Blog do Eliomar

Últimos posts

Ex-presidente da Aprece aposta na dobradinha Tasso-Pimentel para o Senado

Ex-presidente da Associação dos Prefeitos e Prefeituras do Ceará (Aprece) e ex-prefeito de Aurora, o socialista Carlos Macedo avisa: se o ministro da Previdência Social, José Pimentel (PT), for mesmo candidato ao Senado, o peemedebista Eunício Oliveira acabará dançando.

“O senador Tasso Jereissati (PSDB) tem liderança e Pimentel o apoio de Lula”, observa Carlos Macedo, reconhecendo o prestígio de Eunício, mas não querendo apostar em sua vitória por sentir o peemedebista sem discurso consistente.

Para Macedo, só o endosso de Cid Gomes ao nome de Eunício é pouco para uma disputa que promete ser das mais acirradas. Ele destaca a força de Tasso no Interior e lembra que Cid só venceu o ex-governador Lúcio Alcântara quando o tucano saiu pelo Interior buscando votos. Sobre Pimentel, avalia ser um “grande nome” com perspectivas de surpreender, pois é amigo pessoal do presidente Lula.

Duplicação do Anel Viário sai em março

“O superintendente estadual do Dnit, Guedes Ceará, assinará, no próximo mês, contrato com o Consórcio Galvão/EIT, que venceu a concorrência pública para as obras de duplicação do Anel Viário de Contorno de Fortaleza.

Segundo Guedes, será “a maior obra rodoviária dos últimos 25 anos no Ceará”. Vão ser duplicados 32 quilômetros do trecho que vai da CE-040 passando pela BR-116, CE-065, CE-060, BR-222/020 e se estendendo até a Lagoa do Tabapuá (Caucaia).

No trajeto, sete viadutos, que substituirão as atuais rotatórias, alças de contorno, canteiro central com 10 metros, acostamentos, ciclovias, nova sinalização. Detalhe: toda em concreto, constituindo-se na primeira do gênero no Estado. ”

(Coluna Vertical, do POVO)

Polêmica do estaleiro marca início das atividades legislativas

“Com presença confirmada da prefeita Luizianne Lins (PT), será aberta hoje a 16ª legislatura da Câmara Municipal de Fortaleza. E o começo do novo ano legislativo deve ser marcado por muita polêmica, devido à decisão do governador Cid Gomes (PSB) de construir um estaleiro na praia do Titanzinho, localizada no bairro Serviluz. Luizianne já afirmou ser contra o empreendimento. O presidente da Casa, Salmito Filho (PT), por sua vez, convenceu-se da viabilidade da obra e deve exercer influência junto aos demais parlamentares para que eles apoiem o projeto.

Salmito, inclusive, já defendeu que modificações no Plano Diretor da cidade podem ser feitas para garantir a construção do estaleiro no Titanzinho. A lei enquadra a região como Zona Especial de Interesse Social (Zeis), onde devem ser priorizadas as construções de habitações populares e equipamentos sociais. Opositor do projeto, o líder da prefeita na Câmara, o também petista Acrísio Sena, argumenta que a lei foi elaborada com a participação da população e que não pode ser modificada deliberadamente.

Um fator que deve esquentar ainda mais a discussão foi a decisão de Cid de iniciar as negociações sobre o estaleiro com o presidente Salmito Filho & desafeto de Luizianne & exatamente um dia depois de a prefeita ter entrado de férias. A reunião aconteceu no último dia 21, com a presença dos sete vereadores mais bem votados no Serviluz. O encontro foi fruto de uma negociação direta entre Cid e Salmito, sem levar em conta o que a chefe do Executivo & em tese, a pessoa mais indicada para tratar do assunto & pensa sobre o empreendimento.

