Blog do Eliomar

Últimos posts

Acadêmico lança livro sobre pessoas que marcam a história do Ceará

O presidente da Academia Fortalezense de Letras, João Soares Neto – pessoa da nossa estima, estará lançando nesta sexta-feira, a partir das 19 horas, na Oboé Cultural, mais um livro. Dessa vez, uma pesquisa histórica com viés jornalístico intitulada “Gente que Conta”.

Nesse livro, João Soares entrevista importantes personagens do Ceará que mostram um pouco do que são e faz questão de destacar suas contribuições para a sociedade.

Entre os entrevistados, a escritora Ana Miranda, o humorista Chyco Anísio, o empresário José Dias de Macedo, o poeta Juarez Leitão, o jurista Ernando Uchoa Lima e o inesquecível Raymundo Costa, que foi vice-presidente do jornal O POVO.

Esse livro de João Soares Neto acaba se constituindo numa bela e importante contribuição para a memória do Ceará.

Polícia investiga quadrilha especializada em invasões de terrenos na zona sul de Fortaleza

256 3

A Polícia investiga a ação de uma quadrilha especializada em invasões de terrenos em bairros da zona sul de Fortaleza, área de maior investimento imobiliário na Capital nas últimas duas décadas. De acordo com as ocorrências registradas no 26º Distrito Policial (Edson Queiroz), os invasores quase sempre preferem terrenos murados, quando violam portões, realizam o desmatamento, levantam um pequeno barraco e instalam mulheres grávidas no lugar. Também solicitam à Coelce a ligação de energia elétrica, além de pintarem muros, como forma de alegar melhorias na propriedade invadida, quando da abertura de processo judicial por parte do proprietário do terreno, em ação da reintegração de posse.

“A Polícia está atenta a esse tipo de delito, apesar da recomendação da Secretaria (de Segurança Pública e Defesa Social, SSPDS) para que o proprietário do terreno entre com uma ação civil para a reintegração de posse. Esse tem sido o procedimento em casos agrários e de invasões de terrenos. Mas temos observado que essa problemática social está se caracterizando como crime, desde o surgimento das denúncias da existência de uma quadrilha especializada em especulação imobiliária”, comentou o superintendente da Polícia Civil, delegado Luiz Carlos Dantas.

Os terrenos invadidos estão avaliados entre R$ 250 mil e R$ 1,5 milhão. O último caso ocorreu na tarde desta quarta-feira (18), na rua Salvador Correia de Sá, no Novo Alagadiço, durante um conflito entre invasores e proprietários. Os invasores haviam se instalado na propriedade há cerca de três semanas. Um medidor da Coelce foi derrubado, após a gerente do posto de Messejana alegar que somente a pessoa que solicitou a ligação da energia poderia autorizar o desligamento. De acordo com o site da empresa, qualquer pessoa em posse do CPF pode solicitar a ligação de energia elétrica, desde que forneça “o endereço completo do imóvel, a atividade que será desempenhada no local, a descrição da carga instalada, o tipo de ligação (monofásica ou trifásica) e o nome e telefone da pessoa de contato. As solicitações de ligações novas são atendidas até cinco dias úteis. Se possível colocar o ponto de referencia no endereço para facilitar a execução”.

"Mitos e verdades sobre as pesquisas"

Eis artigo de Marcos Coimbra, sociólogo e presidente do Instituto Vox Populi, publicado nesta quarta-feira, no jornal Correio Braziliense. O título é sugestivo: “Mitos e verdades sobre as pesquisas”. Confira:

De agora ao início de outubro, a mídia vai bombardear a opinião pública com pesquisas, uma atrás da outra. No começo, teremos pesquisas novas quase diariamente. Adiante, mais de uma ao dia. Na última semana, muitas. Quem não tomar cuidado, pode se confundir.

É uma boa hora para revisitar certos mitos sobre as pesquisas e discutir idéias que parecem certas, mas que escondem equívocos. Há coisas que se dizem para ajudar o cidadão a compreendê-las, mas que só atrapalham.

Quase todo mundo desconfia de que seja possível apontar o que pensa o eleitorado brasileiro a partir de amostras que raramente passam de 2,5 mil entrevistados. Somos mais de 135 milhões de pessoas aptas a votar, e é difícil imaginar que uma amostra que não chega a 20 milionésimos do universo o retrate adequadamente.

