Blog do Eliomar

Últimos posts

Fortaleza terá Circuito Ciclístico Sest/Senat neste domingo

Neste domingo, com saída a partir das 7h30min, da Arena Castelão, haverá o Circuito Ciclístico Sest/Senat. O evento, com público estimado de 800 pessoas, faz alusão ao Dia Mundial sem Carro, celebrado em 22 de setembro, e tem por objetivo de promover momentos de lazer e melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores do transporte, seus dependentes e comunidade em geral.

Serão 17 etapas com passeios de 8 km e 12 km, em diferentes cidades do Brasil.

Por aqui, Chiquinho Feitosa, presidente da Federação das Empresas de Transportes do Ceará, Piauí e Maranhão (Fetrans), e Denise Barbosa, diretora do Sest/Senat Fortaleza, comandarão o ato.

(Foto – Paulo MOska)

Show de Chico Buarque – Menor de 16 anos só entra com pais ou responsável

95 1

Foto: Leo Aversa

A juíza Mabel Viana Maciel, respondendo pela Coordenadoria das Varas da Infância e Juventude da Comarca de Fortaleza, resolveu permitir a entrada de crianças e adolescentes no show do Chico Buarque, que acontecerá nesta sexta e sábado (21 e 22/09), no Centro de Eventos, desde que os menores de 16 anos estejam acompanhados dos pais ou responsável ou de acompanhante com mais de 18 anos, com expressa autorização dos pais ou responsável. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

A referida autorização deve ser por escrito e estar acompanhada do documento de identificação dos pais ou responsável. Já os adolescentes maiores de 16 anos poderão entrar e permanecer no evento desacompanhados. As crianças e adolescentes, os pais, responsáveis legais e acompanhantes deverão portar documento de identidade. Os tutores, curadores e guardiães deverão exibir o original ou cópia autenticada dos respectivos termos de tutela, curatela ou guarda.

A determinação consta na Portaria nº 05/2018, publicada no Diário da Justiça dessa quinta-feira (20/09). Na medida, a magistrada levou em consideração que a Constituição da Federal de 1988, no seu artigo 227, preceitua que é dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta propriedade, os direitos fundamentais da pessoa humana. Além disso, é competência da autoridade judiciária disciplinar a entrada e permanência de crianças e adolescentes em casas de diversões e espetáculos públicos, nos termos do artigo 149 da Lei nº 8.069/1990 – Estatuto da Criança e do Adolescente

Brasil gerou em agosto 110,4 mil empregos de carteira assinada

105 1

O Brasil gerou em agosto 110.431 empregos com carteira assinada. Este é o melhor resultado para o mês nos últimos cinco anos. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, ao todo, foram registradas 1,353 milhão de contratações e 1,242 milhão de demissões.

No acumulado do ano, segundo o governo, foram criadas 568,5 mil vagas formais. A informação é do Portal G1.

Setores

Segundo o governo, em agosto, houve abertura de vagas em sete dos oito setores da economia. O setor de agropecuária foi o único em que houve mais demissões do que contratações. O maior número de empregos criados foi no setor de serviços. Confira:

Serviços: + 66.256
Comércio: + 17.859
Indústria de transformação: + 15.764
Construção civil: + 11.800
Serviços industriais de utilidade pública: +1.240
Extrativa mineral: +467
Administração pública: + 394

Ministério da Defesa estima que até 14 estados podem pedir tropa federal para as eleições

O ministro da Defesa, general Joaquim Silva e Luna, disse hoje (21) que nove estados já pediram ajuda das Forças Armadas para a segurança nas eleições de 2018. Segundo o ministro, a previsão de sua pasta é que o número de pedidos possa chegar a 13 ou 14. Ele afirmou que todas as solicitações serão atendidas.

Luna participou da 15º Conferência Internacional de Segurança do Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro, e disse que um contingente de até 30 mil militares pode ser empregado para garantir a segurança durante o deslocamento de eleitores e de urnas eletrônicas. “Estamos trabalhando para que a eleição transcorra em clima de normalidade e para que as pessoas possam se deslocar para o local de votação.”

