Blog do Eliomar

Últimos posts

Concurso de marchinhas no Blog

Essa é da Coluna Vertical S/A, assinada pelo jornaista Jocélio Leal no O POVO:

“A irreverência do bloco Sanatório Geral, que este ano sairá no domingo e também na terça-feira de Carnaval do Benfica, pega no pé do Governo do Estado usando o bom humor. Os alvos do bloco, apoiado pela Prefeitura, são dois & o futuro Aquário estadual e o estaleiro, equipamento privado, mas que tem a natural simpatia do governador Cid Gomes. Ontem, uma foliã fantasiada de Dondoca exibia um cartaz: “Movimento pela construção do Estaleiro no Iate Clube“. Já no CD do bloco, uma das marchinhas é intitulada Fortaleza Aquática. Confira um trecho:

Passeando de avião com minha sogra

Tomei banho de aquário na Europa

Dei cangapé, tainha, mortal

Voltei pra casa com uma ideia genial!

Se o sertão vai virar mar eu não sei

Mas Fortaleza um açude virará

(refrão)

Tibum, tibum, tibum

Tibum, tibum, tibum

Que grande ideia Fortaleza virar água

VAMOS NÓS – Isso nos dá uma grande ideia: quem quiser, pode postar sugestão de temas para marcinhas ou até fazer sua marchinha (dizer em qual música se baseou, se quiser) e nos mandar via comentários ou pelo eliomarmar@uol.com.br

Se aparecer alguém que toque legal, prometo: gravo para a TV O POVO, onde tenho o “Flash do Eliomar”, e veiculo aqui. E marchinha criativa pode até ganhar prêmio.

Tasso contesta números do PAC e diz que PSDB não teme comparações

tasso

“Coube ao senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) dar a largada para os debates em plenário acerca da corrida à sucessão do presidente Lula. Esta tarde, o senador cearense, um dos mais fortes opositores ao governo, lançou dúvidas sobre os números do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que deve ser um dos carros-chefe da provável candidatura da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à presidência.

Jereissati contestou informação do governo, divulgada no último balanço do PAC, de que foram investidos, entre 2007 e 2009, R$ 137 bilhões em financiamentos habitacionais. “Se as fontes de recursos consideradas para esse cálculo forem a Caderneta de Poupança e o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), é possível calcular que esses números estão superestimados em, pelo menos, R$ 58 bilhões”, disse o senador tucano.

Tasso Jereissati afirma que estes R$ 58 bilhões foram utilizados para aquisição de imóveis usados, e não imóveis novos. “E sendo utilizado na aquisição de imóveis já existentes, não geraram novos empregos, não geraram novos investimentos, nem geraram renda. Portanto, não constituem investimentos do PAC”.

Polarização

O senador tucano levantou este questionamento para afirmar que o PSDB não tem medo da polarização da campanha entre PT e PSDB, nem das comparações entre os oito anos de governo Lula com os oito anos de governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. “Pelo contrário. Nós temos plena consciência de que os oito anos de governo Fernando Henrique Cardoso fizeram a grande revolução, que possibilitou que o Brasil entrasse no período de crescimento econômico que nós estamos vivendo hoje”, afirmou o senador, para ressaltar que a comparação pode ocorrer, mas não em cima de tasso“números maquiados”.

A part ir das críticas de Jereissati, senadores do governo e da oposição não perderam a chance de elogiar ou criticar a ministra. “A ministra Dilma é uma figura de silicone, ou seja, é uma figura que está sendo moldada à imagem e semelhança do presidente Lula”, criticou Flexa Ribeiro (PSDB-PA). Segundo Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), o presidente Lula e a ministra Dilma agem como se o Brasil tivesse sido fundado a partir de 1º de janeiro de 2003, quando Lula tomou posse. “Isto é uma vergonha, isto é uma mentira, isto é uma farsa, isto tem que ser combatido”, disse o pernambucano.

Defesa

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) saiu em defesa da pré-candidata do PT. Rebatendo crítica feita pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso de que Dilma Rousseff era apenas o reflexo de um líder, o senador petista afirmou que, no próximo dia 20, durante o Congresso Nacional do PT, Dilma será “saudada como uma líder ver dadeira, não será apenas o reflexo de um líder”.”

