Blog do Eliomar

Últimos posts

Ação social vai oferecer perucas para mulheres em tratamento do câncer

O Shopping RioMar Kennedy entra na onda solidária do Outubro Rosa.

Em parceria com o NS Salão, o shopping RioMar Kennedy distribui na segunda-feira (15), 60 senhas para corte de cabelo gratuito.

A iniciativa visa recolher cabelos – tamanho mínimo de 10 centímetros – para confeccionar perucas que serão doadas para mulheres em tratamento do câncer do mama.

Deputados podem votar auxilio às santas casas na terça-feira

Na próxima semana, os deputados podem votar a medida provisória que prevê uma linha de financiamento para as santas casas com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Para ser votada, a Mesa precisa ler o ofício de encaminhamento da proposta para a Câmara. Há sessões marcadas para terça-feira (17).

A MP 848/18 cria essa linha de crédito para socorrer as santas casas e os hospitais filantrópicos que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo o texto, 5% do programa anual de aplicações do fundo serão destinados a essa linha (cerca de R$ 4 bilhões em 2018). Os operadores serão Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Uma das mudanças no projeto de lei de conversão da MP, de autoria do senador Lasier Martins (PSD-RS), determina que a Santa Casa interessada deverá ofertar um mínimo de 60% de seus serviços ao SUS, como é atualmente exigido para ser considerada filantrópica. Terá ainda de comprovar, anualmente, a prestação desses serviços com base no número de internações e atendimentos ambulatoriais realizados.

(Agência Câmara Notícias)

Evaristo Nogueira – Oeste x Fortaleza

Neste sábado, o Fortaleza pega pela frente, na Arena Barueri, em São Paulo, o indigesto Oeste. É assim como o narrador esportivo e comentarista Evaristo Nogueira, exclusivo do programa Trem Bala, do Alan Neto, na TV Ceará e na AM 1010, define esse clube.

O Fortaleza está a duas vitórias para garantir vaga na Série A , do Brasileirão 2019.

Ministro do TSE manda retirar do ar informações falsas sobre Haddad

472 5

Em duas decisões, o ministro Carlos Horbach, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou que seja retirada da internet postagens com conteúdos falsos sobre o candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad.

Em uma das representações, a coligação O Povo Feliz de Novo, de Haddad, solicitou a retirada de 222 conteúdos do ar, espalhados por redes sociais como Twitter e Facebook, alegando que tais publicações seriam inverídicas, difamatórias e injuriantes.

Horbach concedeu a retirada de apenas uma postagem, que para o ministro é manifestamente falsa e potencialmente lesiva à honra de Haddad. Na publicação, o candidato do PT é associado a uma suposta estratégia de disseminação de notícias inverídicas sobre o adversário Jair Bolsonaro (PSL).

Em relação às demais postagens, Horbach considerou que estariam aptas a continuar no ar por serem uma expressão da opinião do eleitor, reproduções de matérias jornalísticas ou críticas à urna eletrônica.

“Tais conteúdos, por óbvio, não se enquadram entre aqueles cuja remoção é autorizada pela legislação eleitoral, o que faria com que a eventual concessão da liminar pleiteada consubstanciasse inconstitucional ato de censura”, escreveu o ministro.

Em outra decisão anterior, ele determinou a retirada do ar de conteúdo disseminado nas redes sociais pelo vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ), filho de Jair Bolsonaro. Nas postagens, feitas no Facebook e no Twitter, o vereador diz que logo depois de uma visita ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba, Haddad disse ter convidado Lula a subir a rampa do Palácio do Planalto junto com ele para a cerimônia de posse, caso vencesse a eleição. A publicação, no entanto, veicula um vídeo antigo, como se fosse recente, de Haddad fazendo a declaração.

“Ainda que o vídeo seja verdadeiro e contenha declarações reais de Fernando Haddad, sua utilização é descontextualizada, de modo a transmitir ao eleitor informação equivocada, induzindo-o a percepções potencialmente lesivas aos representantes”, escreveu o ministro Carlos Horbach, do TSE.

(Agência Brasil)

Projeto São José recebe visita técnica do Banco Mundial

Deputado estadual reeleito, Moisés Braz, De Assis e Camilo Santana.

