Blog do Eliomar

Últimos posts

Fortaleza – Um sábado de chuva

182 1

Fortaleza não aguenta mesmo chuva. Esta foto é um flagrante de Carlos Barata para o Blog e mostra como estava, nesta manhã de sábado, trecho da Avenida Pontes Vieiras próximo ao Hospital São Carlos.

Veja que há um ônibuse com água quase nas janelas.

* Ocorrências neste sábado de chuvas, aqui.

Morre jornalista Reali Júnior

147 1

“Morreu neste sábado, 9, em São Paulo, aos 71 anos, o jornalista Elpídio Reali Júnior. Reali Júnior morreu às 8 horas, em casa, de enfarte. O velório será às 19 horas de hoje, na rua São Carlos do Pinhal, 376, Bela Vista, em São Paulo.

O corpo será levado, às 15 horas deste domingo, para o crematório Vila Alpina.”

(Globo)

Reforma Política – Câmara Municipal realizará seminário ampliado sobre o tema

O presidente da Câmara Municipal, Acrísio Sena (PT),  e a Frente Parlamentar pela Reforma Política da Casa, confirmaram, neste sábado, com os senadores Eunício Oliveira (PMDB), José Pimentel (PT) e Inácio Arruda (PCdoB), a participação deles num seminário sobre o tema “Reforma Política”.

O evento, segundo Acrísio, ocorrerá no dia 25 próximo, no plenário da Câmara, ocasião em que será lançada a proposta de uma comissão mista formada por vereadores de Fortaleza e deputados estaduais com a meta de conduzir debates sobre o tema no Estado e contando ainda com a presença da cúpula da União dos Vereadores do Ceará (UVC).

Walter Cavalcante (PHS), que preside a Frente Parlamentar pela Reforma Política, informou que  esteve em Brasília acertando os contatos com a Comissão Mista da Reforma Política para se inteirar das votações e propostas. Ele deverá apresentar um relatório.

Acrisio Sena disse que o fundamental é ampliar o debate em todos os sentidos, no que considera ainda fundamental a participação de entidades populares. Ele assegurou a participação de representantes de partidos, associações de moradores e outras organizações da sociedade civil como a OAB-CE, a CUT-CE e a Comissão Justiça e Paz da CNBB nesse seminário.

TST aprova novas Varas do Trabalho para o Ceará

O projeto de criação de 11 novas Varas do Trabalho para o Ceará, oriundo do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), foi apreciado e aprovado pelo Tribunal Superior do Trabalho durante a sessão desta sexta-feira. O projeto, que teve como relator o ministro Fernando Eizo Ono, prevê a instalação de mais onze Varas do Trabalho, sendo quatro em Fortaleza e o restante em Caucaia, Juazeiro do Norte, Aracati, Russas, Limoeiro do Norte, Sobral e Eusébio.

Agora o projeto vai para o CNJ que tem prazo até 15 de junho para sua apreciação, antes que o TST faça o encaminhamento ao Congresso Nacional. Junto com as 11 Varas do Trabalho, o projeto também indica para a criação de 22 cargos de juiz do Trabalho e 202 cargos para servidores, sendo 134 analistas judiciários e 68 técnicos judiciários.

Trabalharam nessa articulação o presidente do TRT-7ª Região, desembargador federal Cláudio Pires, e o ex-presidente do tribunal, o desembargador federal José Antonio Parente.

Grupo Marquise lança Shopping Parangaba

Será lançado na próxima quinta-feira o projeto de mais um shopping para Fortaleza. Dessa vez no bairro da Parangaba. Com 306 lojas, além de praça de alimentação e cinema da rede UCI, o Shopping Parangaba é um empreendimento do Grupo Marquise. Projetado numa área de 53 mil m², no coração do bairro, o empreendimento tem como responsável pelo planejamento e comercialização a CEI Shopping Centers.

“A região da Parangaba  concentra grande parte da nova classe média, um público com potencial poder de compra e que está cada vez mais exigente. Por estar próximo a importantes vias de acesso, como avenida Dedé Brasil e terminal da Parangaba, essas pessoas terão área de compra e diversão com conforto e  próximos de casa”, diz para o Blog Carla Pontes, diretora do Grupo Marquise.

