Blog do Eliomar

Últimos posts

No bloco Xô Dilminha

dillroo

E não faltou irreverência nem o tom da crítica no Carnaval deste Brasil. No Recife, neste sábado, em clima de desfile do Galo da Madrugada, houve quem se lembrasse da ministra Dlma Roussef de uma forma bem curiosa.

E Dilma, ao lado de Ciro Gomes, be longe de José Serra na Capital pernambucana, esteve no desfile do Galo distribuindo simpatias.

(Foto – JC Online)

Caso Arruda – PF faz operação e mira homem de Paulo Otávio

“O ex-policial civil Marcelo Toledo, um dos investigados da Operação Caixa de Pandora e ex-braço direito do secretário Durval Barbosa, pivô do escândalo do mensalão do DEM no governo Arruda, foi um dos alvos da operação de busca e apreensão que a Polícia Federal fez na manhã deste sábado de Carnaval, 13, em Brasília. Na prática, esse foco aproxima as investigações da PF ainda mais de Paulo Octávio, governador em exercício no lugar do licenciado e preso José Roberto Arruda.

Toledo trabalhou com Durval Barbosa na Secretaria de Assuntos Institucionais e foi um dos seus assessores de confiança. A secretaria era uma espécie de “bunker do caixa dois”, de onde o ex-secretário Durval comandava a máquina de arrecadação e distribuição de propinas. Nas investigações da Operação Caixa de Pandora, Toledo aparece cuidando dos interesses de Paulo Octávio no rateio do dinheiro da propina.

 

Nos depoimentos dados à PF, Durval aponta Toledo como um dos investigados que recebia propinas do esquema em nome de Paulo Octávio. Procurado, Toledo não quis se manifestar. Na manhã deste sábado, na casa do ex-policial civil, no Lago Sul, ninguém atendeu a reportagem. O novo foco da PF complica a vida do governador em exercício porque em outra fita, da coleção de gravações feita por Durval, já aparece Marcelo Carvalho, outro executivo da construtora e incorporadora imobiliária de Paulo Octávio, recebendo propina na sala do então secretário, ainda no governo de Joaquim Roriz (2003-2006).

 

A operação de buscas e apreensões atingiu 21 endereços de pessoas e órgãos públicos investigadas por envolvimento no esquema de corrupção no governo do DF. Determinadas pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), a pedido da Procuradoria-Geral da República, as diligências estão ligadas a fatos novos que complicariam ainda mais a situação do governador José Roberto Arruda, preso desde quinta-feira por tentativa de corrupção de testemunhas e obstrução das investigações. Todo o material apreendido foi levado para análise e perícia na Diretoria de Inteligência da PF.

 

Entre os locais devassados pelos policiais estão os palácios do Buriti, em Brasília e do Buritinga, na cidade satélite de Taguatinga, onde o governador despacha. Foram apreendidos documentos, planilhas, agendas e U$ 2,6 mil, além de R$ 1 mil.

 

Do total de mandados, 12 atingiram residências de investigados, cujos nomes não foram revelados pela PF, além do escritório da empresa Na Hora, que mantinha um contrato milionário com o governo do DF, no valor de R$ 12 milhões/ano.”

(Agência Estado)

Galo Político – Ciro, Eduardo e Dilma

cirodilmedu

Eis um flash captado no desfile do Galo da Madrugada, no Recife, o maior bloco do mundo: os presidenciáveis Ciro Gomes (PSB) e Dilma Rousseff (PT) entre o governador Eduardo Campos.

Foi um desfile de simpatias de Ciro e Dilma que, no entanto, provaram que precisam ser mais conhecidos do folião. Ciro reafirmou que disputará a presidência da República e Dilma, claro, disse que ali estava só para conferir o festão.

(Foto – JC Online)

Nova Russas aposta em forró elétrico

(Nova Russas) – O Carnaval de Nova Russas (Vale do Jaguaribe) promete ser o mais animado dessa Região do Ceara, segundo o prefeito Marcos Alberto. Isso, porque a administração investiu em bandas locais que prometem o chamado “Carnaval elétrico”.

Na lista das bandas, estão Garota Safada, Forró Sacode, Forró Estourado, Forró Real e Tikabana.

O Bloco de Fátima

fatima

E não há Carnaval que faça o fiel se esquecer de que, a cada dia 13, tem um compromisso marcado: rezar e pagar ou fazer promessas para Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza.

Durante todo este sábado ocorrem missas na Igreja de Fátima, na avenida 13 de Maio, com direito a várias barraquinhas com produtos religiosos. As missas se encerram agora a noite.

