Blog do Eliomar

Últimos posts

Lula diz torcer mais pela vitória de Dilma do que pelo título do Brasil

O presidente Lula afirmou, nesta terça-feira, em Fortaleza, estar torcendo mais pela vitória da pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, do que pelo título do Brasil na Copa da Africa do Sul, que começa no próximo dia 11.

Ele ressalvou, ao ser indagado durante entrevista à Rede de Rádio Jangadeiro, que sua resposta fomentaria logo “manchetes de jornais” dizendo que ele não estaria torcendo pela Seleção do Brasil. Mas ressaltou que torce e quer a conquista do Brasil, embora tenha destacado que a questão presidencial é muito mais importante pois mexe com o futuro do País. 

Ainda sobre a Seleção Brasileira, Lula lamentou a ausência de Ronaldinho Gaúcho e até ensaiou uma de comentarista de futebol. Analisou que o Brasil adotou postura de cautela, ao enfrentar nessa segunda-feira a Tanzânia, como forma de evitar contusões às vésperas do certame. Para Lula, o grupo convocado é bom e representa o melhor que o País poderia oferecer no momento.

CIRO GOMES

Lula, durante a entrevista, citou duas vezes o nome de Ciro Gomes, o presidenciavel que acabou rifado pela cúpula do PSB da disputa, com aval do PT. O presidente não chegou a ser indagado sobre a retirada de Ciro do páreo, mas não poupou recados indiretos e demonstrações de apreço ao parlamentar do PSB.

Chegou a dizer: “Eu sou um homem que não esquece os amigos e que , quando gosta, gosta de verdade e estará do lado do amigo em qualquer circunstância.”

FHC

Lula também deu indiretas nos tucanos, ao observar que, como trabalhador que chegava ao poder, não poderia errar. Citou Lesh Walesa, da Polônia, e disse que teria a obrigação de acertar ou, do contrário, demoraria anos para que um operário pudesse outra vez chegar ao governo. Ele destacou avanços da política econômica e não poupou certas lideranças que passaram pela gestão e hoje vivem dando palestras caras. Esse detalhe foi interpretado como uma indireta ao ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso.

Lula volta a falar em refinaria premium para o Ceará

O presidente Lula reafirmou, nesta terça-feira, o compromisso de construir a refinaria Premium do Ceará. O projeto é da Petrobras e vem há décadas sendo buscado há décadas. Lula disse que há um impasse relacionado às terras da comunidade indígena (Região do Pecém), mas destacou que o investimneto, de R$ 22 bilhões, é fundamental e “ninguém pode prescindir” desse apoio.

No plano das eleições, Lula, em entrevista exclusiva à Rede de Rádio Jangadeiro, falou sobre as cinco multas que recebeu do Tribunal Superior Eleitoral, sob acusação de propaganda antecipada em favor da pré-candidata petista Dilma Rousseff. Lula disse que “existia uma interpretação, que foi mudada”.

Ele deixou claro que o presidente não pode transgredir as leis, mas observou que está cheio de adversários que querem ganhar o jogo no tapetão. “Todo nós temos que cumpri as leis, temos um ritual . Acho que ninguém quer transgreir a lei. Se houver excesso, tem que ser punido.”

Também lamentou que “tem gente falando demais” sobre essa situação. “Tem um tipo de gente falando demais sobre essa situação e acho que isso não é bom para a democracia, reforçou Lula. O presidente lembrou que cabe à  Justiça ver os autos do processo e comentar com base nos autos do processo.

Morre provedor da Santa Casa de Fortaleza

Morreu, nesta manhã de terça-feira, o provedor da Santa Casa de Misricórdia de Fortaleza, coronel reformado LívioFrança (84). Ele foi vítima de insuficiência cardíaca.

O corpo será velado a partir do meio-dia, na capela do hospital, onde haverá missa de corpo presente.

 O enterro de Lívio França ocorrerá a partir das 17 horas, no Cemitério Parque da Paz.

Lula é recebido por Cid em Fortaleza

O presidente Lula desembarcou agora há pouco, em Fortaleza, pela Base Aérea de Fortaleza. O governador Cid Gomes (PSB), acompanhado de uma boa comitiva de políticos dos partidos da base aliada lulista, recepcionou o presidente.

Lula cumprirá agenda até o começo da noite desta terça-feira. O seu primeiro compromisso é a solenidade em comemoração aos cinco anos dol Agroamigo, o microcrédito rural do Banco do Nordeste. O ato ocorrerá no Centro de Treinamento do BNB, no Passaré.

(Foto – Glícia Katiusia)

Universidade americana acerta cooperação técnica com UFC

O professor Richard West, diretor do Center for the School of the Future at the Utah State University (USU), visita a Universidade Federal do Ceará nesta semana para tratar do projeto de cooperação técnica “Formando Especialistas Multidisciplinares para o uso e desenvolvimento de objetos de aprendizagem com saliências culturais” desenvolvido pelo PROATIVA, Grupo de Pesquisa e Produção de Ambientes Interativos e Objetos de Aprendizagem da UFC Virtual em parceria com a Universidade de Utah e a Universidade da Geórgia.

