Blog do Eliomar

Últimos posts

Setur divulga o Ceará em feira de negócios da Dinamarca

174 1

A Secretaria do Turismo do Estado (Setur) está apresentando as belezas e oportunidades de negócios no Ceará, durante a 29º Feira Internacional de Viagem e Turismo – FERIE 2011. Considerado um dos principais eventos do setor turístico realizados na Europa, a feira ocorre a partir desta quinta-feira e vai se estender até domingo, na cidade de Copenhague, na Dinamarca.

Dentre os objetivos da participação da Setur na Feira, está a promoção do Ceará como destino turístico junto ao norte europeu, tendo como princípios o apoio comercial e promocional. A Setur está inserida dentro do estande da TAP Linhas Aéreas. No espaço, serão efetuados contatos com os líderes de associações de operadores, jornalistas, formadores de opinião do trade, agências de viagens e parceiros do Brasil. O local também permitirá ao visitante colher informações sobre a vinda para a capital cearense durante a Copa 2014.

Destinada aos profissionais do setor turístico e ao público em geral, a Feira Internacional de Viagem e Turismo recebeu, em 2009, mais de 40 mil visitantes e 1.035 expositores, ocasionando a participação de aproximadamente 50 países.

(Também com Setur)

Moradores da Praça da Bandeira são retirados. É o fim da "Favela do Clovis"?

“Em poucos minutos, todos os barracos dos moradores de rua, instalados na Praça Clóvis Beviláqua, foram ao chão, no início da tarde de ontem. O local passou pela Operação Bandeira da Paz, realizada pelo Pelotão da Guarda Comunitária (PGC), da Guarda Municipal de Fortaleza. Além dos 30 guardas municipais, a operação contou com o auxílio de homens da Secretaria Executiva Regional do Centro (Sercefor), responsáveis pela demolição das instalações.

Com o objetivo de fazer uma vistoria, os guardas municipais pediram para que todos saíssem dos barracos. Na maioria deles, como conta o comandante do PGC, Paulo Martins, foram encontradas diversas facas, facões, tesouras e bastões de ferro. Em um dos barracos, seis pedras de crack e R$ 102,00 foram apreendidos. O responsável pela droga e pelo dinheiro seguiu, numa viatura, para o 34ª Distrito Policial, no Centro.

Segundo o comandante, muitos dos objetos eram usados pelos moradores da Praça para praticar assaltos nas proximidades. Entretanto, conforme afirma Rodrigo Augusto Simões, 30, que possuía um abrigo no local, desde novembro do ano passado, as facas apreendidas, por exemplo, eram utilizadas pelos moradores apenas para cortar alimentos como carne e frango. “As pessoas aqui são trabalhadoras, mas sociedade não enxerga e só sabe criticar”, afirma. “A gente quer da Prefeitura um hotel popular e um acompanhamento com assistentes sociais, e depois ganhar uma moradia definitiva”, comenta José Carlos dos Santos, 37, que diz ser o representante, em Fortaleza, do Movimento Nacional dos Moradores de Rua.

Conforme informa o comandante Paulo Martins, muitos moradores reclamavam por ter que pagar, todos os dias, uma taxa de R$ 2,00 ao considerado líder do logradouro, Alexandre Araújo Oliveira, 31, o “mineiro”.

(Diário do Nordeste)

Cine Coelce – Crianças produzem curta sobre lixo e enchentes

181 1

Lixo e inundação. Eis o tema do curta de animação que está sendo produzido por crianças de comunidades de baixa renda de Fortaleza e Região Metropolitana. O grupo intgra o projeto “Cine Coelce”. O filme, com duração média de cinco minutos, será exibido na solenidade de abertura do 21º Cine Ceará, no dia 9 de junho, no Cine São Luiz.

O roteiro e a produção têm o apoio do Núcleo de Cinema de Animação da Casa Amarela Eusélio Oliveira, da UFC.

