Blog do Eliomar

Últimos posts

Ciro diz torcer pelo sucesso de Tasso

236 10

“O deputado federal Ciro Gomes (PSB) disse que torce pelo sucesso do ex-aliado Tasso Jereissati (PSDB), candidato ao Senado pela oposição. A declaração foi publicada ontem pelo jornal Valor Econômico.

Apesar disso, ele diz que faz campanha para os dois candidatos ao Senado de sua chapa: Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT). “Não sou só amigo do Tasso. Torço para o êxito dele. Torço pelo sucesso dele. Mas a campanha que estou ajudando a fazer é para Dilma, Cid e para os dois senadores da chapa”, disse Ciro Gomes.

Colômbia suspende acordo militar com os EUA

“A Corte Constitucional da Colômbia suspendeu nesta quarta-feira, a vigência de um acordo militar firmado com os Estados Unidos e o devolveu à presidência para que ele seja aprovado no Congresso.

Em outubro de 2009, Bogotá e Washington firmaram um polêmico acordo que permitia o acesso de militares americanos a sete bases colombianos por dez anos para realizar operações contra o narcotráfico e o terrorismo. O trato enfureceu vários governos de esquerda da região.

“A Corte Constitucional da República da Colômbia, administrando justiça em nome do povo e por mandato da Constituição, decidi remeter ao presidente o denominado acordo complementar para a cooperação e assistência técnica em defesa e segurança entre os governos da Colômbia e dos EUA”, afirmou a decisão.

Para o tribunal, o acordo não pode entrar em vigência até que o trâmite de aprovação parlamentar seja concluído.

Os Estados Unidos é o principal aliado da Colômbia na luta contra o narcotráfico e os grupos armados ilegais vinculados com essa atividade e desde o ano 2000 enviou a Bogotá mais de US$ 6 bilhões. 

A Colômbia, maior produtor mundial de cocaína, ignorou a recomendação de um alto tribunal antes de firmar o acordo. A corte sugeriu que o convênio fosse submetido à aprovação do Congresso e a um controle de legalidade da Corte Constitucional.”

(Reuters)

TSE – Lei da Ficha Limpa não fere princípio constitucional da anualidade

“O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, por 5 votos a 2, que a Lei da Ficha Limpa não fere o principio constitucional da anualidade. Segundo a norma, qualquer lei que altere o processo eleitoral só deve ser aplicada um ano após entrar em vigor. A decisão é relativa ao caráter preliminar do primeiro caso concreto de inelegibilidade que chegou ao TSE com base na Lei da Ficha Limpa.

As teses divergente e favorável ao argumento da anualidade foram abertas, respectivamente, pelos ministros Marcelo Ribeiro, relator do caso, e Ricardo Lewandowski, presidente da corte. Ribeiro foi seguido apenas pelo ministro Marco Aurélio. Do outro lado, ficaram os ministros Carmen Lúcia, Hamilton Carvalhido, Arnaldo Versiani e Aldir Passarinho Junior.

O caso em análise é do candidato a deputado estadual Francisco das Chagas (PSB-CE), cuja candidatura foi negada pelo tribunal regional eleitoral do estado de acordo com a Lei da Ficha Limpa. Ele foi condenado em 2006 por captação ilícita de sufrágio. A defesa do candidato argumenta que, segundo a lei vigente à época da condenação, Chagas já teria quitado todos os seus débitos com a Justiça Eleitoral.

A questão da retroatividade da lei, prejudicando casos que tinham lei mais branda em vigência à época que foram cometidos, foi o motivo que levou à suspensão do julgamento do mérito da ação na noite de hoje.

O ministro Marcelo Ribeiro votou pela liberação do registro, citando o princípio constitucional que afirma que a lei não pode retroagir para prejudicar o candidato. Já o ministro Arnaldo Versiani votou pela tese de que a inelegibilidade não é uma pena, mas um critério que deve ser verificado na análise do registro do candidato.

Após os votos, a ministra Carmen Lúcia pediu vista dos autos e prometeu trazer o caso novamente a plenário na seção desta quinta-feira (19). Na consulta sobre a retroatividade da norma respondida pelo TSE ainda no primeiro semestre, a corte se posicionou no sentido de que a Lei da Ficha Limpa se aplica mesmo nos casos anteriores à sanção da lei.”

