Blog do Eliomar

Últimos posts

As chuvas no Ceará

Choveu, nas últimas horas, em poucos municípios cearenses. Segundo a Funceme, em apenas 48 localidades. A maior chuva foi registrada em Ibiapina, com 45 milímetros. Ainda choveu nas seguintes localidades:

Limoeiro do Norte – 42.3 mm

Pires Ferreira – 38 mm

Amontada – 36.6 mm

Barroquinha – 33.2 mm

Dilma: gestão de Serra levou o País ao racionamento de energia

“Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, a pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, disse que foi a gestão do adversário José Serra (PSDB) no Ministério do Planejamento que deu origem ao racionamento de energia em 2001 – durante o governo do tucano Fernando Henrique Cardoso. ”

– O Serra que me desculpe, mas ele não foi só ministro da Saúde. Foi ministro do Planejamento. Planejou o quê, hein? Ali, se gestou sabe o quê? O apagão. O apagão que eu falo é o racionamento. Porque o pessoal usa um pelo outro. Racionamento é ficar oito meses sem energia – afirmou Dilma durante a entrevista. Serra foi ministro do Planejamento até meados de 1996.

Questionada se um discurso focado na questão ética pode prevalecer durante as campanhas eleitorais, Dilma disse que “esse debate é muito bom” para o PT. “Pode olhar tudo o que foi feito. Nunca se esqueça que foi a CGU (Controladoria Geral da União) quem descobriu a máfia dos sanguessugas. Tudo foi feito pela CGU, combinado com a Polícia Federal. Se teve um governo que levantou o tapete, foi o governo Lula. Antes não apareciam denúncias, porque ficavam debaixo do tapete, ninguém apurava. (…) E acabamos com a figura do engavetador-geral. Onde está o engavetador? A União não engaveta mais nada”, disse Dilma ao jornal.”

(Portal Terra)

Policial e namorada são baleados em Itaitinga

O inspetor Paulo Gutembergue de Figueiredo (41) levou três tiros no fim da tarde desse domingo, na cidade de Itaitinga (Região Metropolitana de Fortaleza. Ele estava acompanhado da sua namorada, em um veículo Vectra de cor verde. Ela também foi baleada. O casal foi socorrido em estado grave para o hospital Frotinha de Messejana e, em seguida, transferido para o Instituto Doutor José Frota (IJF).

Mesmo ferido, o policial conseguiu atirar contra dois homens que teriam sido os autores dos disparos. Ambos foram baleados e presos: Francisco Cláudio Sousa de Freitas (20) e Antônio Cleiton da Silva Bezerra (24) que ainda foram atendiso no IJF e depois levasdos para o 30º Distrito Policial.  A Polícia trabalha com a tese de tentativa de assalto.

(Com Jangadeiroonline)

CNJ disponibiliza na internet o Cadastro da Improbidade Administrativa

“Em cumprimento à decisão do plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), já está disponível ao público, no portal do CNJ (www.cnj.jus.br), os dados incluídos no Cadastro Nacional de Condenados por Ato de Improbidade Administrativa. A possibilidade de consulta ao cadastro, pelo público externo, foi aprovada durante sessão plenária do dia 10 de fevereiro deste ano quando os conselheiros votaram pela alteração da Resolução 44 do CNJ, de novembro de 2007, que instituiu o cadastro.

Qualquer cidadão pode acessar os dados por meio da página eletrônica do Conselho. Para isso, basta clicar o link “Improbidade Administrativa – Acesse a Consulta Pública”. A seguir, na aba “Consulta pública”, o interessado poderá verificar os processos já julgados que não cabem mais recurso (transitados em julgados). São dadas duas opções de consulta: pelo número do processo ou pelos nomes das partes. Clicando sobre o número do processo, os cidadãos poderão visualizar detalhes sobre as condenações como qual tribunal, subseção ou vara condenou os envolvidos, quais foram os motivos das condenações e quais as penas aplicadas. Até agora, o acesso ao cadastro era permitido apenas a usuários com senha.

As penalidades previstas na Lei de Improbidade Administrativa (Lei 8.429/92) são ressarcimento do dano, pagamento de multa, perda do que foi adquirido ilicitamente, perda da função pública e dos direitos políticos, além de proibição de firmar contratos com o poder público. O cadastro contém informações quanto às penas aplicadas e a qualificação do condenado por cometer ato de lesão ao patrimônio público, de enriquecimento ilícito ou que atente contra os princípios da administração pública.”