Equipes do Banco Mundial farão visita técnica com o secretário De Assis Diniz, do Desenvolvimento Agrário, a partir da segunda-feira, em oito municípios do interior cearense: Salitre e Araripe (15/10), Mauriti e Penaforte (16/10), Barbalha, Juazeiro e Crato (17/10) e Banabuiú (18/10). O objetivo é conferir de perto os resultados obtidos pelo Projeto São Jos´´e, bancado por essa instituição internacional.

Na sexta-feira (19), o Banco Mundial fará uma Consulta Pública com beneficiários do Projeto São José IV, em Fortaleza.

O objetivo da missão é também apresentar experiências de destaque da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) e preparar o terreno para realização da quarta etapa do Projeto São José. Na semana seguinte, entre 22 e 29 de outubro, o Governo do Ceará vai fazer um workshop, também em Fortaleza, para preparação dos documentos do Projeto São José IV.

(Foto – Divulgação)

Atriz Regina Duarte vota em Jair Bolsonaro

A atriz Regina Duarte visitou o presidenciável Jair Bolsonaro ( PSL) no Rio de Janeiro, mostrou uma foto publicada pelo candidato em seu perfil no Twitter no início da tarde desta sexta-feira, 12.

Ela já vinha demonstrando apoio ao capitão reformado do Exército nas redes sociais, mas esta é a primeira vez que os dois aparecem publicamente juntos.

Em postagens recentes, Regina Duarte vem criticando o Partido dos Trabalhadores (PT) e seu candidato à Presidência, Fernando Haddad.

(Com Agência Estado/Foto – Instagram)

Morre vice-presidente do Clube Náutico Atlético Cearense

518 1

Urubatan Romero, um dos amigos de José Milton Pimentel

Vítima de infarto, morreu nesta sexta-feira, o vice-presidente administrativo-financeiro do Clube Náutico Atlético Cearense, José Milton Pimentel Filho (70). Deixa viúva e três filhos.

O velório acontece a partir das 19 horas, na Ethernus, no bairro Dionísio Torres. O enterro ainda não foi divulgado.

Através do seu presidente, Jardson Cruz, o Náutico decretou três dias de luto.

(Foto – Tapis Rouge)

Que tal conferir uma exposição de quadros e esculturas feitos à base de material reciclado?

Uma exposição com quadros e esculturas todos feitos com material reciclado entrou em cartaz no Espaço Cultural do North Shopping (3º piso), no bairro São Gerardo

O nome é “Recriação” e os trabalhos foram feitos por 15 alunos do projeto “Arte Sustentável”, da Escola Estadual Dom Hélder Câmara, sob a coordenação dos professores André Cardoso e Ana Carla.

A exposição vai até 31 deste mês de outubro e, segundo o professor André, é uma experiência iniciada neste ano, gerando a chamada arte de baixo custo. Nela, por exemplo, há um ganso feito a partir do reaproveitamento das provas dos alunos.

(Fotos – Divulgação)

Hackers roubaram dados de 29 milhões de usuários do Facebook

O Facebook informou hoje (12) que 29 milhões de usuários da rede social foram afetados por uma invasão de hackers identificada no último dia 25 de setembro, que resultou no acesso a dados e informações desses perfis. A vulnerabilidade explorada pelos invasores já está corrigida. Não há informação sobre a nacionalidade das pessoas afetadas.

De acordo com a empresa, do total de pessoas atingidas pela invasão, 15 milhões tiveram nome e detalhes de contato revelados, incluindo número de telefone, e-mail ou ambos, dependendo das informações disponíveis em cada conta.

No caso de outras 14 milhões de pessoas, os invasores acessaram os mesmos dois conjuntos de dados de contato, bem como outros detalhes em seus perfis, nome de usuário, gênero, local/idioma, status de relacionamento, religião, cidade natal, cidade atual reportada, data de nascimento, tipos de aparelhos usados para acessar o Facebook, educação, trabalho, 10 últimos check-ins ou locais em que a pessoa foi marcada, website, pessoas ou páginas que a pessoa segue e as 15 pesquisas mais recentes.

Para acessar os dados, os hackers exploraram uma vulnerabilidade de código do Facebook que existiu entre julho de 2017 e setembro de 2018. A vulnerabilidade foi resultado de uma complexa interação de três diferentes falhas de software e impactou a funcionalidade “Ver Como“, que permite às pessoas verem como seus perfis aparecem para outras pessoas. Isso permitiu que os invasores roubassem tokens de acesso ao Facebook, que foram usados para que eles pudessem ter acesso às contas das pessoas. Tokens de acesso são como chaves digitais que mantêm as pessoas logadas no Facebook para que não precisem digitar novamente sua senha toda vez que acessam o aplicativo.

