Blog do Eliomar

Últimos posts

DUAS CARAS – EX-MINISTRO JOSÉ DIRCEU FAZ IMPLANTE DE CABELO


No passado, o ex-ministro fez, como Marconi Ferraço, da novela, plastica no visual.

“O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu (PT) foi internado na manhã de hoje Hospital Memorial São José, no Recife (PE), para se submeter a uma cirurgia plástica. O cirurgião plástico Fernando Bastos é o responsável pelo implante capilar no político.
Não é a primeira vez que o petista se submete a uma cirurgia plástica. Durante o exílio na década de 70, quando saiu do País depois de ser preso pelo regime militar, Dirceu fez uma cirurgia para mudar a aparência e não ser reconhecido pelos militares em seu retorno ao Brasil, em 1975.
José Dirceu é um dos 40 denunciados pelo procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, pelo suposto esquema do mensalão. Ele é acusado de formação de quadrilha e corrupção ativa. Dirceu deixou a Casa Civil em junho de 2005, durante o escândalo do mensalão, e sofreu cassação de seu mandato de deputado em dezembro do mesmo ano. Dessa forma, fica inelegível até 2015.

(Com Portal Terra)

ATUALIZAÇÃO (20h230min) – José Dirceu já fez a cirurgia de implante de cabelo. Segundo a equipe médica, foram transplantados 6.710 fios de uma área do couro cabeludo para a área de calvície. Saiba mais aqui

SECULT CONTRATA DJ PARA FAZER TERTÚLIA NOS JARDINS DO THEATRO JOSÉ DE ALENCAR

E vem aí mais um projeto da Secretaria da Cultura do Ceará, segundo nos chega o seguinte release:

“O Theatro José de Alencar, equipamento vinculado à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), apresenta mais um projeto no próximo dia 20/01: é o Tertúlia TJA, que apresenta a d.j. Renatinha nos jardins do Theatro. O som que sai da vitrola de Renatinha é como diz Tom Zé, citando Câmara Cascudo: “Contemporaneidade é coisa antiga”. O Tertúlia TJA começa cedo, às 16h, para apreciação da mudança de luz nos canteiros projetados por Burle Max, que adorava o ofício de jardineiro. A entrada é grátis.”

CÁ PRA NÓS – Contratar DJ para animar festa num jardim é PROJETO que mereça tanto destaque? Não passa de varejo. Ou melhor, miudeza pra fazer a plebe se animar. Precisa ter algo a mais agregando valor. Ou não passará de vesperal.

EM CLIMA DE ENCONTRO DO PDT, HEITOR E PATRÍCIA FARÃO CORPO A CORPO ELEITORAL

O secretário-geral do PDT nacional, Manuel Dias, é um dos convidados do encontro preparatório estadual para o quarto Congresso que a legenda realizará em abril próximo, em Brasília. O evento, segundo de 12 programados em todo o País, abordará no Ceará temas como Esporte, Cultura e Lazer e ocorrerá no Meridional Convenções, em Fortaleza.
O presidente estadual pedetista André Figueiredo (foto), que é também secretário-executivo do Ministério do Trabalho e Emprego, coordenará as atividades. Foram convidados prefeitos, vereadores, parlamentares e militantes.

DETALHE – Na ocasião, o deputado estadual Heitor Férrer e a senadora Parrícia Saboya não dispensarão conversas de pé de orelha com delegados da sigla na Capital. Cada um vendendo seu peixe eleitoral, é claro.

DETALHE 2 – Antecendendo o encontro, o PDT estadual vai inaugurar, a partir das 20 horas desta quinta-feira, na sede partidária, a sala da Universidade Leonel Brizola. Esse organismo será o braço de formãção e mobilização política dos militantes pedetistas.

