Blog do Eliomar

Últimos posts

Um tributo a profissionais que amaram o rádio

208 2

Com o título “O Rádio de luto”, eis artigo do jornalista e radialista Paulo Limaverde, em tom de homenagem aos radialistas Antônio Alberto que, entre várias de suas boas tiradas, era imitador do conhecido Coronel Ludugero, e Jaime Rodrigues. Confira: 

O Rádio cearense, nesta semana, ficou mais triste. Quando a semana mal, fechava chegou-nos a noticia de que havia falecido Jaime Rodrigues um dos mais perfeitos narradores de futebol que o Ceará já produziu.O Jaime tinha uma voz possante e inconfundível e a usava tanto para o futebol como para a leitura de noticiosos e gravações de “spots”. Foi estrela na Radio Nacional do Rio, onde pontificou por muitos anos na época áurea daquela emissora. Aqui, foi dono de imensa audiência ao microfone da Rádio Uirapuru.

Quando estávamos a nos refazer da noticia da morte do Jaime, eis que o Antônio Alberto nos prega uma peça e resolve também ir embora. Nós, que estivemos ao lado dos dois profissionalmente e fomos agraciados por Deus com a amizade de ambos, nos sentimos de repente sozinhos diante da estupenda arma comunicativa que é o radio transformado, de uma hora para outra, numa baladeira sonora onde pontificam falsos valores e pessoas sem nenhuma qualificação para falar em microfone.

Graças a Deus, ainda existem o Nonato Albuquerque,o Augusto Borges e o Narcelio Limaverde fieis depositários da “Época de Ouro do Rádio”.

O Antonio Alberto  era  o companheiro leal, o amigo e contador de causos… Era imbatível numa reunião festiva e sabia como nunca tomar seus tragos sem se exceder jamais…

O melhor momento do Antonio Alberto era quando ele incorporava a figura do Coronel Ludugero e, falando alto, proferia uma série de palavreados transformando qualquer encontro numa explosão de euforia. Convivi com ele na COELCE, mais precisamente na Assessoria de Comunicação, e nunca esquecerei os bingos que ele comandava num barzinho próximo ao nosso local de trabalho, principalmente  um memorável sorteio onde o  prêmio principal era um peba dentro de um camburão pronto para ser sacrificado logo após o sorteio.

Pois é… lá se foram o Jaime e o “Coronel” e ficamos nós, aqui, como testemunhas estáticas diante dos desígnios de Deus. Resta-nos  rezar pelos dois e pedir para que intercedam lá de cima por um radio melhor por estas bandas. O Ceara merece!

* Paulo Limaverde,

Jornalista, radialista e correspondente internacional. 

Refinaria do Ceará – Reunião preparatória vai discutir licenciamento ambiental

Nesta quinta-feira, às 9 horas, no plenário 13 de Maio da Assembleia Legislativa, haverá reunião preparatória para as audiências públicas que vão discutir o licenciamento ambiental do projeto da futura refinaria Premium 2, no Complexo Porrtuário e Industrial do Pecém, em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza).

Foram convidados Mário José Dias Tavares, gerente-geral da futura refinaria, os parlamentares e representantes dos setores industrial, sindicatos, secretarias estaduais envolvidas no processo de implabtação e universidades.

A realização desse encontro preparatório sobre refinaria e licenciamento ambiental partiu do deputado estadual Lula Morais (PCdoB).

Brasil e Portugal realizam teste de paternidade por cooperação

‘Os governos do Brasil e de Portugal realizaram a primeira cooperação jurídica internacional entre os dois países para a execução de um teste de paternidade. A pedido do juízo da 1ª Vara Cível da Comarca de Brusque (SC), o Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI) do Ministério da Justiça (MJ) encaminhou às autoridades portuguesas pedido de cooperação para coleta do material genético do suposto pai do menor K.M.F., que será usado em exame de investigação de paternidade.

O material genético para a realização do teste no Brasil foi recebido pelo Ministério da Justiça na última terça-feira (15). A carta enviada a Portugal solicitava ainda a coleta do depoimento do suposto pai do menor e a inquirição de testemunhas. As diligências solicitadas pelo governo brasileiro foram cumpridas na íntegra.