(Site do CNJ)

Transporte escolar – TCU condena ex-secretário da Educação e ex-prefeitos cearenses

naspolini

“O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o ex-secretário de Educação do Ceará, Antenor Manoel Naspolini, o ex-subsecretário estadual de Educação, Paulo Parente Lira Cavalcante, o ex-prefeito de Salitre (CE), Cícero Antônio Albuquerque, e o ex-prefeito de Potengi (CE), José da Rocha Forte, ao pagamento solidário de R$ 444.092,72, valor atualizado, ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Condenou ainda o ex-prefeito de Saboeiro, Perboyre Silva Diógenes, ao pagamento de R$ 95.543,37, valor atualizado, também ao FNDE. 

Os recursos eram destinados à aquisição de veículos automotores com capacidade mínima de dez e máxima de 40 passageiros, para atender aos alunos matriculados na rede pública do ensino fundamental e residentes no meio rural dos municípios de Altaneira, Araripe, Nova Olinda, Canindé, Aiuaba, Potengi, Salitre e Saboeiro. Os veículos deveriam ser utilizados de acordo com os critérios estabelecidos pelo Programa Nacional de Transporte Escolar (PNTE).

Foram apontadas várias irregularidades na execução do convênio. Não foram apresentados certificados de registro dos carros adquiridos, extratos bancários informando a movimentação dos recursos e o termo de homologação do processo de licitação. Além disso, alguns veículos foram alienados ou encontrados em desuso. 

Naspolini, Cavalcante, Albuquerque e Forte também foram multados em R$ 7 mil e Diógenes, em R$ 4 mil. Eles têm 15 dias para pagar a multa e o valor da condenação. Cópia da decisão foi enviada à Procuradoria da República no Ceará. Cabe recurso da decisão. O ministro Weder de Oliveira foi o relator do processo.”

(Site do TCU)

Especialista em Marketing Político agenda palestra em Fortaleza

manhanelli

Fortaleza será sede nos dias 23 e 24 deste mês, no Hotel Oásis Atlântico, do 9º Congresso Brasileiro de Estratégias Eleitorais e Marketing Político.  O evento busca promover o debate e a democratização do acesso a conhecimentos relativos ao marketing político, a fim de gerar a modernização das campanhas eleitorais brasileiras.  A promoção é  da empresa Marketing Político e Companhia (MP & Cia) e conta com o apoio institucional da Associação Brasileira de Consultores Políticos (ABCOP). Durante o congresso, haverá a participação de um dos maiores especialistas na área do marketing político: Carlos Manhanelli.

Membro fundador e Presidente da ABCOP, Manhanelli milita na área de consultoria em comunicação política e marketing eleitoral desde 1974. Autor de dez livros sobre o assunto vai lançar no evento, sua 11ª obra: “Marketing Eleitoral: o passo a passo do nascimento de um candidato”. Já atuou em mais de 220 campanhas e presta consultoria atualmente para mais de 20 Prefeituras e Governos em todo o Brasil, América Latina e África, além de lecionar na Universidade de Salamanca – Espanha. Carlos Manhanelli bateu papo direto de São Paulo com este Blog:

Blog – Qual a importância do 9º Congresso Brasileiro de Estratégias Eleitorais e Marketing Político, que pela primeira vez acontece em Fortaleza?

CM – O Congresso é o evento mais antigo e mais importante sobre a matéria. É o momento em que os consultores políticos de todo o Brasil e de países de língua portuguesa trazem a baila os assuntos mais importantes e atuais sobre campanhas eleitorais.

B – Quais os principais temas que vão ser debatidos no Congresso?

CM – Teremos atualizações sobre direito eleitoral, Internet em campanhas eleitorais, planejamento e apresentação de um plano de marketing eleitoral, pesquisas eleitorais, enfim, os mais importantes temas serão debatidos e atualizados por especialistas na área.

B – O Congresso conta com o apoio institucional da Associação Brasileira de Consultores Políticos (ABCOP), fundada pelo senhor há 19 anos. Quais as contribuições que a entidade deu ao marketing político brasileiro?

