Blog do Eliomar

Últimos posts

As Pesquisas forma as grandes derrotadas nestas eleições?

“A eleição de 2010 tem um grande derrotado, vença Serra ou Dilma: as pesquisas de opinião. E nem me refiro especialmente ao resultado, embora todos os institutos tenham errado: uns mais, outros menos. Refiro-me à derrota desse importante instrumento de avaliação da opinião pública. E isso só aconteceu porque o ambiente foi tomado por vigaristas e negociantes — que não vendem um serviço, mas um resultado. As pessoas sérias envolvidas com essa atividade deveriam evitar a defesa corporativa da “categoria”. Os que erram de boa-fé devem procurar afinar seus instrumentos. Os malandros continuarão a fazer malandragens; são pagos para isso. Por isso mesmo, os que procuram acertar — em vez de se acertar — devem evitar as más companhias.

Comecemos pelo óbvio: erraram, sim! Todos! Sem exceção! O Datafolha, mais perto da realidade, dava a Dilma 50% dos votos válidos no dia do pleito. Ela obteve 47,6% — fora da margem de erro. O Sensus via a candidata com 54,7% dos válidos. Para o Vox Populi, a petista estava 12 pontos à frente da soma dos adversários. No dia 29 de outubro, o Ibope atribuía a Dilma 55% dos votos válidos — 7,4 pontos a mais do que ela conseguiu. Os erros se repetiram em boa parte dos estados. Desse bola para os levantamentos, aquele que será, em números absolutos, o senador mais votado da história do Brasil —Aloysio Nunes Ferreira (PSDB) — deveria ter entregado os pontos.

Vou insistir neste aspectos: embora o resultado não seja irrelevante, inaceitável mesmo foi  o comportamento de alguns “responsáveis” (?) pelos institutos, que resolveram posar de analistas políticos e videntes. Não se contentavam em passar adiante números que, como vimos, se mostraram errados: também faziam perorações a respeito e expeliam sentenças definitivas.

O mais animado deles, sem dúvida, é Marcos Coimbra, o manda-chuva do Vox Populi, instituto que chegou a agonizar e que renasceu com força no petismo. Ele trabalha para e com o PT, embora suas pesquisas e ele próprio sejam vistos em certas áreas, só em certas áreas, como isentos. Coimbra é colunista de uma revista petista e escreve também no Correio Braziliense como “cientista político.”

(Blog do Reinaldo Azevedo – Veja Online)

NO CEARÁ, as pesquisas davam Lúcio em segundo lugar e acabou entrando o tucano Marcos Cals. Eis um dado que vai ser alvo de muitas avaliações.

Secretário de Luizianne cumprirá agenda na Itália

122 1

Eis a informação divulgada, ensta segunda-feira, pelo Prefeitura de Fortaleza em seu site:

O Coordenador de Relações Internacionais da Prefeitura de Fortaleza, Geraldo Accioly, viajará, nesta terça-feira, para a Itália no intuito de incluir Fortaleza na cooperação da Copa de 2014 e articular uma posterior visita da Prefeita Luizianne Lins a esse país. Na província de Genova, o coordenador buscará estratégias de cooperação nas ações da Copa do Mundo 2014. Já em Roma, participará do Seminário de Cultura Digital e Cooperação Internacional. A viagem é um convite da Agência de Cooperação de Governos Locais da Itália (Acel).

As ações de cooperação envolvendo Fortaleza estão sendo cada vez mais fortalecidas, principalmente, depois da prefeita Luizianne Lins ter assumido a vice-presidência de Assuntos Internacionais na Frente Nacional dos Prefeitos (FNP). Um exemplo do fortalecimento são parcerias elencadas com as cidades de Praia e Mosteiros, em Cabo Verde, nas áreas do Orçamento Participativo, Segurança Municipal e Planejamento e Gestão.

CNJ vai lançar campanha contra o crack

142 1

“O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) estuda lançar campanha nacional contra o crack. A ideia é produzir materiais gráficos, como cartilhas e audiovisuais (campanha publicitária em rádio e televisão) alertando para os prejuízos que a droga ilícita pode trazer para a saúde das pessoas e a vida social das comunidades, bem como informando cidadãos e agentes públicos sobre as formas de lidar com o problema, e o tratamento dos usuários.

A iniciativa é da Corregedoria Nacional de Justiça, com apoio da Presidência do CNJ, em parceria com as Coordenadorias da Infância e da Juventude dos Tribunais dos estados.