“Trata-se de um grande avanço na cooperação jurídica internacional em matéria civil, pois, há até pouco tempo, pedidos dessa natureza eram praticamente inviáveis”, afirma Boni Soares, coordenador-geral de Cooperação Jurídica Internacional. Já houve casos semelhantes realizados em parceria com Suíça e Austrália.

(Da Assessoria de Comunicação do MJ)

Estudantes secundaristas farão passeata em Fortaleza cobrando qualidade do ensino

Dentro da Jornada Nacional de Lutas pela Educação, a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) realizará na próxima sexta-feira, a partir das 14 horas, com saída da praça da Faculdade de Direito da UFC, uma passeata que se estenderá até a sede do Instituto Federal (IFCE). A luta é em favor dos 10% do PIB Nacional investidos em  educação e mais 50% do Pré-Sal também para o setor. 

Essa jornada de lutas, que é realizada em conjunto com a União Nacional dos Estudantes (UNE) e a Associação Nacional dos Pós-Graduandos (ANPG), terá como tema a frase “Educação tem que ser 10”, que vem acompanhado de 10 itens que as entidades consideram fundamentais para melhorar a qualidade do ensino no país e a situação dos estudantes brasileiros.

APELOS

Encabeçam as reivindicações dos estudantes o financiamento público da educação, com 10% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, e a derrubada do veto presidencial ao projeto de lei que garante 50% do Fundo do Pré-Sal para o setor. Além disso, a UBES luta por leis específicas para dar mais qualidade ao ensino privado. Os estudantes também querem o fim do vestibular a partir da instituição de um novo sistema de ingresso nas Instituições de Ensino Superior (IES) e nas Instituições Federais de Ensino Técnico (IFETs), com reserva de 50% das vagas para estudantes oriundos da rede pública.

DETALHE – O evento estava previsto para esta quarta-feira, mas houve o adiamento.

Chávez diz que Capitalismo pode ter acabado com a vida em… Marte

188 2

“O Capitalismo pode ter sido o culpado pela falta de vida em Marte, disse, nesta terça-feira, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez. “Eu sempre digo, e ouço, que não seria estranho se tivesse existido uma civilização em Marte, mas talvez o Capitalismo tenha chegado lá, o Imperialismo chegou e acabou com o planeta”, disse Chávez em discurso para marcar o Dia Mundial da Água.

Chávez, que também coloca no capitalismo a culpa por vários problemas do mundo, alertou que o abastecimento de água na Terra está acabando. “Cuidado! Aqui no planeta Terra, onde centenas de anos atrás ou menos havia grandes florestas, agora há desertos. Onde havia rios, há desertos”, disse Chávez. Ele acrescentou que os ataques do Ocidente sobre a Líbia tinham como motivação fontes de água e reservas de petróleo.

O Conselho Nacional de Pesquisas dos EUA recomendou neste mês que a principal prioridade da Nasa deveria ser construir um robô que ajudasse a determinar se já houve vida em Marte e que revelasse o histórico climático e geológico do planeta. Esse também seria o primeiro passo num esforço para trazer de volta à Terra amostras de Marte.”

(Reuters)

Sindicato MOVA-SE denuncia situação de caos no HGF

431 2

Do Sindicato MOVA-SE, que representa os servidores públicos do Estado, recebemos a seguinte nota, em tom de denúncia. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Na segunda-feira, 21/03, à tarde, a assessora de imprensa do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará (MOVA-SE), Silvia Carla Araújo, foi abordada por seguranças enquanto fazia imagens de precariedade absoluta da emergência do Hospital Geral de Fortaleza. Como se recusou a entregar a câmara ou apagar as imagens, foi impedida de deixar o hospital sem a autorização de um representante da direção, o que só veio a acontecer uma hora e meia depois por pressão do sindicato, que fez contato telefônico com a direção e foi em comitiva até o local.