O ministro disse ainda que as Forças Armadas não têm que aceitar ou não aceitar o resultado da eleição, mas apenas garantir que as instituições funcionem. Ele destacou que “a Bíblia das Forças Armadas é a Constituição Federal” e que não existe risco de os militares não reconhecerem o resultado do pleito. “Não há risco nenhum de as Forças Armadas quererem aceitar ou deixar de aceitar aquilo que é legal ou institucional”, disse ele, que complementou: “Tem mais é que garantir as instituições funcionando normalmente e, quando solicitadas, garantir a lei e a ordem”.

O ministro respondeu a jornalistas sobre uma declaração dada pelo comandante do Exército, general Eduardo Villas Boas, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo. Na entrevista, o Villas Boas afirmou que o atentado contra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) contribui para criar dificuldades para que o novo governo tenha estabilidade e pode gerar até questionamentos à legitimidade da eleição após a divulgação do resultado.

Luna e Silva disse que a fala foi conciliatória e expressa a preocupação de todos os brasileiros de que a a eleição deve transcorrer em clima de normalidade.

(Agência Brasil)

Suicídio é tema de painel interdisciplinar na UFC

O Colégio de Estudos Avançados (CEA) da Universidade Federal do Ceará promoverá quarta-feira, 26, das 16 às 18 horas, no auditório da reitoria da Instituição, o quarto Painel Interdisciplinar. O tema será “Diálogos sobre o suicídio”. Os conferencistas convidados são Cristian Paiva, psicólogo, psicanalista e docente do Departamento de Ciências Sociais, e Fábio Gomes de Matos, psiquiatra, docente da Faculdade de Medicina e coordenador do Programa de Apoio à Vida (PRAVIDA). A informação é da assessoria de imprensa da UFC.

O painel apresentará conteúdos sobre a questão da preocupação com a vida como tema central nas formas de governo e de saber a partir da modernidade. Serão tratadas algumas contribuições da sociologia para pensar hoje o problema do suicídio como sintoma do mal-estar nos laços sociais e nas instituições contemporâneas. O enfrentamento dos preconceitos, estigmas e tabus e a necessidade de mudanças com vistas a uma ação mais propositiva para a prevenção do suicídio também serão apontados no painel.

SERVIÇO

*Mais informações podem ser acessadas no site do CEA (www.cea.ufc.br) e em sua página no Facebook (facebook.com/cea.ufc).

*Colégio de Estudos Avançados (CEA) da UFC – (85) 3366 9218.

(Foto – Ilustrativa)

Lagoa de Messejana terá dia de ação social neste sábado

A UniAteneu promoverá, a partir das 8 horas deste sábado, 22, uma ação social na praça da Lagoa da Messejana, em Fortaleza.

O evento, que faz parte da “Campanha da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular”, contará com a participação de professores e alunos dos cursos de Psicologia, Fisioterapia, Educação Física, Nutrição e Enfermagem do Centro Universitário.

Na ocasião, serão ofertados serviços como aferição de pressão, glicemia, orientações nutricionais, dicas de alimentação saudável, entre outras coisas, além de um trabalho de conscientização acerca do Setembro Amarelo, mês dedicado à prevenção do suicídio.

(Foto – Divulgação)

E por falar em fanatismo político…

128 3

Com o título “Fanatismo político, facas e a eleição presidencial”, eis artigo de Caarina Rochamonte, professora da Uece. Em seu texto, ela diz: “Espero que em breve não tenhamos que escolher entre um militar que saúda uma ditadura do passado e um partido que apoia uma ditadura do presente”, refere-se ao PT. Confira:

O atentado, amplamente divulgado e comentado, teve por alvo o candidato a presidente Jair Bolsonaro e o seu agente foi um fanático político, Adélio Bispo. Constatar o fanatismo político do indivíduo em questão não significa porém, negar a existência de um mandante do crime e todos os indícios indicam para algo mais complexo do que o surto isolado de um psicopata. É muito suspeito, por exemplo, que um “lobo solitário” tenha à sua disposição, imediatamente após o atentado, os serviços de quatro caríssimos advogados e é muito sintomático que o fanatismo político tenha se revelado não apenas no criminoso mas também nas sentenças impiedosas que jornalistas, artistas, professores universitários e formadores de opinião em geral vomitaram nas suas redes sociais após o atentado. Frases do tipo “sou totalmente contra a violência, mas faltou acabar o serviço” ou “um pouco mais de sorte e competência para o próximo esfaqueador” proliferaram nas redes sociais.

