Blog do Eliomar

Últimos posts

José Múcio estreia no TCU votando contra punição a obra do PAC

“Em sua estréia na corte, o ministro José Múcio Monteiro ajudou o plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) a amenizar uma punição severa, com potencial de paralisação, a uma obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

A linha sul do Metrô de Fortaleza está orçada em mais de R$ 800 milhões e há indícios de irregularidades como superfaturamento de R$ 113 milhões.

Depois de uma dura discussão, os ministros do TCU, por 5 votos a 3, preferiram manter a obra em andamento e não exigir que o total do valor superfaturado fosse descontado dos próximos pagamentos.

(Globo Online)

Ibope – Serra volta a crescer

srrra

O governador José Serra, de São Paulo, voltou para a casa dos 40% das intenções de voto em pesquisa nacional encomendada pelo PSDB e aplicada pelo Ibope entre os dias 1 e 5 do mês em curso. Foram ouvidas 2.002 pessoas. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

O Ibope montou dois cenários para a sucessão de Lula – um com Serra como candidato do PSDB e outro com Aécio Neves, governador de Minas. Os resultados:

Cenário 1

José Serra – 41%

Dilma Rousseff – 17%

Ciro Gomes – 16%

Marina Silva – 9%

Branco/Nulo – 9%

Não sabe – 8%

Não respondeu – 0%

Cenário 2

Ciro Gomes – 26%

Aécio Neves – 19%

Dilma Rousseff – 19%

Marina Silva – 11%

Branco/Nulo – 14%

Não sabe – 11%

Não respondeu – 0%

A intenção de voto em Serra é maior entre as mulheres (43%), os mais jovens (44%), as pessoas de menor escolaridade (45%) e as de renda mais elevada (43%).

Por região, a preferência por ele é mais acentuada no Sudeste (45%) e no Sul (48%), sobretudo nos municípios do Interior (45%) e os de menor porte (45%).

Cerca de 40% dos que consideram o governo Lula “ótimo” ou “bom” manifestaram a intenção de votar em Serra.

O Ibope simulou um eventual segundo turno para a escolha do futuro presidente.

Serra vence Dilma por 56% a 27%. E vence Ciro por 54% a 25%.

No confronto com Dilma, a vantagem de Serra cai para 16% no Nordeste (49% a 33%) e sobe para 36% no Sudeste (59% a 23%) e para 41% no Sul (63% a 22%).

No Nordeste, a diferença entre Serra e Ciro se reduz para 12% (44% a 32%). Mas no Sudeste cresce para 38% (58% a 20%) e no Sul para 36% (60% a 24%).

Como ocorre na intenção de voto no primeiro turno, em um possível segundo turno Serra tem um peso relativo maior entre as mulheres (57% contra Ciro e 59% contra Dilma), entre os mais jovens (57% contra Ciro e contra 63% contra Dilma) e entre os de renda mais elevada (58% contra Ciro e 58% contra Dilma).

Se no primeiro turno o maior percentual de intenção de voto em Serra é registrado entre os eleitores de menor escolaridade, na hipótese de segundo turno a situação se inverte e a sua maior preferência passa a ser entre os que têm curso superior (58% contra Ciro e 59% contra Dilma).

Quando o Ibope simula o segundo turno com Aécio no lugar de Serra, dá: Dilma 36%, Aécio 32%. Ou Ciro 39%, Aécio 29%.

Entre os possíveis candidatos à vaga de Lula, Serra é o mais conhecido. Dos entrevistados, 72% responderam que o conhecem “bem” ou “mais ou menos” – contra 61% que disseram o mesmo de Ciro, 45% de Dilma e 23% de Marina.

Serra tem o mais baixo índice de rejeição entre os possíveis candidatos. Apenas 21% dos entrevistados disseram que não votariam nele de jeito nenhum. Esse percentual é de 29% no caso de Ciro, 34% no de Dilma, 32% no de Aécio e 36% no de Marina.

O brasileiro está satisfeito com a vida que leva.

Dos total de entrevistados, 80% disseram estar muito satisfeitos ou satisfeitos contra 20% que se dizem insatisfeitos ou muito insatisfeitos.