(Agência Brasil)

Caso Castelão – Heitor informa estar questionando no CNJ ato de desembargadora

214 1

O deputado estadual Heitor Férrer (PDT) deu entrada numa representação junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contra conduta da desembargadora Vera Lúcia Correa no caso do processo licitatório da reforma do estádio Castelão. Segundo o parlamentar, houve pedido de vistas feito pelo desembargador Gerardo Brígido, em sessão plenária, o que acabou impedindo qualquer manifestação nos autos do processo até que a matéria voltasse a ser apreciada pelo Pleno do TJ do Estado.

Heitor explica que o pedido de vistas ocorreu no dia 15 de julho último e a desembargadora se manifestou nos autos no dia 16 de julho, revogando sua decisão e determinando a abertura dos envelopes de preços da reforma do estádio. “Processualmente isso não poderia ocorrer”, acentuou o parlamentar, lembrando que se o caso estava com o desembargador Brígido, ficaria então sobrestada qualquer outra manifestação.

“Só o Pleno poderia decidir e ninguém mais. A desembargadora, no entanto, se manifestou revogando sua decisão, o que não seria permitido”, reiterou o parlamentar. Ele aguarda que o CNJ tome as devidas providências. “Não quero que o CNJ se manifeste contra ou a favor de ninguém, mas analise essa situação”, afirmou o parlamentar.

Este Blog entrou em contato com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, que repassou telefones do gabinete da desembargadora Vera Lúcia Correa. Ninguém, no entanto, atende. Também não nos foi repassado o celular da desembargadora.

Essa novela em torno da licitação da reforma do Castelão precisa chegar ao fim. A Copa 2014 está vindo e o estádio faz parte dessa festa. Que o contribuinte saia ganhando em todos os sentidos, torcemos.

OUTRO LADO

Após vários contatos, a assessoria da desembargadora Vera Lúcia Correa, em contato com o B log, garantiu que não há procedência na queixa feita pelo deputado estadual Heitor Férrer. Diz que o Pleno do TJ, inclusive, foi informado de que ela revogou a decisão que suspendeu a licitação. Isso no mesmo dia do julgamento do agravo, ou seja, dia 15 de julho e não no dia 16 como informou o parlamentar.

Lula diz que, mesmo sem nível superior, foi o presidente que mais construiu universidades

“Em discurso na inauguração da Univasf, em Salgueiro (PE), o presidente Lula (PT) aproveitou para alfinetar seus opositores. O petista reconheceu que, apesar de não ter dito uma educação formal como seus antecessores, fez mais do que todos eles nessa área. “Como presidente, não tive um ensino superior. Mas fui o presidente que mais construiu universidades e escolas técnicas na história deste País. Desde Dom Pedro até 2002, só haviam construído 140. Em oito anos, eu construí 214”, desdenhou. E ainda afirmou que, em 1998, ainda no governo FHC, “um cidadão” que havia sido reitor da Unicamp fez uma lei proibindo o Executivo de construir instituições superiores. “Tive que mudar essa lei para poder fazer essas escolas”, explicou.

Por conta da Lei Eleitoral, Lula evitou tocar no nome do governador-candidato Eduardo Campos (PSB) durante o evento. O mesmo valeu para os candidatos a senador pela Frente Popular de Pernambuco, Humberto Costa (PT) e Armando Monteiro Neto (PTB).

Mas o presidente não perdeu a oportunidade de provocar a oposição. “Quando vocês virem na televisão alguém falando com ódio, xingando a gente, é porque essa gente que governa há tanto tempo este País está com medo, porque eu posso provar uma coisa: que inteligência não tem nada a ver com quantidade de anos de escolaridade”, bradou.”

(Folha.com)

Ainda em Salgueiro, Lula assinou ainda um pacote deobras relacionadas à Ferrovia Transnordestina. Nele, o primeiro de 11 lotes do ferrovia que ligará o município de Missão Velha (Regão do Cariri) ao Porto do Pecém, que fica em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza). Esse primeiro lote diz respeito ao trecho Missão Velha-Aurora, informa o presidente da Transnordestina Logística Ltda, Tufi aher.

