Blog do Eliomar

Últimos posts

Prefeito de Iguatu conversa com Eunício Oliveira

agenoor

O prefeito de Iguatu, Agenor Neto (PMDB), está em Brasília para uma série de contatos ministeriais. Mas ele diz que, em sua agenda, consta um encontro político: com o presidente regional do seu partido, o pré-candidato a senador Eunício Oliveira.

Agenor Neto não quis dar detalhes do encontro, mas voltou a reiterar que, em termos de eleições 2010, apoiará a reeleição do governador Cid Gomes e do senador tucano Tasso Jereissati “que estão contribuindo decisivamente em projetos que ajudam o desenvolvimento do nosso município”.

Tasso diz que visita de Dilma é afronta a Ciro

tassouvc

Ao chegar, tucano foi abordado por eleitora.

O senador Tasso Jereissati (PSDB) ironizou, na manhã desta segunda-feira (12), a presença da ex-ministra Dilma Rousseff no Ceará. Para o senador tucano, a pré-candidata do PT à Presidência da República deverá ficar impressionada com o desenvolvimento e a hospitalidade do cearense. “É bom que ela venha conhecer o Ceará e o povo cearense”, destacou.

Tasso Jereissati disse, no entanto, que a visita ainda é uma afronta direta ao também pré-candidato Ciro Gomes (PSB), que inclusive se encontra no Estado. Para o senador, a ex-ministra de Lula poderia ter esperado o quadro nacional se definir.

“Uma visita como essa é uma afronta direta ao Ciro, mas é bom que ela venha conhecer. Quem sabe até o fim da campanha ela não possa conhecer a gente melhor”, acentuou Jereissati, numa referência ao título de cidadania que Dilma ganhará, nesta noite de segunda-feira, da Câmara Municipal de Fortaleza. 

A visita de Dilma por pouco não foi cancelada, no que fez a prefeita Luizianne Lins, presidente regional do PT, se deslocar no fim de semana para Brasília onde, pessoalmente, fechou a agenda da presidenciável.

Sobre o PSDB e a disputa governamental, Tasso Jereissati disse que, até o fim do mês, o partido deve resolver sua situação, mas ele não esconde simpatias para com a reeleição do governador Cid Gomes (PSB) e até justificou:

“Eu disse uma vez que nós fomos paridos pelo mesmo ventre. O projeto é o mesmo e com algumas nuâncias, evidentemente e até de geração, e essas nuâncias é que podem definir caminhos diierentes”. Ele não detalhou que nuâncias são essas.

O senador é um dos palestrantes do XXVII Congresso Estadual de Vereadores, que acontece no Hotel Gran Marquise, na Beira-Mar.

uvcc

O Congresso da UVC foi aberto pelo presidente da entidade, Deuzinho Filho (PMN-Caucaia), tendo a presença de autoridades como o presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Ernesto Saboya, e do ex-ministro a Previdência Social, José Pimentel.

O governador Cid Gomes (PSB) chegou a ser incluido na programação para abrir o encontro, mas não compareceu. Segundo sua assessoria, ele teria outros compromissos nesta manhã de segunda-feira.

josepitneluvc

O pré-candidato e lideranças do Interior.

O ex-ministro José Pimentel, que voltou a ser deputado federal, aproveitou para reforçar contato com vários grupos de vereadores. Ele é pré-candidato ao Senado pelo PT, como quer a prefeita Luizianne Lins e demais petistas. Pimentel participou da abertura do evento mas, em seguida, deixou o local alegando outros compromissos. Ele saiu na hora em que o tucano Tasso Jereissati chegava ao congresso.

(Fotos – Paulo Moska)

Secretário da Segurança Pública dará palestra na OAB do Ceará

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, Roberto Monteiro, estará nesta terça-feira, às 15 horas, na antiga sede da OAB do Ceará (Avenida Pontes Vieira (2688).

Atendendo a um convite do presidente da Comissão de Segurança Pública da Ordem, Renato Torrano, o secretário dará palestra sobre o tema “Segurança”.

DETALHE – Renato Torrano foi secretário da Segurança Pública do Ceará.