(Foto – Paulo Moska)

Caucaia espera 30 mil foliões por noite

black

Tem início nesta noite de sábado o Carnaval de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza). Uma das atrações é o cantor Renato Black, conhecido de folias cearenses e que promete não apenas o ritmo dos carnavais atuais, mas também marchinhas do passado.

Renato, na foto com o jornalista Paulo Tadeu, fundador de maracatus como o Nação Iracema, vai se apresentar também no domingo, numa agenda que inclui vários grupos locais.

A Prefeitura de Caucaia faz a folia na Avenida Litorânea e espera a presença de 30 mil foliões por noite. 

(Foto – Paulo Moska)

Serra passa por Recife e procura cheiro de povo

“Na sua passagem pelo Carnaval do Recife o governador de SP e presidenciável José Serra (PSDB) tratou de afastar qualquer rumor de que não tem apreço pelo população e festas nordestinas.  Boa parte de sua estadia foi de contato direto com o público. A passagem dele durou cerca de uma hora, quase a metade caminhando junto ao povo. Além fazer, a pé, por cerca de cinco minutos, o trajeto até chegar ao camarote oficial do Galo da Madrugada, o governador pediu para circular mais uma vez no chão antes de ir embora.

Atendido no pedido, desceu do camarote acompanhado pela comitiva da oposição. Foram cerca de quinze minutos de mais cumprimentos, fotos e acenos , sempre aparecendo lado a lado com o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB), provável candidato ao Governo do Estado.  O percurso se deu no entorno do camarote, mas gerou tumulto e empurra-empurra dificultando a continuidade. Serra chegou até a conversar descontraidamente com foliões.

O candidato tucano seguiu para a Bahia onde confere no circuito Barra-Ondina o carnaval daquele estado. Segundo o deputado federal Jutahy Magalhães (PSDB/BA), a programação cogitada no Rio de Janeiro não mais ocorrerá e o governador retorna para São Paulo.”

(Folha de Pernambuco Online)

Maracatu Vozes da África é atração em Palmácia

mafracat

A Prefeitura de Palmácia oferece nesta segunda-feira à população ó melhor da tradição do Carnaval do Estado: um show do Maracatu Vozes da África. O show começa a partir das 18 horas na praça principal do município.

O prefeito Cláudio Martins prestará uma homenagem a dois filhos da terra que não deixam morrer a cultura do maracatu: AirtonLuz (in memorian) e o jornalista Paulo Tadeu, um dos fundadores do “Vozes da Africa”.

Blog Serviço

* Envie notícias do Carnaval de sua cidade para eliomarmar@uol.com.br ou elo fone 99848263.

Bloco "Mel na Menu" agita Meruoca

(Meruoca) – A Serra da Meruoca contará, pelo quinto ano consecutivo, com o bloco “Mel na Meru” animando o Carnaval naquela banda do Estado. Criado em 2006 por jovens sobralenses, o bloco quer resgatar os grandes carnavais vivenciados na região. Como já é tradição, os foliões vão se concentrar nesta segunda-feira, a partir das 16 horas, no Bar do João Raul, e sair pelas ladeiras da Meruoca às 17 horas, ao som de muito frevo e marchinhas. Às 18 horas, a festa do “Mel na Meru” continua numa uma área reservada com estrutura de palco, mesas, bar, iluminação, banheiros químicos e segurança.

O bloco “Mel na Meru”, de acordo com Sidney Girão, um dos organizadores do bloco, iniciou suas atividades com a intenção de reunir apenas familiares e amigos mais íntimos, mas a folia contagiou muita gente e, já no primeiro ano, mais de 120 pessoas aeriram à festa. 

DETALHE – O governador Cid Gomes vai sair nesse bloco. Ele já está, inclsuve, na Zona Norte.

Blog Serviço

* Envie notícias sobre o Carnaval de sua cidade pelo eliomarmar@uol.com.br ou pelo fone 99848263.

