Blog do Eliomar

Últimos posts

Caetano Veloso: “Marina não é analfabeta como Lula”

caetano

“À exceção de alguns momentos mais incisivos, Caetano Veloso deixou claro, na entrevista ao Estado, segunda-feira – antes portanto da morte de um de seus mestres Claude Lévi-Strauss -, no Rio, que a maturidade lhe subiu à cabeça. Uma boa sabedoria emerge, fácil, da sua tranquilidade interior.

O posicionamento rebelde do início da carreira, que às vezes assumia as cores da esquerda, deu lugar, hoje, a um discurso racional, realista. Que nada tem, no entanto, das desilusões de quem perdeu a esperança – e isso transparece, com força, quando anuncia sua opção pela candidatura de Marina Silva. “Não posso deixar de votar nela. É por demais forte, simbolicamente, para eu não me abalar. Marina é Lula e é Obama ao mesmo tempo. Ela é meio preta, é cabocla, é inteligente como o Obama, não é analfabeta como o Lula, que não sabe falar, é cafona falando, grosseiro. Ela fala bem.”

Sobre as mudanças propostas na Lei Rouanet, Caetano se esquiva: ” Eu sou daquelas moças… não estudei direito”, diz o artista que, na era da tecnologia, não usa sequer o celular, não gosta do Twitter, mas se comunica sempre por e-mail.

E cadê as novas pessoas com a força do talento de um Caetano, um Gil ou Chico? O mundo hoje é de gente pré-fabricada pelo marketing e meios de comunicação? Nada disso. Para Caetano, houve uma mudança tecnológica imensa e também desdobramentos históricos.

“Fico me perguntando: aqueles pintores que ficaram famosos, foram mais sagazes em seduzir príncipes ou reis, ou eram mesmo os mais talentosos? Ou foram os que combinaram melhor as duas coisas? Ou os que tiveram a sorte de encontrar um príncipe que gostou deles? A diferença hoje passa por outros canais.” E isso é bom ou é ruim? “Nem bom nem ruim, é o que é.”

Caetano volta a São Paulo amanhã para seu show Zii e Zie, no Citibank Hall. Que depois, em 2010, transformará em turnê internacional pela América Latina, EUA, Europa e talvez Austrália e Ásia. Só ao final dele é que pensará no futuro de seu futuro. Aqui, trechos da conversa.”

(Agência Estado)

Morre idealizador dos prédios da Receita Federal e Holding do Grupo J. Macedo

acacio

Morreu em São Paulo, nessa quarta-feira, um dos maiores arquitetos brasileiros da atualidade: Acácio Gil Borsoi. Nascido no Rio de Janeiro, filho, esposo, pai, avô e mestre de várias gerações de arquitetos brasileiros, Borsoi diplomou-se no fim dos anos 40, na Faculdade Nacional de Arquitetura da Universidade do Brasil.
 
Transferiu-se para o Recife com apenas dois anos de formado onde foi um profissional da mais alta relevância. Em Pernambuco, Borsoi participou de várias Diretorias e Conselhos do IAB-PE e foi escolhido como patrono do 19º Congresso Brasileiro de Arquitetos, uma homenagem dentre as várias manifestações de reconhecimento que já lhe foram prestadas ainda em vida. Dentre todas vale ressaltar o Colar de Ouro, comenda máxima da arquitetura brasileira, concedido pelo IAB Nacional, em 2006, pela sua contribuição para a arquitetura e urbanismo brasileiros.

Borsoi será cremado nesta quinta-feira em São Paulo. Posteriormente as cinzas serão trazidas para Recife, em data a ser divulgada.
 
BORSOI EM FORTALEZA

Várias de suas obras são referencias marcantes no panorama da arquitetura cearense, como a sede da Receita Federal, o Condomínio Residencial Granville, na Beira Mar de Fortaleza, a Residencia Benedito Macedo e a Sede da Holding J. Macedo.

MPF-CE acusa ex-prefeito de Senador Sá de mau uso de verbas do Fundef

“Duas construtoras, a ex-secretária de Educação e o ex-prefeito de
Senador Sá, são citados na ação de improbidade administrativa ajuizada
pelo Ministério Público Federal no Ceará. Isso, porque várias
irregularidades foram observadas na gestão dos recursos provenientes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério – Fundef, após fiscalização pela Controladoria Geral da União (CGU).

