Blog do Eliomar

Últimos posts

Aliado da prefeita diz que estaleiro não vai gerar ruptura política entre Cid e Luizianne

eudesxavier

Membro do grupo político da prefeita Luizianne Lins (PT), o deputado federal Eudes Xavier afirmou, nesta teça-feira, não acreditar que a polêmica em torno da localização do estaleiro planejado pelo Governo Cid Gomes para a praia do Titanzinho, em Fortaleza, possa gerar rupturas políico-eleitorais.

“Essa possibilidade não existe. O que vemos é uma discussão entre dois gestores cuidando dos interesses de Prefeitura e do Governo. Creio que a prefeita e o governador saberão encontrar uma solução para essa questão do estaleiro. A prefeita sabe dos impactos ambientais da obra e está procurando com o debate alternativas”, alivia o parlamentar.

Eudes Xavier adiantou que, em hipótese alguma, a parceria política entre Luizianne e Cid acabe rompida por conta desse empreendimento. “Nós vamos apoiar a reeleição do governador Cid Gomes (PSB), porque está acima de tudo o projeto de manutenção dea aliança que respalda o governo Lula no Ceará. Não tememos ruptura política”, reiterou Xavier, antes de seguir para Brasília, onde retoma atividades legislativas.

Ele afirmou ser contra a instalação do estaleiro na praia do Titanzinho, porque a Prefeitura vem realizando uma série de ações que resultarão no direito da população conviver bem com seu litoral. Lembrou projetos como o Vila do Mar, no Pirambu, e a revitalizaçção da Praia de Iracema e disse que há uma ação planejada para revigorar o Titanzinho.

(Foto – Paulo Moska)

Luizianne ganha apoio de Patrícia

A prefeita Luizianne Lins (PT) ganhou uma aliada de peso na briga contra a intenção do governador Cid Gomes (PSB) em construir um estaleiro na Praia do Titanzinho, no Serviluz. A senadora Patrícia Saboya (PDT) disse na tarde desta terça-feira, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, que a prefeita não pode permitir uma obra que prejudicará a orla marítima de Fortaleza, como ainda irá mexer com a vida da comunidade do Serviluz e bairros adjacentes.

“Esse projeto do governador Cid Gomes está na contramão do mundo. Enquanto as grandes cidades hoje priorizam a recuperação e a preservação de seus recursos naturais, a construção de um estaleiro no Titanzinho certamente colocaria um fim em um dos últimos recursos naturais de Fortaleza”, ressaltou a senadora.

Patrícia disse ainda que não é verdade que o estaleiro não iria mexer com a vida da comunidade. “Como não vai mexer com as pessoas? Claro que mexerá! Qual o estaleiro no mundo que não agrediu o meio ambiente e não prejudicou a qualidade de vida de seus moradores?”, argumentou.

Patrícia Saboya assegurou ainda que se tivesse sido eleita prefeita de Fortaleza, em 2008, sequer permitiria o avanço dessa discussão. “Luizianne pode ter tido alguns desacertos, como ainda os têm, mas nesse caso do Titanzinho ela está coberta de razão”, avaliou.

Dilma lê mensagem de Lula na abertura dos trabalhos do Congresso

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encaminhou mensagem nesta terça-feira (2) ao Congresso Nacional fazendo um balanço da sua gestão nos últimos sete anos e afirmando que o principal desafio do governo para 2010 é garantir o ritmo de crescimento do país dos últimos anos. O Poder Legislativo retoma suas atividades nesta terça.

Na mensagem, lida pelo primeiro secretário da Câmara, deputado Rafael Guerra (PSDB-MG), Lula lembra da crise financeira internacional e diz que o Brasil conseguiu enfrentá-la e gerou empregos. O texto fala na geração de 955 mil novas vagas formais no ano passado e em 11,8 milhões desde 2003.

O presidente também citou a riqueza do petróleo na camada pré-sal e disse que ele será muito importante para garantir “ao Brasil a ampliação da soberania energética e, sobretudo, dão impulso aos mais variados setores industriais”.A mensagem do presidente foi entregue ao Congresso pela ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.”

(Com Agências)

BNB entre as 500 marcas mais valorizadas do mundo

O Banco do Nordeste do Brasil entra o ano melhorando avançando no ranking das 500 marcas mais valorizadas do setor bancário no  mundo.Segundo a revista inglesa The Bankers, respponsávle pelo levantamento, o BNB subiu do 443º  para o 349º lugar.