CM – Inúmeras contribuições foram levadas a êxito pela ABCOP. Para mencionar apenas uma, a ABCOP foi chamada no ano passado a Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara Federal, para elucidar aos deputados sobre a importância da internet no processo eleitoral, e através da palestra e da participação no debate nessa casa, tivemos então a liberação para uso pleno dos recursos na via digital mais importante e interativa do mundo.

B – No evento, o senhor estará lançando o seu 11º livro: “Marketing Eleitoral: o passo a passo do nascimento de um candidato”. De que trata a obra?

CM – Este livro traz toda a metodologia que desenvolvi em meus 36 anos de trabalho na área, para fazer um plano de marketing eleitoral desde o roteiro do primeiro briefing com o candidato, passando pelos questionários das pesquisas necessárias e planilhas de trabalho, até a apresentação em PPT do plano para o cliente.

B – Quais as novidades que o eleitor pode esperar na eleição deste ano?

CM – Sem duvida nenhuma será o uso da internet na plenitude de seus recursos.

Dilma é esperada em evento de Garotinho

“A pré-candidata à Presidência pelo PT, Dilma Rousseff, é esperada, no próximo dia 10, no I Congresso Estadual do PR, em um centro de convenções, no Rio. O evento marcará o lançamento da pré-candidatura ao governo do estado do ex-governador Anthony Garotinho. O encontro vai ocorrer no mesmo dia em que Dilma receberá uma homenagem do PT fluminense, ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e do lançamento oficial da pré-candidatura pelo PSDB de seu adversário, José Serra. A expectativa do PR é que 15 mil pessoas compareçam.

A aproximação de Dilma e Garotinho desagrada ao governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), que tinha a expectativa de ser o único candidato ao governo do Rio apoiado por Dilma e o presidente Lula.

— O partido faz parte da base do governo Lula. Como haverá um ato do PT no Rio no dia do congresso, ela (Dilma) manifestou o interesse de estar presente. E será muito bem-vinda — disse o secretário-geral do PR no Rio, Adroaldo Peixoto.

Garotinho estará acompanhado também do pastor Manuel Ferreira, pré-candidato ao Senado e presidente nacional das Assembleias de Deus, que reúne cerca de 60 mil templos em todo o país e possui seis milhões de fiéis.”

(Globo Online)

Ex-titular da SSPDS diz que sofreu boicote

vargas

“Por 57 meses, o general gaúcho Cândido Vargas de Freire foi secretário de uma das pastas que sempre figura entre as mais problemáticas de todo governo. Ele foi o homem da Segurança Pública em duas das três gestões do governador Tasso Jereissati, hoje senador – de abril de 1997 a dezembro de 1998 e de novembro de 1999 a dezembro de 2002. Não foi pouco tempo, muito menos foi moleza o que o ele passou por aqui no cargo. O general penou.

Nestas Páginas Azuis, Vargas confirma que policiais contrariados chegaram a boicotar sua gestão simulando assaltos a carro-forte no Centro de Fortaleza. É a primeira vez que admite isso publicamente. Não deu nomes de quem estava tão raivoso, mas as entrelinhas sugerem uma estrutura poderosa. O episódio que o general usou para ilustrar foi um ataque de supostos assaltantes ocorrido na porta de um banco privado, em plena rua Barão do Rio Branco, ocorrido em maio de 2000. Com tiroteio e tudo.

“Infelizmente, isso era normal aí“, afirmou. Vargas contou também que o governador Tasso recebia informações reservadas da Casa Militar de que a família corria risco de sequestro e isto, segundo ele, não era uma verdade absoluta. “E eu dizia: -Não tem nada disso, governador-. Quer dizer, o pessoal usa do cargo para passar informações erradas para se manter, entendeu?“, avalia, sobre o passado recente.

Do que enfrentou no cargo, o general lembra que logo de cara veio o “Caso França“, a série de denúncias feita pelo agente João Alves de França em 1997 contra colegas policiais civis, militares e dos Bombeiros. O policial disparou nomes e detalhes da rede de corrupção, extorsão, assaltos, roubos de carros, tráfico de drogas e armas. Agiam protegidos por seus distintivos e fardas. Vargas chegou quando o ventilador do “Caso França“ espalhava tudo isso. Até hoje, sua decepção é que tanta denúncia (muitas com fundamento, segundo ele descreve) tenha dado em nada. “Lamentavelmente digo: a maior tristeza minha e do governador (Tasso), nenhum foi punido“.