Serra diz que privatização não é ponto central do seu programa

Em entrevista à rádio Jovem Pan, o governador de São Paulo e pré-candidato à presidência do PSDB, José Serra, afirmou que a privatização não é um ponto central do programa de governo. Segundo ele, o que tinha que ser privatizado já foi. “Quem era contra a privatização teve oito anos para desfazer isso, se fosse uma decisão errada, e ninguém fez”, disse o governador.

Serra elogiou a entrega ao capital privado de setores como a siderurgia e a telefonia. “No mundo inteiro não é o governo que toca nesses setores, por que vira cabide de emprego”, afirmou. O governador destacou que vai reforçar com capital público o sistema financeiro.

“Quando estava no governo passado fizemos um programa de renovação da Caixa e do Banco do Brasil. Vou fortalecê-los mais, pois são instrumentos de política econômica”, afirmou.

Esqueceram de nós – Governo enrola e não chama aprovados em concurso da Saúde

Aprovados no concurso público realizada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) e que objetivava contratar o pessoal de nível superior não-médico (enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas e outros) ainda aguardam ser chamados. Faz quatro anos que o concurso foi realizado. Já foram nomeados os médicos e o pessoal de nível médio e a carência dos profissionais está sendo suprida por terceirizados e gente de cooperativas. Os aprovados dizem que não entendem a causa de tanta demora, pois o governo paga, bem caro, as cooperativas para obter mesmos serviços. 

Com a palavra Arruda Bastos, o novo secretário estadual da Saúde, que fica só no discurso de que a questão tem de ser resolvida pelo governador Cid.

DETALHE – Os aprovados temem que chegue o período eleitoral e este ano seja mais um ano perdido. Tem gente que investiu tudo e continua desempregado.

Hospital Universitário adotará nova técnica para transplante de fígado

O Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), da Universidade Federal do Ceará, já se prepara para, dentro de 90 dias, realizar seu primeiro transplante de fígado do tipo split.

O órgão do doador adulto falecido será dividido em dois: 70% do fígado poderão ser transplantados em outro paciente adulto, enquanto os 30% restantes do órgão, referentes a seu segmento lateral esquerdo, se destinarão a uma criança que necessite do transplante.

Segundo o Chefe do Serviço de Transplante de Fígado do HUWC, Dr. José Huygens Parente Garcia, é possível realizar a partição do fígado em até 15% dos casos de transplantes de doadores falecidos. O tipo split possibilitará o aumento no número de transplantes de fígado em crianças, pacientes com maior dificuldade em receber doações desse órgão. Em 2009, o HUWC realizou 82 transplantes de fígado.

Para Huygens, poderia ter havido mais pacientes transplantados, se a nova modalidade já estivesse em operação no hospital. Em 2010, já foram realizados 33 transplantes de fígado no HUWC.

Doadores vivos

Ainda no segundo semestre de 2010, o HUWC iniciará transplantes de fígado com doadores vivos. A técnica, que já corresponde a 10% dos transplantes de fígado em São Paulo, também possibilita um maior número de transplantes.”

(Site da UFC)

No aniversário de Fortaleza, prefeita decreta ponto facultativo nas repartições públicas

A prefeita Luizianne Lins decretou ponto facultativo nsta terça-feira, data em que se comemora o aniversário de 284 anos da cidade de Fortaleza.

O decreto faculta o ponto dos órgãos públicos do Município, mas não abrange os detentores de cargos privativos da área da saúde da rede pública municipal, bem como não afeta o funcionamento dos serviços essenciais, tais como socorros urgentes, limpeza pública, fiscalização e orientação de trânsito, vigilância e salva-vidas.

STJ julga pedido de liberdade do ex-governador José Roberto Arruda

“O Superior Tribunal de Justiça deve julgar nesta segunda-feira o pedido de liberdade do ex-governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), preso há dois meses na Polícia Federal.

Uma reunião extraordinária da Corte Especial do STJ, que reúne os 15 ministros mais antigos, foi marcada para hoje e deve ser a última participação do ministro Fernando Gonçalves, responsável pelo inquérito que investiga o esquema de arrecadação e pagamento de propina que seria chefiado por Arruda.

Gonçalves se aposenta no próximo dia 20 porque completa 70 anos. Apesar de ter submetido o pedido de prisão preventiva de Arruda à Corte Especial, Gonçalves tem autonomia para decidir monocraticamente sobre o pedido de liberdade.

