Blog do Eliomar

Últimos posts

Halleluya 2018 – Batista Lima, ex-Limão com Mel, abre a programação de shows

Tem início nesta noite de quarta-feira o Halleluya 2018, que costumamos denominar de “Fortal dos Católicos”. No Condomínio Espiritual Uirapuru, com palestras, orações, louvores e shows como o de Batista Lima, ex-vocalista a banda de forró Limão com Mel.

Na programação, consta também show do padre Fábio de Melo na sexta-feira.

SERVIÇO

*Confira a programação aqui.

(Foto – Divulgação)

Presidenciáveis disputam visibilidade na mídia

Geraldo Alckmin (PSDB) deu uma rasteira em Ciro Gomes (PDT) e fechou apoio com o Centrão. Jair Bolsonaro (PSL) tomou um bolo de Janaína Pascoal e ainda não definiu seu vice-presidente. Marina Silva (Rede) submerge, como de praxe. E assim é a disputa dos presidenciáveis por citações na imprensa, expõe a Coluna Radar, da Veja Online, nesta quarta-feira.

Entre 23 de maio e 27 de junho, o tucano foi citado em 8688 matérias; Bolsonaro em 7867 produtos; Ciro, 7473; e Marina Silva apareceu em 4159 produtos da imprensa. O levantamento é da Zeeng, plataforma de big data analitycs.

Os políticos mais citados neste período foram Michel Temer, com 29601 aparições, impulsionado pela greve dos caminhoneiros, e Lula, com 18934.

Álvaro Dias, Fernando Haddad e João Amôedo foram citados em 2338, 1832 e 860 matérias.

Queridinhos da esquerda em 2014, Luciana Genro e Eduardo Jorge estão praticamente esquecidos. Foram 20 e 47 ocorrências, respectivamente.

Conselho Regional de Arquitetos e Urbanistas e IAB vão ouvir os candidatos ao Governo

O Conselho Regional de Arquitetura e Urbanismo (CAU/CE) vai promover, em parceria com o Instituto dos Arquitetos do Brasil, no Ceará, um debate com os candidatos a governador.

Segundo o presidente do CAU/CE, Napoleão Ferreira, o objetivo é ouvir os postulantes sobre o tema “Estatuto da Cidade”.

Logo que todos estejam homologados, virá a definição da data dos encontros.

(Foto – CAU)

Já em vigor política para empregar detentos e egressos de presídios

O Decreto 9.450, que institui a Política Nacional de Trabalho no Âmbito do Sistema Prisional, está publicado na edição de hoje (25) do Diário Oficial da União. A política tem medidas para dar oportunidades de trabalho a presos e ex-detentos. O texto foi assinado na terça-feira (24) pela presidente da República interina, Cármen Lúcia.

A medida vale para contratação de serviços pela União, inclusive os de engenharia, com valor anual acima de R$ 330 mil. Os presos provisórios, em regime fechado, semiaberto e aberto estão incluídos na política. Além disso, os egressos – aqueles que já cumpriram pena e foram postos em liberdade – também podem ser contratados dentro da cota.

Para ter o direito de participar da iniciativa, os detentos devem ser autorizados pelo juiz de Execução Penal; ter cumprido, no mínimo, um sexto da pena; e comprovar aptidão, disciplina e responsabilidade. Os serviços previstos no decreto não incluem o emprego de presos ou egressos no canteiro de obras, apenas em serviços adjacentes à obra, como limpeza ou vigilância.

Deverão ser reservados aos presos ou egressos 3% das vagas quando o contrato demandar 200 funcionários ou menos; 4% das vagas, no caso de 201 a 500 funcionários; 5% das vagas, no caso de 501 a 1.000 funcionários; e 6% quando o contrato exigir a contratação de mais de 1.000 funcionários.