O ex-prefeito de Senador Sá, Sancho Rodrigues de Oliveira, a Épura Engenharia Ltda, a ex-secretária de Educação de Senador Sá, Maria de Jesus da Silva e a V&J Construções e Engenharia Ltda têm o prazo de 15 dias para se manifestarem, após notificação da Justiça Federal.

O procurador da República em Sobral Ricardo de Magalhães de Mendonça
identificou nas investigações feitas, a utilização dos recursos do
Fundef para pagamentos de despesas não relacionadas à manutenção do
ensino fundamental, que resulta de um total de R$60.166,58. Entre esses
pagamentos distantes da natureza, a que se destina o Fundef, estão os
honorários advocatícios, remuneração de Secretária de Educação, reforma
de creche, diárias de viagens de servidores municipais e até custeio de
festas municipais.

Também foi observado que na gestão do ex-prefeito de Senador Sá, Sancho
Rodrigues, houve a inexistência do processo de licitação para compra de
materiais escolares com a utilização dos recursos do Fundef. Segundo a
ação, o ex-prefeito alegou não possuir documentação para atestar a
licitação, porque na administração anterior não houve o repasse de
qualquer documento sobre licitação envolvendo recursos do Fundef.

Em seguida, o MPF conseguiu identificar um desencontro entre os valores
das notas de pagamento aos fornecedores e os montantes sacados nos
bancos credenciados com o município de Senador Sá. Não constava a
existência de uma relação direta entre os saques e os pagamentos
feitos pelos credores.”

(Siie do MPF)

Fortaleza pode ganhar mais um parque ecológico

Um parque de Fortaleza poderá sair do papel. Em uma área de 44.260 m2, localizado entre a Avenida Walter Bezerra Sá e as ruas Jornalista César Magalhães e Eliseu Becco Filho, com uma pequena parte já ocupada pelo Museu do Automóvel, o Parque Guararapes (antigo Bosque Ernesto Geisel) deverá ser, em breve, um novo espaço ecológico e de lazer da capital cearense.

Para a realização da obra, que foi autorizada em mensagem feita pelo Prefeitura de Fortaleza em 7 de novembro de 1975, foi elaborado um projeto paisagístico onde se prevê um conjunto de benfeitorias necessárias à revitalização daquela área.

Para mobilizar a sociedade e autoridades locais para a construção do Parque Guararapes, a Associação dos Moradores Amigos do Bosque realizará neste sábado, das 8 às 12 horas, o “Abraço ao Parque Guararapes”. As atividades serão concentradas na rua Jornalista César Magalhães, próximo ao Museu do Automóvel. 

PROGRAMAÇÃO

O Abraço ao Parque Guararapes vai promover atividades ecológicas e recreativas, como passeio a cavalo para as crianças com guia pela área do parque, apresentação de escoteiros mirins do Ceará, degustação de picolé, pipoca, refrigerante, água, brindes infantis. No local haverá ainda desfile de carros antigos do Museu do Automóvel, shows de bandas convidadas, com repertório de MPB e pop rock, exposição de fotos e apresentação do projeto aprovado pela Prefeitura de Fortaleza. Às 10 horas haverá a execução do Hino Nacional com Banda de Música.

(Por  Fátima Guimarães)

Linha branca impulsiona vendas no comércio

“A atividade do comércio registrou aumento de 7,1% em outubro ante o mesmo mês do ano passado, a maior taxa de crescimento anual desde dezembro do ano passado (7,5%). Já no confronto com setembro, a expansão foi de 1,3%, já considerando os dados com ajuste sazonal.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira pela Serasa Experian e apontam a proximidade do fim do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) reduzido para os produtos da linha branca, que acabou sendo prorrogado até 31 de janeiro para os itens de baixo consumo energético, como o principal estímulo para o movimento no varejo no mês passado devido à antecipação de compras.”

(Folha Online)

Temporão lança campanha contra dengue no Ceará

dengue

O ministro José Gomes Temporão (Saúde) vai convocar os prefeitos do Ceará para que reforcem a luta contra a dengue. Isso será feito a partir das 11 horas, no Hotel Mareiro (Meireles), ocasião em que o ministro apresentará um balanço geral de casos da doença registrados no País.