DOA A QUEM DOER! CORTES NO ORÇAMENTO 2008 VIRÃO, AVISA MINISTRO

“Em entrevista concedida a emissoras de rádio nesta quinta-feira (10), o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse que os cortes no Orçamento para compensar a perda de cerca de R$ 40 bilhões na arrecadação vão “doer” e afirmou que não há áreas “intocáveis”. “O que existe são as nossas prioridades. Quando você fala do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), você vê as regiões, os governadores falando. Por isso dizemos que não vamos mexer no PAC, a não ser que não tenha como não tocar. O que existe é o equilíbrio do Orçamento, isso sim é intocável”, respondeu. O ministro reafirmou a intenção do governo em dialogar com o Congresso e disse que os cortes deverão ser proporcionais entre o Executivo, Legislativo e Judiciário. “Se você perguntar, vai doer? Vai doer. Todo mundo acha que tem que cortar, mas ninguém quer que corte o seu. Se for no prédio vizinho, do outro lado da rua, no outro poder, na emenda da situação, ou da oposição… Se formos nessa linha, não vamos cortar nada”, criticou.”

(Portal G1)

PRESO EM ITAPIPOCA HOMEM ACUSADO DE HOMICÍDIO E AGRESSÕES A HOMOSSEXUAIS

“Policiais Militares da 3ª Companhia do 4º Batalhão Policial Militar de Itapipoca, sob o comando do tenente-coronel PM Roberto Alves, prenderam, na madrugada desta quinta-feira, Valderi Santana Monteiro (40). Através de denúncia anômina, a Polícia Militar conseguiu capturá-lo na casa do tio dele na localidade de Betânia em Itapipoca. Contra ele havia um mandado de prisão preventiva, do dia 26 de outubro de 2007, expedido pela 5ªVara do Júri, sob a acusação de praticar diversos ataques à homossexuais e de assassinar um homem no bairro Pio XII.
Valderi Santana estava foragido desde o dia do crime e era considerado violento pela Polícia. Ele foi conduzido para a Delegacia Regional de Itapipoca.”

(Assessoria de Imprensa da PM)

PATRÍCIA SABOYA DIZ QUE FORTALEZA VIROU UMA CIDADE SEM LEI E PRECISA DE MÃE

Ela poupou Odorico Monteiro, ex-secretário de Cid em Sobral
“Fiquei muito preocupada, pois já era uma coisa que eu havia sentido”, afirmou a senadora Patrícia Saboya, pré-candidata do PDT à Prefeitura de Fortaleza, ao comentar, nesta quinta-feira, durante entrevista ao programa Paulo Oliveira (Rádio Verdes Mares AM), pesquisa Datafolha que, entre 10 serviços oferecidos pelo município, incluiu o setor Saúde com 60% de péssimo e ruim em termos de avaliação. Ela destacou o trabalho e esforço do secretário Odorico Monteiro, que já atuou na pasta quando o governador Cid Gomes era o prefeito na cidade de Sobral, mas observou que há problema de gestão.
Patrícia também citou como agravante nessa situação o Instituto Doutor José Frota, um “hospital estrangulado”, pois acaba recebendo demandas que deveriam ser atendidas nos postos de saúde da periferia. Ela lamentou que ainda haja posto fechando no horário da noite quando “muita criança fica com febre alta e aí surge o problema”.
A senadora reiterou que está trabalhando para sair indicado pelo seu partido. Com ela, disputa internamente o deputado estadual Heitor Férrer. Deixou claro que pensa em administrar Fortaleza pela vontade de fazer o melhor e que isso não significa “nenhuma obsessão”. Disse que pela experiência acumulada de quem foi primeira dama do Estado, já sabe o que fazer caso seja eleita, pois “o que não pode é você depois de três anos planejar as ações”, alfinetou indiretamente a prefeita Luizainne Lins, que está lançando um plano administrativo. Para Patrícia, a única forma do gestor conhecer os problemas do municípío é sair do gabinete.
“Fortaleza não tem mais lei. Precisa de lei, de mãe pra botar no colo. Você não pode andar na cidade porque as calçadas estão ocupadas, não pode olhar pros lados porque tem placa pra todo canto. Agora, primeiro tem que ver as pessoas”, lamentou a senadora.