A tempestade FHC

fhccc

“Há quem o ame e quem o odeie. Mas uma coisa é indiscutível: no mundo da política, ninguém fica indiferente a ele. Quando o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) fala, os outros escutam. Foi o que ocorreu na semana passada, quando FHC assinou em sua coluna quinzenal no jornal O Estado de S. Paulo um artigo intitulado “Sem medo do passado”. Com o texto, ele entrou de vez na campanha eleitoral – e, pelo visto, não sairá dela tão cedo. Em dois movimentos, fez o que a oposição foi incapaz de fazer nos últimos sete anos: enfrentou duramente o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, acusando-o de “enunciar inverdades” e “distorcer” fatos para inflar as realizações do PT, e defendeu vigorosamente as conquistas econômicas e sociais do seu próprio governo (1995-2002), enfileirando estatísticas que revelam que o desempenho dos tucanos no poder foi muito mais positivo do que tenta fazer crer a propaganda oficial. FHC entrou nessa briga depois de o Palácio do Planalto alardear que tentaria reduzir a eleição a um processo plebiscitário, orientado a partir da comparação do governo dele com o de Lula. “O PT fica ameaçando o tempo todo comparar os governos, como se isso amedrontasse o PSDB. Isso é conversa. Com o artigo, mostrei ao nosso pessoal que é possível defender o que foi feito com toda a tranquilidade. Temos resultados para mostrar. Se o PT quiser ir para o pau, nós vamos para o pau”, diz Fernando Henrique.”

(Revista Veja)

Lulismo pode durar 30 anos

“Autor de um artigo que causou grande repercussão nos meios acadêmicos e políticos, o cientista político e ex-porta-voz da Presidência André Singer diz que as eleições presidenciais de 2010 serão o grande teste de força do lulismo. Para Singer, o lulismo alia um projeto de redistribuição de renda à manutenção da ordem social, o que atraiu eleitores conservadores e de baixa renda historicamente avessos ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Singer acompanhou Lula ao longo do primeiro mandato e estudou o comportamento eleitoral brasileiro nas cinco últimas eleições para presidente. Segundo ele, o lulismo reorganizou o eleitorado brasileiro e poderá virar uma força política hegemônica por décadas.

O lulismo pode sobreviver sem o Lula? Não é preciso uma liderança carismática à frente desse projeto político?
Singer – No lulismo existe um elemento de carisma, mas isso não é o mais importante. A importância do carisma é maior nas regiões menos urbanizadas do país, onde se tende a atribuir a capacidade de execução de um projeto a características especiais da liderança. Em regiões urbanizadas existe uma adesão mais racional ao programa político. Se minha análise estiver correta, o lulismo sobreviverá sem o Lula. Uma hipótese é que o lulismo vá desaguar no PT. Essa camada social que aderiu ao Lula pode lentamente começar a votar nos candidatos do PT a prefeito, governador, senador. Vejo indícios de que isso começou a ocorrer nas eleições municipais de 2008. O PT foi mal nas capitais, mas foi bem nas regiões metropolitanas de São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte. Isso pode sinalizar que o voto da camada de menor renda da sociedade está caminhando para o PT.”

(Revista Época)

Balanço das estradas

Oito acidentes foram registrados neste sábado em Fortaleza, até agora, segundo a AMC. Nenhuma vítima.

Nas rodoviárias estaduais, foram registrados 117 acidentes, com quatro feridos e um em estado greve.

Já a Polícia Rodoviária Federal registrou opito acidentes, com dois feridos.

VALE O LEMBRETE – Bebida não combina com direção.

Ciro: "É mais fácil boi voar do que Serra se identificar com o Nordeste"

Numa rápida entrevista, o presidenciável Ciro Gomes (PSB) afirmou, nesta manhã de sábado, no Recife, que não era adversário de Dilma Roussef (PT), a presidenciável da simpatia de Lula. Garantiu que ambos se respeitam e são amigos. 

Sobrou, no entanto, farpas para o governador de São Paulo e presidenciável tucano, José Serra, que também está no Recife.

“É importante que ele venha para que possa conhecer o mundo real pelo menos uma vezinha na vida. É muito mais fácil um boi voar do que ele (Serra) se identificar com o Nordeste. É questão de bofe”, disse Ciro, antes de sair no bloco Galo da Madrugada.

Nesse bloco, Ciro, Dilma e José Serra tiram casquinha do eleitorado. Cerca de um milhão de foliões brincam no bloco.

(Com Agências)

Veja – O Cerco a Ciro

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sitiou o socialista Ciro Gomes para forçá-lo a desistir da disputa pelo Planalto.

O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, deu início ao ataque, tentando isolar Ciro de seus velhos aliados.

Padilha cobrou do presidente do PCdoB, Renato Rabelo, uma declaração de apoio à candidata petista, a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.

Lula também orientou o PT paulista a fazer um apelo para que Ciro troque sua candidatura a presidente pela de governador de São Paulo.

Uma dezena de partidos foi arregimentada para entrar em ação, entre eles o próprio PSB de Ciro. O cearense adiou a reunião para depois do Carnaval.”

(Revista Veja)