Ao todo, segundo a rede social, cerca de 30 milhões de pessoas tiveram os tokens roubados, mas um milhão delas não tiveram os dados roubados pelos hackers, por isso a invasão de dados propriamente atingiu 29 milhões de usuários.

“As pessoas podem checar se foram afetadas visitando nossa Central de Ajuda. Nos próximos dias, enviaremos mensagens customizadas a cada uma das 30 milhões de pessoas afetadas para explicar quais informações os invasores podem ter acessado, bem como medidas que elas podem tomar para ajudar a se proteger, incluindo de emails maliciosos, mensagens de texto ou chamadas telefônicas”, informou Guy Rosen, vice-presidente de Gerenciamento de Produto do Facebook, por meio de nota.

Ainda de acordo com a empresa, o ataque não atingiu outros produtos administrados pelo grupo, como Messenger, Messenger Kids, Instagram, Oculos, Workplace, Páginas, pagamentos, aplicativos de terceiros ou contas de desenvolvedores ou anunciantes. “Enquanto investigamos outras formas pelas quais as pessoas que estão por trás deste ataque usaram o Facebook, bem como a possibilidade de ataques em menor escala, continuaremos a cooperar com o FBI [a Polícia Federal dos EUA], a Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos, a Comissão de Proteção de Dados da Irlanda e outras autoridades”, acrescentou Rosen.

(Agência Brasil)

Eudoro Santana, ex-preso político e pai do governador do Ceará, lança alerta contra Jair Bolsonaro

438 2

Eudor Santana, ex-parlamentar, ex-diretor-geral do Dnocs e ex-preso político, gravou vídeo em suas redes sociais pedindo votos para o candidato a presidente da República pelo PT, Fernando Haddad. Ele faz questão de deixar claro que não é petista, nem tem mais filiação partidária.

Pai do governador Camilo Santana (PT), Eudoro diz que Jair Bolsonaro, postulante a presidente pelo PSL, é um homem perigoso e que significa uma ameaça à democracia.

Fortaleza terá ato em defesa do jumento

A União Internacional Protetora dos Animais (Uipa), regional do Ceará, vai se engajar a um ato nacional contra o abate de jumentos, o que vem ocorrendo no Nordeste, segundo Geusa Leitão, da entidade.

Será neste domingo, a partir das 15 horas, na Praça dos Estressados (Beira Mar).

Geusa Leitão não adiantou números dessa matança, mas disse ser preciso chamar a atenção da população para esse caso grave.

(Foto – Arquivo)

O Coronelismo espiritual

Com o título “Coronelismo espiritual”, eis artigo do padre Ermano Allegri, coordenador do Movimento Fé e Política. Ele analisa o cenário da disputa presidencial do momento. Confira:

Falo dos votos de cabresto de católicos, protestantes, evangélicos e espiritualistas que votam cega e ingenuamente em candidatos e partidos de direita sob a orientação de pastores, bispos, padres, conselheiros espirituais que não acordam diante da tragédia que estamos vivendo. Há cristãos que usam a Bíblia para assaltar a população e pregam um deus pagão a serviço de interesses de “devotos” e de projetos de dominação social. A serviço deles, foi criada a teologia da prosperidade que legitima as práticas do liberalismo: é a base da “indústria da fé”.

Na votação do impeachment contra Dilma Rousseff, cerca de 100 deputados derrubaram a presidente eleita – “em nome de Deus”. Nunca vi o nome de Deus tão blasfemado. Esses mesmos políticos cortaram Bolsas Família, direitos trabalhistas, milhões de empregos, verba da saúde e da educação. Milhões de famílias estão na miséria e eles continuam pedindo votos em nome de Deus.

A responsabilidade está nas igrejas: pregam uma fé individualista, fora das tragédias da humanidade. E o compromisso com a Paz, a Justiça, o Reino de Deus? Foi a primeira e grande preocupação de Jesus Cristo. O desespero da população, o moralismo, a obtusidade das elites, prepararam o terreno para um “salvador” armado de um populismo barato com seu lema “Deus acima de todos”. Ele promete varrer os males com mão forte.