Em conversas com assessores, o ministro afirmou, no entanto, que deseja decidir a situação do ex-governador com o colegiado e após manifestação do Ministério Público Federal.

Arruda é acusado de chefiar um sistema de arrecadação e pagamento de propina e foi preso por obstruir as investigações do esquema de corrupção. Com os desdobramentos do escândalo, Arruda teve o mandato cassado no mês passado pela Justiça Eleitoral por desfiliação partidária.

Com a cassação de Arruda, a Câmara Legislativa convocou uma eleição indireta para escolha do novo governador e vice. Ao todo, dez candidatos se lançaram na disputa, sendo que cinco têm ligações com o ex-governador.

A Câmara corre contra o tempo para dar respostas à crise política e evitar que o pedido de intervenção federal defendido pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, ganhe força no STF (Supremo Tribunal Federal).

Semana passada, o presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, pediu que a PGR (Procuradoria Geral da República) explique como a medida seria aplicada na Câmara Legislativa.

“Tanto nos casos em que é necessária a nomeação de interventor, quanto naqueles em que ela se revelar prescindível, é indispensável que a intervenção, antes de sua efetivação, tenha sua amplitude, seu prazo e suas condições definidos e especificados. É necessário que o procurador-geral explicite o pedido formulado para apontar como se daria a intervenção federal na Câmara Legislativa do Distrito Federal”, afirmou o ministro Gilmar Mendes no pedido de informações encaminhado à PGR.”

(Folha Online)

Comunidade Oficina do Senhor em crise

oficinasenhor

Por causa da redução no repasse que a Prefeitura de Fortaleza realizava, a Comunidade Oficina do Senhor, da Igreja Católica, realiza campanhas para arrecadar ajuda e continuar seu trabalho de apoio a adolescentes em situação de risco.

Uma rifa, com cautela no valor de R$ 50,00 e que tem como prêmio uma viagem à Terra Santa, coeçou a ser vendida por voluntários. No Aeroporto de Fortaleza, os parlamentares estão sendo procurados para contribuir com o trabalho da Oficina do Senhor.

MPF-CE lança livro sobre índios do Ceará

Nesta segunda-feira, na sede do Ministério Público Federal no Ceará, será lançado o livro ” Direitos Humanos e a Questão Indígena no Ceará – Relatório do Observatório Indígena – 2007-2008″. A publicação é organizada pelos professores Isabelle Braz (professora do Departamento de Ciências Sociais da UFC) e Max Maranhão (professor do Departamento de Ciências Sociais da UECE), com a participação de outros pesquisadores.

O livro é composto por uma coletânea de artigos produzidos pelos
pesquisadores do Observatório, pelo relatório das violações a direitos indígenas nos anos de 2007 e 2008, e pelo acervo de fotos, notícias e documentos indígenas reunidos pelo Observatório. O livro, além de uma boa fonte de dados para pesquisadores da área, visa a afirmar, definitivamente, a existência de uma multiplicidade de povos indígenas no Ceará.

(Com  MPF-CE)

Sudene e Sudam – Um rombo de R$ 16,6 bilhões

“Uma década após a série de escândalos envolvendo a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), o saque promovido por fraudadores e maus administradores nas autarquias regionais ganhou uma proporção nunca imaginada: R$ 16,6 bilhões, quatro vezes mais do que o estimado na época dos escândalos, segundo o Ministério da Integração Nacional.

Este é o valor que foi pelo ralo dos fundos de investimento da Amazônia (Finam) e do Nordeste (Finor) — mecanismo de financiamento das superintendências. Passados dez anos, todos seguem impunes e o dinheiro não retornou aos cofres públicos.

Segundo o Ministério da Integração, responsável agora pelo passivo dos fundos, o calote foi aplicado por 1.571 empresas financiadas até 2001, quando as superintendências foram extintas, no governo Fernando Henrique Cardoso, em meio aos escândalos.

Empresas fantasmas, projetos inexistentes, superfaturamento e laranjas estão no rol das denúncias, que envolvem empresários, políticos e servidores.

