Blog do Eliomar

Últimos posts

Diretor de Mudanças Confiança cumpre agenda em Brasília

O empresário Luís Carlos Correa teve audiência nesta quarta-feira com o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU) e, nesta quinta-feira, será recebido pelo ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim.

Na condição de empresário, trata de assuntos ligados a transporte interestadual e internacional, no que diz respeito a propostas de mudanças de regras.

Luís Carlos é o diretor comercial de Mudanças Confiança, uma das maiores empresas de transporte de valores, móveis e cargas do País.

Justiça manda Transpetro demitir terceirizados e chamar concursados

 sergiomachado

Cearense Sérgio Machado preside a estatal.

Um pedido de antecipação de tutela feito pelo Ministério Público do Trabalho em processo movido contra a Transpetro foi aceito pela Justiça do Trabalho. A empresa deve convocar e nomear os candidatos aprovados no concurso público aberto em 2005 para imediata substituição dos terceirizados ilegais. Além disso, deve abster-se de contratar, autorizar ou tomar mão-de-obra terceirizada. Em caso de descumprimento, dado o prazo de 30 dias, a empresa está sujeita a multa o valor de R$ 5 mil, atualizados, reversíveis ao Fundo de Amparo ao Trabalhador.

De acordo com a procuradora do Trabalho, Maria Auxiliadora Sá, a ação civil pública perpetrada tem como objetivo resguardar o direitos dos trabalhadores aprovados no processo seletivo, dentro do prazo de validade do certame, que se estenderá até 29 de março deste ano. Conforme acompanhamento do cadastro de reserva, foi verificado que pouquíssimos candidatos foram convocados desde a época da homologação do concurso, em 31 de março de 2006.

Em 14 de setembro, durante inspeção na unidade de Suape, foi visto que nesta haviam 80 empregados do quadro próprio e 150 terceirizados, sendo que em diversos setores eles realizavam a mesma atividade. No setor de manutenção, por exemplo, estão trabalhando empregados do quadro e 23 de terceirzada de forma ilegal.

“Se a empresa transporta e armazena petróleo e derivados, biocombustíveis e gás natural, deve possuir um quadro de pessoal seu para desempenho das atividades, sobretudo quando se trata de uma empresa subsidiária de sociedade de economia mista, integrando a administração pública indireta, onde deve prevalecer o concurso público”, ressalta a procuradora.

A ação foi movida no dia 14 de dezembro do ano passado e deferida pela juíza do Trabalho, Maria do Socorro Emerenciano, quatro dias após. No próximo dia 23 de fevereiro, haverá nova audiência para o caso.”

(Com MPT)

E de ônibus eu vou para o Queremos Deus…

Nada de “Caminhando eu vou para Canaã”, como diz letra de conhecida música religiosa. Na coletiva que a organização do Queremos Deus 2010 concedeu nesta manhã de quarta-feira, na Comunidade Face de Cristo, uma boa-nova: a Etufor disponibilizará 60 ônibus extras para atender aos fiéis.

Segundo Paulo Mindello, que integra a organização, a expectativa é de 30 mil pessoas orando e louvando durante o evento, que ocupará espaços no parque de exposição da Secretaria do Desenvolvimento Rural, na avenida Bezerra de Menezes, no bairro São Gerardo.

O Queremos Deus é considerado o maior evento católico do Estado. Em suas últimas edições, no estádio Castelão, reunia mais de 50 mil pessoas.

PROGRAMAÇÃO

Na programação, que terá início ás 14 horas, muitos louvores, que serão seguidos do Terço da Misericórdia, sob comando da irmã Kelly Patrícia e do padre Antõnio Furtado. Às 16h30min, o arcebispo, dom José Antônio, celebrará missa. O encerramento será com a Adoração ao Santíssimo e um Momento Mariano.

Tasso integra comissão que analisará reforma administrativa do Senado

tassojereissati

O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) vai presidir a comissão que  terá a missão de analisar a Reforma Administrativa do Senado Federal. Seu nome foi anunciado nesta manhã de quarta-feira. pelo presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Demóstenes Torres (DEM-GO).

Nesse trabalho, Jarbas Vasconcelos vai liderar um grupo de cinco colegas:  Eduardo Suplicy (PT-SP), Pedro Simon (PMDB-RS), Antonio Carlos Magalhães Junior (DEM-BA) e Tasso Jereissati (PSDB-CE).