O caminho da violência incentivado pela mídia pega fácil nas almas sofridas. Mulheres “pecadoras”‘, samaritanos e pagãos, leprosos e doentes do tempo de Jesus são, hoje, índios, pobres, gays, negros. Do desprezo ao ódio o passo é curto. Para chegar à paz social, esse “salvador” defende a tortura, a pena de morte e as armas nas mãos da população. Todo dia, assistimos à escalada da violência deste grupo contra adversários políticos e setores excluídos. Isso deve abrir os olhos dos cristãos-voto-de-cabresto. Ou vão votar ainda nos lobos disfarçados de ovelhas?

Com seus limites, a candidatura concorrente pode ser o espaço para derrubar o projeto fascista e unir todos que querem democracia e esperança. Amplos setores das igrejas defendem esse projeto. Hoje, não há outra escolha: democracia ou barbárie. Diz São Paulo: “Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão” (Gálatas 5,1).

*Padre Ermanno Allegri

ermanno2009@gmail.com

Coajudor na paróquia de São João Paulo II, articulador do Movimento Fé e Política.

Brasil vence amistoso sem apresentar “futebol das Arábias”

Com gols nos minutos finais em cada tempo de partida, o Brasil derrotou a Arábia Saudita, na tarde desta sexta-feira (12), no estádio King Saud, em Riade, por 2 a 0, gols de Gabriel Jesus e Alex Sandro, em amistoso preparatório para a Copa América do próximo ano.

Apesar da vitória, o Brasil não apresentou um futebol que empolgasse, mas serviu para o treinador Tite avaliar o desempenho dos atletas Fabinho, Alex Sandro, Marquinhos, Pablo, Richarlison, Arthur e Lucas Moura.

Discreta também foi a atuação de Neymar, que apenas apareceu na partida no passe para o gol de Gabriel Jesus. Mais uma vez, o atacante simulou pênalti, mas árbitro holandês Danny Makkelie anulou a marcação, após uso do árbitro de vídeo.

O Brasil volta a campo na terça-feira, às 15 horas, diante da Argentina.

(Foto: Reprodução)

TSE disponibiliza página para esclarecer eleitores sobre notícias falsas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou uma página na internet para ajudar a esclarecer o eleitorado brasileiro sobre as notícias falsas – ou fake news, no termo em inglês – que vêm sendo disseminadas pelas redes sociais. Para a Justiça Eleitoral, a divulgação de informações corretas, apuradas com rigor e seriedade, é a melhor maneira de enfrentar e combater a desinformação. Na página Esclarecimentos sobre informações falsas, qualquer pessoa poderá ter acesso a informações que esclarecem boatos ou notícias que buscam confundir os eleitores.

“Diante das inúmeras afirmações que tentam macular a higidez do processo eleitoral nacional, nessa página o TSE apresenta links para esclarecimentos oriundos de agências de checagem de conteúdo, alertando para os riscos da desinformação e clamando pelo compartilhamento consciente e responsável de mensagens nas redes sociais”, acrescentou o TSE.

Além de campanhas para alertar os cidadãos, a Justiça Eleitoral informou que tem encaminhado os relatos de irregularidades que chegam ao seu conhecimento para investigação do Ministério Público Eleitoral e da Polícia Federal. O objetivo é apurar eventuais crimes e responsabilizar quem difunde conteúdo inverídico.

De acordo com o TSE, até o momento, nenhuma ocorrência de violação à segurança do processo de votação ou de apuração, realizado durante as eleições de 2018, foi confirmada ou comprovada. “A Justiça Eleitoral desempenha relevante papel na consolidação da democracia em nosso país e trabalha incansavelmente para oferecer à sociedade um processo de votação seguro, transparente e ágil, garantindo efetividade à manifestação popular exercida por meio do voto”.

(Agência Brasil)

Futura bancada cearense na Câmara contará com 13 novatos

Eis Júnior Mano, eleito deputado federal pelo Patriota, com 67.917 votos.

Eleito pelo então PMDB vice-prefeito de Nova Russas, hoje é brigado com o prefeito Rafael Pedrosa. Desse rompimento, levou para seu grupo seis vereadores, três suplentes, três ex-secretários municipais e um grande número de simpatizantes.

Chega como o décimo-terceiro nome novo na futura bancada cearense na Câmara.