Outro compromisso de Temporão está programado para as 14h30mins, no auditório do Palácio Iracema. Ele será testemunha do ato de doação de terreno situado no município do Eusébio no qual será construida a unidade da Fundação Oswaldo Cruz no Estado.

O governador Cid Gomes e o presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, assinam o acordo. Foram aplicados R$ 3,1 milhões na aquisição do terreno.

Cid Gomes dará palestra como “twitteiro”

O governador Cid Gomes (PSB) dará palestra, a partir das 11 horas desta quinta-feira, no Fórum de Assessores de Imprensa do Governo Federal. O encontro ocorre no auditório do Banco do Nordeste do Brasil, no Passaré, e reunirá cerca de 100 convidados.

Cid vai falar da experiência de usar o twitter para divulgar projetos e ações de sua administração.

twitter.com/cidfgomes

——————————-

VAMOS NÓS – Acompanhe as informações que veiculamos neste Blog no nosso twitter.com/blogdoeliomar.

FHC admite: Lula pode transferir votos para Dilma Rousseff

fhcc

“Depois de fazer pesadas críticas ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao seu governo, falando inclusive em “subperonismo”, o ex-presidente Fernando Henrique (PSDB) ontem evitou polêmica e ainda admitiu que a popularidade do petista poderá transferir votos para a candidatura da ministra Dilma Rousseff à Presidência.

— Um dos candidatos da oposição tem por volta de 40%. A candidata do governo tem por volta de 15%, 16%. Já teve mais e caiu. O presidente Lula tem 65%, 70%. (Dizem que) O presidente não transfere (votos). Como não transfere? Já transferiu 15%. Ela não tinha nada, zero. Ele transferiu e pode transferir mais — afirmou, durante o seminário “O Brasil pós-crise: uma agenda para a próxima década, promovido ontem pelo Instituto Fernando Henrique Cardoso (iFHC).

Para ele, a campanha de 2010 deve levar o eleitor ao futuro e não ao passado. A oposição, aconselhou, deve criar horizonte e “não discutir número”.

— Na política você tem que criar um horizonte e despertar confiança, não é discutir número. Isso depende do personagem. Depende do desempenho. Mesmo com os dados que dei, que são verdadeiros, isso não assegura a vitória porque vai depender do desempenho. Mas o contrário também é verdadeiro. Você ter o apoio de alguém que tem muito voto não assegura a vitória. Depende do desempenho e da capacidade de haver, não é transferência de voto, é identidade de percepção da pessoa. Este é igual àquele. Aí você pode ter. E é raro ter transferência — disse o tucano.”

(O Globo)

CDL Fortaleza escolhe a carnaúba como símbolo do “Natal de Luz

“A CDL Fortaleza apresentará dia 11 próximo, durante café da manhã em sua sede, a Campanha Natal de Luz. Nesta edição, segundo o presidente da entidade, Freitas Cordeiro, trazendo como árvore de Natal a carnaúba, símbolo do Estado.

A campanha será aberta dia 20, às 17h30min, na Praça do Ferreira, com a chegada do Papai Noel, apresentação de coral infantil e distribuição de 100 mil mudas frutíferas ao longo do mês. Já a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas resolveu levar a iniciativa para o Interior.

“Vamos fazer o Natal de Luz em Juazeiro do Norte e Sobral”, avisa o presidente da FCDL, Honório Pinheiro. O setor, aliás, sobre vendas natalinas, aposta num incremento entre 9% e 11%. À base de muitas promoções. ”

(Coluna Vertical, do  O POVO)

Dnit-CE expõe em audiência pública projeto de recuperação da BR-222

A Superintendência estadual do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) realiza, a partir das 10 horas desta quinta-feira, em seu auditório, audiência pública.

O objetivo é expor todo o processo de concorrência das obras de restauração e reabilitação da BR-222, segundo informa para o Blog o titular do órgão, Guedes Ceará.

Auditores do TCM passam a ganhar R$ 21 mil

“A Assembleia Legislativa aprovou ontem a nova remuneração dos três auditores do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Com a medida, os salários dos profissionais mais que dobrarão, passando dos atuais R$ 9 mil, aproximadamente, para R$ 21 mil.

O impacto financeiro da medida – de cerca de R$ 35 mil mensais – recairá sobre as dotações orçamentárias próprias do TCM. O texto passou com uma emenda do deputado Nelson Martins (PT), líder do Governo Cid Gomes (PSB).

