Blog do Eliomar

Últimos posts

Terceiro em volume – Ceará assume liderança entre estados de faturamento na exportação de crustáceos e peixes

Com um total de US$ 54,2 milhões comercializados em 2017, o Ceará assumiu a liderança em faturamento na exportação entre os estados que produzem crustáceos e peixes congelados e refrigerados. Os dados são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

Em volume exportado, o Ceará ficou na terceira posição, com 4,8 mil toneladas. Do total, 3 mil toneladas são de peixes congelados e 1,7 mil são de crustáceos, sobretudo lagosta. O estado também lidera o volume de exportação desse produto. O segundo maior exportador, o Pará, comercializou 226 toneladas.

Para o presidente da Câmara Temática de Comércio e Investimentos Estrangeiros, Rômulo Alexandre Soares, o destaque do Ceará se deve ao desenvolvimento recente de outras culturas, como a pesca do atum e a criação de camarão e tilápia em cativeiro.

“O Ceará atraiu uma importante indústria alimentícia, que fez com que a pesca do atum passasse a ser industrial. Esse peixe é abundante em parte do litoral cearense e tem valor agregado. Parece-me acertado o investimento na pesca marinha do atum, dotando os pescadores dos recursos necessários para a pesca e divulgando esse produto no mercado.”

Mesmo sendo responsável por 80% do valor comercializado, a lagosta vem se recuperando de uma redução de preços que ocorre há pelo menos dez anos. Segundo Soares, em 2007 o quilo do crustáceo era vendido a US$ 46. No ano passado, o valor pago pela mesma quantidade foi de apenas US$ 26.

Ele disse que um dos fatores da recuperação é a ampliação do mercado comprador do produto, que tem os Estados Unidos como principal consumidor, seguido pelo Japão, a China,o Vietnã e a Austrália, por exemplo. Considerando todo o crustáceo brasileiro exportado, os Estados Unidos adquiriram cerca de um terço da produção de 2017.

No ano passado, o governo do Ceará regularizou a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que incide sobre a comercialização da lagosta, equiparando o tributo à média nacional, que é de 12%. Antes, o tributo pago era de apenas 1,7% o que, segundo o setor, deixava o Ceará sem competitividade frente a outros estados exportadores.

Para este ano, além da continuidade dos investimentos na pesca marítima, a questão climática do Ceará será um dos focos de atenção. Isso porque a seca, que já dura seis anos, reduziu a produção de camarão e de tilápia, que tem nos açudes um dos principais espaços de criação. A câmara temática estima que o volume de pescados exportados teve redução de 15% em 2017, comparado com 2016, o equivalente a US$ 1 milhão a menos comercializado.

(Agência Brasil)

MPF e polícias investigam site denunciado por apologia ao racismo e pedofilia

O Ministério Público Federal (MPF) e as polícias civis do Rio de Janeiro e de São Paulo investigam as reais motivações e os responsáveis por trás de um site denunciado por milhares de internautas por causa de textos que fazem apologia a crimes como racismo e pedofilia. Especialistas não descartam a hipótese de que a página esteja a serviço de pessoas ou grupos interessados em prejudicar desafetos; disseminar o ódio contra as minorias sociais e conquistar audiência por meio de polêmicas.

Criado em dezembro de 2017, o site que provocou a revolta de internautas com postagens intituladas “Espancar Negros Libera Adrenalina” e “Pedofilia Com Filhas de Mães Solteiras” ganhou destaque após publicar ofensas a estudantes e a um professor da UniCarioca. Todos os alvos da publicação tiveram as fotos e nomes divulgados em um texto que caracterizava a instituição de ensino como uma “senzala gigantesca”. Um dos estudantes foi ameaçado de morte pelo agressor, que reclama da presença de “negros e mestiços” em ambiente antes dominado pela “elite branca”.

Após pedir a instauração de inquérito na Procuradoria da República no Rio de Janeiro, o procurador Daniel Prazeres, do Grupo de Combate a Crimes Cibernéticos, solicitou a ajuda da Polícia Federal (PF) e da Polícia Civil fluminense para tentar identificar os responsáveis pelo site.

