Blog do Eliomar

Últimos posts

SAMU inscreve para seleção pública

Prosseguem as inscrições para a seleção pública de credenciamento de prestadores de serviços autônomos – entre médicos, enfermeiros e auxiliares ou técnicos de Enfermagem, para atuação junto ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza. Os interessados poderão se inscrever até as 23h59min do próximo dia 12.

O prazo inicial de inscrições se encerrou no último domingo (2/5), mas muitos dos 968 inscritos não apresentaram nos dois dias seguintes a documentação comprobatória, como exige o Edital nº 41/2010. As novas inscrições, a exemplo das que já foram realizadas, serão feitas exclusivamente pela Internet, no endereço eletrônico do IMPARH (www.imparh.ce.gov.br).

Os candidatos deverão apresentar, no período de 5 a 14 de maio de 2010, o currículo e a documentação solicitada no Edital nº 41/2010 . O material poderá ser entregue, no horário das 9 às 17 horas, na sede do IMPARH (Departamento de Concursos e Seleções – Avenida João Pessoa, nº 5609, Damas).

Frente Parlamentar da Assistência Social faz encontro em Fortaleza

O deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB), que preside a Frente Parlamentar em Defesa da Assistência Social na Câmara, é o anfitrião desta quinta-feira em dois debates que interessam à categoria: piso salarial nacional e a padrozinação dos serviços da assistência.

O evento, programado para as 9 horas, no auditório do Conselho Regional de Contabilidade, terá como convidadas a deputada federal Telma de Oliveira (PSDB-MTS), relatora do PL n° 5278/09 – piso, e Maria Albanita Roberta de Lima, técnica do Ministério da Previdência e Assistência Social.

SERVIÇO

Conselho Regional de Contabilidade – Avenida da Universidade, 3057, Benfica.

(Foto – Paulo Moska)

Radialista do Ceará vira o preferido dos presidenciáveis

Paulo entrevista Lula em passagem por Fortaleza.

Eis matéria do “Estadão” sobre o radialista Paulo Oliveira, da AM 810. Nela, a constatação de que Paulo virou o preferido dos “presidenciáveis”. Confira:

O radialista de maior audiência do Ceará, Paulo Oliveira, é também o preferido pelos candidatos à Presidência da República. Até o presidente Luiz Inácio Lula da Silva faz questão de ser entrevistado por ele quando visita o Estado. A assessoria da pré-candidata do PT, Dilma Rousseff, chegou a pedir que ela fosse ouvida por Paulo Oliveira, quando ela esteve em Fortaleza no dia 13 de abril. Mas o horário (das cinco às nove da manhã) não favoreceu a petista. E Dilma acabou participando do programa conduzido por Ênio Carlos, substituto do radialista Carlos Augusto, titular do horário que sucede o de Paulo Oliveira, na Rádio Verdes Mares AM 810, conhecida entre os ouvintes como Verdinha.

O pré-candidato tucano, José Serra, agendou para o dia 18 deste mês a participação dele no programa de Paulo Oliveira. O radialista pretende fazer-lhe duas perguntas básicas: “Quem é José Serra?” e “O que José Serra pretende fazer como presidente da República?”. “Vou abordar também o boato de que ele não gosta de nordestino, espalhado na região nas eleições de 2002”, adianta Paulo Oliveira.

Com 38 anos de experiência no rádio, ele conduz suas entrevistas de forma descontraída. Prefere o improviso às perguntas elaboradas pela produção. “Rasguei o papel que me deram quando fui entrevistar o Lula”, diz. Antes de ir ao ar, conversa com o entrevistado e tem sempre uma forma bem cearense de quebrar o gelo. Com Lula, fez questão de apresentar um dos três filhos: Paulo Sadat, formado em Jornalismo. “Rapaz bonito! Nem parece o pai”, comentou com sarcasmo o presidente.

