Blog do Eliomar

Últimos posts

PT "doou" partido a Sarney, diz deputado grevista

“O deputado Domingos Dutra (PT-MA) completou nesta segunda-feira três dias em greve de fome, no plenário da Câmara dos Deputados, em protesto pela anulação do apoio do PT à candidatura de Flávio Dino (PCdoB), no Maranhão. Dutra disse que avalia ir à Justiça para reverter a decisão e acusou o PT de “doar o partido” para a família Sarney, que lançou a atual governadora Roseana à reeleição no Estado. “Se tivessem nos falado que o partido havia sido doado, eu estaria chorando, mas teria aceito”, lamentou o deputado.

Na última sexta-feira, o Diretório Nacional do PT anulou o apoio à candidatura do deputado Flávio Dino e aprovou o endosso à reeleição da governadora Roseana. A decisão foi tomada por 43 votos a favor a 30 contra, com duas abstenções, revertendo a posição adotada anteriormente pelas instâncias regionais da legenda. O deputado recusou diálogo com Roseana para fazer com que a militância do partido apoie a governadora. No último sábado, durante convenção do PMDB, Roseana disse que estava aberta a conversas no Estado. Segundo Dutra, o líder do PT na Câmara, Fernando Ferro (PE), já foi visitá-lo, mas ele cobrou outros apoios. “Eles vão ter que responder se não vieram por conta da convenção que foi domingo, se estão com medo do Lula”, alfinetou. O deputado disse que o limite da greve de fome é o dia 30 de junho. Ele espera o apoio dos demais membros do diretório petista e a visita de Flávio Dino.”

(Portal IG)

Eleições 2010 – Procurador reúne promotores

“O procurador Regional Eleitoral, Alessander Sales, esteve reunido, nesta segunda-feira, com os promotores eleitorais para levantar os principais pontos a serem defendidos pelo Ministério Público Federal juntamente com o Ministério Público Estadual, a fim de garantir tranquilidade nopróximo pleito, seguindo a legislação eleitoral.

Entre os assuntos debatidos, os promotores de Justiça se queixaram do acúmulo de áreas jurisdicionais a serem fiscalizadas pelo MP. A maioria deles tem como responsabilidade a assistência aos vários municípios cearenses. Como resposta, o procurador Regional Eleitoral informou que aguarda a nomeação dos novos promotores de Justiça aprovados no último concurso,  até 3 de julho, mas se isto não for possível, conforme acordo com a procuradora Geral de Justiça Socorro França, serão designados Promotores de Justiça já em exercício em outras localidades para atuarem como Promotores Eleitorais.” Posso garantir que o Ministério Público Eleitoral estará presente em todas as zonas eleitorais do Ceará”, explica o procurador Regional Eleitoral.

Outra informação passada pelo procurador Regional Eleitoral Alessander Sales foi quanto à força policial. Segundo ele, uma reunião será agendada como o secretário de Segurança Pública do Estado do Ceará para  conversar sobre as maiores deficiência em relação à segurança, evitando  riscos à proteção dos promotores, responsáveis em fiscalizar as propagandas eleitorais no Ceará e o dia da votação.

Um ponto importante foi a votação nos presídios. Quanto ao assunto, a Procuradoria Regional Eleitoral deixou claro que há impossibilidade de se fazer propaganda em bem público, logo o presídio não pode ser local de propaganda eleitoral.”

(Site do MPF-CE)

Programão – Cid reúne equipe no dia em que Brasil estreará na Copa

O governador Cid Gomes (PSB) resolveu reunir, nesta terça-feira, todo o secretariado e dirigentes de órgãos vinculados. Na agenda, uma avaliação do Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários (MAPP) do Estado. A reunião ocorrerá na Residência Oficial das 9 horas às 15 horas. Ou seja, faltando meia hora para o início do jogo do estreia do Brasil contra a Coreia do Norte pela Copa do Mundo.

Essa avaliação do MAPP, que avalia ritmo de projetos, estágio de obras e outras ações, terá continuidade na quarta-feira, segundo a assessoria do Palácio Iracema.

Ciro admite que PSDB pode ter candidato e defende papel da oposição

O deputado federal Ciro Gomes (PSB) admitiu que é direito do PSDB, considerado por ele “um dos grandes partidos no Brasil e no Ceará, ter seu candidato para qualquer coisa. É um  direito deles”. Assim reagiu quando indagado sobre qual sua opinião acerca da decisão tomada pelos tucanos de lançarem uma candidatura própria à sucessão do seu irmão, o governador Cir Gomes (PSB).