Outra coisa que confunde é ver que 2,5 mil entrevistas servem para que os institutos falem tanto do Brasil, quanto de um estado ou cidade. É intuitivo supor que, à medida que aumenta o tamanho do universo, deveria aumentar o tamanho da amostra. Se 2,5 mil são necessárias para representar, por exemplo, a cidade de São Paulo, muito mais seria exigido para falar do estado ou do país.

Os pesquisadores costumam responder a essas dúvidas com a analogia da sopa: uma colher basta para testar seu gosto, não sendo necessário tomar a panela inteira. Mais ainda: não interessa se são 10,100 ou 1000 litros de sopa. Uma colher continua bastando.

É uma analogia que parece boa, mas que é limitada. Ao contrário da sopa, que é igual em qualquer lugar da panela de onde se tire uma colherada, o eleitorado não é homogêneo. Ou seja, nem toda colherada o representa bem.

Prosseguindo com as analogias gastronômicas, seria melhor dizer que as amostras devem ser como o prato que o freguês de um restaurante de comida a quilo monta quando quer conhecê-lo: uma colherada de cada tipo de alimento, sem exagerar em nenhum. Se só colocar macarrão ou se não provar nenhuma sobremesa, como poderia avaliar o cardápio inteiro?

As discrepâncias entre as pesquisas, que ficaram visíveis em diversas oportunidades ao longo do ano, resultam, principalmente, de diferenças na amostragem. Há institutos que incluem todos os segmentos do eleitorado em suas amostras e outros que não. Aqueles que, por exemplo, só entrevistam eleitores que possuem telefone e que não ouvem quem mora em áreas rurais.

Outra ideia comum sobre as pesquisas é que elas são “fotografias de momento”, sem capacidade explicativa ou preditiva. Em parte, é uma banalidade, uma verdade acaciana. Em parte, uma confissão de incompetência.

Quando, por exemplo, um lugar está no meio da neblina, o melhor fotógrafo, mesmo se usar a melhor câmera, só conseguirá uma imagem borrada. Não importa a lente, ela não ficará nítida. Mas isso, ainda bem, não é o mais frequente.

Imaginemos a fotografia de um automóvel, no meio de uma estrada, com as janelas fechadas e um vulto ao volante. À frente, um precipício. Tudo sugere que, se o carro estiver em movimento (como parece) e se não mudar a rota, vai cair. Com apenas essa foto, qualquer um suspeita que um desastre é iminente.

E se houver uma segunda, mostrando que o carro avançou, aproximando-se 10 metros do abismo? E outra, com uma distância ainda menor? E mais outra?

Pesquisas só são fotografias estáticas se não as conseguirmos entender. Com a vasta informação de que dispomos, é perfeitamente possível falar, com base nelas, sobre o que tende a ocorrer em uma eleição.

Ceticismos (“nunca fui entrevistado e não conheço ninguém que tenha sido”), perplexidades (“como é possível falar de todo o Brasil com tão poucas entrevistas?”) e falsas noções (“pesquisas são retratos do passado, que nada dizem sobre o futuro”) são comuns sobre as pesquisas. Mas elas são um elemento central na cultura política moderna. Bom seria se todos conseguíssemos utilizá-las corretamente (sem querer delas nem demais, nem de menos), em escolhas tão importantes quanto as que faremos no dia 3 de outubro.

Tiririca, o candidato, arrasa no twitter

164 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=0iSDAKA-DvM[/youtube]

Pois é, o humorista cearense Tiririca, candidato a deputado federal pelo PR de São Paulo – colega de legenda por aqui de Lúcio Alcântara, virou a grande atração no twitter. O artista virou coqueluche de comentários e, acredite, ninguém vai ficar surpreso se ele ganhar assento em Brasília.

Ciro Gomes votará em trânsito

O deputado federal Ciro Gomes (PSB) foi uma das mais de 6.500 pessoas que se cadastraram para votar em trâsnsito em Fortaleza. Ele tem domicílio eleitoral em São Paulo e, por estar como coordenador-geral da campanha do irmão, o governador Cid Gomes (PSB), não se ausentará do Estado durante o pleito. Vai votar numa urna na sede do TRE em Dilma Rousseff (PT).