De acordo com o petista, foi retirado do texto original a parte que previa suplementação orçamentária, caso necessário.

Apenas o deputado Guaracy Aguiar (PRB) votou contra a mensagem do TCM, alegando que não queria aumentar as disparidades salariais no Estado – como a existente em relação aos professores do Estado.

Já o deputado Heitor Férrer (PDT) justificou que votou a a favor da matéria justificando que os servidores dos tribunais têm como teto remuneratório o salário dos deputados, mas os auditores devem ter remunerações baseadas nas dos juízes de entrância final.

“Esses auditores são regidos pela Constituição Federal. Quando estiverem substituindo um conselheiro, têm as mesmas garantias e impedimentos do titular“, completou.

Para o presidente do TCM, conselheiro Ernesto Sabóia, trata-se apenas de uma “adequação“ de “pequeno impacto“ que está sendo feita na Corte de Contas, com relação aos auditores do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Ernesto explicou ainda que, constitucionalmente, a equiparação salarial faz com que auditores de contas devam receber salários 10% abaixo do que recebem os conselheiros.”

(Jornal O POVO) 

Semace conserta buracos na cerca do Parque do Cocó

byurac

“Quatro operários percorriam toda a avenida Murilo Borges, na tarde de ontem, tapando os buracos feitos por assaltantes na cerca do Parque do Cocó. Os vários buracos estavam entre o concreto que sustenta a grade e o terreno. Em dois pontos na avenida foi constatado dano na própria cerca. Os pontos são próximos à ponte sobre o rio Cocó, vizinha a um posto da Polícia Militar.

Segundo moradores, os semáforos dos cruzamentos da avenida Murilo Borges com Raul Barbosa e Rogaciano Leite sempre tiveram ação de marginais que abordam motoristas parados nos sinais. A ação dos bandidos normalmente é rápida e a polícia costuma encontrar muita dificuldade para capturá-los.

O comerciante Ademar Moura, dono de uma loja de carros na avenida, conta que os assaltos diminuíram significativamente após a colocação da cerca. “Quando os bandidos assaltavam as pessoas, fugiam pelo matagal. A polícia dificilmente encontrava, pois ficava ruim para achar no meio do mato“, diz Ademar, ressaltando a diferença. “Agora eles não têm pra onde correr. Por isso pararam de abordar os carros e as pessoas que passam por aqui“, completa.

Morador da região há 17 anos, José Tarcísio possui umas plantações em parte do terreno que foi cercado. “Cansei de ver assalto. Ainda bem que agora estão tapando esses buracos que os assaltantes fizeram. Agora tem que ter policial para vigiar senão eles abrem de novo e não adianta nada“, conta o morador que já se deparou com assaltantes que saíram do manguezal, completamente sujos, para abordar os motoristas.

A superintendência da Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Ceará (Semace), através de sua assessoria de imprensa, informou que os problemas sempre ocorrem quando há ausência de policiais. Segundo o assessor de imprensa Daniel Herculano, a Semace já entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSPDS) e com a Companhia de Polícia Militar Ambiental (CPMA) para que volte a ter um monitoramento intensificado no local.

Denúncias
Ainda segundo o assessor, a Semace faz diariamente vistorias na cerca do parque. Para denunciar pontos de defeito ou danos na grade, bem como outros problemas relativos ao Meio Ambiente, é só entrar em contato pelo telefone do Disque Natureza: 0800.2752233.”

(O POVO)

Auditor fiscal da Sefaz está preso em Sobral

“Uma operação conjunta de inspetores do Departamento de Inteligência Polícia (DIP) e Delegacia Regional de Sobral, sob a coordenação do Departamento de Polícia Especializada (DPE), culminou, na tarde de ontem, na prisão, em flagrante, neste Município, do auditor fiscal da Secretaria da Fazenda (Sefaz), Francisco César Fernandes, 45, servidor do Estado há 19 anos. Ele foi detido logo após receber a quantia de R$ 10 mil em espécie como propina.

A Polícia apurou que o auditor era lotado no posto de fiscalização da Sefaz na cidade de Tianguá (a 318Km de Fortaleza)e, há cerca de três meses, tentava extorquir dinheiro do dono de uma loja de eletrodomésticos em Tianguá. César teria observado irregularidades fiscais no estabelecimento, cuja multa chegaria a R$ 58 mil.