O grosso dos satisfeitos ou muito satisfeitos está no Norte/Centro-Oeste (86%) e nos municípios menores com até 20 mil habitantes (83%).

Espontâneamente, 18% citaram Lula como o candidato no qual “votariam para presidente da República se a eleição fosse hoje”. Tal percentual pula para 21% entre as pessoas de menor escolaridade.

O voto espontâneo em Serra é de 9%, em Dilma de 5%, em Aécio de 4%, em Ciro de 2%, e em Marina e na ex-senadora Heloísa Helena de 1%.

O desempenho de Lula é aprovado por 82% dos entrevistados. E seu governo é considerado ”ótimo” e “bom” por 72%.

Quanto à conduta do próximo presidente,

 

* 11% dos entrevistados responderam que gostariam que ele “mudasse totalmente o governo”;

* 32% que mantivesse só alguns programas do atual governo, “mas que mudasse muita coisa”;

* 28% que fizesse “poucas mudanças e desse continuidade a muita coisa”;

* e, finalmente, 29% que  “desse total continuidade” ao governo Lula.”

(Blog do Noblat)

Servidores pendurados no empréstimo consignado fazem protesto contra o Governo do Estado

A Associação dos Servidores da Secretaria de Educação (ASSEEC) e o Sindicato Mova-se estão iniciando, nesta manhã de quinta-feira, uma manifestação em frente à sede da Secretaria de Planejamento e Gestão (SEPLAG) contra os decretos nº 29760 e nº 29.878. Esses decretos alteraram as regras das consignações teriam trazido enorme prejuízo a centenas de servidores em todo o estado.

Os servidores querem a intervenção do Governo junto ao Bradesco para regularizarem suas finanças. Grande parte dos que tinham consignações, terão com os salários de novembro totalmente comprometidos e ainda devendo ao banco (texto explicativo em anexo) caso nada seja feito. Isso, porque as novas regras de consignação retroagiram sobre os empréstimos já contraídos.

Entre os servidores da Saúde, o banco absorveu até a verba federal da produtividade, oriunda do SUS. Para Auxiliadora Alencar, diretora do MOVA-SE e servidora da Saúde, o decreto que incidiu sobre as finanças dos servidores de forma tão drástica foi uma decisão unilateral e autoritária do governo do estado.

Comissão da Assembleia fiscalizará obras do rio Maranguapinho

weingotn

A Comissão Especial do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), da Assembleia Legislativa, visitará nesta quinta-feira, às 15 horas, as obras de urbanização do rio Maranguapinho. Segundo o deputado estadual Welington Landim (PSB), o objetivo é conferir o andamento das obras e qual a previsão de conclusão, quanto já foi gasto e quanto falta. O secretário-ajunto estadual de Cidades, Jurandir Santiago, integrará o grupo para dar todas as informações acerca do empreendimento.

Já foram ouvidos pela Comissão Especial do PAC, da Assembleia Legislativa, o secretário estadual das Cidades, Joaquim Cartaxo, que falou sobre as obras de saneamento ambiental no Ceará; o superintendente estadual do DNIT, Guedes Neto, que abordou a recuperação das estradas federais que cortam o Ceará e a duplicação da ponte JK, sobre o rio Jaguaribe, em Aracati, e a construção da ponte sobre o rio Cocó, na Sabiaguaba, em Fortaleza. Também foi ouvido o diretor-presidente da Transnordestina, Tufi Daher Filho, que abordou o andamento das obras da ferrovia

Mandato de Roberto Cláudio sob ameaça

O deputado estadual Robrot Cláudio, que trocou o PHS pelo PSB do governador Cid Gomes, pode perder o mandato. O PHS fará encontro de sua executiva nacional, nesta noite de quinta-feira, em Brasília, para avaliar o caso dele e de outro parlamentar  nordesetino que trocou de partido e decidir pelo questionamento desse tipo de situação.

A informação é do presidente regional do PHS, deputado estadual Francisco Caminha, que participará dessa reunião. Caminha avisou já estar, inclusive, com documento prontinho para questionar a troca de partido de Roberto Cláudio.