Na quinta-feira, às 14 horas, Richard West ministrará palestra sobre as atividades do projeto no auditório do Centro de Tecnologia, no Campus do Pici. A partir desse projeto, estudantes brasileiros e americanos participam de intercâmbio e realizam atividades em escolas baseadas no uso da tecnologia na Educação.

O QUE É PROATIVA?

O PROATIVA mantém atividades desde 2001 e ainda neste ano, ampliando o projeto de cooperação com a Universidade de Utah, vai desenvolver na escola de Ensino Fundamental Maria de Carvalho Martins, da Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza os projetos “Brincando no Brasil”, que consiste na criação de uma história digital com crianças do 4º ano sobre um grupo de americanos que vem ao Brasil e quer aprender sobre nossas brincadeiras e o “Uso de Manipulativos Digitais” como auxiliar na construção e compreensão de gráficos de barras e de setores.

(Site da UFC)

STF abre 85 novos processos contra 57 deputados e senadores

“O Supremo Tribunal Federal (STF) acelerou o ritmo das investigações contra parlamentares enquanto o Congresso discutia o projeto ficha limpa. Levantamento exclusivo do Congresso em Foco revela que o Supremo abriu 85 processos contra 57 deputados e senadores entre 29 de setembro, data de chegada da proposta de iniciativa popular à Câmara, e o último dia 4, quando o presidente Lula sancionou a Lei Complementar 135/10, que proíbe a candidatura de políticos com condenação em órgão colegiado da Justiça. Uma média de três processos por semana ou 12 por mês, levando-se em consideração o último recesso do Judiciário, ocorrido entre 20 de dezembro e 1º de fevereiro.
 
O índice de investigações abertas durante a tramitação do ficha limpa supera o dos quatro meses que antecederam a tramitação da proposta, que era de 2,5 por semana ou dez por mês. Entre maio e setembro de 2009, os ministros deram encaminhamento a 30 acusações contra 25 parlamentares, conforme revelou na época o Congresso em Foco, descontado também o mês do recesso
 
Segundo a assessoria do Supremo, não há nenhuma orientação no período que pudesse explicar a mudança nas médias.
 
Bancadas diversificadas
 
Enquanto o ficha limpa tramitou no Congresso, foram abertos 73 inquéritos contra seis senadores e 46 deputados. O Supremo encontrou, ainda, elementos para transformar em réus nove deputados e três senadores em 12 ações penais. Ao todo, 13 parlamentares viraram alvo de mais de uma investigação.
 
Na lista dos novos investigados, figuram parlamentares de 21 estados: Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins. Há representantes de 13 partidos políticos: DEM, PDT, PMDB, PMN, PP, PPS, PR, PRB, PSB, PSC, PSDB, PT e PTB.
 
Os chamados crimes contra a honra, como calúnia, difamação e injúria, são os casos de maior incidência entre os processos abertos pelo STF durante a tramitação do ficha limpa. São ao todo 11 casos, dez inquéritos e uma ação penal.
 
Logo abaixo, empatados com nove casos registrados, estão os crimes de peculato (apropriação, por funcionário público, de bem ou valor de que tem a posse em razão do cargo, em proveito próprio ou alheio) e o de responsabilidade, normalmente praticado quando o deputado ou senador exercia outra função pública.
 
O Supremo também abriu sete processos – seis inquéritos e uma ação penal – por crime contra a Lei de Licitações. Estão também entre os tipos penais mais comuns dessa nova safra de processos cinco casos de apropriação indébita e sonegação previdenciária e mais outros quatro processos por crimes eleitorais. A lista também inclui dois crimes ambientais, um inquérito de estelionato e outro inquérito por trabalho escravo.
 
Condenações inéditas
 
No mês passado, os ministros condenaram, pela primeira vez, um parlamentar desde a Constituição de 1988. E em dose dupla: os deputados Zé Gerardo (PMDB-CE)  e Cássio Taniguchi (DEM-PR), os dois por crime de responsabilidade.
 