“E a gente faz filho com a cara?”, devolveu Paulo Oliveira. É esse estilo sem papas na língua e sem cerimônia que o radialista considera ser seu maior atrativo. “Procuro deixar o entrevistado bem à vontade”, revela.

O “Programa Paulo Oliveira” mescla entrevistas e informação. Na primeira hora, os ouvintes conferem o plantão rodoviário, onde é possível saber como está a movimentação nas estradas estaduais e federais; além das notícias mais quentes do plantão policial. O programa conta ainda com os flashes, direto do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, do repórter José Maria Melo.

Os cordéis, comprados pelo avô analfabeto, serviam de ensaio para o desempenho do estudante que teve a primeira oportunidade como locutor em 1969, aos 18 anos, na Rádio Dragão do Mar. Imitando a voz e o estilo de Sérgio Chapelin, Paulo Oliveira conseguiu vencer a disputa que tinha pelo menos 200 concorrentes. “A voz não casava com a figura magrinha e pequena”, lembra o radialista.

Filiado ao PSDB, Paulo Oliveira não esconde suas preferências políticas. Mas garante que elas não interferem no trabalho desenvolvido no rádio e desfaz qualquer mal entendido que possa ter sido feito com o fato de não ter podido entrevistar Dilma Rousseff.”Realmente, o horário dela não ajudou”, diz.

O radialista leva uma vida financeira confortável. Sua empresa, por meio da qual agencia os grandes, médio e pequenos patrocinadores dos seus programas, tem um faturamento que o permite recusar ofertas de emissoras de outros estados. Assim, ele já está há 22 anos na Rádio Verdes Mares, do Sistema Verdes Mares, das quais também fazem partem (entre outras empresas) a TV Verdes Mares (afiliada da Rede Globo no Ceará) e a TV Diário.”

(Estadão)

VAMOS NÓS – Parabéns ao Paulo pelo destaque. Só lamentamos a ausência de citação sobre Tom Barros que, em seu comentário ao lado do radialista, chega a dar picos de 80 pontos de audiência, segundo o Ibope.

Serra e Dilma vão apoiar o que Lula decidir sobre aposentadoria

“Os pré-candidatos à Presidência da República Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) afirmaram nesta quarta-feira que vão apoiar qualquer decisão tomada pelo governo em relação ao reajuste para os aposentados.

Na véspera, a Câmara aprovou aumento de 7,7% aos aposentados que ganham acima do salário mínimo, superior à proposta original, de 6,14%. O governo federal já sinalizou, no entanto, que poderá vetar o reajuste.

Serra ressaltou que o presidente Lula está atento à questão:

– Acho que os aposentados merecem uma melhora, sem dúvida nenhuma, principalmente ao longo do tempo, porque há um atraso nesta questão (o reajuste salarial). O Senado ainda vai deliberar e o governo vai decidir. O ministro Guido Mantega é um homem responsável e o presidente Lula está prestando atenção nesta questão. Vou apoiar a posição que o governo federal tomar a este respeito – disse Serra, que participou de almoço das associações comerciais do Rio Grande do Sul e segue agenda política em Porto Alegre, onde participa de sabatina no jornal “Zero Hora”.

Já Dilma destacou, em dois posts em sua página no Twitter, que Lula “tem um forte compromisso social”.

“Imprensa me pergunta o que o presidente Lula deve fazer em relação ao aumento dos aposentados. O presidente tem um forte compromisso social”, disse a pré-candidata no Twitter.

E continuou, para tentar minimizar o estrago que o veto causaria a sua pré-campanha entre os aposentados:

“Lula tem compromisso com trabalhadores e aposentados q deram seu trabalho pelo Brasil. Tenho certeza de que ele decidirá de forma equilibrada”.

Lula diz que apreço por aposentados cresce em época de eleição

Irônico, o presidente Lula afirmou que o apreço pelos aposentados cresce durante as eleições.

– Todo mundo tem apreço pelos aposentados e em ano eleitoral aumenta o apreço de forma extraordinária – afirmou.