(Agência Estado)

Governador dará a arrancada do "Minha Casa Minha"

O governador Cid Gomes (PSB) e o secretário das Cidades, Joaquim Cartaxo, vão reunir, nesta quarta-feira, prefeitos dos municípios de até 50 mil habitantes. O encontro, que ocorrerá às 16h, no Palácio Iracema, tem por objetivo dar início à implementação da segunda fase do Programa Minha Casa Minha Vida. O investimento será de R$ 75 milhões, sendo R$ 13,5 milhões do Estado e R$ 61,5 milhões do Governo Federal.

Dentre os projetos apresentados por governos estaduais ao Governo Federal, o Ceará foi que aprovou a maior quantidade de projetos para municípios com até 50 mil habitantes. Serão 4.500 unidades habitacionais, em 108 cidades, o que equivale a 24,1% da segunda etapa do projeto do Governo Federal.

CRITÉRIOS

As famílias beneficiadas serão cadastradas pelas prefeituras até o próximo dia 26 e deverão atender aos seguintes critérios:

·   Renda familiar de até três salários mínimos;

·   Não ser proprietária, cessionária, arrendatária dos programas do Governo Federal ou promitentes compradoras de imóvel residencial urbano ou rural em qualquer localidade do país;

·   Não tenha sido beneficiada, a qualquer época, com subsídios oriundos dos recursos orçamentários da União ou de descontos habitacionais concedidos com recursos do FGTS, destinados à aquisição de unidade habitacional;

·   Não seja detentora de financiamento imobiliário ativo em qualquer localidade do território nacional.

VAMOS NÓS – Quer dizer que já resolveram as pendências do programa como questões de saneamento, o que era uma queixa dos construtores? Tomara que esse programa saia mesmo do papel, pois de divulgação e conversa já deu pra encher uma casa.

Prefeito Tin Gomes comanda mobilização contra a dengue

tio

O prefeito em exercício de Fortaleza, Tin Gomes (PHS), comandará, nesta quarta-feira, mobilização contra a dengue no bairro Curió, situado na área da Regional VI. A concentração ocorrerá às 14h30min em frente ao CSF Terezinha Parente (Rua Nelson Coelho, 209).

Ali, Tin Gomes dará uma entrevista coletiva para detalhar as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti. Os bairros escolhidos para o desenvolvimento das ações estão entre os de maior incidência de infestação do mosquito transmissor da Dengue.
 
Dentre as ações a serem implementadas durante a mobilização, destacam-se: Projeto Quintal Limpo, desenvolvido em parceria com as secretarias municipais de Educação e Saúde e um trabalho de conscientização da população, por meio da distribuição de panfletos e de sacos de lixo para o acondicionamento dos resíduos produzidos pelas comunidades residentes nesses bairros.
 
Na quinta-feira, 11, as ações terça continuidade nos bairros Goiabeiras (SER I), a partir das 9 horas, na Avenida Senador Roberto Kennedy, 58, e Vila União (SER IV), a partir das 14h30min, na Praça da Igreja  Matriz do Vila União ( en frente ao Clube Vila União).

Sindicalistas do Ceará pressionam em Brasília pela redução da jornada de trabalho

 A bancada federal do Ceará recebeu, nesta terça-feira, documento em defesa da aprovação da PEC que reduz a jornada de trabalho semanal para 40 horas, sem redução de salários e com 75% adicionais sobre as horas extras. O documento foi entregue pelo presidente da CUT do Ceará, Jerônimo do Nascimento, e pela presidenta da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetan), Graça Costa.

O grupo fez corpo a corpo junto aos parlamentares do Estado pedindo apoio à aprovação da matéria. A iniciativa faz parte das atividades de mobilização nacional realizadas pela CUT reuniu dirigentes sindicais de várias regiões do País.

Marta agora é Ciro e avisa: "É melhor um cabra arretado do que um picolé de chuchu"

martas

“A ex-prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), decidiu sair em defesa do nome do deputado Ciro Gomes (PSB-CE) para disputar o governo de São Paulo nas próximas eleições. Recentemente, a petista havia se mostrado descontente com a possibilidade de o partido não ter uma candidatura própria para concorrer ao governo do Estado. Entretanto, após a desistência do deputado Antônio Palocci (PT-SP) e as incertezas sobre o nome do senador Aloizio Mercadante (PT-SP), a ex-prefeita resolveu mudar o discurso.