(Agência Brasil)

A nossa culpa na crise do mercado editorial brasileiro

Com o título ” A nossa culpa na crise do mercado editorial”, eis artigo de Jáder Santana, jornalista e editor no O POVO. Ele aborda a situação complicada da Livraria Cultura, por exemplo. Confira:

A crise que o mercado editorial vem enfrentando no Brasil e no mundo não é novidade. No vermelho desde 2012, a Livraria Cultura realizou uma das mais faladas operações financeiras do ano passado, anunciando a aquisição das operações brasileiras da Fnac, ganhando 12 novas lojas em sete estados e diversificando seus negócios. Poucas semanas antes desse anúncio, o presidente da Cultura, Sérgio Herz, havia declarado em entrevista, assumindo o cenário de instabilidade: “Se a Amazon vier aqui dizendo que quer me comprar, eu vou avaliar. Vai pagar bem?”

Em fevereiro último, a Barnes & Noble, maior rede de livrarias dos EUA, anunciou a demissão de 1.800 funcionários em 781 lojas, o que geraria economia de custos de aproximadamente US$ 40 milhões. Em pouco mais de um ano, as ações da empresa registraram uma baixa histórica: caíram de US$ 8,575 para US$ 4,60 por ação. Um dos maiores e mais antigos investidores da casa, David Abrams, vendeu todas as suas ações – cerca de 13% do valor total.

No campo das queixas e justificativas, quase todos os dedos da culpa apontam para a Amazon e sua política predatória de vendas: promoções diárias, grandes investimentos em marketing direcionado e fretes gratuitos. O crescimento da empresa, com um número cada vez maior de lojas físicas em inauguração, subverteu o discurso de que os livros estão fora de moda e de que já quase não se lê.

Mas a corrente da crise enfrentada pela Barnes & Noble, nos EUA, e pela Livraria Cultura, no Brasil, tem um elo ainda mais fraco. As pequenas livrarias, as lojas de bairro, são as que mais prejuízo sofrem nesse cenário de migração para uma experiência virtual de compras. Algumas se esforçam para a criação e consolidação de um calendário de atividades que movimentem o espaço entre as estantes e prateleira. São sobreviventes.

Fazia tempo que havia me rendido às facilidades da Amazon, mas há cerca de um ano decidi voltar a frequentar lojas físicas. Por opção, decidi acabar com as caixas de livros promocionais que chegavam pelos correios e se acumulavam pela casa. Vou à livraria quando preciso de uma nova leitura, escolho a partir da pilha de livros em mãos. É melhor assim. Essa experiência é impagável.

*Jáder Santana

jader.santana@opovo.com.br

Editor do O POVO.

Barra do Ceará comemora 414 anos neste sábado

716 1

Os 414 anos da Barra do Ceará vão ser lembrados neste sábado, com programação que terá início às 8 horas e se estenderá até as 13 horas, na Praça Alberto de Sousa. Moradores da área prometem shows artísticos e ações ecológicas em defesa desse pedaço de Fortaleza que, segundo o prefeito Roberto Cláudio, ganhará urbanização em breve.

Agora em agosto, no Cuca da Barra, a Prefeitura fará a primeira audiência sobre o projeto que urbanizará as margens do rio Ceará e instalará equipamentos de lazer, dentro do objetivo de valorizar o local e, claro, reforçar o apelo turístico.

AJE promove encontro sobre projeto de apartamentos compactos

A Associação dos Jovens Empresários de Fortaleza promoverá nesta quinta-feira, mais uma edição do projeto “Almoço Empresarial”.

O convidado da vez para um debate com associados é o empresário Daniel Otoch Simões. O encontro ocorre a partir das 12 horas, no auditório da cobertura da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec).

Daniel Simões apresentará, segundo a organização do evento, uma nova proposta de apartamentos supercompactos que podem ser modulados para atender às necessidades de qualquer público.

Cientistas italianos descobrem lago de água líquida e salgada em Marte

Pesquisadores italianos anunciaram, nesta quarta-feira (25), que, pela primeira vez, têm provas da presença em Marte de água liquida, além de salgada, em um lago subterrâneo localizado sob uma camada de gelo, graças aos resultados do radar instalado na sonda Mars Express da Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês).