O asssunto foi discutido na última quinta-feira, durante reunião realizada no CNJ com a participação dos juízes auxiliares da Presidência, Daniel Issler e Reinaldo Cintra; dos juízes auxiliares da Corregedoria Nacional, Nicolau Lupianhes Neto e desembargador Sílvio Marques Neto; do coordenador de infância e juventude do Tribunal do Estado de São Paulo, desembargador Antonio Carlos Malheiros; da médica psiquiatra das prefeituras dos municípios de São Paulo e Guarulhos, Dra. Vera Lúcia Polverini; da psicóloga judiciário da Vara de Infância do Fórum Regional de São Miguel Paulista, Lúcia Zanetti, e do médico psiquiatra da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Dr. Ronaldo Laranjeira.”

(Site do CNJ)

TRE – CE divulga votação dos indeferidos

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) divulgou no fim da manhã desta segunda-feira (4) a votação dos candidatos que foram indeferidos, mas que apresentaram recurso. Eis a relação dos mais votados:

Governador: 21 – MARIA DA NATIVIDADE – 3.063 votos.

Senador: 432 – POLÔ – 76.030 votos; 210 – TARCISIO LEITÃO – 12.879 votos.

Deputado Federal: 1113 – EUGÊNIO RABELO – 82.028 votos; 4569 – MANOEL SALVIANO – 76.915 votos; 1331 – ILÁRIO MARQUES 58.156 votos; 2222 – ADLER GIRÃO – 30.875 votos; 3131 – JOCÉLIO VIANA – 12.411 votos; 1599 – JOSÉ GERARDO ARRUDA FILHO – 2.119 votos.

Deputado Estadual: 13200 – DEDÉ TEIXEIRA – 52.679 votos; 15555 – NETO NUNES – 45.843 votos; 17999 – PERBOYRE SILVA – 29.443 votos.

Presidente do TJ-CE critica OAB por mudar regra para escolha de desembargador

272 3

O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Ernani Barreira Porto, explicou neste sábado (02/10) a real situação da Vara de Execuções Criminais e Corregedoria de Presídios da Comarca de Fortaleza. Na oportunidade, o desembargador reforçou o compromisso de todos os servidores e magistrados do Poder Judiciário do Estado para que a Justiça cearense funcione dentro dos padrões desejados. O presidente afirmou que o TJCE indicou quatro magistrados para auxiliar o juiz titular da unidade judiciária e que o número de servidores foi aumentado para 57. Essa força-tarefa na Vara de Execuções Criminais começou em julho deste ano. “Ocorre que não se pode modificar um erro absoluto com um passe de mágica. Fazer qualquer crítica a essa verdadeira guerra contra a desordem institucionalizada, é perda de tempo, é contribuir para a perpetuação dos equívocos que a sociedade tanto critica”.

Para o desembargador Ernani Barreira, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – secção Ceará (OAB/CE), Valdetário Monteiro, não conhece o trabalho realizado na Vara de Execuções Criminais, em que os processos estão sendo postos em ordem. “No meu entender, desviou a sua elevada função de buscar soluções verdadeiras para os problemas que afligem todas as categorias de operadores do Direito e, posso estar enganado, mas cedendo a algum tipo de pressão se curvou e resolveu fazer afirmativas absolutamente fora da realidade”, pontuou.
Ernani Barreira disse que não entende como o presidente da OAB/CE passou um ano para escolher a lista sêxtupla, formada por advogados, para compor o corpo de julgadores do TJCE, pelo quinto constitucional e, repentinamente, ficou frenético. “Devo louvar que essa escolha foi feita de forma democrática, participativa, e que todos os advogados do Ceará puderam votar. Honestamente me assusta quando sua senhoria resolve alegar que deve mudar o critério em virtude de necessidade do Tribunal de Justiça. Quem quiser fazer alguma coisa no sentido de atender a qualquer tipo de pressão, que o faça, mas deixe a Justiça fora porque a Justiça do Ceará não está pronta para receber esse tipo de crítica. Estamos prontos para receber críticas procedentes”.

O presidente do Tribunal de Justiça assegurou, ainda, que duas novas Varas de Execuções Criminais foram criadas, mas, para a implementação, é necessário realizar concurso de remoção. “Estão pedindo uma coisa que já foi criada. Agora, para nomear os juízes, há a necessidade de um concurso de remoção. O Tribunal de Justiça não pode pegar um juiz e jogar em uma vara de Execuções Criminais sem um concurso de remoção, que deve ser feito dentro de critérios estabelecidos pela Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman) e pelo Regimento Interno do Tribunal. Tem os prazos, inscrições, publicações. As varas já foram criadas, o presidente da OAB do Ceará está mal informado, alguma coisa existe e precisa ser esclarecida”, defende o desembargador.

