Blog do Eliomar

Últimos posts

PV QUER RECUPERAR NA JUSTIÇA NOVE CADEIRAS NA CÂMARA MUNICIPAL DE MARANGUAPE

O presidente regional do Pzrtido Verde, Marcelo Silva, vai entrar na Justiça reivindicando o mandato de nove vereadores de Maranguape (Região Metropolitana de Fortaleza) que trocaram a legenda pelo PCdoB, seguindo assim o prefeito Eduardo Gurgel. Ele disse que a decisão do TSE assegurando que o mandato pertence ao partido e não ao candidato lhe garante esse direito. Na Câmara Municipal de Maranguape, atuam 10 vereadores. Nove, portanto, estão na mira.

O advogado Djalma Pinto, especialista em Direito Eleitoral, consultado pelo Blog sobre o caso, observou: nesse tipo de situação, devem ser observados aspectos como o período da desfiliação e, sobretudo, o motivo que levou o político a migrar para outra legenda. “Caberá à Justiça Eleitoral fazer análise dos casos para ver se há configuração ou não de infidelidade partidária”, disse.

RENAN CALHEIROS DEVE RENUNCIAR DO CARGO PARA NÃO SER CASSADO

“O presidente licenciado do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), tomou ontem a decisão política de renunciar ao cargo. Acuado por quatro processos por suposta quebra de decoro, Calheiros disse a aliados que, ao abrir mão da presidência, terá mais chances de preservar o mandato e, conseqüentemente, os direitos políticos. Até o início da noite de ontem, o senador não havia escolhido a data para o anúncio. Mas, ao lado de sua mulher, Verônica, deu início às formalidades necessárias para deixar a residência oficial da presidência do Senado, onde morava desde que foi eleito, como, por exemplo, a vistoria dos bens da casa. A troca de moradores só é autorizada a partir da inspeção. A idéia de Calheiros é seguir, ainda esta semana, para o apartamento funcional da família, localizado na Asa Sul.

Em conversas com interlocutores nos últimos dias, Calheiros considerou que sua situação política deteriorou-se consideravelmente de quinta-feira para cá. Um dos sinais do enfraquecimento, avaliou, foi a abertura das negociações para a sua sucessão e a possibilidade de instauração do quinto processo contra ele, confirmada ontem, sem que ninguém, nem mesmo os governistas, se insurgissem contra.”

(Portal Terra)

PTB DO CEARÁ ANUNCIA: NÃO VAI BRIGAR NA JUSTIÇA PARA RECUPERAR MANDATOS

O presidente regional do PTB, deputado federal José Arnon, anunciou, nesta tertça-feira, que seu partido não vai entrar na Justiça para recuperar o mandato de quem deixou a legenda por outra. Segundo disse, porque quer respeitar a vontadc do eleitor. “No Brasil, o eleitor vota nas pessoas e não nos partidos. Nós do PTB não vamos fazer caça às bruxas”, reforçou o parlamentar.
Para José Arnon, é preciso que o TSE resolva a questão da fidelidade partidária com regras claras e valendo para o futuro. José Arnon reconhece que o quadro é de confusão, mas lembra que há partidos que não podem cobrar fidelidade de seus correligionários “porque também agem com infidelidade programática”. Não deu exemplos de paridos que estariam nessa situação.

TSE DECIDE NESTA TERÇA-FEIRA SOBRE DESTINO DOS “INFIÉIS” MAJORITÁRIOS

“O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve decidir hoje se a punição por infidelidade partidária definida para deputados e vereadores valerá também para senadores, prefeitos, governadores e presidente da República. Mas essa decisão deve manter abertas brechas que podem livrar parlamentares que mudaram de partido e que, mesmo depois do alerta dado pela decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), continuam trocando de legendas. No início do mês, o Supremo garantiu aos partidos o direito de reaver os mandatos de deputados infiéis, mas deixou os partidos e os próprios ministros do STF com muitas dúvidas, que precisam ser sanadas pelo TSE. Naquele julgamento, quando o STF definiu que o mandato parlamentar pertence ao partido pelo qual o deputado se elegeu, os ministros determinaram apenas que os infiéis que deixaram suas legendas até o dia 27 de março não poderiam ser punidos. E disseram que caberia ao partido pedir os mandatos de volta no TSE.”