A importante descoberta assinada por uma equipe de pesquisadores italianos conclui que em uma região chamada Plamun Australe, localizada na camada de gelo do polo sul de Marte, o perÚl que o radar desenha é muito similar ao dos grandes lagos de água líquida encontrados sob o gelo na Terra, em regiões como a Antártida e a Groenlândia.

A pesquisa, que foi publicada nesta quarta-feira pela revista especializada Science, foi apresentada hoje na sede da Agência Espacial Italiana (ASI, na sigla em italiano) e considerada por seu presidente, Roberto Battiston, como “a mais importante dos últimos anos”.
Para chegar a essas conclusões, a equipe de cientistas italianos obteve 29 conjuntos de amostras do radar, com as quais mapeou uma área que mostrava uma mudança muita acentuada a 1,5 quilômetros sob a superfície do gelo e que se estendia por cerca de 20 quilômetros.

Roberto Orosei, o principal pesquisador deste estudo e responsável científico do radar MARSIS instalado na sonda Mars Express, explicou que o equipamento “captou ecos procedentes do subterrâneo desta região e estes eram mais fortes que os ecos da superfície. Esta circunstância só acontece quando há água subglacial como na Antártida”. Orosei explicou para a Agência EFE que foram necessários vários anos para se chegar a essas conclusões. Para isso, foram eliminadas uma a uma todas as outras explicações possíveis até que se chegou a evidência de que se tratava de água.

O estudo garante que se trata de água salgada, pois isto é o que permitiria que, junto com a pressão da camada de gelo, o lago subterrâneo
permanecesse em estado líquido apesar de estar a uma temperatura de entre -30 e -70 graus Celsius, como acontece na Terra. Para isso, Orosei citou como exemplo o Lago Vostok, o maior dos quase 400 lagos subglaciais conhecidos da Antártida, e cuja água se mantém liquida devido ao peso exercido pela densa camada de gelo.

Os cientistas não descartam também a possibilidade de encontrar um “deposito biológico” nesse lago marciano, já que está provado que algumas bactérias podem sobreviver a baixas temperaturas e, sobretudo, graças à salinidade. No entanto, segundo Orosei, encontrar alguma evidência será difícil e seriam necessários muitos anos, pois é preciso perfurar o local.

(Agência Brasil com EFE)

Comitê da futura campanha pró-reeleição de Camilo já tem endereço definido

1176 2

O Comitê Central da futura campanha de reeleição de Camilo Santana (PT) vai ser o mesmo da sua primeira eleição. Em terreno situado na avenida Sebastião Abreu, no bairro Cocó.

Foi o mesmo da reeleição de Cid Gomes e das duas eleições do prefeito Roberto Cláudio.

E matéria de equipe de produtores e marqueteiros, o número virá bem menos. Os tempos são outros.

Autop 2018 – Mais de 200 fábricas vão expor no evento

Vem aí a XVI Autop, a feira do setor de peças e autopeças do Ceará. O evento será realizado de 15 a 18 de agosto próximo, no Centro de Eventos, e contará com representantes de fábricas importantes e um público especializado.

Serão mais de 200 fábricas expondo durante o encontro, que apresentará as últimas novidades da área.

“A Autop desse ano é um prêmio pela luta, trazendo o que há de mais novo”, avisa o presidente do Sistema Sincopeças, Assopeças e Assomotos, Ranieri Leitão, que, inclusive, será reconduzido para a presidência destas três entidades.

(Com O POVO Economia/Foto – Divulgação)

Prefeito envia nova mensagem à Câmara Municipal sobre lei do reajuste das taxas de alvarás

1087 7

A Câmara Municipal de Fortaleza foi convocada pelo presidente da Casa, Salmito Filho (PDT), para sessão extraordinária, na segunda-feira, 30 – não mais na sexta-feira, 27 -, para votar mensagem do Poder Executivo que propõe o parcelamento do pagamento do alvará e prorroga por 30 dias o prazo para renovação. A mensagem sofre mudanças depois de muita pressão de entidades do setor produtivo.