Sobre o Projeto de Virtualização, o magistrado informou que 3.400 processos da Vara de Execuções Criminais estão digitalizados, 3.600 em processo de digitalização e os demais estão sendo preparados para serem convertidos em arquivos digitais. “O Projeto no Ceará é alguma coisa que está sendo aplaudido no Brasil todo. O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo virá à Fortaleza, dentro de 15 dias, conhecer o processo de virtualização do Ceará. Isso é uma conquista do Ceará”.

RECLAMAÇÃO DA OAB-CE

A OAB-CE ingressou com reclamação junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre o funcionamento da Vara de Execuções Criminais. A Ordem se queixou da existência de mais de dez mil processos para serem julgados por um único juiz e da quantidade de servidores. Também reclamou que a transição para a virtualização dos processos está causando morosidade. O CNJ, então, determinou correição na Vara de Execuções Criminais.
Sobre a decisão do Conselho, o desembargador Ernani Barreira considerou profundamente salutar. “O TJCE está aberto para mostrar tudo o que tem feito e tudo o que é possível ainda fazer”, assegurou.”

(Site do TJ-CE)

Eleições 2010 – O Resultado segundo a imprensa internacional

Olha só como os principais jornais internacionais repercutem a disputa pela presidência da República, que acabou indo para o segundo turno entre Dilma (PT) e Serra (PSDB):

* NEW YORK TIMES

O jornal americano “New York Times” diz que a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, sofre com a falta de carisma que tornou o presidente Lula tão popular no país.
“Especialistas não têm dúvida de que Rousseff irá prevalecer no segundo turno contra [O TUCANO JOSÉ]Serra. Apesar de sua falta de experiência política e carisma, ela foi exaltada na onda de prosperidade no Brasil sob a liderança de Lula, cujos índices de aprovação chegam a 80%”, escreve o “NYT”.
“Rousseff, que militou contra a ditadura na década de 1960, é considerada uma administradora competente, mas sofre com a falta do carisma sedutor que ajudou Lula a se tornar tão popular”, continua o jornal.
O “NYT” diz ainda que o fato de a eleição não ter sido decidida no primeiro turno se deve à “presença forte” da candidata Marina Silva. “Rousseff perdeu votos por conta da presença forte de uma terceira candidata, Marina Silva, do Partido Verde, ex-ministra do Meio Ambiente, que teve mais de 19% dos votos”.

* LE MONDE

O jornal francês destaca as eleições presidenciais na primeira página de seu site e também ressalta que a campanha de Roussef preza a “continuidade da política que tem ajudado a tirar milhões de brasileiros da pobreza e do país experimentar um boom econômico sem precedentes”.

* DER SPIEGEL

A revista alemã ainda mantinha a apuração parcial dos votos em seu site –apontando que, se a apuração seguisse o caminho indicado, a eleição iria para 2º turno.
A “Der Spiegel” também traz a recusa de Lula sobre uma suposta candidatura em 2014, com uma citação atribuída a Lula: “Não, não. Se você já esteve na Presidência, então só precisa de paz na vida”.

* LE FIGARO

Outro jornal francês, também destaca as eleições brasileiras em sua página principal e diz que “não houve surpresa” na vitória de Dilma sobre Serra no 1º turno.

* EL PAÍS

O diário espanhol põe as eleições em submanchete, e destaca Marina Silva (PV) como um “fator decisivo” para o 2º turno. “Dilma Rousseff não conseguiu evitar uma segunda etapa eleitoral”, diz o texto, apontando também que assessores da candidata já admitiam 2º turno na tarde de domingo (3).
“Lula escolheu uma sucessora improvável, pouco conhecida, e se lançou com todas as suas forças e enorme popularidade (80%) em uma campanha eleitoral agitada”, diz o jornal. “Esse 2º turno será, sem dúvida, decepcionante para o presidente mais popular de toda a história do Brasil, que acreditou poder transmitir todo esse respaldo pessoal”.

* WALL STREET JOURNAL

Para o “Wall Street Journal”, a decisão no segundo turno demonstra um grande revés nas previsões feitas por especialistas. “Dilma Rousseff, 62, uma ex-guerrilheira esquerdista, terminou em primeiro lugar com uma grande folga na eleição presidencial do Brasil neste domingo, mas falhou ao não conseguir votos suficientes para evitar um segundo turno no maior país da América Latina –um revés para uma candidata cuja vitória no primeiro turno era certa algumas semanas atrás”, diz o “WSJ”.