Lula disse ainda que vai aguardar a tramitação no Congresso da proposta para só depois tomar uma decisão.

– O que temos que respeitar é que o Congresso Nacional tem sua autonomia, o Poder Executivo tem sua autonomia e somente quando o processo tramitar nas duas Casas e houver um resultado final é que cabe ao presidente tomar uma decisão. Enquanto isso vamos esperar – disse Lula.

Também quarta-feira, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, afirmou que vai aconselhar o presidente a vetar a proposta.”

(Globo Online)

Projeto "Ficha Limpa" faz primeira vítima

“O deputado estadual paranaense Jocelito Canto (PTB) declarou-se, a primeira vítima do projeto Ficha Limpa, que teve o texto básico aprovado nesta madrugada pela Câmara dos Deputados. Canto anunciou, nesta quarta-feira, que deixará a vida pública, desistindo de candidatar-se à reeleição, em outubro. O deputado, que responde a mais de 30 ações e já tem algumas condenações em primeira instância, disse que antecipa-se e atende à vontade da população que, com mais de 1,5 milhão de assinaturas, quis que políticos com condenação em primeiro grau fossem impedidos de disputar a eleição, embora discorde do projeto.

“A Constituição Federal garante que ninguém pode ser condenado sem antes do processo transitar em julgado, mas respeito a vontade popular e me antecipo, abrindo espaço para a renovação”, disse o deputado, que afirmou que concluirá seus sete meses de mandato.

Canto disse que suas condenações são resultado de perseguição política. A maioria das ações contra ele são do período em que foi prefeito de Ponta Grossa, entre 1997 e 2000. “Para me derrubar, entraram com mais de 30 processos contra mim, e alguns acabaram me pegando”, disse. “Claro que cometi alguns erros, erros administrativos, de um jovem de 31 anos que assumiu a prefeitura sem experiência”, disse o deputado. “Há processos que respondo que acho que realmente devo”, afirmou.”

(Portal Terra)

Escritor Ruy Câmara pode ser lido na Índia

Do escritor Ruy Câmara, recebemos a seguinte nota:

Caro Eliomar de Lima,

Tenho a alegria de informar que meu romance “The Last Songs of Autumn” segue seu percurso internacional e agora está à venda na Índia.

Para um autor fincado no Ceará, essa conquista pode ser a vitória da arte pala arte mesma.  

Um abraço,

Ruy Câmara.

DETALHE – Ruy é também vice-presidente estadual do DEM.

Marina pede cautela sobre reajuste das aposentadorias

 “A senadora Marina Silva (PV-AC), pré-candidata à Presidência, afirmou nesta quarta-feira que o reajuste de 7,7% das aposentadorias deve ser pensado com muito cuidado e atenção por causa do “problema das contas públicas”. Apesar disso, ela lembrou que os aposentados têm direito de receber um pagamento para manter uma vida digna. “Não é só uma questão de aprovar, mas saber de onde vem o dinheiro”, afirmou a senadora, em entrevista ao programa “SBT Brasil”.

Na noite de ontem, o plenário da Câmara aprovou um reajuste de 7,7% aos aposentados. A proposta deve passar pelo Senado. O governo classificou a aprovação de eleitoreira. Na entrevista ao jornalista Carlos Nascimento, ela disse que espera chegar ao segundo turno. Para a senadora, sua divergência em relação à petista Dilma Rousseff e ao tucano José Serra está relacionada ao modelo de desenvolvimento. “Eu sempre digo temos a bênção de ter pessoas preparadas nessa eleição.”

A pré-candidata voltou a dizer que irá manter o que foi positivo no governo de Fernando Henrique Cardoso e no de Luiz Inácio Lula da Silva. “Não vou negar os ganhos dos últimos 16 anos”, disse ao ser questionada sobre o Bolsa-Família. Segundo ela, os ganhos do governo FHC foram com o Plano Real, enquanto de Lula, foram as políticas públicas. “Agora temos que ir para os programas sociais de terceira geração”, disse Marina.