O acinte, por sua vez, ao qual nos referimos ocorreu na distante Turquia, e foi praticado por um político fanático cujo deboche e indiferença em relação à miséria do seu povo acabou por indignar também os brasileiros que se compadecem do sofrimento dos irmãos do país vizinho. O ditador venezuelano, Nicolás Maduro, foi filmado sendo servido de suculentas carnes em um restaurante de luxo em Istambul, um dos mais caros do mundo, que cobra cerca de 1.000 dólares por refeição, tendo sido servido pessoalmente pelo célebre chef Nusret Gökçe, mais conhecido pelo apelido de Sal Bae. O que mais chama atenção no vídeo difundido na internet, divulgado pelo próprio Salt Bae, é a destreza deste chef no corte das carnes e a empáfia de Nicolás Maduro com seu charuto cubano. Por isso dizemos que foi um “acinte à faca”.

O que há, porém, de extraordinário em alguém ser servido por um chef em um restaurante de luxo? Da mais baixa e ordinária inconveniência política há o fato de que Nicolás Maduro é presidente de um país que está afundado na miséria e na fome, cujo povo está comendo carne estragada para conseguir obter a proteína necessária ao seu organismo.

Mas o que o repasto de luxo de Maduro tem a ver com o processo eleitoral brasileiro? Ora, o regime do acintoso, debochado e cruel ditador Nicolás Maduro é produto de uma concepção política chamada “Socialismo do Século XXI”, “chavismo” ou “bolivarianismo” e é sabido que correntes e partidos políticos da esquerda brasileira apoiam abertamente tal regime como é o caso do PT, cujo candidato à Presidência apresenta-se, pelas últimas pesquisas, com grandes chances de disputar o segundo turno com o candidato que sofreu o ainda não explicado atentado à faca.

Alguns afirmam que a eleição de Bolsonaro é um risco para a democracia. Nós afirmamos que a eleição do fantoche de Lula não é apenas um risco para a democracia brasileira, mas a sua sentença de morte. Espero que em breve não tenhamos que escolher entre um militar que saúda uma ditadura do passado e um partido que apoia uma ditadura do presente.

*Catarina Rochamonte

catarina.rochamonte@gmail.com

Doutora em Filosofia e professora da Universidade Estadual do Ceará (Uece)

Fortaleza ganha mais um plano odontológico: Clin Plano Odonto Digital

 

Fortaleza está ganhando mais uma opção de plano odontológico. Chegou ao mercado a Clin Plano Odonto Digital, que tem matriz no Recife e em mais seis Capitais do País.

Breno Neves, CEO da Clin, conversou com a reportagem do Blog e deu detalhes sobre a operadora que, na Capital cearense, tem sede no Edifício Etevaldo Nogueira, na avenida Dom Luís, 807, 20º andar.

Arrecadação de tributos da União superou R$ 109 bilhões em agosto

96 1

A União arrecadou R$ 109,751 bilhões em agosto, um crescimento real (descontada a inflação) de 1,08% comparado a igual mês do ano passado. No acumulado do ano, a arrecadação chega a R$ 953,621 bilhões, com expansão de 6,94% em relação a igual período de 2017. É o melhor resultado tanto para o mês quanto no acumulado desde agosto de 2014. Os números foram divulgados hoje (22) pela Receita Federal.

As receitas administradas pela Receita Federal chegaram a R$ 107,182 bilhões, com aumento de 0,63% em relação a agosto do ano passado. De janeiro a agosto deste ano, o valor ficou em R$ 915,215 bilhões, alta de 5,68% em relação ao acumulado para o mês em 2017.