* THE INDEPENDENT

O jornal britânico “The Independent” aponta que Dilma está tentando ser a primeira chefe de Estado mulher no Brasil –e também narra brevemente a trajetória da ex-ministra enquanto combatente antagônica ao regime militar (1965-1984). Sobre Serra, o jornal diz apenas que ele era governador do Estado de São Paulo –e que perdera as eleições presidenciais para Lula em 2002 como representante do PSDB.

* THE TIMES

Já o também inglês “The Times” coloca, em chamada de capa, que “Dilma Roussef promete aos eleitores que seguirá os passos do presidente Lula para reduzir o abismo entre ricos e pobres”.

* REUTERS

A agência destaca que Rousseff foi “escolhida a dedo” por Lula para continuar suas “políticas esquerdistas que fizeram do Brasil um dos mais empolgantes mercados emergentes.” A Reuters ressalta ainda que “nem Rousseff, nem Serra fogem dos programas sociais e políticas que favorecem o investimento estrangeiro que fizeram Lula popular.”

* THE DAILY TELEGRAPH

O inglês “The Daily Telegraph” indica que “Dilma Rousseff, a favorita para vencer as eleições presidenciais no Brasil, foi forçada a um segundo turno com seu principal rival, depois de não assegurar os 50% de votos no primeiro turno”. O jornal aponta ainda uma “inesperado crescimento tardio” da terceira candidata, Marina Silva (PV), com 19,5% dos votos válidos.
O diário britânico diz ainda que as recentes descobertas sobre Erenice Guerra, somadas a questões cristãs sobre as posições de Dilma sobre o aborto e outros problemas sociais aparentemente instituiu dúvidas na cabeça dos eleitores –a ponto de custar a ela a vitória no 1º turno.

* DAILY MAIL

Em um texto inserido à tarde no site do jornal, Dilma é chamada de “guerrilheira e marxista por formação”, que pode vir a se tornar “a mulher mais poderosa do mundo” –mais influente que a secretária de Estado Hillary Clinton ou que a chanceler alemã Angela Merkel. Entretanto, até a publicação da reportagem, o jornal não publicou nenhum resultado do primeiro turno das eleições brasileiras.

(Portal Uol)

Candido Polô, do PV, tenta resolver pendência para ter votos divulgados

Candidato ao Senado com votos não sendo divulgados, Polô (PV) pede espaços para esclarecer aos eleitores: não tem seu nome incluido na “Ficha Suja”. O que houve foi problema registrado em 2004, quando não votou no primeiro turno das eleições. Estava atuando como fiscal da então candidata à Prefeitura de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), e não votou.

Polô informa que resolveu a pendência, pagou multa equivalente a R$ 3,00 e, quando pensava que estava tudo regularizado, veio uma comunicação da Justiça Eleitoral para o PV informando que ele teria essa pendência. Polô não chegou a receber em tempo hábil tal comunicação e, pçor conta disso, seus votos não são divulgados.

Ele informa que entrou em contato com o setor jurídico da campanha da candidata a presidente da República pelo PV, Marina Silva, para esclarecer essa situação.

Cientista político diz que Lula foi o grande derrotado

196 4

Em artigo publicado no site Congresso em Foco, o cientista político Paulo Kramer avalia que o presidente Lula foi o grande derrotado nas eleições, porque mergulhou na campanha pró-Dilma, ultrapassando “todos os limites do bom senso e da decência”. Confira:

No momento em que escrevo, 94,3% das urnas de todo o país já foram apuradas,  delas emergindo o maior derrotado até agora: o presidente da República, que, durante a campanha – e  campanha para ele é permanente, confundindo-se com o exercício de suas atribuições constitucionais -, ultrapassou todos os limites do bom senso e da decência para fazer desta eleição um plebiscito arrasador entre as eras Lula e FHC.

Ele não contava com o espetacular desempenho de Marina Silva, do PV, cuja votação  provou ser o dobro do que previam os institutos de pesquisa e empurrou o pleito para o segundo turno entre Dilma e Serra.

O velho adágio de que o segundo turno é uma nova eleição não se aplica à  sua  ainda curta história nas corridas presidenciais brasileiras. Collor em 89, Lula em 2002 e novamente Lula em 2006, vencedores no primeiro turno, tiveram sua preferência popular confirmada no segundo.