Ciro disse, em entrevista ao jornal Correio Braziliense, desta quarta-feira, que está engajado na campanha de Cid e da coligação e que apoia a candidatura de sua ex-mulher, a senadora Patrícia Saboya (PDT), para deputada estadual. Ele transferiu seu título para São Paulo na esperança de sair candidato a presidente. Acabou feito bobo, como chegou a dizer, pois seu partido, com aval do PT, o escanteou da disputa.

Sobre Dilma, garantiu não ter problemas para apoiá-la. “Mudança de domicílio eleitoral é um assunto do passado. Presente é reeleger Cid”, disse o parlamentar.

Grupo do Ceará embarca na rota do congresso nacional de jornalistas

221 3

Eis aí a delegação do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Ceará que embarcou, na madrugada desta quarta-feira, na rota de Porto Alegre (RS), com destino ao congresso nacional da categoria. Na ocasião, haverá a posse da nova diretoria da Federação Nacional de Jornalistas (Fenaj), tendo à frente Carlos Schröder.

Um dos assuntos desse congresso, que promete ser polêmico, é a emissão do registro profissional para jornalistas não diplomados. Como se sabe, caiu essa exigência por decisão do STF, mas há emenda tramitando no Congresso tentando resgatar o dispositivo. O evento vai se estender até sábado.

(Foto – Paulo Moska)

Duda Mendonça lança videoblog com dicas gratuitas sobre campanhas

O publicitário baiano Duda Mendonça que respondeu pela campanha de Lula em 2002, está lançando o videoblog “making of”. O site mostra em vídeos como ele compõe jingles e slogans e como são feitas as pesquisas qualitativas. Duda ainda dá dicas sobre estratégias de marketing eleitoral.

Também no videoblog, suas campanhas atuais como a da petista Marta Suplicy (SP) ao Senado e a de Roseana Sarney (PMDB) ao Governo do Maranhão.

“É um blog diferente, informal. Não mostra apenas um trabalho de criação ao vivo, mas como acontece na realidade”, explica Duda Mendonça.

* Confira o site aqui.

Com 11 pontos percentuais sobre Serra, Dilma ganha destaque no "El País"

“A vantagem de 11 pontos que Dilma alcançou na última pesquisa Ibope/Globo, divulgada na segunda-feira (16), foi destaque no jornal espanhol El País desta quarta-feira (18). Em sua edição online, a publicação chama a petista de “candidata de Lula” e ressalta a possibilidade de vitória de Dilma no primeiro turno. Atrás da ex-ministra está José Serra, candidato do PSDB à presidência, com 32%, enquanto Dilma tem 43% das intencões de voto. Marina Silva, do PV, aparece com 8%. O jornal também aponta a importância do horário eleitoral no rádio e na TV como “vital em um país com baixo acesso à internet e aos impressos”.

Última pesquisa presidencial

Na pesquisa divulgada na última terça-feira (17), realizada pelo instituto Vox Populi, Dilma amplia a vantagem para 16 pontos e aparece com 45% das intenções de voto, contra 29% do candidato do PSDB, José Serra.”

(Portal Terra)

Procuradora-geral de justiça assume cadeira na academia

A procuradora-geral de justiça do Estado, Socorro França, assumirá, nesta quinta-feira, em solenidade marcada para as 19 horas, no antigo Palácio da Luz (Centro), a cadeira de número 20 (patrono Juarez Távora) da Academia Cearense de Retórica.

Ela será saudada pelo acadêmico Roberto Ribeiro, em cerimônia presidida por Maurício Cabral Benevides. Após a cerimônia, haverá coquetel.

SERVIÇO

Local – Rua do Rosário, 01 – Centro.

(Foto – Paulo Moska)

Misericórdia! Santa Casa cobra da Prefeitura repasses do SUS

O provedor da Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza, Luís Marques, anda reclamando da Prefeitura. “Está constantemente atrasando os repasses do SUS, o que nos deixa em situação muito difícil”, alerta.

Marques diz que os repasses do SUS para o hospital, por questão legal, ocorrem por meio da Secretaria Municipal da Saúde que, no entanto, vem atrasando de dois a três meses. Hoje o atraso ocorre desde maio e a Santa Casa, segundo informa, já acumula um crédito de cerca de R$ 2 milhões. 