Com inauguração prevista para 2012, o shopping já conta com lojas como C&A, Renner, Riachuelo, Marisa, Magazine Luiza, Esplanada e Casa Pio.

Lailtinho Brega na Rede Record

O humorista Lailtinho Brega vai aparecer, neste domingo, no programa “Tudo é Possível” apresentado por Ana Hickmann na Rede Record. Estará no júri do concurso “O Maior Imitador do Brasil”.

Lailtinho, bom lembrar, é atração durante a semana no Restaurante Beira Mar Brill, no calçadão da avenida Beira Mar e nas quintas-feiras pode ser visto na barraca Crocobeach, na Praia do Futuro.

(Foto – Paulo MOska)

Vereador surpreende a base e vota em requerimentos da oposição

231 1

O vereador Elpídio Nogueira (PSB) surpreendeu a base de apoio da prefeita Luizianne Lins, ao votar no requerimento do líder da oposição na Câmara Municipal de Fortaleza, vereador Plácido Filho (PDT), ao final da última sessão desta semana. A oposição pedia a convocação do secretário da Infraestrutura, Luciano Feijão, para dar explicações sobre o Hospital da Mulher, além de informações sobre o pagamento de jetons (gratificações de reuniões com a chefe do Executivo) aos secretários da administração municipal.

O requerimento foi derrubado por 18 votos contra e cinco a favor (clique duas vezes no placar para ampliar). Também votaram pelo “sim” o próprio Plácido Filho, e os vereadores Dr. Edim (PTC), Carlos Dutra (PSDB) e João Alfredo (Psol). O vereador Iraguassu Teixeira, colega de partido de Plácido Filho, estava ausente da sessão.

Já o colega de partido de Elpídio Nogueira, o vereador Martins Nogueira, votou contra as convocações, assim como Adail Júnior (PV), Casimiro Neto (PP), Antônio Henrique (PTC), Adelmo Martins (PR), Carlinhos Sidou (PV), Eron Moreira (PV), Gelson Ferraz (PRB), Guilherme Sampaio (PT), Joaquim Rocha (PV), José Freire (PTN), Alan Terceiro (PT do B), Mairton Félix (DEM), Marcus Teixeira (PMDB), Paulo Gomes (PMDB), Ronivaldo Maia (PT), Valdeck Vasconcelos (PTB) e Ibernon Monteiro (PRP).

Para Plácido Filho, o vereador Elpídio Nogueira cumpriu com o seu papel de fiscalizador do Poder Executivo. “Se não podemos convocar secretários para explicarem as suas ações, melhor então que a Casa (Câmara Municipal) seja fechada ou assuma o papel de mais uma secretaria da gestão Luizianne Lins. Desde a denúncia que o Hospital da Mulher estava afundando, a Prefeitura prometeu reparar o erro, mas nunca votou para dizer o que foi feito, como foi feito e com qual recurso. Não sei como isso poderia tirar o sono da base da prefeita”, comentou o líder da oposição.

O líder da prefeita, vereador Ronivaldo Maia (PT), afirmou que o requerimento foi derrubado porque Plácido Filho poderia ter convidado os secretários, não convocá-los. “Não temos nada a esconder”, assegurou.

Detran aplicará provas para 3 mil inscritos do Interior

“O Departamento Estadual de Trânsito (Detran, por meio de uma equipe volante, aplicará provas teóricas no período de 15 a 19 próximo, na cidade de Palhano para cerca de três mil candidatos a obtenção da primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH), inscritos também nos municípios de Itaiçaba, Palhano e Jaguaruana, e para reteste de candidatos de toda a Região.

O projeto, de iniciativa da deputada Rachel Marques (PT), foi acatado pelo governador e deu origem ao Programa CNH Popular que garante a pessoas de baixa renda a primeira carteira de motorista totalmente gratuita. Os candidatos fazem desde as aulas teóricas nos Centros de Formação de Condutores (CFCs), a prova de legislação e aulas práticas de direção.

