Blog do Eliomar

Últimos posts

Caboverdeanos presos com droga em Fortaleza são condenados a 14 anos de prisão

“Os comerciantes caboverdeanos John Okwudili Uzomah, 58, e Vitor Chukwueka Iwucha, 46, tiveram seus pedidos de revisão criminal negado, durante sessão plenária do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) realizada nesta semana. A dupla foi presa em 2007 no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza (CE), quando tentava embarcar com 7.627 kg de cocaína, e já cumpre a pena no Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira (IPPOO).

De acordo com a agente da Polícia Federal Marienne Guimarães Fernandes, os comerciantes Jonh Uzomah e Vitor Ywucha, que tentavam embarcar para a cidade de Praia, na Ilha de Santiago, capital de Cabo Verde, portando a cocaína, levantaram suspeitas porque estavam muito nervosos. A policial fez a abordagem e, após uma entrevista, revistou as bagagens dos caboverdeanos, encontrando a droga escondida em vários porta-canetas.

John Uzomah e Vitor Ywucha foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) pelos crimes de transporte de droga (art. 33), associação para o tráfico (art. 35) e transnacionalidade do crime (art. 40), previstos na Lei nº 11.343/2006. A ação penal tramitou na 11ª Vara Federal do Ceará.

O Juízo de 1ª instância reconheceu que os réus tinham várias entradas e saídas do Brasil, somente no ano de 2007. A sentença condenou os caboverdeanos a 14 anos e 8 meses de reclusão e pagamento de multa. A defesa pediu a revisão da pena, sob a alegação de nulidade do processo, ausência de provas e excesso na aplicação da pena.

A pena foi mantida, por unanimidade, entre os julgadores do TRF5. No relatório da revisão criminal, o desembargador federal convocado Manuel Maia de Vasconcelos afirmou que se existiram provas que autorizavam a condenação, não cabia revisão.”

(Site do TRF-5º Região)

Direção do PV/CE divulga nota sobre seminário que terá Marina Silva como convidada

121 2

A ex-candidata Marina Silva.

Do presidente estadual do Partido Verde, Marcelo Silva, ete Blog rcebeu a seguinte nota:

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO
Esclarecemos que o seminário Movimento Transição Democrática, que deverá ter participação de Marina Silva, NÃO será promovido pelo PV Ceará. O Partido considera o movimento legítimo. No entanto, não o apoia pela sua forma de condução, paralela às instâncias diretivas desta agremiação partidária. 
Consideramos ainda que tal movimento fragmenta o partido e não contribui para o fortalecimento na construção de nossos valores e propósitos. 

Marcelo Silva
Presidente do PV Ceará.

Mubarack pode ir para forca

O ex-presidente do Egito Hosni Mubarak, detido esta semana na investigação sobre a violenta repressão das manifestações antigoverno, pode ser condenado à forca, informou a imprensa oficial nesta sexta-feira (15).
Mubarak e seus filhos Gamal e Alaa foram detidos na quarta-feira, por 15 dias, como parte de uma investigação judicial sobre a repressão contra os manifestantes que derrubaram seu regime, após uma mobilização entre janeiro e fevereiro. Pelo menos 800 pessoas foram mortas.

Conservadores atacam Luizianne por ela ser "a maior liderança popular de esquerda do Ceará", diz Cartaxo

220 18

Com o título “O Movimento dos conservadores em Fortaleza”, o ex-presidente estadual do PT, arquiteto Joaquim Cartaxo faz a defesa da administração petista de Luizianne Lins. Para ele, há muita retórica nos ataques que já são motivados por questões eleitorais. Confira:  

A prefeita de Fortaleza Luizianne Lins vêm sendo alvo de uma campanha ferrenha à sua gestão e de desconstituição da sua imagem pública em que os ataques ultrapassaram a política e apontam para questões de natureza pessoal. Constata-se isso, por exemplo, na matéria “Grupo de oposição define estratégia” publicada no Diário do Nordeste em sua edição do dia sete de abril que divulgou como irá agir esse grupo formado por vereadores de Fortaleza e deputados estaduais do PSDB, PDT, PHS e de outras siglas de menor relevância. Sem reservas declaram que irão realizar mobilizações contra a prefeita Luizianne Lins. Pretendem se reunir quinzenalmente para “uniformizarem seus discursos” e planejarem suas ações. Programaram realizar um diagnóstico de todos os setores da administração e visitas a locais da cidade para colherem informações sobre as possíveis falhas do governo municipal.