Agora, novamente, caberá ao segundo colocado a tarefa mais difícil de atrair a maior parte dos eleitores da candidata do PV, que ficou em terceiro. Afinal, nos estados onde  conquistou um inesperado segundo lugar, como Bahia e Pernambuco, Marina avançou sobre os votos destinados a Dilma, e não a Serra. Teoricamente, pelo menos,  será mais fácil para a  petista ‘reconquistá-los’ do que para Serra, que jamais frequentou as cogitações daqueles eleitores.

Mesmo assim, vale adiantar que  a inevitável bipolarização do segundo turno, com uma enormidade de tempo na TV igualmente dividida entre ambos, na base do cara-a-cara, assumirá o feitio de um teste de personalidades e, sobretudo, de temperamentos. Os estrategistas da campanha tucana tudo farão para trazer para fora a verdadeira Dilma, que na imagística oposicionista afigura-se uma personagem grosseira, mandona, desagradável. Até agora, seus marqueteiros tiveram muito sucesso em blindá-la a salvo desses demônios interiores, com a ajuda, é bem verdade, do formato insôsso dos debates televisivos. Será que tanta beatitude vai resistir ao mano a mano que tomará conta do ‘horário político’  até o fim deste mês de outubro?

Já quando se trata do padrinho da candidatura Dilma, nem é preciso apelar para sofisticados estrategemas de marketing a fim de provocar sua ira. Este analista se arriscaria até mesmo a conjecturar que, ao lado do escândalo Erenice, as explosões de Lula em palanque  foram outro fator a abalar o até então franco favoritismo de sua pupila na reta final rumo a uma lavada em primeiro turno.

Uma última observação sobre o plebiscito que, afinal, não se materializou. Quase tão surpreendente quanto a conquista da primeira vaga paulista no Senado por Aloysio Nunes Ferreira foi o amplo emprego da imagem e das declarações de Fernando Henrique na sua campanha. O que sugere que nem mesmo todo o tempo, toda a energia e todo o dinheiro público gastos por Lula para desconstruir o legado do seu antecessor nos últimos oito  anos foi suficiente para empanar o papel ainda desempenhado por este como referência maior da oposição brasileira.

Irá a campanha de Serra, no segundo turno, finalmente resgatar e assumir a herança (bendita?) de FHC? 

Paulo Kramer é cientista político, com doutorado pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (Iuperj), e professor licenciado do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília (Ipol/UnB). Mantém conta no Twitter em homenagem aos pensadores liberais Alexis de Tocqueville e Max Weber.

(Congresso em Foco)

Presidente da CNI agora é senador

O deputado federal Armando Monteiro Neto (PTB) retoma, a partir desta semana, a presidência da Confederçaão Nacional da Indústria (CNI). Isso, depois de ter sido eleito senador por Pernambuco. Armando disse que vai “honrar” o compromisso com o Estado e que vai “com grande esforço” se dedicar ao mandato de senador. Armando confessou que esperava sair vitorioso do pleito, mas não imaginava que seria eleito em primeiro lugar. Ele disse que esperava uma “vitória expressiva”, mas sempre achou que a votação dos dois senadores terminaria muito próxima.

Teve dedo de cearense na campanha de Armando Monteiro: o publicitário Ricardo Alcântara, que chegou a trabalhar em campanhas no Estado como a primeiro de Lúcio Alcântara contra Cid Gomes. Ricardo se engajou a essa equipe recomendado por um grupo de empresários cearenses ligado à CNI.

Delegado Protógenes Queiroz é eleito deputado federal com sobras de Tiririca

A votação do palhaço Tiririca (PR) em São Paulo, que conseguiu 1.353.829 conseguiu puxar mais três cadeiras para a  coligação PRB/PT/PRPCdoB/PTdoB. 

Entre os nomes que se beneficiaram com a sobra de votos está o delegado federal Protógenes Queiroz (PCdoB), aquele que investigou e chegou a prender, por meio da “Operação Satiagraha” o doleiro Daniel Dantas.

Tiririca já está em Fortaleza para bom repouso

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=1-wcG8q2cjA[/youtube]

Tiririca, o deputado federal mais votado do Brasil (1 milhão 332 mil 163)  desembarcou nas primeiras horas da madrugada desta segunda-feira em Fortaleza. Veio de São Paulo para, com disse, “descansar um pouco com minha família”. Tiririca disse que não esperava ser eleito e que ficou feliz mais ainda por ter obtido tantos votos.