Para os inscritos de Palhano, Itaiçaba e Jaguaruana as provas serão realizadas na Escola Pe. Severino Xavier – Rua 15 de Novembro 800, Centro, Palhano. Os candidatos devem comparecer ao local, munidos de caneta de tinta azul ou preta e dos seguintes documentos: RG, CPF e cartão de marcação.

O Detran também chama os selecionados do município de Pentecoste inscritos no Programa CNH Popular a comparecer nos dias 12 e 13 de fevereiro de 2011 na Escola de Ensino Fundamental Francisco Sá localizada na Av. José de Borba Vasconcelos S/N no bairro Acampamento.”

(Site do Detran)

Governo economiza 13% com diárias e passagens

“Em março deste ano, o governo federal se comprometeu, por meio do decreto número 7.446, a reduzir em até 50% os gastos com passagens, diárias e locomoção dos servidores e autoridades federais. Hoje, pouco mais de um mês após o lançamento da legislação, já é possível observar os primeiros resultados da ação governamental. Comparando-se o primeiro trimestre do governo Dilma com igual período no ano passado, a meta alcançada foi a redução de R$ 260 milhões nas despesas com viagens, o que representa 13%, percentual ainda aquém do esperado. (veja tabela)

A contenção mais significativa foi nas despesas com diárias de pessoal civil, que foram reduzidas em 31,6%, com relação ao mesmo período de 2010, o que representa economia de mais de R$ 40 milhões no orçamento público. Mesmo assim, o valor foi inferior ao previsto quando o ajuste fiscal foi anunciado, com a intenção de conter os gastos públicos.

Houve ainda aumento no valor referente ao pagamento de passagens e locomoção. O valor subiu para 120 milhões, 10,4% a mais que o desembolsado em 2010. Dentre os órgãos que menos economizaram, até o mês de março, destacaram-se, o Ministério da Educação e o Ministério do Meio Ambiente, que ao contrario do espírito de economia incentivado pela presidente, aumentaram os gastos com diárias em 9,9% e 5,5% respectivamente. E nos gastos com passagem o Ministério de Relações Exteriores encabeça a lista com o aumento de 243%, 10 milhões a mais para a movimentação dos funcionários públicos. (veja tabelas/Diárias – Passagens)

 As maiores reduções, em outra mão, foram do Ministério do Desenvolvimento Social, que diminuiu pouco mais de 70% com as passagens e o Ministério do Planejamento com a redução de quase 83% nas diárias. O Contas Abertas entrou em contato com o Ministério do Planejamento, mas não obteve resposta até o fechamento da matéria.

O decreto assinado pela presidente determinou limites de gastos por ministérios, mas não considerou pagamentos pendentes deixados pelo governo Lula, a lei diz ainda que a Controladoria-Geral da União está encarregada de acompanhar o andamento do processo de redução desses gastos. As autorizações de gastos com viagens passaram a ser competência dos ministros e os que contrariarem a ordem poderão ser responsabilizados, prevê o texto.”

(Site Contas Aberas)

Sequência de raios assusta moradores do Monte Castelo

Uma sequência de raios assustou os moradores do bairro Monte Castelo, na manhã deste sábado (9), quando provocou a queda de energia elétrica em várias quadras.

Dois dos raios atingiram a pista das ruas Padre Anchieta, entre as ruas Soares Bulcão com José Marrocos, e Antonina do Norte, em frente ao condomínio João Alves de Mesquita. As funcionárias do salão de estética Elisângela, disseram que no momento da queda houve pânico e correria no estabelecimento.

Já o porteiro do condomínio afirmou que “foi uma coisa linda de se ver, mas ao mesmo tempo apavorante”. De acordo com o funcionário, o “chicote” na pista deixou o asfalto mais liso.

Ziraldo entrevista a escritora cearense Socorro Acioli

531 2

Beatriz, Ziraldo e a escritoa Socorro Acioli.

A escritora cearense Socorro Acioli, nome hoje dos mais respeitados nacionalmente em matéria de literatura infantil. foi entrevista pelo cartunista Ziraldo, em seu programa “ABZ do Ziraldo”, exibido pela TV Brasil. Foi no último dia 27, no Rio de Janeiro.