Assembleia
Já amanhã, termina o recesso dos deputados estaduais. Por conta da proximidade das eleições, o ano na Casa também promete ser movimentado. Logo nos primeiros meses, os deputados do PSDB deverão enfim decidir se continuam ou não na base do governador Cid Gomes. Em nível nacional, a sigla tucana deverá ter candidato à Presidência da República, o que força o diretório local a ter candidato próprio. A ideia é garantir um palanque forte no Estado, já que Cid deverá apoiar, a presidente, ou a candidatura do deputado Ciro Gomes (PSB) ou a da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), caso o irmão desista da disputa.

Outro debate que deve exigir a atenção dos deputados será o processo de emancipação de alguns distritos do Estado. No ano passado, foi aprovado um projeto de lei de autoria do presidente da Assembleia, Domingos Filho (PMDB), que permite a criação de novos municípios. A partir de agora, cabe aos distritos enviarem para o legislativo estadual os pedidos de emancipação.”

(Jornal O POVO)

Um ano sem Juraci Magalhães

juraci

Eis artigo assinado pelo deputado federal Mauro Benevides (PMDB), no O POVO desta segunda-feira, onde ele lembra o primeiro aniversário da morte de Juraci Magalhães. Para muitos, o maior prefeito que Fortaleza já teve; para outros, uma pesonalidade contraditória. Confira:

A Câmara Municipal de Fortaleza homenageará no dia 4/2 o ex-prefeito Juraci Magalhães pela passagem, recentemente, do primeiro ano de seu falecimento para testemunhar o reconhecimento da cidade a uma personalidade ímpar. Na missa, oficiada na Igreja de São Vicente, destaquei que ele fazia falta à sua família, aos correligionários com os quais costumava trocar ideias sobre a nossa realidade política e urbanística, sugerindo projetos ousados, como foi o caso, por exemplo, do Hospital José Frota, apontado como um dos melhores no ramo de urgência, no Nordeste do País.

Tendo acompanhado toda a trajetória por ele empreendida, desde 74, quando coordenou a respectiva campanha senatorial, cujo êxito muito lhe deve ser creditado, por seu extraordinário poder de aglutinar correntes de opinião antagônicas, ensejando a relembrança de sua obstinação em idealizar para a nossa urbe algo que a transformasse numa das mais fascinantes do Nordeste. Quando lhe chegavam notícias das áreas periféricas, alcançadas pelo transbordamento dos rios Siqueira e Maranguapinho, dispunha-se, com sua equipe e, às vezes, sozinho, a dimensionar a extensão dos prejuízos a fim de promover a assistência aos moradores e encontrar soluções para impedir a repetição daqueles episódios dramáticos.

O otimismo, habitualmente, era a sua inconfundível característica, nunca transmitindo aos seus colaboradores diretos e a líderes comunitários qualquer manifestação de desalento, até mesmo quando uma enfermidade insidiosa buscava minar-lhe as energias físicas, compelindo-o a demandar à capital paulistana para, ali, submeter-se a prolongado tratamento capaz de permitir-lhe a continuidade do mandato.

Assim era, de perfil inteiro, ora aligeiradamente detalhado, aquele líder carismático que soube conduzir multidões, mas com excepcional força de espírito, qualidades que o tornaram um dos mais acreditados políticos de nossa geração. Ninguém olvidará a transformação modernizadora em que Juraci enquadrou as suas gestões, no comando dos nossos destinos.

MAURO BENEVIDES
Deputado federal (PMDB-CE) e jornalista

Começa a declaração do Imposto de Renda nestra 2ª feira

“O prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) começa nesta segunda-feira. O programa gerador da declaração será liberado na página da Receita Federal na internet também a partir desta segunda-feira. A Receita já disponibilizou, no mesmo endereço, outro programa, o Receitanet, responsável apenas pela transmissão das informações, de acordo com a Agência Brasil.

Além da internet, a declaração pode ser apresentada em disquete, nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal, durante o horário de expediente de cada instituição, ou em formulário de papel, nas agências e nas lojas franqueadas dos Correios, também durante o horário de expediente, ao custo de R$ 5,00 para o contribuinte.