O “Cine Coelce” está na quarta edição, já beneficiou quase mil crianças e tem 3 filmes produzidos e premiados, informa a assessoria de imprensa do projeto.

Sistema Integrado de Transporte em “xeque”, alerta vereador

186 4

Vereador Plácido Filho

Usuários do Sistema Integrado de Transporte de Fortaleza (SIT-FOR) passaram a sair dos terminais de ônibus para pegar linhas em paradas próximas aos próprios terminais, com o objetivo de fugir das longas filas nas plataformas, como também viajar na parte traseira dos coletivos, onde não há superlotação.

A observação é do vereador Plácido Filho (PDT), líder da oposição na Câmara Municipal de Fortaleza, nesta quarta-feira (9), em pronunciamento no plenário da Casa. De acordo com o vereador, a superlotação em terminais e os atrasos de ônibus colocam em “xeque” o Sistema Integrado de Transporte de Fortaleza.

“O usuário chega ao terminal, por meio de uma linha de ônibus, e encontra uma longa fila na plataforma de uma outra linha que deveria levá-lo ao trabalho. Além da demora de espera pelo segundo transporte coletivo, ele dificilmente irá embarcar no segundo ou terceiro ônibus que encostar na plataforma. Como forma de embarcar no primeiro ônibus que encostar na plataforma e fugir da superlotação, muitos usuários estão deixando os terminais e se dirigindo para as paradas mais próximas. Isso é uma consequência da falta de estrutura dos terminais, que há seis anos não são ampliados ou construídas novas unidades. Se a prefeita Luizianne Lins continuar a acreditar que Fortaleza tem o melhor transporte coletivo do Brasil, o Sistema Integrado de Transporte certamente entrará em falência”, avaliou Plácido Filho.

Na crise do buraco, líder do Governo apela para desculpa fajuta: culpa a imprensa

266 3

Com o título “Tem barraco no buraco”, eis artigo do publicitário e poeta Ricardo Alcântara. Ele analisa a postura do líder do Governo na Assembleia, Antônio Carlos (PT), em sua primeira intervenção no legislativo falando sobre a crise do buraco. Confira:

De onde menos se espera é que, de fato, não vem coisa alguma. O deputado Antonio Carlos fez uma estreia sem surpresas como líder do governo na assembleia: no primeiro teste, meteu os pés pelas mãos e saiu mal na foto.
 
Por conta da buraqueira, a prefeita, sua companheira de partido, abriu mais uma frente contenciosa com o governo do qual ele é líder. E o que fez ele? Apelou para o recurso, dos autoritários, o mais fajuto: culpou a imprensa.
 
Ora, excelência! Se não era para o povo ficar sabendo, mesmo sendo o principal interessado, porque a prefeita foi declarar à imprensa sua insatisfação, quando poderia ter tratado tudo no âmbito administrativo?
 
Afinal, a Cagece é gerida há seis anos por companheiros seus, do PT, e deveria, a princípio, ter grande interesse em manter bem pavimentadas as linhas de interlocução e entendimento com a prefeitura.
 
Restam poucas leituras e em nenhuma delas a imprensa é sujeito, como pretendeu Antonio Carlos, o camarada da prefeita Luizianne Lins que foi inoculado na liderança parlamentar do governador Cid Gomes.
 
A primeira. Haveria deliberada intenção do governo em protelar os serviços com o objetivo de desgastar politicamente a prefeita, e nisso o seu próprio partido estaria sendo, no mínimo, conivente, quando não venal. Um delírio.
 
A mais simples e, por isso mesmo, mais provável: na Cagece, os petistas foram incompetentes. Ou, ainda, os petistas da prefeitura querem desviar a atenção da opinião pública para isentar-se de suas responsabilidades.
 

Ou seria um pouco de cada coisa? De todo modo, a imprensa não acrescentou um milímetro ao tamanho do buraco aberto pelos conflitos internos, tanto da coligação do governo como do partido da prefeita.