Marcelo Silva, do PV, já recorreu ao TSE e STJ e continua agenda de candidato

O candidato a governador pelo Partido Verde, Marcelo Silva, informou, nesta terça-feira, que já recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral e ao Suprem Tribunal Federal contra decisão do Pleno do Triobunal Regional Eleitoral que indeferiu seu registro de postulante. “Já adotei essas medidas e continuo disputando. Continuo fazendo minha campanha normalmente”, informou para o Blog.

Marcelo Silva explica que o motivo causador do indeferimento de seu registro foi o parcelamento de uma dívida de R$ 195 mil da Previdência. “Havia essa dívida e eu peguei o município com três meses de atraso salarial. Consultei à assessoria jurídica e mandei projeto para a Câmara Municipal parcelando o débito para que eu pudesse ter condições de começar a administrar”, disse.

O postulante, inclusive, ecnontra-se nesta terça-feira gravando programas para o horário gratuito do rádio e da tv em São Paulo.

Prefeitura fará fiscalização na Lagoa de Porangabussu contra ligações clandestinas de esgoto

266 1

Do site da Prefeitura de Fortaleza:

“Nesta quarta e quinta-feiras, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Controle Urbano (Semam) e Regional III, realiza, em parceria com a Cagece, uma fiscalização concentrada no entorno da Lagoa de Porangabussu, no Rodolfo Teófilo. A ação tem o objetivo de verificar a interligação das residências e comércios à rede de esgoto. A cobertura do serviço no local chega a 95%, sendo injustificado que as águas do local ainda recebam esgoto. As equipes irão verificar possíveis ligações clandestina na rede de drenagem, que deve receber apenas águas das chuvas. Antes de iniciado o processo de identificação e simultâneo bloqueio das ligações irregulares, foi realizado extenso trabalho educativo junto à comunidade residente nas proximidades.

O objetivo é a criação, no entorno da lagoa de Porangabussu, de um anel sanitário, que vai propiciar a restauração da balneabilidade do recurso hídrico. Vale lembrar que, em 5 de junho de 2009, dia do Meio Ambiente, a prefeita Luizianne Lins inaugurou a obra de urbanização da Lagoa. Entre as benfeitorias implementadas estão a reconstituição da flora com espécies locais; construção de limites físicos (calçadas e grades), respeitando o fluxo e refluxo da lagoa, sem obstruir a visão da paisagem; anfiteatro; dois quiosques para educação ambiental; três quadras de esporte; pista de skate; playground; área de ginástica; calçadão para a prática de cooper; e uma cabine da guarda para garantir a segurança dos frequentadores.”

Governo antecipa pagamento da 1ª parcela do 13º salário dos aposentados

“O Diário Oficial da União publica nesta terça-feira, 17, o decreto que antecipa o pagamento de metade do décimo-terceiro salário a aposentados e pensionistas. O decreto assinado na última quinta-feira, 12, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva determina que o pagamento do valor seja pago entre os últimos cinco dias úteis de agosto e os primeiros cinco dias úteis de setembro. Os outros 50% serão pagos em dezembro.

Este é o quarto ano em que se adota a medida, fruto de acordo entre o governo e entidades representativas da categoria. Segundo a Previdência, não tem direito ao décimo-terceiro quem recebe os seguintes benefícios: amparo previdenciário do trabalhador rural, renda mensal vitalícia, amparo assistencial ao idoso e ao deficiente, auxílio suplementar por acidente de trabalho, pensão mensal vitalícia, abono de permanência em serviço, vantagem do servidor aposentado pela autarquia empregadora e salário”.”

(Agência Brasil)

Força Sindical defende que ponto eletrônico faça parte de acordo coletivo

“O presidente da Força Sindical, Miguel Porto, defendeu hoje que a marcação do ponto eletrônico esteja incluída no acordo coletivo de cada empresa. Essa é uma das propostas que a entidade discutirá no fim da tarde com o ministro do Trabalho, Carlos Lupi. O encontro servirá para debater a melhor forma de implementação do ponto eletrônico, além de sanar dúvidas sobre o assunto.

“Uma das propostas é que o sindicato faça acordo com as empresas que tem dificuldade para cumprir a norma. Cada empresa tem o seu horário. A forma como será a marcação do ponto eletrônico poderia estar dentro do acordo coletivo, que seria o mais viável.”

Ele disse ainda que a norma além de disciplinar a marcação das horas trabalhadas poderá evitar fraudes. Segundo a Portaria 1.510, editada pelo Ministério do Trabalho, toda vez que o trabalhador fizer alguma marcação no relógio de ponto será impresso um comprovante de papel.

