolidará ações que, na prática, já começaram com a oferta de cursos de especialização na área do Programa Saúde da Família”, explica Lavor. Ele não precisou quantas vagas contemplarão a unidade da fundação no Estado.”

(Coluna Vertical, do O POVO/Foto – Paulo Moska)

Caso Bruce – Gravação dos diálogos no carro do Ronda está com Ciops

“A direção da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) já está de posse da gravação dos diálogos travados na tarde de domingo entre os policiais da viatura do Ronda do Quarteirão, na qual se encontrava o policial Yuri Silveira. Os diálogos são considerados a “caixa preta” do procedimento adotado naquele dia que culminou com a morte do jovem Bruce Cristian.

Por determinação da SSPDS, a direção do Ciops não se manifestou sobre o conteúdo dos diálogos, que serão anexados às peças do inquérito policial conduzido pelo delegado Munguba Neto, do 4° Distrito Policial. Até ontem o delegado não havia recebido as gravações, que serão também encaminhadas à Corregedoria dos Órgãos da Segurança Pública e Defesa Social. Com relação a imagens dos circuitos de TV de prédios próximos ao crime, o delegado recebeu uma fita e aguarda que outras sejam encaminhadas nos próximos dias.

Além das gravações do Ciops e das imagens dos circuitos de TV, Munguba aguarda o relatório dos equipamentos de monitoramento existentes na viatura. No depoimento prestado no 2° DP, Yuri disse que pediu, por meio do sistema de som da Hilux, que o pai de Bruce parasse. Uma fonte ouvida pelo O POVO, porém, descartou que o sistema tenha sido utilizado.”

Dilma pode ter encontro com Ciro

“As vésperas de um almoço marcado com o deputado Ciro Gomes (PSB), a candidata Dilma Rousseff (PT) teceu elogios ao aliado. Desde que foi preterido na disputa pela sucessão de Lula (PT), o socialista não firmou qual será seu posicionamento nas eleições. “Tenho uma posição muito clara sobre isso, primeiro porque sou amiga de Ciro, e não só do tempo da bonança. Convivi com ele numa época da dificuldade para nós (durante o escândalo do mensalão, em 2005), e ele sempre foi leal. Eu o admiro. O que ele decidir, eu respeito”, resumiu a petista.

O encontro dos dois foi arquitetado pelo comando da campanha do PT para a próxima quinta-feira, em Brasília. Também nesse dia, Dilma deverá ter agenda em Porto Alegre.”

(Com Agências)

VAMOS NÓS – A assessoria de Ciro Gomes (PSB) informou para o Blog que não havia nenhuma confirmação de almoço do parlamentar com Dilma Rousseff e que ele estava se dedicando, nesta semana, a uma agenda de contatos, em favor da reeleição do seu irmão, o governador Cid Gomes (PSB), no Interior do Estado. Agora é conferir.

Caso Bruce – Cid se solidariza com família, vê caso como exceção e promete acompanhar tudo

102 6

O governador Cid Gomes (PSB) se solidarizou, nesta noite de terça-feira, com a família do jovem Bruce Cristian, que morreu domingo último vítima de um tiro disparado pelo policial do Ronda do Quarteirão, Yuri da Silveira. Cid, em coletiva no seu comitê eleitoral no bairro Cocó, disse que como pai sentia a dor dessa família.

Ele, no entanto, afirmou que esse caso não pode ser tratado como regra geral. “A gente não pode tratar essa questão como regra geral, mas como exceção”, observou, prometendo que acompanhará o caso pessoalmente, assim como fez com o episódio do assassinato de dois médicos por um capitão da PM em Iguatu.

Cid apelou para que não se desvirtue essa questão e para que não se desmoralize uma categoria toda, gerando uma situação de humilhação. Sobre treinamento do Ronda do Quarteirão e possíveis falhas, ele disse que iria conferir se o policial Yuri teria sido da primeira turma ou de turma recente para saber o que houve.

Durante reunião com profissionais da área da saúde, ele confessou estar com uma “trava no coração” e pediu por ele um minuto de silêncio durante a reunião.

O policial Yuri Silveira, que matou o adolescente Bruce Cristian de Souza Oliveira, 14, teve a prisão preventiva decretada pela juíza Antônia Dulce Rodrigues Feijão, da Justiça Militar Estadual. De acordo com o tenente-coronel Werisleick Pontes Matias, comandante do programa Ronda do Quarteirão, a prisão foi decretada após uma representação do Ministério Público Estadual, feita pelo promotor Joathan de Castro Machado.

Ainda segundo o comandante do Ronda, o pedido de prisão foi feito em virtude do clamor público e indignação social gerado com o crime. O policial já foi transferido para o Presídio Militar do 5º Batalhão, no Centro da capital.