Condenado a seis meses de prisão por mau uso do dinheiro público, Taniguchi ficou livre de cumprir a pena porque os ministros entenderam que o caso havia prescrito, ou seja, não era mais passível de punição por causa da demora no julgamento. Porém, se o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) considerar que a Lei Ficha Limpa, publicada ontem no Diário Oficial da União, valerá para as próximas eleições e que sua extensão atinge os processos decididos antes da sanção presidencial, o paranaense ficará inelegível. Os ministros responsabilizaram Taniguchi por irregularidades ocorridas no período em que ele foi prefeito de Curitiba
 
No dia 13 de maio, Zé Gerardo entrou para a história como o primeiro deputado brasileiro condenado pelo Supremo desde a promulgação da Constituição de 1988. O cearense foi condenado a prestar serviços à comunidade por dois anos e dois meses e a pagar 50 salários mínimos de multa (cerca de R$ 25,5 mil). Se o ficha limpa estivesse em vigor naquela data, José Gerardo já ficaria inelegível. Inicialmente, o peemedebista foi condenado a dois anos e dois meses de prisão em regime aberto, mais multa. Porém, os ministros resolveram alterar parte de pena para prestação de serviços.
 
De acordo com a denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF), Zé Gerardo, quando administrava a prefeitura de Caucaia (CE), entre 1997 a 2000, recebeu R$ 500 mil, em recursos públicos federais, para a construção de um açude na cidade. A verba foi liberada por meio de um convênio com o Ministério do Meio Ambiente. Porém, segundo o MPF, o dinheiro foi usado para a construção de passagens molhadas, espécie de ponte erguidas com pedras em áreas alagadas.”

(Congresso em Foco)

Já consultou se sua restituição do IR saiu?

A Receita Federal liberou a consulta ao primeiro lote de restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física 2010. Para saber se terá a restituição liberada, o contribuinte deve acessar a página do órgão ou ligar para 146 e informar o número do CPF.

No próximo dia 15, serão creditadas, simultaneamente, as restituições referentes ao exercício de 2010 (ano calendário de 2009), ao lote residual de 2009 (ano calendário 2008) e de 2008 (ano calendário de 2007) para 1,518 milhão de contribuintes, totalizando R$ 1,8 bilhão.

Lula falará para rádio do Grupo Jereissati

Na programação que Lula cumprirá em Fortaleza, nesta terça-feira, consta uma entrevista exclusiva para a Rede Jangadeiro de Rádio, por meio da FM Jangadeiro. O radialista Paulo Costa, uma das maiores audiências da rede, foi designado para a missão.

Lula quer assim falar para boa parte do Estado. A rede pertence ao grupo de comunicação do senador tucano Tasso Jereissati.

Adufc quer virar sindicato estadual

A Associação dos Docentes da UFC (Adufc) está realizando, durante toda esta terça-feira, assembleia geral com a categoria. O encontro ocorre no auditório Castelo Branco, da Reitoria.

A Adufc coloca em discussão a possibilidade de virar um sindicato de caráter estadual. Os estatutos estão sendo colcoados para o dedbate e a cúpula da entidade promete divulgar, no começo da noite, um posicionamento a respeito do assunto.

Petista diz que é melhor o Senado, porque a Vice é ócio

“O PT deve brigar por espaço político e não por espaço de ócio”. Quem defende essa tese é o ex-deputado estadual e presidente do Instituto de Previdência do Município (IPM), Mário Mamede, ao se referir às vagas de senador e de vice-governador. Mário é a favor de que o partido feche questão em torno do nome de José Pimentel para senador e deixe Cid Gomes (PSB) à vontade para escolher quem ele quiser para a vice.

Mário lembra: a questão do Senado faz parte de uma resolução nacional que busca fortalecer a presença do partido nessa Casa que, na gestão lulista, registrou algumas derrotas para a base governista. “A candidatura de Pimentel é irreversível e nós temos que ter a maturidade de abrir mão.

A vice é boa, mas é ócio”, insistiu o ex-parlamentar, que não estará hoje em Fortaleza acompanhando a visita de Lula. Soltou esse rojão e voou, em ritmo de férias, para a Serra Gaúcha.
 
RESGATE

E por falar em IPM, o órgão recuperou mais R$ 1,5 milhão do total de R$ 30 milhões que havia perdido na operação desastrosa da gestão Rose Mary Maciel com o falido Banco Santos. Desse total, conseguiu resgatar cerca de 35%, informa o presidente Mário Mamede. ”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Eleições 2010 – Aberta a temporada das convenções partidárias

“Começa na próxima quinta-feira (10) o prazo para que os partidos políticos realizem as convenções nacionais para oficializar seus candidatos para presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador, senador e respectivos suplentes, deputado federal, estadual ou distrital.

Os partidos dos principais candidatos à corrida presidencial – PSDB, PT e PV – escolheram a primeira semana de junho para realizar suas convenções. De acordo com a Lei 9.504, que rege as eleições, os partidos têm até o dia 30 de junho para oficializar as candidaturas.

O PV, da pré-candidata à Presidência Marina Silva, vai inaugurar o calendário. Na próxima quinta-feira (10), o partido realiza sua convenção nacional em Brasília, no Centro de Convenções Brasil 21.

Com os nomes de candidato à Presidência e vice já definidos, o encontro deve definir os nomes para os demais cargos e as alianças do partido para as eleições de outubro.