Na abertura dos trabalhos da primeira reunião do ano da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) comunicou que uma das principais matérias a serem votadas neste ano será a reforma administrativa do Senado. A proposta de reforma, elaborada pela Fundação Getúlio Vargas, já está na Mesa Diretora aguardando prazo para emendas e depois seguirá para a CCJ, informou o senador.

A CCJ iniciou os trabalhos de hoje realizando sabatina de oficiais indicados para integrar o Superior Tribunal Militar (STM). Na sequencia, os senadores votarão uma pauta de vinte itens.

(Com Agências)

PGM dará coletiva sobre ações movidas contra a cobrança do IPTU

montalverne

O procurador-geral do município, Martônio Mont’Alverne, tendo ao lado o secretário de Finanças, Alexandre Cialdini, darão entrevista coletiva, a partir das 15 horas desta quarta-feira.

A coletiva ocorrerá na sede da PGM, ocasião em que Martõnio vai expor qual a situação do IPTU, no que diz respeito a questionamentos feitos judicialmente por entidades como a OAB e o Secovi. Na última semana, uma ação da Fecomércio que questionava a cobrança foi extinta.

Cid vai receber professores

A diretoria do Sindicato Apeoc, que representa os professores estaduais, será recebida pelo governador Cid Gomes depois do Carnaval. A entidade quer apresentar uma proposta de revisão do seu Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCCS).

O governador Cid Gomes prometeu que receberá o grupo, restando apenas que a secretária da Educação do Estado, Izolda Cela, marque a data da audiência.

Com certeza, essa revisão vai melhorar o nível salarial dos docentes que também precisam fazer sua parte: dar aulas.

"Ministros suplentes" ocupam 15% de vagas no STJ

haroldodo

“Disputas políticas internas, supostas indicações dirigidas e denúncias de corrupção fizeram o Superior Tribunal de Justiça (STJ) ter quase 15% de suas cadeiras ocupadas por desembargadores convocados, os “ministros suplentes”. Por seis meses, esses magistrados fazem o trabalho que caberia aos ministros, enquanto os titulares para as vagas não são nomeados. Esse porcentual poderá aumentar, ultrapassando 20%, em breve.

Na volta do recesso, a ministra Denise Arruda confirmou o pedido de aposentadoria antecipada – ela completaria 70 anos, a idade compulsória, só em 2011. Até abril mais dois ministros se aposentarão: Nilson Naves e Fernando Gonçalves.

Três vagas no tribunal permanecem abertas, uma delas desde 2008. Além disso, o ministro Paulo Medina, investigado na corte por suposto envolvimento em venda de decisões judiciais, permanece afastado do cargo desde maio de 2007 e não pode ser substituído. O advogado dele, Antonio Carlos de Almeida Castro, diz que não houve nenhuma ilegalidade.

Para suprir as ausências, O STJ se vale da convocação de desembargadores, o que é permitido pelo regimento interno, mas condenado por alguns ministros e advogados. A queixa é de que a grande rotatividade acaba por tornar vacilante a jurisprudência do tribunal.

Dois ministros, um do Supremo Tribunal Federal (STF) e outro do próprio STJ, contestam a constitucionalidade do artigo do regimento que permite a convocação. Pela Constituição, os ministros do STJ são nomeados pelo presidente da República e precisam ser aprovados pela maioria absoluta do Senado. Porém, a convocação pelo tribunal não passa por nenhuma dessas chancelas. Basta a aprovação da maioria absoluta dos membros da Corte Especial.”

(Agência Estado)

DETALHE – Entre os ministros suplentes noSTJ está o desembargador cearense Haroldo Rodrigues. Ele permanecerá lá até fim de junho. Depois, retoma atividades no TJ do Estado e se prepara para, ano que vem, entrar na aposentadoria.

STF arquiva notícia-crime contra Lula

“O ministro Carlos Ayres Britto, do Supremo Tribunal Federal, arquivou uma petição na qual um jornalista de São Paulo apresentou notícia-crime contra o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por suposto crime de responsabilidade na aquisição da Brasil Telecom pela empresa Oi. A decisão, de dezembro, foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico do STF, na ultima segunda-feira.