Outra parte era de projetos mal avaliados e jamais fiscalizados. Até hoje, fraudes das antigas Sudam e Sudene são descobertas pelo Ministério Público Federal (MPF).

Em outubro do ano passado, um velho conhecido da Sudam foi denunciado por desvio de recursos: o deputado federal Jader Barbalho (PMDB-PA).

Ele está entre os 15 acusados pelo MPF de Tocantins por desviar verba do Finam a favor da agroindústria Dona Carolina, localizada na Lagoa da Confusão (TO).

Jader teria cobrado de 15% a 20% no repasse de R$ 16,7 milhões para a empresa, segundo os procuradores. Os recursos deveriam ter sido usados em um projeto agrícola de ração animal, grãos e sementes de arroz.

— Em quase todos os projetos alguém ganhava uma grana, mas nos maiores a cúpula dominava, com Jader Barbalho e José Tourinho (ex-superintendente da Sudam) — diz Rodrigo dos Santos, procurador da República em Tocantins.

Em outro caso recém-denunciado, o MPF em Pernambuco acusou três diretores da Fruticultura do Nordeste (Frutone), de Santa Maria da Boa Vista (PR), por desvio de recursos. A empresa recebeu R$ 2,1 milhões do Finor para um projeto de irrigação para cultivo de feijão, tomate, manga.”

(O Globo)

PSDB não apoia a reeleição de Cid se PT estiver na chapa, diz Penaforte

“Enquanto a candidatura nacional é lançada, a situação do PSDB e dos partidos de oposição no Ceará está mais indefinida do que nunca. Em uma curiosa convergência com o PT, o presidente tucano no Ceará, Marco Penaforte, afirma que está descartada a possibilidade de o partido apoiar o a reeleição do governador Cid Gomes (PSB) caso os petistas também estejam na aliança. “Nesse ponto, nós e o PT concordamos. Ambos queremos ver o outro do outro lado“, afirmou Penaforte. “A presença do PT na coligação inviabiliza nossa presença“.

A declaração foi feita a despeito de recente afirmação do dirigente de fato do PSDB cearense, o senador Tasso Jereissati, que declarou faltar apenas “alguns arranjos“ para fechar a aliança com Cid. As negociações passam, inclusive, por um possível acordo informal, algo que o PT tampouco aceita. E Penaforte enfatiza: “Não temos nenhum interesse em compor com o PT no Ceará“, afirmou, em Brasília, durante o encontro nacional que lançou a pré-candidatura de José Serra (PSDB) a presidente da República, no último sábado.

Segundo o comando tucano do Estado, perto de 200 pessoas integravam a comitiva cearense. Estavam lá prefeitos, deputados, além de nomes como o presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Roberto Macêdo.

O presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra (PE), procurou, porém, ser menos incisivo sobre a presença em uma coligação que envolvesse também a participação petista. Disse esperar a definição sobre a situação do irmão do governador, o deputado federal Ciro Gomes (PSB). “O Ciro ainda é candidato a presidente. Quando o Ciro deixar de ser candidato, ou se o Ciro confirmar a candidatura dele, é que nós vamos ter mais clareza sobre o Ceará“.

Guerra reconheceu que a candidatura de Ciro cria um cenário atípico para a sucessão presidencial no Estado em relação ao resto do Brasil. Segundo ele, pesquisas internas confirmam que o padrão de intenções de voto que se verifica em todo o País não se repete entre os eleitores cearenses. “No Ceará é naturalmente atípico, porque tem lá a candidatura do Ciro. Quando essa candidatura se esvair ou se consolidar, a gente pensa de novo“, disse.

Indefinição que é reconhecida por Penaforte. “Nós temos um nó na política cearense como nunca vi na vida.“ Ele destacou que há de tudo entre os tucanos estaduais & desde os que defendem alinhamento automático e incondicional a Cid, aos que querem radicalmente o lançamento de uma candidatura de oposição. “São tantas as variáveis que temos de ir descascando a cebola devagarinho.“

“PPS FOI ÚNICO PARTIDO QUE RESPEITOU CIRO“
> Presidente nacional do PPS, ex-partido de Ciro Gomes (PSB), Roberto Freire comentou em Brasília, durante evento em apoio à pré-candidatura de José Serra à Presidência, a recente carta do deputado federal à sua atual legenda, o PSB, na qual cobra que o partido “pense grande“ e pressiona pela aprovação de sua candidatura presidencial.