POR AQUI – A senadora Patrícia Saboya, que trocou o PSB pelo PDT para tentar sair candidata à prefeitura de Fortaleza, diz esperar que o TSE não prejudique quem mudou de legenda recentemente. Para ela, o mais sensato é a adoção da fidelidade para as próximas eleições.

(Agência Estado)

SECRETÁRIO ANUNCIA CONSTRUÇÃO DE MAIS 400 QUILÔMETROS DE NOVAS ESTRADAS NO CEARÁ

O governo estadual vai construir mais 400 quilômetros de novas estradas e recuper mil quilômetros de vias até 2010. Anunciou, nesta terça-feira, o secretário de Infra-Estrutura do Ceará, Adail Fontenele, acrescentando que essas metas integram o Programa Ceará III, estratégia apoiada por recursos da ordem de R$ 400 milhões, sendo R$ 308 milhões oriundos de empréstimo do Banco Interamericano de Desenvolvimento e R$ 92 milhões de contrapartida do Estado.

“Em janeiro, uma missa definitiva do BID estará em Fortaleza para fechar o empréstimo com o governador Cid Gomes”, adiantou Fontenele. Ele disse que atualmente o nível de conservação e manutenção das estradas cearenses é um dos melhores do País. No pacote do Ceará III, entre as obras entrará, por exemplo, a duplicação da Avenida Maestro Lisboa. Essa via dá acesso ao Complexo Turístico Beach Park, Cofeco e Prainha. “Ali, o tráfego é difícil, anda estrangulado e é preciso fazer essa obra até para reforçarmos o turismo na área”, disse.

Adail deu essas informações antes de seguir para Brasília, onde acerta com o Ministério das Minas e Energia a finalização do Programa Luz para Todos, que prevê a universalização da energia elétrica. “Nós queremos apoio para finalizar essa ação. Só faltam agora 51 mil ligações de energia do total de 100 mil que foram definidas para o Ceará. Queremos finalizar isso em 2008”, observou o secretário.

PARLAMENTAR CEARENSE QUER BANCADA PRESSIONANDO DILMA POR TRANSPOSIÇÃO

O deputado federal Chico Lopes (PCdoB) informou, nesta terça-feira, que vai sugerir à bancada federal cearense para que busque uma audiência com a chefe da Casa Civil, ministra Dilma Roussef, para saber como vai se desenvolver, a partir de agora, o projeto de transposição das águas do rio São Francisco. Ele considerou positivo que o Supremo Tribunal Federal tenha dado um basta à “enxurrada de liminares” que barrava o empreendimento, mas observou: “Nós queremos saber o que vai acontecer, porque o prejuízo pra gente é absurdo. Veja a estiagem que a imprensa está divulgando. Se a gente tivesse esse estoque de água, a coisa seria bem diferente”, disse.

O parlamentar insistiu no contato com a ministra para que o ritmo das obras da transposição seja mais acelerado, já que se perdeu muito tempo com liminares e a lentidaõ do Judiciário em resolver a matéria. “O prejuízo que já estamos tendo no Nordeste grande. É por isso que as obras no Brasil saem caras: a gente planeja pra quatro anos e três anos passa só na Justiça”, desabafou Chico Lopes, prometendo se articular em favor de audiência com Dilma Roussef ainda para os próximos dias.

INÁCIO DIZ QUE NÃO APROVAR A PRORROGAÇÃO DA CPMF SERIA “ATO CRIMINOSO”

O senador Inácio Arruda (PCdoB) avaliou, nesta terça-feira, como “bastante difícil” a situação do governo federal em termos de aprovação da prorrogação da CPMF no Senado. Segundo disse, porque há um racha entre oposição e situação. “Ali, praticamente é meio a meio. Nós precisamos de três quintos (49 senadores) para aprovar. O trabalho de convencimento é grande e não dispensaremos chamar os governadores para que eles atuem junto as suas bancadas”, avisou o parlamentar.

Inácio reconheceu que, dentro desse quadro, há senadores que são de fato contra, mas outros que tentam buscar vantagens para seus Estados. Para ele, no entanto, não dá para se imaginar que a CPMF não seja prorrogada “pois aí seria um ato criminoso você retirar R$ 42 bilhões do Orçamento e não dizer como resolver esse problema par 2008. Seria inaceitável”. Inácio lembrou que entre senadores há quem já foi governador e sabe da importância da CPMF.