Ese ranking é feito todos os anos com objetivo de mensurar a força da marca de uma instituição. O valro da marca BNB que, em 2008, era de US$ 92 milhões, subiu para US$ 220 milhões.

DETALHE – O BNB só entrou na lista das 500 maiores marcas de banco do mundo a partir de 2008.

DETALHE 2 – A pesquisa também aponta o Bradesco em nono lugar no mundo. É a primeira vez um banco brasileiro ganha vaga entre as 10 marcas mais valorizadas desse ranking.

Cid defende estaleiro no Titanzinho e diz que conversará com Luizianne

cid

“Eu não quero na minha biografia a pecha de que busco desenvolvimento a qualquer preço”, afirmou, nesta manhã de terça-feira, o governador Cid Gomes (PSB), ao falar sobre o projeto de um estaleiro previsto para a praia do Titanziho e que virou ponto de discódia entre Governo e Prefeitura de Fortaleza. Cid, durante fala na Asssembleia Legislativa, disse que o local é a única alternativa viável para o empreendimento por ter profundidade (calado) satisfatório.

Ele explicou que um outro local possível seria a área do Porto do Pecém, mas demandaria maior volume de investimentos. Cid aproveitou para garantir que o estaleiro não vai provocar nenhuma desapropriação, lembrando que a iniciativa faz parte de uma estratégia de governo agregada a projetos como a siderúrgica.

Cid se colocou à disposição para debater o projeto com quem quer que seja e  em qualquer local. Em nenhum momento, ele se reportou ao recado dado pela prefeita Luizianne Lins (PT) de que a cidade tem prefeita e que o estaleiro vai precisa de licença para sair do papel, mas prometeu que convesará pessoalmente com ela. Já conversou por telefone com Luizianne, inclusive. A prefeita está de férias.

O governador deixou claro que quer debater para tirar dúvidas e afastar desinformação a respeito como a que surgiu apontando para possível desaprorpiação dos moradores da praia do Titanzinho.

“Sabe quantas casas tem que ser indenizadas para implabtação do empreendimento? Nenhuma. Zero. Todo o empreendimento é feito a partir de aterro hidráulico com transmutação de areia como foi feito na praia de Iracema”.

DETALHE – Cid aproveitou presença na Assembleia para expor, com slides, todo o projeto.

Nordeste tem plano de desenvolvimento na área da Ciência e Tecnologia

arioosto

O deputado federal Ariosto Holanda (PSB) apresenta, nesta terça-feira, para o ministro Sérgio Rezende (Ciência e Tecnologia), o Plano Nacional de Desenvolvimento da Ciência e Tecnologia para o Nordeste. O documento foi elaborado por Ariosto e ganhou aval da bancada federal nordestina.

Segundo o parlamentar, o documento expõe estratégias para que a região possa alavancar nos planos da ciência e tecnologia, já que hoje está bem atrasada se comparada com outras regiões do País.

Ariosto quer do ministro apoio para que os fundos setoriais, o dinheiro que vem das empresas de telefonia e comunicações, tenha um rateio mais justo. O Nordeste, desde que esses fundos setoriais foram constitucionalmente criadsos, já perdeu, nas contas de Ariosto, cerca de R$ 300 milhões. Porque a União não repassa como devia.

Justiça do Ceará condena empresa de telefonia a indenizar cliente em R$ 100 mil

“A juíza da 20ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua, Maria de Fátima Pereira Jayne, condenou a empresa de telefonia Brasil Telecom S/A ao pagamento de indenização no valor de R$ 100 mil, por danos morais, a J.L.N.M.. A decisão da magistrada foi publicada no Diário da Justiça da última sexta-feira (29/01).

De acordo com os autos, J.L.N.M., ao tentar fazer uma compra de passagem aérea em janeiro de 2005, foi informado de que estava com o nome no cadastro de devedores por causa de uma dívida com a empresa de telefonia, com a qual jamais manteve relação comercial ou de consumo.

A Brasil Telecom S/A alegou que houve um erro substancial na contratação e que não podia prever o uso do CPF de outra pessoa.

Na decisão, a juíza afirma que a empresa de telefonia não é imune ao Código de Defesa do Consumidor, citando o artigo 3º da Lei nº 8.078/90. Assim, “a fornecedora de serviço responde objetivamente pelos danos que vier a causar ao consumidor, só se exonerando desta responsabilização se provar culpa exclusiva deste”.

