Blog do Eliomar

Últimos posts

O Brasil que trabalha e produz

Editorial do O POVO deste sábado (25) aponta que setor imobiliário deve acelerar crescimento no próximo ano. Confira:

Pesquisa da Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil (Adit) mostra que 91% dos empresários do setor imobiliário pretendem fazer investimentos no próximo ano. O desenvolvimento do setor é importante alavanca para reduzir o desemprego, pois costuma empregar trabalhadores com menos qualificação, mais atingidos pela retração econômica. Ainda segundo a pesquisa, 30% desses investimentos imobiliários deverão ser feitos na região Nordeste, perdendo apenas para o Sudeste, que deve realizar 40% dos negócios.

Um percentual elevado de empresários, 68%, acredita que o mercado imobiliário já está em curva ascendente, ainda que de forma lenta, com projeção que a retomada se tornará mais rápida em 2018. Para o presidente da Adit, Felipe Cavalcante, o otimismo no setor tem a ver com as recentes quedas na taxa básica de juros, a taxa Selic, e também na redução do desemprego, fazendo com que as pessoas tornem a fazer planos de longo prazo, a exemplo da compra de imóveis.

Se a melhora na economia – vários outros setores, inclusive o industrial, também apresentam recuperação – depende da redução da taxa Selic e do aumento do emprego, as notícias são favoráveis. Atualmente em 7,5%, a taxa básica de juros deve cair para 7%, que ainda será um percentual alto, porém trará repercussão positiva na economia, incentivando o investimento e o consumo.

Quanto à questão dos empregos, dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta semana, mostram que o País abriu 76.599 novas vagas de emprego formal em outubro, o sétimo aumento consecutivo de vagas com carteira assinada, sendo o melhor resultado desde 2013. O aumento foi puxado, principalmente, pelo comércio e pela indústria.

Se do ponto de vista da economia concreta os indicadores vêm melhorando, o mesmo não se pode dizer da política, fator que pode contrariar as previsões otimistas. De qualquer modo – e felizmente -, observa-se que a rede de intrigas e corrupção que devastam o campo político, vem sendo sobrepujada pelo Brasil real, que se descola dessas manifestações mesquinhas, para continuar trabalhando, produzindo e ajudando o País a crescer.

Temer passa bem e deverá retomar atividades na segunda-feira

A equipe médica do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, informou hoje (25), em entrevista, que o presidente Michel Temer passa bem, depois de ser submetido, na noite dessa sexta-feira (24), a uma angioplastia, com a implantação de stents (dispositivo usado para desobstrução) em duas artérias coronárias. As informações foram dadas pelos médicos Roberto Kalil Filho e Miguel Srougi. A cirurgia durou cerca de uma hora e meia.

Miguel Srougi afirmou que a intervenção foi necessária e pode garantir maior qualidade de vida e longevidade.

O presidente está bem, já caminha pelo quarto e deverá ter alta segunda-feira (27) de manhã, quando retomará suas atividades.

(Agência Brasil)

Luciano Huck é aprovado, mas para quê?

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (25), pelo jornalista Érico Firmo:

Aprovação de Luciano Huck chegou a 60%, conforme pesquisa Ipsos divulgada pelo Estado de S.Paulo. Aprovado sim, mas calma lá. A pergunta não fala em intenções de voto. Questiona como as pessoas avaliam a maneira como as personagens em questão vêm “atuando no País”.

Para 999 entre 1.000 brasileiros, Huck é um apresentador de televisão e nada mais. Ele está sendo aprovado nessa função. Eu, por exemplo, aprovo demais a Rossicléa, mas não é por isso que vou achar que ela deve ser presidente da República.

C.Rolim Engenharia ganha prêmio de melhor construtora do ano

Pelo segundo ano seguido, a C.Rolim Engenharia foi apontada pelo Sindicato das Construtoras do Ceará (Sinduscon-CE) como a melhor empresa do ramo nesta ano de 2017. O evento, comandado por André Montenegro, dirigente da entidade, ocorreu na noite dessa sexta-feira (24) e marcou 75 anos de fundação do sindicato.