A declaração do Imposto de Renda de 2010 será a última entregue em formulário de papel. Dentre 25 milhões de declarações recebidos no ano passado, apenas 127 mil foram em formulário de papel.

As novas regras para a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2010 foram publicadas no Diário Oficial da União no início do mês. Entre as pessoas que estão obrigadas a declarar estão os contribuintes que tiveram rendimentos tributáveis superiores a R$ 17.215,08 no ano passado.

No caso dos contribuintes que tiveram rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, ficam obrigados a declarar se esse valor ultrapassar R$ 40.000,00. Se o contribuinte optar pelo desconto simplificado na declaração, o valor limite para usar o modelo ficou em R$ 12.743,63.

A obrigatoriedade da entrega da declaração do Imposto de Renda para quem tinha patrimônio em dezembro de 2009 acima R$ R$ 300 mil é uma das mudanças este ano divulgadas pela Receita Federal. Antes, o valor inicial era de R$ 80 mil. Outra mudança é que os contribuintes que entregavam a declaração apenas por ser sócio de empresa estão livres da declaração, caso não se enquadrem nas demais regras de obrigatoriedade. O prazo para entrega das declarações vai até 30 de abril.”

(Agência Estado)

Lula dobra criação de cargos de confiança no segundo mandato

“O governo Luiz Inácio Lula da Silva dobrou o ritmo da criação de cargos comissionados da administração federal no segundo mandato. O número médio mensal de postos criados aumentou de 23,8 nos quatro primeiros anos do governo para 54 a partir de 2007. Essas vagas são muitas vezes destinadas a apadrinhados políticos.

Levantamento feito em medidas provisórias e projetos de lei mostra que foram criados 4.225 cargos de confiança entre 2007 e 2009. Considerando os cargos extintos no mesmo período, o saldo é de 1.946, contra 1.144 no período anterior.

No segundo mandato, foram criados 395 cargos por MPs e 3.830 por projetos de lei. No mesmo período, foram criados 84.672 cargos efetivos, com exigência de concurso.

Em 2007, o Ministério do Planejamento enviou à Câmara a nota informativa 304/07, que detalhou ano a ano a situação de cargos de confiança desde 1994. O documento mostra que Lula herdou do antecessor, o tucano Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), 19.943 cargos de livre nomeação.

Após redução em 2003, houve grande aumento no ano seguinte, chegando a 21.404. Em 2005 e 2006, novas quedas. Ao final do primeiro mandato havia 21.087 cargos de confiança. Agora, são 23 mil. ”

(Folha de São Paulo)

Eleições 2010 – Cid espera por Ciro Gomes

cidgommes

“O governador do Ceará, Cid Ferreira Gomes, disse ontem, que as definições eleitorais para 2010 serão tomadas nos estados, após o fechamento dos acordos nacionais, em especial para o Ceará “que tem um pré-candidato (à Presidência) irmão de um governador”. Cid Gomes disse até mesmo que a situação de Ciro Gomes poderá ficar para depois da reunião que está marcada para o mês de março.

Na noite de ontem, o governador foi o entrevistado do programa Questão Aberta, da TV Diário, onde deixou claro que a meta da administração estadual para 2010 é conseguir aplicar os R$ 6 bilhões que ele pretende investir no Estado durante todo o ano eleitoral.

O governador lembrou que o montante superior a R$ 3 bilhões em investimentos, aplicados no ano passado já representou um recorde de recursos na infra-estrutura do Estado, porém enfatizou que a meta para 2010 é ainda mais ousada do que aplicou até agora, com três anos de sua gestão a frente do Governo do Estado.

Cid Gomes destacou que a reunião que teve no fim de semana com os secretários do Estado foi não só para estipular metas para o Monitoramento e Ações de Projetos Prioritários (MAPP), que ficou em R$ 6 bilhões, mas também para fazer um balanço do ano de 2009, que o governador considerou como positivo, sobretudo pelo montante de investimentos.