Pela nova versão, os estabelecimentos comerciais de Fortaleza poderão renovar o alvará de funcionamento, com o prazo final passando do dia 31 de julho para o dia 30 de agosto, podendo fazer o pagamento em até cinco parcelas, entre os meses de agosto e dezembro.

A proposta que consta na mensagem do Poder Executivo foi o resultado de uma reunião, no Paço Municipal, entre o prefeito Roberto Cláudio  e o presidente da Câmara, Salmito Filho, com outros vereadores e representantes de entidades do setor empresarial, além de secretários municipais.

Outro ponto apresentado por representantes da FIEC, Fecomércio e CDL, presentes no encontro, tratava dos critérios de definição de área útil construída para base de cálculo do alvará. Ficou definido um estudo por uma comissão tripartite, formada por técnicos da Prefeitura, entidades empresariais e Câmara Municipal para posterior análise e decisão do Poder Executivo.

(Foto – Aurélio Alves)

Servidor público tem até domingo para mudar regime de Previdência

Os servidores do Poder Executivo interessados em migrar do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) para o Regime de Previdência Complementar (RPC) têm até as 23h59 do próximo domingo (29) para fazer a opção utilizando o Sistema de Gestão de Pessoas (Sigepe). Segundo o Ministério do Planejamento, o servidor também pode fazer a opção diretamente na área de recursos humanos de seu órgão até sexta-feira (27). O pedido feito pela internet será homologado na segunda-feira (30).

Podem optar pela migração de regime os servidores que entraram na administração pública federal antes de 4 de fevereiro de 2013 (no caso do Poder Executivo) e antes de 7 de maio de 2013 (Poder Legislativo). É possível fazer simulações quanto ao valor do benefício especial e tirar outras dúvidas no próprio Sigepe, nas áreas de recursos humanos dos órgãos, ou no site www.funpresp.com.br​.

Com a migração, quem foi empossado antes da instituição do RPC pode aderir à Funpresp na modalidade participante ativo normal, em vez de participante ativo alternativo. No primeiro caso, entre os principais benefícios está a contrapartida da União, que para cada R$ 1 pago pelo servidor contribui com mais R$ 1, dobrando, assim, a contribuição real.

Quem pode optar pela migração de regime mas ainda não tomou a decisão, deve procurar orientações junto ao RH do órgão ao qual pertence ou na própria Funpresp. O ministério alerta que a migração do RPPS para o RPC é uma decisão individual, de caráter irrevogável e irretratável. “Por isso, o servidor deve conhecer todas as informações para a tomada de decisão”, diz a nota.

Principais pontos

Quem pode optar? o servidor que ingressou no serviço público federal do Poder Executivo antes de 4 de fevereiro de 2013 ou do Poder Legislativo antes de 7 de maio de 2013. De acordo com a Lei nº 13.328/2016, o prazo de opção para a migração é 24 meses, a contar da data da sanção da lei, em 29/07/2016.

Benefício Especial – o servidor que optar pela migração terá direito a um benefício especial (Art. 3º da Lei 12.618/2012), a ser pago pela União assim que se aposente no serviço público. O benefício é calculado pela média das 80 maiores remunerações no serviço público e o tempo de contribuição até o momento da migração.

Como fazer a migração? Pode ser feita por meio do Sigepe, no menu “Optar por vinculação ao RPC”. Posteriormente é necessário imprimir três vias do formulário e entregar ao RH do órgão em que o servidor trabalha, para homologação.

A migração acarreta automaticamente adesão à Funpresp? Não. Após a migração, o servidor pode optar ou não pela adesão à Funpresp, que pode ser feita a qualquer tempo. O dia 29/07 é o prazo final para migração de regime. A adesão ao plano de previdência da Funpresp é facultativa e independe de o servidor migrar ou não.