Além da Força Sindical, devem participar da reunião representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a União Geral dos Trabalhadores (UGT).”

(Agência Brasil)

Pagamento do Bolsa Família começa nesta 4ª feira

“O pagamento mensal de benefícios do programa Bolsa Família começa nesta quarta-feira. O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) vai transferir recursos para 12,7 milhões de famílias atendidas pelo programa. O calendário de pagamentos respeita o número final do cartão Bolsa Família.

No primeiro dia de saque, o dinheiro estará disponível para os beneficiários com o cartão de final número um e assim sucessivamente até o dia 31 de agosto, quando já poderão sacar os beneficiários com cartão de final zero. O dinheiro pode ser sacado nas agências da Caixa, nas lotéricas, em mercados, armazéns, padarias ou outros estabelecimentos comerciais com a marca Caixa Aqui.

O ministério faz um alerta aos beneficiários para que na hora do saque fiquem atentos à mensagem impressa no extrato bancário. Pode ter algum recado importante, como é o caso da revisão cadastral que está sendo feita com mais de 1 milhão de famílias. Quem deixar de atualizar os dados pessoais pode perder o recurso mensal do programa. A revisão cadastral do Bolsa Família termina em 31 de outubro.”

(Site do MDS)

Processo de cearense é julgado após duas décadas

“No dia 28 de junho de 1985, o garoto Maximiliano Gomes de Sousa, de 7 anos de idade, foi atropelado por um trem da Rede Ferroviária Federal. Populares tentaram socorrer o menino, mas ele não resistiu aos ferimentos. O acidente, que teria sido provocado pela ausência de grades de proteção para isolar a linha férrea, aconteceu na Rua Professor Costa Mendes, no bairro de Couto Fernandes, próximo ao viaduto, em Fortaleza (Ceará). A mãe de Maximiliano, Ana Maria Gomes de Sousa, entrou com ação na Justiça Estadual do Ceará, para receber indenização, no dia 6 de novembro de 1985. Na época, a Defensoria Pública ainda era Assessoria Judiciária e as páginas do processo judicial eram datilografadas em máquina de escrever.

A audiência de conciliação só veio a ser realizada em outubro de 1987 e a Rede Ferroviária, ré do processo, não aceitou entrar em acordo. Em 1993, a mãe do garoto atropelado morreu e o beneficiário da ação passou a ser o irmão mais novo de Maximiliano, Sérgio Maxsandro Gomes de Sousa. Como Maxsandro era menor de idade, ficou sendo representado pela avó materna, Maria Gomes de Sousa. Em 1999, 14 anos depois do início do processo, a juíza Edite Brigel Alencar proferiu sentença condenando a Rede Ferroviária a pagar pensão de 2/3 de salário mínimos até a data em que a vítima do acidente tivesse completado 25 anos e metade desse valor até que o irmão mais novo – favorecido pela pensão – completasse 21 anos. Na época, a maioridade civil ainda era 21 anos (desde 2002, com o novo Código Civil, a maioridade passou para 18 anos).

Porém o processo ainda estava longe de ser resolvido. A Rede Ferroviária r ecorreu da decisão e o processo foi para o Tribunal de Justiça do Ceará. Na 2ª instância, a família da vítima tentou outra vez a conciliação. O processo foi remetido para a Central de Conciliação do TJCE e quem o apreciou foi a mesma juíza que tinha elaborado a sentença no 1º grau. Dra. Edite Alencar já tinha sido promovida a desembargadora e a ação ainda estava pendente. Não houve acordo.

Em 2005, a Rede Ferroviária Federal foi extinta e todas as pendências jurídicas que a envolviam ficaram a cargo da União. Dessa forma, o processo passou do TJCE para o TRF5, responsável por julgar as causas dos órgãos públicos federais e da União. O processo foi recebido pela desembargadora federal Margarida Cantarelli no início de fevereiro deste ano e, depois do parecer do Ministério Público Federal, foi finalmente julgado no último dia 13 de abril.

Sérgio Maxsandro que ainda não era nascido quando o processo começou, está hoje com 23 anos e precisa requerer na Justiça o recebimento dos valores acumulados da pensão. O último endereço informado nos autos da ação foi Rua Capitão Francisco Pedro, 1569, bairro de Rodolfo Teófilo, em Fortaleza, onde morava a avó dele.