No sábado (12), será a vez do PSDB reunir suas lideranças no Clube Espanhol, em Salvador, para confirmar a candidatura do ex-governador paulista José Serra. A cidade é a mesma onde Serra iniciou sua pré-campanha, em abril deste ano.

O maior dilema do encontro será definir um nome para compor a chapa como vice. Depois da negativa do ex-governador mineiro Aécio Neves, que optou por disputar uma vaga no Senado, o partido trabalha com alguns nomes, entre eles o deputado federal Francisco Dornelles (PP-RJ), o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) – que já disse não ter intenções de compor a chapa – e o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra.

Há a possibilidade de a convenção do partido terminar sem a definição de um vice. Nesse caso, a escolha do nome poderia ser anunciada pelo DEM, principal aliado do PSDB, na convenção nacional que o partido promove no dia 28 de junho.

PT oficializa Dilma

No domingo (13), as lideranças do PT se reúnem para oficializar a candidatura de Dilma Rousseff à Presidência da República, em Brasília, no Centro de Eventos Unique Palace.

Segundo a assessoria do PT, em Brasília, o encontro deve reunir de 1.300 a 1.500 pessoas e são esperadas as principais lideranças do partido, entre elas o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ministros, senadores e deputados da legenda também foram convidados.

No evento, o partido deve anunciar também o nome do presidente nacional do PMDB e presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer, como vice da petista. No sábado, Temer participa da convenção nacional do PMDB, também em Brasília, e não confirmou presença na convenção petista.

Outros partidos

Outras legendas também já definiram as datas para as convenções. O PSB, de Ciro Gomes, realiza a convenção nacional em Brasília, no dia 14 (segunda). Na quarta (16), é a vez do PCdoB. PPS e PSTU marcaram os encontros nacionais para 26 de junho. DEM e PSOL optaram por promover as convenções no final do mês, em 28 e 30 de junho, respectivamente.”

(Folha Online)

PF faz operação contra tráfico de drogas. Ceará entra na rota

“A Polícia Federal prendeu 13 pessoas envolvidas com o tráfico internacional de drogas em Tocantins e em Mato Grosso. Ainda estão sendo compridos outros cinco mandados de prisão preventiva e 30 de busca e apreensão expeditos pela 1º Vara Federal de Tocantins. A Operação Face Oculta conta com efetivo de 140 policiais nos estados de Tocantins, Mato Grosso, Pará, Rondônia e São Paulo

Segundo a PF, as investigações revelaram que pistas clandestinas construídas em estados da região norte do país foram usadas como base para o recebimento de drogas. A distribuição de entorpecentes vindos da Bolívia era feita pela malha rodoviária, especialmente para os estados de São Paulo, Pará, Maranhão, Ceará e Goiás, bem como para o próprio Tocantins.

Entre os 13 presos, três foram detidos em Mato Grosso no dia 15 de março. Outros 10 foram presos hoje em Tocantins. As investigações foram iniciadas em julho de 2008, período em que foram apreendidos cerca de 400 quilos de cocaína. Dentre os envolvidos no tráfico estão empresários, pilotos e policiais, além de pessoas especialmente dedicadas ao tráfico de drogas

A PF informou que objetivo das buscas é apreender drogas, armas, petrechos de manipulação de entorpecentes e documentos relacionados às atividades criminosas, inclusive de bens adquiridos pelo grupo com o lucro do tráfico, como fazendas e casas.

Os presos responderão pelos crimes de tráfico internacional de drogas, associação para o tráfico de drogas, financiamento para o tráfico de drogas, lavagem de dinheiro, posse ilegal de armas, com penas que podem passar de 30 anos de prisão.

(Globo Online)

PGJ define nesta 3ª feira lista sêxtupla para vaga de desembargador

O Conselho Superior da Procuradoria Geral de Justiça do Estado vai se reunir, nesta terça-feira, para elaborar a lista sêxtupla destinada ao preenchimento de vaga de desembagador do Tribunal de Justiça. A vaga foi aberta com a ascensão de Raul Araujo para ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Essa lista será encaminhada para o Pleno do TJ que, por sua vez, reduzirá para três. Em seguida, haverá o envio dela para o governador Cid Gomes, a quem caberá indicar o felizado.

Pela natureza, Gisele aconselha a fazer xixi no banho

“A modelo brasileira Gisele Bündchen lançou em seu site oficial uma campanha para conscientizar as pessoas a respeito da necessidade de “tomar uma atitude” para preservar o planeta Terra. Entre os conselhos de Gisele, está a de fazer xixi durante o banho. De acordo com o site oficial da modelo, a prática economiza 83.220 litros de água por ano se adotado por apenas 19 pessoas. 

