Blog do Eliomar

Últimos posts

Coelce sorteará geladeiras. Sem pinguins

A Coelce fará nesta terça-feira, das 8 às 12 horas, na Praça da Igreja da Piedade, em Fortaleza, a entrega  oficial de geladeirar doadas pela companhia por meio do Programa Troca Eficiente. Esse programa se desenvolve desde o ano de 2007. É a troca de geladeiras velhas por novas em todo o Estado do Ceará, com objetivo de reduzir consumo de energia.

Nesta segunda-feira, haverá sorteio, a partir das 19 horas, de mais 100 geladeiras para a comunidade do bairro da Piedade. Tudo na pracinha da Piedade, tendo a presença de moradores e diretores da companhia e convidados.

Lula culpa países ricos pela crise

“O presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, criticou duramente os “países ricos”, o G8 e outros organismos internacionais, e responsabilizou os governos de países desenvolvidos pela crise econômica mundial.

“Os governos dos países ricos são os culpados (pela crise) por que não cuidaram da regulamentação do mercado”, disse o presidente, em entrevista exclusiva à BBC sobre o colapso do sistema financeiro global.

Lula se posicionou como uma espécie de porta-voz informal dos países em desenvolvimento desde o começo da crise. Ele vem defendendo o que acredita ser os interesses dos pobres em lugares como América Latina, África e Ásia, pedindo mudanças no sistema financeiro global.

Na entrevista com a BBC, Lula afirmou que os governos dos países ricos “sabiam como dar palpite em tudo sobre a economia dos países em desenvolvimento. Agora, quando a dor de barriga aconteceu com eles, eles não sabiam como agir”.

Suas críticas também foram dirigidas a instituições econômicas internacionais: “O FMI não tinha solução, não tinha certeza e não tinha resposta. O Banco Mundial não tinha solução, não tinha certeza e não tinha resposta. E os governos também não tinham!”

“Banqueiros de olhos azuis”

O presidente Lula também insistiu em afirmar que a crise foi criada por banqueiros brancos de olhos azuis no mundo rico. A expressão causou polêmica quando o líder brasileiro a pronunciou pela primeira vez, em março deste ano, ao lado de Gordon Brown, durante visita do primeiro-ministro britânico a Brasília.

Àquela época, Lula foi criticado por ter usado a expressão, considerada por muitos como inapropriada, quase racista. Durante essa entrevista, gravada para a série especial “The Love of Money”, da BBC 2, o presidente disse que não se arrependia, e voltou a falar da mesma forma.

“Aquilo que eu queria dizer está mais forte hoje do que estava na época. O que eu quis dizer era que não eram os índios ou os negros que deveriam pagar a conta (pela crise), mas sim os responsáveis pela crise, que eram os banqueiros de olhos azuis. E que não jogassem a culpa em cima dos pobres do mundo, como sempre acontece quando tem uma crise econômica”, disse Lula.

O presidente, entretanto, parece muito confiante em que os líderes do G20 (o grupo das 20 maiores economias do mundo) consigam encontrar soluções para a crise, se continuarem a trabalhar juntos.

Eles se encontrarão novamente para discutir a crise em Pittsburgh, nos EUA, nos dias 24 e 25 de setembro, e o Brasil espera influenciar o debate, pedindo a consolidação do grupo e mais mudanças no sistema financeiro.

“O problema é que o G-8 é um clube fechado. Do ponto de vista da discussão da crise econômica, acho que o G8 não tem legitimidade”, disse ele. Leia abaixo a entrevista do presidente Lula à BBC.”

(BBC)

Secretário de Cidades e Presidente da Funasa em debate no Crato

O secretário estadual de Cidades, Joaquim Cartaxo, está participando, nesta manhã de segunda-feira, na cidade do Crato (Região do Cariri), de encontro da Frente Municipalista do Sul do Ceará. Ali, ele dá palestra sobre o tema “Subsidios Estaduais para Habitação – Resolução 460”.

Com ele, o presidente da Funasa, Danilo Forte, que falará em seguida sobre “Política de Saneamento Básico Municipal das Bacias Receptoras da Transposição do Rio São Francisco”.

DETALHE – Danilo Forte já posa de candidato a deputado federal. Joaquim Cartaxo não pensa em mandato.