O PHS tinha dois parlamentares estaduais. Roberto Cláudio garantiu que a mudança foi uma decisão pessoal e que não atendeu nenhum convite oriundo do governo estadual.

BOM LEMBRAR – Roberto Cláudio é o vice-líder do governo na Assembleia.

Dilma deve deixar ministério em fevereiro, defende Berzoini

berzoinii

O presidente nacional do PT, o deputado federal Ricardo Berzoini (PT-SP), defende que a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) saia do seu cargo no final de fevereiro de 2010, quando o congresso do partido deve ratificar a candidatura dela à Presidência da República.

Em entrevista exclusiva ao colunista do UOL Notícias e da Folha de S. Paulo Fernando Rodrigues, o deputado defendeu a saída da ministra do governo para se dedicar à candidatura antes do limite para a desincompatibilização, em 3 de abril de 2010 -seis meses antes do pleito.

“Na minha opinião pessoal, assim que o Congresso ratificar, ela já deveria se desligar do cargo para tomar as providência necessárias”, disse o deputado. “Não vejo muita diferença do ponto de vista do trabalho na Casa Civil, mas pode haver muita diferença para a campanha.”

Na entrevista no estúdio do UOL Notícias em Brasília, o deputado comentou a aliança firmada na noite de terça-feira (20). Em reunião com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o PT firmou um pré-compromisso com o PMDB em torno da pré-candidatura de Dilma [leia íntegra do acordo ao final deste texto] e prometeu a vice-presidência na chapa aos peemedebistas.

“É muito cedo para discutir isso. Vai ser uma questão de tática eleitoral lá para o ano que vem. É importante tratar desse assunto em 2010”, declarou o deputado. Berzoini afirmou que sem o apoio de Lula talvez o acordo com o PMDB não fosse possível. “Se não fosse o apoio do presidente Lula, esse acordo seria muito mais difícil”, disse.”

(Portal Uol)

Governo deve convocar mais 2,5 mil PMs concursados

“Mais uma seleção para soldado da Polícia Militar deve ser promovida pelo Governo do Estado. De acordo com o Palácio Iracema, parte dos candidatos do último concurso será chamada para a formação de uma nova turma, com 2,5 mil vagas. Mas a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) reconhece que a convocação ainda seria insuficiente para solucionar a carência de efetivo.

Dois concursos para a PM foram promovidos durante o atual governo. A última seleção convocou 1.607 policiais em agosto, lotados no Ronda do Quarteirão e nas companhias de Policiamento Rodoviário (CPRv) e de Policiamento Independente Turístico (PMTur). A seleção foi realizada pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), ligado à Universidade de Brasília (UnB). Foram inscritos, ao todo, 39.671 homens e 7.849 mulheres.

De acordo com a SSPDS, a Polícia Militar deve continuar com uma carência de aproximadamente 750 policiais mesmo após a formação da nova turma. O secretário da Segurança Pública, Roberto Monteiro, ressalta que a corporação deveria ter 17.550 policiais, conforme estabelece sua lei de efetivo. Já o secretário-executivo, coronel Joel Brasil, estima que há hoje cerca de 14,3 mil. Segundo a 5ª Seção do Estado Maior Geral (EGM) da Polícia Militar, a lei do efetivo foi publicada em 26 de abril de 2006, sob o número 13.767.

Burocracia
A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) prevê que a nova seleção seja aberta ainda este ano. O procurador-geral, Fernando Oliveira, explica que o Cespe já entregou ao Governo do Estado o banco de dados do concurso, com as informações sobre o rendimento dos candidatos. Devem ser chamados os classificados entre as posições 1.608 e 4.500 da seleção, segundo a assessoria de imprensa do Palácio Iracema.

Fernando Oliveira explica ainda que estão sendo colhidas propostas de institutos interessados em realizar o processo, a ser iniciado “o mais rápido”. Segundo ele, o Estado pretendia que o Cespe formasse a nova turma, mas a Advocacia-Geral da União (AGU) recomendou que o instituto não aceitasse, considerando que o concurso estava encerrado na primeira turma. “Tivemos que procurar outras propostas. Não podemos esperar indefinidamente”, adianta o procurador, admitindo que o fato atrasou o processo.