No texto do voto da desembargadora Margarida Cantarelli, com o qual concordaram os outros desembargadores da 4ª Turma do TRF5, para a decisão que julgou improcedente o recurso, a relatora questiona onde andará Maxsando e como ele terá sido criado. Filho de uma mãe pobre na forma da lei, cuidado por uma avó idosa “Nenhum dinheiro fará obscurecer tantas tragédias da sua vida, mas talvez lhe possibilite ter um futuro melhor” reflete a magistrada.”

(Com TRF-5ª Região)

O joio do trigo

O Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Estado do Ceará (Sindpan) e o Sindicato das Indústrias do Trigo nos Estados do Pará, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte (Sindtrigo) darão entrevista coletiva, a partir das 9 horas desta quarta-feira, na cobertura da Federação das Indústrias do Estado (Fiec).

O presidente do Sindpan, Lauro Martins de Oliveira Filho, e do Sindtrigo, Luiz Eugênio, falarão sobre os constantes aumentos da farinha de trigo e suas consequências na ponta. Ou seja, no preço do pão, massas, biscoitos e outros produtos fabricados à base da farinha de trigo.

Será que vem aumento por aí?

Acusado de tentativa de homicídio será levado a julgamento

“A 1ª Vara do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua levará a julgamento, nesta terça-feira, às 13h30min, Antônio Wilson da Silva, acusado de tentar matar Francisco Adriano da Silva. O crime ocorreu na rua Maravilha, no bairro Messejana, em Fortaleza, no dia 16 de junho de 2002.

Segundo denúncia do Ministério Público, por volta das 17 horas, réu e vítima bebiam em um bar quando iniciaram uma discussão. De acordo com relatos de testemunhas, Antônio Wilson, após o “bate-boca”, saiu do local, retornando minutos depois com uma faca. Novamente os dois discutiram e, dessa vez, acabaram travando uma luta corporal.

Francisco Adriano tentou fugir, mas foi perseguido pelo acusado, que o alcançou na saída do estabelecimento. Antônio Wilson desferiu vários golpes contra a vítima, que só não morreu porque o réu foi contido por outras pessoas que estavam no local. Em depoimento, Antônio Wilson confessou o crime, mas alegou ter agido em legítima defesa.

A juíza titular da 1ª Vara do Júri, Danielle Pontes de Arruda Pinheiro, presidirá o julgamento, e a acusação ficará sob a responsabilidade do promotor de Justiça Francisco Marques Lima. A defesa será feita pelo defensor dativo Carlos Levi Costa Pessoa.”

(Site do TJ-CE)

Inspetor da PRF, acusado de matar empresário em Paramoti, presta depoimento amanhã

O inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Alisson Francelino Primo, acusado de assassinar a tiros o empresário Francisco Benedito Barbosa Gama, o Bené, 37, prestará depoimento na sede da Superintendência da Polícia Civil, amanhã (quarta-feira, 18), às 10 horas. O crime ocorreu no dia 25 de julho passado, no município de Paramoti, a 96 quilômetros de Fortaleza, mas o policial somente foi detido na tarde do último dia 7. No dia do crime, o inspetor alegou que confundiu o empresário com um assaltante, quando a vítima tentava entrar em sua própria residência. O inquérito é presidido pelo delegado Leonardo Barreto.

Delegação do Parlasul participa da ICID+18

Membros do Parlamento do Mercosul participam, no Centro de Convenções, em Fortaleza, da II Conferência Internacional sobre Clima, Sustentabilidade e Desenvolvimento em Regiões Semiáridas (ICID+18). Aqui, ciceroneados pelo senador Inácio Arruda (PCdoB), que integra esse colegiado, eles colhem informações para subsidiar governos na busca pela sustentabilidade econômica, ambiental e social de regiões semiáridas, especialmente no contexto do aquecimento global e das mudanças climáticas.

A participação da delegação do Parlasul na ICID+18 foi uma proposta apresentada pelo senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) e aprovada na última reunião do Mercosul, em Montevidéu (Uruguai). Inácio, ao lado de Geraldo Mesquita Júnior (PMDB-AC), representa o Senado nesse evento.