“Uma boa parte foi governador do tempo do Fernando Henrique e sabe muito bem da importância da CPMF para a Saúde e para a seguridade social”, acentuou o senador comunista. Entre senadores que já foram governador está o presidente nacional do PSDB, Tasso Jereissati, uma das vozes que questiona a aprovação do imposto sem redução gradual de alíquota.

PRÉ-CANDIDATO DO PP DE FORTALEZA JÁ ESTÁ MONTANDO EQUIPE DE CAMPANHA

“O pré-candidato a prefeito de Fortaleza pelo PP, empresário Alexandre Pereira, anunciou ontem que já definiu o coordenador-geral de sua futura campanha. Trata-se do ex-secretário do Desenvolvimento Econômico do Ceará, Régis Dias (Governo Lúcio Alcântara), que ganhará um companheiro de trabalho: o ex-presidente da Fiec, Jorge Parente. Para mostrar que não está brincando ao afirmar que quer ser prefeito, ele anuncia que dia 30, em local a ser definido, lançará um projeto de gestão para a Capital. Será, como frisa, o “ponto de partida de projeto a ser colocado para debate com a sociedade, pois queremos uma proposta de gestão aberta e representativa”. Pois é, hábil no lidar com massas, pois preside a Associação Brasileira da Indústria da Panificação, Pereira terá que provar ser bom também com massas eleitorais. “

Da Coluna Vertical leia mais aqui

APROVAÇÃO DA CPMF – GOVERNO PERDERIA HOJE NO SENADO

“O Palácio do Planalto precisará trabalhar duro no Senado se quiser aprovar a prorrogação da CPMF até 2011 e garantir cerca de R$ 40 bilhões de arrecadação no próximo ano. Em enquete feita pela Folha, 44 senadores disseram votar contra o chamado imposto do cheque da forma como foi aprovado recentemente na Câmara. Foram ouvidos 74 dos 81 senadores. Dos 44 que se posicionaram contra a CPMF, 24 afirmaram que podem mudar de posição caso o governo aceite algumas alterações, como a redução da alíquota (gradativa ou não), aumento da arrecadação para a saúde ou educação e maior repasse a Estados e municípios. Só 25 votam a favor da PEC (proposta de emenda constitucional) do jeito que chegou ao Senado, sendo nove do PT e dez do PMDB.

Por ser emenda constitucional, são necessários ao menos 49 votos -em cada um dos dois turnos- para aprovação. Entre os senadores dispostos a negociar, cinco são do PSDB e dois do DEM. Na base, o governo não deve contar com o apoio incondicional dos petistas Flávio Arns (PR) e Paulo Paim (RS). Há resistências ainda no PMDB, PDT, PR e PTB.
A aprovação na Câmara teve um preço alto para o governo. O Executivo liberou cerca de R$ 1 bilhão em emendas de parlamentares de 1º de agosto a 5 de outubro e também houve distribuição de cargos.”

Assinante da Folha leia mais

JAMES HUNTER, AUTOR DE “O MONGE E O EXECUTIVO”, DÁ PALESTRA EM FORTALEZA

O americano James Hunter, autor do livro “O Monge e o execurivo” e fenômeno da literatura de negócios atual com mais de 1,6 milhão de cópias vendidas no Brasil e traduzido para doze idiomas, fará palestra nesta terça-feira, às 19 horas, no Hotekl Gran Marquise. Hunter é ainda autor de “Como se tornar um líder servidor?”, que vendeu até o momento 300 mil cópias no Brasil, e já prepara um terceiro livro. Em sua palestra, ele vai expor estratégias para formação de equipes e construção de comunidades. (Foto – Divulgação).

SUCESSÃO 2010 – PESQUISA APONTA CIRO EMPATADO TECNICAMENTE COM SERRA E AÉCIO

“E a pesquisa CNT/Sensus divulgada ontem mostra empate técnico na intenção de voto entre os potenciais candidatos tucanos à Presidência da República com o deputado federal Ciro Gomes (PSB). Os pesquisadores apresentaram uma lista com os nomes de 22 possíveis candidatos para as eleições de 2010 em ordem alfabética. Nessa lista, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), aparece com 12,8% de intenções de voto; Alckmin com 11,6% e Aécio, com 9,8%. Como a margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais, para mais ou para menos, os tucanos estão tecnicamente empatados. Eles também estão empatados com Ciro, que recebeu 9,4% das intenções de voto. A presidente do PSol, Heloísa Helena, apareceu com 6,1%. Nessa mesma lista, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso aparece com 4,7% das intenções de voto – empatado com Heloisa. E a ministra do Turismo, Marta Suplicy, está tecnicamente empatada com FHC, com 2,2% das intenções de voto. Também aparecem na lista: Sérgio Cabral, do PMDB (2%), Tarso Genro, do PT (1,6%), Jaques Wagner, do PT (1%), Pedro Simon, do PMDB (0,8%), Cesar Maia, do DEM (0,7%), Dilma Rousseff, do PT (0,7%), Arlindo Chinaglia, do PT (0,3%) e Nelson Jobim, do PMDB (0,2%). “