“É melhor um cabra arretado [Ciro Gomes] do que um picolé de chuchu [apelido de Geraldo Alckmin, um dos pré-candidatos do PSDB ao governo de São Paulo]”, disse ela durante a posse do Diretório Municipal do PT de São Paulo. Marta, que também aproveitou o discurso para criticar a gestão do governador e possível candidato do PSDB à Presidência, José Serra (PSDB), afirmou que São Paulo terá papel fundamental para levar a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) à Presidência da República.

“O trabalho que a gente desenvolver em São Paulo é a condição para a Dilma estourar lá em cima [na Presidência]. E nós vamos fazer esse trabalho, seja com Ciro, seja com candidato próprio”. Na última sexta-feira (6), Marta havia dito que iria apoiar o senador Aloizio Mercadante (PT) se ele decidir sair candidato ao governo do Estado. “Se o Mercadante tomar essa decisão, eu vou ser a primeira a sair na rua. Mas, é uma decisão difícil e pessoal. Ele é um quadro importante no Senado, que pode ajudar muito a Dilma”, disse a ex-prefeita.

Marta, que ainda é um dos nomes da lista de possibilidades do PT para concorrer ao governo do Estado, disse ter certeza que será candidata a algum cargo em outubro, seja no Legislativo ou no Executivo. “Sou um soldado do partido. Posso ser candidata ao Senado, ao governo ou à Câmara”, disse petista. Ainda nesta semana, lideranças do PT devem se reunir mais uma vez com Ciro Gomes para tentar convencê-lo a sair candidato a governador de São Paulo, como é o desejo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Caso ele decida insistir em concorrer à Presidência, além de Marta e Mercadante, o PT têm outros quatro nomes na lista de possibilidade para disputar o palácio dos Bandeirantes com candidatura própria: o prefeito de Osasco, Emidio de Souza, o ex-presidente da Câmara Arlindo Chinaglia,o ministro Fernando Haddad (Educação) e o senador Eduardo Suplicy.”

(Folha Online)

Surge vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado

Abriu vaga de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Mas nada de deputado estadual soltar rojão. A vaga surgiu com a aposentadoria do conselheiro Suetônio Mota, que estava na ativa há 26 anos e apresentou, nesta terça-feira, durante sessão do tribunal, suas despedidas.

Com a saída de Suetônio, indicado pelo ex-governador Gonzaga Mota, a vaga será preenchida agora por um procurador do órgão, como manda a Constituição Estadual.

O governador Cid Gomes fará a indicação e dois são os procuradores no páreo: Rholden Queiroz e Gleydson Alexandre.

O presidente do TC, Teodorico Menezes, fez discurso destacando qualidades de Suetônio Mota.

Morre pastor que ajudou a difundir a Igreja Betesda no Ceará

alysson

Alysson, o cantor Ricardo Black e jornalista Flávio Paiva

Morreu, nesta terça-feira em Florianópolis (SC), o pastor Alysson Silva (47). Ele foi vítima de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e deixa viúva e dois filhos.

Pastor Alysson foi um dos precursores da Igreja Betesda no Ceará e, por cerca de 10 anos, atuou no templo situado no bairro São João do Tauape, em Fortaleza. Era entrosado com a área musical e literária da cidade. 

VAMOS NÓS – Perde o mundo cristão um homem íntegro, bom pregador e cantor e, acima de tudo, gente. Conheci o pastor Alysson em seus giros pelo País, passando pelo aeroporto de Fortaleza, com o objetivo de difundir Jesus entre a juventude. Vá com Deus!

Comissão do Senado aprova empréstimo de US$ 59,4 mi para a Prefeitura de Fortaleza

A Comissão de Assustos Econômicos do Senado aprovou, nesta terça-feira (9), empréstimo no valor de US$ 59,4 milhões do interesse da Prefeitura de Fortaleza. O empréstimo vem do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). e será destinado ao financiamento parcial do Programa de Requalificação Urbana com Inclusão Social (Preurbis).

A informação é do senador Inácio Arruda (PCdoB), que fez a mediação para ver a matéria logo aprovada na comissão. Conforme o parlamentar, o Preurbis vai beneficiar ações de urbanismo e de inclusão social. A matéria vai agora a plenarío.