Motoristas e cobradores falam em greve

Dirigentes do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) e do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro) vão se reunir, na tarde desta terça-feira, em audiência de conciliação na Justiça do Trabalho. A ordem é decidir se será aprovado ou não o dissídio de 10% de reajuste salarial para os motoristas e trocadores de ônibus de Fortaleza e Região Metropolitana. Segundo o presidente do Sintro, Domingos Neto, caso o reajuste de 10% não seja aprovado pelos empresários, a categoria voltará a paralisar as atividades a partir das 16h30min desta terça-feira.

Nesta segunda-feira, 16, o diretor do Sindiônibus, David Oliveira, afirmou para este Blogo que os empresários não têm como conceder um reajuste de 10% aos trabalhadores e que desde maio último o setor já vem pagando em folha reajuste de 5,5% para a categoria. “O percentual de 10% de reajuste para motoristas e cobradores não foi dado em nenhum lugar do País”, disse ele.”

Ubiratan, o cidadão carioca

Eis o cearense Ubiratan Aguiar, o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), recebeu título de cidadão carioca. A festa, no Palácio Tiradentes, foi comandada pelo presidente da Casa, vereador Jorge Fellipe. Entre as presenças, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, os cearenses Gony Arruda, vice-presidente da Assembleia do Ceará, Machadinho Neto, representante da Câmara Municipal de Fortaleza, e o presidente da Transpetro, Sérgio Machado. O ministro Márcio Fortes (Cidades), representando o presidente Lula, e membros do TCU e do TCE do Rio também conferiram a solenidade. 

(Com Blog do Macário)

Seduc divulga resultado da Seleção de Textos de Literatura Infantil

631 1

O texto infantil “O ovo mudo”, do jornalista e escritor Demitri Túlio, do O POVO, este entra as histórias selecionadas para virar livro do Programa de Alfabetização na Idade Certa (Paic). A Secretaria da Educação do Ceará divulgou o resultado do concurso público para Seleção de Textos de Literatura Infantil. Vinte e quatro narrativas que vão auxiliar o processo de alfabetização de crianças estudantes de 6, 7 e 8 anos que estudam na rede publica estadual de ensino foram selecionadas. Confira a lista das obras e autores.

CATEGORIA 1:
TÍTULO AUTOR

O OVO MUDO Demitri Túlio Silva Araújo
A CANÇÃO DE ROSAMÉLIA Renildo Franco da Silva
A FESTA DA MURIÇOCA Fabiana Rocha Guimarães
A GALINHA DOS OVOS DE RAPADURA Antonio Erilson Oliveira Santiago
A LINDA AMIZADE DE LICA E O PARDAL Jucieldo Diogo de Freitas
A VIDA NO SERTÃO É FELIZ OU NÃO? Francisca Dalila Jucá Ferreira
AS AVENTURAS DO BONECO PETELECO Ana Maura Tavares dos Anjos
BODE CHICO E CHICO HOMEM Alexandre Semeraro de Alcântara Nogueira
CAJU E CASTANHA Ana Cristina Silva de Oliveira
LAGARTA BANGUELA, BORBOLETA BELA Isabel Cristina Nogueira da Silva
O GRILO E A LUA Alexsandro Monteiro da Silva
O SITIO DA ALEGRIA Naiana Evangelista Gomes

CATEGORIA 2:
TÍTULO AUTOR

A FOLIA DE REIS Maria Geane Dias da Franca Feitosa
A MENINA QUE DESCOBRIU O MISTÉRIO DAS PALAVRAS Maria Efigênia Alves Moreira
AS AVENTURAS DE DOM LELÊ NO SERTÃO DA POESIA Francélio Figueredo Alencar
DONA CHICA CHICABUM Italo Jamil de Melo Castelar
O CASARÃO DO MORRO ALTO Maria Leticia Teixeira Gontijo
O INVENTOR DE INVENÇÕES Saskia Natália Brígido Batista Oliveira
O JANGADEIRO E O MAR Francimara Moraes Monteiro
O MENINO DO MAR Antonio Crisóstomo Damasceno Filho
O TAPETE DE FUXICO Andréa Castro Alves Mapurunga
TIBUFO E TORQUATO NA ESCOLA Luciano Albuquerque Mendes
UM MENINO PÉ DE QUÊ? Sérgio Furtado Néo
UMA HISTÓRIA DE AMOSCA Weslley Correia de Oliveira Cavalcante