McDonalds tem multa de R$ 6 milhões por publicidade infantil abusiva

514 3

A rede de fast-food McDonald’s foi multada em R$ 6 milhões por publicidade abusiva direcionada ao público infantil por meio de shows do personagem da marca realizados em escolas. A decisão foi publicada ontem (11) pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), órgão do Ministério da Justiça. De acordo com o DPDC, os shows do palhaço Ronald McDonald eram pretexto para publicidade da marca, configurando prática abusiva vedada no mercado e nas relações de consumo.

“Com as apresentações do palhaço Ronald McDonald, as crianças criavam vínculos afetivos com a marca. Existia, assim, a identificação da criança com a marca McDonald, representada pela sua mascote infantil, o Ronald McDonald.

A denúncia contra a empresa Arcos Dourados Comércio de Alimentos Ltda., nome pelo qual está registrada a rede de fast-food no Brasil, foi feita em 2013 pelo programa Criança e Consumo do Instituto Alana, ONG que promove os direitos da criança. Por meio de um levantamento no site da empresa, o Instituto constatou que em cerca de dois meses foram realizados 70 apresentações do show em 35 cidades de dez estados do país.

Ekaterine Karageorgiadis, coordenadora do programa Criança e Consumo, do Instituto Alana, considera que a decisão é importante para o reconhecimento da publicidade infantil como prática abusiva e a sanção aplicada serve de exemplo para que outras empresas não reproduzam essa prática.

“A escola é um ambiente de proteção para a criança e qualquer tipo de prática publicitária que aconteça nesse espaço é direcionado ao público infantil deve ser considerada abusiva e ilegal ainda que as empresas façam com que pareça algum tipo de atividade cultural, lúdica, educativa ou esportiva”, ressalta Karageorgiadis.

Ela aponta que a inserção de marcas dentro das escolas diminui o senso crítico das crianças em relação ao consumo dos produtos por elas oferecidos e por isso é considerado uma prática abusiva. “No caso específico do McDonald’s, algumas ações aconteceram em creches. Essa prática busca fidelizar a criança à marca e seus valores muito cedo com o reforço dos educadores e profissionais que trabalham na escola. A criança acredita que aquela imagem que a empresa está passando é um conteúdo lecionado na escola e portanto deve ser aprendido e é correto”, afirma.

O McDonalds tem 30 dias para o pagamento da multa. Ainda cabe recurso das decisões. A empresa não se manifestou sobre o assunto.

(Agência Brasil)

O Fenômeno Bolsonaro

282 2

Com o título “O fenômeno Bolsonaro”, eis artigo de Antonio Jorge Pereira Júnior, doutor e mestre em Direito – USP, professor do Programa de Mestrado e Doutorado em Direito da Unifor. Ele culpa a esquerda pela ascensão bolsonarista. Confira:

De onde viria o sucesso eleitoral do candidato de um partido nanico, odiado pela grande mídia, atacado por diversos artistas, sem tempo de TV, politicamente incorreto e defensor de ideias consideradas pré-históricas pelo establishment progressista? O que nele teria atraído multidão em todos os estratos sociais, incluindo a maioria dos mais instruídos? Foi esfaqueado, e obteve mais eleitores. Repudiado em manifestações num dia, e dois dias depois aumenta a adesão a ele. Como entender o “fenômeno Bolsonaro”?

Uma possível explicação, estimado leitor, é que ele representa um certo Brasil amordaçado, e hoje conectado em rede social, que reage a um intelectualismo excludente, posicionado em lugares-tenente da sociedade nos últimos 20 anos.

Um Brasil que responde assim aos que não traduziram a vontade popular no exercício de sua atuação política, senão que se apropriaram de cargos e recursos públicos para implementar ideologia descolada dela, com ânimo de instalação definitiva no Poder. Lideranças de uma esquerda que se autoproclama tolerante e democrática, mas não admite quem pense diferente e, por isso, rotula com os piores qualificativos quem não se submete à mesma agenda ideológica.

Ora, eleição é escolha entre possibilidades concretas e projetos limitados. Nenhuma candidatura é perfeita. Nesse espectro, o primeiro turno evidencia uma maioria que se identifica com a candidatura Bolsonaro. Não são 49 milhões de pessoas racistas, homofóbicas, misóginas e fascistas, termos usados na contrapropaganda com a intenção de intimidar e depreciar.