Os candidatos que já se submeteram a exames médicos seguem para o curso de formação, conforme ainda Fernando Oliveira. O restante deve ainda fazer os exames.

De acordo com o procurador, o Palácio Iracema também avalia a idoneidade dos institutos interessados em participar do concurso.”

(O POVO)

Termina a greve da Caixa

Os funcionários da Caixa Econômica Federal do Ceará decidiram, em assembleia realizada nesta quarta-feira à noite, encerrar a greve de 28 dias e aceitar a proposta da instituição.

A proposta aprovada, apresentada pela direção do banco na noite desta terça-feira (20), acrescenta um abono de R$ 700 distribuído linearmente para todos os trabalhadores e pago na folha de janeiro, além de mais 5 mil contratações. O reajuste será de 6%, aplicado aos salários e na verba com a cesta-alimentação, o tíquete-refeição e o auxílio-creche.

Lula reedita programa de FHC

lulla

“Num evento com ingredientes de campanha, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançou ontem, em Ouro Preto (MG), o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) das Cidades Históricas.

Ao lado da pré-candidata à Presidência, a ministra Dilma Rousseff, Lula creditou a ela o esforço para viabilizar o projeto, que prevê investir R$ 890 milhões até 2012.

— Quero parabenizar a companheira Dilma por encontrar um jeito de colocar a reivindicação do companheiro Juca (Ferreira) no PAC — disse, referindo-se ao ministro da Cultura.

Com mais dinheiro e nova roupagem, o PAC, na verdade, reedita ações do Programa Monumenta, lançado em 2000 pelo governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB) — até hoje, os investimentos haviam sido de R$ 250 milhões em 26 cidades.

A promessa de Lula é beneficiar até 173 cidades, mas, este ano, 37 serão contempladas, ao custo de R$ 134 milhões. As demais terão de submeter projetos ao governo.

A mudança de nome, segundo o governo, tem como objetivo consolidar nova política para o setor, mais “consistente” e “estruturante”. Na prática, há poucas mudanças, além da ampliação e maior aporte de recursos.”

(O Globo)

Número de multas aplicadas pelo Detran já é maior do que as registradas em 2008

“O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE) intensificou suas blitze e, com isso, o número de multas aplicadas pelos agentes também aumentou. Este ano, a quantidade de infrações registradas até agosto (53.267) já é 12,39% maior do que o total de multas de todo o ano passado, que foi de 47.392. A média foi de 6.658 multas por mês. Os dados se referem a todo Estado e não incluem as infrações registradas por radares móveis.

Comparando o mesmo período do ano passado (de janeiro a agosto), o aumento foi de 59,98%: foram 33.297 multas, em 2008, contra 53.267 este ano. De acordo com o superintendente do órgão, João Pupo, “um conjunto de fatores” motivou esse aumento. Ele cita o crescimento da frota – atualmente há 1,4 milhão de veículos registrados no Ceará, sendo mais de 600 mil em Fortaleza – e o reforço na fiscalização.

“A frota cresce 10% ao ano e também tivemos um aumento no volume de operações”, informa. Este ano, foram 4.670 blitze até agosto, 1.489 a mais do que no mesmo período de 2008. A Lei Seca, que entrou em vigor em setembro do ano passado, também impulsionou a fiscalização. Para se ter ideia, em 2008 (até agosto) apenas 139 motoristas haviam sido flagrados dirigindo alcoolizados. Em 2009, no mesmo período, esse número saltou para 8.665, ocupando o primeiro lugar no ranking.

Além do cumprimento da Lei Seca, os agentes que participam das blitze observam se há veículos não licenciados, motoristas dirigindo sem serem habilitados ou sem os documentos obrigatórios. Também fiscalizam o uso do capacete e outras infrações. “O objetivo da blitz não é arrecadar dinheiro e, sim, diminuir o número de acidentes e a violência no trânsito”, comenta Pupo.

“Quando não há fiscalização, as pessoas ficam relapsas, acabam se acomodando, achando que podem dirigir de qualquer forma. Tem alguns motoristas que, infelizmente, precisam dessa cobrança”, diz o psicólogo Wagner Paiva, especialista em trânsito. Mas ele lembra que é preciso investir em engenharia de trânsito e campanhas educativas.