Quase todos os textos publicados no blog são atribuídos a Ricardo Wagner Arouxa que, segundo a UniCarioca, já estudou na instituição. Em depoimento à Polícia Civil do Rio de Janeiro, Arouxa alegou ser vítima da ação de pessoas que usam sua identidade para prejudicá-lo e se esconder das autoridades.

Em entrevista à imprensa, o delegado carioca que colheu o depoimento de Arouxa disse que o rapaz é uma vítima dos verdadeiros responsáveis pelo site. A hipótese e os motivos, no entanto, continuam sendo apurados, e a polícia não forneceu mais detalhes.

Apesar da declaração do delegado, Arouxa continua sendo atacado nas redes sociais por causa do conteúdo dos textos a ele atribuídos.

Uma das pessoas agredidas em e-mails atribuídos a Arouxa foi a advogada Janaína Paschoal, que participou do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Em setembro de 2017, a advogada revelou estar recebendo e-mails com ameaças a ela e a sua família, além de cobrança de valores em dinheiro para deixá-la em paz. Após denunciar o caso à Polícia Civil de São Paulo, Janaína conseguiu o telefone do rapaz e entrou em contato com ele.

“Ele me disse que estavam usando o nome dele indevidamente. Pareceu-me que os próprios delegados não acreditaram que ele fosse o real culpado, mas nunca mais voltei a falar com ele e estou aguardando o resultado da investigação policial”, contou a advogada.

(Agência Brasil)

Arcebispo inaugura Obras do Papa no CEU neste domingo

Aproximadamente 5 mil pessoas devem participar da inauguração das obras papais, construídas com a ajuda do Papa Francisco, neste domingo (21), no Condomínio Espiritual Uirapuru, em Fortaleza. Da solenidade, que começará a partir das 16 horas, participarão o arcebispo de Fortaleza, Dom José Antônio Tosi Marques; o governador Camilo Santana; bispos de dioceses brasileiras; o presidente Internacional da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), Johannes Heremann, da Alemanha; além das 23 comunidades e amigos que, ao longo destes 18 anos, fazem parte do CEU. Na ocasião, também serão realizadas a Sagração da Igreja do Santíssimo Sacramento e as obras de pavimentação do CEU, realizadas pelo Governo do Estado.

A programação contará com animação musical feita pelo padre Antônio Furtado, Terço da Misericórdia e a Santa Missa presidida por Dom José.

As Obras Papais do CEU foram concluídas em agosto de 2017 e são formadas pelo Pátio Uirapuru, que é composto por seis salas disponíveis para aluguel, e o Espaço da Paz, que conta com auditório para 200 pessoas, climatizado, com cozinha, dispensa, quatro banheiros, tudo disponível para aluguel. Toda a renda será revertida para suprir as necessidades financeiras de manutenção do CEU.

As Obras Papais são financiadas pela Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), com autorização do Papa Francisco. Mais de 60 milhões de pessoas são beneficiadas todo ano através dos mais de 5 mil projetos apoiados pela Ajuda à Igreja que Sofre em cerca de 140 países, incluindo o Brasil.

O papa Francisco encontrou no Brasil três instituições onde as obras de misericórdias são abundantes. Entre elas está o CEU que trabalha atendendo pessoas em demandas sociais, dedicando-se à recuperação de dependência química; acolhimento a crianças e jovens em situação de risco; adultos e crianças portadoras do vírus HIV; acolhimento a meninas e jovens vítimas de abuso ou exploração sexual e a reinserção de egressos do sistema penitenciário com acompanhamento a presidiários e famílias, além da realização de eventos, atividades educacionais e culturais; aconselhamentos e encontros de espiritualidade.

(Shalom / Foto: Arquivo)

Planalto marca para segunda posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho

O Palácio do Planalto informou na tarde deste sábado (20) que a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho será na segunda-feira (22), às 9h. Nesta tarde, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspendeu a decisão da 4ª Vara Federal de Niterói que impedia a posse de Cristiane como ministra. A decisão foi tomada pelo vice-presidente do tribunal, ministro Humberto Martins.