O buraco é nosso – cidadãos, eleitores, contribuintes – mas o barraco é deles.

Médico de José Alencar considera "muito difícil" nova cirurgia

220 1

“O médico Raul Cutait, um dos coordenadores das equipes médicas que acompanham José Alencar no Hospital Sírio-Libanês, afirmou na noite desta quarta-feira (9) que considera “muito difícil” que o ex-vice-presidente seja submetido a uma nova cirurgia neste momento. “Cirurgia não cabe agora”, disse o médico.

Alencar voltou a ser internado por volta das 14h desta quarta-feira (9) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. De acordo com um boletim médico divulgado às 19h30, ele foi internado com peritonite – inflamação no peritônio, membrana que reveste as paredes do abmônen – causada por uma perfuração no intestino e está na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). O estado de saúde dele é considerado grave.

Leia mais em Médico de José Alencar considera ‘muito difícil’ nova cirurgia

Dilma fará primeiro pronunciamento à Nação nesta 5ª feira

249 2

A presidente Dilma Rousseff fará nesta quinta-feira seu primeiro pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão. A partir das 20 horas, ela falará sobre o tema será Educação, aproveitando o retorno às aulas que se dará neste período em todo o Brasil.

Dilma gravou ontem sua fala, no Palácio do Alvorada, em Brasília, informaram agências de notícias.

Oposição teme que corte de R$ 50 bi do orçamento prejudique municípios

“Os deputados mostraram preocupação com o contingenciamento das emendas parlamentares no Orçamento Geral da União. Eles temem que os municípios fiquem sem recursos para executar projetos. A previsão é que dos R$ 21 bilhões em emendas parlamentares, sejam contingenciados R$ 18 bilhões.

O líder do PSDB, deputado Duarte Nogueira (SP), disse que cortar as emendas não é uma maneira adequada do Executivo se relacionar com o parlamento. “As emendas que são feitas pelos parlamentares atendem as pequenas cidades do nosso país com creches, hospitais, com desenvolvimento, transporte, segurança, investimentos na qualidade de vida. Isso é penalizar medidas que foram talvez muito mais debatidas do que aquelas colocadas pelo Executivo no Orçamento”.   

Para o líder do DEM, deputado Antônio Carlos Magalhães Neto (BA), o corte das emendas pode gerar uma crise no Parlamento. “Acho que o Congresso vai aguardar para ver o desdobramento desse contingenciamento das emendas. Agora, os deputados e senadores vão reagir em relação ao corte quase total das emendas parlamentares. De um total de R$ 21 bilhões em emendas, R$ 18 bilhões estão sendo contingenciados”.
 

Já o líder do PT, deputado Paulo Teixera (SP) disse que os cortes e o contingenciamento são justificados porque o Congresso Nacional superestimou as receitas do governo. “Houve uma previsão de arrecadação que nem o melhor dos especialistas consegue chegar até ela. O Orçamento superestimou a arrecadação e não é possível manter um orçamento dessa maneira”.

“O governo tem que ter responsabilidade com a base, ou seja, ser governo tem o bônus de ser governo. Mas há ônus também, há responsabilidade, há cabeça no lugar e é isso que os partidos da base estão tentando fazer, manter a cabeça no lugar”, declarou o líder do PR, deputado Lincon Portela (MG).

O governo anunciou hoje que serão cortados R$ 50 bilhões no Orçamento Geral da União (OGU), mas não serão afetados os R$ 170,8 bilhões aprovados para investimentos, dos quais R$ 40,15 bilhões para o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Os recursos para o PAC podem, ainda, ser acrescidos de R$ 3,35 bilhões por emendas adicionais, conforme acordo com os parlamentares.”

(Agência Brasil)

Orçamento 2011 – Corte de R$ 50 bi

126 1

“O corte no Orçamento da União deste ano será em torno de R$ 50 bilhões. Desse total, R$ 18 bilhões são de emendas parlamentares, que somavam inicialmente R$ 21 bilhões.