Para Ciro, que foi visto nesta segunda-feira almoçando em um restaurante do bairro Aldeota, em Fortaleza, é até importante que haja oposição. Ele cita como referência o caso do governo federal.

“Não é bom o Lula ter todo mundo do lado dele. É ruim porque quando o cabra não tem um cabra dizendo ali que tem uma coisa errada aqui, ou alguma coisa errada acolá, o cara se corrompe. E o Lula precisa”, complementou o parlamentar referindo ao contexto nacional.

DETALHE – A leitura que Ciro faz do quadro nacional vale para o Ceará?

Pré-Sal não será votado nesta semana, avisa líder do Governo

O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), afirmou há pouco que os projetos que tratam do marco legal do pré-sal não serão incluídos na pauta do Plenário desta semana. O líder conversou com o presidente Michel Temer, que está viajando pela Europa, e o presidente afirmou que gostaria de estar presente durante a votação das propostas. As propostas foram emendadas no Senado e terão que ser votadas novamente pela Câmara.

Segundo o líder, nesta semana o Plenário deverá votar duas ou três medidas provisórias, não disse quais, e outros temas que serão decididos pelo presidente em exercício, deputado Marco Maia (PT-RS). “A sessão extraordinária de amanhã (terça-feira, 15) continua convocada e, caso haja quórum, serão discutidas as medidas provisórias”, reforçou Vaccarezza.

Votação antes do recesso

Ele acredita que os projetos do pré-sal serão votados antes do recesso do Congresso, que começa em 17 de julho, e que, para o governo, o tema mais importante é o do regime de partilha, cujo relator aqui na Câmara será o deputado Antonio Palocci (PT-SP).

Segundo ele, em relação à questão da divisão dos royalties, a Câmara deverá derrotar a emenda proposta pelo senador Pedro Simon (PMDB-RS), que prevê que o governo compensará os estados produtores de petróleo – especialmente Rio de Janeiro e Espírito Santo, os maiores produtores – pela divisão dos recursos com os estados não produtores. “A emenda é inconstitucional”, avalia Vaccarezza.

Aposentados

Quanto ao possível veto ao aumento dos aposentados, o líder disse que o governo Luiz Inácio Lula da Silva ainda não anunciou qual vai ser a decisão: se veta, sanciona ou edita uma nova medida provisória. A MP que concedeu reajuste aos aposentados perde a validade amanhã.

Vaccarezza sinalizou que gostaria de ser o relator dessa medida. Segundo ele, os aposentados não têm do que reclamar porque tiveram aumento real no Governo Lula, e que se nova MP for editada amanhã, ela só perderá a validade depois das eleições. Isso significa que não haverá desgaste político-eleitoral com a medida.”

(Agência Câmara)

Policia Ambiental e Ibama apreendem 111 pássaros em Redenção

Policiais da Companhia de Polícia Militar Ambiental (CPMA), numa operação conjunta com fiscais do IBAMA, apreenderam, ensta manhã de segunda-feira, 111 pássaros silvestres. A ação foi registrada na feira do município de Redenção (Região Metropolitana de Fotaleza. Os donos negaram a autoria da “propriedade”.

Ainda foram apreendidos mais 11(onze) pássaros em 2 (dois) cativeiros domiciliares, no município de Acarape-CE,  cujos proprietários foram autuados, considerando que não havia autorização do IBAMA, sendo esses: 2 (dois) bigodeiros, 1 (um) golinha, 1 (um) periquito da terra, 1 (um) campina, 1 (um) abre fecha, 1 (um) bicudo, 1 (um) papa capim e 3 (três) bigodeiros.

O comando da CPMA adverte que outras operações similares a esta serão desenvolvidas nas diversas feiras livres da Capital e Interior do Estado do Ceará. A multa administrativa é de R$ 500,00 (quinhentos reais) por animal. Os 122 pássaros foram entregues no Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) do IBAMA, em Messejana, nesta Capital, os quais, após reabilitados, serão devolvidos aos seus habitats.

VEJA A LISTA 

Espécie Quantidade
Galo campina 17
Papa arroz 17
Bigodeiro 13
Bicudo 10
Papacun 7
Canário pirrita 7
Verdelino 7
Papa capim 5
Golinha 5
Sanhaçu 4
Graúna 4
Sanhaçu coqueiro 4
Vem-vem 4
Canário da terra 2
Corrupião 2
Sabiá barranco 1
Abre fecha 1
Primavera 1
Total 111

 (Foto – Divulgação) 

Eleições 2010 – Tasso reúne prefeitos

O senador Tasso Jereissati (PSDB) está reunido, nesta segunda-feira, em seu escritório político, com um grupo de prefeitos do seu partido. O objetivo é ouvir sobre a tese do partido de lançar candidato próprio ao Governo do Estado. O encontro promete se esender por algumas horas.