Deputado quer milhas de passagens do Estado financiando viagens de atletas

O deputado estadual Guaracy Aguiar (PMDB) apresentou projeto de indicação na Assembleia Legislativa destinando as milhas das passagens aéreas dos servidores públicos para financiar viagens de estudantes e atletas quando representando o Estado em competições ou eventos culturais e econômicos.

A proposta já foi, inclusive, aprovada pela Assembleia e chegou ao gabinete do governador Cid Gomes para ser apreciada. “Nossa idéia é fazer com que os talentos do Ceará no esporte, nas artes, na cultura e na area social tenham condições de viajar com esse apoio, o que acabaria inclusive com atletas reclamando a falta de apoio para passagens”, observou o parlamentar.

Ceará entre os que “maquiaram” gastos da saúde

O Estado do Ceará está entre os sete piores  na classificação da aplicação de verbas para a saúde. Aplicou apenas 7,87% de sua receita própria nesse segmento. Ocupa o 23º lugar, perdendo apenas para o Piauí, 24º, Paraíba, 25º, Minas Gerais, 26º e o Rio Grande do Sul, 27ª.

A revelação é feita em reportagem desta segunda-feira do jornal Folha de São Paulo, aidantando que, para atingir o percentual exigido por lei na área da saúde,, a maioria dos governadores “maquiou” seus balanços contabilizando gastos que não foram propriamente com saúde pública.

O Rio de Janeiro, que contabilizou como gasto em saúde os restaurantes populares e a despoluição da baía de Guanabara, lidera o rankin god piores.

* Da Folha de São Paulo, leia mais aqui.

Cid vai dar posse a novos delegados e escrivães

cidgomes

O governador Cid Gomes dará posse, a partir das 17 horas desta segunda-feira, durante solenidade no Palácio Iracema, a 223 escrivães e mais 74 novos delegados, tendo ao lado o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Estado, Roberto Monteiro.

São concursados que assumirão com objetivo de reforçar a segurança e desafogar o sufoco presente no setor, informa a sua assessoria.

Decon divulga lista das melhores e piores do Ceará

O Decon divulga, nesta manhã de segunda-feira, o raning das melhores e piores empresas em se tratando de atendimenta ao consumidor cearense.

Será durante entrevista coletiva a ter início ás 9h30min, na sede da Procuradoria Geral de Justiça do Estado, em Fortaleza, informa a assessoria de imprenesa do órgão.

VAMOS NÓS – Não temos medo de errar: as telefônicas vão estar entre as piores.

Fortaleza será sede de congresso de executivos de finanças

O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Ceará (Ibef) vai promover, de 28 a 30 do próximo mês, no Hotel Gran Marquise, em Fortaleza, o XX Congresso Nacional dos Executivos de Finanças (Conef). Segundo o presidente da entidade, Sérgio Melo,  o evento é o mais tradicional e o maior da área financeira do País.

Na pauta dos debates, discussões relacionadas ao tema Economia Brasileira e as Perspectivas de Desenvolvimento, adianta Melo, acrescentando que o congresso conta com o apoio da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec). O professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), Roberto Rigobonos, está na lista dos conferencistas. Ele abordará o tema Cenário Econômico Brasileiro e Mundial e Perspectivas.

O ministro da Previdência Social, José Pimentel, e o presidente da Pricewaterhouse Coopers Brasil, Fernando Alves, estão entre os convidados especiais.

SERVIÇO

Inscrições pelo site www.ibefce.org.br/xxconef

Telefone – (85) 3433-8464.

“Bloco dos Emergentes” quer suplência de senador em 2010

“O chamado “bloco dos emergentes”, formado por seis pequenos partidos, vai pleitear a primeira suplência de uma das vagas de senador na chapa encabeçada pelo governador Cid Gomes (PSB) nas eleições do ano que vem. “Se não for acertada a primeira suplência vai ser tirado um nome entre os seis partidos”, disse o vice-prefeito de Fortaleza e principal articulador do bloco, Tin Gomes (PHS). Ele acrescentou que será “possivelmente alguém que já tenha mandato”.

Caso o governador não aceite o pedido do grupo, eles decidiram que vão lançar candidatura em chapa própria ao Senado. A base de Cid já tem definido o nome do deputado federal Eunício Oliveira (PMDB) para disputar o Senado, enquanto o PT busca lançar na outra vaga o nome do ministro da Previdência, José Pimentel (PT).