O jornalista pedia que o STF tomasse providências para responsabilizar Lula criminalmente pela prática de atos que atentam contra a Constituição, por infração à lei orçamentária e por improbidade administrativa. Seguindo parecer da Procuradoria Geral da República, o ministro disse que o STF não tem competência para apreciar o fato. De acordo com a legislação, qualquer cidadão pode fazer denúncias de crime de responsabilidade contra o presidente, mas a acusação deve ser feita à Câmara dos Deputados.

Além de receber a denúncia, compete à Câmara também instaurar o processo por crime de responsabilidade contra o presidente, cujo julgamento é feito pelo Senado Federal. Na petição encaminhada ao STF e arquivada, o autor afirma que a compra da Brasil Telecom pela Oi ocorreu em “circunstâncias nebulosas, tendo o erário bancado por sua conta e risco a bilionária transação, verdadeiro retrocesso na política de privatização de serviços públicos”.

(Portal Tera)

Quatro ex-diretores de órgão de concursos da UnB são expulsos

“Processo Administrativo Disciplinar instaurado em decorrência da Operação “Campus Limpo”, deflagrada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, para apurar responsabilidades por irregularidades ocorridas de 2001 a 2005 no âmbito do Centro de Seleção e Promoção de Eventos (Cespe), vinculado à Fundação Universidade de Brasília (FUB), concluiu pela expulsão de quatro ex-diretores da instituição, inclusive da ex-diretora geral, Romilda Guimarães Macarini.

As providências foram tomadas em parceria entre a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério da Educação (MEC), sendo que a Comissão Disciplinar foi composta por servidores da CGU e o julgamento coube ao MEC. Outros cinco servidores indiciados tiveram declarada a extinção de punibilidade. A conclusão do PAD foi publicada na edição de ontem (01/02) do Diário Oficial da União.

Romilda Macarini e a também ex-diretora Créa Antônia de Almeida tiveram suas exonerações do cargo em comissão convertidas em destituição (o que as impede de retornar ao serviço público), como conseqüência da prática de diversas irregularidades funcionais. Entre elas, destacam-se pagamentos a empresas por supostos serviços contratados sem amparo legal e sem requisição fundamentada ou justificativa para a dispensa ou inexigibilidade de licitação, bem como o fracionamento de despesas licitáveis. Romilda, além dessas e de outras irregularidades, recebeu indevidamente remuneração por prestação de serviços ao Cespe, enquanto detentora de Função Comissionada (DAS 4) na instituição.

Augusto Pinto da Silva Neto e Raimundo Cosmo de Lima Filho, também ex-diretores do Cespe, foram demitidos pela ação desidiosa na utilização e permissão de utilização sistemática e indiscriminada de suprimento de fundos para pagamento de despesas particulares, bem como de despesas em valores superiores ao limite mensal permitido e, ainda, para pagamento de notas fiscais em valores superiores ao legalmente permitido.

Pagamentos a parentes

A pedido do Ministério Público Federal no Distrito Federal, a CGU – que já havia participado da Operação “Campus Limpo” juntamente com a Polícia Federal – desenvolveu trabalho de fiscalização entre outubro e dezembro de 2005 para apurar a prática de irregularidades na gestão do Cespe. Na ocasião, a fiscalização constatou também muitos pagamentos irregulares a pessoas físicas e a inexistência de critérios legais ou técnicos que sustentassem a escolha dessas pessoas e os respectivos valores pagos, ou mesmo qualquer comprovante de efetiva prestação dos serviços.

O montante dos recursos irregularmente aplicados no período foi da ordem de R$ 210 milhões. Constatou-se também que tanto a ex-diretora geral do Cespe, Romilda Macarini, como outros membros de sua equipe contrataram parentes para suposta prestação de serviços, realizando pagamentos irregulares no montante superior a R$ 5,7 milhões.

O relatório da CGU foi encaminhado ao Tribunal de Contas da União e ao Ministério Público Federal e, neste último, teve como conseqüências a instauração de mais de uma dezena de Procedimentos que poderão resultar em processos judiciais.”

(Site da CGU)

Coluna da Hora vira Roscoff

hora

Há semanas, está sem funcionar o relógio da Coluna da Hora, um dos cartões postais de Fortaleza encravado na Praça do Ferreira. Vândalos teriam levado três peças que fazem o equipamento operar, segundo a Secretaria Extraordinária do Centro.