> “Ele não reconhece isso, mas o único partido que respeitou o Ciro foi o PPS“, disse Freire, que, a partir do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), passou a viver às turras com Ciro em função do apoio ao Palácio do Planalto.

> Em 2005, a disputa culminou com a dissolução do diretório do PPS no Ceará, então dirigido pelo hoje governador Cid Gomes, que se encontrava em Washington. Os Ferreira Gomes acabaram desembarcando no PSB.

> “O Ciro foi candidato duas vezes à Presidência (pelo PPS), sem precisar fazer carta, apelo“, afirmou ao O POVO. “Mas quando o PPS pediu para ele respeitar o PPS, ele ficou no Governo“, disse, sobre a negativa do então ministro da Integração Nacional de entregar o cargo que ocupava, quando o PPS decidiu romper.

BASTIDORES DO LANÇAMENTO DE SERRA EM BRASÍLIA
>Uma das estrelas do evento foi Sabrina Sato, repórter do Pânico na TV, da RedeTV. Chegou a colocar autoridades para dançar o Rebolation, como o deputado federal Walter Feldman (PSDB-SP).

> Outra estrela do evento foi a mestre de cerimônias contratada, a modelo e apresentadora Ana Hickmann. Ao subir ao palco, ouviu-se um grito: “Bota ela de vice“.

> Apesar de trabalhando no lançamento da candidatura, Ana Hickmann afirmou, na véspera do evento, que não definiu o voto para presidente.

> No início da solenidade, houve correria e aflição entre os seguranças. Era a equipe do programa humorístico-jornalístico CQC, da TV Bandeirantes. ”

(O POVO)

TCM já aplicou R$ 14,4 milhões em multas

“Como resultado dos julgamentos realizados nos primeiros três meses do ano, o Tribunal de Contas dos Municípios já aplicou penalidades econômicas a gestores municipais, em razão de mal feitos administrativos, no valor de R$ 14,4 milhões. Quem não pagar terá a conta pendurada na dívida ativa de cada Prefeitura, resultando em futura execução judicial. Enquanto o devedor não resolver a questão, o débito o acompanhará vida afora, colada em seu nome, para todos os efeitos legais.

E tem mais: os que decidirem passar a régua e quitar a fatura, devem enviar ao TCM o comprovante de recolhimento, para que seja feita a baixa na responsabilidade da dívida no processo que a originou. É burocracia? Pode ser, mas é o que manda a lei, quando trata desses assuntos, digamos, de resgate do que foi descaminhado dos cofres públicos. ”

(Coluna Vertical, do O POVO)

"Quem salvará Tasso Jereissati?, indaga vice do PT do Ceará

Com o título “Quem salvará Tasso Jereissati?”, um dos vice-presidentes do PT do Ceará, Antõno Carlos de Freitas, analisa as perspectivas do seu partido nas próximas eleições e faz pregações contra a reeleição do senador Tasso Jereissati, representante do neoliberalismo. Confira:

Há alguma dúvida que o projeto neoliberal vem sendo derrotado e com ele seus símbolos e representantes? Quem tem alguma ilusão contrária é bom refazer suas avaliações, o projeto popular sintetizado nos dois governos Lula, será vitorioso eleitoralmente em 2010. Sem arrogância ou soberba, mas realisticamente falando, salvo uma “hecatombe” pouco provável a essa altura Dilma será eleita a próxima presidente (a) do Brasil.

O PSDB caminha célere para uma situação de derrota acachapante, que terá reflexos importantes inclusive nos estados onde os neoliberais ainda possuem relativa força como São Paulo e Minas Gerais. O DEM – ex-PFL já está em seu ocaso, não perderei tempo com uma análise mais detalhada da débâcle da “mais direitista” agremiação política do nosso espectro partidário.

No Ceará a derrota do PSDB e aliados é mais acentuada, na capital nunca obtiveram êxito, no interior vem perdendo espaço para a base aliada progressista do governo Lula. Obvio que participam como coadjuvantes do governo Cid, não fizeram parte da aliança que elegeu Cid, Inácio e deu uma votação esmagadora para Lula no Ceará.