A senadora voltou a defender o investimento na educação. “Estamos à beira de um apagão de recursos humanos”, afirmou a pré-candidata. Para ela, o modelo do agronegócio atual não é sustentável e precisa se desenvolver. “Eu diria que é um modelo que precisa ser aperfeiçoado.” Marina afirmou que o MST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra) tem direito de fazer suas reivindicações, mas sem ferir as leis. “Temos que fazer a luta dentro do Estado de Direito.” Ela ainda criticou a discriminação ou a liberação das drogas.”

(Folha Online)

Coordenador da bancada cearense esclarece votação sobre reajuste de aposentados

O coordenador da bancada cearense no Congresso Nacional, deputado José Guimarães (PT), esclarece para o Blog que o índice de 7,72% de reajuste para os benefícios previdenciários de valor superior a um salário mínimo foi aprovado por “aclamação”, em votação simbólica, contando com o apoio de todos os deputados presentes à sessão, conforme encaminhamento dos líderes partidários. A votação ocorreu na noite desta terça-feira. O assunto consta da medida provisória 475/09.

Antes de aprovar os 7,72%, o Plenário, segundo Guimarães, rejeitou, por 193 votos a 166 e uma abstenção, a emenda do deputado José Maia Filho (DEM-PI) que propunha um reajuste de 8,77%. Alguns veículos de imprensa divulgaram o relatório de votação (nominal) desta emenda como se fosse resultado da votação do texto principal da MP. “Essa proposta era demagógica e irresponsável. Não teria nenhuma condição de ser aprovada pela Casa”, diz Guimarães.

O parlamentar lembra que o índice de 7,72% – que corresponde à inflação acumulada pelo INPC mais 80% da variação do PIB de 2008 para 2009, foi resultado do acordo feito com os aposentados e com o Senado. “Este valor foi o máximo que conseguimos aprovar. Não podemos comprometer as contas públicas dando um aumento demagogo, como queria o DEM”, explica Guimarães.

O relator da medida, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), líder do governo na Câmara, sugeriu em seu parecer, conforme o parlamentar, um índice de 7% de reajuste o que, de acordo com ele, representaria o dobro do que estava previsto, acima da inflação. No entanto, os deputados aprovaram a possibilidade de votação das emendas apresentadas ao texto. Com isso, o indice final de reajuste para os aposentados foi alterado.

“Fizemos um cálculo a partir da capacidade da Previdência. A Lei de Responsabilidade Fiscal prevê que para estabelecer um aumento de despesa para o Orçamento Público, especialmente tratando-se de despesa de natureza continuada, exige-se a indicação do correspondente aumento de receita permanente”, explica Guimarães.

Aprovada MP que reajustou salário mínimo para R$ 510,00

“A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (5) a Medida Provisória que reajustou o salário mínimo para R$ 510, a partir de janeiro deste ano. O projeto segue agora para o Senado Federal.O valor do reajuste, que já está em vigor, foi mantido pelo Congresso. O relator, Pepe Vargas (PT-RS), fez mudanças no texto apenas em relação a reajustes para os próximos anos.

O petista retirou do texto a previsão de reajuste para o próximo ano, que seria apenas da inflação deste ano. “Assim, a gente ganhou tempo para negociar com o governo para conseguir um valor maior na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e também no Orçamento”.

O texto aprovado pela Câmara prevê ainda que, até março de 2011, o Executivo envie um projeto definindo uma política para reajustes do mínimo até 2023.”

(Portal G1)

PT nacional quer partido no Maranhão apoiando Roseana Sarney

Flávio Dino X Rosean Sarney e seu passado.

“O presidente nacional do PT, Eduardo Dutra, disse, nesta quarta-feira, que o PT do Maranhão terá de realizar um novo encontro para definir quem o partido irá apoiar para o governo do Estado. No mês anterior, o PT garantiu apoio à candidatura do deputado federal Flávio Dino (PC do B) em detrimento da reeleição de Roseana Sarney (PMDB).