Na semana passada, Tasso se reuniu com a bancada estadual e com o deputado federal Raimundo Gomes de Matos, quando recebeu aval para que o partido amadurecesse um nome para a disputa governamental.

Há algo no ar além da fumaça das chaminés da Fiec

Há um grupo de empresários da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec) não vendo com bons olhos a possível entrada de Beto Studart no páreo da sucessão estadual.

Um deles indaga: “Por que Beto vai entrar nessa disputa se nós nada temos a falar do governador Cid Gomes (PSB), que tem tratado e atendido bem aos pleitos do setor industrial?”

Outro empresário chegou a observar: “Dá para confiar num partido que nacionalmente não indicou nem o vice do Serra e ainda teve gente daqui que foi convidado como opção para essa posição e não quis?”

Uma outra liderança empresarial jogou essa indagação. “Por que o PSDB não lança um  nome do seu quadro para a disputa, assim como Serra fez abrindo da reeleição de governador em São Paulo?”

Na Fiec, nos últimos dias, depois das especulações e sondagens em torno de Beto Studart, a fumaça da chaminé industrilal anda mais densa do que nunca.

DETALHE – Esses empresários pedem reserva porque, dizem, o Ceará é terra de muro baixo.

Dilma, Cid e Ciro não comparecem a evento do PSB em Brasília

“Nem  Dilma Rousseff (PT) e muito menos o deputado Ciro Gomes (PSB-CE) e o governador do Ceará, Cid Gomes, deram o ar da graça no congresso socialista realizasdo hoje em Brasília, que confirmou apoio pró-candidata petista. Eduardo Campos minimizou as ausências. A petista embarca hoje para uma maratona na Europa para registrar imagens ao lado de lideranças mundiais para o guia eleitoral. O presidente socialista argumentou que o partido programou um seminário para o final de julho com a presença de Dilma e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Nós preferimos fazer uma única convocação expressiva aos militantes que será esse seminário em julho, aqui em Brasília, para apresentar a nossa contribuição para o programa de governo da campanha da Dilma”, disse Campos.

Sobre o distanciamento de Ciro com o ninho socialista e a campanha de Dilma, o governador afirmou que é sinal de que o correligionário ainda não entrou no debate após decisão de retirar a candidatura do parlamentar para a presidência da República. Logo depois da derrubada de sua candidatura pelo PSB, Ciro “mergulhou” e tirou uma licença de 30 dias da Câmara, rumo aos Estados Unidos.

“O Ciro vai estar no campo que o PSB estiver. Ele tem o tempo dele, mas a posição dele vai ser a posição do partido”, avisou Eduardo. Segundo ele,  o partido vai entregar um documento como contribuição para a elaboração do programa de governo de Dilma Rousseff. A  linha geral defendida pelo PSB será em torno da manutenção do crescimento da economia, além de fovcar nas áreas de educação e no regional. Na verdade, com uma eventual vitória da petista, Eduardo pretende ganhar mais espaço no Governo Federal principalmente depois do gesto oferecido com a saída de Ciro Gomes do páreo.

DETALHE – Cid Gomes está em Brasília para tratar de refinaria e contatos no Ministério da Integração Nacinal sobre estiagem. Também estão por lá os senadores Tasso Jereissati (PSDB) e Patrícai Saboya(PDT), esta foi na carona do jatinho de Tasso. Será que os três vão ter tempo de uma boa conversa sobre o quadro político cearense? E bem longe da mídia local?

Lula: "Tem gente que é especialista em fazer jogo rasteiro"

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a falar nesta segunda-feira (14) em “jogo rasteiro” da oposição em entrevista a jornalistas após o lançamento de um gasoduto em Queluzito (MG). “Eu participei de muitas campanhas e nunca fiz jogo rasteiro. Agora, tem gente que é especialista nisso no Brasil e vocês sabem quem são. Cada um faz a campanha que acha que deve fazer. Eu estou muito tranqüilo”, afirmou.

O presidente afirmou ainda que a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, não deve “ficar rebatendo” declarações do adversário tucano na disputa, José Serra. “Eu não vou ficar batendo boca com adversário. Nem eu acho que a nossa candidata tem que ficar respondendo o Serra”, afirmou.