As notícias dão conta que Tasso e o partido da qual faz parte, o carro-chefe do neoliberalismo brasileiro e líder do bloco anti-Lula (PSDB) quer agora compor a aliança para a reeleição de Cid Gomes-PSB. Por qual motivo? O que está acontecendo? Muito simples estão derrotadas politicamente, pela conjuntura nacional, pelo avanço da esquerda no âmbito local. A derrota eleitoral é iminente, atentem que principalmente para sua chapa proporcional, reduzirão cadeiras na Assembléia Legislativa, Câmara federal e Senado óbvio (nesse caso tarefa difícil, mas não impossível, depende da unidade da base aliada do governo Lula)

É na possibilidade de trazer Cid para o passado em decadência e o colocá-lo contra o novo Brasil que surge, contra o PT e seus aliados e a próxima presidenta do país que buscam sua tábua de salvação. Não creio que Cid cometerá tamanho equivoco, na minha modesta opinião é ai que reside o diferencial em consolidar-se ou passar por turbulências prejudiciais a sua busca da reeleição e mesmo de um retrocesso no Ceará que ao invés de “um salto” para além do neoliberalismo que Tasso implementou no Ceará servindo inclusive de modelo para a tragédia que se anunciava no plano nacional em meados dos anos 80. É bom registrar que com muita resistência popular.

Não será o PT que salvará Tasso (não acho didático separá-lo do PSDB) e os que com ele de sã consciência sabem da iminente derrota que sofrerão junto com os privatistas e elitistas representantes da alta-burguesia nacional simbolizados na candidatura de Serra.

A pá de cal na composição política em que a direita “se utilizou” de setores ditos “social-democratas”, (se não estou enganado nesse período Tasso ainda vacilou entre Collor e Covas, às vezes minha memória falha) para se unificar no vácuo de poder com “Nova República” será dada em outubro deste ano.

Muitos pularão do barco, outros “afundarão com ele”. Alguns nadarão por sinceridade e auto-crÍtica para o barco do povo e de um novo Brasil, democrático, justo e soberano que começa a nascer, sem apego ao passado serão bem vindos. Não se faz política e muito menos a história (pelo menos não deve ser feita) com ódio, vingança e ressentimentos.

O governo Cid e o atual quadro político simbolizam essa disputa entre as forças da base aliada do governo Lula que no Ceará unificado anotem, elegerão os dois senadores. Além de Cid é claro e uma bancada comprometida com o novo momento que vive o país.

Talvez seja essa “bóia” que querem ao mar os neoliberais para sua salvação, a dos interesses de uma bancada que ensaiou abandonar o barco “tucano” (perdeu o time) e o seu elemento unificador o senador Tasso, já que a ideologia, o modelo, personagens, a descrença e o medo que plantaram já foram derrotados no plano nacional, dando lugar faz um bom tempo à esperança.

No Brasil não voltarão, no Ceará, espero que não. Com a palavra, os agentes políticos nesse processo, mas a decisão final estará com o povo que em outubro imporá sua decisão diante das opções que fizermos nesse processo. Posso está errado, mas só uma dica, tem sido pela esquerda o caminho trilhado nos últimos tempos pelo povo brasileiro.

Antonio Carlos de Freitas Souza

Vice-presidente do PT- Ceará.

Supermercados do Ceará comemoram boas vendas durante a Semana Santa

anbalfeijo

Os supermercados cearenses registraram um incremento de 10% em matéria de vendas durante a Semana Santa. A informação é do presidente da Associaçao Cearense de Supermercados (Acesu), Aníbal Feijó.

Ele creditou o bom resultado a muitas promoções feitas pelo segmento e também à variedade de ofertas em matéria de pescado, ovos de Páscoa, vinhos e outros produtos tradicionais da época.

Aníbal Feijõ disse que os supermercados esperam registrae entre 10% e 15% de incremento nas vendas quando do período do Dia das Mães. “Já estamos trabalhando com esse objetivo e preparando estoques”, diz ele para o Blog.