Definições

Em termos de políticas, Cid Gomes disse que as decisões sobre a possível candidatura do seu irmão, o deputado federal Ciro Gomes, à Presidência da República, partirão exclusivamente das definições nacionais e não caberão aos estados, ou seja, entre Ciro, o presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, e o próprio presidente Lula.

“Eu tenho evitado iniciar o processo de discussão e de definições porque estas decisões nacionais ainda vão acontecer. Sempre se define primeiro as questões nacionais. Tem que ser assim”, complementou.

Cid Gomes, em tom ainda de incerteza, disse que, devido aos pontos de vista diferente que estão imperando entre líderes do PT e do PSB, que há a possibilidade de, mesmo em março, quando está marcada uma definição sobre a candidatura de Ciro, poderá não haver decisões tomadas.

“Houve uma conversa em setembro e ficou combinado que em março voltariam a sentar e conversar em março. Talvez nem nesta data tenha uma definição, mas até lá pode ter certeza que nenhuma definição acontecerá”, garantiu o Chefe do Executivo Estadual.

Com relação à sua campanha de reeleição, o governador Cid Gomes continuou “disciplinado” em não falar. A única declaração que deu foi que as definições sobre a candidatura de Ciro Gomes irão influenciar mais aqui no Ceará “pelo fato de um pré-candidato a presidente ser irmão de um governador de Estado e isso poderá mudar algumas coisas”.

(Diário do Nordeste)

Terremoto de 5,2 graus atinge a China

“Uma pessoa morreu, 11 ficaram feridas e cem casas foram destruídas por causa de um terremoto de 5,2 graus de magnitude na escala Richter que atingiu a província de Sichuan, no Sudoeste da China, no sábado (30).A informação é da rede sismológica nacional da China, divulgou a agência “Xinhua”.
 
O epicentro do tremor foi registrado às 5h36 deste domingo (31) no horário local – 19h36 de sábado (30) no horário de Brasília. Os abalos aconteceram entre a cidade de Suining, em Sichuan, e o distrito de Tongnan, em Chongqing, a 30,3 graus de latitude norte e 105,7 graus de longitude leste. O Centro de Pesquisas Geológicas dos EUA informou que o tremor foi localizado a 18,6 quilômetros de profundidade, com magnitude 5,2.
Segundo a Administração de Terremotos de Sichuan, mais de 30 sismólogos e funcionários trabalham na região afetada. A televisão estatal mostrou imagens de casas desabadas e afirmou que dezenas de moradias foram destruídas.”

(Portal G1)

Senado vai começar ano com pauta "trancada" por duas MPs e um priojeto de lei

“Duas medidas provisórias e um projeto de lei “trancam” (obstruem) a pauta do Senado, cujos trabalhos se iniciam na próxima terça-feira (2). As medidas provisórias tratam da abertura de créditos extraordinários: a MP 469/09 destina R$ 2,168 bilhões aos ministérios da Saúde e dos Transportes para o combate à gripe suína, enquanto a MP 470/09, que acabou sendo transformada no Projeto de Lei de Conversão (PLV) 18/09, prevê diversas medidas, entre elas a concessão de um crédito de R$ 6 bilhões para a Caixa Econômica Federal.

Também tranca a pauta o PLC 280/09, projeto de lei que tramita na Casa em regime de urgência. Essa proposta trata da formação mínima (nível médio ou nível superior) a ser exigida dos professores do ensino básico.

Há ainda uma outra medida provisória na ordem do dia – a MP 471/09 – que, por enquanto, não obstrui a pauta. Ela prevê a concessão, entre janeiro de 2011 e dezembro de 2015, de incentivos fiscais a montadoras e fabricantes de veículos instalados nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Essa matéria só trancará a pauta se não for aprovada até 16 de fevereiro.