Como fazer a adesão à Funpresp? Assim que o RH processar a migração para o RPC, o servidor poderá aderir à Funpresp e escolher um plano de benefícios. No caso, deve acessar o Sigepe, e escolher no menu a opção RPC/Aderir. É necessário imprimir 3 vias do formulário de inscrição e entregar no RH do órgão para homologação. A adesão também pode ser feita diretamente com os representantes da Funpresp localizados em 11 estados. O servidor também pode procurar a sede da entidade em Brasília (SCN quadra 02 Bloco A, Ed. Corporate Financial Center, 2º andar).

Dúvidas

*Para outros esclarecimentos, acesse www.funpresp.com.br ou ligue para o 0800 282 6794, de segunda a sexta, das 8 às 19 horas. No próximo sábado, dia 28, a Funpresp realizará plantão de atendimento telefônico (0800 282 6794) e presencial para os servidores dos poderes Executivo e Legislativo no horário das 9 às 17 horas.

(Agência Brasil)

A maior queda de Neymar

Com o título “A maior queda de Neymar”, eis artigo de Lucas Mota, jornalista do Esporte do O POVO. Ele comenta a exclusão do maior craque brasileiro na atualidade, que joga no PSG, fora da lista dos 10 melhores da Fica. Confira:

A conta da temporada 2017/2018 chegou para Neymar. A ausência do principal jogador brasileiro na lista dos dez atletas que vão concorrer ao prêmio “The Best” de melhor do mundo da Fifa surpreende pelo que representa o atacante no esporte mundial. Um sinal de que algo não vai bem em sua carreira. É a primeira vez desde 2011 que ele não aparece entre os melhores do planeta da bola.

Para se ter uma ideia, até um zagueiro (o francês Raphael Varane) entrou na lista e Neymar não. Entre os destaques, estão lá Cristiano Ronaldo, Messi, Mbappé e Salah.

Apesar de surpreendente, a exclusão de Neymar não é injusta. A expectativa criada sobre o jogador foi gigantesca. Muito por causa da transferência milionária para o PSG, que deixou claro o objetivo de se tornar protagonista da equipe, sair da sombra de Messi e entrar de vez na disputa de melhor do mundo.

Na prática, o que se viu foi bem diferente. Neymar fracassou nas duas principais competições desde a milionária transferência: Champions League e Copa do Mundo.

Na Rússia-2018, teve a imagem arranhada mundialmente pelos exageros nas quedas e simulações de faltas, além da eliminação precoce da seleção, nas quartas de final. O valor de mercado do brasileiro caiu 11%, enquanto o de seu companheiro de PSG, Mbappé, cresceu 44%.

A temporada de 2018/2019 vai começar mais uma vez com altas expectativas. Mas, diferente de outros anos, com Neymar em baixa.

*Lucas Mota,

Jornalista do Esporte do O POVO.

Mega-Sena pode pagar R$ 72 milhões

Quem acertar sozinho o prêmio principal do concurso 2.062 da Mega-Sena poderá colocar em sua conta bancária um prêmio de R$ 72 milhões. Aplicado na poupança ele renderia quase R$ 268 mil por mês. O sorteio ocorrerá hoje (25), às 20 horas (horário de Brasília) no Caminhão da Sorte que está na cidade de Pouso Redondo, em Santa Catarina.

Mega-Sena, loterias, lotéricas
Quem acertar sozinho o prêmio principal da Mega-Sena levará R$ 72 milhões – Marcello Casal Jr./Agência Brasil
De acordo com a Caixa, o valor do prêmio acumulado é o segundo maior deste ano. O primeiro, R$ 104,54 milhões, foi sorteado em 17 de fevereiro.

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília), em qualquer loja lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

(Agência Brasil)

Secretário-geral adjunto rompe com a direção da OAB/CE e já está como candidato a presidente

494 1

Surge o primeiro candidato a presidente da OAB do Ceará. Trata-se de Fábio Timbó, secretário-geral adjunto da entidade, que rompe assim com o presidente Marcelo Mota. Timbó divulgou, nesta quarta-feira, um manifesto:

MANIFESTO DE ROMPIMENTO

Caríssimos colegas, advogados e advogadas,

Refleti, profundamente, antes de tomar a presente decisão que peço licença para comunicar-lhes, neste ensejo.