Segundo Pupo, cerca de 18% de toda a receita do Detran-CE é composta pelas multas. O restante vem das taxas cobradas em serviços como emplacamento e no processo de habilitação. “A Lei diz para onde o dinheiro da multa deve ir. É vinculado, necessariamente tem de ser aplicado em ações de fiscalização, engenharia e educação de trânsito. Isso é feito”, afirma, citando a construção da Escola de Educação para o Trânsito, investimento de R$ 1,6 milhão. De acordo com o superintendente, a previsão é que o Detran-CE arrecade, este ano, cerca de R$ 35 milhões com multas.

BLITZE EM FORTALEZA

> O POVO solicitou ao Detran-CE o número de multas registradas pelos agentes somente nas blitze realizadas na Capital. Mas, segundo a assessoria de imprensa do órgão, o banco de dados não discrimina as informações por cidade.

> As blitze do Detran são realizadas com o apoio de policiais da Companhia de Policiamento Rodoviário (CPRv). A maioria é no fim de semana, próximo a festas e pontos movimentados.

> Segundo o superintendente do órgão, João Pupo, o Detran-CE tem “entre 400 e 450 fiscais.”

> O Detran-CE também registra multas por radares. De janeiro a agosto deste ano, foram 154.201, uma média de 642 por dia.

> Desse total, 71.839 foram registrados pelos 103 radares fixos instalados nas rodovias do Interior.

> O restante – 82.362 – foi registrado pelos dois radares móveis usados em três rodovias de Fortaleza: CE-040 (av. Washington Saores), CE-025 (av. Maestro Lisboa) e CE-501 (av. Senador Carlos Jereissati). A fiscalização é realizada todos os dias.”

( O POVO)

Eleições da OAB – Debate com tempo livre e clima tenso

oabb
“O clima tenso tomou conta da maior parte do debate entre os candidatos a presidente da seção cearense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE), realizado ontem pela TV O POVO e transmitido ao vivo pela rádio O POVO/CBN. Em uma hora e meia de debate, os candidatos Valdetário Monteiro, Erinaldo Dantas e Edson Santana protagonizaram momentos de acirramento eleitoral.

Logo no primeiro bloco, uma discussão sobre custos de campanha animou os ânimos dos participantes. Edson Santana disse que sua chapa era a única não sustentada por “grandes grupos econômicos” e que não consumia “volumes vultuosos” de dinheiro. A reação veio em seguida.

Erinaldo Monteiro rebateu dizendo que essa “quantia vultuosa” de recursos é uma coisa que não existe nas campanhas à OAB. Sobre o assunto, Valdetário comentou que, como possui um escritório de advocacia de pequeno-médio porte, precisava contar com o apoio de parceiros para sustentar a campanha.

Pegos de surpresa no último minuto do debate, nenhum dos candidatos respondeu à pergunta do mediador, jornalista Ruy Lima, sobre a quantia exata que estavam gastando. Todos alegaram desconhecer detalhes dos próprios gastos.

O mediador lembrou, no início, que os cargos da OAB são voluntários. Ou seja, os candidatos investem nas campanhas para ocupar cargos em que não terão remuneração. “Quais são, então, os interesses que estão por trás dessas campanhas?”. A pergunta ficou sem resposta objetiva.

Sobre o comentário de Erinaldo de que não existia nenhuma candidatura de oposição, já que todos os postulantes são ligados à atua administração da OAB, Edson, que é um dos conselheiros estaduais da OAB, disse afirmou que a marca de sua campanha é a independência.

A situação financeira da Caixa de Assistência ao Advogado do Ceará (CAACE), da qual Valdetário é presidente, também foi um dos pontos de discussão.”

(O POVO)
VAMOS NÓS – O debate garantiu tempo livre para cad candidato se expressar. Foi positivo, apesar do candidato Edson Santana, vez em quando exagerar nas interrupções. Os temas serviram para movimentar o embate, no que resultou em saldo dos mais positivos.