Os eleitores do capitão, para além da caricatura, identificam nele um patriotismo genuíno, sem a instrumentalização do País para fins ideológicos que ultrapassam as fronteiras. Não reconhecem no seu grupo o afã de tomar e de se perpetuar no poder, meta declarada por um dos ícones do PT.

Valorizam o compromisso de defender a vida (90% da população é contra a liberação do aborto segundo Ibope/2017) e de lutar contra a liberação das drogas, antípodas da outra candidatura.

Também preferem o respeito à liberdade de expressão e de imprensa, sem controle de mídia, que é proposta do outro candidato. Vislumbram a continuidade da Lava Jato, enquanto o outro lado propõe redução e retaliação.

Há também os que apoiam pela perspectiva de reforma tributária e econômica, tendente a reduzir o Estado e a burocracia, e favorecer empreendedores, geradores de emprego e menos dependentes do Governo.

Há quem divise mais segurança pública na vitória do PSL, tendo Bolsonaro assumido o lado das vítimas da violência, antes de tratá-las como a causa da mesma, inversão lógica muitas vezes feita pela ideologia de extrema-esquerda.

Se tais promessas vão vingar, ou não, sendo eleito Bolsonaro, querido leitor, precisa ter bola de cristal para saber. De todo modo, elas levaram 46% dos que votaram e preferi-lo. Acho importante fazer essa reflexão, porque não me parece correto subestimar a inteligência e boa fé desse contingente. Viver a democracia é respeitar o outro, apesar de suas escolhas, e buscar compreendê-las com boa-fé.

Vale lembrar que estamos do mesmo lado da trincheira. A guerra é nossa e não entre nós.

*Antonio Jorge Pereira Júnior

antoniojorge2000@gmail.com

Doutor e mestre em Direito – USP, professor do Programa de Mestrado e Doutorado em Direito da Unifor.

Tribunal de Justiça do Ceará conta agora com Núcleo de Inteligência e Segurança

Aprovado pelo Pleno do Tribunal de Justiça do Ceará a criação do Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional (NISI). O objetivo é garantir as condições necessárias ao exercício das atividades do Judiciário estadual, prevenindo possíveis riscos e ameaças. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE. De acordo com a resolução que instituiu o NISI, o setor será coordenado administrativamente pela Comissão de Segurança do Poder Judiciário. Já a parte operacional será de responsabilidade da Assistência Militar do TJCE. Entre as atribuições estão implementar ações de proteção dos magistrados e servidores, do patrimônio e da tecnologia da informação da Justiça estadual.

Os trabalhos serão orientados por princípios como preservação da vida e garantia dos direitos humanos; autonomia e independência do Judiciário; e efetividade da prestação jurisdicional. Para fins de atuação do NISI, serão considerados em situação de risco ou ameaça os magistrados e servidores que venham a ser hostilizados e ameaçados no exercício ou em razão da função; atividades com a finalidade de violar, direta ou indiretamente, os sistemas de tecnologia da informação e de comunicação; e quaisquer ações que atentem contra a integridade dos bens e das instalações da Justiça, ainda que não pertençam ao patrimônio próprio.

O Núcleo fará, por exemplo, análise prévia da segurança dos prédios e nos locais em que serão instaladas novas unidades judiciárias e levantamento prévio de informações sobre eventos com a presença dos gestores do TJCE (presidente, vice e corregedor). Poderá ainda o Tribunal assinar convênios com Forças Armadas, Polícias Federal, Rodoviária Federal, Civil e Militar, além de outros órgãos que atuam na área.

(Foto – TJCE)

Aliança Francesa de Fortaleza sob nova direção

A Aliança Francesa de Fortaleza tem novo diretor. Assumiu Marc Ellul, francês que ocupa a vaga aberta com a saída de Magali Claux, agora atuando na Itália.

“Após uma excelente coordenação da Sra. Claux, tenho a importante missão de reger as duas sedes da Aliança Francesa em Fortaleza, e com uma meta de aumentar em 20% as matrículas. Para isso, quero abrir novos cursos, como culinária francesa, cursos básicos de viagem, conversação e negócios”, afirmou, ao tomar posse, o novo diretor.

Há mais de 70 anos promovendo a língua e a cultura francesa no Estado, a Aliança Francesa de Fortaleza é uma associação sem fins lucrativos, de utilidade pública, sendo o único curso de língua francesa reconhecido pelo governo francês.

(Foto – Divulgação)