Por meio de nota, o STJ informou que, ao analisar o caso durante o recesso forense, o ministro Humberto Martins concordou com os argumentos da Advocacia-Geral da União (AGU) “no sentido de que condenações em processos trabalhistas não impedem a deputada de assumir o cargo, já que não há nenhum dispositivo legal com essa determinação”.

De acordo com o ministro, não existe no ordenamento jurídico norma que vede a nomeação de qualquer cidadão para exercer o cargo de ministro do Trabalho em razão de ter sofrido condenação trabalhista.

(Agência Brasil)

Metade da orla de Fortaleza está imprópria para banho neste domingo

Entre a rua José Vilar e o Farol do Mucuripe, em Fortaleza, o mar não está próprio para banho neste domingo (21). O espaço corresponde à metade da orla monitorada na Capital — incluindo o local, no Mucuripe, em que, na última quinta-feira, 18, uma enorme mancha preta apareceu após a chuva. As informações são do último relatório da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace). Dos 31 pontos monitorados, 15 estão próprios, 15 impróprios e em um não houve coleta suficiente para análise precisa.

Considera-se impróprio o local com mais de 2,5 mil coliformes termotolerantes para cada 100 ml de água ou quando, em quatro das cinco últimas medições semanais, houve mais de mil coliformes em 100 ml. O trecho também é qualificado como impróprio quando há ocorrências que põem em risco a saúde do banhista, como presença de resíduos sólidos ou animais no entorno.

(O POVO)

Temer falará para a imprensa estrangeira em Davos

O presidente Michel Temer marcou entrevistas exclusivas com três veículos de imprensa internacionais durante sua passagem em Davos, na Suiça, na próxima semana.

Falará com o The New York Times, Washington Post e Euro Chanel, segundo informa o colunista Lauro Jardim, do O Globo.

A ideia é direcionar o discurso para os investidores estrangeiros.

Fortaleza terá três madrugadas com chuva, prevê Funceme

Quem espera aproveitar o último domingo de férias para algumas escolas de Fortaleza, não poderá contar amanhã (21) com o forte sol nas praias da Capital. É o que aponta a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), que prevê mais uma madrugada com chuva e tempo nublado o restante do dia.

O mesmo prognóstico se confirmou neste sábado (20) e também deverá se estender até a segunda-feira (22), de acordo ainda com a Funceme.

Além de Fortaleza, que registrou chuva de 14,8 milímetros, outros 49 municípios cearenses também amanheceram com precipitações neste sábado. A maior chuva ocorreu em Lavras da Mangabeira, no Centro-Sul do Ceará, a 434 quilômetros da Capital, com 100 milímetros. Ipaumirim (90 mm), Umari (80 mm), Quixeramobim (78 mm), Ipaporanga (75 mm) e Tauá (57 mm) também apresentaram boas chuvas.

(Foto: Arquivo)

STJ suspende decisão que impedia posse de Cristiane Brasil como ministra

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspendeu neste sábado (20) a decisão da 4ª Vara Federal de Niterói que impedia a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho. A decisão foi tomada pelo vice-presidente do tribunal, ministro Humberto Martins.

Por meio de nota, o STJ informou que, ao analisar o caso durante o recesso forense, o ministro Humberto Martins concordou com os argumentos da Advocacia-Geral da União (AGU) “no sentido de que condenações em processos trabalhistas não impedem a deputada de assumir o cargo, já que não há nenhum dispositivo legal com essa determinação”.

De acordo com o ministro, inexiste, no ordenamento jurídico norma que vede a nomeação de qualquer cidadão para exercer o cargo de ministro do Trabalho em razão de ter sofrido condenação trabalhista.

No dia 19, a AGU recorreu ao STJ para manter a posse da deputada como ministra do Trabalho. A apelação foi protocolada depois que o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), segunda instância da Justiça Federal no Rio de Janeiro, negou três recursos apresentados pelo órgão.

Indicada ao cargo pelo pai e presidente do PTB, o ex-deputado Roberto Jefferson, Cristiane Brasil foi anunciada pelo presidente Michel Temer ministra do Trabalho em 3 de janeiro, mas está impedida de tomar posse por força de uma decisão liminar (provisória) do juiz Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal de Niterói, proferida em 8 de janeiro.