PACOTE NA BERLINDA – GOVERNO DIZ QUE GANHARÁ NO STF

“O advogado-geral da União, José Antonio Toffoli, está convicto de que o Supremo Tribunal Federal vai rejeitar as ações de inconstitucionalidade propostas pelo DEM contra os aumentos do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) – medidas adotadas pelo Executivo por decreto e medida provisória, respectivamente, para compensar a perda de R$ 40 bilhões na arrecadação, em virtude da extinção da CPMF.
Segundo Toffoli, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva – com quem teve ontem despacho “de rotina” – está “tranqüilo” quanto ao sucesso do chamado pacote tributário. Ele não quis entrar em detalhes técnicos sobre a defesa do presidente Lula – que ainda não recebeu a intimação formal da presidente do STF, Ellen Gracie, para se pronunciar num prazo de 10 dias – mas rebateu os argumentos das ações do DEM de que houve “desvio de finalidade” no reajuste do IOF e infração do princípio da anterioridade no aumento, por MP, da CSLL.

Confira mais aqui

(Jornal do Brasil)

PATRÍCIA SABOYA LISTA UMA SÉRIE DE “BRINCADEIRAS” DA UNIÃO


Ela demonstrou preocupação com o setor elétrico

E a senadora Patrícia Saboya (PDT) reafirmou nesta quinta-feira, durante entrevista ao programa Paulo Oliveira (Rádio Verdes Mares AM), que foi pega de “surpresa” pelo anúncio do pacote baixado pelo governo federal e que chega para compensar perdas com a não prorrogação da CPMF. Ela considerou uma “brincadeira” do ministro Guido Mantega (Fazenda) o lançamento do pacote que, na prátrica, desmentiu o presidente Lula. A senadora lembrou que, no fim de 2007, Lula havia garantido que não viria aumento de impostos.

A senadora também definiu como “brincadeira” os constantes desmentidos do governo federal dando conta de que o País não corre risco de apagão no setor elétrico. Incluiu também nessa sua avaliação o caso da febre amarela, que registrou óbitos, onde uma autoridade diz uma coisa e outra chega e diz outra. Lembrou ainda nessa lista o projeto da siderúrgica do Ceará, tão prometida pela União, que acabou não vindo por causa da Petrobras, embora o presidente sempre definisse como prioridade. Como resultado, surgiu um novo empreendimento.

PT FOI QUEM MAIS RECEBEU PROPORCIONALMENTE DOAÇÃO DOS BANCOS

“O governo insinua haver relação promíscua da oposição com os banqueiros, mas é o PT o partido que proporcionalmente mais tem recebido doações do setor financeiro.Segundo dados da prestação de contas dos partidos ao TSE, o PT recebeu, em 2006 (último dado disponível), 19,26% de suas doações de bancos.Foram R$ 8,33 milhões de um total de R$ 43,23 milhões que entraram nos cofres do partido. O setor bancário foi o segundo maior doador para a sigla em 2006, perdendo apenas para as empreiteiras, que doaram R$ 12,47 milhões.Na segunda-feira, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB), ironizou o que chamou de defesa “legítima” do DEM dos lucros do setor financeiro. Tradicionalmente, a sigla que está no poder atrai mais recursos de empresas. Os dados mostram, no entanto, que o PT, além de ter o caixa mais gordo em valores absolutos, é o que mais depende dos bancos.Como comparação, o DEM, cuja relação com o setor financeiro é apontada como a motivação para tentar derrubar na Justiça o aumento da contribuição sobre o lucro dos bancos, recebeu do setor fatia bem menor. Em 2006, 8,31% das doações ao DEM vieram dos bancos, ou R$ 720 mil. O PSDB conseguiu dos bancos 9,49% (R$ 1,39 milhão) de seu total.Os dados se referem às doações feitas aos partidos, e não às campanhas. No caso das presidenciais de 2006, que têm contabilidade separada, os comitês de Lula (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB) empataram em doações do setor financeiro, com R$ 10,5 milhões cada um.