A decisão foi tomada na noite da terça-feira, 8, depois de uma longa reunião no Palácio do Planalto, que contou com a participação da presidente Dilma Rousseff, e que terminou por volta da meia-noite.

Segundo fonte do governo, que participou da reunião, não haverá contingenciamento de obras do PAC e o governo vai manter o mesmo patamar de investimentos do programa Minha Casa Minha Vida de 2010, e não ampliá-lo como era a expectativa.”

(Blog do Noblat)

Você conhece a "Favela do Clovis"?

217 6

Eis um pouco do que se pode conferir no entorno da praça Clovis Bevilaqua (Centro), a popular “Praça da Bandeira: barracas, com gente sobrevivendo, estendendo roupa, tomando banho ou brincando de bola. Ganhou até o nome de “Favela do Clóvis”.

Nada contra as pessoas, mas o local não foi feito para ser dormitório. Alguém cochilou demais e permitiu esse absurdo. Dá para saber quem foi? 

(Foto – Paulo MOska)

TSE divulgará lista dos eleitores que precisam regularizar situação

“Cerca de 1,4 milhão de brasileiros terão dois meses para regularizar a situação na Justiça Eleitoral. Segundo levantamento feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), essa é a quantidade de pessoas que não votaram nem justificaram a ausência nas urnas nas três últimas eleições. Pessoas nessa situação devem procurar cartórios eleitorais entre os dias 14 de fevereiro e 14 de abril para pôr em ordem a documentação.

Listas com os nomes e números de inscrição de quem foi enquadrado como irregular serão fixadas nos cartórios eleitorais de cada cidade. O maior número de eleitores faltosos é registrado nos Estados com maior colégio eleitoral: São Paulo (350.816), Rio de Janeiro (140.339), Minas Gerais (131.098) e Bahia (109.126). Os Estados com menos faltosos são Roraima (4.182) e Amapá (6.921).

A Justiça Eleitoral computou as ausências nas eleições gerais e municipais, além de pleitos suplementares determinados pelos tribunais regionais eleitorais. Não foram registradas as ausências em eleições que foram anuladas por determinação da Justiça.

A partir do dia 2 de maio, a Justiça Eleitoral começa a cancelar os títulos de quem não acertou sua situação. O cancelamento, porém, não é definitivo, uma vez que a pessoa pode reativar seu título caso pague a multa e regularize a situação. Enquanto permanece com o título irregular, o eleitor não pode votar, tirar passaporte e carteira de identidade. Caso seja funcionário público, o recebimento de salário também é suspenso.

Os títulos dos eleitores que têm voto facultativo não serão cancelados. Se encaixam nesse quesito os os analfabetos, os que à época da eleição tinham entre 16 e 18 anos e os maiores de 70 anos. Também não terão os títulos cancelados os eleitores portadores de deficiência que torne impossível ou extremamente oneroso o cumprimento das obrigações eleitorais.”

(Agência Brasil)

Vem aí o X Tejubode

180 1

Coelho Neto e o prefeito Edilardo Eufrásio

O prefeito Edilardo Eufrásio, de Tejuçuoca (144 Km de Fortaleza), anunciou, nesta quarta-feira, que todos os detalhes do X Tejubode, a feira de caprinos e ovinos desse município, estão sendo ultimados. A festa ocorrerá de 29 a 31 de julho e se firmou no calendário turístico do Estado.

O Tejubode vai contar com apoio do Ministério do Turismo e do Sebrae. Edilardo, inclusive, esteve na posse do ex-ministro Luis Barreto, que assumiu a presidência do Sebrae nacional, ocasião em que agradeceu o apoio dele à consolidação do Tejubode.

Além de exposição de animais, o evento apresentará show de vários artistas, complementou o secretário municipal do Empreendedorismo, Coelho Neto.