O magistrado acolheu os argumentos de três advogados, que em ação popular questionaram se a deputada estaria moralmente apta a assumir o cargo após ter sido revelado pela imprensa que ela foi condenada pela Justiça do Trabalho a pagar mais de R$ 60 mil a um ex-motorista, em decorrência de diversas irregularidades trabalhistas.

Em sua decisão, o juiz Leonardo Couceiro argumentou que, em exame preliminar, a nomeação de Cristiane enseja “flagrante desrespeito à Constituição Federal no que se refere à moralidade administrativa”. O juiz suspendeu a posse tendo como base o Artigo 37 da Constituição, que estabelece a moralidade como um dos princípios a serem observados pela administração pública.

(Agência Brasil)

Camilo recebe homenagem de Valber Benevides

O governador Camilo Santana foi surpreendido nessa sexta-feira (19), durante reunião do Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários (Mapp), no Palácio da Abolição, pelo chargista, ilustrador e artista plástico Valber Benevides, com um desenho do encontro do governador com seu secretariado.

Ao agradecer a homanegem, Camilo Santana destacou o perfil do artista que já foi chargista do O POVO. Natural de Itapipoca, Valber foi premiado em Bienais e Salões do Humor pelo Brasil.

(Fotos: Divulgação)

Rodrigo Maia ocupará lugar de Temer para impulsionar candidatura

Rodrigo Maia (DEM), vai aproveitar a presidência interina, quando Michel Temer estará em Davos (Suiça), semana que vem, para tentar impulsionar sua candidatura.

A informação é da Coluna Radar, da Veja Online, que acrescenta outro dado: o pré-candidato a presidente pelo PSDB, o governador Geraldo Alckmin, já teria convidado o ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), para ser seu vice.

Resta saber o que dirá Mendonça, que já anunciou retirada do governo Temer, para Rodrigo Maia.

Política cultural: uma força transformadora

Em artigo no O POVO deste sábado (20), a presidente do Instituto Ecoa, Luísa Cela, aponta que “a cultura é um elemento indispensável para superar o atual estágio de esgarçamento social que as cidades vivenciam”. Confira:

Há 20 anos, a gestão da Cultura em Sobral ganhou novos contornos com a criação da Secretaria Municipal da Cultura e Mobilização Social em decorrência de um entendimento de que a política cultural é um investimento e não um gasto para os cofres públicos. Foram criadas a Escola de Música e o Salão Sobral de Artes Visuais, de âmbito internacional, que trouxe o Museu Madi, e foi tombado o Sítio Histórico e Cultural da cidade que virou Patrimônio Nacional pelo Iphan.

Para construir a Sobral de hoje, a Política Cultural cumpriu papel relevante. O sobralense passou a contar com uma importante ferramenta para encarar os desafios do século XXI que estão intimamente relacionados à convivialidade. Ou seja, nossa capacidade de convivência em um modelo de urbanização excludente, competitivo, arrisco dizer, anti-humano.

Afirmamos a cultura como um elemento indispensável para a superar o atual estágio de esgarçamento social que as cidades vivenciam. Adotamos como premissa básica a noção de que a cidade é um espaço de encontro e de produção das diferenças, sendo necessário reconhecer a diversidade e os conflitos da urbanização social.

Neste contexto nasce a Escola de Comunicação, Cultura, Ofícios e Artes – Ecoa, que encampou essa missão de intensificar o movimento pela construção de uma cultura cidadã, o aprofundamento dos territórios como locus dos saberes e fazeres artísticos, o fortalecimento da economia da cultura e da ampliação do diálogo intercultural. Com inspiração nas formulações em torno da cidadania cultural, afirmamos a cultura como um direito humano fundamental.

Em diálogo com a agora Secretaria de Cultura, Juventude, Esporte e Lazer (Seciel) de Sobral, um plano de ação foi estruturado em três eixos: Programas de Ação Cultural; Programas de Criação e Formação Artística; Programas de Patrimônio, Memória e Museus. Como objetivos estratégicos visamos o estímulo e o fortalecimento de práticas de cultura cidadã, tendo a descentralização como diretriz da efervescência cultural.