“Esse é o nosso mundo e é importante que cada um faça a sua parte, pois juntos temos mais forças para provocar mudanças significativas”, afirma a modelo. O site também lista, entre outras recomendações, manter a torneira fechada, usar folhas de ofício pelos dois lados e não jogar óleo de cozinha no ralo. 
Quem acessar o site da campanha, pode cadastrar uma lista de ações que vai seguir. Ao final, recebe um agradecimento da própria top. A campanha “Tome uma Atitude” foi lançada em junho porque, nesse mês, é comemorado o Dia do Meio Ambiente.”

(Folha.com)

Lula participa da aula do ProJovem ao lado da prefeita Luizianne Lins

Lula e Luizianne Lins.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participará da aula inaugural com as novas turmas do ProJovem Urbano. Esse ato terá à frente a prefeita Luizianne Lins, a partir das 15 horas desta terça-feira, e ocorrerá no Ginásio Paulo Sarasate. A aula reunirá cerca de dez mil pessoas, entre participantes do ProJovem Urbano da Capital e do interior.

A inclusão da aula inaugural na agenda do Presidente, segundo a assessoria de imprensa do Paço Municipal, por conta da “ótima avaliação que a execução do ProJovem Urbano recebeu em 2009.” 

O ProJovem Urbano Fortaleza é executado pela Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude e foi iniciado em 2005, com a prioridade de ampliar o acesso dos jovens entre 18 e 29 anos à cultura e qualificá-los profissionalmente. 

O curso tem duração de 18 meses, durante os quais o participante que apresenta frequência efetiva recebe bolsa mensal de R$ 100. As aulas teóricas acontecem à noite nas escolas municipais. Já as atividades práticas são realizadas em parceria com o Instituto Federal de Educação Tecnológica do Ceará (IFCE) e UFC. Os cursos oferecidos pelo programa são: Alimentação, Construção e Reparos, Metalmecânica, Telemática, Turismo e Vestuário.

Dona Yolanda Queiroz ganha homenagem

A empresária Yolanda Queiroz receberá a Medalha Antônio Drumond, em solenidade que ocorrerá no plenário da Câmara Municipal de Fortaleza. O ato ocorrerá nesta terça-feira, às 19h30min.

A homenagem proposta pelo vereador Plácio Filho (PDT) é um reconhecimento aos 40 anos de fundação da TV Verdes Mares.

DETALHE – Há informações de que dona Yolanda prestará homenagem às  vítimas do acidente com avião da Vasp, em Pacatuba, que completa 28 anos nesta terça-feira. Em especial, a lembrança do seu marido, o empresário Edson Queiroz, uma das vítimas dessa tragédia.

Fortaleza na rota dos grandes cruzeiros

O Grupo Costa Cruzeiros vai apresenta nesta quarta, às 19h30, no Restaurante Sal e Brasa, sua programação de cruzeiros para o Brasil e que inclui Fortaleza. Esse tipo de evento, que começou em 28 de maio, percorre 30 cidades em 10 dias e apresenta aos agentes de viagens às novidades dos passeios.

Até quinta-feira, serão mostradas as peculiaridades dos navios que atenderão a costa brasileira, as promoções para a próxima temporada e as possibilidades para os passageiros que adquirirem seus pacotes antecipadamente.

Uma das novidades é a estreia do Costa Serena, o maior navio de cruzeiro da Europa, em águas brasileiras. Também o lançamento do navio Grand Holiday, da Ibero Cruzeiros, companhia pertencente ao Costa Cruzeiros.

Lula responde a Tasso sobre PAC e diz não ver dificuldades na disputa ao Senado no Ceará

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) economizou palavras quando provocado a falar sobre o cenário político cearense em entrevista exclusiva, por email, que concedeu ao O POVO. Mesmo assim, deixou claro que não vê dificuldade em um palanque na disputa pelo Senado com duas candidaturas da base aliada – do peemedebista Eunício Oliveira e do petista José Pimentel. Nas entrelinhas, uma sugestão de que o nome a sobrar na disputa pode ser o do atual senador Tasso Jereissati, do PSDB, também cotado para uma composição dentro da aliança costurada, no Ceará, pelo governador Cid Gomes, do PSB, Tasso, porém, é uma das vozes de oposição mais fortes contra Lula no Congresso.

Explicitamente, defende o projeto de “eleger os que estão comprometidos efetivamente com o projeto político que nós estamos implementando”, num claro recado contra o tucano.

Outro momento bom da conversa de Lula com O POVO, por email, também envolveu política e Tasso. Foi quando colocou-se ao presidente o desafio frequente do tucano aos governistas para que apresentem uma só obra do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) que tenha sido concluída no Ceará. O presidente citou que há 98 obras do PAC no Estado, citou as que estão concluídas e desafiou “os descrentes”, dizendo que eles ainda “beberão da água que traremos, com a transposição, do rio São Francisco e ainda andarão nos trens da Transnordestina”.