Outro abacaxi que Vargas precisou descascar foi a greve dos policiais, três meses depois de sua primeira posse. Relembra quando a tropa saiu às ruas em passeata: “Aquela greve terrível. Os policiais bêbados, fardas rotas, com o rosto tapado“. O governo não aceitava negociar naquele cenário posto.

O general admite mágoa com quem o sucedeu, o delegado federal Wilson Nascimento, do governo Lúcio Alcântara. Disse tê-lo chamado para passar o cargo e não teve o convite atendido, além de ouvir o sucessor falar mal de sua gestão. Mágoa “profunda“ por ser um governo do mesmo partido, o PSDB. Nesta entrevista, Cândido Vargas também fala (muito) de seus feitos, reafirma a defesa de unificação das polícias e discorre sobre outros bastidores daqueles seus dias de secretário. Não há comentários sobre a gestão atual, mas é possível fazer comparações (e ver muitas semelhanças) dos dois momentos. ”

* Leia a integra no O POVO aqui.

Cid e Luizianne e uma conversa além estaleiro

cidli

Nos últimos encontros, o mote foi Copa.

O governador Cid Gomes (PSB) e a prefeita Luizianne Lins (PT) terão reunião de trabalho nesta segunda-feira, no Paço Municipal. Na pauta, estaleiro, projetos em parceria e, claro, política. O encontro começa às 9 horas. Sem atrasos.

Os dois estarão acompanhados de assessores e secretários da área de infraestrutura, mas, sem sombra de dúvidas, as questões políticas deverão ganhar parte da conversa. Principalmente depois do cenário onde Cid não conta mais com adversários de nome como o prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa.

Ciro vai virar sogrão

“Nem só de política vive o presidenciável e deputado federal Ciro Gomes (PSB). Em Fortaleza, ele trata de um outro assunto muito importante em sua vida: o casamento de sua filha Lívia com o empresário Jorge Albuquerque, que já está marcado para o próximo dia 2 de junho. No feriadão santo, Ciro adotou postura bem cristã e fez uma espécie de retiro. Evitou aparecer, dar entrevistas, conversou com poucos amigos e manteve um certo ar introspectivo. O que virá mesmo pela frente? Recomenda-se aguardar. ”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Semana Santa – Mais mortes que em 2009

Pelo menos 75 acidentes foram registrados nas estradas do Ceará durante o feriado da Semana Santa. Oito pessoas morreram e 66 ficaram feridas, segundo o balanço das Polícias Rodoviária Federal e Estadual feito até o início da noite de ontem. O número de mortes já é maior do que o registrado no feriado de 2009, quando houve sete óbitos. Este ano, a maioria das ocorrências foi nas rodovias federais, com 47 acidentes da quinta-feira até ontem. Nas CEs, foram 28. O balanço é parcial.

Das oito mortes, quatro foram nas rodovias federais e quatro nas estaduais. Em alguns casos, a imprudência dos motoristas contribuiu para a gravidade dos acidentes. O motociclista Wanderson Gomes Alves, 21, estava sem capacete quando colidiu com uma placa de sinalização no quilômetro 89 da BR-222, em Umirim, na madrugada de ontem. Ele morreu na hora.

Outro exemplo de imprudência foi registrado na CE-060, em Redenção, na madrugada de sábado. Gutierre Nascimento, 22, morreu após o veículo que ele dirigia bater em um muro. O jovem estava sem cinto de segurança e, com o impacto, foi arremessado para fora do carro. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRF), o veículo trafegava a 160 quilômetros por hora. Outras duas pessoas que estavam no carro sobreviveram.

Outro acidente
Também no sábado, um veículo Golf capotou após o motorista perder o controle da direção e sair da pista, no quilômetro 230 da BR-222, em Sobral. Quatro pessoas ficaram feridas e uma das passageiras, identificada como Janete da Silva Souza, 23, morreu. Os outros acidentes com mortes foram colisões entre veículos.

Uma das colisões foi no quilômetro 199 da CE-257, em Santa Quitéria. Uma moto bateu na lateral de um caminhão após uma tentativa de ultrapassagem. O motociclista caiu e o pneu traseiro do caminhão passou por cima dele. Carlos Gomes Araújo, de 55 anos, teve morte imediata.