Neste domingo (13), durante a oficialização da candidatura de Dilma Rousseff, Lula afirmou que o suposto dossiê contra o candidato José Serra é “jogo rasteiro” da oposição. “Serão três meses de muito trabalho, muita alegria, muita tensão e nós esperamos que nossos adversários estejam dispostos a fazer campanha de nível elevado e que não façam jogo rasteiro inventando dossiê todo dia”, disse em seu discurso na Convenção Nacional do PT.

No início do mês, Serra atribuiu a existência de um suposto dossiê contra ele a Dilma Rousseff. O tucano relembrou ainda outros casos de dossiês contra o PSDB que vieram à tona em eleições passadas. “A principal responsabilidade por esse novo dossiê é da candidata Dilma Rousseff. Disso eu não tenho dúvida, assim como o principal responsável pelo dossiê dos aloprados foi o Aloizio Mercadante e como a principal responsabilidade por dossiês em 2002 foi do Ricardo Berzoini”, afirmou o candidato do PSDB.”

(Portal G1)

Tuma Júnior é exonerado

“O secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, foi exonerado do cargo na manhã desta segunda-feira, mais de um mês após a publicação das primeiras denúncias de envolvimento com a máfia chinesa.

Em reunião no domingo, o presidente Luiz Inácio Lula da Siva e o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, chegaram à conclusão que não existe mais clima para o retorno do secretário, que voltaria de férias nesta segunda-feira, ao governo. O pedido de exoneração já foi encaminhado à Casa Civil.

Tuma Júnior é acusado de envolvimento com o chinês Li Kwok Kwen, o Paulo Li, preso por contrabando e outros crimes em São Paulo. Pela versão oficial, entrou de férias por 30 dias para se defender das acusações.”

(Globo Online)

PT divulga jingle de Dilma

O Partido dos Trabalhadores está divulgando o jingle das campanha da candidata Dilma Rousseff.  Intitulado “Dilma brasileira”, tem como autores João Santana, João Andrade e Kapenga Ventura. Confira a letra: 

Meu Brasil querido
Vamos em frente
Sem voltar pra trás
Irá seguir mudando
Seguir crescendo
Ter muito mais

Meu Brasil novo
Brasil do povo
Que o Lula começou
Vai seguir com a Dilma
Com a nossa força com o nosso amor

Ela sabe bem o que faz
Ela já mostrou que é capaz
Ajudou o Lula a fazer pra gente um Brasil melhor

Lula tá com ela
Eu também tô
Veja como o Brasil já mudou
Mas a gente quer mais
Quer mais e melhor
É com a Dilma que eu vou

É a mulher e sua força verdadeira
Eu tô com Dilma
Uma grande brasileira

É a mulher e sua força verdadeira
Eu tô com Dilma
Uma grande brasileira

Lula tá com ela
Eu também tô
Veja como o Brasil já mudou
Mas a gente quer mais
Quer mais e melhor
É com a Dilma que eu vou

Lula tá com ela
Eu também tô
Veja como o Brasil já mudou
Mas a gente quer mais
Quer mais e melhor
É com a Dilma que eu vou.

Baixa a bola, governador!

Com o título “Baixa a bola, governador!”, o publicitário Ricardo Alcântara manda artigo para o Blog nesta segunda-feira. Para ele, com o cenário apontando o PSDB querendo ter candidato ao Governo e Lúcio Alcântara ensaiando entrar na disputa, fica bem diferente daquele do chamado “W.O”. Confira: 

Política é mesmo como já foi dito: nuvens que mudam com a direção dos ventos. Se maio terminou com Cid Gomes sem adversários na disputa pelo governo do Estado, junho começou com perspectiva de segundo turno.

Se os tucanos cearenses “decidiram que podem decidir” por candidatura própria, Lúcio Alcântara também já se dispõe a colocar seu nome como uma alternativa à cena ridícula de uma eleição sem disputa.
 
Cid Gomes não comprou a decisão dos tucanos como definitiva, é o que se pode concluir quando afirma que não gosta “de ser pressionado”. Quanto a isto, governador, conte com a minha solidariedade: ninguém gosta.
 
Mas abolir as pressões da política seria abolir a política do mundo e restaurar o princípio absolutista da tirania – daí, os comentários grosseiros, porém pertinentes, que o apontam com pendores monarquistas.
 