O vice-presidente da construtora, Pio Rodrigues, disse que o reconhecimento é fruto de muito trabalho, sustentado em cima de três pilares: credibilidade, qualidade e sustentabilidade.

Nos 40 anos da empresa, Pio Rodrigues revelou que a C.Rolim Engenharia está em seu segundo melhor ano em termos de vendas. O empresário acredita na retomada da economia e no fim da crise. “Temos dado bons exemplos de gestão estadual e municipalmente. Vamos construir um novo Brasil. Esse não é o Brasil que merecemos”, avaliou.

(Foto – Paulo MOska)

Comissão para analisar mudanças na lei sobre agências reguladoras deve ser instalada na terça-feira

Está marcada para a terça-feira (28) a instalação da comissão especial que analisará o Projeto de Lei 6621/16, do Senado. A proposta unifica as regras sobre gestão, poder e controle social das agências reguladoras.

Chamado de Lei das Agências Reguladoras, o texto busca garantir a autonomia dessas autarquias, dar mais transparência à atividade e estabelecer medidas para evitar a interferência do setor privado.

O projeto prevê uma divisão de competências entre os ministérios e as agências reguladoras, que terão autonomia funcional, decisória, administrativa e financeira. As decisões serão colegiadas, e os dirigentes terão mandato não coincidente de cinco anos, vedada a recondução. Haverá ainda um ouvidor, com mandato de três anos, sem recondução.

O controle externo das agências reguladoras será exercido pelo Congresso Nacional, com auxílio do Tribunal de Contas da União (TCU). De acordo com o projeto, será exigida a apresentação anual de uma prestação de contas ao Congresso, e a celebração dos chamados contratos de gestão, que devem conter metas, mecanismos, fontes de custeio e resultados das ações regulatórias e fiscalizatórias das autarquias.

Após a instalação da comissão especial, serão eleitos o presidente e os vice-presidentes que conduzirão os trabalhos.

(Agência Câmara Notícias)

Manuela D’Ávila, presidenciável do PCdoB, dará entrevista no Comitê de Imprensa da Assembleia

365 2

O Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa do Ceará receberá na segunda-feira (27), a partir das 14h30min, a deputada estadual Manuela D’Ávila (PCdoB-RS), pré-candidata ao Palácio do Planalto e procuradora especial da Mulher, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul.

Em seguida, a parlamentar gaúcha participará do seminário “16 Dias de Ativismo: Direitos, Lutas e Resistência”, no Auditório Murilo Aguiar, em uma promoção da que tem à frente a deputada estadual Augusta Brito (PCdoB-CE).

O seminário contará com participação de Maria da Penha, Zelma Madeira, Roberta Viegas, Eleonora Menicucci, Daniel Costa Lima, Cristina Buarque, entre outros convidados.

(Foto – Divulgação)

Juíza argentina diz que submarino poderia estar em “missão confidencial”

A juíza argentina Marta Yáñez, que investiga o desaparecimento do ARA San Juan, declarou, nessa sexta-feira (24) que o submarino poderia estar em uma “missão de caráter confidencial” quando desapareceu na semana passada.

Há dois dias, ela afirmou que o que o submarino estava fazendo no momento do desaparecimento era “segredo do Estado”. Depois, comentou sua declaração, afirmando que “soou muito feio”, pois estava comentando que a Marinha, que tem o dever de resguardar a segurança do mar territorial argentino, “pode ter uma missão de caráter confidencial”.

Em entrevista à rádio local La Red, a chefe do Tribunal Federal de Caleta Olivia, na província de Chubut (Patagônia), justificou essa teoria. Segundo ela, não está se falando “sobre um particular que estava pescando, ou um chinês que está pescando dentro da área exclusiva do mar territorial argentino”.

Perguntada se a explosão detectada no submarino poderia corresponder a um ataque, uma hipótese já rejeitada pela Marinha argentina, Marta Yáñez sustentou que “não descarta nada”, pois está começando a investigação. “Trata-se de “um submarino que pode estar na zona de culminação da plataforma continental (área marítima que legalmente pertence ao país)”.

Ela disse que quer resolver o assunto e que já “está pedindo” informações sobre a atividade que o submarino desempenhava quando desapareceu. Acrescentou que pode assegurar que, quando emitiu seus últimos sinais, o submarino estava em águas jurisdicionais argentinas. Outro ponto que terá que ser investigado é a condição em que o San Juan iniciou a missão, o que “precisa ser informado pela Marinha”.