O balanço completo dos acidentes deve ser divulgado hoje. Durante o feriado, pelo menos 100 homens da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estiveram de serviço todos os dias. A Polícia Rodoviária Estadual também intensificou a fiscalização. Até a manhã de ontem, 14 pessoas haviam sido notificadas por descumprimento à Lei Seca nas rodovias estaduais. (Tiago Braga)

BALANÇO

Em 2010 (balanço parcial)
>Acidentes: 75
>Mortes: 8

Em 2009 (balanço completo)
>Acidentes: 90
>Mortes: 7

FONTE: Polícias Rodoviárias Estadual e Federal

NÚMEROS

14
PESSOAS FORAM NOTIFICADAS POR DESCUMPRIMENTO À LEI SECA

(O POVO)

Terremto mata duas pessoas no México e é sentido nos EUA

“O governador do estado mexicano da Baixa Califórnia, José Guadalupe Osuna, decretou na madrugada desta segunda-feira estado de emergência em Mexicali, a cidade mais afetada pelo terremoto de 7,2 graus de magnitude que atingiu o país na tarde de ontem.

Ao menos duas pessoas morreram em Mexicali. De acordo com o diretor da Defesa Civil da Baixa Califórnia, Alfredo Escobedo, uma das vítimas morreu com a queda de uma casa no Vale de Mexicali, a 18 quilômetros de onde foi o epicentro do tremor.

O outro homem teria morrido após sair correndo da sua casa, em pânico por causa do tremor, ser atropelado por um carro que passava na rua. “Ao menos outras 100 pessoas estão feridas”, disse Escobedo.

Cerca de 20 tremores secundários foram sentidos na cidade após o terremoto principal.

Segundo Escobedo, problemas com as linhas telefônicas e o corte na energia elétrica dificultam a difusão de informação sobre os danos, sobretudo em Mexicali, cidade de 1,2 milhão de habitantes. A falta de luz elétrica deve permanecer pelas próximas 14 horas, segundo o diretor.

Com a falta de luz, cerca de 300 pacientes tiveram de ser transferidos do Hospital Geral de Mexicali para clínicas particulares que permanecem funcionando a base de geradores elétricos. Segundo Escobedo, esses equipamentos não devem suportar muitas horas e ele acredita que será necessários transferir os pacientes para clínicas de outras cidades.

Rosendo Garcia, 44, disse que estava levando sua filha para casa quando sentiu o tremor. “Eu senti como se estivesse dentro de uma canoa no meio do oceano”, disse à agência de notícias Associated Press.

Em Tijuana, o terremoto balançou alguns prédios e causou o corte de energia em algumas áreas. Segundo a Associated Press, moradores dos prédios saíram correndo em direção às ruas após o tremor.

Impacto nos EUA

Segundo a agência de notícias Associated Press, o impacto pôde ser sentido nas cidades americanas de Los Angeles, San Diego e Palm Springs, além de Phoenix, no Estado do Arizona.

Ainda de acordo com a agência, a região tem sido atingida por tremores de magnitude 3,0 durante toda a semana. Impactos do terremoto foram sentidos até a cidade de Santa Bárbara, na Califórnia, informou Susan Potter, sismóloga do USGS.

Mais de 160 km a oeste do epicentro do tremor, em San Diego, os hoteis Sheraton e Marina foram esvaziados após rachaduras pequenas aparecerem no chão, segundo o porta voz dos bombeiros, Maurice Luque. Porém, todos os hóspedes já puderam retornar.

Susan Warmbier estava guardando suas compras no subúrbio de San Diego, quando o marido perguntou, “A casa está mexendo?”. Ela contou a agência Associated Press que realmente era possível ver a casa movendo para esquerda e para a direita.

Em outras áreas de San Diego houve relatos de vidros quebrados e de rompimento de canos de água nos edifícios, porém não há feridos, informou o corpo de bombeiros.

Jacqueline Land, que mora no segundo andar de um edifício em Phoenix, disse que sua cama de casal parecia um barco navegando pelo mar.

O tremor também foi sentido em Las Vegas, porém não há relatos de danos nem feridos, segundo informações dos bombeiros.