A Santa Casa de MIsericórdia responde hoje por 95 % do atendimento feito pelo SUS em Fortaleza.

Eleições 2010 – Aumenta número de telefones grampeados no País

“Em ano eleitoral, cresceu o número de telefones grampeados com autorização judicial. Segundo o CNJ (Conselho Nacional de Justiça), houve um aumento de 65,6% no total de escutas de maio de 2009 para o mesmo mês deste ano, passando de 11.035 para 18.271 aparelhos sob monitoramento. Segundo o balanço, os números de telefones grampeados mantiveram-se constantes em março (18.239), abril (18.102) e maio (18.271) deste ano. Desde que o CNJ começou a fazer esse monitoramento estatístico, em novembro de 2008, os grampos nunca haviam atingido essas marcas. Maio foi o último mês do ano para o qual o CNJ fechou os dados –os de junho e julho ainda são parciais.

O ministro Gilson Dipp, corregedor do CNJ, afirmou que um dos principais motivos para esse crescimento em relação a 2009 é a realização de mais operações policiais neste ano para investigar, principalmente, corrupção, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e pirataria. Os dados fazem parte da chamada Central Estatísticas de Escutas Telefônicas, criada em 2008 pelo então presidente do CNJ, Gilmar Mendes, em meio a críticas ao que ele chamava de “Estado policialesco” e “espetacularização” das operações policiais.

As estatísticas caíram após a criação da central. Nos seus cinco primeiros meses de vida, houve redução de 12.076 escutas legais, em novembro de 2008, para 10.366, em março de 2009, quando os dados haviam sido divulgados pela última vez. Na época, Dipp afirmou que a diminuição era consequência da uma maior cautela da polícia e dos juízes. Hoje ele diz que, mesmo com o aumento, não se pode dizer que o país vive aquele chamado “Estado policial”. “Mas a criação desse monitoramento foi fundamental para esclarecer dados que haviam sido divulgados pela CPI [dos grampos] em 2008”, declarou Dipp à Folha.

Naquele ano, a CPI apontou, com base em informações das empresas de telefonia, que haviam sido feitas pelo menos 375.633 escutas telefônicas com autorização judicial em 2007. “Constatamos que as empresas telefônicas contabilizavam dados que não deviam ser levados em conta, como pedidos de renovação das escutas”, disse Dipp.”

 (Folha.com)

Dilma e Marina miram Serra que eleva o tom no debate

158 1

No primeiro debate presidencial da internet brasileira, Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PV) acirraram o tom das críticas contra José Serra (PSDB). O tucano, atrás da ex-ministra da Casa Civil nas pesquisas de intenção de voto, concentrou as críticas no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e no petismo. O encontro histórico se deu nesta quarta-feira (18) no TUCA, teatro da PUC-SP.

Dilma e Serra trocaram os ataques mais fortes nos primeiros blocos, quando puderam questionar um ao outro. Terceira colocada nas sondagens, Marina também criticou a petista, mas foi mais dura com o tucano. O presidenciável do PSDB manteve críticas à rival do PT, embora tenha centrado seus ataques mais duros ao partido dela e a ações da gestão instalada no Palácio do Planalto desde 2002.

Questionado por Dilma logo no início sobre uma suposta tentativa do Democratas, partido aliado dos tucanos, de barrar na Justiça o programa estudantil Prouni, Serra atacou. “Isso foi há muitos anos e não tem nada a ver com minha posição. Se tivesse, você estaria contra a Lei de Responsabilidade Fiscal, o Fundef. O que o PT já aprontou em matéria de quanto pior melhor não é brincadeira. Em matéria de quanto pior melhor, o PT é campeão”.

Ao responder sobre vazamento de dados do Enem, Dilma também usou tom agressivo. “Acho um verdadeiro absurdo um candidato a presidente da República vir aqui e dizer que o Enem está sendo desmoralizado porque uma gráfica investigada pela Polícia Federal vazou os dados”, disse. Em sua réplica, Serra acusou o governo federal pelo incidente e aproveitou para se referir à quebra de sigilo do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, e a atribuiu à campanha da petista.

Marina começou o debate criticando a área educacional do governo de São Paulo, comandado por Serra até março deste ano. “Mesmo como 20 anos de governo do PSDB, temos graves problemas na área da educação de São Paulo. Estados ricos como São Paulo e Rio de Janeiro não têm nenhuma justificativa para não terem uma posição vanguarda em relação a isso”, afirmou ela, que extrapolou o tempo para muitas respostas.