PEC do Divórcio

Além dessas proposições, está na ordem do dia a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 28/09 – também chamada de PEC do Divórcio -, que facilita esse processo ao acabar com a exigência de separação judicial prévia por mais de um ano ou de comprovação da separação “de fato” por mais de dois anos. A proposta já foi aprovada pelo Senado em primeiro turno, no início de dezembro passado, e precisa passar por mais uma votação.

Defesa da concorrência

Também está pronta para votação, apesar de ainda não ter sido incluída na pauta, a matéria que trata do Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência, alterando a estrutura de funcionamento do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e da Secretaria de Direito Econômico (SDE).

O projeto (PLC 06/09) cuida da prevenção e da repressão a infrações de ordem econômica, estabelecendo controle prévio dos atos de fusão e incorporação de grandes empresas. O texto recebeu 31 emendas em Plenário e, para ser votado, precisa da apreciação de comissões sobre as mudanças sugeridas. Se aprovado com as emendas, será enviado novamente à análise da Câmara dos Deputados, por causa das mudanças feitas pelos senadores.”

(Agência Senado)

Porto dos Santos

“As negociações entre o PSB e o PT paulista por uma aliança para disputar o governo de São Paulo passam por uma zona de atrito entre as duas siglas: o controle do porto de Santos.

Desde 2007, quando Lula criou a Secretaria Especial de Portos, a qual deixou sob o comando do PSB, o PT perdeu espaço em Santos.

Com status de ministro, o responsável pela pasta, Pedro Brito, foi sub de Ciro Gomes (PSB) na Integração Nacional. Antes de embarcar na política, Brito fez carreira no banco Fibra, da família do vice-presidente da Fiesp, Benjamin Steinbruch (CSN), por sua vez um dos principais entusiastas da candidatura de Paulo Skaf (PSB) ao Palácio dos Bandeirantes.

Cargo-chave no porto, a diretoria de Administração e Finanças deixou de ser ocupada pelo PT para abrigar o executivo Alencar Costa, também ligado a Steinbruch.”

(Folha Online)

Carnaval da Saudade com ingre4ssos

dalva

Com 85 músicas de carnavais do passado, o Clube Náutico Atlético Cearense promete uma festa inesquecível. Trata-se de mais um “Carnaval da Saudade”, que ocorrerá no próximo sábado, a partir das 22 horas, com animação da banda “Brasa Seis”, formada por 18 componentes.

Segundo o presidente do clube, Guedes Neto, informou neste domingo durante o programa Belmno entre Amigos, da rádio AM 810, a expectativa é de cinco mil convidados, que deverão comparecer fantasiados. Livretos com todas as músicas, com ano e compositores, serão distribuidos na ocasião. Neste ano, a festa homenageará a memória da cantora Dalva de Oliveira.

 A quadra de vôlei do Náutico também vai ser aproveitada para a colocação de mesas, já que a festa está praticamente com ingressos esgotados, de acordo com o presidente do clube.

Venezuela – Instabilidade preocupa Brasil

“A crise política, econômica e social na Venezuela é observada com preocupação e cautela pelos negociadores brasileiros. A orientação no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva é para que todos os setores se preparem para ampliar o apoio ao país vizinho e assim evitar o agravamento das tensões. O objetivo é conter o risco de desagregação e desmantelamento das instituições no governo do presidente Hugo Chávez.
Analistas internacionais avaliam que, sob pressão, a tendência é de Chávez intensificar sua campanha anti-Estados Unidos na tentativa de reduzir o foco das atenções sobre os problemas internos da Venezuela e buscar responsáveis externos para a crise. Porém, o governo brasileiro evitará conflitos e oficialmente afirmará que as questões do presidente venezuelano são de ordem interna.
Na última semana, o secretário executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimermann, e o assessor especial para Asuntos Internacionais da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, seguiram para para Caracas na tentativa de ajudar o governo Chávez no setor energético.”