Leia mais aqui

CID GOMES ESTUDA PUNIR MAU POLICIAL COM SUSPENSÃO DE SALÁRIO

“O governador Cid Gomes (PSB) estuda a possibilidade de suspender parte do salário de policiais que cometam erros durante operações. “Eles (policiais) seriam afastados da rua e parte do salário seria reservado para cobrir despesas de capacitação. Se houver reincidência, a gente estuda formas mais duras de agir”, afirmou o governador na manhã de ontem, durante visita a obras de conjuntos habitacionais populares, no Pirambu. Cid deixou claro que ainda faz consultas para saber se é possível uma mudança do gênero na legislação. A expectativa do governador é que essas alterações sejam propostas nos próximos dias, quando o Governo do Estado pretende anunciar o Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários do Governo do Estado na área da Segurança Pública (Mapp da Segurança). “Não vou fixar data porque muita coisa não depende de mim”, declarou.

Essa seria uma das medidas para tentar realizar uma “limpeza” na instituição, como anunciou o próprio governador na última quarta-feira. A polícia cearense enfrenta uma crise depois de uma série de acontecimentos registrados nas últimas semanas. Entre eles, o caso da Hilux preta que foi desastradamente alvejada após ser confundida com um carro dirigido por assaltantes, no dia 26 de setembro; e o furto de fuzis do quartel do Comando Geral da Polícia Militar, no último dia 10. Além do corte no salário, o governador quer mais eficiência no resultado dos inquéritos. Ele disse ainda que vai procurar o Poder Judiciário na tentativa de encontrar as alterações possíveis na legislação e formas mais eficientes de correção de policiais. Depois, amenizou: “Acho que a gente não pode, em nome de equívocos e da má conduta pessoal de alguns policiais, atingir toda a instituição”.

(Jornal O POVO)

ORÇAMENTO 2008 DO ESTADO É SUPERIOR 17,9% AO DESTE ANO

A proposta orçamentária 2008 do governo do Estado é 17,9% superior ao deste ano. As despesas totais da Lei Orçamentária Anual serão de R$ 11,2 bilhões. As despesas finalísticas, de onde saem os investimentos, aumentam em 27,4%. Os gastos com pessoal terão 9,5% a mais de recursos, motivados pelo crescimento vegetativo da folha e pela expectativa de reposição inflacionária. De acordo com a secretária de Planejamento e Gestão, entretanto, ainda não é possível precisar o aumento salarial dos servidores estaduais.Depois de um ano de contenção de despesas, o governo decidiu destinar cerca de R$ 5 bilhões em investimentos e gastos com capacitação. A área de infra-estrutura é a que terá maior incremento de recursos, passando de R$ 711 milhões para R$ 1,1 bilhão.

PRIORIDADES

– Metrofor – lidera os investimentos, com a destinação de R$ 305,6 milhões. O objetivo é implantar 78% da linha sul e recuperar o trecho da linha oeste.

– Programa de Gerenciamento e Integração dos Recursos Hídricos (Progerirh), com R$ 302,2 milhões

– Complexo do Pecém (R$ 295,3 milhões), que inclue a implantação do seu terminal de múltiplo uso e da correia transportadora.

– Transnordestina, com implantação de um trem de passageiros no Cariri.

– A criação do Centro de Feiras e Eventos

– Ronda do Quarteirão, comR$ 23,5 mi que serão utilizados em modernização e reaparelhamento do policimento (R$ 5,8 milhões), modernização da frota (R$ 16,7 milhões) e manutenção e funcionamento integrado da atividade (R$ 1 milhão).