Na conjuntura complexa em que opera, a opção do governador em adiar a definição de sua coligação para o momento final de decisão construiu um discurso cuja onipotência não corresponde ao seu real poder de fogo.
 
Não é seu nível de popularidade, nem a capacidade de seu governo em distribuir favores, o fator decisivo no quadro atual de disputa, mas o insuperável potencial de transferência de votos do presidente Lula.
 
Pesquisas recentes apontam que o governo petista é aprovado (os que o avaliam como “ótimo”, “bom” ou “regular, mas positivo”) por 97% dos eleitores cearenses. Na margem de erro, dá 100%. E aí, vai encarar?
 
Por outro lado, a avaliação do governo do Estado, se é muito boa (na faixa dos 65%, a mesma obtida pelo governo anterior ao final do mandato), não apresenta, em seu perfil qualitativo, uma imagem muito consolidada.
 
Significa dizer que os eleitores o aprovam massivamente, mas com baixa consistência, isto é, pouca clareza a respeito dos aspectos determinantes da avaliação, desprovida, enfim, de uma argumentação de defesa mais sólida.
 
É, portanto, vulnerável, se colocado diante de uma conjuntura mais acirrada de disputa, exposta a uma artilharia crítica que até o momento desconhece por força da ampla coalizão partidária agregada ao seu projeto de governo.
 
No curso recente dos fatos, houve ainda a retirada da candidatura presidencial do seu irmão, Ciro Gomes, um episódio que provocou uma alteração substancial na correlação de forças que atuam sobre o processo.
 
É relevante anotar que o fato em quase nada alterou a postura do governador na condução de sua estratégia eleitoral. Pois deveria. Com Ciro fora da disputa, a candidatura de Cid perdeu sua principal moldura.
 
Avaliada a conjuntura sob todos esses aspectos, é possível afirmar que o governador ainda conta com as condições necessárias para operar um bom trânsito eleitoral para um segundo mandato, desde que desça dos saltos.

Enfim, foi claro, o recado que as forças políticas mandaram: “baixe a bola, governador”. Por falar em bola, faça uma boa viagem. E treine bem os ouvidos pois, quando voltar, por aqui o aguardam as vuvuzelas da oposição.

Ricardo Alcântara,

Publicitário e poeta.

"Esquadrilha da Fumaça" fará apresentação em Lavras da Mangabeira

A Esquadrilha da Fumaça vai se apresentar, nesta terça-feira, na cidade de Lavras da Mangabeira (Região do Cariri). A apresentação integra uma série que o grupo promove no Nordeste desde o último fim de semana, tendo passado por cidades da Paraíba e do Piauí. Diferentemente de outros esquadrões de demonstração oficiais ao redor do mundo, o Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), conhecido popularmente como “Esquadrilha da Fumaça”, teve suas origens no ano de 1952, na então Escola de Aeronáutica (EAer), no Campo dos Afonsos (Rio de Janeiro).

Nessa ocaasião, um grupo de instrutores que resolveu demonstrar sua perícia para os cadetes na tentativa de motivá-los para a prática do vôo de acrobacia. A “Esquadrilha da Fumaça” realizou sua primeira exibição oficial em 14 de maio de 1952.

Horizonte comemora seu padroeiro, São João

A cidade de Horizonte (Região Metropolitana de Fortaleza) abrirá às 18 horas desta segunda-feira, a 83ª Festa de São João Batista, o padroeiro do município. Na programação, novenas, missas, leilões e atividades sociais na praça da Igreja matriz.

A festa de São Jão Batista vai se estender até o próximo dia 24, quando ocorrerá procissão com imagem do santo pelas principais ruas do município.

Paralelamente, haverá festival de quadrilhas juninas.

Onde Cid fracassou. Avalia a coluna Política do O POVO

“O que Cid Gomes perde com a decisão do PSDB de lançar candidato? Provavelmente quase nada. Segue favoritíssimo à reeleição. Terá, porém, de fazer campanha. Pelo cenário que se desenhava, ele poderia ser reeleito pedindo votos pelo Twitter. Terá, agora, de gastar mais do que gostaria. Mas a mudança possivelmente não será lá tão significativa. A esta altura, uma candidatura de oposição minimamente competitiva já precisaria ter amarrado financiadores, aliados, já deveria estar apresentando à população um discurso para fazer frente a uma máquina com ares de invencível. Mas nem candidato os tucanos têm. A despeito disso tudo, o fato é que Cid não alcançou seu principal objetivo político. Seu controle sobre a política cearense não se mostrou total como imaginava. Cid pode sair vencedor. Provavelmente é o que acontecerá. Mas sua estratégia fracassou. Ele já sofreu uma derrota. Que, contudo, pode ser reversível. Mas já não depende de Cid. Depende de Tasso Jereissati. Depende de Ciro Gomes. A principal decisão não coube ao governador. Ele perdeu o controle do processo. Pode até haver recuo. Mas agora é ele quem precisará ir até o senador. Quem decide, novamente, é quem sempre decidiu os rumos políticos do Ceará nas últimas décadas. Mesmo que venha a recuperar o aliado, o governador já não tem o controle”.