Os ataques desse grupo são retóricos, sem elementos concretos e têm objetivo meramente eleitoreiro. Utilizam questões pontuais e tentam transformá-las em algo generalizado com a intenção de produzir um senso comum de que a cidade está um caos administrativo. Lançam mão do surrado artifício de tentar substituir o todo pela parte.

Esse discurso tende a sensibilizar os setores de alta renda da sociedade que não aventam qualquer hipótese de utilizar a rede pública municipal de saúde, de educação ou o sistema de transporte público da cidade, por exemplo. Ações e projetos nessas áreas não atendem aos interesses desse segmento social, mas atendem às necessidades e anseios das camadas populares que são a maioria da população.

Os ataques à pessoa da prefeita Luizianne têm o objetivo de tentar eliminá-la de sua posição de maior liderança popular de esquerda do Ceará, construída a partir de seus combativos mandatos de vereadora e deputada em defesa dos setores mais pobres da sociedade, bem como de seu mandato de prefeita, eleita contra tudo e todos em 2004 e reeleita no primeiro turno em 2008, que prioriza também esses setores.

Para as forças conservadores – à esquerda e à direita – a prefeita Luizianne incomoda política e ideologicamente. É uma pedra no caminho que precisa ser dinamitada; farão de tudo para impedir que ela eleja seu sucessor e não toleram a hipótese de que ela possa vir a disputar o governo do estado em 2014; o que é uma opção competitiva e com forte apoio do PT.

Causa desespero a essas forças o fato do PT administrar Fortaleza, o principal pólo irradiador da geopolítica estadual em que a cidade se destaca por sua posição de terceira metrópole do país em influência, segundo o IBGE; o fato de congregar 1/3 da população total do estado e o maior colégio eleitoral; por concentrar 65% do Produto Interno Bruto (PIB) e consequentemente ser o maior centro econômico, financeiro e gerador de emprego do estado. Esses aspectos socioeconômicos marcam a centralidade de Fortaleza e revelam que um projeto para o Ceará necessariamente passa por um projeto para Fortaleza.

Para além da disputa eleitoral, à influência socioeconômica estadual e regional de Fortaleza soma-se a condição de mais importante território de disputa de hegemonia política do Ceará. Portanto, o lugar onde ocorrem, com maior grau de acirramento, as disputas das oportunidades e a administração das contradições políticas e ideológicas do projeto democrático e popular em implantação no Brasil, no Ceará e em Fortaleza.

Projeto que se inicia no plano federal em 2003 com o presidente Lula; no ano de 2005 em Fortaleza com Luizianne Lins, reeleita em 2008, e em 2007 com Cid Gomes no Ceará, reeleito em 2010. Portanto, a partir de 2007, há uma conjunção dos governos federal, estadual e municipal em torno de um mesmo projeto político que agrega forças progressistas, populares e socialistas do país, organizadas partidariamente no PT, no PSB, no PCdoB e no PMDB que em escalas e dinâmicas diferenciadas se opunham ao projeto neoliberal do PSDB/DEM e que governou o Brasil de 1995 a 2002.

Diante disso, as forças conservadoras da capital e do estado movimentam-se com o objetivo de antecipar a disputa eleitoral de 2012, quando ainda falta mais de um ano e meio de gestão, e, dessa forma, produzir nomes que as unam para enfrentar o candidato da prefeita e do campo democrático-popular.

Incomoda também a essas forças a inversão de prioridades do modo petista de governar que foi implantada na gestão Luizianne Lins, comprovada pelas cifras. Em 2010, as despesas efetivamente pagas somaram um total de R$ 3.150.857.676,87, do qual 71% foram gastos em saúde, educação, urbanismo e previdência social; saúde e educação consumiram 52% desse total.

O PT, por ser o partido preferido por mais de 40% da população de Fortaleza aborrece também as forças conservadoras.

Assim, a força da militância do PT, a liderança e o carisma da prefeita Luizianne Lins e o modo de governar Fortaleza priorizando ações e projetos para a maioria da população, somados, constituem um forte aparato político para manter coesas as forças socialistas, populares e progressistas que constituem o campo democrático e popular.