Desde então, passou a chantagear o proprietário da loja, garantindo-lhe que, por R$ 10 mil, resolveria o “problema”. O caso foi comunicado à Sefaz, que acionou a Polícia Civil. O diretor do DPE, delegado Jairo Pequeno, informou que a investigação foi iniciada imediatamente e, ontem, os inspetores do DIP prenderam o auditor tão logo este recebeu os R$ 10 mil que exigia do comerciante. A prisão ocorreu numa churrascaria.

Levado para a Delegacia Regional de Sobral, ele foi autuado pelo delegado Herbert Ponte e Silva por crime estabelecido no artigo terceiro da Lei Contra a Ordem Tributária. O delito é inafiançável e a pena varia de três a oito anos de reclusão.”

(Diário do Nordeste)

PT organiza megaencontro das bases com Dilma

O PT do Ceará marcará presença no encontro que a direção nacional do partido convocou para sexta e sábado em Guarulhos (Região Metropolitana de São Paulo) e que terá a presença da ministra-chefe da Casa Civil e presidenciável, Dilma Roussef. Todos os deputados federais e estaduais, prefeitos e alguns vereadores, além do vice-governador Francisco Pinheiro, já reservaram vaga nos vôos para São aulo.

O encontro objetiva, segundo o deputado federal José Nobre Guimarães,  a montagem de uma estratégia municipalista, para que os petistas se engajem e conquistem o apoio de prefeitos de outros partidos. Já o deputado federal José Airton adianta que a presença de Dilma será no sábado e que ela e o presidente Lula comparecerão ao Congresso Nacional do aliado PCdoB, em São Paulo.

Nessa ocasião, de acordo com o senador Inácio Arruda (PCdoB), a legenda estará reelegendo o presidente nacional Renato Rabelo.

Prefeita conhece no Recife modelo de polo de informática que quer implantar em Fortaleza

luiziannne

A prefeita Luizianne Lins (PT) cumpriu agenda de trabalho, na manã desta quarta-feira, no Recife. Ali, ao lado da assessora de imprensa, Lana Roriz, ela conheceu um polo digital implantado pela administração do ex-prefeito João Paulo (PT).

Luizianne quer implantar projeto ideêntico em Fortaleza, abrindo não apenas para a captação de empresas do setor do hardware, mas condições de oferecer oficinas de capacitação, cursos e levar a internet para a população da periferia.

DETALHE – O ex-prefeito João Paulo atua hoje como consultor da gestão de Luizianne Lins. Da administração dele, Luizianne já absorveu, por exemplo, a idéia da tarifa social, aquela onde o contribuinte paga meia aos domingos.

União investiu R$ 22,8 bi, a maior marca desde 2001

Apesar das críticas de que as despesas com pessoal estão crescendo significativamente nos últimos anos, principalmente em 2009 diante da crise financeira e da queda constante na arrecadação federal, o governo também acelerou os investimentos (execução de obras e compra de equipamentos). Entre janeiro e outubro deste ano, a União (Executivo, Legislativo e Judiciário) investiu R$ 22,8 bilhões, a maior marca para o período desde 2001. O montante é 79% superior ao registrado há nove anos e R$ 12 bilhões acima da média verificada no governo Lula entre 2003 e 2008 (já descontada a inflação acumulada no período).

Nos últimos meses do ano, é provável que o ritmo acelerado em comparação com os exercícios anteriores continue, pelo menos no que diz respeito aos empenhos (compromissos orçamentários para futura aplicação efetiva), pois a dotação orçamentária prevista para investimentos em 2009 também é a maior desde 2001: R$ 50,9 bilhões. Dessa quantia, já foram empenhados R$ 23,5 bilhões, ou seja, 46% da dotação. Ao governo convém virar o ano (2009/2010) com elevados valores empenhados, ainda que não sejam pagos, para que se tornem “restos a pagar” em 2010. Os restos a pagar, que são empenhos realizados em um exercício, mas não pagos até dezembro, podem ser utilizados mesmo sem a aprovação do orçamento.