 (Agência Brasil)

Alerta: Arma contra blábláblá de candidato em eleição é a informação

Eis artigo da professora Fátima Vilanova, da Universidade Estadual do Ceará, que merece ser ponto de reflexões para este domingo de um ano eleitoral. Confira:

Este ano poderemos fazer uma total renovação da representação política no Brasil avaliando o desempenho dos atuais deputados, senadores, governadores e presidente. Vamos nos informar sobre o que fizeram e deixaram de fazer, sobre o legado de cada um. E dar a nossa resposta com o voto responsável, consciente. Não podemos nos abater, naturalizando o pensamento cínico de que o “sistema corrompe“. Quem assim pensa nos leva a crer que está se incluindo, e agiria com o mesmo despudor se tivesse oportunidade.

As transformações que almejamos só acontecerão quando suplantarmos a cultura individualista, egoísta; quando eleitores e candidatos pensarem nos interesses da Nação. A visão deturpada de ambos de que o voto é para se trocar, vender, tirar proveito pessoal não pode produzir um país civilizado, desenvolvido social e economicamente. Produz, ao contrário, ratazanas do erário e muita miséria e abandono.

Um povo educado, bem informado, não vota em troca de favores, em político reconhecidamente desonesto, em candidatos que fazem campanhas milionárias, denotando a compra de currais eleitorais, conferindo total ilegitimidade aos mandatos. É preciso saber quem são os candidatos da “ficha suja“ do TRE, que respondem a processos na Justiça, condenados em primeira instância. Estes têm que ser expurgados da vida pública.

O Brasil vai mudar quando todos empenharem-se na luta, quando pautarem suas condutas na ética, no cumprimento das leis. Isto significa rever valores, praticar atos justos no dia-a-dia, reconhecendo os próprios direitos e os dos outros. A participação de cada um na política é fundamental para que ela se transforme em coisa séria, de pessoas de bem. Vamos descruzar os braços, assumir voluntariamente a campanha de candidatos que merecem a nossa confiança e respeito. Precisamos desmoralizar as campanhas milionárias, mostrando o poder de uma sociedade esclarecida.

FÁTIMA VILANOVA
Doutora em Sociologia
2mfatimavilanova@gmail.com

PF aponta superfaturamento nas em obras de aeroportos da Infraero

“A Polícia Federal apontou superfaturamento de R$ 991,8 milhões nas obras de dez aeroportos administrados pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) – Corumbá, Congonhas, Guarulhos, Brasília, Goiânia, Cuiabá, Macapá, Uberlândia, Vitória e Santos Dumont. Todas as obras foram contratadas durante o primeiro mandato do governo Luiz Inácio Lula da Silva, entre 2003 e 2006.
 
Relatório final da Operação Caixa Preta sustenta que o desvio é resultado de um esquema de fraudes em licitações arquitetado pela cúpula da estatal na administração Carlos Wilson, que presidiu a Infraero naquele período. Ex-deputado, ex-senador e ex-governador de Pernambuco (1990), Carlos Wilson foi filiado à antiga Arena, ao PMDB, ao PSDB e, por último, ao PT. Ele morreu em abril de 2009, aos 59 anos, vítima de câncer.
 
Os principais assessores de Wilson no comando da Infraero foram enquadrados pela PF: Josefina Valle de Oliveira Pinha, ex-advogada-geral do Senado que exerceu a função de superintendente jurídica da estatal; Adenahuer Figueira Nunes, ex-diretor financeiro, e Eleuza Lores, ex-diretora de engenharia – o indiciamento de Eleuza foi suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça.
 
O dossiê da PF esmiúça em 188 páginas como operou “um seleto e ajustado grupo” de 18 empreiteiras. A Polícia Federal imputa seis crimes a 52 investigados, entre ex-dirigentes e funcionários da Infraero, empresários, projetistas e fiscais: formação de quadrilha, peculato (crime contra a administração pública), corrupção ativa e passiva, crimes contra a ordem econômica e fraude em licitações.
 