(Foto – Paulo MOska)

Entidades e Unifor discutem questionamentos sobre transferência da 1ª Vara do Trabalho

304 2

Neste Blog, a Associação dos Advogados do Ceará questionou a transferência da 1ª Vara do Trabalho de Fortaleza do Fórum Autran Nunes para a Unifor. Recebemos nota da OAB e da Associação dos Advogados Trabalhistas do Ceará informando que estão reunidos nesta tarde com a Unifor e entidades para avaliar melhor a situação. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

A transferência da 1ª Vara do Trabalho do Fórum Autran Nunes para Universidade de Fortaleza tem sido motivo de preocupação da advocacia trabalhista da Capital, representada pelo presidente da Associação dos Advogados Trabalhistas do Estado do Ceará – ATRACE, Marcelo Pinheiro.

Desde o primeiro momento a posição clara da ATRACE foi de não permitir o menor prejuízo aos advogados e as advogadas militantes do histórico fórum trabalhista localizado no Centro de Fortaleza.

Várias reuniões foram realizadas na OAB Ceará e, especificamente hoje, na Reitoria da Universidade de Fortaleza, com a presença do Chanceler Airton Queiroz, da coordenadora do Curso de Direito, Professora Gina Vidal, do presidente da OAB Ceará, Valdetário Monteiro, e do presidente da ATRACE, Marcelo Pinheiro.

Das várias rodadas de negociações e debates (no Fórum Autran Nunes, na OAB/CE e na Unifor) sobre a instalação de uma vara ou posto avançado dentro da Universidade de Fortaleza, surge uma perspectiva clara de solução com definição nesta quarta-feira. Haverá encontro das várias partes envolvidas.

A ATRACE, legitima representante dos advogados trabalhistas, tem esta solução como bandeira maior, não para simplesmente externar seu desconforto com a retirada da Vara, mas sim para engrandecer e valorizar a advocacia trabalhista de nosso Estado.

OAB/CE – Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Ceará

ATRACE – Associação dos Advogados Trabalhistas do Estado do Ceará – ATRACE

Joaquim Cartaxo quer cargo federal

113 2

O ex-scretário das Cidades e ex-presidente regional do PT, Joaquim Cartaxo, está em Brasília. Ali, ele vai participar de reunião do diretório nacional do PT nesta quinta-feira e manter um encontro com a cúpula partidaria e com setores da bancada federal da legenda.

Joaquim Cartaxo trabalha para ocupar um cargo federal no âmbito da Caixa Econômica. Ele não dá detalhes, mas segmentos do PT confirmam essa articulação.

Os síndicos de massa falida

“Os secretários de Justiça e Cidadania viraram sindicos de massa falida que são os presídios”, afirmou, para o Blog o ex-presidente do Conselho Penitenciário do Estado e atualmente presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Ceará (Caace), Leandro Vasques.

Ele disse que o quadro dos presídios cearenses é de muitas dificuldades, reflexo do cenário nacional. Para Vasques, o resgate de presos – entre eles Alex Gardenal e três envolvidos no furto ao Banco Central, em agosto de 2005, foi mais uma prova de que o sistema faliu e precisa ser repensado.

Serra diz que mínimo de R$ 600,00 é "factível"

162 4

“O ex-governador José Serra (PSDB) disse, nesta quarta-feira (9), que o valor do salário mínimo de R$ 600 é “factível” e pode ser absorvido pelas contas do governo federal. Durante a campanha eleitoral do ano passado, o então presidenciável Serra sugeriu o aumento do piso dos atuais R$ 510 para R$ 600. Agora, o tucano defende que a oposição se uma no Congresso para conseguir viabilizá-lo.

“É importante sobretudo numa época em que a inflação de alimentos se acelera. Não há no horizonte melhora nesse aspecto. As contas públicas podem suportar isso no que se refere às questão da Previdência”, afirmou. Serra disse que a oposição tem o direito de apresentar suas propostas no Legislativo, mobilizando-se para aprová-las – mesmo com a ampla maioria governista na Câmara e no Senado.