(Foto – Paulo Moska)

A agenda oficial de Dilma em Fortaleza

A presidenciável petista Dilma Rousseff, ex-ministra do Governo Lula, chegará à capital cearense nesta segunda-feira, no fim da tarde. Ela vem receber título de cidadã fortalezense. Na terça-feira, dará coletiva e participará de um almoço com mulheres empresárias organizado pelo Grupo O POVO de Comunicação. Esse evento será repetido com outros presidenciáveis.
 
Confira a agenda oficial de Dilma em Fortaleza
 
12/04

– 19 horas – Solenidade de entrega de título de cidadania na Câmara Municipal.

13/04

– 12h30 – Almoço com mulheres empresárias no Hotel Gran Marquise.

MPT promove oficina contra trabalho infantil na Região do Cariri

Educadores de 19 escolas do Município de Barbalha (Região do Cariri) participarão, nesta segunda e terça-feira, da oficina de formação do Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Peteca). A abertura será às 8 horas, na sede da Secretaria Municipal de Educação. Na terça-feira, o evento contará com a presença da procuradora do Trabalho Andressa Alves Lucena de Brito, titular do Ministério Público do Trabalho (MPT) no Cariri.

Entre os temas de discussão incluídos na oficina estão questões como os prejuízos do trabalho infantil para a saúde e a educação, aspectos legais do trabalho precoce, trabalho infantil doméstico, papel do Ministério Público e dos Conselhos na proteção à criança e ao adolescente, a importância de vivenciar a infância, além de orientações pedagógicas para utilização de cartilhas e vídeo temáticos. A oficina visa capacitar educadores do Município para a abordagem do tema em sala de aula.

Segundo o procurador do Trabalho Antonio de Oliveira Lima, coordenador estadual do Peteca, o Programa busca intensificar, com a colaboração dos educadores, o processo de conscientização da sociedade visando erradicar o trabalho infantil, rompendo as barreiras culturais que dificultam a efetivação dos direitos das crianças e dos adolescentes. Ele enfatiza que os educadores têm um papel relevante neste contexto, razão por que foram chamados a contribuir no processo, atuando como multiplicadores perante a comunidade escolar e a sociedade em geral.

Em Barbalha, atuarão como palestrantes o psicopedagogo José Oberdan Leite, coordenador pedagógico da Secretaria de Educação; Isabelle Luna, chefe do Departamento de Educação da Universidade Regional do Cariri (Urca); a professora Cláudia Brito, coordenadora municipal do Peteca; Odair José de Matos, do Conselho Municipal de Educação; Efigência Coelho Cruz, promotora de Justiça; Régia de Sá Barreto, perita médica do INSS em Juazeiro do Norte, Gercian Araújo, pedagoga do Município; Eunice Ulysséia Peixoto Maia, auditora fiscal do Trabalho, e Andressa Lucena, procuradora do Trabalho.

(Com site MPT-CE)

PV contabiliza R$ 203 mil em doações on line

“O Partido Verde contabiliza R$ 202,9 mil em doações feitas por meio de seu site até o final de março. Uma ferramenta disponível na página da legenda permite que o filiado ou simpatizante informe seu CPF e gere um boleto no valor que quiser, a partir da quantia mínima de R$ 20.
 
Antes de gerar o boleto, há um campo para que o doador autorize ou não a divulgação de seu nome. Relatório da Secretaria de Finanças do PV aponta que 64 doadores autorizaram a divulgação de seus nomes. De acordo com o tesoureiro da legenda, Reynaldo Nunes Morais, cerca de 20 pessoas não autorizaram que seus nomes fossem divulgados.
 No site do PV está disponível um relatório que contabiliza R$ 2.196 em doações feitas por 53 pessoas desde o dia 1º de dezembro até o dia 20 de janeiro. Desta forma, pouco mais de 30 pessoas teriam sido responsáveis por elevar o montante para R$ 200 mil até o final de março. O novo balanço e a relação de doadores deverá ser publicada na página do partido na próxima semana, segundo o tesoureiro.
 
Reynaldo Morais acredita que algumas doações feitas em fevereiro e março tenham sido de valores altos, de R$ 10 mil a R$ 30 mil. “Não temos um relatório em cima das doações, dos valores. Sei que uma parte das doações eram pequenas. Então, por paralelo, sei que haveria doações por esse nível aí. É uma questão de matemática”, diz.”

(POrtal G1)