A decisão saiu no último sábado, durante o “I Encontro dos Partidos Emergentes do Estado do Ceará”. Trata-se da reedição do chamado “blocão”, iniciado ainda em 2006 pelos partidos PHS, PMN, PSL e PRB. Agora, passam a integrar o PRTB e o PRP. Também foi discutida a corrida proporcional. ”

(Jornal O POVO)

Serra veta Kassab e decide que Alckmin é o candidato em SP

“O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), vetou a articulação do prefeito da capital, Gilberto Kassab (DEM), para tentar se candidatar ao Palácio dos Bandeirantes. Ao mesmo tempo, fechou com o ex-governador Geraldo Alckmin que ele será o próximo candidato do PSDB ao governo paulista.

Serra interveio na sua própria sucessão porque avaliou que estava se desenhando um cenário de guerra que poderia prejudicar sua aspiração presidencial. O primeiro movimento foi dizer a Kassab, seu aliado político, que ele deveria permanecer na prefeitura, sob pena de criar um problema na aliança PSDB-DEM e ficar mal perante o eleitorado paulistano, que o reelegeu no ano passado.

Kassab desejava ser candidato a governador, pois a capacidade de investimento da prefeitura é muito pequena se comparada à do Estado de São Paulo. Ele avalia que terá dificuldade para cumprir promessas e que deverá realizar uma administração mediana, o que impediria voos mais altos na política após deixar a prefeitura.

Vetado por Serra, Kassab passou a alimentar a possibilidade de apoiar outro tucano para o governo, o secretário da Casa Civil de São Paulo, Aloysio Nunes Ferreira. Kassab, que derrotou Alckmin na campanha municipal de 2008, não deseja ver o antigo desafeto no governo com caixa para gastar. O governador, então, nomeou Alckmin como seu secretário.

Serra avisou a Kassab e Aloysio que precisa apoiar Alckmin, favorito nas pesquisas, para evitar uma crise na aliança PSDB-DEM no seu reduto eleitoral e para reforçar a parceria com o PMDB paulista, abrindo caminho para que o ex-governador Orestes Quércia, presidente do PMDB paulista, seja um dos candidatos a senador da aliança que deverá ocorrer no Estado entre os três partidos.

O apoio de Quércia é fundamental para Serra tentar minar ou esvaziar parcialmente o provável apoio oficial do PMDB nacional à eventual candidatura presidencial da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.”

(Folha de São Paulo)

Orçamento não tem previsão de receita para despesas de R$ 10 bilhões

“Para o ano eleitoral, o último do mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governo enviou ao Congresso uma proposta de Orçamento da União inflada, com grande aposta no aumento de receita, e direcionando mais gastos nas áreas sociais e de infraestrutura. Mas deixou de fora dessa conta alguns passivos – despesas sem a previsão de receita -, que podem chegar a quase R$ 10 bilhões.

De acordo com reportagem de Cristiane Jungblut na edição desta segunda-feira no jornal O GLOBO, o governo já começou a ser pressionado por parlamentares e governadores para que os chamados “buracos” sejam resolvidos. O problema é que a proposta orçamentária do governo já chegou ao Congresso apertada e praticamente engessada, o que dificultará os remanejamentos.

A reportagem mostra ainda que os principais contenciosos já envolvem R$ 9,4 bilhões, sendo uma grande parte de interesse direto dos governadores (Lei Kandir) e dos parlamentares (emendas individuais), acrescentando que a conta poderá ficar mais salgada ainda se os políticos decidirem cobrar também a garantia de recursos para as emendas de bancadas e de comissões.”

As histórias de Mauro Benevides

maurob

“As histórias parecem sempre no ponto para serem contadas. Saem com naturalidade, cheias de termos rebuscados e, claro, sob o olhar peculiar de quem vivenciou os fatos que relata. Mauro Benevides, ex-vereador em Fortaleza, deputado estadual por quatro mandatos, duas vezes senador e hoje deputado federal, esteve no centro de grandes acontecimentos políticos nas últimas cinco décadas e meia. Presidia a Assembleia Legislativa quando veio o golpe de 1964 e comandava o Senado quando o Congresso cassou o mandato do então presidente Fernando Collor de Melo, para citar apenas dois momentos marcantes. Ao longo do período, juntou histórias que apresenta nesta entrevista, resultado de uma conversa de mais de duas horas com O POVO, em seu apartamento de Fortaleza.”