Ao ver o confronto entre os rivais, a candidata do PV, que semanas atrás pareceu acuada no debate da TV Bandeirantes, ironizou. “Começa aqui um clima de quase pugilato.” Em seguida, mirou Serra e sua “?favela virtual” exibida no horário eleitoral gratuito. Dilma sorriu, a plateia riu e o tucano cruzou os braços pela primeira vez enquanto ouvia.

FHC em pauta

Ao contrário do debate da semana retrasada, o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) não se limitou a críticas da candidata governista. Dilma, Serra e Marina fizeram referência ao período, ampliando uma discussão que antes se limitava ao legado e às falhas do governo Lula e às trajetórias dos principais presidenciáveis. Após os comentários do tucano sobre supostos equívocos do PT, Dilma fez mea culpa.

Ao ouvir a petista acusar estagnação econômica no governo FHC, Serra rebateu sem se estender sobre o legado do ex-presidente tucano. “Você fica tão ligada para trás, seu espelho retrovisor é tão grande. É maior que o parabrisas. Você não olha para a frente”, disse. Em seguida, Marina alfinetou o tucano. “Ainda que se negue o debate sobre o passado, o passado é um fantasma”, afirmou.

Pouco depois, questionada por um internauta, Dilma afirmou que ?a estabilidade do real foi uma conquista do governo Fernando Henrique”. Em parte. “Herdamos um país com alta inflação. A consolidação é uma conquista nossa. Tivemos todo o trabalho de estabilizar o país”, disse.

A petista concluiu as referências a FHC atacando o apagão de 2001. “Acredito que deve ser aberto o capital da Infraero para permitir mais investimentos. Nós podemos acender a luz hoje. Antes havia racionamento de oito meses. Tinha de se usar sistemas especiais para garantir a segurança dos aeroportos”, disse.”

(Portal Uol)

Fiec terá eleições nesta 5ª feira

A nova diretoria da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), que cumprirá o quadriênio 2010-2014, será eleita nesta quinta-feira. A principal novidade desta eleição é a participação direta dos empresários filiados aos 39 sindicatos ligados à entidade nesse pleito. Duas chapas estão na disputa: a chapa 1 – Fiec 60 Anos, que tem à frente o atual presidente, Roberto Macêdo; e a chapa 2 – Participação para Inovar, liderada por Orlando Carneiro de Siqueira, titular da OCS Minerais e Empreendimentos.

 A eleição terá duas etapas. Primeiro, as empresas associadas e adimplentes escolhem o candidato oficial do seu respectivo sindicato à presidência da FIEC. Em seguida, o nome vitorioso na urna de cada unidade classista será levado à Assembleia Geral do Conselho de Representantes pelo delegado do sindicato.  A votação interna nos sindicatos será realizada nesta mesma quinta-feira. Nos sindicatos localizados no interior a votação ocorreu na terça-feira. As urnas foram transportadas para a sede da FIEC e serão abertas nesta quinta-feira.

MJ inclui Ceará no monitoramento das ações contra tráfico de pessoas

“O Ministério da Justiça, por meio da Secretaria Nacional de Justiça (SNJ), inicia nesta quinta-feira (19) visitas de acompanhamento das ações dos Núcleos de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e Postos Avançados em todo o Brasil. Técnicos do MJ visitarão os seis núcleos e quatro postos instalados nos estados do Acre, Bahia, Ceará, Goiás, Pará, Pernambuco e Rio de Janeiro.

O objetivo é acompanhar a execução dos quase R$ 2 milhões investidos no combate ao crime desde 2008.

Além do acompanhamento da execução dos recursos repassados às unidades conveniadas, também será feita avaliação do trabalho de formação da rede de atendimento às vítimas; da mobilização e sensibilização da comunidade em relação à temática; e da participação do governo local na subsistência e incorporação do trabalho realizado por estes núcleos e postos às políticas e programas locais.”

(Site do MJ)

Caso Cearamor – Terceiro suspeito do roubo de carro não presta depoimento

“Romário Oliveira Sousa, terceiro suspeito do roubo de um carro encontrado na sede da torcida Cearamor, no último sábado, não compareceu para depor nesta quarta-feira, 18, no 34º Distrito Policial.