“Estávamos recebendo diariamente denúncias de servidores sobre as emergências de hospitais da rede estadual, mas precisávamos de provas materiais para encaminhá-las às instancias superiores”, conta a diretoria sindical. Na semana passada, o sindicato flagrou imagens de médicos atendendo crianças internadas nos corredores do Hospital Albert Sabin e era a vez de fazer o mesmo no Hospital Geral de Fortaleza (HGF).

Cenário de guerra

“É um cenário de guerra”. A frase foi repetida pela diretora do MOVA-SE Auxiliadora Alencar e pela jornalista da entidade. A diretora acrescenta: “São pacientes graves, no chão, atendidos de forma precária. Alguns há mais de cinco dias, esperando uma vaga”.

Estamos acionando o Ministério Público, por meio da promotora Isabel Porto. Vamos entregar as imagens e exigir que providências sejam tomadas pelo Estado. Queremos recursos públicos para os hospitais, melhores condições adequadas de trabalho para os servidores e de atendimento para a população”, destacou a sindicalista. Sobre a abordagem contra a assessora de Comunicação do Mova-se, Auxiliadora informa que o Sindicato dos Jornalistas do Ceará foi mobilizado.

Apesar do constrangimento, diz a jornalista, não sofri qualquer tipo de violência física. “A grande violência que vi ali foi o governo do estado tentar esconder uma realidade que está posta. Se essa situação é mostrada, a sociedade pode pensar uma solução de forma conjunta. Agora, esconder aquelas dezenas de vítimas é mais que descaso com a saúde da população, é imoral”, defende.

(Fotos – Sindicato MOVA-SE)

QUADRO

Nesta manhã de quarta-feira, o secretário da Saúde do estado, Arruda Bastos, informou que está concluindo a reforma do HGF, que ficará pronta até fim de junho. O secretário encontra-se em Brasília em busca de mais recursos para a saúde e, em especial, para as ações de combate à dengue no Estado.

Arimá Rocha – É "desqualificada" denúncia sobre guardas municipais na casa da mãe da prefeita

257 6

“Um dia após ter escutado o diretor-geral da Guarda Municipal de Fortaleza, Arimá Rocha, o Ministério Público Estadual continua hoje a coletar depoimentos para a investigação sobre o uso de guardas municipais na segurança da mãe da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT). O Órgão avalia a possibilidade de entrar com ações de improbidade administrativa contra a petista e o chefe da pasta.

O caso foi revelado pela revista Veja e levado ao plenário da Câmara Municipal pelo vereador de oposição Plácido Filho (PDT). Ele questiona a suposta presença de 12 guardas em um posto de segurança permanente na casa da mãe de Luizianne, a suplente de deputada estadual Luiza Lins (PT) – situação que, segundo o MPE, é ilegal.

De acordo com o promotor Ricardo Rocha, há relatos de que os guardas são mantidos no posto até mesmo quando Luiza está fora da cidade. “O primeiro problema é que não há previsão legal para isso. Depois, não se pode admitir que terminais de ônibus, postos de saúde e praças sejam alvo de depredação e violência por falta de guarda municipal, enquanto 12 deles se revezam na casa da mãe da prefeita”, criticou.

Ao O POVO, Arimá Rocha taxou a denúncia de “desqualificada”, além de ter reclamado de “má fé” do vereador que puxou o coro contra o caso. O diretor afirmou que, em vez de 12, oito guardas estão escalados para o local. “São dois guardas permanentemente. Pela escala de revezamento, preciso de um total de oito”, afirmou.

Ele argumentou, ainda, que a comissão de segurança de Luizianne – cujo chefe é o mesmo que o do ex-prefeito Juraci Magalhães (PMDB) – avaliou, com base em “recomendações técnicas”, que a proteção da prefeita precisa ser garantida em três locais estratégicos: o Palácio do Bispo, onde ela trabalha, a residência onde vive e a casa da mãe, aonde a petista e o filho de 11 anos vão com frequência.

“O menino passa os fins de semana na casa da avó. Quando a prefeita viaja, ele também fica lá. Nos momentos de lazer, é para a residência de dona Luiza que eles vão. Por isso, resolvemos dar proteção permanente”.