Os longos anos, devotados à honrada Seccional Cearense da Ordem dos Advogados do Brasil, fizeram-me ponderar sobre a resolução que compartilho com a minha gloriosa classe: ROMPER COM A MEDIOCRIDADE QUE SE ASSENHOROU DOS ATOS PRESIDENCIAIS DA OAB/CE.

Posturas centralizadoras, desprovidas do necessário senso democrático que deve inspirar as condutas e ações de um gestor, sobretudo em se tratando de uma instituição da envergadura política e social da Ordem dos Advogados do Brasil, dentre elas a lentidão e a ausência de isonomia no trato das questões que envolvem a defesa das prerrogativas de nossa classe, inclusive com a postergação dos atos de desagravo, pendentes de apreciação, por exemplo, foram episódios que contribuíram para esta minha decisão.

Outro inconformismo, de minha parte, foi o total descaso com os pleitos da jovem advocacia, especialmente demonstrado com as restrições impostas na politica de concessão de descontos na anuidade, em cursos ofertados pela ESA, onerando, ainda mais, o exercício da advocacia e representando um verdadeiro retrocesso, numa conquista já consolidada pela classe.

A par destas questões, ínsitas aos interesses classistas, no que tange à sua missão social, a presidência esquivou-se do seu protagonismo, diante dos desafios que a sociedade enfrentou e vem enfrentando, lamentavelmente, sem o arrimo institucional necessário, a exemplo do drama que é a insegurança pública que grassa em nosso Estado, sob o olhar leniente da entidade.

Finalmente, considero inadmissível, para um presidente da OAB, uma atuação tímida e inexpressiva, nas tristes e recentes mortes dos colegas advogados, ceifados de suas vidas, violenta e covardemente, o que mereceria, para além de uma nota de pesar, uma enérgica resposta e uma firme providência da instituição, conclamando e envolvendo toda a advocacia, nessa luta e indignação, pois, “a injustiça feita a um é uma ameaça feita a todos”, no lúcido pensamento de Montesquieu. É inaceitável permitir-se silenciar a advocacia!
Seguirei, todavia, fiel aos meus propósitos, na inegociável defesa de meus pares e exigindo, ao lado dos advogados e advogadas, uma justiça mais célere e mais eficiente. Ser forte é preciso.

Tenho dito!

Fortaleza-CE,

*Fábio Timbó

Advogado.

DETALHE – As eleições da OAB/CE ocorrerão em novembro próximo. Marcelo Mota deve ir par a reeleição e o atual presidente da Caixa de Assistência dos Advogados (CAACE), Erinaldo Dantas, também deve entrar na disputa. Edson Santana, presidente do Sindicato dos Advogados da Região Metropolitana de Fortaleza (Sindafor), vai entrar na peleja.

Governo deve cortar mais de R$ 5 bi de benefícios irregulares do INSS

Até o final do ano, mais de R$ 5 bilhões gastos em benefícios da Previdência Social deverão ser cortados por causa de irregularidades, que estão em apuração no Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU). O corte segue o trabalho de revisão de benefícios sociais feito pelo Comitê de Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas Federais (CMAP), criado em abril de 2016 com a Portaria Interministerial nº 102, e formado por técnicos e dirigentes da CGU e dos ministérios do Planejamento, da Fazenda e da Casa Civil.

Conforme o Secretário Federal de Controle Interno da CGU, Antônio Carlos Bezerra Leonel, ainda não é conhecido o número de pessoas que perderão os benefícios por causa de fraude. A CGU não divulgou quais irregularidades estão em apuração.

Nesta terça-feira (24), o governo anunciou a suspensão de 341.746 auxílios-doença e 108.512 aposentadorias por invalidez, que totalizam R$ 9,6 bilhões no pagamento de auxílios-doença acumulado entre o segundo semestre de 2016 e 30 de junho de 2018. Até o fim do ano, serão revisados 552.998 auxílios-doença e 1.004.886 aposentadorias por invalidez.