Lula defende as ações do Governo Federal no enfrentamento da violência, a partir de ações desenvolvidas para o público jovem, nega qualquer tratamento privilegiado a Pernambuco em função de ser o estado onde nasceu e garante que a desistência do deputado cearense Ciro Gomes como candidato à presidência da República foi uma decisão soberana do PSB. Confira a íntegra da entrevista:

O POVO – O senhor participa, no Ceará, de aula inaugural do programa Projovem Urbano. Qual autocrítica o governo faz das iniciativas adotadas para o segmento ao longo dos últimos sete anos e meio, considerando-se que a violência urbana tem o jovem como um dos seus atores mais presentes. Como efeito e como causa.

Luiz Inácio Lula da Silva – Durante muitas décadas, o Estado brasileiro foi omisso, deixando a juventude fora de suas prioridades. Todo jovem precisa ter oportunidade para não se desviar e cair na marginalidade e nós, para recuperar o tempo perdido, estamos atacando o problema com mais educação e mais emprego. Desde 2003, 12,7 milhões de pessoas entraram para o mercado formal de trabalho no País, um recorde histórico. Boa parte dessas novas vagas foi preenchida por jovens. Mesmo quando contamos apenas até 2008, são cerca de 3,3 milhões de novos postos de trabalho com carteira assinada gerados no Brasil para a faixa de 18 a 29 anos. Foi uma mudança da água para o vinho. E os jovens sabem disso. Continuamos aumentando as chances de entrada no mercado, com o ensino profissional. Recentemente, uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas mostrou que os cursos profissionalizantes aumentam em até 48% a chance de conseguir emprego, e com salário 12% maior. Veja que, em quase 100 anos, o Brasil construiu 140 escolas técnicas e apenas no nosso período de governo estamos construindo mais 214. Dessas, 119 já estão em funcionamento. E esses jovens podem prosseguir com os estudos no nível superior, em função dos grandes investimentos que estamos fazendo no setor. Nós aumentamos o número de vagas de entrada nas universidades federais de 113 mil, em 2003, para 227 mil, em 2009. Estamos construindo 14 novas universidades e 124 extensões universitárias, sobretudo no interior. E com o Prouni, fornecemos bolsas de estudos para 704 mil jovens carentes cursarem faculdades particulares. Mas nós estamos atentos também à parcela da juventude que está fora da escola e do mercado de trabalho e, por isso, instituímos o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem), que é executado em parceria com vários ministérios e oferece a conclusão do ensino fundamental e capacitação profissional. Além de atacar a essência do problema, com a grande ampliação das oportunidades de conquistarem uma profissão, nós estamos tomando várias outras iniciativas. Em 2005, criamos o Conselho e também a Secretaria Nacional de Juventude. De 2003 até o final de 2010, pelo menos 11 milhões de jovens terão sido atendidos pelos programas citados e pelo Pronasci, Pontos de Cultura, Pronaf Jovem, Programa Segundo Tempo, Bolsa Variável do Jovem (do Programa Bolsa Família), e tantos outros que nem daria pra citar aqui. Realizamos, em 2008, a 1ª Conferência Nacional de Juventude, processo que mobilizou mais de 400 mil pessoas e resultou na aprovação de 22 prioridades da Política Nacional de Juventude. Embora ainda haja muito a ser feito, estou certo de que tivemos avanços importantes. O compromisso do Brasil, agora, é o de dar continuidade e aprimorar essas iniciativas, que precisam ser consolidadas para que o país continue reduzindo a grande dívida que acumulou com os seus jovens ao longo do tempo.

OP – O senador Tasso Jereissati, do PSDB, tem desafiado aliados do governo e, até, jornalistas, a apontarem uma obra do PAC que tenha sido concluída no Ceará, alegando que não existe uma só para ser citada. O senhor poderia respondê-lo?