Questionado sobre por que a segurança não é acionada apenas quando Luizianne e o filho estão no local, Arimá disse que a situação poderia causar incômodo à família. “Se toda vez que eles quiserem se locomover tiverem de me avisar eu vou causar constrangimentos. Além do mais, a boa técnica de quem faz segurança de autoridade pede que os profissionais sejam sempre os mesmos”, alegou.”

(O POVO)

Palocci é chamado para acalmar base que reclama de corte de emendas

“O chefe da Casa Civil, ministro Antonio Palocci, foi acionado para apagar uma rebelião da base governista no Congresso – que ameaça paralisar votações, caso não seja fixado novo prazo para o cancelamento de pagamentos de emendas parlamentares já empenhadas e prometidas no governo Lula, os chamados restos a pagar . A tentativa do governo é encontrar um entendimento até esta quinta-feira, quando acontece a primeira reunião do Conselho Político com a presidente Dilma Rousseff.

Os líderes e presidentes de partidos aliados avisaram que vão alertar Dilma sobre as consequências do que chamam de “calote dos restos a pagar”. Dilma estava disposta a enfrentar a ameaça dos aliados e até reclamou da entrevista do ministro de Relações Institucionais, Luiz Sérgio, que reconhecia o problema. Mas a rebelião cresceu e Palocci foi acionado para tentar uma solução.

Há uma insatisfação quanto ao decreto que prevê, a partir de 30 de abril, cancelamento de restos a pagar de 2007, 2008 e 2009 não processados, no total de R$ 18 bilhões, segundo o Planejamento, se contabilizados pagamentos pendentes de 2010.”

 (Globo)

Quadro de hipertensão leva presidente nacional do PT a pedir licença por 15 dias

O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, pediu licença do comando do partido por 15 dias. A informação foi divulgada, na tarde desta terça-feira, por meio de nota assinada pelo secretário-geral nacional do PT, Elói Pietá. Dutra atendeu a redcomendações médicas.

No comunicado, Pietá afirma que um “problema de saúde provocado por um quadro de hipertensão” levou Dutra a solicitar o afastamento das atividades na sigla. A licença de Dutra já está valendo e, durante sua ausência, responderá pelo comando partidário o vice-presidente nacional, Rui Falcão.

Padre Marcelo cumpre maratona de autógrafos em Fortaleza

Padre Marcelo Rossi iniciou, nesta manhã de quarta-feira, a partir do Sistema Verdes Mares, sua peregrinação pela mídia local. Aqui, ele veio lançar de novo seu livro “Ágape”, numa maratona de autógrafos que começará as 11 horas e se estenderá até às 22 horas na Livraria Saraiva, no Shopping Iguatemi.

Padre Marcelo prometeui: no segundo semestre, lançará mais um CD com canções católicas que prometem não deixar o cristão parado.

Sempre é hora de se apostar em eleição e critério técnico

Nem só de distribuição de material escolar, merenda e reforma de escola vive a educação de Fortaleza. Há algo que precisa ser repensado: a indicação de diretores com aval até de vereador. Há essa grita geral entre pais de alunos.

Aliás, essa mesma prática, segundo a oposição, prevalece nos comandos dos “Frotinhas” e “Hosptais Gonzaguinhas”.

O “Frotinha”, por exemplo, da Parangaba, é comandado por um correligionário do vereador Carlos Mesquita (PMDB), que era juracisista de carteirinha e tudo. Se o critério fosse técnico, diz a oposição, não haveria objeções.

Aliás, dentro do estafe da prefeita Luizianne Lins (PT), há importantes lideranças que se opõem a essa prática e batem nessa tecla há tempos.

O novo Palácio da Abolição

609 3

O Palácio da Abolição será reinaugurado nesta sexta-feira à noite, em Fortaleza, pelo governador Cid Gomes. A obra custou R$ 25 milhões e ali estarão abrigados os gabinetes do governador, do chefe da Casa Civil e do chefe de Gabinete. Nesta quarta-feira, haverá uma visita guiada pelo local e uma coletiva.