PF – Operação contra pedofilia na internet bate recorde de prisões

“A Operação Tapete Persa, da Polícia Federal (PF), bateu hoje (27) o recorde de prisões em flagrante por pedofilia na internet: 20 pessoas foram detidas por posse de material que contém pornografia infantil. Iniciada na manhã desta terça-feira (27), a operação da PF já cumpriu metade dos 81 mandados de busca e apreensão em 54 cidades e nove estados.

Os criminosos poderão, se condenados, permanecer por mais de 15 anos em reclusão, com base no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e na Constituição Federal. Entre os presos em flagrante estão quatro idosos e um coronel da Polícia Militar. Além das prisões, três pessoas foram indiciadas, pois não estavam no local do crime no momento em que a polícia fez a abordagem.

De acordo com o chefe do Grupo Especial de Combate aos Crimes de Ódio e à Pornografia Infantil na Internet da PF, delegado Stênio Santos Souza, foram apreendidas diversas imagens compiladas em vídeo que mostravam abusos cometidos contra crianças. Armas e drogas também foram encontradas nas casas de alguns acusados de pedofilia.

“São imagens degradantes que fazem com que a gente sinta que há menos humanidade no mundo. Essa impressão é passada pela facilidade com que esse material é propagado pela internet”, disse Souza.

Segundo o delegado Marcelo Bórsio, do Grupo Especial de Combate aos Crimes de Ódio e à Pornografia Infantil na Internet, dos 20 casos de prisão, de 25% a 30% das pessoas que portavam material pornográfico também praticavam os abusos contra crianças. “É triste falar isso, mas essas pessoas que compartilham fotos também promovem os abusos sexuais infantis”.

A operação fez  buscas e apreensões em Alagoas, no Ceará, em Goiás, Minas Gerais, no Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, em Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal. A PF atuou em cooperação com a Interpol, a polícia internacional, e a Polícia Criminal de Baden-Württenberg, da Alemanha.

Durante uma operação da polícia alemã, deflagrada em junho de 2009, foi identificado o compartilhamento de material pornográfico entre pedófilos de vários países, inclusive do Brasil. A PF foi informada dos crimes pela Interpol, no final de 2008 e já no primeiro semestre de 2009 a unidade central da PF para crimes de pedofilia iniciou investigações para identificação dos locais usados pelos suspeitos para cometimento dos crimes no Brasil.”

(Agência Brasil)

TJ marca para agosto audiência sobre assassinato de turista italiano

“A 1ª Vara Criminal da Comarca de Fortaleza agendou para o dia 18 de agosto, às 14 horas, a primeira audiência de instrução do processo que investiga o roubo a três turistas italianos e a morte de um deles – Giuseppe Paparone -, na noite de 23 de maio deste ano, na avenida Washington Soares, em Fortaleza.

Durante a audiência, presidida pelo juiz Sílvio Pinto Falcão Filho, será realizado o interrogatório do réu, Kilmar Santana de Lima. Serão ouvidos também os depoimentos de seis testemunhas, sendo quatro delas indicadas pela acusação, patrocinada pelo promotor de Justiça Francisco Osiete Cavalcante Filho, e duas apresentadas pelo defensor público Rogério Matias Rebouças da Silveira.

Segundo os autos, o carro em que estava Giuseppe Paparone, acompanhado das italianas R.T. e D.A., quebrou na avenida Washington Soares. Nesse momento, foram abordados pelo acusado e pelo menor M.M.O.. Armada, a dupla roubou os aparelhos de telefone celular e o dinheiro do grupo.

Após o roubo, o réu efetuou um disparo que atingiu o turista. A vítima foi socorrida, mas faleceu antes de chegar ao hospital. Os dois acusados foram capturados no dia seguinte. Na delegacia, Kilmar confessou o crime.

O acusado responde pelos crimes de roubo, com aumento de pena por emprego de arma e concurso de pessoas, e por roubo seguido de morte, além de corrupção de menor.”

(Site do TJ-CE)

Homônimo de Ciro Gomes aparece bem nas pesquisas em São Paulo

“Quando viu publicado na Folha de São Paulo de ontem os 19% de intenção de votos para o Senado, percentual apurado na pesquisa Datafolha, Ciro Moura (PTC), candidato ao Senado por São Paulo, ficou surpreso. O sentimento foi compartilhado por aliados e adversários. Há quase 20 anos disputa cargos. Nunca se elegeu: “Pela minha trajetória achei que teria um bom número, mas não nesse patamar”.