Lula – O povo do Ceará é inteligente – se as obras do PAC não existissem de fato, ele perceberia e não estaria apoiando cada vez mais o nosso governo, conforme mostram todas as pesquisas de opinião. O Estado tem nada menos que 98 obras do PAC em diversas fases: em projeto ou licenciamento, em licitação, em execução e concluídas. Em relação às obras concluídas, posso citar a Termoceará, usina a Gás Natural da Petrobras, com recursos de R$ 104,6 milhões; 8 Parques Eólicos (que aproveitam a energia dos ventos): Beberibe, Canoa Quebrada Rosa dos Ventos, Foz do Rio Choró, Lagoa do Mato, Paracuru, Praia Formosa, Praias de Parajuru e Taíba Albatroz; Linhas de Transmissão Milagres-Tauá e Milagres-Coremas; Terminal de Gás Natural Liquefeito em Pecém; Usina de Biodiesel da Petrobras, em Quixadá; financiamentos liberados para a casa própria, no total de R$ 1,7 bilhão; o novo Terminal de Cargas e a Nova Torre de Controle do Aeroporto de Fortaleza, um investimento de R$ 25,6 milhões; os eixos de Integração Orós-Feiticeiro e Curral Velho-Pacajus; a meta original do programa Luz para Todos, de 112 mil ligações na zona rural, não só foi atingida como superada – hoje, já são 137 mil ligações concluídas. Muitas outras obras estão em fase de conclusão e serão entregues ainda este ano aos cearenses. No total, são R$ 24,2 bilhões de recursos do PAC para o Ceará no período 2007-2010 e R$ 24,4 bilhões após 2010, de empreendimentos exclusivos e também regionais. Entre os regionais, isto é, que contemplam outros estados além do Ceará, citamos a Ferrovia Transnordestina e o Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias do Nordeste Setentrional, chamado também de Transposição do São Francisco. Os dois empreendimentos estão em obras. Estamos também viabilizando pleitos históricos dos cearenses, como a Siderúrgica do Pecém e a Refinaria Premium II. Os descrentes, que quando governaram não realizaram obras significativas, ainda beberão no Ceará da água que chegará ao Estado, graças à Transposição do São Francisco, e andarão nos trens da Ferrovia Transnordestina. O pior cego é aquele que não quer ver.

OP – Costuma-se ouvir, aqui no Ceará, que o fato de o senhor ter nascido em Pernambuco determina uma maior concentração de investimentos federais naquele estado. Há alguma relação entre as situações? O senhor admite que Pernambuco tem sido melhor tratado no Nordeste?

Lula – Não, isso é ciúme sem o menor motivo. Eu já disse várias vezes e vou repetir: tenho muito orgulho de ser caeteense, pernambucano e nordestino, mas esse fato conta muito apenas do ponto de vista pessoal, afetivo. No exercício da Presidência, no entanto, eu tenho que olhar por todos os estados e por todos os brasileiros. Não posso privilegiar um município, um estado ou uma região porque sou natural dali ou então porque os governantes são da base de apoio do governo. Só não trato a todos de maneira igual porque aí também seria injustiça. Eu privilegio aqueles brasileiros e aqueles locais que estão mais atrasados em relação aos demais. Eu busco o equilíbrio, atuo procurando reduzir as desigualdades sociais e regionais. Nesse ponto, levo em conta os ensinamentos de dona Lindu, minha mãe. Ela dizia que gostava de todos os filhos de maneira igual, mas que procurava dar mais atenção, alimentar melhor e botar para dormir com ela aquele que estivesse mais fraquinho, mais necessitado de cuidados. É essa a filosofia que sigo para o Nordeste como um todo. Realmente, é uma estratégia de governo elevar as regiões que foram menos favorecidas durante anos, como o Nordeste, a um novo patamar na escala de oportunidades deste país. Já não era mais possível o Nordeste continuar sendo considerado a parte pobre do nosso País, como se tivesse cidadãos de segunda categoria. Por isso, estamos fazendo investimentos como nunca foram feitos nesta Região, em todas áreas. Se você pegar os dados de emprego, vai perceber que, nos últimos doze meses, foram gerados mais de 363 mil empregos com carteira assinada no Nordeste, número inferior apenas ao da região Sudeste. No Ceará, foram abertas 84 mil vagas nesse período, o segundo maior saldo da região, superando Pernambuco e ficando atrás apenas na Bahia.

OP – O palanque dos partidos aliados no Ceará enfrenta um problema relacionado às conveniências locais, quando parecem ameaçar as conveniências nacionais. O PT pode abrir mão da candidatura do deputado federal José Pimentel ao Senado para acomodar o interesse de aliados do porte do PSB do governador Cid Gomes e do PMDB do deputado Eunício Oliveira?

Lula – Eu acho que todos esses nomes têm legitimidade e história para concorrer ao Senado. Em princípio, considero que não haverá dificuldade, uma vez que você citou dois nomes, Eunício Oliveira e José Pimentel, e estamos falando de duas vagas. A questão deve ser encaminhada e resolvida pelas lideranças e direções partidárias. O jogo ainda não acabou e estou convencido de que antes do apito final será encontrada a melhor solução, de tal modo a manter unida a nossa base de apoio no Estado. Dessa forma, seremos competitivos e conseguiremos eleger os que estão comprometidos efetivamente com o projeto político que nós estamos implementando e que conta com amplo apoio da população.

OP – De que forma o senhor avalia a saída do deputado federal Ciro Gomes da disputa presidencial em 2010 e como reage às especulações de que interveio junto a partidos aliados para que a candidatura dele não se viabilizasse?