De acordo com o delegado Aurélio de Araújo, titular do 34º DP, o pai de Romário esteve na delegacia e teria informado que o filho está foragido. A Polícia vai solicitar novamente o comparecimento de Romário.

Nesta terça-feira, 17, um adolescente de 17 anos foi apreendido com uma pistola calibre 765, que supostamente teria sido usada no assalto. Segundo Aurélio, o rapaz contou em depoimento que membros da Cearamor teriam tentado persuadi-lo a assumir a responsabilidade das drogas encontradas na sede da torcida organizada no último domingo, 14.

No último sábado, 14, a Polícia encontrou um carro roubado, drogas e armas na sede da Cearamor. Oito pessoas foram presas, mas seis foram liberadas após depoimento.”

(O POVO Online)

Unimed Fortaleza ecologicamente correta

A Unimed Fortaleza, por meio do Instituto para o Desenvolvimento Sustentável (IDIS), lançará às 20 horas desta quarta-feira, no Seara Praia Hotel, a coleção “Ecos do Mangue”.

Segundo a assessoria de imprensa desse plano de saúde, são produtos ecologicamente corretos elaborados por comunidades da área do Cocó e que devem gerar renda.

Ou seja, essa ação integra a chamada responsabilidade social buscada pela Unimed.

Escritora cearense ganha o Brasil

A escritora Socorro Acioli acaba de ter dois livros seus selecionados para o Programa Nacional Biblioteca da Escola, do Ministério da Educação: “A bailarina fantasma” e “Inventário de Segredos”, ambos publicados pela Editora Biruta. A seleção foi realizada por um comitê de especialistas em literatura.

Além desses livros da cearense, foram selecionados trabalhos de Lygia Fagundes Telles, Jorge Amado, Luis Fernando Veríssimo, Ariano Suassuna, Rachel de Queiroz, Marina Colassanti entre outros grandes nomes da literatura brasileira.

O MEC realizará a compra de aproximadamente trinta mil exemplares de cada título para distribuição nacional.

VAMOS NÓS – Parabéns, Socorro Acioli. E ganhe o Brasil!

Acusado de matar turista italiano será ouvido nesta 4ª feira

279 1

“Está marcada para esta quarta-feira, às 14 horas, a audiência de instrução do processo que investiga o roubo a três turistas italianos e a morte de um deles – Giuseppe Paparone – na noite de 23 de março deste ano, na avenida Washington Soares. O processo tramita na 1ª Vara Criminal do Fórum Clóvis Beviláqua.

A audiência será presidida pela juíza Adriana da Cruz Dantas, que está respondendo pela unidade judiciária. Além do réu Kilmar Santana de Lima, estão previstos os depoimentos das sete testemunhas apresentadas pela acusação, a cargo da promotora de Justiça Ana Maria Rodrigues Proença, e das duas de defesa, indicadas pelo defensor público Rogério Matias da Silveira.

O CRIME

Segundo os autos, o carro em que estavam Giuseppe, R.T. e D.A. quebrou na avenida Washington Soares. Nesse momento, o grupo foi abordado pelo acusado e pelo menor M.M.O. que, armados, roubaram os aparelhos de telefone celular e o dinheiro dos italianos.

Após o roubo, o réu efetuou um disparo que atingiu o turista. A vítima foi socorrida, mas faleceu antes de chegar ao hospital. Os acusados foram capturados no dia seguinte. Na delegacia, Kilmar confessou o crime.

O acusado deve responder por roubo com aumento de pena por emprego de arma e concurso de pessoas e por roubo seguido de morte, além de corrupção de menor. A defesa deve tentar provar a incapacidade penal do réu, em virtude de ele ser dependente químico e ter agido sob efeito de drogas.”

(Site do TJ-CE)

Pimentel lança mascote de campanha

280 3

Quem visitar o site de José Pimentel, candidato a senador (www.pimentel135.com.br), vai encontrar uma novidade: “Pimentelzinh”. Trata-se do mascotee da campanha do petista que, segundo assessores, dará dicas aos internautas sobre as ações de Pimentel, do presidente Lula e de seus aliados.

Pimentelzinh, claro, fará a divulgação do que Pimentel fez quando ocupou a pasta da Previdência Social (Governo Lula).