“Fui recebida com todo carinho por esse grande autor e ilustrador, de quem sou fã. Conversamos sobre os livros publicados, a carreira, planos para o futuro – em especial, sobre a adaptação do meu romance “A bailarina fantasma” para o cinema”, contou para o Blog a escritora.

DETALHE – A entrevista será exibida em meados de junho pelo Canal Brasil.

(Foto – Divulgação)

Brasil forma quase três vezes menos engenheiros

“As áreas preferidas de formação dos estudantes brasileiros no ensino superior são ciências sociais, negócios, direitos e serviços (37,1%) e humanidades, artes e educação (29,3%). É o que mostra levantamento feito pelo especialista em análise de dados educacionais, Ernesto Faria, do portal Estudando Educação, a partir de relatório da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE). Os números apontam que o Brasil forma quase três vezes menos engenheiros do que os países desenvolvidos que fazem parte do grupo.

O estudo reuniu dados sobre 36 países. Entre todos eles, o Brasil tem o menor percentual de formandos em engenharia, indústria e construção:  4,6% do total, enquanto entre os países da OCDE a média é de 12%. Na Coreia do Sul e no Japão, por exemplo, os formandos nessas áreas respondem por 23,2% e 19% do total, respectivamente. O outro país latino-americano incluído na pesquisa, o Chile, tem 13,7% de titulados nessa área do total de concluintes.

O secretário de Ensino Superior do Ministério da Educação, Luiz Cláudio Costa, afirma que a pasta já trabalha para mudar esse quadro. Uma “sala de situação” está mapeando – junto com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e outros órgãos do governo – quais áreas do conhecimento, inclusive as engenharias, precisarão ter um aumento no número de profissionais formados para atender as demandas do país nas próximas décadas.

“Com a expansão do Reuni [Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais, lançado em 2007], dobramos a matrícula nos cursos de engenharia. Então, no horizonte de uns cinco anos, já teremos uma mudança porque os concluintes vão aumentar muito. Mas, independentemente disso, temos que avançar mais. Estamos levantando a demanda estado por estado e as necessidades de cada especialidade”, explica Costa.

Segundo o secretário, o diagnóstico deve ficar pronto nos próximos dois meses. Preliminarmente, ele aponta a engenharia naval como uma das áreas em que será necessário grande esforço. O plano será apresentado às instituições, mas elas têm autonomia para decidir onde preferem investir.

“Estamos fazendo uma projeção até 2050 porque precisamos ter uma visão estratégica do que o país precisa. O Estado vai agir como um tutor, respeitando a autonomia das universidades. Será um trabalho de convencimento, mostrando esses resultados. Em alguns casos, se for do interesse do governo, podemos propor editais”, afirma.

Mas aumentar o número de vagas e estimular a matrícula dos alunos em cursos específicos não será suficiente para melhorar o quadro. Outro problema que precisa ser atacado é a alta evasão das engenharias. “Dos mais de 100 mil que entram, saem 35 mil”, aponta o presidente da Federação Nacional dos Engenheiros, Murilo Pinheiro. A entidade tem um projeto para estimular a entrada dos estudantes do ensino médio nos cursos e melhorar a qualidade da formação. Ele avalia que o cenário está evoluindo. A previsão é que 50 mil se formem em 2011 e o ideal, segundo ele, seria chegar a 80 mil titulados anualmente.

“Havia muita evasão porque o curso é difícil e as oportunidades de trabalho eram pequenas, os alunos não tinham estímulo para terminar. Hoje a gente começar a ter uma outra visão porque os estudantes começam a trabalhar ainda na faculdade e já saem empregados em função do crescimento do país”, avalia.

Para reduzir o abandono, é importante ainda melhorar a qualidade do ensino médio para que os alunos consigam acompanhar o curso sem dificuldade. Pinheiro conta que algumas instituições têm gastado algum tempo, no início  da graduação, para reforçar os conteúdos que os alunos deveriam ter aprendido na educação básica em áreas como matemática. Costa admite que é preciso otimizar o fluxo. “O  problema precisa ser trabalhado internamente nas universidades”, diz.”