Houve relatos de tremor no sul da Califórnia. O terremoto sacudiu prédios na parte oeste de Los Angeles e em San Fernando Valley. Houve queda de energia por alguns minutos, segundo o departamento de polícia local. Não há registro de feridos.”

 (Portal Uol)

Apartamento de filha de Lula é invadido em Florianópolis

“Ladrões invadiram o apartamento da filha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Lurian Silva, na noite de sexta-feira, por volta das 20h30m. Lurian, que é secretária de Ação Social de Florianópolis, estava em casa, sozinha, fazendo exercícios, e não percebeu o arrombamento. A informação é do blog Visor, do jornal Diário Catarinense.

O imóvel de Lurian fica no Bairro Itaguaçu, região Continental de Florianópolis. Os ladrões levaram um notebook e objetos pessoais. Os filhos de 5 e 12 anos de Lurian estão em São Paulo.

Segundo o Diário Catarinense, logo depois de perceber a invasão, Lurian acionou a sua equipe de segurança. A segurança da filha e dos netos do presidente em Florianópolis é feita por 10 agentes do Gabinete de Segurança Institucional (GSI).

No sábado à tarde, técnicos do Instituto Geral de Perícia (IGP) da Polícia Civil estiveram no apartamento para colher vestígios. A polícia não divulga nenhuma informação sobre o caso.”

(ClicRBS)

FHC sugere em artigo Aécio como vice de José Serra

fhcc

“Depois de dizer que o presidente Lula exerce “autoritarismo popular”, o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso destacou em artigo o papel de líderes do ABC do paulista na retomada da democracia e das eleições diretas, nos anos 80, mas sem citar o nome do principal líder sindicalista da época – o próprio Lula. Intitulado “Hora de união”, o texto publicado na edição de hoje (domingo, 4) do jornal O Globo aponta Ulysses Guimarães, Franco Montoro e Tancredo Neves como os homens a quem coube “a condução do processo”.

O artigo discorre sobre a aliança de políticos de Minas Gerais e São Paulo alinhados à democracia – em movimento que, segundo Fernando Henrique, “salvou-nos do autoritarismo do passado”, com participação decisiva dos três líderes políticos. O tucano recorre então a uma entrevista veiculada pela revista Veja para situar a ocasião em que tal aliança ficou evidente e seria determinante para a derrota das “forças autoritárias”.

“Roberto Gusmão, chefe da Casa Civil do governo Montoro [1983-1987], havia declarado nas páginas amarelas da Veja que São Paulo se uniria a Tancredo Neves para a conquista da Presidência. Ulysses fez questão de ouvir a decisão da voz do governador de São Paulo. Acompanhei-o ao Palácio dos Bandeirantes em um encontro com o governador […]. Montoro poderia pretender legitimamente a candidatura à Presidência: ganhara as eleições diretas em São Paulo com votação consagradora”, escreveu FHC, para quem “o momento histórico” se sobrepunha aos “méritos e ambições de cada um”. “A visão de futuro e o interesse nacional contavam mais do que as biografias. Tiveram grandeza.”    

“Houve hesitação sobre o que fazer. Fiz um discurso no Senado trocando o lema Diretas Já por Mudanças Já, com a convicção de que poderíamos derrotar os donos do poder. Foi difícil para Ulysses Guimarães tragar a dose e aceitar as eleições indiretas, ele que fora o anticandidato em 1974 e cujo nome se identificava com as eleições diretas”, registra FHC, referindo-se à escolha presidencial por meio do Colégio Eleitoral, em que os parlamentares tomaram o lugar do povo nas urnas e elegeram Tancredo Neves em 1985, substituído depois de sua morte pelo vice José Sarney (PMDB).

Segundo o ex-presidente, Ulysses, que fora “o opositor indiscutido das oposições democráticas”, encontrou dificuldades em “granjear votos” pelas eleições diretas. “Na época, presidente do MDB de São Paulo e muito próximo a Ulysses Guimarães, disse-lhe com muito pesar, pela enorme admiração e respeito que nutria por ele, que a vez seria de outro”, diz outro trecho do artigo, que mais adiante faz críticas ao oportunismo partidário e à burocracia de capitalismo que, segundo o autor, têm caracterizado o governo Lula.