(Folha de São Paulo)

ADVOGADOS DA UNIÃO ANUNCIAM GREVE E OBRAS DO PAC PODEM SOFRER OBSTRUÇÕES

“Os integrantes das entidades da área jurídica da União entrarão em greve, a partir do próximo dia 17, em protesto ao não cumprimento do acordo salarial firmado, no final do ano passado, com o governo federal. Fazem parte do grupo de rebelados os advogados da União, os defensores públicos, os procuradores da Fazenda Nacional e os procuradores federais.
A categoria reivindica o reajuste do subsídio, previsto para ser realizado em três anos, em valores iguais ao dos Delegados da Polícia Federal e dos Delegados da Polícia do Distrito Federal.
A paralisação, segundo lideranças do movimento, deve afetar diretamente a execução das políticas públicas do governo, incluindo as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a arrecadação tributária e não tributária da União, além dos contratos e convênios mantidos por toda a administração pública federal.
Apesar da greve, serão mantidos 30% dos profissionais nos plantões das unidades jurídicas, para atender às necessidades essenciais do Estado e da sociedade.”

(Congresso em Foco)

SAI EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO DA CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO

E o Diário Oficial da União trouxe, em sua edição desta quarta-feira, o edital de concurso público para preenchimento de 220 vagas de Analista de Finanças e Controle (nível superior) e 180 vagas de Técnico de Finanças e Controle (nível médio), da Controladoria-Geral da União. O edital está disponível no site da CGU (www.cgu.gov.br)
As inscrições, a serem feitas exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico da Escola de Administração Fazendária –Esaf- (www.esaf.fazenda.gov.br), começam na próxima segunda-feira (14), e vão até o dia 27 deste mês. As provas serão realizadas nos dias 8 e 9 de março, nas 27 capitais estaduais, em horários a serem oportunamente publicados no Diário Oficial da União e também no endereço eletrônico da Esaf.
A taxa de inscrição será de R$ 100,00 para o cargo de Analista de Finanças e Controle e R$ 70,00 para o de Técnico de Finanças e Controle. A remuneração, após a primeira avaliação de desempenho, será de R$ 8.484,53 para os Analistas de Finanças e Controle e de R$ 3.907,79 para os Técnicos de Finanças e Controle.

ARACATI VAI GANHAR UMA POLICLÍNICA

O governador Cid Gomes (PSB), através da área da Saúde, solicitou ao prefeito Expedito Ferreira, de Aracati (Litoral Leste), a doação de um terreno de 7.500m2 para a construção de uma policlinica no municipio.
O objetivo é expandir e descentralizar via policlínicas em microrregiões a assistencia à saúde. Pelo projeto oficial, serão implantadas 20 policlinicas e mais 16 Centros de Especialidades Odontologicas(CEO) em todo o Estado durante a gestão atual.
O prazo para a implantação da policlínica de Aracati é de dois anos, a partir da cessão do terreno.

EDILMAR NORÕES É REELEITO PARA O COMANDO DA ACERT


Ele foi eleito em clima de chapa única

Reeleito nesta quarta-feira para o cargo de presidente da Associação Cearense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acert) o jornalista Edilmar Norões, que é diretor do Sistema Verdes Mares de Comunicação. O pleito foi de chapa única, com 80% dos representantes das emissoras associadas à Acert endossando a nova diretoria. O novo mandato é para o período 2008/2009.

Conheça um pouco do trabalho e ações de Edilmar Norões aqui

APARTAMENTO DE ENVOLVIDO NO FURTO MILIONÁRIO DO BC FORTALEZA RENDEU R$ 95 MIL

Arrematado nesta quarta-feira por R$ 95 mil um apartamento em Fortaleza que pertencia a um dos participantes do assalto ao Banco Central de Fortaleza, ocorrido em 2005. A venda aconteceu durante leilão, em São Paulo. O apartamento está situado no Bairro do Papicu e foi vendido pelo valor da avaliação judicial, segundo o leiloeiro do Instituto Nacional de Qualidade Judiciária (INQJ), Renato Moysés. O lance veio pela Internet e bem antes de o leilão começar. O comprador deverá efetuar o pagamento à vista nas próximas 72 horas.