O tucano prometeu comparecer ao Senado se a Casa aprovar proposta do senador Itamar Franco (PPS-MG) para ouvi-lo sobre o mínimo de R$ 600. “Se eu for convocado, virei com todo gosto. Apresentei essa proposta e posso fundamentá-la. E apresentarei as principais questões que me levaram a fazer essa proposta que envolve não só o financiamento direto de um mínimo menos indecente do que é hoje, como também as questões correlacionadas da nossa economia.”

BANCADA

Serra falou aos integrantes da bancada do PSDB na Câmara, respaldando o reajuste maior do mínino. O líder da sigla na Casa, deputado Duarte Nogueira (SP), disse que há “convergência” nos parlamentares tucanos em torno dos R$ 600. Segundo Nogueira, o governo vai ter uma arrecadação extra de R$ 16 bilhões que permite elevar o mínimo para esse valor.

Além de Serra, o presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva (PDT), se reuniu com a bancada tucana para defender a elevação do piso para R$ 580. Nogueira afirmou que as centrais estão dispostas a procurar todos os partidos para emplacar um valor maior que os R$ 545 proposto pelo governo federal. Paulinho da Força criticou a mobilização dos governistas para antecipar a votação da medida provisória do salário mínimo para a semana que vem. “O governo está agindo de forma arbitrária”.

(Folha.com)

Líder da prefeita: Passagem de ônibus mais barata será mantida

171 3

A Câmara Municipal debateu, nesta quarta-feira, o pedido de reajuste da passagem de ônibus encaminhado à Prefeitura de Fortaleza pelo Sindiônibus. O líder da prefeita, Ronivaldo Maia (PT), garantiu que a intenção da prefeita Luizianne Lins (PT) é manter Fortaleza “com a passagem de transporte integrada mais barata do país”. Hoje, a tarifa de transporte é R$ 1,80.

“Em Belo Horizonte, por exemplo, que tem um sistema de transporte coletivo semelhante ao nosso, a tarifa é de R$2,45”, disse Ronivaldo, destacando ainda que, nessa área, a Prefeitura garantiu a “meia ilimitada, a integração temporal, a tarifa social e veículos acessíveis para pessoas com deficiência. E todas essas conquistas serão mantidas”.

Ronivaldo aproveitou a sessão e voltou a abordar a questão do contrato da Companhia Estadual de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) com a Prefeitura de Fortaleza. “A prefeita está avaliando a qualidade do serviço que vem sendo prestado pela concessionária no intuito de que seja melhorado e a população beneficiada”.

VAMOS NÓS – Tudo bem que a tarifa continuará a mais barata do País, mas o empresariado anda dizendo que, em hipótese alguma, a Prefeitura deixará de dar um reajuste. Alegativa são as perdas acumuladas.

Semace tem 60 dias para apresentar plano com medidas compensatórias ambientais

192 1

A Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) tem 60 dias para apresentar ao Tribunal de Contas do Estado (TCE um plano de ação contendo cronograma de medidas que adotará para cumprir recomendações constantes em relatório de auditoria relativo à arrecadação e aplicação da receita proveniente de Medidas Compensatórias Ambientais do primeiro semestre de 2009. A decisão foi tomada por unanimidade pelo pleno do Tribunal na sessão da última terça-feira (8). O relator do processo foi o conselheiro substituto Paulo César de Souza.

O processo teve início por meio de auditoria realizada pela 8ª Inspetoria de Controle Externo (8ª ICE) do TCE-CE, com o objetivo de fiscalizar procedimentos relacionados à arrecadação e aplicação da referida receita.

Dentre outras, a auditoria apontou as seguintes conclusões: pagamento de recursos em desacordo com termos de compromisso; ausência de elaboração de planos de trabalho; não aplicação dos recursos da compensação ambiental nas unidades de conservação; deficiência na fiscalização dos empreendimentos causadores de danos ambientais; bens imóveis adquiridos por compensação ambiental, sem os devidos controles físicos e contábeis; e descumprimento da obrigatoriedade de comunicar ao Tribunal as incorporações dos bens, produtos ou serviços, objeto do pagamento de compensação ambiental.