Tasso denuncia uso político do Pronaf

“O tucano Tasso Jereissati denunciou, durante reunião da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, o uso político do Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf-B) por parte de setores do governo federal. Ele afirmou que, no Ceará, pessoas ligadas à gestão Lula chegam a dizer para agricultores que “se eles não tiverem condições de pagar os financiamentos, podem ficar despreocupados pois o governo dará um jeito”.

Mas o senador não apontou nomes nem registros de nada disso. Só falou pra quem quisesse ouvir.

Tasso lamentou que, no Nordeste, haja desvios gritantes da finalidade do Pronaf e que “o dinheiro está sendo usado até para comprar motocicletas”. Detalhe: o Pronaf foi criado para financiar a agricultura familiar. ”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Aracati terá espetáculo de regatas na praia da Majorlândia

O município de Aracati (LItoral Leste) está comerando nesta semana 267 anos de emancipação politica. Na programação, inaugurações, atividades culturais e esportivas e a regata de jangadas da Praia da Majorlândia.

Essa competição é o ponto alto da festa e ocorrerá a partir das 11 horas do próximo domingo, com o prefeito Expedito Ferreira dando a largada.

Dnocs – mesa farta para poucos

dnocss

A ceia larga do centenário.

O Dnocs deu prosseguimento, nesta quarta-feira, nas festividades que marcam seus 100 anos de criação. Houve debates no auditório do BNB, no Passaré, sobre as perspectivas futuras de um órgão que continua lutando por revitalização em todos os sentidos: da renovação de pessoal a um bom reforço financeiro.

Por enquanto, fartura mesmo só nesta bela foto de Mauri Melo, pois aindá é muito tímido o resultado de vários projetos tocados pelo Dnocs em se tratando de oferta na ponta à população. Por enquanto, os grandes empreendedores do chamado agronegócio e muito políico que se beneficou do órgão no passado têm motivo para comemorar esse centenário. Até quando?

Igreja Batista promove a “Noite do Pijama”

Na próxima sexta-feira, a Igreja Batista Central de Fortaleza, por meio do seu ministério infantil Geração Futuro, realizará a “Noite do Pijama” . Trata-se de uma programação especial voltada para crianças de três a 11 anos. A diversão da garotada vai contar com a participação dos pais e irmãos, em uma noite bastante animada, começando às 19 horas de sexta e se estendendo até as 10h30min do sábado, nas dependências da IBC (Rua do Cruzeiro, 401, Pedras). Mais de cem famílias estão inscritas na programação.

Segundo Raquel Neves, coordenadora do Geração Futuro, o objetivo é oferecer um tempo de diversão em família e estreitar os laços entre pais e filhos. É por isso que todas as atividades programadas deverão ser realizadas em família, como a gincana e oficinas.

SERVIÇO

Vindo de Fortaleza – Pela BR-116, de Fortaleza, após o último viaduto para Messejana (km 11), ficar atento para pegar a marginal à direita, antes do Anel Viário. São quatro entradas, sendo que a última é bem em cima da entrada para a Rua do Cruzeiro. Nossa orientação é para que você entre logo, pois se passar o Anel Viário ficará difícil de fazer o retorno. Entre à direita na Rua do Cruzeiro, uma rua antes do viaduto do Anel Viário, na esquina da ICOFOR Rações. Siga na Rua do Cruzeiro por 500m até a entrada da propriedade.

Informações: 3444 3600

Site: www.ibc.org.br

Ciro, o verdadeiro alvo

Confira artigo da jornalista Eliane Cantanhêde, que está sendo veiculado nesta quarta-feira pela Folha Online. Ela abroda a virtual candidatura de Ciro Gomes e seus impactos na base aliada.

“O verdadeiro alvo de toda a intensa movimentação de Lula a favor de Dilma não são José Serra, mesmo estando disparado na frente das pesquisas, nem Aécio Neves, que continua à espreita e recolhendo simpatias na oposição. O grande adversário do projeto Lula neste momento, a ser batido já, é outro: Ciro Gomes, que permanece insistentemente à frente de Dilma em praticamente todos os cenários, apesar do obstinado empenho governista a favor de sua candidata.

A oposição pode muito bem esperar. Ficar para depois, em 2010, e até lá vai se derrotando sozinha, com Serra e Aécio dividindo energias e votos internos, e com o PSDB e o DEM se estranhando em praça pública.