Entretanto, o diretório do partido no Estado, “que também é legítimo”, deliberou pela participação no governo de Roseana, segundo Dutra. O PT ocupa três secretarias no Estado. O deputado Domingos Dutra (PT) ameaça fazer uma greve de fome se o PT mudar de posição.

Segundo a coluna Painel noticiou, ele já iniciou os preparativos e há dias só come farinha com camarão seco, dieta que ajuda o organismo a enfrentar a greve de fome.

A Folha apurou que a direção do PSB está reunida com a do PC do B, que também resiste em desistir da candidatura, pois alega que o único candidato a governador do partido é Flávio Dino.”

(Folha Online)

Câmara rejeita emenda ao projeto Ficha Limpa

“O plenário da Câmara dos Deputados rejeitou, nesta noite de quarta-feria, por 207 votos contrários, 175 favoráveis e uma abstenção, uma emenda ao projeto Ficha Limpa, que exigiria dos membros do Ministério Público que desejam concorrer nas eleições que abram mão das funções um ano antes do pleito. A Justiça Eleitoral exige que os candidatos à eleição tenham pelo menos um ano de filiação partidária antes do pleito. Também é exigido que o candidato não tenha ocupado cargo público nos últimos seis meses.

A regra para os membros do ministério Público, porém, é diferente. Para eles, o tempo de filiação partidária exigido é bem menor: seis meses. Isso acontece porque membros do Poder Judiciário não podem ser filiados a partido político. Assim, a lei entende que eles só poderiam ingressar num partido depois que a lei exige deles deixar o cargo público, o que acontece apenas seis meses antes da eleição.

Este foi o primeiro destaque ao texto votado esta noite. Outros onze destaques ao texto ainda precisam ser analisados antes de o projeto seguir para o Senado. Ontem à noite, a Câmara aprovou o texto-base do projeto. O projeto Ficha Limpa barra a candidatura de políticos condenados na Justiça por decisão colegiada.”

(Agência Estado)

No Dragão do Mar, uma exposição sobre a cultura judaica

O Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura abriu, nesta noite de quarta-feia, a exposição “Criptojudeus”. O evento, uma promoção do Grupo Raízes do Brasil, mostrará um pouco da cultura judaica, artigos religiosos, músicas e vídeos que dão um vislumbre de uma cultura milenar que contribuiu com a formação da sociedade nordestina nos períodos pré-colonial e colonial, como também em vários ramos das artes e das ciências mundiais.

A proposta é mostrar, até o dia 23 deste mês, a história que não deve ser esquecida: a dos conhecidos como marranos ou cristãos novos; a história de imigrantes judeus de várias localidades da península Ibérica e da Europa, nos períodos da chamada Santa Inquisição Católica.

As peças expostas trazem traços da história dos Criptojudeus que, no final do século XV, foram obrigados a se converter ao Cristianismo na Espanha e em Portugal e mantiveram em segredo a prática do Judaísmo. O organizador é Savig Simona.

SERVIÇO

Local: Espaço Mix do Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura.

Com Ciro engajado à campanha no Ceará, PT vira coadjuvante?

Com o título “PT: jogado para o fundo do palanque”, eis mais um artigo do publicitário Ricardo Alcântara. Para ele, Ciro Gomes (PSB) mergulhará na campanha estadual e, assim, fará com que o PT acabe coadjuvante. Confira: 

Não há ambiente para a presença de Ciro Gomes na agenda nacional da campanha de Dilma Rousseff à presidência e partiu dele mesmo todas as iniciativas para que tudo terminasse assim.
 
Embora instalado na bancada paulista, Ciro encontrará seu oportuno refúgio político no Ceará mesmo, onde deverá coordenar a campanha do seu irmão, Cid Gomes, em busca da reeleição ao governo do estado.
 
Excelente notícia para Tasso Jereissati: terá em sua campanha a presença full time do seu mais entusiasmado apoiador. E péssima para o PT por razões tão óbvias que o respeito à sua inteligência nos impede de mencionar.
 