(Agência Brasil)

PV nacional em clima de queda de braço

“A queda de braço entre o grupo de Marina Silva e a direção nacional do Partido Verde tem mais um capítulo neste sábado com a realização, no mesmo horário e cidade, de encontros organizados para medir força entre as alas rivais da legenda. Os dois encontros estão marcados para as 14 horas.

De um lado, a ex-senadora fará um evento público com lideranças na Assembeia Legislativa de São Paulo para, mais uma vez, defender mudanças internas no partido, presidida pelo vereador José Luiz Penna desde 1999. Penna, por sua vez, estará do outro lado da cidade, no Tatuapé, à frente de um evento denominado “Festa da Democracia”, para proclamar os representantes – “democraticamente eleitos”, como definido no convite – da executiva municipal. É uma resposta aos apelos por “abertura” feitos pelos marineiros desde que Penna obteve mais um ano de mandato à frente da legenda, no mês passado.

A atitude provocou revolta no grupo de Marina, autonomeado Movimento Transição Democrática e integrado por nomes como Alfredo Sirkis e Fernando Gabeira. Nos bastidores, foi aventada a possibilidade de os marineiros deixarem a legenda e fundarem um novo partido – atitude considerada complicada em razão do nome Partido Verde, visto por eles uma espécie de “bandeira mundial” com similares em outros países, como a Alemanha.

Capitalizado pelos quase 20 milhões de votos que forçaram o segundo turno na última campanha presidencial, o grupo ampliou e tornou públicas as pressões por mudanças internas que faltamente refletirão no arco de alianças esboçado até o momento para 2012. Isso porque, pouco mais de um ano das eleições municipais, apoiadores da ex-presidenciável já planejam lançar candidato em todas as capitais do País.

Para isso, defendem a unificação de um discurso para evitar alianças consideradas “incoerentes” em Estados como Amazonas, coração na floresta amazônica e onde o partido não se empenhou na campanha de Marina, e Mato Grosso, celeiro do agronegócio. Rondônia e Paraíba também são apontados pelos marineiros como Estados “problemáticos”.”

(iG)

Um milagre e uma tragédia

Eis o artigo deste sábado do professor Antonio Mourão Cavalcante, que pode ser lido no O POVO e no seu Blog (POVO Online). Intitulado “Viver é´periogoso”, ele faz um paralelo entre adolescentes que perambulam  por Fortaleza com o massacre do Rio. Confira:

Todo mundo o chama de Neguim. Pastora e limpa carros, perto da faculdade. É flanelinha. Mas, essa semana eu perguntei por ele ao outro dono do pedaço, que me revelou em quase êxtase: “Eu não lhe conto doutor, o que aconteceu com o Neguim!” Fiquei assustado e logo avancei: Morreu? “Não, doutor. Achou a mãe dele”. E prossegue na narrativa: “Ele tava lascado, a pedra (crack) acabando com ele. Tinha as pernas inchadas e nem andava mais direito. Nos últimos tempos estava dormindo por aqui mesmo. Não tinha mais casa, nem proteção. A mãe dele, de criação, morreu, faz algum tempo. E, os outros filhos – legítimos – botaram ele para correr. Disseram que ele só dava preocupação à coitada.

Pois não é que a verdadeira mãe apareceu! Ela andou perguntando por ele. Foi indo. Pergunta aqui, pergunta acolá. Até que achou. O encontro foi aqui mesmo. Ali, debaixo daquela árvore. Ele chorava abraçado com ela. ‘Mãe, por que você me deixou, mãe…’ Os dois ficaram abraçados por um tempão.

A mãe dele, a legítima, hoje mora no Suriname. Nos estrangeiros, sabe! Trabalha com jóias e bijouterias. Parece rica. Tem posses. Logo no mesmo dia, foi a uma loja e vestiu o Neguim… Ele agora anda todo pinta. De sapatos tênis, camiseta de marca. Até um relógio ela deu para ele. No domingo, foram comer um “peixezim” numa barraca de praia e nunca mais eu vi o Neguim por aqui. Até terça-feira, sabe, quando ele passou por aqui. Todo chique. Nem parece o mesmo. Me deu até uma cédula de cinco real.