O principal responsável pelos investimentos da União é o Ministério dos Transportes, que desembolsou R$ 6,4 bilhões nos primeiros dez meses deste ano. O programa mais bem contemplado pela pasta foi o vetor logístico leste, que inclui obras em rodovias e ferrovias com o objetivo de promover eficiência e efetividade nos fluxos de transporte no Distrito Federal e nos estados de Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

O segundo no ranking entre os órgãos que mais aplicaram recursos em investimentos este ano é o Ministério das Cidades, com pouco mais de R$ 3,5 bilhões. Cerca de R$ 1,6 bilhão foi destinado à execução de projetos ligados ao programa de urbanização, regularização e integração de assentamentos precários. Outros R$ 617 milhões beneficiaram empreendimentos na área de saneamento ambiental urbano.

O Ministério da Integração Nacional aparece logo em seguida entre os que mais investiram este ano. A pasta desembolsou R$ 2,527 bilhões com execução de obras e compra de equipamentos. Já o órgão chefiado pelo ministro Nelson Jobim (Defesa) aplicou R$ 7 milhões a menos do que a Integração Nacional, R$ 2,522 bilhões. A maior parte dessa quantia foi destinada a reaparelhamento e adequação da Força Aérea Brasileira: cerca de R$ 526 milhões.

Apenas 45% dos recursos pagos

Mesmo com a aplicação recorde este ano, a execução orçamentária dos investimentos ainda deixa a desejar. Isso porque os R$ 22,8 bilhões desembolsados entre janeiro e outubro representam apenas 45% dos recursos autorizados para o ano. Se a média mensal continuar assim até dezembro, isto é, R$ 2,3 bilhões sendo aplicados por mês, a quantia final somará R$ 27,3 bilhões, somente 54% da verba prevista em 2009.

Para a consultora de orçamento da Câmara dos Deputados Márcia Moura, há uma nítida mudança na condução da política econômica a partir de 2006 que altera o quadro de investimentos públicos. Segundo ela, até então, a preocupação com a melhoria dos indicadores fiscais da União era vista como fator primordial para garantir a redução da percepção de risco do país e “pavimentar” o caminho para o crescimento econômico futuro.

“A partir de então, o foco passou a ser no crescimento econômico em si, para o quê contribuiria de forma decisiva a ampliação da capacidade de investimento do país, inclusive por meio da atuação direta do Estado via investimentos. Obviamente esta estratégia só foi possível diante de uma conjuntura favorável: elevação dos preços das commodities, obtenção do grau de investimentos, grande liquidez internacional, elevação do crédito, das receitas públicas, redução das taxas de juros, etc.”, lembra. 

Márcia afirma que no aspecto orçamentário a mudança na política econômica feita em 2006 se refletiu na flexibilização da meta de resultado primário, por meio da possibilidade de abatimento da meta das despesas do Projeto Piloto de Investimentos (PPI). O índice, que representava 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2005 (R$ 2,8 bilhões), passou para até 0,94% do PIB em 2009 (R$ 28,5 bilhões).

“Embora somente agora em 2009 a meta esteja sendo de fato reduzida pelo desembolso desses investimentos, o efeito da medida já vem sendo sentido ao longo dos anos com a ampliação dos restos a pagar, que representam parcela crescentemente significativa do total pago. Maiores restos a pagar garantem uma ampla cesta de investimentos que podem ser levados adiante, contornando parcialmente os entraves para continuidade dessas obras: falta de orçamento, atrasos em processos licitatórios, licenças ambientais, entre outros fatores”, analisa.

De acordo com a consultora de orçamento, os investimentos têm aumentado significativamente nos últimos anos, mas ainda em ritmo insuficiente para garantir desembolso de toda a programação elaborada. “Podemos destacar também problemas em convênios com estados e municípios, como falta de capacidade técnica para elaboração de projetos e restrições da Lei de Responsabilidade Fiscal ligadas à prestação de contas anteriores”, diz.

Por fim, Márcia ressalta que os investimentos são praticamente a única despesa que pode ser adiada ou cancelada. Por isso, segundo ela, a maior parte do investimento só é liberada de forma prudente, na medida em que se tem maior certeza quanto ao total que será arrecadado. “Ao longo do ano, o Executivo vai reestimando suas receitas e seus gastos, mas frustrações podem ocorrer no meio do caminho. É por este motivo, regra geral, que grande parte dos investimentos só é autorizada na segunda metade do ano, sendo que os empenhos são fortemente concentrados no mês de dezembro”, destaca.”

 (Site Contas Abertas)