Ele disse que vai procurar “fazer muita coisa boa ” e avaliou como “coisa de Deus” essa sua vitória.

Aliás, confira o Tiririca que, com sua “Florentina”, virou o hit das eleições 2010.

(Com informações da TV Diário)

Fim de Eleições -IJF atende 583 pacientes

O Instituto Doutor José Frota (IJF) realizou 583 atendimentos no fim de semana – de sexta-feira, a partir das 19 horas, até esta segunda-feira, às 7 horas. Foram 142 casos de violência no trânsito

Acidentes de moto – 67 

Vítimas de abalroamentos – 33 vítimas,

Atropelamentos – 26 

Capotamento – 5

Agressões físicas – 20 vítimas

Lesões por arma branca – 10 vítimas

Le~sao por arma de fogo – 15.

DETALHE –  Também chegaram ao hospital, 40 vítimas de quedas da própria altura, 28 de queimaduras e 13 de picadas de animais peçonhentos.

DETALHE 2 – Também foram atendidos oito pessoas vítimas de queda de bicicleta e três quedas de carro em movimento.

(Com Assessoria de Imprensa do IJF)

Quatro vereadores ganham mandato de deputado estadual e abrem vaga para suplentes

A eleição para a Assembleia Legislativa vai mexer na composição da Câmara Municipal de Fortaleza. É que os vereadores Eliane Novais (PSB), Paulo Facó (PTdoB), Mário Hélio (PMN) e Roberto Mesquita (PV) conquistaram cadeira de deputado estadual e, em consequência, abrem vaga para suplentes assumirem posições na Casa.

No lugar de Eliane Novais, assumirá o ex-vereador Martins Nogueira, que suou a camisa na campanha em favor da irmã do presidente municipal do PSB, Sérgio Novais. Foi premiado.

Para a vaga de Mário Hélio, assumirá o ex-vereador Marcílio Gomes, enquanto Paulo Facó abrirá vaga para a posse de Gerôncio Coelho. Já para o lugar de Robeto Mesquita entrará Antônio Heron.

Começa nesta 2ª feira a XIX Semana de Comunicação da UFC

Tudo pronto para a XIX Semana de Comunicação da Universidade Federal do Ceará que, a partir desta segunda-feira, no Centro de Humanidades, vai comemorar os 45 anos do curso de Comunicação Social da Instituição. O tema do evento é “45 anos e a formação do comunicador”.

A Semana de Comunicação, que discutirá acerca dos rumos do ensino de comunicação no Ceará e no Brasil, contará com nomes reconhecidos no meio como Ivonete Maia, jornalista formada na primeira turma do curso de Comunicação da UFC e presidente da Associação Cearense de Imprensa. e Laurindo Lalo Leal, professor do Departamento de Jornalismo da Universidade de São Paulo (USP) e autor dos livros “A melhor TV do mundo” e “A TV sob controle”.

Além das mesas redondas, a Semana de Comunicação, que vai até o dia 8, também contará com a apresentação de mais de noventa trabalhos científicos e práticos dos alunos do curso, além de oficinas e grupos de discussões com temas relacionados ao cotidiano das práticas jornalísticas e publicitárias. Outro momento de destaque será a Mostra Audiovisual, que acontecerá no dia 5 de outubro, às 18 horas e exibirá treze vídeos independentes produzidos na cidade.

(Blog www.semanadecomunicacaoufc.blogspot.com)

Cid, Eunício e Pimentel terão encontro com Dilma para tratar da campanha de 2º turno

O governador Cid Gomes (PSB), reeleito, terá encontro às 11 horas desta segunda-feira, em Brasília, com a candidata a presidente da República pelo PT, Dilkma Rousseff. Com ele, Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT), que ganharam a disputa pelo Senado. Cid disse que a ordem é priorizar a campanha do segundo turno.

Cid informou, no começo desta madrugada, que vai tirar uns 10 dias de licença para recuperar-se de uma campanha desgastante, que lhe consumiu fisicamente e psicologicamente. “Quer recuper seis quilos perdidos 

Sobre o novo secretariado, informou que só vai tratra do assunto após o resultado do 2º turno para presidente. 

Ao falar a respeito da derrota de Tasso Jereissati (PSDB), o governador, assim como Eunício e Pimentel, desconversou: “O que passou, passou. Vou começar a pensar o governo. Estou sempre aberto a conversar”, disse, sobre a possibilidade de uma reaproximação com o tucano.