Entre algumas medidas para combater esse tipo de prática que já atingiu monumentos da cidade e estátuas como as da escritora Rachel de Queiroz (sem os óculos) e o general Tibúrcio (sem a espada), o órgão promete instalar, dentro de 90 a 120 dias, câmeras de vídeo nas principais praças do Centro.

(BomDia Ceará – TV Vedes Mares)

DETALHE 1 – A Coluna da Hora não está parada há semanas, mas há meses.

DETALHE 2 – Isso nos faz lembrar: em novembro último, entrevistamos o diretor-geral da Guarda Municipal e Defesa Civil, Arimá Rocha, que havia prometido para esse mesmo prazo a instalação de câmeras nesses locais.

José Dirceu admite PT sem nome para o Senado

dirceuujo

“Em passagem por Fortaleza, o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu (PT), admitiu que existe a possibilidade de o Partido dos Trabalhadores (PT) não ter candidato ao Senado no Ceará. Os líderes petistas no Estado têm reafirmado que o ministro da Previdência, José Pimentel (PT), deve ser candidato, embora o próprio Pimentel não tenha ainda confirmado a candidatura.

Após ser entrevistado no programa Jogo Político, na TV O POVO, na noite da última segunda-feira, Dirceu foi questionado pelo O POVO sobre a possibilidade de o partido de abrir mão de uma das vagas em disputa no Senado. O ex-ministro respondeu: “A hipótese existe“.

Porém, rapidamente completou que isso dependeria de alguns fatores envolvidos. “A vontade e desejo do PT é que (o ministro da previdência José) Pimentel seja o candidato. Agora, evidentemente que isso está subordinado a aliança nacional com o PMDB, e as alianças que o governador (Cid Gomes) está construindo“, disse Dirceu.

O PT pretende manter o cargo de vice-governador na chapa de Cid Gomes, virtual candidato à reeleição. Mas pretende, também, obter uma das duas vagas no Senado. Para uma delas, já há acordo com o deputado federal Eunício Oliveira (PMDB).”

(Jornal O POVO)

Vice-governador divulga conferência do clima na Europa

Encontra-se na Espanha o vice-governador do Estado, Francisco Pinheiro. Segundo sua assessoria, ele está divulgando a Conferência Internacional sobre Clima e Desenvolvimento Sustentável (ICID 2010), que ocorrerá em agosto em Fortaleza. O ex-secretário de Planejamento e ex-diretor senior do Banco Munial, Rocha Magalhães, é o coordenador científico do evento. 

Segundo Francisco Pinheiro, essa conferência é das mais importantes, pois trará para o Estado os maiores estudiosos na área do clima e, em especial, no que diz respeito a desertificação.

O Ceará, hoje, tem regiões com alto índice de desertificação.

Sucessor de Lula pode mudar Bolsa Família

“Um texto editado pelo Ministério do Desenvolvimento Social para orientar o recadastramento de beneficiários do Bolsa Família afirma que o gestor que assumir o comando do programa federal no próximo governo poderá alterar suas regras.

O alerta faz parte da instrução operacional número 34, editada no dia 23 de dezembro do ano passado, e que será repassada aos prefeitos, responsáveis pela atualização dos dados do cadastro do Bolsa Família.

O documento explica que a validade do benefício está garantida por três anos para quem já atualizou seus dados em 2008 e 2009. Embora não esteja expresso, o texto dá a entender que o mesmo deve valer para quem se recadastrar em 2010. Mas, segundo a advertência do ministério, a partir de 2011, o prazo de validade do benefício não está garantido.

Segundo a instrução operacional, hoje a validade do benefício “depende do ano em que houve a última atualização cadastral”. “Cadastros atualizados em 2008 terão a validade do benefício firmada em 31/10/2011; cadastros atualizados em 2009, 31/10/2012.

Para os anos de 2011 e 2012, no entanto, a fixação da data de validade do benefício estará sujeita a alterações segundo novas diretrizes que sejam estabelecidas pela nova administração que assumir o Bolsa Família em janeiro de 2011″, diz o texto.

Para o especialista em Direito administrativo, Damásio de Jesus, a norma traz insegurança jurídica e pode ser entendida pelos beneficiários como uma ameaça.