Ocupar os espaços públicos, apostar na importância da democratização da produção simbólica e entender que cultura tem a ver com quem somos e o modo que vivemos serão a aposta de Sobral para alcançar mudanças desejadas pela cidade e pelos sobralenses.

Secretariado de Camilo – Quem for candidato, deixa o cargo em abril

O chefe da Casa Civil, Nelson Martins, afirmou que os secretários estaduais que irão ser candidatos nas eleições deste ano só deixarão as pastas em abril, que é a data limite para a desincompatibilização dos cargos. O petista assegurou que os secretários que saírem antes o farão por decisão pessoal, e não de governo.

“O secretariado vai ficar até o dia 7 de abril, que é o período normal. A não ser que alguém peça pra sair. Até agora, a decisão de governo é ficar até o dia do prazo. Não existe essa discussão no Estado de secretário sair antes. Vai sair no prazo eleitoral de quem vai ser candidato, isso está claro”, declarou ao O POVO.

Nelson mantém o que tem declarado o governador Camilo Santana (PT) sobre o assunto. A principal queixa de alguns deputados da base aliada na Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) é de possível prejuízo eleitoral com pré-candidatos agindo através das suas pastas, e disputando bases eleitorais.

A informação de que os secretários irão intensificar viagens pelo interior inaugurando obras poderá crescer a pressão política em torno do governador assim que encerrar o recesso parlamentar em fevereiro.

O secretário disse ainda que viaja desde julho do ano passado inaugurando obras, e que a mesma prática é feita pelos secretários Josbertini Clementino e Dedé Teixeira, ambos pré-candidatos a uma vaga na AL-CE.

(O POVO – Repórter Wagner Mendes)

2018 já mudou panorama da eleição no Ceará

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (20), pelo jornalista Érico Firmo:

Os 20 dias decorridos do ano que começa foram suficientes para mover peças importantes na sucessão estadual do Ceará e provocou transformações profundas na oposição. Um movimento já vinha em curso e se consolidou: o MDB deixou o bloco que se contrapõe ao governador Camilo Santana (PT) na Assembleia Legislativa.

Capitão Wagner (PR), por sua vez, anunciou que será candidato a deputado federal, deixando de lado a hipótese de concorrer a governador. O deputado estadual anunciou ainda que deixará o PR e se filiará ao Pros.

Ontem, O POVO Online antecipou que Heitor Férrer se reuniu com dirigentes da Rede Sustentabilidade e discutiu a possibilidade de deixar o PSB para ingressar na Rede.

Enquanto isso, nos últimos dias, Camilo Santana retomou a agenda pública. Neste fim de semana, reúne o secretariado para organizar o ano eleitoral.

O saldo até agora é de um governo muito bem situado, mais pelas circunstâncias políticas que pelas realizações administrativas. O governador tem bases sólidas para se mover, enquanto a oposição está sem rumo. Aliás, cada um está preocupado com a própria vida —ou a própria sobrevivência.

Eunício já se debandou para o lado de Camilo. O peemedebista odeia os Ferreira Gomes e é igualmente odiado. Porém, aparentemente acha ainda pior perder eleição. Por isso, articula as condições para ser reeleito. Presidente do Senado não conseguir sequer segurar o mandato não é menos que um vexame.

Wagner desistiu de ser candidato a governador para concorrer a deputado federal. Assim, praticamente assegura uma vaga, no lugar de se arriscar a uma disputa dificílima, com grande chance de ficar sem mandato a partir do ano que vem. O Capitão mostrou que não tem nada de kamikaze.

Tasso Jereissati (PSDB), com mais quatro anos de mandato pela frente, não demonstra, até aqui, lá muito interesse pela disputa.

Quanto a Heitor, está preocupado com a hipótese de aliança do seu PSB com o grupo do governador. Disse que quer ficar no PSB, mas está inseguro diante das incertezas nacionais e da perspectiva estadual que indica aliança com o bloco governista. Ao Blog do Eliomar de Lima, ele disse que, caso o partido garanta a ele liberdade de atuação, fica no PSB.