Em seu voto, o conselheiro Paulo César de Souza destacou que a Superintendência não apresentou resposta satisfatória para a baixa realização das receitas de compensação, detectada pela 8ª ICE. De um total de R$ 11,8 milhões, somente R$ 3,8 milhões foram recebidos. “E mais: apenas 3,12% da receita recolhida foram utilizados na compensação ambiental”, frisou o relator, para quem é necessário que a Semace encontre meios para efetivar tais medidas.

O relator destacou ainda o parecer do Ministério Público de Contas (MPC) favorável à emissão, pela Semace ao TCE-CE, de todos os documentos que comprovem monitoramento e execução dos termos de compromisso referentes ao primeiro semestre de 2009. O parecer do Ministério Público de Contas também apontou a necessidade de a Superintendência comunicar periodicamente ao Tribunal informações sobre obras, bens ou equipamentos doados ao patrimônio do Estado por meio de Medidas Compensatórias Ambientais. O voto do relator foi acompanhado pelos conselheiros Alexandre Figueiredo, Edilberto Pontes, Pedro Timbó e Valdomiro Távora, bem como pela conselheira Soraia Victor.

(Com TCE)

Ipea – O maior problema do SUS é a falta de médico

139 1

“O maior problema do Sistema Único de Saúde (SUS) é a falta de médicos, de acordo com a pesquisa Sistema de Indicadores de Percepção Social (SIPS), divulgada nesta quarta-feira (9) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Essa questão foi apontada por 58,1% dos entrevistados. Em segundo lugar ficou a “demora para ser atendido nos centros de saúde ou nos hospitais da rede pública” (35,4%), seguido por “demora para conseguir uma consulta com especialista” (33,8%). Os dados, de acordo com o Ipea, indicam que a população quer acesso “mais fácil, rápido e oportuno” à rede pública de saúde.

A demora para o atendimento em serviços de urgência e o período de espera para uma consulta médica, além da necessidade de contratação de mais especialistas, foram os itens mais sugeridos pelos entrevistados para a qualificação do SUS. O levantamento revela que a rapidez no atendimento é citada como a maior motivação para a busca pelos planos de saúde.

Para três tipos de serviço específicos – atendimento por especialistas, de urgência e emergência e centros e/ou postos de saúde – “aumentar o número de médicos” foi a sugestão mais mencionada, seguida pela redução do tempo de espera para uma consulta. “O aumento do número de médicos pode ser entendido pela população como uma solução para os problemas que vivencia, quando, na busca de serviços no SUS, ocorre demora para atendimento ou existe a necessidade de se chegar muito cedo ao local para conseguir marcar uma consulta ou utilizar outro tipo de serviço de saúde”, diz o estudo.

No caso dos serviços prestados por médicos especialistas, 37,3% sugerem aumentar o número de profissionais no SUS e 34,1% falam em reduzir o tempo de espera entre o agendamento e a consulta. Para serviços de urgência e emergência, 33% propõem aumentar o número de médicos e 32% mencionam a diminuição no tempo de atendimento. No caso dos centros e postos de saúde, aumentar número de especialistas foi citado por 47% e tempo de atendimento, por 15,5%.

Quem tenta driblar o tempo de espera e recorre aos planos de saúde se depara com o preço da mensalidade, que foi apontado por 39,8% dos usuários consultados como o principal problema da rede suplementar.

As entrevistas foram feitas no período de 3 a 19 de novembro do ano passado. O questionário foi aplicado a 2.773 residentes em domicílios particulares em todos os Estados do País. A amostragem considerou sexo, faixa etária, faixas de renda e escolaridade de acordo com cada região.”

(Agência Estado)