O silêncio com que a tudo assiste a direção petista indica inclinações opostas de conduta: uma, a aceitação passiva da humilhação, estranha à tradição partidária; outra, a tranqüilidade de quem já tem posição unificada. A ver.
 
São cada vez mais ostensivas as demonstrações de que o PT não será tratado pelo Palácio Iracema com as melhores honras da casa quando chegar o momento de colocar as cartas na mesa. O “bode fedido” vai estar por lá.
 
Assim como maracujina não pode acalmar uma pessoa como Ciro Gomes, há quem acredite que caldo de galinha também não entra na dieta dos petistas quando o nome de Tasso Jereissati se encontra na lista dos comensais.
 
Já se pode ler, pela escrita de quem antes se mostrava otimista, sintomáticos apelos ao “bom senso” em nome dos “projetos comuns” entre governo e prefeitura – argumento próprio às circunstâncias de limite.

PR quer agora Pimentel disputando o Governo e Lúcio postulando o Senado

O prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, afirmou, nesta quarta-feira, que o Partido da República não desistiu de tentar construir uma chapa em oposição à reeleição do governador Cid Gomes (PSB). “Nós trabalhamos para preservar a democracia em nosso Estado e oferecermos uma opção ao eleitorado”, disse Pessoa.

Ele revelou que o Partido da República vem conversando com “a parte do PT não governista” sobre a possibilidade de fechar uma dobradinha em torno do nome do deputado federla José Pimentel para governador e Lúcio Alcântara, dirigente do PR para oSenado “ou vice-versa, dependendo da evolução da conversa”.

Roberto Pessoa não especificou se a prefeita Luizianne Lins seria o PT governista, já que ela vem defendendo o apoio à reeleião de Cid Gomes, preferindo dizer que há essa conversa entre Lúcio Alcântara e José Pimentel que, não tendo viabilidade para o Senado, poderia tentar o Governo nessa parceria com Lúcio.

“Essa dobradinha estamos tentando construir porque a tendência é os Ferreira Gomes querer apoiar o Serra e nós achamos que a Dilma Rousseff tem que ter palanque”, expõs o prefeito de Maracanaú. Esse assunto foi, inclusive, discutido entre Lúcio e Roberto durante café da manhã na última terça-feira.

Na última terça-feira à noite, Maracanaú recebeu a visita do governador Cid Gomes (PSB) que ali assinou ordem de serviço para construção de uma Policlínica e de um Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). Esses projetos devem ser tocados por um consórcio de prefeituras da Região Metropolitana com o Governo, segundo Pessoa e devem ficar pronto no prazo de um ano. Com Cid, nada de assuntos políticos, garantiu o prefeito.

Seduc paga professores temporários na 3ª feira

A Secretaria da Educação Básica do Estado vai pagar o atrasado dos 218 professores temporários das escolas de educação profissional na próxima terça, 11. Anunciou, agora à tarde, para o Blog a área técnica da pasta, que esteve reunida com lideranças da categoria. O problema foi um dos destaques no O POVO desta quarta-feira.

O atraso no desembolso foi resultado de problemas burocráticos na entrega da documentação por parte de alguns professores, o que já foi regularizado nas últimas horas pela grande maioria.

O pagamento sairá para docentes cujos contratos foram analisados até o fim desta tarde, já que entregaram a documentação em tempo hábil. Quem não entregou, só vai ser incluído na próxima folha. Mas ninguém ficará sem salário, reitera a pasta da Educação estadual.

Cid Gomes recebe o MST

O governador Cid Gomes (PSB) recebeu, nesta tarde de quarta-feira, no Palácio Iracema, lideranças do MST. Na ocasião, foram discutidos problemas provocados pela chamada seca verde nos assentamentos, além de questões ligadas ao Seguro Safra.