CANDIDATO A PRESIDENTE DO PT CEARENSE FAZ CONTATOS EM BRASÍLIA

O candidato do Movimento PT a presidência do PT do Ceará, Reudson de Souza, embarcou nesta madrugada de terça-feira para Brasília. Ali, vai se reunir com a coordenação da corrente Movimento PT. O Movimento tratará sobre o Processo de Eleições Diretas (PED) e avaliará as chapas que concorrerão em todos os Estados. No encontro, que se estenderá até a quarta-feira, também será discutido o lançamento da chapa de Jilmar Tatto, postulante que a tendência escolheu para brigar pelo comando nacional petista.

Já stá definido que o lançamento de Tatto ocorrerá no próximo dia 23, em Brasília. No Ceará, o Movimento PT tem como principal liderança o deputado federal José Airton Cirilo.

CEARÁ PAGA O SEGUNDO MENOR SALÁRIO DE PROFESSOR NO PAÍS

E a Folha de S.Paulo publica, em sua edição desta segunda-feira, uma tabela onde mostra a diferença salarial entre professores estaduais por hora-aula. O levantamento foi, feito pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação e confirmado pela reportagem da Folha via telefone. Levou em conta os pisos dos professores que têm licenciatura plena (curso superior). O Ceará é o penúltimo estado em termos de pagamento para a categoria.

Estado (Valor da hora-aula em reais)

Acre (13,16)
Roraima (12,89)
Tocantins (12,62)
Alagoas (10,46)
Mato Grosso (9,04)
Rio de Janeiro (8,78)
Amazonas (8,31)
São Paulo (8,05)
Paraná (7,53)
Rio Grande do Norte (7,23)
Maranhão (7,21)
Goiás (6,77)
Amapá (6,71)
Paraíba (6,65)
Rondônia (6,47)
Espírito Santo (6,44)
Minas Gerais (6.25)
Bahia (6,14)
Distrito Federal (5,77)
Mato Grosso do Sul (5,65)
Rio Grande do Sul (5,39)
Sergipe (5,27)
Pará (5,08)
Santa Catarina (4,93)
Piauí (4,62)
Ceará (4,46)
Pernambuco (3,03)

PROPOSTA DO ORÇAMENTO DE FORTALEZA CHEGA À CÂMARA MUNICIPAL: R$ 2,8 BILHÕES

O secretário do Planejamento de Fortaleza, José Meneleu, entregou na Câmara Municipal, nesta segunda-feira, a proposta do orçamento de 2008 da prefeitura. O documento foi finalizado nas últimas horas e inclui, entre algumas prioridades, verbas para o Transfor (Ex-BidFor), o Hospital da Mulher, o Vila do Mar (antigo Costa Oeste), e outros 21 projetos já anunciados pela prefeita Luizianne Lins (PT) no mês passado. Esses 21 projetos integram o chamado Plano de Metas de Fortaleza (Plamefor 21). O total estimado é de R$ 2,8 bilhões, sendo R$ 2 milhões a mais do que o orçamento deste ano.

Todos esperam agora que em 2008 o município se transforme, como prometeu Luizianne, num canteiro de obras. Sim, porque nos últimos anos, como ela mesmo disse, a prioridade era “cuidar das pessoas”.

PROPOSTA DO ORÇAMENTO 2008 DO CEARÁ CHEGA À ASSEMBLÉIA NESTA SEGUNDA-FEIRA

A Secretária do Planejamento e Gestão do Ceará, Silvana Parente, entregará no fim da tarde desta segunda-feira ao presidente do Poder Legislativo, Domingos Filho (PMDB) , a proposta orçamentária 2008 do Estado. Silvana levará a proposta e, em seguida, dará uma entrevista coletiva para esmiuçar detalhes da matéria.

Em termos de Plano Plurianual do Ceará 2008-2011, por exemplo, a proposta prevê R$ 11,5 bilhões.

PESQUISA CNT/SENSUS DIZ QUE LULA CONTINUA EM ALTA. PARA TRISTEZA DA OPOSIÇÃO

E saiu nesta segunda-feira o resultado de mais uma pesquisa CNT/Sensus sobre o Governo Lula. Foram entrevistadas duas mil pessoas em 136 municípios dos 26 Estados brasileiros e mais o Distrito Federal. Os questionárioos foram aplicados entre os dias 8 e 12 deste mês.
Eis os principais resultados:

Popularidade

* Aprovação de Lula – 61,2% (64% em junho último; 63,7% em abril);
* Desaprovação – 32,5% (29,8% em junho último; 28,2% em abril);
* Não souberam opinar – 6,3% (6,3% em junho último; 8,2% em abril).