– Estamos diante de uma quase total insegurança jurídica. Isso é terrorismo. A lei é isto aqui, mas ela pode mudar a qualquer momento. Parece-me que o governo está tentando antecipar circunstâncias que ele supõe que venha a acontecer – disse ele. – Não é possível que a lei diga alguma coisa hoje e, ao mesmo tempo, diga que isso pode ser mudado. Parece-me muito estranho que o governo faça isso.

O professor de Direito administrativo da Uerj, Gustavo Binenbojm, afirma que, do ponto de vista da responsabilidade fiscal, a norma está certa. Ele vê, no entanto, margem para interpretações político-eleitorais.

– A medida tem um caráter ambíguo. Ainda que ela seja suscetível a uma explicação eleitoral, juridicamente é correta – diz.

Segundo ele, o governo passa, com a norma, a mensagem de que o benefício está garantido somente enquanto o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ou seus candidatos, estiverem no poder.”

(O Globo)

Cantor Pingo de Fortaleza em ritmo de folia

O cantor,  compositor e produtor cultural Pingo de Fortaleza fará show no próximo, a partir das 21 horas, dentro do Projeto BNB Clube de Cultura. Ele vai promover um verdadeiro pré-carnaval.
 
Com Pingo, estará também a banda formada por Mimi Rocha (guitarras e direção musical), Edmundo Jr. (baixo e vocal), Marcelo Pinheiro (violão e vocal), Júnior Faheina (teclado e vocal) e Ricardo Pinheiro (bateria, percussão e vocal).

O Maracatu Solar dará uma canja, numa apresentação que mostrará ainda frevos e marchinhas com o cantor João Mamulengo.

PMDB faz convenção nacional e Eunício Oliveira deve ocupar tesouraria

euniciooliveira

“O PMDB quer usar uma nova estratégia na sua convenção nacional, no sábado, para pressionar o PT e o presidente Lula a resolverem as alianças locais: colocar em postos da nova Executiva peemedebistas que estão enfrentando problemas com aliados, principalmente o PT.

Assim, a convenção não servirá só para passar o recado que o partido está unido em torno de Michel Temer (PMDB-SP) para ser vice na chapa da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil).

“Estamos apaziguando tudo. A eleição interna fortalece o partido, dá mais unidade e gera um círculo virtuoso, traz mais grãos [para a eleição de outubro], é um processo construtivo”, disse o líder do PMDB no Senado, Romero Jucá (RR).

No total, 17 cargos na Executiva Nacional do PMDB serão definidos na convenção. O diretório de Minas Gerais deve ficar com a secretaria-geral: o ministro Hélio Costa (Comunicações) ou seu aliado Mauro Lopes podem ficar com o cargo. Em Minas, Costa disputa com os petistas Fernando Pimentel e Patrus Ananias a indicação para disputar o governo.

Já o deputado Eunício Oliveira, do Ceará, deve ficar na tesouraria do PMDB. Eunício quer ser o único governista a concorrer ao Senado pelo Estado. O petista José Pimentel também pleiteia o cargo.”

VAMOS NÓS – Eunício, segundo setores de sua base, se sente incomodado com uma possível candidatura do ministro José Pimentel, que entraria com respaldo de Lula. O PMDB do Ceará tem influência e voto na convenção que, ao final, deverá influenciar no futuro das alianças do partido em termos de disputa presidencial.

Por excesso de prazo, cinco sequestradores podem já deixar a cadeia

“A Justiça concedeu liberdade a cinco réus acusados de sequestrar um estudante de 17 anos, filho de um empresário cearense do ramo de automóveis, calçados e construção civil. O garoto foi arrebatado de dentro de um colégio, situado no Papicu, na manhã do dia 26 de junho de 2008. Entre os sequestradores beneficiados com o relaxamento da prisão, está o também assaltante de bancos e carros-fortes Alexandro de Sousa Ribeiro, o ´Alex Gardenal´.

O Diário do Nordeste obteve, com exclusividade, acesso ao documento que concede liberdade aos réus. O documento é assinado pela juíza Marlúcia de Araújo Bezerra, titular da 17ª Vara Criminal e que responde interinamente pela 12ª Vara Criminal, onde o caso em questão tramita desde agosto de 2008.