Cid Gomes informou que está disposto a colaborar com os trabalhadores em situação de dificuldades, mas informou que há 172 municípios inscritos no Seguro Safra, dos quais 96 estão inadimplentes, o que exige a normalização dessa situação para que haja liberação do benefício.

Lideranças do MST informaram ter conseguido negociar projetos no valor de R$ 14 milhões, além da promessa do governador de apurar o assassinato do líder comunitário José Maria Filho, que lutava contra uso de agrotóxicos na Chapada do Apodi, em Limoeiro do Norte.

Já o governador prometeu apoio aos trabalhadores do MST, mas disse que isso exigirá também que os prefeitos saiam da inadimplência com o Seguro Safra. O MST deixou dúvida quanto à possibilidade de deixar Fortaleza.

Cid Gomes está reunido com a cúpula da Associação dos prefeitos e Prefeituras do Ceará (Aprece) alertando sobre tal providência.

Eudes Xavier justifica ausência em votação do projeto "Ficha Limpa"

Da Assessoria de Imprensa do deputado federal Eudes Xavier (PT), recebemos a seguinte nota:
Caro Eliomar de Lima,

Informamos aos leitores do Blog que a ausência do deputado Federal Eudes Xavier (PT) às últimas votações da Câmara foi justificada. O parlamentar foi convidado a participar, em missão oficial, nos dias 3, 4 e 5 de maio, da I Conferência Temática de Finanças Solidárias, promoção do Banco do Nordeste do Brasil, que ocorre em Fortaleza, Ceará.

Eudes Xavier é coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Economia Solidária na Câmara dos Deputados, por isso o convite. Apesar da ausência, informamos a quem for de interesse que a posição do deputado é favorável ao projeto “Ficha Limpa”.

PSB anuncia apoio oficial a Dilma no próximo dia 21

Eduardo e Dilma com o cearense Roberto Amaral.

“O apoio oficial do PSB à pré-candidata à Presidência, Dilma Rousseff (PT), ocorrerá no próximo dia 21 em reunião da executiva do partido em Brasília. A decisão foi anunciada há pouco após almoço entre os integrantes da cúpula do PT, PSB e Dilma em um hotel de Brasília.

“Vou ter parceiros reais nessa empreitada. É uma decisão estratégica para nós”, ressaltou Dilma.

A pré-candidata também falou que vai procurar se aproximar do deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) que abriu mão da disputa pelo Planalto. Ao ser informado da saída do páreo, no final de abril, Ciro disparou contra Dilma ao dizer que o pré-candidato José Serra (PSDB) é mais preparado.

“Respeito e admiro o deputado e ex-ministro Ciro Gomes. Tenho certeza que nós sempre estaremos do mesmo lado. Farei a maior questão de sempre procurá-lo”, afirmou Dilma.

Apesar de se dizer disposta a falar sobre as alianças partidárias, Dilma se esquivou de comentar sobre o possível veto que o presidente Lula pode dar à Medida Provisória (MP) que reajustou em 7,7% os rendimentos dos aposentados que ganham acima de um salário mínimo.

A MP foi aprovada ontem(4) pela Câmara e foi encaminhada para análise do Senado.

“Nunca fiz, nem farei considerações a respeito dos atos que o presidente vai tomar”. 

Presente no almoço de hoje, o presidente do PSB e governador de Pernambuco, Guilherme Campos, defendeu um maior espaço nas decisões da campanha presidencial.

O partido tem pré-candidatos ao governo de onze estados.

“Tem que tratar os partidos com o mesmo peso. É preciso que a construção de um programa não fique só entre PT e PMDB”, ressaltou Campos.

Embora busque uma participação ampla nas decisões da base aliada, Campos adiantou que está fechado com o candidato do PSDB ao governo do Rio Grande do Sul, Beto Richa.

“A relação do PSB com Beto Richa é de muitos anos. Vamos votar no Beto Richa e fazer campanha para Dilma. Qual é o problema?”, ponderou Campos.”

(Blog do Noblat e foto de Humberto Pradera)