A explicação para o percentual alcançado na pesquisa pode estar na estratégia adotada pelo candidato. Em registro na Justiça Eleitoral, Ciro Moura excluiu o sobrenome do cadastro de seu nome de campanha. Assim, Ciro Moura tornou-se apenas Ciro para o eleitor. Datafolha tem como critério apresentar na pesquisa o nome de campanha registrado pelo candidato. E, na avaliação de Mauro Paulino, diretor-geral do Datafolha, ao se deparar com o nome Ciro na cédula, o eleitor pode ter feito uma associação com o deputado federal Ciro Gomes (PSB). “E essa é uma confusão que pode acontecer na hora do voto”, ressaltou.”

 (Com Agências)

TRT-7ª Região inicia processo via portal

O primeiro processo na Justiça do Trabalho do Ceará, iniciado por meio do novo
Portal de Serviços do TRT-CE, teve audiência, na manhã desta terça-feira, na 12ª Vara do Trabalho de Fortaleza. A audiência inicial para tratar de reclamação trabalhista envolvendo um frentista e um posto de combustível acabou em acordo, com o reclamante recebendo R$ 800. A petição inicial foi cadastrada no Portal de Serviços em 1º de julho, primeiro dia de funcionamento do novo serviço.

De acordo com o juiz Antonio Teófilo Filho, titular da 12ª Vara do Trabalho de
Fortaleza, o novo serviço “tem caráter extremamente válido porque facilita o
atendimento e faz melhorar a prestação dos nossos serviços. Como toda novidade, ainda tem gente se adaptando, mas já avançamos muito. É muito válido”, concluiu o magistrado.

O TRT-CE está ministrando cursos para treinar advogados trabalhistas a operarem o Novo Portal de Serviços da instituição. As duas primeiras turmas já foram capacitadas e o treinamento segue sempre de acordo com a demanda apresentada pela Associação dos Advogados Trabalhistas do Ceará (Atrace).
O advogado interessado em participar do curso deve se inscrever na sala da
Atrace, localizada no mezanino do Fórum Autran Nunes, no Centro de Fortaleza.

(Site do TRT-7ª Região)

Maluf: "Só Deus vai me tirar da vida pública"

“A Procuradoria Eleitoral de São Paulo vai impugnar o pedido de registro de candidatura do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) com base na Lei da Ficha Limpa.

Apesar disso, o político afirmou nesta terça-feira que “só Deus” o tiraria da vida pública e que “ninguém tem a ficha mais limpa” que ele próprio.

“Como impugnar algum candidato que não tem condenação?”

O principal fundamento para considerar Maluf “ficha-suja” é a condenação do deputado pela suposta participação em um esquema para superfaturar uma compra de frangos da Prefeitura de São Paulo.

O ex-prefeito da capital foi condenado pelo TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo em abril deste ano.

A definição sobre a impugnação da candidatura ocorreu ontem, após o TJ rejeitar um recurso de Maluf contra a condenação nesse caso.

Além dessa punição, a Procuradoria está buscando outros processos nos quais Maluf é parte, inclusive na Justiça Eleitoral, para tornar ainda mais robusta a impugnação contra o congressista.”

(Folha.com)

Ciro faz as pazes com deputado e prefeito de Iguatu

137 2

O deputado federal Ciro Gomes (PSB) visitou, na manhã desta terça-feira, em Iguatu, o deputado estadual José Ilo (PSDB) e o seu filho, o prefeito Agenor Neto (PMDB). O encontro foi na residência do prefeito localizada no Cocobó. Ciro Gomes veio exclusivamente a este município fazer as pazes com os dois.

Segundo o próprio Ciro, desde 1998, nas eleições para presidente, ficou uma mal entendido entre os três e que precisava ser esclarecido.

Além dos pedidos de desculpas, Ciro Gomes aproveitou o ensejo para agradecer ao prefeito iguatuense pelo apoio dispensado ao irmão Cid Gomes que é candidato a reeleição para governador e ao deputado estadual Zezinho Albuquerque também candidato a reeleição.

Ciro Gomes disse ter ficado impressionado com a administração de Agenor Neto. Sobre o Agente do Bem, programa implantado pela Prefeitura de Iguatu, Ciro Gomes disse que vai levar a ação como modelo para outros municípios e para o restante do País.

(Iguatu.net)

Caso Bruce – Decretada prisão preventiva de policial

164 4

A Justiça Militar decretou, nesta tarde de terça-feira, a prisão preventiva do policial Yuri Silveira, Programa do Ronda do Quarteirão, que atirou e matou, no último domingo, o jovem Bruce Cristian (14).