* Confira os principais trechos aqui.

Defensoria Pública do Ceará em clima de eleição

“Vem aí eleição para renovação da Defensoria Pública Geral do Estado. Hoje o Conselho Superior da Instituição definirá datas do processo de escolha. A comissão eleitoral já está formada com as defensoras Benedita Damasceno, Tânia Mamede e Maria Cristina Aguiar.

O pleito é em outubro e Francilene Gomes, atual defensora-pública-geral, quer reeleição. ”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Morre economista Roberto Matoso

“O economista e consultor empresarial Roberto Matoso, que também foi secretário estadual de Trabalho e Empreendedorismo no governo Lúcio Alcântara, morreu na noite deste domingo, em Goiânia, onde se encontrava hospítalizado desde o último dia 4 após sofrer um infarto. Matoso tinha 48 anos e encontrava-se em Goiás a trabalho.

O drama de Matoso, que permaneceu internado numa UTI desde o dia 5, vinha sendo acompanhado de Fortaleza pelos amigos. A família já adiantou que o corpo será trasladado para Fortaleza, onde deve acontecer o sepultamento. Nas eleições de 2008, ele foi candidato a vice-prefeito de Fortaleza, pelo PR, na chapa encabeçada pelo deputado estadual Adahil Barreto.”

(POVO ONLINE)

Marina: Melhorias no Brasil começaram antes de Lula

marina

“Em entrevista ao jornal espanhol El País, a ex-ministra do Meio Ambiente e provável candidata do PV à presidência do País, Marina Silva, disse que é necessário reconhecer que as melhorias no Brasil tiveram inicio há 16 anos, antes da chegada de Luiz Inácio Lula da Silva a presidência do País. Quando perguntada se manteria a política econômica de Lula, Marina disse que “existe o reconhecimento de que nos últimos 16 anos, o Brasil conseguiu o equilíbrio fiscal e a estabilização da moeda, junto com a grande inovação introduzida por Lula na questão da distribuição de renda”.

De acordo com a ex-ministra, ela deixou o governo porque não teve o apoio necessário para aplicar as políticas de meio ambiente, tal como foram concebidas. “Em três anos conseguimos diminuir o desflorestamento em 57%, mas ao não se cumprir outras diretrizes, corria-se o risco de a Amazônia voltar a ser destruída. Tomamos medidas drásticas de cortar crédito de empresas ilegais, e prender, não só quem destruía a selva, mas também quem plantava, produzia e exportava. Isso criou uma grande tensão, tanto comigo, quanto com a minha equipe e vimos que o governo estava disposto a derrogar essas medidas”, disse ela o jornal espanhol.

Ela disse que os habitantes da Amazônia nunca acreditaram na preservação de um “santuário intocável”. Para ela, desde quanto Chico Mendes começou sua luta, o grande desafio sempre foi integrar o meio ambiente com desenvolvimento econômico em uma equação mista, sabendo que não é possível repetir os mesmo erros cometidos com a Mata Atlântica (da qual só restam 5%).

Quando perguntada se a culpa pela falha na política ambiental seria de Lula, Marina disse que “não se trata de personalizar”. Para ela assumir a economia sustentável como estratégia é algo complicado, que não existe em nenhum lugar do mundo.”

(Com Agências)

Ronda do Quarteirão aborta assalto a topic

topicpresa

Policiais do Ronda do Quarteirão prenderam neste domingo, na localidade do Jabuti, entre os municípios de Eusébio e Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza), Antônio Charles Brlhante (19) e o menor de iniciais A.R.S.S (16).

Eles estavam assaltando passageiros da Topic (DBL – 3366 -Horizonte) que faz a linha Pacajus-Fortaleza, quando, ao descer do veículo, se depararam com uma viatura do Ronda do Quarteirão. O assalto foi abortado.

Antônio Brilhante encontra-se preso na Delegacia de Caucaia, enquanto o menor apreendido foi levado para a Delegacia da Criança e do Adolescente. O motorista da Topic e alguns passageiros prestaram queixa nessa delegacia, uma das plantonistas dentro do esquema elaborado pelos policiais civis em greve por melhores condições salariais.

(Foto – Paulo Moska)