Pela primeira vez, Brasil defende saída de Kadafi

“O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, afirmou ontem que o governo brasileiro espera uma “transição benigna na Líbia” e que a duração da crise política no país é “imprevisível”.

Desde o início do conflito líbio, é a primeira vez que uma manifestação do Itamaraty aponta para a saída do ditador Muammar Gaddafi, no poder desde 1969.

A declaração de Patriota foi feita um dia após nota oficial em que o Brasil defendia “cessar-fogo” -inclusive do bombardeio que pode levar à queda do ditador.

“Esperamos que haja o mínimo de violência, o mínimo de derramamento de sangue e que se estabeleça processo político que leve a uma transição benigna”, disse o chanceler durante aula inaugural na Faculdade de Relações Internacionais da USP.”

(Folha)

O preço de uma fuga

“Resgates cinematográficos, fugas desmoralizantes. Como bandidos perigosos, a exemplo de Fabinho da Pavuna (Francisco Fabiano da Silva Aquino) e Alex Gardenal (Alex Sousa Ribeiro), recém-capturados, conseguem romper tão facilmente a segurança nos presídios cearenses? O POVO teve acesso, com exclusividade, a informações que curiosamente foram pouco aproveitadas por órgãos das secretarias da Segurança Pública e Defesa da Cidadania (SSPDS) e Justiça (Sejus) do Ceará. Dados que, sistematizados, poderiam servir pelo menos como procedimento de prevenção de tramas traçadas entre os muros do sistema carcerário.

O ano é 2006. No Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS), o soldado da Polícia Militar V.F. conversa ao telefone com o sequestrador e assaltante de bancos Fabinho da Pavuna. O presidiário cobra do militar o reembolso de R$ 70 mil. O dinheiro, uma boa quantia movimentada por quem está dentro de um presídio, havia sido repassada ao PM para viabilizar um plano de fuga de Pavuna que não deu certo à época.

O soldado, então lotado na 2ª Companhia de Guarda do Presídio, demonstrava, conforme informações apuradas, ser acostumado a fazer pequenos e grandes negócios com presos. Como conseguir celulares ou armas. Com tanta confiança em estar impune, não imaginava que as ligações telefônicas de Fabinho da Pavuna estavam sendo monitoradas por policiais que trabalhavam na Operação Paraíba da SSPDS. A investigação, na época, vinha sendo acompanhada pela 1ª Vara do Crime.

Sem temores, apesar de ter como credor Fabinho da Pavuna, o policial militar se justifica revelando que o dinheiro foi gasto pelo traficante de drogas, e seu “parceiro”, André Luís Soares de Oliveira, conhecido por Dragão. Bandido que, segundo o processo 2006.01.18468-8, teria fugido com outros três presidiários pela porta da frente do IPPOO I (Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira, no Itaperi), em 2006. Graças ao apoio do soldado V.F.

Ao fugir do IPPOO I, segundo explica o soldado V.F. a Pavuna, Dragão teria ido se esconder em Mato Grosso. E lá, de posse da maior parte dos R$ 70 mil, teria comprado drogas para negociar no Ceará. Mas, por um descuido, teria perdido tudo ao cair nas mãos de policiais matogrossenses. Estranhamente não foi preso. Sendo recapturado em Caridade por participação do assalto ao BB de Caridade.

Justificada a situação, Fabinho da Pavuna se mantém sereno ao telefone e aceita uma proposta do soldado V.F. que temia ser morto por Pavuna. “Não. A gente corre atrás de ganhar dinheiro e ter liberdade”, retruca o bandido. A dívida de R$ 70 mil então seria paga em armas e repassada à quadrilha do sequestrador. Acordo feito.

E a partir daí, para espanto de quem está escutando os celulares dos dois, o soldado começa a desfiar um arsenal à disposição do “cliente” que está trancado no IPPS. O soldado da PM oferece a Pavuna fuzis do tipo AK (de origem russa, com uso autorizado somente a militares) e de outros modelos, além de pistolas Ponto 40 (também só autorizadas para uso militar). Fala de alguns itens que custam entre R$ 6 mil e R$ 12 mil e ainda supervaloriza a mercadoria, pois ensina que a “PT 40 é o mesmo armamento utilizado por policiais do Raio”. Raio é o grupo de elite para ações rápidas da PM do Ceará.