Segundo a Receita, o resultado pode ser explicado, principalmente, pela melhora do resultado das empresas e na redução de suas compensações de débitos, levando ao crescimento na arrecadação do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e de Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) de empresas não financeiras, de 10,53%. Em agosto deste ano, o IRPJ/CSLL chegou a R$ 14,639 bilhões, contra R$ R$ 13,244 bilhões em agosto de 2017.

Outros indicadores
A produção industrial em agosto cresceu 4,02% em comparação com agosto de 2017. No mês de junho, a queda chegou a 6,67%, em comparação com o mesmo mês de 2017, influenciada pela paralisação dos caminhoneiros no mês de maio. Em julho, o setor já havia apresentado melhora, com alta de 3,51% em comparação a julho de 2017.

As vendas de bens e de serviços registraram altas de 3% e 3,70%, respectivamente. A arrecadação de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) registrou alta de 28,78% em agosto na comparação com igual mês de 2017. Foram arrecadados R$ 14,639 bilhões em IPI.

Segundo a Receita, a massa salarial (soma dos salários na economia) teve aumento de 6,19% em agosto (fato gerador para o mês de julho), atualizado pela inflação oficial, houve aumento real de 1,63% dos salários. A arrecadação das contribuições para a Previdência Social caiu 0,56% em agosto na comparação com o mesmo mês de 2017, chegando a R$ 33,861 bilhões.

IRPF

Houve também crescimento de 22,02% na arrecadação sobre o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRRF) de residentes no exterior, em comparação com agosto do ano passado. Em agosto deste ano, o montante chegou a R$ 2,104 bilhões.

Entretanto, em agosto a arrecadação do IRRF sobre rendimentos de capital chegou a R$ 2,983 bilhões, com queda de 18,88% em relação a agosto de 2017. No primeiro semestre, a arrecadação chegou a R$ 32,444 bilhões, com queda de 16,38%.

Segundo o chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita, Claudemir Malaquias, a diminuição é explicada pela queda dos juros. “A redução de juros faz com que os rendimentos de aplicações diminuam, por isso identificamos claramente o efeito na arrecadação desse tributo”, disse.

O desempenho foi influenciado ainda pelas receitas não administradas pelo Fisco, que incluem royalties do petróleo, que cresceram 24,63% de agosto de 2017 para este ano. Foram arrecadados em agosto R$ 2,569 bilhões.

Resultados negativos

Por outro lado, houve queda de 69,82% na arrecadação com programas de regularização tributária. Com esses programas, a Receita arrecadou R$ 1,071 bilhão em agosto. No mesmo mês de 2017, o valor foi de R$ 3,548 bilhões. De acordo com Malaquias, em agosto do ano passado houve uma grande parte da entrada dos parcelamentos, um valor atípico para o mês, que influenciou o resultado para este ano.

Já no acumulado do ano, essa arrecadação cresceu. Foram R$ 15,648 bilhões arrecadados até agosto de 2018, alta de 98,32% em relação ao mesmo período de 2017.

O resultado acumulado no ano também teve impacto positivo de 88,72% das alíquotas do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre combustíveis, que entraram em vigor no fim de julho do ano passado. De janeiro a agosto, a arrecadação chegou a R$ 19,528 bilhões, contra R$ 10,348 bilhões no mesmo período de 2017.

As ações de cobrança de contribuições previdenciárias em atraso e depósitos judiciais também contribuíram para o aumento da arrecadação no ano. No período de janeiro a agosto de 2018, foram R$ 68,7 bilhões. Esse resultado é 10,2% superior ao mesmo período de 2017.

Tanto para o mês de agosto quanto no acumulado do ano, houve queda na arrecadação da Cide sobre combustíveis. No mês foram arrecadados R$ 197 milhões, queda de 63,27% em relação aos R$ 535 milhões de agosto de 2017. No ano a arrecadação desse tributo somou R$ 2,994 bilhões, valor 25,44% menor que o acumulado de 2017.