Com informações da Agência Senado

 

0 comentário(s)   .   Envie o seu

Temer quer redução da jornada de 44 para 42 horas semanais

“O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP) está articulando uma proposta alternativa para a redução da jornada de trabalho semanal. Quer uma queda das atuais 44 para 42 horas semanais sem alteração nos valores de horas-extras e com benefícios fiscais que exista uma compensação para as empresas.

O presidente entende que a proposta é um meio termo entre o que quer as Centrais Sindicais e os empresários. Nos sindicatos a luta é pela redução de 44 para 40 horas e ampliação do valor pago a mais sobre as horas extras – atuais 50% – para 75%.

Os empresários, por sua vez, não querem nenhum tipo de alteração na jornada semanal de trabalho nem nas horas extras. Alegam que num momento pós-crise esta discussão não é adequada. E que, em 2010, o tema toma viés eleitoreiro.

Temer se reuniu com líderes empresariais agora há pouco e deve fazer o mesmo, nesta tarde, com representantes dos trabalhadores. Quer ainda, nos próximos dias, promover uma reunião entre o governo, sindicatos e empresários.

A ideia é chegar num acordo e colocar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que reduz a jornada de trabalho em votação na Câmara neste ano.”

(Blog do Noblat)

VAMOS NÓS – O que o senador Inácio Arruda (PCdoB), autor da redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais acha dessa proposta do companheiro Temer?

CNI mostra construção civil otimista

” A indústria da construção civil encerrou 2009 aquecida, com um nível de atividade de 53,7 pontos em dezembro na comparação com novembro (o indicador  varia de 0 a 100 pontos e valores acima de 50 pontos representam aumento  de  atividade).  A informação é da Sondagem da Construção Civil, a nova  série  estatística  da  Confederação  Nacional  da  Indústria  (CNI), divulgada nesta terça-feira, 09.02.

Com  a  nova Sondagem, uma parceria com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção  Civil  (CBIC), a CNI passa a acompanhar estatisticamente 88% do produto industrial.  A abrangência da pesquisa é nacional e a periodicidade será mensal, contemplando variáveis como o nível de atividade da construção civil,   a  situação  financeira  das  empresas,  os  principais  problemas apontados  por  elas,  as  expectativas  das empresas para os próximos seis meses.

Os  dados  divulgados  nesta  terça-feira, 09.02, coletados entre 4 e 22 de janeiro último numa amostra de 283 empresas,  revelam ainda que o número de empregados  no setor aumentou no último trimestre de 2009, comparativamente ao  terceiro  trimestre,  com  53,6 pontos, independentemente do tamanho da empresa.  Informam  que,  com  51,8 pontos, a margem de lucro operacional é mais  que  satisfatória,  ocorrendo  o mesmo com a situação financeira, que atingiu 56,9 pontos.

O  principal  problema  apontado  pelas  empresas na Sondagem da Construção Civil  foi  a elevada carga tributária, assinalada por 60,7% delas, seguida pela  falta  de  trabalhador  qualificado,  indicada  por  53%. A ordem dos problemas  se  inverte  conforme  o  porte  da empresa: as grandes empresas colocaram  a  escassez  de  mão-de-obra  com qualificação em primeiro lugar (64,5% delas), sobrepondo-se ao problema da carga tributária.

Com  um  indicador  de  70,6  pontos,  os  empresários  da construção civil registram  otimismo  elevado  sobre  o  aumento  do  nível de atividade nos próximos   seis   meses.  Revelaram-se  igualmente  otimistas  sobre  novos empreendimentos,  indicador  que  atingiu  70  pontos.  Como  resultado  do otimismo,  vão  aumentar  as  compras de matérias-primas (indicador de 69,7 pontos) e contratar trabalhadores (indicador de 66,8 pontos).”

(Com Agências)

IAB fará debate técnico sobre estaleiro

O Instituto dos Arquitetos do Brasil, regional do Ceará, fará um debate sobre o projeto de um estaleiro na praia do Titanzinho, como quer o govenador Cid Gomes. Arquitetos e geólogos estão sendo convocados pelo órgão para encontro, a partir das 18 horas desta quarta-feira, na sede do Labomar.

O IAB promete definir uma posição técnica a respeito do empreendimento, que virou polêmica entre Cid Gomes e a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), esta contrárià a instalação do estaleiro no Titanzinho, alegando impactos ambientais e garantindo ter planode revitalização da área.