O inquérito foi aberto em novembro de 2006 pela Superintendência Regional da PF em Brasília. Equipes multidisciplinares formadas por peritos criminais federais, engenheiros civis, mecânicos, elétricos, eletrônicos e cartográficos inspecionaram um a um os aeroportos. Interceptações telefônicas revelaram estreito contato entre ex-diretores da Infraero e funcionários de empreiteiras. A investigação foi conduzida pelos delegados César Leandro Hübner e Felipe Alcântara de Barros Leal. “A equipe policial identificou um enorme superfaturamento nos preços e quantidades dos serviços praticados pelas empresas contratadas em um montante aproximado de R$ 1 bilhão em valores atualizados”, assinala o texto.
 
À página 26 do relatório a PF estima que o valor superfaturado seria suficiente para construir 34.193 casas populares, “o que equivale a todas as moradias de uma cidade de 112.837 habitantes”. O desvio corresponde ainda ao total necessário para a construção do Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Guarulhos, obra tida como fundamental para suportar o crescimento do setor aéreo e receber com conforto os turistas para a Copa 2014.”
 
* Da Agência Estado, Leia mais.

Vigilante é assassinado dentro de Lojas Americanas de Juazeiro do Norte

A Polícia de Juazeiro do Norte abriu inquérito para apurar o assassinato do vigilante Jonatan Leite dos Santos (27). O crime ocorreu nessa noite de sábado dentro da filial de Lojas Americanas nesse município da Região do Cariri.

Eliab Gomes da Silva (41) está preso na delegacia do município como principal suspeito do crime. Com ele, policiais encontraram um revólver calibre 38, com cinco cartuchos intactos e um deflagrado, segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI).Os motivos do crime ainda não foram revelados na apuração do caso.

Parlamentar prevê derrota de Tasso e afirma: só ganha Senado quem tiver apoio governista

paulolustos

O deputado federal peemedebista Paulo Henrique Lustosa discorda de Heitor Férrer (PDT) que, neste Blog, disse não ver o presidente regional do PMDB, deputado federal Eunício Oliveira, pré-candidato ao Senado, com “liderança própria“ para merecer vitória.

Paulo Henrique destaca que Eunício tem qualidades políticas, bom trãnsito em Brasília, no que já foi ministro das Counicações, resaltando ainda a força dele na Região do Cariri.

O parlamentar também disse que a tendência, na disputa pelo Senado, é ganhar quem tiver o apoio governista. Para ele, se o ministro da Previdência Social, José Pimentel (PT), entrar na disputa com Eunício, que é apoiado em voto declarado pelo governador Cid Gomes (PSB), dificilmente o senador tucano Tasso Jereissati conquistará mandato.

“Nos últimos anos, os dois nomes ao Senado apoiados pelos governantes sempre vencem“, observa Paulo Henrique, filho do ex-presidente da Funasa, Paulo Lustosa, que não comunga mais com o PMDB de Eunício, ao ponto de ter se filiado na legenda do PPS.

VAMOS NÓS – Mas a questão é saber para onde vai mesmo Cid Gomes que declara apoio a Euníico, mas evita falar sobre a possível candidatura do petista José Pimentel.

Presidente do TCU fala em aposentadoria e descarta volta à política

ubiratantcu

O todo-poderoso do TCU.

Em seu último ano como presidente do Tribunal de Contas da União, o ministro Ubiratan Aguiar confessa para o Blog: após concluir a missão, poderá se aposentar, no que pensa em dar adeus ao tribunal para se dedicar à advocacia.

Ubiratan Aguiar, que retorna para Brasília ainda neste domingo, trouxe pacotes de livros da área jurídica para começar a recompor sua biblioteca em Fortaleza.

E a Política, pois já foi parlamentar? Ubiratan diz estar vacinado e não perde o mote:

“Isso é passado!” – avisa logo.

VAMOS NÓS – Será?

(Foto – Paulo Moska)