Para a magistrada, não ficou devidamente provado que a culpa dos fatos se deveu única e exclusivamente ao autor. “O que ficou caracterizado foi que, mediante o fornecimento de um número de CPF, a requerida procedeu uma contratação sem a menor cautela”.

(Site do TJ-CE)

Cid anuncia que investirá R$ 3,55 bi neste ano

O governador Cid Gomes (PSB) anunciou, nesta manhã de terça-feira, que o PIB do Ceará deve fechar em 2009 acima de 3%. Na leitura de sua mensagem governamental, durante sessão de abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa, ele disse que, até setembro último, esses números do crescimento do produto interno bruto soma 2,8%.

Disse o governador que o Ceará fechar o exercício 2009 com PIB superior ao que o Brasil registrará, que deve ficar em 0,5%.

Por conta desse quadro, afirmou que a perspectiva da economia cearense para este ano é das melhores. Cid ressaltou que sua gesão aposta em economia com sustentabilidade.

Ele informou também que o Estado atingiu R$ 3,6 bilhões em captação de recursos sem comprometer o tesouro. Também revelou vai investir neste ano R$ 3,55 bilhões. O governador fala na Assembleia para um plenário lotado.

Mantega: Brasil fecha ano com 1,5 milhão de empregos gerados

MANTEGA

“O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta terça-feira que o Brasil deverá terminar 2010 com saldo de 1,5 milhão de empregos formais gerados –resultado das contratações excluindo as demissões–, contra quase 1 milhão criados no ano passado.

Ele reforçou, para plateia de empresários em São Paulo, que a massa salarial e o crédito têm garantido o dinamismo do mercado.

Durante palestra no encontro do Lide – Grupo de Líderes Empresariais, Mantega propôs um pacto para manter o crescimento da economia durante o ano eleitoral e pediu para os empresários não caírem no “canto da sereia”. “Não há riscos para o Brasil”, afirmou.

Ele reforçou a projeção de crescimento para a economia do Brasil neste ano. “Superamos rapidamente a crise e, para 2010, a taxa de crescimento do PIB ficará entre 5% e 5,5%”, afirmou. Mantega lembrou que há analistas que já falam em crescimento de até 6,5% para este ano.

IPI

O ministro voltou a reafirmar que o país está crescendo e já não precisa de estímulos tributários para segurar a demanda interna.

“Nós julgamos que era o momento de deixar os subsídios se extinguirem de acordo com o cronograma que estava estabelecido. Mesmo porque havia também muita notícia de aquecimento da economia e começou a haver uma certa euforia, talvez exagerada do meu ponto de vista”, afirmou.

Na coluna semanal do presidente, Lula explicou porque decidiu não prorrogar o corte de IPI para a linha branca, que terminou no último domingo. “Considerando os sinais claros de recuperação da economia, decidimos não renovar mais as reduções de IPI, uma vez que os nossos objetivos foram alcançados”.

(Folha Online)

Cid é recepcionado na Assembleia por Heitor Férrer

O governador Cid Gomes (PSB) já está na Assembleia Legislativa, onde, nesta terça-feira, assiste à sessão de abertura dos trabalhos deste ano da Casa. Cid fará a leitura da mensagem governamental, mas deve dar entrevista coletiva após a cerimônia, quando tratará do projeto estaleiro do Ceará, que a prefeita Luizianne Lins (PT), sua aliada política, não engole.

O local do projeto é a praia do Titanzinho e os moradores da área protestam temendo impactos ambientais. A prefeita também questiona, alegando que Titanzinho integra um conjunto de ações de revitalização do litoral da Capital.

Mas o que chamou a atenção mesmo foi a formação da comissão de parlamentares que deu as boas-vindas para Cid Gomes. Nesse grupo, uma das poucas vozes de oposição na Casa e que vai, inclusive, pedir audiência pública para tratar sobre estaleiro: o pedetista Heitor Férrer.

Cid e Heitor se cumprimentaram sem problemas, mas não foram poupados de gracejos de muitos durante o trajeto do gabinete do presidente da Assembleia até o plenário 13 de Maio.

Pesquisas – Inácio alerta base aliada sobre "Efeito Chile"

inaxcioar

O senador Inácio Arruda (PCdoB) adotou a cautela, nesta terça-feira, ao comentar resultado da pesquisa CNT/Sensus que coloca a ministra Dilma Rousseff (PT) empatada tecnicamente com o governador tucano José Serra (SP). quando o deputado federal Ciro Gomes (PSB) está incluído na lista de presidenciáveis.