De acordo com o Malaquias, essa diferença é explicada por dois fatores. O primeiro é a atualização da base, já que a Cide é um tributo com uma alíquota fixa, não há correção e o valor tende a ficar defasado. O segundo fator é que, desde maio, há o efeito da redução de R$ 0,05 por litro de diesel consumido, medida adotada para encerrar a paralisação dos caminhoneiros.

O chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita explicou ainda que, excluindo os fatores não recorrentes, como os parcelamentos, não há uma variação expressiva destoando da trajetória de crescimento em 2,26% ao mês e 6% no acumulado do ano.

(Agência Brasil)

PPS deve expulsar prefeito de Groaíras por infidelidade partidária

194 2

O PPS do Ceará decidiu, nesta sexta-feira, em sua sede, durante reunião da executiva estadual, expulsar dos seus quadros o prefeito de Groaíras, Wellington Vasconcelos. O motivo é um só: infidelidade partidária.

Segundo o presidente regional da legenda, Alexandre Pereira, Wellington havia fechado compromisso de apoiar nomes do PPS para cargos proporcionais, mas, na prática, fechou com nomes de outras legendas.

“Esse tipo de atitude não admitimos. Havia acerto com o prefeito, único que temos no partido, e ele descumpre sem dar qualquer satisfação. Infidelidade a gente resolve com expulsão”, afirmou Alexandre Pereira para o Blog.

A oficialização da medida passará, no entanto, pelo Conselho de Ética, onde o prefeito deve apresentar sua defesa.

Ex-secretária Nicolle Barbosa inaugura comitê em Fortaleza

Com Lia Gomes, com quem faz dobradinha.

A ex-secretária do Desenvolvimento Econômico e ex-presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico do Estado, Nicolle Barbosa, agora candidata a deputada federal pelo PSC, inaugura, a partir das 19 horas desta sexta-feira, seu comitê central.

O evento promete ter a presença de lideranças da base aliada do governador Camilo Santana (PT).

SERVIÇO

*Comitê Central – Avenida Santos Dumont com Barão de Studart.

(Foto – Divulgação)

Fortaleza X Vila Nova – Divisor de águas

O Fortaleza pega nesta sexta-eira, a partir das 21h30min, na rena Catelão, o Vila Nova O jogo promete ser divisor de águas para o Leão que, nas últimas partidas, não tem atuado bem, o que desagrada a torcida e mesmo mantendo a liderança na Série B.

O narrador e comentarista esportivo Evaristo Nogueira, o “Homem Mau”, do Timão da Rádio O POVO/CBN, espera que o Fortaleza saia com a vitória e espante a crise.

Especialista diz que urnas eletrônicas podem ser fraudadas

133 1

Diego Aranha, professor de Engenharia da Computação da Unicamp e da Universidade de Aarhus, na Dinamarca, é um ferrenho defensor da tese de que é possível fraudar as urnas eletrônicas – mesmo que improvável dada a complexidade do sistema.

E Jair Bolsonaro, que começou a levantar essa bola nos últimos dias, sabe disso.

Correligionários começaram a repercutir falas de Aranha neste sentido. Em uma recente palestra, ele chegou a mostrar como hackear as urnas para se votar em Darth Vader, icônico vilão da saga Star Wars.

(Veja Online)

Fundação Mokiti Okada promove exposição e curso de ikebana em Fortaleza

Rachel Pessoa é da fundação.

A Fundação Mokiti Okada promove, neste fim de semana, em Fortaleza, atividades em homenagem ao Dia Nacional da Arte da Ikebana Sanguetsu. Nesta sexta e sábado, no Center Um, haverá curso sobre a arte da ikebana e horta caseira, além da distribuição gratuita de mini-ikebana entre os visitantes. Essa fundação é o braço cultural da Igreja Messiânica no Brasil.