(Com informação de agências)

RESULTADO DOS EXAMES FEITOS NO CORPO DO JUIZ SÓ SAI NA PRÓXIMA SEMANA

Os exames realizados pelo Instituto de Perícia Técnica do Ceará no corpo do juiz Pio Porto Belém, que apareceu morto domingo último em condomínio da Praia do Icaraí (Região Metropolitana, só devem ser divulgados na próxima semana. A informação foi dada nesta quarta-feira pelo delegado de Caucaia, Emilson Reobuças, que está colhendo depoimentos sobre o caso. O porteiro do condomínio foi ouvido e confirmou que duas pessoas estiveram com o juiz um dia antes do crime. O porteiro não quis falar com a imprensa. O delegado diz estar trabalhando com duas hipóteses: queda ou suicídio.
O delegado também pediu exame toxográfico no corpo do juiz.

ORÇAMENTO 2008 – PIMENTEL QUER CONCLUIR PARECER ATÉ 12 DE FEVEREIRO


Ele diz que militares e os Três Poderão terão que fazer ajustes

“Até o dia 12 de fevereiro, o relator do Orçamento 2008 , deputado José Pimentel (PT-CE) deve concluir seu parecer sobre a matéria. A partir desta semana, ele espera começar a receber as sugestões de vários setores que participaram de discussões do texto. A informação é do próprio parlamentar. Segundo ele, desde o dia 13 de dezembro tem sido feita uma série de reuniões com o Legislativo, o Judiciário, o Executivo e o Ministério Público, buscando sugestões de possíveis cortes. Com o fim da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) no fim do ano passado, o Orçamento 2008 precisou ser revisto, já que contava com a previsão de arrecadação de R$ 40 bilhões do chamado imposto do cheque.
Pimentel não quis comentar sobre possíveis cortes de investimentos do Programa de Acelaração do Crescimento (PAC). Sobre a proposta de cortar emendas parlamentares, ele disse cabe ao Congresso resolver um problema que foi criado pelos próprios parlamentares ao recusar a prorrogação da CPMF.
Pimentel fez as declarações ao chegar ao Ministério do Planejamento, para encontro com o ministro Paulo Bernardo.”

Da Agência Brasil, leia mais aqui

LÚCIO ALCÂNTARA: RONDA VEIO PARA GANHAR UMA ELEIÇÃO E NÃO PARA OFERECER SEGURANÇA

Mesmo em ritmo de ronda de férias em Portugal, o ex-governador Lúcio Alcântara não deu folga às críticas que dispara, vez em quando, contra a administração Cid Gomes (PSB). Sobre o Ronda do Quarteirão, leia o que ele diz:

“É louvável a iniciativa do governo de investir recursos expressivos no combate à violência. Certamente isso dará algum resultado. O que não torna as medidas isentas de crítica. Criticar honestamente não é torcer contra. Só os áulicos do governo e os jornalistas amigos procuram disseminar essa idéia. A “Ronda de Quarteirão” padece de um erro de origem. Foi imaginada para vencer uma eleição e não para oferecer mais segurança à população. Anunciada em plena campanha foi alvo de tantas críticas e era tão inconsistente que mereceu sucessivas reformulações midiáticas. Iniciado o novo governo o que se viu foi a preocupação em adquirir viaturas de luxo, mediante discutível licitação, e desenhar um novo modelo de farda para os policiais. Enquanto isso a polícia vivia à míngua. Veículos parados à falta de combustível e peças, gratificações de policiais suspensas ou em atraso, um avançado concurso para recrutamento de novos policiais posto em marcha lenta, frustração salarial em decorrência de expectativas despertadas pelo então candidato, crise de autoridade e desrespeito à hierarquia. Este foi o cenário do ano passado, reproduzido pela imprensa e responsável pelo grande aumento da violência retratado nas estatísticas. A novidade se limitou aos carros luxuosos desfilando pela cidade enquanto o centro era saqueado por arrastões. Depois de um ano não chegaram a ser admitidos 1.000 novos policiais, após um curso feito às pressas, com redução de conteúdo e carga horária. Em matéria de tecnologia, a inovação, ao contrário do que dizem, são os carros e as câmaras neles instaladas. Computadores de bordo e outros equipamentos de comunicação ja existiam no sistema anterior.Arrogância e improvisação marcaram as ações do governo em relação à segurança. O custo social disso foi muito alto, traduzido por mortes, sofrimento, medo e angústia. Esse é um passivo irresgatável.