“Primeiro temos que unir a base do governo e olharmos o exemplo do Chile”, alertou o parlamentar, observando que há necessidade de se continuar o diálogo para que Dilma ganhe força.”Temos que unir as forças de Dilma e de Ciro e termos em mente que o principal é a manutenção de um projeto de todos”.

No Chile, a presidente Michelle Bachelet, mesmo com popularidade acima dos 80%, não conseguiu eleger seu sucessor, o ex-presidente Eduardo Frei, que acabou perdendo para Sebastián Piñera, da oposição.

Inácio defendeu que o diálogo prossiga e que tanto Ciro como Dilma abram mão em favor do projeto popular implantado pelo presidente Lula. Ele vê dificuldades no caso de dois nomes situacionistas e não esconde suas simpatias por Dilma. Lembrou que a unidade dos aliados precisa ocorrer antes das eleições para que o “Efeito Chile ” não  ocorra no Brasil.

O parlamentar disse que vê com simpatias o nome de Ciro Gomes no páreo da sucessão, mas destacou que isso faz com que nos Estados os aliados enfrentam dificuldades de palanque. “Alguém tem que abrir mão”, insistiu Inácio Arruda.

Esse quadro político-eleitoral, conforme o senador, será tema de uma assembleia que o PCdoB nacional realizará sábado e domingo, em São Paulo.

Dilma deixará Erenice em seu lugar

“A ministra Dilma Rousseff deixará a Casa Civil no final de março para se dedicar à campanha eleitoral e a secretária-executiva do ministério, Erenice Guerra, assumirá seu lugar. A promoção de Erenice é uma decisão pessoal de Dilma. Erenice, porém, não coordenará o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), vitrine eleitoral de Dilma na campanha. A tarefa ficará a cargo de Miriam Belchior, que atua na Casa Civil como subchefe de articulação e monitoramento e já auxilia Dilma no PAC.

Na semana passada, Erenice também foi escolhida como representante da Casa Civil para presidir o grupo de trabalho responsável por detalhar a proposta de criação da comissão da verdade prevista no Programa Nacional de Direitos Humanos. Os casos polêmicos que envolveram Dilma no governo Lula tiveram a participação da secretária-executiva. Foi ela quem mandou fazer um dossiê com gastos da gestão Fernando Henrique Cardoso e da então primeira-dama, Ruth Cardoso.

Erenice também foi citada no caso em que a ex-secretária da Receita Lina Vieira falou sobre um encontro que teve com Dilma (até hoje negado pela ministra) para supostamente tratar de investigação sobre a família do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Uma servidora do fisco confirmou que Erenice agendou o encontro pessoalmente na Receita.

No ano passado, Erenice chegou a ser cogitada para assumir uma vaga no TCU (Tribunal de Contas da União), mas houve receio por parte do governo de que o nome dela não fosse aprovado pelos senadores. Com isso, o presidente Lula escolheu o ex-ministro de Relações Institucionais José Múcio.

Já a saída de Tarso Genro (Justiça) para concorrer ao governo do RS ainda não tem data, mas ontem Lula disse a interlocutores que não impedirá que ele saia antes do prazo limite de 3 de abril. Tarso já manifestou vontade de deixar o ministério antes. Ainda não foi definido quem assumirá o cargo.”

(Folha Online)

Feirantes de Maracanaú voltam a comercializar no Centro de Fortaleza

robetopess

Roberto Pessoa e promessas não cumpridas.

Fracassou o Projeto Feirarte que a Prefeitura de Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza) havia implantado no segundo semestre do ano passado para acomodar ambulantes que trabalhavam no entorno da Catedral de Fortaleza. Faltou apoio oficial, diz o grupo que voltou a comercializar na rua José Avelino, no Centro.

O caso, inclusive, terá repercussões políticas, segundo lideranças desses ambulantes. Eles dizem que farão campanha contra Roberto Pessoa, que está como pré-candidato a governador pelo PR. Avaliam que Pessoa usou o problema da categoria para ganhar mídia e respaldo políico como “Salvador da Pátria”, mas, ao final, só frustração.

Sindicalistas cearenses pressionam em Brasília pela redução da jornada de trabalho

Sindicalistas da CUT e das cinco centrais sindicais realizarão corpo a corpo em Brasília, nesta terça e quarta-feira. A ordem é  pressionar os parlamentares federais  na volta do recesso e cobrar prioridade nas votações do projeto de redução da Jornada de Trabalho.