Bolsa Família

Além de benefícios previdenciários, o CMAP revisou os benefícios pagos pelo programa Bolsa Família. Em dois anos, 5,2 milhões de famílias foram excluídas, e outras 4,8 milhões entraram no programa. “No caso do PBF [Bolsa Família] não há propriamente uma economia de recursos, mas a focalização do programa”, assinala o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame. Segundo ele, a exclusão de pessoas recebendo benefícios de forma irregular permitiu manter zerada a fila de espera de novos cadastrados no programa.

Os anúncios de corte de benefícios sociais e previdenciários são recebidos com cautela pela sociedade civil.

Lylia Rojas, do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS), argumenta que falta à medida “transparência necessária” e que há casos de pessoas que tem o benefício indevidamente cortado e depois recuperam o direito na Justiça, gerando mais gastos ao erário.

Para o diretor-executivo da Transparência Brasil (ONG), Manoel Galdino, as fraudes ocorrem porque “o governo é desorganizado” e não mantêm a base dos cadastros eletrônicos interligados – o que dificulta cruzamentos, e não divulga informações sobre envolvidos e a abertura de processos.

Para Gil Castelo Branco, do site Contas Abertas, “é preciso que seja feito regularmente um trabalho de inteligência para evitar que as fraudes cheguem às atuais proporções”. De acordo com ele, “onde há benefício há alguém tentando se favorecer ilegalmente”.

Fraudes fiscais

Em resposta às críticas, o Secretário Federal de Controle Interno da CGU, Antônio Carlos Bezerra Leonel, afirma que “o corte de benefícios irregulares é na casa dos milhões e que os recursos judiciais são na casa dos milhares”.

De acordo com ele, o Comitê de Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas Federais está investindo em tecnologia de informação para melhorar o cruzamento de dados cadastrais e registros administrativos. Ele pondera que a divulgação de nomes de supostos envolvidos em fraude tem que observar a lei, que prevê confidencialidade de dados cadastrais.

Conforme Bezerra Leonel, o governo também criará um comitê de monitoramento das políticas fiscais. Uma portaria está em elaboração na Casa Civil para a implantação de um grupo que apure eventuais fraudes de empresas beneficiadas com isenções de tributos e de renúncia fiscal.

(Agência Brasil)

Banco Itaú passa a gerenciar conta-salário dos servidores de Sobral

Prefeito Ivo Gomes

O Banco Itaú vai gerenciar, a partir de 1º de outubro próximo, as contas-salário dos servidores municipais (efetivos, comissionados e temporários) de Sobral. A Instituição venceu o processo licitatório da Prefeitura e ficará responsável pelos serviços referentes à folha de pagamento. A informação é da assessoria de imprensa desse município da Zona Norte.

Participando da modalidade pregão (inverso), o Banco Itaú ofereceu ao município o valor de R$ 4.820.000,00 pelo gerenciamento das contas públicas durante o período de 5 anos. Participaram ainda do processo os bancos Santander e Bradesco.

DETALHE -O contrato com a Caixa Econômica Federal será encerrado automaticamente no último dia de setembro. A transição das contas será feita de forma ordenada, gradativa e orientada pelos gestores das respectivas secretarias municipais, que vão acompanhar todo o processo junto aos funcionários quantos aos procedimentos necessários.

(Foto – Divulgação)

Ceará quer vacinar em agosto 95% de sua criançada contra sarampo e poliomielite

Vem aí a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite.

Será de 6 a 31 de agosto, com o Ceará participando e definindo a meta de vacinar 95% de sua população infantil, entre 12 meses e 4 anos, 11 meses e 29 dias, de forma homogênea, informa a Secretaria da Saúde do Estado.

No Ceará, o contingente da população infantil é de 509.183 crianças de um a quatro anos.

O dia de mobilização nacional será no sábado, 18 de agosto.