O problema imediato é controlar Ciro e esvaziar seu potencial eleitoral. Lula tem suas armas, e sabe muito bem como e em que momento usá-las. Uma delas é pessoal, o p oder de convencimento (se necessário, constrangimento). A outra é política, o poder real que a Presidência e sua forte popularidade lhe conferem.

Essas duas armas estão apontadas diretamente para o peito do candidato do PSB. Lula repete com Ciro a tática que usou quando Aloizio Mercadante disse que sua saída da liderança do PT do Senado era “irrevogável”, pois não suportava toda aquela lambança para salvar o pescoço de José Sarney. Bastou uma conversinha amiga com Lula no Planalto para o irrevogável ser rapidamente revogado. Mercadante voltou para o Senado e para a órbita de Sarney carregando para o resto da vida o vexame do recuo.

Com Ciro, mais explosivo, menos previsível, com menor dever de lealdade, não bastava uma conversinha amiga no Planalto, depois que ele colocou sua candidatura na rua. Daí por que Lula botou Ciro debaixo de um braço e Dilma debaixo do outro e saiu por aí num passeio de três dias pelas margens do São Francisco, com direito a beijinhos, juras de amor e fotos, muitas fotos. Ciro voltou a Brasília, no mínimo, sob constrangimento.

A outra arma de Lula virou metralhadora giratória e não deixa de pé um só partido disponível para se coligar com o PSB e assim dar impulso e tempo de TV para uma eventual candidatura Ciro. Já caíram a cúpula do PMDB, o PR, o PP, o PRB e, na outra ponta, o PC do B, enquanto Lula vai mirando também o PDT. Sobra o PTB, que tende a marchar com a oposição (PSDB-DEM-PPS) e a se dividir no meio do caminho.

E Ciro? Ele disse à Folha que só vai procurar Lula para uma conversa definitiva no ano que vem. “Se houver a decisão de uma candidatura nossa, aí estaremos liberados para procurar aliados”, disse. Seu risco vai ser olhar em volta e não encontrar nadica de nada. Que “aliados”?

A não ser que a candidatura Dilma naufrague, e os aliados pulem ao mar e ao alcance de sua rede, o risco de Ciro é f icar simplesmente a ver navios.

Com uma dificuldade a mais: sem alternativa. Ao contrário de Serra, que sempre pode disputar a reeleição em São Paulo, e de Aécio, que tem mais de uma opção, Ciro não tem para onde correr: se não for candidato a presidente, vai mesmo concorrer ao governo de São Paulo? Isso é o pior dos mundos: depois de engolido por Lula e Dilma no plano nacional estará prontinho para ser devorado pelo PT no estadual.”

E há algo de errado no menu gastronômico da Varjota

fotolog

“A foto acima é da rua Ana Bilhar, esquina com a Frederico Borges, na Varjota, ontem [18/9/2009].

É um bairro, aob adminsitração da SER II [Secretaria Executiva Regional], onde se concentram vários restaurantes. A SER II diz que vai transformá-lo em “exemplo” de civilidade urbana, com restaurantes respeitando os limites da sua propriedade, sem invadir a calçada, e tirando todas as licenças exigidas para funcionar.

Mais de um centena de restaurantes da Varjota, segundo SER II, já foram notificados e ganharam um prazo para se adaptar às normas.

Agora, falta disciplinar o trânsito das ruas. Enquantos proprietários de carros de  luxo [como se pode ver na foto] se divertem, os trabalhadores [sim existem aqueles que trabalham aos domingos] ficam esperando dentro dos ônibus, pois o estacionamento em local proibidio deixa o trânsito atravancado.

Esses folgados não podem parar um pouquinho mais longe do restaurante. Os “bem nascidos” tem certeza que  nem lei [nem a educação] foi feita para eles. Afinal, esses caras não vão sujar os sapatos – nem dar meia dúzia de passos –  para “favorecer” o canelau que anda de ônibus.

VAMOS NÓS – E assim caminha a Fortaleza, terra de ninguém.

(Do Blog do Plínio Bortolotti)