“Cada vez mais nos aproximamos de uma forma de organização política inspirada em um capitalismo com forte influência burocrática e influência de um partido. Tudo sob uma liderança habilidosa que ajeita interesses contraditórios e camufla a reorganização política que se está esboçando”, critica FHC, para quem o PT “se descola da tradição democrática brasileira, para dizer o mínimo”.

Na conclusão do texto, FHC vislumbra o triunfo da candidatura tucana à Presidência sugerindo um vice que, ao menos publicamente, vem negando a hipótese de compor chapa com o governador de São Paulo, José Serra. “José Serra e Aécio Neves estiveram ao lado dos que permitiram derrotar o regime autoritário. Cabe-lhes agora conduzir-nos para uma vitória que nos dê esperança de dias melhores. Tenho certeza de que não nos decepcionarão”, arremata o tucano.”

(Congresso em Foco)

Páscoa – Vinte e cinco acidentes nas estradas cearenses com três mortes

“No período da última quinta-feira até às 6 horas deste domingo, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), antiga CPRV, registrou 25 acidentes nas estradas cearenses. Os casos deixaram 29 pessoas feridas e três mortos.

Somente das 6 horas deste sábado até as 6 horas deste domingo, foram cinco acidentes, sem feridos e sem vítimas.

A PRE registrou ainda uma apreensão de uma pistola 45 com um homem em Barbalha, Região do Cariri. Ele foi autuado.

(O POVO Online)

Inquérito aponta Roriz como "pai" do esquema de corrupção no DF

rtorrizz

“O inquérito 650, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), abre nesta semana uma nova frente de investigação e reforça a condição do ex-governador Joaquim Roriz (PSC) como “pai” do esquema de corrupção de Brasília desmantelado pela Operação Caixa de Pandora.

Um documento a que o Estado teve acesso faz uma radiografia tão detalhada da hidrelétrica de Corumbá IV que a usina é tratada pelo Ministério Público como uma espécie de obra símbolo da corrupção no Distrito Federal – uma obra que teve nada menos que 17 aditivos ao contrato inicial, todos para injetar dinheiro público na construção.

Inaugurada em 2006 e construída pela estatal Companhia Energética de Brasília (CEB) em consórcio com a empreiteira Serveng-Civilsan, Corumbá IV foi orçada em R$ 280 milhões, mas custou R$ 716,2 milhões, em valores corrigidos – mais de duas vezes e meia o preço inicial. No inchaço de R$ 436 milhões, há uma fatia de R$ 179,6 milhões sem justificativa na prestação de contas.”

(Agência Estado)

PR anuncia nesta 2ª feira apoio a Dilma

“O Partido da República (PR) vai declarar nesta segunda-feira apoio oficial a candidatura da ex-ministra da Casa Civil e petista Dilma Rousseff à Presidência da República. O apoio será anunciado durante solenidade de posse do novo presidente da legenda, o ex-ministro dos Transportes senador Alfredo Nascimento (AM). O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), confirmou a presença da ex-ministra.

O senador assume o comando do partido em substituição a Sérgio Tamer, em evento no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados, às 15 horas. A escolha de Nascimento foi feita pela Executiva Nacional do PR. Caberá a ele comandar a Convenção Nacional no mês de junho, que irá aprovar a coligação da legenda com o PT para a eleição presidencial deste ano.”

(Agência Brasil)

PRESENÇA DO CEARÁ – O ex-governador e presidente regional do PR, Lúcio Alcãntara, viajou nestae domingo e participará da solenidade de posse de Alfredo Nascimento.

AMC ameaça retirar semáforos de pedestres

naaa

Foto – Arquivo

O diretor da Rede de Colégios Master, Nazareno Oliveira, está preocupado. Ele foi informado de que a Prefeitura, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), vai retirar os semáforos com tempo para pedestre que estão localizados em frente a esse estabelecimento e ao Colégio Estadual Presidente Roosevelt, tambem na avenida Bezerra de Menezes.

A AMC alega que precisa fazer fluir o tráfego na área.

Ora, retirar esses semáforos é um absurdo, pois é por essa faixa que conseguem passar os pais e os alunos. Aguardamos uma posição da AMC sobre o assunto, pois não há informações sobre passarelas. Com a loucura q é o trânsito ali, sem sinal será muito complicado.