A coesão dessas forças possui arranjos ideológicos, combinações políticas e é decisiva para se alcançar a vitória nas eleições de 2012 e preparar a sucessão do governador Cid Gomes em 2014, aprofundando as transformações socioeconômicas em desenvolvimento na cidade em consonância com os governos estadual e federal.

* Joaquim Cartaxo,

Arquiteto, mestre em planejamento urbano e regional e 1º vice-presidente do PT/Ceará.

PSDB realiza convenção em 88 municípios neste domingo

O PSDB realizará, no próximo domingo, convenções em 88 municípios do Ceará. Os tucanos iniciam assim a programação de renovação dos seus diretórios de olho na disputa de 2012. “Temos avançado fortemente na renovação dos quadros em todas as regiões do Estado. Isso é fundamental para que o nosso partido possa obter êxito tanto nas eleições para vereador como para prefeitos”, disse para o Blog, nesta sexta-feira, o ex-deputado estadual Marcos Cals, que será ungido em maio próximo presidente estadual da legenda.

A programação tucana pevê também para o dia 30 deste mês a convenção municipal de Fortaleza. Será no Hotel Praia Centro, ocasião em que o empresário Pedro Fiúza será confirmado como presidente do PSDB fortalezense. Já a convenção nacional que deverá reeleger o deputado federal Sérgio Guerra (PE) ficou acertada para 29 de maio. 

Em junho, segundo Marcos Cals, haverá nova rodada de convenções municipais, abrangendo 42 cidades.

João Anaias é eleito presidente de subcomissão na área da saúde

159 1

O deputado federal João Ananias (PCdoB) , que é médico, acaba de ser eleito presidente da subcomissão criada para discutir questões relacionadas ao Sistema Único de Saúde (SUS).  A subcomissão é ligada à Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF), da qual Ananias é membro titular. Fazem parte ainda da subcomissão os deputados Célia Rocha (PTB/AL); Eleuses Paiva (DEM-SP); Chico D´Angelo (PT/RJ); Marcus Pestana (PSDB/MG) e Rogério Carvalho (PT/SE). 

João Ananias tem trabalhado na Câmara pela aprovação da emenda 29, que garante mais verbas para a saúde. O parlamentar também é vice-presidente da Frente Parlamentar da Saúde e está contra desejo do governo federal de criar uma empresa pública para gerir hospitais universitários. Para ele, isso é começo de privartização na área.

Copa 2014 – Governo deve flexibilizar licitações

186 1

“O governo deve fixar no projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2012, que será enviado nesta sexta-feira ao Congresso Nacional, regras mais flexíveis para a realização das obras da Copa do Mundo e das Olimpíadas. A intenção é dar tratamento especial a obras públicas relacionadas a eventos especiais, como aeroportos, estradas e metrôs, para que, com o controle flexibilizado, elas andem com mais agilidade e não sejam interrompidas a todo momento.

Para 2011, o governo já havia modificado algumas regras favorecendo esse tipo de obra, principalmente em relação à tabela de preços usada nas licitações, além de ter estabelecido um diálogo maior com o Tribunal de Contas da União (TCU), que fiscaliza as obras públicas.

Nesta quinta-feira, logo depois de ser escolhido como relator da LDO de 2012, o deputado Márcio Reinaldo Moreira (PP-MG), afinado com os interesses do governo, criticou a paralisação de obras irregulares e defendeu regras especiais para as obras da Copa e das Olimpíadas:

– Não acredito que a paralisação seja a solução. Os ordenadores de despesas é que deveriam ser punidos, ter os bens sequestrados e serem afastados do serviço público. Quando paralisa, quem é prejudicado é a sociedade. E, nas obras da Copa, já estamos ganhando puxão de orelha (sobre atrasos) – disse Moreira, que já integrou a Secretaria de Orçamento Federal (SOF), do Ministério do Planejamento.

Sobre obras com problemas, ele citou o caso da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, que ano passado teve sua paralisação recomendada pelo TCU. No entanto, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva derrubou a decisão do Congresso Nacional:

– Foi o primeiro veto presidencial que eu aplaudi. Foi um veto patriótico – afirmou o deputado.

Segundo interlocutores da área econômica, ao dar tratamento especial às obras relacionadas aos eventos esportivos, o governo pretende agilizar processos de licitação como faz em situações de emergência, e adotar trâmites burocráticos mais curtos, por exemplo, no caso de licenças ambientais.