Já neste domingo, no Jardim Japonês, na avenida Beira Mar, essas mesmas atividades vão se repetir a partir das 16 horas. Haverá, também a prática do o Johrei (método de canalização de energia espiritual, para a purificação do espírito), e distribuição gratuita de vasos com sementes orgânicas, que buscam incentivar a implantação de hortas caseiras em domicílios urbanos e rurais com o método da Agricultura Natural (método agrícola para o cultivo natural de alimentos, que preconiza o conceito de que a fertilização do solo consiste em fortalecer determinados nutrientes, vivificá-lo, para que assim apenas repasse toda a sua energia vital).

No Center Um, também exposição da arte ikebana.

SERVIÇO

*Mais informações sobre onde receber Johrei podem ser obtidas no site: www.messianica.org.br

*Mini currículo- Luciano Hetman.

(Fotos – Divulgação e Paulo MOska)

Ciro Gomes nos deve explicações

130 1

Com o título “Ciro Gomes nos deve explicações”, eis artigo de Ítalo Coriolano, jornalista do O POVO. Ele espera que a fala de Ciro Gomes dizendo que o Estado não quis acordo com facções para reduzir homicídios seja uma “bravata” do candidato para fugir do tema. Confira:

É muito grave a afirmação do candidato a presidente Ciro Gomes (PDT) sobre proposta de traficantes que, segundo ele, foi feita ao Governo do Ceará para reduzir número de homicídios. “Por que lá no Ceará homicídio está explodindo e os outros crimes não? Porque lá não se faz acordo. Você pensa que já não foi oferecida a nós a possibilidade de fazer acordo? Fecha os olhos para a passagem das drogas, que a gente dá um jeito de dar uma paz no terror”, declarou Ciro em entrevista à rádio O POVO/CBN no último dia 19, ressaltando que no governo de São Paulo esse tipo de acordo existe.

Algumas perguntas podem ser feitas a partir desta grave fala de Ciro. Quem, exatamente, chegou a fazer esse tipo de proposta? E de que forma? Um bilhete, um email, uma mensagem no WhatsApp, uma conversa tête-à-tête? Outra questão: quem teria recebido esse conteúdo? O Executivo chegou a negociar com criminosos? Por ser padrinho político do atual governador, Ciro tem acesso a informações privilegiadas? Os autores da ideia foram autuados? Que elementos o pedetista tem para acusar uma gestão de outro estado, comandada por um partido adversário, para acusá-lo de fazer acordos com grupo criminoso?

No tocante ao Ceará, autoridades procuradas pelo O POVO desconhecem a informação. Nem a secretária da Sejus, Socorro França, nem o diretor do Sindasp/CE, Natanael Andrade, nem presidente do Copen, Cláudio Justa, confirmam existir esse tipo de acordo. A vice-governadora do Ceará Izolda Cela (PDT), que também coordena o “Ceará Pacífico”, principal programa do Executivo com ações múltiplas de combate à violência afirma, “Não chegou ao meu conhecimento”.

Ora, se pessoas de dentro do Palácio da Abolição desconhecem essa suposta proposta, como Ciro Gomes chegou a ter informações sobre ela? E por que só agora tornou pública? Via assessoria, foram solicitadas ao ex-governador mais detalhes sobre o caso, que se resumiu a dizer que “o que ele tinha para dizer foi dito”. Entretanto, há, sim, ainda muita coisa a ser dita, e é dever do MP entrar no assunto para torná-lo mais claro.

O que se espera é que não seja mais uma bravata do pedetista para tentar escapar de algum tema que o incomoda. No caso, os alarmantes índices de assassinatos no Ceará. Em uma entrevista anterior, concedida ao Jornal Nacional, Ciro foi mais sensato quando tentou explicar a situação, alegando que a Polícia do Estado não estava preparada para a chegada das facções, que disputam diversos territórios. Ao menos cria menos constrangimentos para seus aliados aqui no Estado.

*Ítalo Coriolano

coriolano@opovo.com.br

jornalista do O POVO.