A magistrada entendeu que houve “excesso de prazo” e, dessa forma, considerou “ilegal a prisão”. Em sua decisão, ela cita que “o prazo máximo para o término do processo com a prolatação (promulgação) da sentença é de cento e cinco dias. A Carta Magna dispôs, com solar clareza, em seu artigo 5º. A prisão ilegal será imediatamente relaxada pela autoridade judiciária”, diz o trecho da decisão.

Além de ´Alex Gardenal´, os irmãos Francisco Eriverton e Francisco Ediverto Amaro Honório, Francisco Márcio Teixeira Perdigão e o soldado PMSolonildo de Oliveirada Costa, foram beneficiados com a decisão concedida no fim da tarde de ontem. Os cinco acusados, que devem ser soltos a partir de hoje, são considerados pela Polícia, como bandidos de alta periculosidade. Procurado pela Reportagem, o advogado dos cinco réus, Michel Sampaio Coutinho afirmou que deu entrada no pedido de relaxamento de prisão no último dia 28. “Até hoje, nenhum deles, sequer, foi ouvido no processo”, ressaltou. Segundo Michel Coutinho, “o excesso de prazo é matéria de ordem objetiva, ou seja, não leva em consideração os antecedentes criminais”, destacou.

Superado

Em um trecho da decisão, a juíza afirma que os requerentes não estão recebendo nenhum “benefício”. Segundo a magistrada, “assisti-lhes razão quanto ao mérito do pedido. Observa-se sem esforço que o prazo para o deslinde (apuração) da ação encontra-se superado…”.

De acordo com outro trecho do documento, “a última tentativa de conclusão da instrução criminal, que estava designada para o dia 18 de dezembro de 2010, não logrou êxito devido a antecipação do final do expediente para as 13h, ficando remarcada para o dia 19 de fevereiro de 2010, deixando assim, ainda mais postergada a prisão preventiva dos acusados requerentes, sem uma definição das culpabilidades”.

Na decisão, a juíza afirma que, nenhuma das partes ou Poder Judiciário contribuiu para que o caso ainda não fosse julgado. Segundo ela, “a demora deve ser creditada a fatores imprevisíveis, exógenos à atividade do Poder Judiciário. Mesmo assim, caracterizando, sem sombra de dúvida, o excesso de prazo. Não vislumbro nos autos qualquer peculiaridade do caso, capaz de justificar o atraso; razão pela qual tenho por ilegal a prisão”, afirmou.

Desde a prisão dos réus, em julho de 2008, ou seja, um mês após a ação criminosa, mais de quinhentos dias já se passaram sem que a conclusão da fase de instrução processual.

“Até agora só foram ouvidas as testemunhas de defesa e acusação”, disse o advogado Michel Coutinho.

Apesar de reconhecer o “excesso de prazo”, em determinado momento de sua decisão, a juíza Marlúcia Bezerra afirma que “o Juízo de Direito da 12ª Vara Criminal, dentro das possibilidades e limitações temporais inerentes a qualquer instituição humana, procura cumprir rigorosamente os prazos legais, o que nem sempre é possível dada a sobrecarga a que está permanentemente submetida a máquina judiciária do Estado Brasileiro”.

Presos

A quadrilha foi presa um mês depois da ação criminosa, por policiais da Divisão Anti-Sequestro (DAS) da Polícia Civil, comandada na época pelo diretor da DAS, delegado Jaime Paula Pessoa Linhares.

Além dos cinco réus, outras sete pessoas foram denunciadas em agosto de 2008, pelo Ministério Público Estadual (MPE), por extorsão mediante sequestro e formação de quadrilha. A denúncia do MP, com 33 páginas detalha toda a ação dos bandidos durante o sequestro.

PROTAGONISTA
Alexandro de Sousa Ribeiro

Bastante conhecido pela polícia e até pela população o ´Alex Gardenal´ participou diretamente da ação que retirou o adolescente de dentro da escola. Foi ele quem parou o trânsito, com metralhadora na mão

A função de cada membro da quadrilha

Francisco Márcio Teixeira Perdigão

Com o apelido de ´Barriga´, foi o responsável, segundo a Polícia, por boa parte da logística do crime. Ele forneceu as armas e os coletes a prova de balas para assegurar o ´sucesso´ da ação ousada no Papicu.”

(Diário do Nordeste)