Do Blog do Lúcio Alcântara, leia aqui

CHORA TESOURA – MINISTRO DIZ QUE CORTE NO ORÇAMENTO VIROU TAREFA DURA


Bernardo vai procurar lidanças partidárias para conversar

“O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, admitiu, nesta quarta-feira, que será uma “tarefa muito dura” fazer o corte de R$ 20 bilhões no Orçamento da União para compensar o fim da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira). Ele reiterou que o interesse do governo é preservar o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e que irá conversar amanhã com líderes dos partidos no Congresso para negociar os cortes. “Temos uma tarefa muito dura para fazer. Isso, certamente, provoca alguma celeuma”, afirmou o ministro, ressaltando que a orientação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva é que a tarefa seja dividida com o Congresso. Segundo o ministro do Planejamento, o governo quer preservar o PAC, mas admite que os recursos podem ser remanejados de acordo com o andamento das obras – os recursos de uma obra sem licença ambiental podem ser alocados em uma outra. “Eu acho que a defesa do PAC não vai ser apenas do governo federal. Mas também dos parlamentares, governadores e prefeitos”, disse Bernardo. O presidente da Comissão Mista de Orçamento, José Maranhão (PMDB-PB), foi mais enfático em relação a possíveis cortes no PAC. “Se não conseguirmos um equilíbrio no Orçamento, teremos que mexer no PAC.”

(Folha On Line)

SECRETÁRIO FALARÁ SOBRE INDÍCIOS DE FRAUDE NO CONCURSO DE DELEGADO DA POLÍCIA CIVIL

O secretário da Segurança Públcia e Defesa Social do Ceará, Roberto Monteiro, dará entrevista coletiva a partir das 15h30min, em seu gabinete de trabalho. Vai tratar sobre uma possível fraude que teria se registrado no último concurso realizado no âmbito da Polícia Civil, mais precisamente para delegado de primeira classe. Ele não quis adiantar detalhes.
O concurso, que oferece 86 vagas, foi iniciado em julho de 2006 e estava em andamento a prova de títulos. A equipe de Monteiro já vinha investigando o caso há dois meses.
Deverá mandar suspender tudo.

ATUALIZAÇÃO ( 17h24min) – O seretário Robrto Monteiro informou que livros apresentados por alguns candidatos teriam sido copiados da Internet e confeccionados por uma gráfica de Fortaleza. O concurso não deve ser suspenso, mas os envolvidos eliminado com a conclusão do inquérito abeto em torno do caso, segundo Monteiro.

SAÚDE DE FORTALEZA EM BAIXA NÃO SURPREENDE, DIZ VEREADOR PETISTA

A pesquisa do Instituto Datafolha colocando o setor Saúde com 60% de ruim e péssimo na avaliação do fortalezense não surpreendeu o vereador José Maria Pontes (PT). Ao comentar o assunto, nesta quata-feira, Pontes disse que esses dados só serviram para reforçar críticas que há meses vem fazendo. “A avaliação só configura o que nós já estamos denunciando no plenário da Câmara Municipal: a saúde em Fortaleza hoje pode ser vista como um caos”.
O parlamentar, que também é médico concursado da rede municipal de Fortaleza, reconhece que há gargalos que precisam ser resolvidos para diminuir os impactos negativos. “A questão vem sendo levantada desde o princípio da atual administração e ratificada agora na avaliação do Data Folha que é uma instituição séria”, observou José Maria.
Ele disse mais: “Considero que as filas e o atendimento básico influem diretamente na situação que hoje a saúde passa. Os hospitais Gonzaguinhas estão falidos e a consequência disso é a superlotação do IJF, com aumento de filas e o estresse de pacientes. A demora no repasse de verbas é outro fator complicador, que atrasa o pagamento aos fornecedores e terceirizados. Se não houver empenho de quem dirige o setor os problemas se agravarão”, reforçou o vereador da base da prefeita Luizianne Lins.

Detalhes da pesquisa aqui