Nas interceptações telefônicas autorizadas pela 1ª Vara do Crime, além de negociar fugas, fornecer armas pesadas para bandidos, o soldado V.F. também repassa, com aparente facilidade, fardamento da PM para seus “clientes” criminosos. A última movimentação desse processo teria sido em agosto de 2008.”

(O POVO)

TJ-CE vai escolher juízes para novas Varas da Capital e do Interior

“O Pleno do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) delibera, nesta quinta-feira, sobre a remoção de juízes para provimento de novas varas de comarcas do Estado. A sessão será conduzida pelo presidente do Tribunal, desembargador José Arísio Lopes da Costa.

O objetivo do aumento de unidades judiciárias é otimizar a prestação jurisdicional. Serão removidos magistrados para nove Varas Cíveis (31ª à 39ª), seis Varas da Fazenda Pública (10ª à 15ª), seis Varas de Execuções Fiscais (7ª à 12ª), cinco Varas de Família (19ª à 23ª) e cinco Varas Criminais (19ª à 23ª) da Comarca de Fortaleza, para a 6ª e 7ª Varas de Sobral e 10ª Vara da Comarca de Caucaia, todas de Entrância Final.

Na Entrância Intermediária, os juízes inscritos serão removidos para a 3ª Vara de Eusébio, 3ª Vara de Maranguape, 3ª Vara de Itapipoca, 3ª Vara de Tianguá, 3ª Vara de Morada Nova, 3ª Vara de Aracati e 2ª Vara de Boa Viagem. Já na Entrância Inicial haverá remoções para as Varas Únicas das Comarcas de Barreira e de Acarape.

A medida faz parte do Projeto de Reestruturação e Modernização do Poder Judiciário estadual, viabilizado pela lei nº 14.407, de 15 de julho de 2009, que alterou o Código de Divisão e Organização Judiciária do Ceará. A referida lei criou 16 vagas para desembargador, elevando o número de assentos na Corte de 2º Grau de 27 para 43, sendo que o TJCE conta, atualmente, com 40 desembargadores.

Além disso, criou 52 cargos de juiz de Direito para a Entrância Final, distribuídos da seguinte forma: Fortaleza (40), Caucaia (5), Juazeiro do Norte (2), Maracanaú (3) e Sobral (2). A Entrância Intermediária foi beneficiada com 17 cargos e a Inicial ganhou 10. Também foram criadas vagas para juiz de Direito Auxiliar: 16 para a Final e 10 para a Intermediária. ”

(TJ-CE)

Reforma Política – Comissão do Senado aprova fim de coligações em eleições proporcionais

“Os senadores aprovaram nesta terça-feira, na Comissão de Reforma Política do Senado, a proposta de extinção das coligações partidárias nas eleições proporcionais. Por unanimidade, os membros da comissão consideraram que esse modelo de associação deveria acabar e criticaram a forma como essas coligações são feitas. “Coligação é uma grande distorção do nosso processo representativo. Sou a favor do fim das coligações”, afirmou o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

O senador Roberto Requião (PMDB-PR), e o líder do PT, Humberto Costa (PE), também disseram que as coligações buscam apenas o compartilhamento do horário gratuito de televisão durante as eleições. O consenso sobre o fim das coligações, contudo, não se repetiu no momento de discutir o modelo eleitoral brasileiro. Os membros da comissão não chegaram a uma proposta para ser incorporada ao texto que seguirá para o plenário do Senado. Com isso, a votação sobre esse assunto ficou para a próxima quinta-feira (24).”