Mas, na sua primeira entrevista como relator da LDO, Moreira também defendeu os interesses de parlamentares e prefeitos, ao cobrar do governo uma solução imediata para a questão dos chamados “restos a pagar” de 2007 a 2009, um estoque de cerca de R$ 18 bilhões que está previsto para caducar em 30 de abril.”

(Folha.com)

Bancos fecham nos dias 21 e 22 deste mês

As agências bancárias vão echar as portas nos dias 21 e 22 próximos. Datas correspondem aos feriados de Tiradentes e Sexta-Feira da Paixão. O expediente, segundo o Banco Central, só voltará à niormalidade no dia 25 de abril.

As contas de água, luz, telefone, tv a cabo e os arnês que venceram no período, poderão ser pagos no dia 25 sem incidência de multa.

Deputado que rejeitou benefícios do cargo arranja inimigos na Câmara

“Eu quero falar sobre as minhas propostas. As propostas.” Deputado proporcionalmente mais votado do país aos 38 anos de idade, José Antônio Reguffe (PDT-DF) quer evitar rótulos depois de já ter se tornado um incômodo para vários colegas. Novato na Câmara, abriu mão de uma série de benefícios, de forma irrevogável e sem precedentes. Defensor da austeridade no Congresso, onde é chamado de demagogo e de Dom Quixote por (muitos) adversários, ele cobra mais ousadia nos cortes de gastos públicos do governo da presidente Dilma Rousseff.

Com mais de 266 mil votos, ou 19% dos eleitores no Distrito Federal, o economista carioca ganhou destaque na Câmara Distrital durante o escândalo que levou à queda do então governador, José Roberto Arruda. Lá, tomou medidas semelhantes às que adotou no Congresso Nacional no início de seu primeiro mandato. Abriu mão dos 14º e 15º salários, rejeitou a cota de passagens aéreas, fixou em nove o número de assessores de gabinete –poderiam ser 25–, e descartou receber qualquer verba indenizatória até o fim do mandato.

“Se o político faz algo errado, jogam pedra. Se faz o que é certo, querem julgar a intenção. Eu pelo menos estou fazendo a minha parte. Tudo que eu proponho eu dou exemplo antes no meu gabinete”, disse Reguffe ao UOL Notícias. “Quem dera tantos fossem demagogos como eles acham que eu sou. O contribuinte agradeceria. A população hoje não acredita na classe política. Isso é culpa dos personagens, por desvios éticos inaceitáveis. Mas também é culpa do sistema como um todo. Um sistema que os políticos profissionais não querem mudar.”

De acordo com cálculos do pedetista, ao final do seu mandato ele terá economizado aos cofres públicos mais de R$ 2,3 milhões com suas medidas. Se todos os 513 deputados tomassem as mesmas iniciativas, a economia seria de mais de R$ 1,2 bilhão –embora esteja nesse valor o auxílio-moradia, fundamental para parlamentares de fora de Brasília. “Podem me criticar por qualquer coisa, menos dizer que eu não fiz no meu mandato exatamente o que disse que ia fazer na minha campanha”, afirma Reguffe. “Isso que fiz é compromisso de campanha.”

(Portal Uol)

Copa 2014 – Romário integra grupo de parlamentares que debaterá certame em Fortaleza

O deputado federal Romário, ex-craque de futebol, integra grupo de parlamentares da Comissão e Turismo e Desporto da Câmara que, a partir das 9 horas da próxima segunda-feira, estará debatendo, em audiência pública, na Assembleia Legislativa, projetos ligados à Copa 2014. 

Ele é um dos convidados do deputado federal André Figueiredo, membro da comissão, e deve desembarcar nesta noite de domingo na Capital cearense.

O objetivo da audiência pública, conform André Figueiredo, é discutir o andamento das obras e cobrar celeridade. O grupo ainda fará uma visita técnica ao Estádio Castelão, que passa por reforma. O governador em exercício Domingos Filho oferecerá almoço para os parlamentares no Palácio da Abolição.

Em 100 dias, Dilma só libera 0,25% das verbas do PAC

“Lançado em março de 2010 com discurso da então pré-candidata à presidência Dilma Rousseff, a segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC2, desapareceu na burocracia do governo da petista.