(O POVO / Coluna Política / Érico Firmo)

TRE e Assembleia debatem Eleições 2010

O presidente da Assembleia Legislativa, Domingos Filho (PMDB), falará nesta segunda-feira, a partir das 14h30min, sobre o tema “O Voto no Brasil – Contextualização Histórica”. A palestra integra o seminário O Processo Eleitoral 2010, que o legislativo estadual e o Tribunal Regional Eleitoral estão promovendo até o fim da tarde.

Entre os assuntos que serão abordados no evento estão a primeira experiência de eleição biométrica, no município de Eusébio (Região Metropolitana de Fortaleza), o uso dos meios de propaganda, planejamento da eleição, propaganda eleitoral e legislação eleitoral.

O debate terá ainda a participação do presidente do TRE, desembargador Luiz Gerardo Brígido.

Cid Gomes faz 'campanha' por Pinheiro

O governador Cid Gomes apresentou na manhã desta segunda-feira (9), no Centro Administrativo Cambeba, os resultados do terceiro ciclo de avaliação da alfabetização, realizado por meio do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica (Spaece), em sua vertente Spaece-Alfa.

Ao cumprimentar autoridades presentes à mesa, que incluiu o ministro da Educação Fernando Haddad, o governador não poupou elogios ao vice-governador Professor Pinheiro (PT). “É o vice que todo mundo deseja. Tenho muita sorte de ter o Professor Pinheiro como vice”, comentou Cid Gomes, na condição de torcedor pelo nome de Pinheiro na aliança com o PT, que ainda possui como alternativa Waldemir Catanho (ex-assessor da prefeita Luizianne Lins), além de Joaquim Cartaxo e Camilo Santana, ex-secretários de Cid Gomes.

O governador seguiu para Brasília com o ministro Haddad, onde seguem hoje também os senadores Tasso Jereissati (PSDB) e Patrícia Saboya (PDT).

Guimarães: "Divergências entre PSDB e Cid Gomes é problema deles"

O deputado federal José Nobre Guimarães (PT) evitou comentar a crise que enolve a relação política do PSB do governador Cid Gomes e o PSDB do senador Tasso Jereissati. Nos últimos dias, os tucanos, reclamando falta de diálogo com o governador sobre eleições, sinalizaram para a hipótese de lançar candidato próprio à sucessão estadual. Guimarães preferiu a cautela.

“Eu costumo não me envolver em assuntos que dizem respeito a  outros partidos. Esse problema é do PSDB com Cid Gomes é problema deles. Cada partido tem sua estratégia e nós temos a nossa”, disse o parlamentar, também vice-presidente estadual da legenda, antes de retornar, na madrugada desta segunda-feira, para Brasília.

José Guimarães adiantou que o PT vai apoiar a reeleição do governador Cid Gomes e que continua trabalhando para ter um candidato ao Senado, no caso o ex-ministro da Previdência Social, José Pimentel. Sobre a vaga de vice, revelou estar em discussão dentro do PT para, em seguida, ser colocada em apreciação com o governador. Guimarães disse que existem três nomes: o vice atual, Francisco Pinheiro; o ex-assessor da prefeita, Valdemir Catanho; o ex-secretário estadual de Cidades, Joaquim Cartaxo; e também Camilo Santana, ex-secretário de Desenvolvimento Rural.

Ele disse que no momento certo o PT, por meio de sua presidente estadual, a prefeita Luizianne Lins, conversará sobre pendências eleitorais com Cid Gomes. Guimarães confirmou para o dia 19 próximo, no Hotel Oásis Atlântico, o encontro estadual do partido “para definir estratégias eleitorais”. Nessa ocasião, segundo disse, cerca de 600 delegados vão estar reunidos traçando principalmente a campanha pró-Dilma e o cenário da disputa proporcional e acordos com aliados.

“O importante é que estamos conseguindo montar toda uma estratégia em torno de Dilma Rousseff”, observou o parlamentar.