(Agência Brasil)

Presidente do BC diz que inflação começa a dar sinais de recuo

“O comportamento de preços do mercado tende a “se deslocar para níveis compatíveis” com o centro da meta de inflação, de 4,5% ao ano, a partir do mês que vem, conforme afirmou hoje (22) o presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, ao participar de audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Ele ressaltou, porém, que a inflação acumulada em 12 meses, que fechou fevereiro em 6,01%, deve permanecer em patamares elevados nos próximos seis meses. Mesmo que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) mensal aponte para o centro da meta, até agosto ou setembro vai substituir percentuais baixos relativos aos meses correspondentes do ano passado.

Depois de exposição de meia hora sobre os fundamentos da economia brasileira, na qual apresentou muitos números para demonstrar a saúde financeira do país, Tombini respondeu perguntas dos parlamentares, a começar pelo senador Francisco Dornelles (PP-RJ), que levantou a questão das altas taxas de juros, a começar pela Selic (taxa bpasica do governo). Tombini afirmou que a Selic tem poder para ajustar a demanda e afetar a trajetória de preços. Ele advertiu que uma redução não muito bem fundamentada da Selic pode gerar efeitos negativos na economia.

O presidente do BC disse que as duas elevações da Selic este ano, que elevaram a taxa básica de 10,75% para 11,75% ao ano, fazem parte da política que visa a evitar que as pressões inflacionárias se propaguem para “horizontes mais longos”. Ele não quis falar sobre futuros aumentos da Selic, embora a própria ata da última reunião do Copom tenha sinalizado nesse sentido.

Tombini falou também que o BC continuará monitorando a oferta de crédito pelos bancos para evitar um crescimento exacerbado do endividamento da sociedade. Ele acha que existe espaço para um aumento de até 15% na oferta de crédito. Mais do que isso “nos parece acima do recomendado” e pode gerar riscos excessivos para o sistema financeiro.

O dirigente da autoridade monetária respondeu também a críticas sobre o alto custo de carregamento das reservas internacionais que, atualmente, ultrapassam US$ 310 bilhões. Ele disse que em momentos de crise, como a de 2008, as reservas funcionam como um seguro. Naquela ocasião, parte das divisas foi usada para assegurar aos exportadores nacionais a liquidez interrompida bruscamente.

O presidente do BC revelou que o Brasil tinha US$ 205 bilhões de reservas quando estourou a crise financeira internacional e, de lá para cá, o país incorporou US$ 111 bilhões às reservas, via compras regulares no mercado à vista para retirar o excesso de dólares do mercado. Política que ajuda a conter a valorização do real e a manter a competitividade dos preços dos produtos brasileiros no comércio externo.

Ele ressaltou que o BC vai continuar a intervir no mercado de câmbio, com consequente aumento das reservas, que fecharam na véspera em US$ 316,176 bilhões e equivalem a quase 15% do Produto Interno Bruto (PIB), soma das riquezas produzidas no país. Nível de reservas que considera bom, mas ainda bem abaixo de outras economias em crescimento, como Hong Kong e Cingapura, que têm reservas correspondentes a 118,6% e 103,8%, respectivamente.

Ou, para ficar no campo dos países emergentes que compõem o acrônimo Bric (Brasil, Rússia, Índia e China), “temos as reservas menos fortes”, segundo ele, ao citar a China com 46,9% do PIB em reservas cambiais; a Rússia com 31,7%; e a Índia com 19,7%.”

(Agência Brasil)

Mudança de rota em carro-forte mobiliza Polícia em Capistrano

“Uma mudança de rota de um carro-forte em Capistrano, município localizado na microrregião de Baturité, mobilizou a Polícia nesta terça-feira, 22.

Segundo explicou o inspetor Rodrigues, do Comando de Policiamento do Interior (CPI), os funcionários que estavam no carro-forte entraram em uma rota alternativa, mas como não teriam acertado o local, precisaram retornar a Capistrano.

A mudança de rota mobilizou o policiamento da região. Mesmo com a ordem de parada, o carro-forte seguiu caminho, e a polícia atirou em um dos pneus. Os funcionários explicaram que seguiram a ordem da empresa de não parar o veículo. Ainda segundo inspetor Rodrigues, a situação foi normalizada.”

(O POVO Online)