Propalada durante a campanha eleitoral, a implantação de centenas de unidades de pronto atendimento (UPAs) não saiu do papel. Na mesma situação, encontram-se também a construção de unidades básicas de saúde e a implantação de postos de polícia comunitária e de espaços integrados de esporte, cultura, lazer e serviços públicos, as chamadas “praças” do PAC.

Entre os gastos autorizados pela lei orçamentária para 2011, há quase R$ 1,3 bilhão destinados a esses projetos, voltados às populações das regiões metropolitanas. Mas, passados os primeiros cem dias de governo Dilma Rousseff, nenhum deles passou pela primeira etapa do processo de gasto público, o chamado empenho.

Levantamento feito pela ONG Contas Abertas a pedido do Estado mostra que, dos R$ 40,1 bilhões de gastos autorizados do PAC para 2011 – o Tesouro não faz distinção entre PAC1 e PAC2 -, valor que inclui as obras da primeira e da segunda versão do programa, apenas 0,25% (R$ 102 milhões) foram pagos até a última terça-feira, de acordo com registros do Siafi (sistema de acompanhamento de gastos da União).”

(Estadão)

Chove em 68 municípios cearenses

Choveu, nas últimas horas, em 68 municípios cearenses, segundo boletim divulgado pela Funceme. A maior chuva foi registrada em Meruoca, com 72 milímetros. Ainda choveu em Viçosa do Ceara, que marcou 59 milímetros, e Granja, que registrou 40 milímetros.

Em Fortaleza, segundo a Funceme, a prvisão é de muita chuva no decorrer do período.

Colírio do Blog

Eis toda a saúde da nadadora pernambucana Etiene Medeiros (20 anos), que assinou com o Shopping RioMar, do Recife, o seu primeiro patrocínio individual. Com isso, a campeã brasileira de 2010 nos 50 metros costa poderá dar braçadas sem problemas. Mas o problema mesmo vai ser escapar dos assobios de muitos tubarões da areia.

(Foto – JC Online)

Caminhoneiros que prestam serviços à Petrobras paralisam atividades

O Sindicato dos Caminhoneiros do Ceará realiza, nesta manhã de sexta-feira, em frente a sede da Petrobrás, no bairro Mucuripe. A categoria, que tabalha para  distribuidora, reivindica melhores condições de trabalho e salário.

Segundo o dirigente sindical, José Tavares, o ato teve inicio às 7 horas e vai até as 9h30min como alerta às empresas. “Nós admitimos uma paralisaão maior. Essa parada é de advetência”, afirma para o Blog o líder sindical Tavares.

Cerca de 60 caminhões estão parados. ‘Se a gente parar mesmo, os postos de combustiveis deixam de receber seus produtos”, adianta´Tavares, acrescentando que se houve greve tudo será feito de acordo com a lei.

PV do Ceará promove seminário em clima de renovação

170 1

O Movimento Transição Democrática, do PV do Ceará, receberá neste sábado a “Caravana da Democracia”, tendo à frente a ex-candidata a presidente da República pela legenda, Marina Silva. Ela vem participar, a partir das 15 horas, na Câmara Municipal, do seminário “Que nova forma de fazer política é essa?”. Além de Marina, o evento contará com a presença de Mauricio Brusadin, presidente do diretório estadual do PV de São Paulo), e da maioria das Comissões Municipais do PV,  vereadores, vice-prefeitos e prefeitos do partido. 
 
 O Grupo “Transição Democrática” do PV surgiu após a executiva nacional ter ampliado, em um ano, o mandato de seu atual presidente. O dirigente do PV já está a doze anos no cargo e, como o próximo ano é eleitoral e dificilmente comportaria uma Convenção Nacional, o grupo da “Transição Democrática” tem a preocupação de que o mandato dure 14 ou mais anos.

Paulo Sombra, conselheiro nacional e do diretório do PV do Ceará, é um dos organizadores do evento. “Como vamos apresentar um projeto político forte sem dar voz aos que querem construí-lo? Vamos lutar para que o PV seja o Partido da sociedade, das ruas, dos sonhos das pessoas,” disse para o Blog.