Yuri da Silveira, que estava detido no Quartel de Polícia Comunitária na sede da Secretaria da Segurança Pública (Bairro São gerardo), em Fortaleza, será transferido para o 5º Batalhão Policial (Centro)

(Com Jangadeiro Online)

Caso Bruce – Lúcio Alcântara diz que o fato deve servir de alerta

130 6

O candidato a governador pelo PR, Lúcio Alcântara, voltou a lamentar, nesta terça-feira, a morte do adolescente Bruce Cristian provocado por um tiro disparado pelo policial do Ronda do Quarteirã, Yuri da Silveira. Para ele, o caso deve ser visto como “um alerta” sobre a preparação dos policiais do programa.

“Nós não vamos utilizar essa tragédia eleitoralmente. Respeitamos e lamentamos a dor da família, mas pergunto: até quando outros terão de pagar pela forma como o governo lida com a segurança? Os próprios policiais são também vítimas dessa gestão. Compra carro de luxo, mas esquece de investir no profissional que a conduz. Desse jeito, infelizmente, é muito provável que histórias como essas vão surgindo nas famílias cearenses”, bateu o candidato.

União da Juventude Socialista apoia Chico e Lula

62 1

O deputado federal Chico Lopes e o deputado estadual Lula Morais, ambos do PCdoB e postulantes à reeleição, promoverão, nesta quarta-feira, a partir das 17 horas, plenária com os filiados da União da Juventude Socialista do Ceará (UJS/CE). Segundo Lopes, o  objetivo é debater e trocar ideias com os jovens sobre assuntos relativos à realidade atual da juventude.

O presidente estadual da UJS/CE, Flávio Vinícius, considera o encontro importante porque, na ua avaliação, dará oportunidade a Chico Lopes e Lula Morais apresentarem seus projetos e propostas para esse segmento, ocasião em que, segundo adianta, os parlamentares também recederão sugestões. A UJS apoia esses candidatos e já se articula para criar núcleos de campanha.

SERVIÇO

Local: Comitê Chico Lopes (Avenida da Universidade, 2121 – Benfica)

Seplag promove debate sobre Transparência e Controle Social

O assessor da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap) e professor do curso de Computação da Unifor, Vasco Furtado, dará palestra às 8h30min, desta sexta-feira, sobre o tema “Governo 2.0 – Transparência e Controle Social usando ferramentas da Internet”.

A palestra, que faz parte do projeto “Café com Debate”, uma promoção da Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag), ocupará espaços no auditório dessa pasta, no Centro Administrativo do Cambeba.

Participarão como debatedores o presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Ernesto Saboia, e o controlador e ouvidor geral do Estado, Aloísio Carvalho.

Governo acelera transferências para municípios em ano eleitoral

“Criada para estabelecer normas às eleições, a lei eleitoral (9.504/97) proíbe a realização de transferência voluntária de recursos da União aos estados e municípios durante os três meses que antecedem o pleito em outubro. Para escapar deste período de “seca”, em que não pode realizar transferências, os órgãos públicos federais aceleram, sempre em ano eleitoral, os empenhos (reservas orçamentárias para futuro pagamento) nos primeiros meses dos exercícios em que há votações.

Levantamento do Contas Abertas mostra que a prática ocorre desde pelo menos 2002, sem exceção. Naquele ano de eleições gerais, o governo federal empenhou a municípios, entre janeiro e julho, um total de 1,6 bilhão para investimentos (execução de obras e compra de equipamentos); valor seis vezes maior do que o comprometido no mesmo período do ano anterior.

Em 2004, ano de eleições municipais, a situação foi semelhante. A União reservou pouco mais de R$ 1,6 bilhão aos municípios nos primeiros sete meses, quantia 11 vezes superior ao empenhado no mesmo período do exercício passado. Já em 2006, ano em que Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT, ganhou a disputa de Geraldo Alckmin (PSDB), a administração federal empenhou R$ 3,9 bilhões entre janeiro e julho, ou seja, 564% mais do que em igual período de 2005.

Em 2008, quando mais de 5,5 mil prefeitos foram eleitos em todo o país, o governo federal comprometeu oito vezes mais recursos para municípios executarem obras e comprarem equipamentos, nos primeiros sete meses, do que em 2007. Em 2010, o salto em comparação a janeiro-julho de 2009 é de 238%, mesmo considerando que julho ainda não se encerrou.

As transferências voluntárias são proibidas pela Lei Eleitoral entre julho e outubro, a menos que o repasse seja feito se a verba cumprir obrigação formal preexistente para execução de obra ou serviço em andamento e com cronograma prefixado. Além disso, o recurso também pode ser liberado caso seja destinado a situações de emergência e de calamidade pública.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do Tribunal Superior Eleitoral para comentar a respeito dos aumentos de repasses em anos de pleito. No entanto, a assessoria afirmou que não cabe à Justiça Eleitoral fazer esse tipo de análise.”

(Site Contas Abertas)