“Eu não quero deixar de ser lógica, acho que a Marinha é a ultima interessada em deixar navegar um submarino que não esteja em condições; acredito na boa fé. Eu não posso pensar em fantasmas, mentiras, enganos e esconderijos”, afirmou.

Sobre o pedido para receber as novidades da operação de busca, a juíza explicou: “Não pretendo que a cada três horas me digam ‘não há nada’, mas imediatamente que registrem algo, me façam um relatório de tudo que for encontrado no lugar, aproveitando a tecnologia que temos”.

(Agência Brasil)

Sem “Black Friday”, prêmio da Mega-Sena chega a R$ 60 milhões neste sábado

A Mega-Sena sorteia neste sábado (25) o prêmio de R$ 60 milhões, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal, entre os ganhadores do concurso 1.991. As apostas podem ser feitas até as 19 horas (horário de Brasília), em qualquer agência lotérica, no valor mínimo de R$ 3,50.

O prêmio do concurso 4.540 da Quina também está acumulado e deverá pagar a quantia de R$ 10 milhões, de acordo ainda com a Caixa Econômica Federal. A aposta mínima é de R$ 1,50.

Mário Mamede critica aliança Camilo-Eunício

225 1

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (25):

O ex-deputado Mário Mamede (PT) faz duras críticas à reaproximação de Camilo Santana (PT) com o senador Eunício Oliveira (PMDB).

“Há uma discussão que não tem natureza ideológica e que não é aceita pela base social do PT”, diz, lembrando que o senador apoiou o impeachment de Dilma Rousseff e apoia as reformas do presidente Temer.

“Quando vejo o deputado Fernando Hugo (SD), crítico ácido do PT, elogiando esse acordo, pra mim é um elogio de que tudo caminha de forma errada do ponto de vista ético, político e moral”, diz.

Segundo ele, nas negociações está sendo vendida a ideia de que a base do PT votará em Eunício. “É mentira! Se vier acordo, teremos campanha pelo voto em branco ou pelo apoio a Aílton Lopes, do PSOL”, diz.“É hora da direção estadual criar vergonha e barrar esse absurdo”, conclui.

Ministro diz que universidades públicas precisam ter mais alunos pobres

O ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho, disse na noite dessa sexta-feira (24) que o maior desafio educacional no Brasil é a qualidade do ensino. Para o ministro, melhorar a qualidade da educação básica é um dever imediato, não apenas no campo das políticas sociais, mas na perspectiva do desenvolvimento econômico, uma vez que o Brasil perde espaço quando o tema é competitividade.

“Apesar de muito ter se falado sobre o tema nos governos anteriores, não há dúvida de que a educação brasileira, hoje, é uma tragédia humana de dimensões incalculáveis no futuro das nossas crianças e jovens”, afirmou, durante a cerimônia em que recebeu o prêmio Fernando Azevedo – O Educador do Ano, no Teatro da Fundação Cesgranrio, no Rio Comprido, região central da capital fluminense. A premiação é concedida pela Academia Brasileira de Educação (ABE).

Mendonça comentou que o Brasil tem um bom padrão de ensino superior público e também há instituições privadas em excelente qualidade, mas é preciso buscar avanços mais significativos, porque ainda não se consegue alcançar o patamar global que se vê na Europa, na América do Norte e na Ásia.

Outro fator que é preciso ser avaliado, na visão dele, é maior participação de alunos de renda mais baixa em instituições públicas que, geralmente, recebem estudantes de condições financeiras mais elevadas porque tiveram um nível de ensino anterior de melhor qualidade. “Isso, de certo modo, é também uma distorção. Quero alunos mais pobres cursando universidades públicas, para que eles possam ter cada vez mais oportunidades nas suas vidas”, afirmou.

(Agência Brasil)

Enade será realizado no domingo; locais de prova já podem ser consultados

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017 será realizado neste domingo (26). Os participantes que ainda não sabem onde farão suas provas poderão consultar os locais sem acessar o ambiente restrito do estudante. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou a consulta pública aos locais de prova, basta acessar o Sistema Enade.