Campus do Pici recebe equipe do Vetmóvel para castração de cães e gatos

396 1

Uma equipe do Vetmóvel, da Prefeitura de Fortaleza, encontra-se no Campus do Pici, nesta sexta-feira. Ali, os profissionais realizam procedimentos como castração, vacinação antirrábica e testes de diagnóstico do calazar em animais que circulam pela área e em outros levados pelos moradores do entorno. O atendimento é gratuito, mas a castração restrita a cães e gatos que vivem dentro do campus.

Cerca de 100 estudantes, de cursos como Engenharia Ambiental, Química, Educação Física, Agronomia e Engenharia Civil, participam da ação como voluntários. A ação tem o apoio da Prefeitura Especial de Gestão Ambiental da Universidade Federal do Ceará.

(Foto – Ribamar Neto, UFC)

Gestora do Aeroporto Internacional Pinto Martins quer R$ 700 milhões do BNB

A Fraport Brasil, empresa gestora do Aeroporto Internacional Pinto Martins até 2047, decidiu tomar emprestado até R$ 700 milhões do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) para investir na modernização e ampliação do terminal. A decisão foi aprovada, por unanimidade, pela diretoria e por acionistas da companhia em assembleia geral extraordinária realizada no último dia 24 de agosto, na Capital cearense.

O crédito virá do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e será pago em até 20 anos. A expectativa é que a taxa de juros seja de 5,8% ao ano. As negociações entre Fraport e BNB começaram em fevereiro.

Além do financiamento das obras de modernização e ampliação do Aeroporto de Fortaleza, outras operações com a Fraport estão sendo analisadas pela instituição. Para 2018, o banco projeta contratar cerca de R$ 14,5 bilhões para projetos de infraestrutura no Nordeste.

Para pagar o financiamento de R$ 700 milhões, a Fraport constituiu algumas garantias durante a assembleia geral, como: cessão fiduciária de aplicações financeiras das contas bancárias a serem especificadas no contrato de financiamento, nos termos, condições e valores especificados pelo BNB; penhor das ações de emissão da companhia por sua acionista Fraport AG Frankfurt Airport Services Worldwide; cessão fiduciária dos recebíveis oriundos das receitas obtidas pela prestação de serviços de operação do aeroporto; cessão fiduciária dos direitos emergentes decorrentes das indenizações e demais valores devidos à empresa nos termos do contrato de concessão do terminal, celebrado com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac); e outras garantias de caráter pessoal ou real que estejam previstas ou sejam necessárias no contrato de financiamento.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) também estava disposto a financiar as obras, que são tocadas pelo consórcio Método e Passarelli desde abril. A escolha da companhia pelo BNB estaria ligada às taxas mais competitivas.

“Em entrevista concedida ao O POVO no mês passado, antes de a Fraport decidir pela contratação da operação de crédito, o presidente do BNB, Romildo Rolim, disse que estava otimista quanto ao acordo. “A parte do projeto que depende do Banco do Nordeste já foi concluída. Estamos aguardando a decisão da empresa, que está fazendo ajustes apenas no dimensionamento dos investimentos”, afirmou na ocasião.

A Fraport precisaria entregar a primeira etapa das obras de expansão e reforma do terminal existente em outubro de 2019. Mas solicitou à Anac que o prazo fosse estendido em seis meses, para abril de 2020.

(O POVO -Repórter Raone Saraiva/Foto – Jarbas Oliveira)

Raquel Dodge vai a Portugal tratar da extradição de delator

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, encontra-se na Europa. No roteiro, Madri e Lisboa, entre outros compromissos, para se encontrar com a chefe do Ministério Público português, María José Segarra, e tratar da extradição do operador Raul Schmidt. A informação é da Coluna Radar, da Veja Online.

Segundo equipes da Operação Lava-Jato, ele representava empresas internacionais e cansou de molhar a mão de diretores da Petrobras, como Renato Duque, Nestor Cerveró e Jorge Zelada.

A corte suprema portuguesa já havia autorizado a extradição, mas Schmidt recorreu da decisão. O sonho dourado da PGR é voltar para o Brasil com a data do julgamento da apelação do operador definida.

(Foto – Agência Brasil)