 Uma das principais reivindicações dos participantes do movimento é que o partido se abra para a sociedade e inclua os anseios dos cerca de 20 milhões de brasileiros que votaram em Marina Silva para presidente. Francisco Antônio dos Santos (presidente do PV em Quixadá) destaca que  “o PV não deve ser um partido de poucos. Tem que ser de grandes sonhadores e guerreiros, da luta incansável por um ideal de valorização do ser humano e de sustentabilidade”.

Heleno Monteiro, também dirigente estadual do PV, defende o debate e a reestruturação do programa partidário. Para ele, o PV precisa debater a questão programática. “A água, por exemplo, é um recurso muito importante e em muitos municípios o abastecimento é feito de forma precária ou até mesmo com água contaminada. Que responsabilidade nós, do Partido Verde, temos assumido com relação a isso?”.
 
SERVIÇO

* Câmara Municipal de Fortaleza – Rua Dr. Thompson Bulcão, 830, Luciano Cavalcante, Fortaleza.

Ex-prefeito de Canindé é denunciado por superfaturamento de 500% em obra

O ex-prefeito de Canindé, Glauber Monteiro, volta a ocupar espaços na mídia com nome envolvido em acusação de improbidade administrativa. O procurador da República Luiz Carlos Oliveira Júnior entrou com Ação de Improbidade Administrativa na Justiça Federal contra Gláuber Monteiro – foi gestor no período de 2005 a 2008, e contra os representantes da Eficaz Assessoria, Consultoria, Projetos e Construções, empresa vencedora da licitação para a realização de obras de implantação de um Sistema de Abastecimento de Águas nas comunidades de Vila Medeiros e Salão II. Os trabalhos seriam feitos com a verba destinada pelo Convênio 471/2005, firmado entre o município de Canindé e a Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), em 9 de dezembro de 2005.

Segundo os dados da Controladoria Geral da União (CGU), a obra teria sido concluída por R$ 40 mil, mas a empresa vencedora da licitação a havia contratado pela quantia de R$ 121.493,23. No entanto, o fato mais estranho é que posteriormente foram feitos aditivos ao convênio, que, somados à verba inicial, totalizam R$ 240mil, representando aumento de 500%. Na ação, o MPF questiona o aumento do valor utilizado, assim como a falta de registro sobre a aplicação do excedente. Há comprovação no processo de que os pagamentos pelos serviços foram feitos à Empresa Eficaz, mas o trabalho foi interrompido em vários pontos da obra.

O MPF pede, como punição, além da condenação nas sanções da Lei 8.429/92, a decretação de indisponibilidade dos bens dos envolvidos equivalente ao prejuízo causado ao tesouro público, assim como a necessidade de se oficiar ao DETRAN/CE e aos cartórios de registro de imóveis dos municípios de Canindé/CE e Fortaleza/CE, requerendo a inalienabilidade de veículos e imóveis em nome dos réus.

(Com MPF-CE)

Valor Econômico divulga mudança de comando no BNB

204 2

O portal jornal Valor Econômico publicou, na última tarde, que o Governo Dilma Roussef decidiu mesmo escolher MiguelCícero Trra Lima, funcionário do Banco do Brasil, como o novo presidente do Banco do Nordeste do Brasil.

No BNB, no entanto, a assessoria de imprensa reitera o que tem informado: aguarda o Diário Oficial da União.

Reajuste de serviços públicos como o transporte de Fortaleza influenciam na inflação

Enquanto o governo tenta mostrar empenho para controlar a inflação, os reajustes de preços administrados pelo setor público têm exercido influência significativa no aumento do custo de vida. Os aumentos do transporte urbano nas principais regiões metropolitanas ajudaram o grupo transporte a responder por mais de um quarto da inflação de 2,44% medida no primeiro trimestre do ano pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) deve continuar a registrar a pressão do segmento na inflação de abril, já que os reajustes de ônibus urbanos em cidades como Curitiba (13,5%) e Fortaleza (11,11%) entraram em vigor depois do início de março, deixando resíduos para abril.

Na capital fluminense, no início de abril, o metrô subiu 10,7% e os táxis tiveram reajuste de 14% no quilômetro rodado e de 2,3% na bandeirada.

Além disso, outros aumentos autorizados pelo setor público estão previstos para este mês. As taxas de água e esgoto subiram 16% em Curitiba na segunda quinzena de março. Em Goiânia e Belo Horizonte, o serviço deverá ter reajuste de 6% e 7%, respectivamente, nos próximos dias.”

(Estadão)