PSDB pode apostar em Marco Penaforte para governador

penaforte

O PSDB vai ter candidato a governador como forma de assegurar a eleição dos cargos proporcionais da legenda. Afirmou, nesta terça-feira, o deputado federal Raimundo Gomes de Matos, presidente do Instituto Teotônio Vilela, organismo científico da tucanada.

Raimundo Gomes disse que o PSDB tem nomes para a disputa e chegou a citar o empresário Amarílio Macedo. Ele, no entanto, avisou: a melhor opção deve ser o presidente estadual tucano, médico Marco Penaforte, nome que nunca ocupou mandato e que “tem tudo para ser e apregoar a renovação na disputa”, conforme o parlamentar.

Além da necessidade de dar respaldo à chapa proporcional, de acordo com Gomes de Matos, o PSDB terá candidato “porque precisamos dar palanque para o Serra, que é o nosso presidenciável”.

Posse de Luizianne no comando do PT será na 5ª feira

eudesx

A prefeita Luizianne Lins estendeu as férias até quarta-feira. Em consequência, só assumirá a presidência do PT estadual na quinta-feira, às 19 horas, em ato na sede partidária. Confirmou, nesta terça-feira, o deputado federal Eudes Xavier. Na ocasião, festa também pelos 30 anos do partido.

O parlamentar disse que, com Luizianne Lins à frente, o PT cearense ganhará novo impulso, pois a prefeita é boa articuladora.

Há expectativas, no entanto, para o discurso que Luizianne vai proferir, já que anda às turras com o governador Cid Gomes (PSB) por causa da localização do projeto do estaleiro. Cid quer na praia do Titanzinho; a prefeita é contra.

(Foto – Paulo Moska)

Carnaval – Rodoviária de Fortaleza deve registrar 200% de aumento de passageiros

O Terminal Rodoviário João Tomé, em Fortaleza, está na expectativa de uma movimentação superior a 200% de sua rotina. Isso, durante o Carnaval, segundo a administradora Socican. Para evita atropelos, a empresa adotou providências, reforçando contingente de apoio e cobrando o mesmo da empresas de ônibus.

As cidades do litoral já estão ocupando os primeiros lugares em matéria de venda de passagens. Na lista dos pontos mais procurados estão, Paracuru, Beberibe, Aracatgi e a região de Jericoacoara. Também cidades da região do Maciço de Baturité apresentam boa procura, de acordo com as empresas.

Dnocs quer convocar logo concursados

O diretor administrativo-financeiro do Dnocs, Albert Gradvohl, está em Brasília tentando, junto ao Ministério do Planejamento, acelerar a convocação dos aprovados no concurso realizado pelo órgão no último fim de semana e que oferece 83 vagas de nível técnico e superior.

Albert explica que o Dnocs está precisando de mão-de-obra qualificada, porque são muitos os projetos e demandas resultados dos empreendimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A carência é antiga e o quadro piorou com a sobrecarga de trabalho do corpo técnico da autarquia. O concurso do Dnocs registrou mais de 20 mil inscrições.

“Nós queremos a convocação para depois do carnaval e neste semestre loo”, disse o diretor do Dnocs, que ainda circulará pelo Ministério da Integração Nacional.

Ministro Paulo Bernardo permanecerá no cargo

paulobernardo

“O ministro do Planejamento Paulo Bernardo desiste de se candidatar a deputado federal pelo PT do Paraná, atendendo ao apelo de Lula para que continue no cargo. Em seu Twitter, o ministro afirma que vai “jogar mais uma temporada no time” do presidente.

Segundo o paranaense, Lula disse que não queria mudar nem o Planejamento, nem a sua equipe econômica. No site do Ministério, Bernardo conta que o intuito de Lula é sinalizar que “não haverá mudança na política econômica e a política fiscal continuará a ser conduzida com austeridade”.

Ou seja, o apelo do presidente Lula incluiria também a permanência do neo-PMDB e presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, cotado por setores petistas para assumir o posto de vice da pré-candidata Dilma Rousseff (PT) ao Planalto.

Foram, portanto, diminuídas as chances de que Paulo Bernardo substitua Dilma na Casa Civil ou de que se demita do cargo para se candidatar a deputado. Ele assumiu a pasta do Planejamento em março de 2005, durante o terceiro mandato de deputado federal pelo Paraná.”

(Portal Terra)