Três dirigentes da CUT Ceará integram o grupo participando de manifestações, audiências, vigílias e visitas a parlamentares que apóiam as propostas dos trabalhadores. Ali, estão o presidente da CUT Ceará, Jerônimo do Nascimento, a secretária-geral, Joana D´Darc, e a secretária de Formação, Lúcia Silveira.

 A primeira atividade já começou no aeroporto da Capital Federal na manhã desta terça-feira. Os sindicalistas da CUT e outras centrais sindicais recebem deputados e senadores para exigir que os parlamentares coloquem rapidamente em votação o projeto que reduz a jornada semanal de trabalho para 40 horas e que remunera as horas extras em 75% a mais que a hora normal. Haverá uma vigília no interior do Congresso Nacional.

Deputados federais: muitas faltas, poucas justificativas

“Não estar presente às sessões deliberativas dói no bolso. A não participação dos deputados em todas as votações de cada sessão acarreta desconto proporcional na remuneração mensal, atualmente de R$ 16,5 mil. Os deputados que justificarem posteriormente suas ausências, no entanto, têm direito a reembolsar o valor descontado.

Mas parece que alguns parlamentares não estão muito preocupados com esses eventuais rombos no orçamento particular.

Mais da metade dos deputados ignorou as justificativas que lhes serviriam para abonar as faltas. Ao todo, 270 não apresentaram ofício explicando por que não compareceriam às sessões deliberativas em determinada data. A soma de todas as ausências não justificadas desse grupo chegou a 1.066, em um universo de 29.136 sessões realizadas, e das quais eles deveriam ter participado.
 
Wladimir Costa (PMDB-PA) é o campeão das faltas sem explicação, com 31 registros. Ele justificou apenas duas vezes seu não comparecimento, e registrou presença em 82 das 115 sessões que estavam entre seus compromissos legislativos.

Em seguida, entre os que mais deixaram de justificar suas faltas, aparecem Odílio Balbinotti (PMDB-PR) e Suely Silva (PR-RJ), ambos com 19 ausências sem comunicação; Rebecca Garcia (PP-AM), com 17; Nelson Goetten (PR-SC) e Clóvis Fecury (DEM-MA), ambos com 16; e Dalva Figueiredo (PT-AP), com 15.”

Veja a lista completa das faltas dos deputados, justificadas e não justificadas

(Congresso em Foco)

Caso Infraero pode levar a bloqueio de bens

” Procuradoria da República pediu que a Justiça bloqueie bens deixados pelo ex-presidente da Infraero Carlos Wilson Campos, morto em 2009, para garantir ressarcimento de R$ 4,15 milhões, prejuízo supostamente causado por fraudes em obras de aeroportos.

A Polícia Federal concluiu que houve fraudes em licitações, superfaturamento ou sobrepreço em aeroportos no primeiro mandato de Lula, quando Carlos Wilson estava à frente da estatal Infraero. Em 2006, ele foi eleito deputado pelo PT em Pernambuco.

A Folha revelou, em setembro passado, que a PF investigava e estimava desvio de R$ 500 milhões envolvendo empreiteiras como OAS, Camargo Corrêa, Odebrecht, Nielsen, Queiroz Galvão e Gautama. As empresas negaram fraudes.

Anteontem, o jornal “O Estado de S.Paulo” publicou que o relatório final da PF apontou desvios de R$ 991,8 milhões nas obras dos aeroportos de Corumbá (MS), Congonhas (SP), Guarulhos (SP), Brasília, Goiânia (GO), Cuiabá (MT), Macapá (AP), Uberlândia (MG), Vitória (ES) e Santos Dumont (RJ).

O inquérito da PF, batizado de Operação Caixa Preta, começou em 2007. Em dezembro, o relatório foi encaminhado à 12ª Vara da Justiça Federal de Brasília.

Paralelamente à investigação penal da PF, a Procuradoria moveu a partir de 2008, usando dados da Operação Caixa Preta, ações civis acusando Carlos Wilson, ex-diretores da Infraero e empreiteiras de improbidade administrativa.

Em uma das ações, a Procuradoria viu prejuízo de R$ 4,15 milhões na ampliação do aeroporto de Macapá e pede ressarcimento do valor.
Ao ser informado sobre a morte de Carlos Wilson, o procurador Bruno Acioli solicitou que a Justiça Federal determinasse que bens deixados pelo ex-deputado fossem reservados para cobrir o suposto rombo. Processo em Recife (PE) cuida da partilha dos bens.