Gestão lulista

* Positivo – 46,5% (47,5% em junho último; 49,5% em abril);
* Regular – 35,9% (36,5% em junho último; 34,3% em abril);
* Negativo – 16,5% (14% em junho último; 14,6% em abril).

– A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais. Conclusão: no geral, a popularidade e o jeito Lula de governar vão indo muito bem. Para tristeza da oposição.

EX-GOVERNADOR LÚCIO ALCÂNTARA CRITICA SEGURANÇA PÚBLICA E NÃO POUPA CID GOMES

O ex-governador e presidente da comissão provisórioa do PR do Ceará, Lúcio Alcântara, renovou, nesta segunda-feira, em seu Blog, a carga de críticas que vem disparando contra o governo Cid Gomes (PSB). Mais uma vez o tema Segurança Pública foi o alvo. Confira:

“Ninguém ignora a complexidade do problema da segurança pública e a diversidade de fatores envolvidos na questão. Por isso mesmo, não há solução à curto prazo para o problema.Na ânsia de vencer a eleição, alguns políticos valem-se da angústia da população para prometerem resolver a questão rapidamente. Foi o que ocorreu aqui. O candidato a governador do Ceará, não prometeu apenas a ronda de quarteirão, mas disse que iria solucionar a questão da violência. A situação, ao contrário, agravou-se. E por quê? Vejamos algumas razões objetivas, de responsabilidade do Governo do Estado, que ajudam a compreender o que aconteceu:

– Redução drástica no custeio da polícia. Como conseqüência, tivemos viaturas paradas por falta de manutenção, falta de pneus e peças de reposição, telefones sem funcionar, falta de combustível.

– Redução e até suspensão de gratificações. Quando Governador, instituí, por lei, a gratificação por reforço de serviço operacional, que remunera o policial que o desejar, por horas trabalhadas em período de folga. Com isso, se combate o serviço prestado por policiais à particulares, o conhecido bico, aumentando-se, na prática, o efetivo notoriamente insuficiente. A gratificação foi inicialmente suspensa, depois concedida apenas uma ou duas vezes por mês. Já a gratificação por apreensão por arma de fogo, também iniciativa nossa, foi suspensa.

-Descaso com o concurso. Deixei em andamento avançado dois concursos, para as polícias civil e militar, com objetivo de aumentar os efetivos das duas. A falta de empenho do Governo que chegou, na conclusão dos mesmos, ainda não permitiu a integração dos aprovados.

– Hierarquia e comandos. A interinidade prolongada dos comandos e o provimento de cargos de chefia por critérios políticos, geraram um ambiente de instabilidade nas corporações e desentendimento entre os dirigentes, comprometendo a hierarquia e a disciplina.

– Promessas de grandes melhorias salariais. O reajuste ficou aquém da expectativa criada entre os policiais pelo próprio Governo.

– Desmotivação dos policiais. Em decorrência dos fatos mencionados acima, instalou-se um clima de desânimo que compromete o desempenho profissional.”
CONTRAPONTO – Nelson Martins, líder do governo na Aseembléia, reconhece que o Ronda atrasou, mas disse que foi por questões de liminares. Lamentou que Lúcio Alcântara esteja criticando, quando ele deixou deficit de 16 mil PMs nos quatro anos de sua administração.

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DEBATE CONSEQÜÊNCIAS DO CENSO 2007 NO CEARÁ

A Assembléia Legislativa está debatendo, nesta manhã de segunda-feira, durante audiência pública, os resultados do Censo 2007 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e suas conseqüências para os municípios do Ceará. A iniciativa partiu do presidente da Casa, Domingos Filho (PMDB), que mostra preocupação quanto ao fato de que houve redução de população em 89 municípios. “Queda de população tem como conseqüência redução no Fundo de Participação dos Municípios (FPM) dessas cidades. É uma situação que faz com que a Assembléia tenha a obrigação de promover uma audiência para debater o problema”, ressalta o parlamentar. Pelo menos seius dessas 89 cidades, pelo novo Censo, devem perder verbas do fundo. O debate conta com a presença de técnicos do IBGE, que expõem a metodologia da pesquisa.

DETALHE – Várias lideranças do Interior, que sonham com emancipação de distritos, também conferem a audiência pública. Hora de saber sobre impactos que tal redução de população poderá ter nessa prática de se dividir a pobreza em busca de bônus político.