Agora, a mãe dele está ajeitando o passaporte e vai levar o Neguim para morar com ela. Olha, dr. Mourão, eu fico arrepiado contando essa história para o senhor… Foi um milagre.”

Bastou eu pegar o carro, vindo para casa, fim de expediente, para escutar na rádio O POVO/CBN que um rapaz de 23 anos, talvez maluco, armado com dois revólveres tinha executado mais de 12 crianças, numa escola no Rio de Janeiro.

Pois é, um milagre e uma tragédia. De imediato lembrei Guimarães Rosa que dizia “viver é perigoso”.

Antonio Mourão Cavalcante – Médico, antropólogo e professor universitário

a_mourao@hotmail.com

Massacre do Rio – O irmão fala sobre o atirador

“Desajeitado e arredio, o atirador Wellington Menezes de Oliveira era alvo de chacotas de colegas da Escola Municipal Tasso da Silveira, palco do massacre. Na adolescência, foi rejeitado pelas meninas. “Desde pequeno ele tinha distúrbio mental e sofria isso que chamam de bullying”, diz A., seu irmão adotivo de 44 anos.

Sob compromisso de não ser identificado – a Secretaria de Segurança do Rio lhe alertou que pode sofrer retaliação -, A. contou ao Estado que, ainda criança, Wellington recebeu diagnóstico de esquizofrenia. Ele foi adotado pela tia, Dicéia de Oliveira, mãe de A. “Lembro do dia em que ela chegou com aquela criança assustada no colo. Ele tinha de 6 a 7 anos quando começou a tomar remédios controlados.”

Por volta dos 13 ou 14 – idade das vítimas -, Wellington abandonou os remédios. “Desde então sua esquisitice só piorou. Ele tinha obsessão pelo Velho Testamento da Bíblia”, relatou A., negando que o irmão tivesse ligação com o Islamismo, como se especulou após a chacina.

A preocupação da família cresceu quando Dicéia percebeu que Wellington, já então viciado em internet, passou a ler manuais de fabricação de explosivos e manuseio de armas, além de pesquisar atentados terroristas, com predileção por homens-bomba do Oriente Médio. Segundo A., Wellington tinha preferência mórbida por cenas violentas e foi censurado pela família por comentar com empolgação o atentado contra Nova York, em 2001.”

(Estado.com)

Revista Nordeste Vinteum e a caatinga

Eis a capa da mais recente revista Nordeste Vinteum, editada pela equipe do jornalista Francisco Bezerra, que trouxe o também jornalista Paulo Henrique Amorim (Rede Record) para debate em Fortaleza.

Pois é, a revista vai promover, neste ano, um encontro sobre a caatinga. Os preparativos contam com apoio de vários segmentos da sociedade civil. Na Assembleia Legislativa, o deputado petista Dedé Teixeira divulga o evento.

Avenida do Aeroporto está sendo urbanizada

Eis aí o canteiro da avenida Senador Carlos Jereissati passando, como diz placa do Governo do Estado, por uma urbanização. Sai o cimento comum e entram mosaicos com detalhe vermelho. O embelezamento faz parte das ações de olho na Copa 2014, mas, também, nos turistas que sempre visitam o Estado e circulam por essa via, que dá acesso ao Aeroporto Internacional Pinto Martins. 

(Foto – Paulo MOska)

Chuva, alagamento, raios e queda de energia

Choveu, até as 8 horas desta manhã de sábado, em 60 municípios em todo o Ceará, segundo boletim da Fnceme. A maior chuva foi em Cariús, com 45 milímetros.

Em Fortaleza, segundo a Funceme, as chuvas registradas foram de 34 milímetros. Foram pancadas de chuvas, com raio e trovão em alguns pontos da cidade, o que provocou em alguns bairros queda de energia.

Vários alagamentos foram registrados no Centro e na periferia como no bairro Vicente Pinzon. O trânsito ficou lento.

(Foto – Leitor do Blog)