Seria assim: o partido apoiaria Camilo Santana, estaria ao lado dos Ferreira Gomes. Porém, Heitor não seria obrigado a subir em palanque nenhum e faria seu discurso de oposição. Foi assim quando ele estava no PDT, durante os governos de Lúcio Alcântara e Camilo Santana. Nos dois momentos, a sigla estava na base governista, e Heitor se mantinha opositor.

Em resumo, a oposição desistiu de um projeto coletivo e cada um tenta salvar a própria pele.

Michel Temer: “Não vou sair da Presidência com a pecha de falcatrua”

O presidente Michel Temer (MDB) prometeu se dedicar, neste ano, a “recuperação moral” dele. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo publicada deste sábado (20), Temer diz não é perseguido, mas “mal entendido”. “Há uma tentativa brutal de tentar desmoralizar o presidente”, afirmou.

Perguntado como fará a recuperação moral dele, Temer respondeu: “Permanentemente. Esteja certo de que não vou sair e não adianta dizer: ‘O Michel Temer ficou irritado’. Não fiquei, não. Não vou sair da Presidência com essa pecha de um sujeito que incorreu em falcatruas. Não vou deixar isso”.

O presidente negou ainda que tenha demorado a afastar os vice-presidentes da Caixa, que são suspeitos de corrupção. “Quando me chegou aos ouvidos que o Banco Central havia recomendado o afastamento, tomei a cautela de afastá-los para que o Conselho da Caixa possa examinar o assunto, dando-lhes o direito à ampla defesa”, afirmou.

*Confira a integra da entrevista aqui.

Cantoria nordestina de luto com a morte de “Louro Branco”

O mundo do cordel está de luto.

Vítima de complicações cardíacas, morreu, em Caruaru (PE), na última quinta-feira, o repentista cearense Francisco Maia de Queiroz (74), o “Louro Branco”. Ele era conhecido por sua verve irônica e espirituosa na abordagem de assuntos dos mais variados do cotidiano do homem nordestino. Estava na lista dos principais cantadores do Nordeste, tendo conquistado diversos prêmios, inclusive o de melhor cantador do país.

O repentista, que morava na cidade pernambucana desde 1991, nasceu no dia 2 de setembro de 1943 na Vila Feiticeiro, no município de Jaguaribe, e trabalhou como pescador, agricultor e vendedor ambulante. Começou a cantar aos 12 anos de e morou em várias cidades nordestinas.

O artista popular nordestino levou sua poesia e arte no improviso para 20 estados brasileiros, participou de mais de 400 festivais com todos os maiores cantadores do Nordeste e prestou grande contribuição para a cultura popular. Ao longo de sua carreira, foi autor de mais de 700 composições e escreveu dois livros: “A natureza falando” e “Da casca até o miolo”.

“Louro Branco” chegou a participar de longa do cineasta Rosemberg Cariry fazendo o papel de Cego Aderaldo.

Confira poema “O Casamento dos Velhos”, de Louro Branco:

Tem certas coisas no mundo
Que eu morro e num acredito
Mas essa eu conto de certo
Dum casamento bonito
De um viúvo e uma viúva
Bodoquinha Papaúva
E Tributino Sibito

O véio de oitenta ano
Virado num estopô
A véia setenta e nove
Maluca por um amor
Os dois atrás de esquentar
Começaram a namorar
Porque um doido ajeitou

Um dia o véio comprou
Um corpete pra bodoquinha
Quando a véia foi vestir
Nem deu certo, coitadinha
De raiva quase se lasca
Que o corpete tinha as casca
Mas os miolo num tinha

No dia três de abril
Vêi o tocador Zé Bento
Mataram trinta preá
Selaram oitenta jumento
Tributino e Bodoquinha
Sairam de manhazinha
Pra cuidar do casamento

O veião saiu vexado
Foi se arranchar na cidade
Mandaram chamar depressa
Naquela oportunidade
O veião chegou de choto
Inda deu catorze arroto
Que quase embebeda o padre

O padre ai perguntô:
Seu Tributino, o que pensa,
Quer receber Bodoquinha
Sua esposa, pela crença?
O veião dixe: eu aceito
Tô tão vexado dum jeito
Chega tô sem paciência

E preguntô a Bodoquinha:
Se aceitar esclareça
A véia lhe arrespondeu
Dando um jeitim na cabeça
Aceito de coração
Tô cum tanta precisão
Tô doida que já anoiteça