“Não tem nem de perto esse valor [sendo partilhado aos herdeiros]”, afirmou Rodrigo Wilson, filho do ex-deputado, a quem a Justiça Federal mandou intimar para se manifestar sobre a solicitação de bloqueio de bens do pai. Quando candidato, em 2006, Carlos Wilson declarou, à Justiça Eleitoral, ser dono de um patrimônio de R$ 1,2 milhão.

“O meu pai morreu. Fora isso, já estava sendo esclarecido esse processo [a acusação da PF]. Agora a imprensa volta a falar, como se ele fosse realmente um acusado. É um absurdo a falta de respeito de vocês”, disse Rodrigo Wilson.

“Está sendo acusado injustamente de uma coisa que a agora não vai poder responder. Ele não adquiriu nenhum [bem] novo após assumir a Infraero”, disse ainda o filho. AInfraero disse que sua atual direção não foi acusada no inquérito e tem colaborado nas investigações da PF.”

(Folha Online)

Uma Fortaleza sem pastor

adisias
A jornalista Adísia Sá lamenta que Fortaleza esteja entregue à sorte em todos os sentidos. Vê uma cidade “sem pastor”. Ou seja, sem gestor. Confira: 
“Pastorear” é a palavra que consta no mestre Aurélio: guiar, cuidar, guardar o gado. Lembra pastor. “Pastor é aquele que dá a vida pelas suas ovelhas.“ Nada de pastorear, para nós cearenses é “pastorar“. Mal estacionamos o carro, e lá vem o pessoal & “se preocupe não, dona, eu fico pastorando …“ E fica mesmo.

E a gente confia …

Pois Fortaleza está precisando de quem a pastore. De quem cuide dela. De quem vele por ela. De quem a vigie e não deixe que motoristas estacionem sobre calçadas, nem a deixe apropriar por donos de bancas entulhadas de mercadorias, nos forçando a andar pelo calçamento, sujeitos a motoristas insanos a tirar “fino“

Pastor que ponha vigilantes nas pracinhas dos bairros, para chamar os setores de manutenção da Prefeitura quando as mesmas estiverem com seus pisos esburacados, as pedrinhas portuguesas saindo dos lugares , impedindo a circulação de bicicletas que põem em perigo os coopistas e transeuntes, enxotem burros e jumentos, bois e vacas que ficam comendo os recém nascidos brotos das poucas plantinhas tentando nascer aqui e ali, acolá e além…

Pastor que agilize os setores responsáveis pela fiscalização dos terrenos, baldios e entregues à sujeira jogada por carroceiro e lixos de edifícios de luxo que ponteiam em todos os cantos de Fortaleza.

Fiscalização que multe e obrigue os donos desses terrenos – na bolsa da especulação- a murá-los e a cercá-los , eliminando focos de baratas, ratos , transformados em mictórios e abrigo de marginais. Fiscalização que acompanhe a construção de prédios, muitos deles avançando e tomando e se apropriando do que seria calçamento, obrigando os transeuntes e mudar de itinerário pela impossibilidade de andarem, inclusive para suas moradias.

Adísia Sá – Jornalista
adisia@opovo.com.br

Traficante é preso no Crato

Policiais da cidade do Crato prenderam, nessa noite de seegunda-feira, em flagrante Francisco Ricardo Gomes (29). Ele vai responder por tráfico de drogas.

Com Francisco Gomes, foram encontradas 46 pedras de crack, quatro trouxas de cocaína e uma trouxe de maconha, segundo boletim divulgado nesta terça-feira pelo Comando de Policiamento do Interior (CPI).

PTB apoiará reeleição de Cid e de Tasso Jereissati

arnon

“O PTB fará reunião, na primeira semana após o Carnaval para, segundo seu presidente estadual, deputado federal José Arnon, anunciar sua posição em termos de eleições. Arnon adianta que o partido vai apoiar a reeleição do governador Cid Gomes (PSB) e que endossará também a recondução de Tasso Jereissati para o Senado.

Ele explica que o partido apoiará Cid “por estarmos satisfeitos com sua gestão, que vem apostando em grandes obras. O respaldo a Tasso é o reconhecimento a quem tem liderança“.

Sobre Eunício Oliveira (PMDB) e o ministro José Pimentel (PT), pré-candidatos ao Senado, avisa: o PTB resolve depois. ”

(Coluna Vertical, do O POVO)