Lula – Isso não existe. O PSB é um partido sério, formado por gente íntegra, comprometida com as mudanças e com o progresso econômico e social do nosso país. É um partido independente – eu posso garantir que seus dirigentes não se subordinariam a qualquer tipo de imposição que pudesse ter havido. Ciro Gomes é um brasileiro formidável, foi um ministro muito eficiente e leal e reúne todas as condições para pleitear a Presidência. Ele é jovem e tem ainda um grande futuro pela frente. O que aconteceu foi que o PSB se reuniu e decidiu soberanamente que este ano o mais correto politicamente é apoiar a candidata que deve ser escolhida pelos partidos da base aliada. Na verdade, estavam em jogo duas propostas: uma delas considerava melhor que a base aliada tivesse dois candidatos para enfrentar a oposição e forçar um segundo turno; e a outra, de que a base aliada deveria unir-se em torno de um só candidato desde o começo e não se dividir. A evolução dos acontecimentos deixou claro que essa última alternativa é a melhor. Não se trata de uma questão pessoal, mas de estratégia política.

AGENDA

11h – Comemoração dos 5 anos do Agro-Amigo, Programa de Microcrédito Rural, no Banco do Nordeste.

15h – Participa de aula-inaugural do Pro-Jovem Urbano de Fortaleza, no Ginásio Paulo Sarasate. Logo após, segue para o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) e inauguração do primeiro Banco Público de Cordão Umbilical do Norte-Nordeste.

BRIGA NO NORDESTE

* A visita de Lula ao Ceará é a primeira de uma longa agenda que o presidente irá cumprir pelo Nordeste.

* De Fortaleza, Lula segue para o Rio Grande do Norte, em seguida passar por Sergipe, Alagoas e Bahia.

* Coincidência ou não, a convenção nacional do PSDB será no próximo sábado, 12. O partido optou por fazer em Salvador, Bahia, um estado nordestino.

* Na tarde de ontem, o PT fechou acordo com o PMDB em Minas Gerais. Fernando Pimentel (PT) e Hélio Costa (PMDB) disputavam a vaga de governador. Pimentel, ex-prefeito de Belo Horizonte, cedeu e entrará na disputa para senador e apoiará o ex-ministro das Comunicações, Hélio Costa.

*A decisão cria mais expectativa para que o PT não abra mão também da vaga no Senado, no Ceará.

(O POVO)

Eleições 2010 – Tasso diz que só espera Cid até 6ª feira

“O senador Tasso Jereissati (PSDB) avisou ontem que o prazo para o PSDB definir suas estratégias eleitorais se encerra no final desta semana. Num gesto de pressão contra o governador Cid Gomes (PSB), Tasso afirmou que “tendo ou não tendo conversa com o Cid”, o PSDB vai fechar suas definições eleitorais até a próxima sexta-feira.

O senador negou que tenha se reunido com Cid, mas confirmou que vai tentar agendar esse encontro para os próximos dias. “Eu espero ter uma conversa com o governador até o final desta semana. Mas tendo ou não tendo essa conversa, nós (PSDB) vamos ter as nossas definições. Nós não podemos passar dessa semana para termos os nossos rumos e as nossas decisões”, afirmou ele, ao chegar ao hotel Marina Park, ontem à noite, onde palestrou para empresários do setor de postos de combustíveis.

Ao avisar sobre o prazo com o qual o PSDB está trabalhando, Tasso, pela primeira vez, demonstra desconforto com a atual postura de silêncio do governador e pressiona Cid por uma decisão. Sem ter segurança do apoio do governador à sua reeleição, Tasso demonstra uma postura cética em relação a Cid. Instado por jornalistas a avaliar a gestão de Cid como governador do Ceará – cargo que o tucano já ocupou por três vezes – Tasso preferiu não fazer qualquer comentário. Antes disso, o senador já havia criticado duramente a administração da prefeita Luizianne Lins (PT) em Fortaleza, afirmando ser uma gestão de “muita política”.

A definição que Tasso espera de Cid é a posição do governador sobre a disputa para o Senado Federal. Tasso procura ter o apoio de Cid – cuja força política é hegemônica no Ceará – para sua candidatura à reeleição. Cid, porém, mantém o mistério sobre quem apoiará para a segunda vaga, reafirmando apenas sua tendência de apoiar o deputado federal Eunício Oliveira (PMDB) para uma das vagas do Senado. Pressionado por um lado por Tasso, o governador sofre pressão também pelo PT, que vem batendo o pé ao apresentar o deputado federal José Pimentel (PT) como pré-candidato a senador.

“Prepotência”
Ao comentar a passagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pelo Ceará, que está acontecendo hoje, Tasso chegou a definir o PT como um partido “prepotente, que faz o que quer e o que não quer nos estados” e estendeu a crítica à presidenciável petista Dilma Rousseff (PT). Ao fazer tais comentários, Tasso se referia a possibilidade de Lula aproveitar a estadia no Ceará para pressionar Cid em favor da candidatura de José Pimentel para o Senado. “Eles fazem o que querem e o que não querem em todos os estados, porque que aqui vai ser diferente? Essa prepotência se tornou uma marca registrada do partido que está no governo”.

(() POVO)