Casaram, foram pra casa
Comeram de fazer medo
Conversaram duas horas
Uns assuntos duns segredo
E Bodoquinha dixe: agora,
Meu pessoá, vão embora
Que eu quero drumi mais cedo

O véi vestiu um pijama
Ficou vê uma raposa
A véia de camisola
Dixe: óia aqui sua esposa
Cuma é, vai ou num vai?
O veião dixe: ai, ai, ai
Já tá me dando umas coisa

A véia dixe me arroche
Cuma se novo nóis fosse
O véio dixe: ê minha véia
Acabou-se o que era doce
A véia dixe: é assim?
Então se vai dar certim
Que aqui também apagou-se

Inda tomaram uns remédio
Mas num deu jeito ao enguiço
De noite a véia dizia:
Mas meu véi, que diabo é isso?
Vamo vendê essa cama
Nóis sempre demo na lama
Ninguém precisa mais disso

A véia dixe: isso é triste
Mas esse assunto eu esbarro
Eu já bati o motor
Meu véi estrompou o carro
Ê, meu veião Tributino
Nóis dois só tem um menino
Se a gente fizer de barro.

A verve de “Louro Branco” com Valdir Teles:

(Com colaboração do cartunista, produtor cultual e também cordelista Klevysson Viana)

Camilo prepara mutirão de inaugurações neste ano eleitoral

Nesta manhã de sábado, Camilo já retomou o encontro.

A primeira reunião do ano entre o governador Camilo Santana (PT) e os secretários, realizada ontem e hoje na residência oficial, deve ser a base da construção da agenda de inaugurações da gestão nos meses que antecedem a campanha eleitoral de outubro deste ano. A ideia é promover praticamente um mutirão de inaugurações com a presença dos secretários. Eles representarão o governador nas solenidades de obras de menor porte para não comprometer a agenda de trabalho de Camilo.

O secretário da Casa Civil, Nelson Martins, que também cuida da articulação política do governador, disse que a colaboração de secretários nesse tipo de atividade já existe, mas que vai ser intensificada em 2018.

“É muita coisa na agenda e ele (Camilo) não pode só inaugurar obras. Vamos estender para que os secretários também possam fazer em maior intensidade essas inaugurações. Vários já fazem isso, mas nós vamos intensificar para que outros secretários também o façam”, revelou Nelson.

O chefe de gabinete do governador, Élcio Batista, afirmou que a agenda de atividades do petista para o ano eleitoral já vem sendo discutida desde a semana passada, mas que, com o encerramento da reunião do Monitoramento de Ações e Programas Prioritários (Mapp), a visão será mais geral sobre o cenário das ações de governo.

“O que a gente sabe é que já tem muita coisa represada para a gente inaugurar de realizações que já estão prontas”, adiantou o secretário.

Pelo que declarou o governador, em entrevista coletiva na manhã de ontem, as inaugurações deverão focar em obras de infraestrutura, que são a prioridade para 2018. Camilo destacou que o maior empenho para este ano será acelerar e entregar as obras de infraestrutura, como as do Porto do Pecém, a duplicação da CE-040, o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), além de ações na segurança, educação e criação de emprego.

“Vamos ter oportunidade (no Mapp) de fazer um balanço de 2017, e vamos fazer um planejamento de prioridades para 2018 com o orçamento aprovado, colocando metas, definindo recursos e garantindo projetos prioritários para 2018”, declarou o governador.

O último ano de governo, rotineiramente, é o que mais gera cerimônias de inaugurações no Executivo. O Palácio da Abolição, no entanto, assegura que a quantidade de inaugurações não deve ser tão diferente do que vinha acontecendo nos anos anteriores, já que houve inaugurações em todos os anos de governo.

A expectativa é que Camilo intensifique a agenda administrativa com vistas para a eleição de outubro. Embora não esteja enfrentando grandes problemas eleitorais pela fragilidade da oposição, o petista vai fazer o dever de casa e politizar as inaugurações para se cacifar na disputa pela reeleição em outubro deste ano.

(O POVO – Repórter Wagner Mendes)