Além de fazer a prova, o participante deve preencher o questionário do estudante – até este domingo – para obtenção da situação de regularidade junto ao Enade. O preenchimento é obrigatório. Os estudantes que ainda não têm acesso ao documento precisam entrar no ambiente restrito do Sistema Enade, seguindo atentamente os procedimentos para primeiro acesso, alteração da senha temporária ou recuperação de senha. Segundo o Ministério da Educação, cerca de 12 mil participantes que se cadastraram no Enade ainda estão com senha provisória por terem esquecido ou fornecido senhas erradas.

Os portões serão abertos às 12h (horário de Brasília) e fechados às 13h. A aplicação da prova terá início às 13h30.O Enade é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação e avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação em relação aos conteúdos, habilidades e competências adquiridas.

Neste ano, o exame será aplicado apenas para alunos concluintes, ou seja, aqueles que tenham expectativa de conclusão do curso até julho de 2018 ou que tenham cumprido 80% ou mais da carga horária mínima do currículo do curso até o final das inscrições do Enade 2017.

(Agência Brasil)

Apenas 1,9% dos cursos de saúde e ciências agrárias obtêm conceito máximo do MEC

Apenas 1,9% dos cursos das áreas de saúde e ciências agrárias receberam o nível máximo na avaliação realizada em 2016 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A maioria desses cursos (50,5%) no país recebeu conceito 3. A escala de avaliação vai de 1 a 5 e faz parte Conceito Preliminar de Curso (CPC) – indicador de qualidade que avalia os cursos de graduação – divulgado hoje (24) pelo Ministério da Educação (MEC).

Em 2016, apenas 1,93% (81) dos cursos receberam a nota 5, enquanto 40,28% (1.690) ficaram com nota 4; 50,45% (2.117) com nota 3; 6,98% (293) com nota 2; e 0,36% (15) com nota 1. Além do CPC, o MEC também apresentou os dados do Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC), indicador de qualidade que avalia as instituições de educação superior.

No ano passado, foram avaliados os bacharelados nas grandes áreas de saúde, ciências agrárias e áreas afins e os cursos tecnológicos relacionados às áreas de ambiente e saúde, produção alimentícia, recursos naturais, militar e segurança. Esse grupo representou 18 áreas de avaliação, 4.300 cursos e 195.757 participantes no exame.

Os cursos avaliados em 2016 foram os bacharelados em agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, serviço social e zootecnia. Também foram analisados os cursos de tecnólogo em agronegócio, em estética e cosmética, em gestão hospitalar e em gestão ambiental.

Segundo o Ministério da Educação, os dados refletem o dia a dia dos professores e alunos das instituições de educação superior e auxiliam nas tomadas de decisão de efeitos regulatórios da pasta. Na próxima segunda-feira (27), os indicadores serão divulgados no Diário Oficial da União, no Portal do Inep e na consulta pública do Sistema e-MEC.

Indicadores

Atualmente, além do CPC e do IGC, o Inep calcula dois outros indicadores: Conceito Enade (CE) e Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD). Os resultados do Conceito Enade e do IDD relativos a 2016 já foram divulgados em setembro. Agora, são publicados os resultados do CPC e do IGC, que revelam a qualidade dos cursos e das instituições de ensino superior – que têm acesso a consulta restrita nos dados publicados nesta sexta-feira pelo Sistema e-MEC. Os quatro indicadores de qualidade da educação superior mantêm relação direta com o ciclo avaliativo do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

O cálculo do CPC tem por base, entre outros critérios, a avaliação de desempenho de estudantes, por meio do Enade; o valor agregado pelo processo formativo a partir do IDD; as características do corpo docente, por meio do censo da educação superior; e as condições oferecidas para o desenvolvimento do processo formativo. Já o cálculo do IGC é realizado anualmente e considera a média dos dados do CPC do último triênio. Também são consideradas a média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu e a distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino, graduação ou pós-graduação stricto sensu.

(Agência Brasil)

TIM comemora 10 anos no Índice de Sustentabilidade Empresarial

A TIM está completando 10 anos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3, mantendo-se como a empresa do setor de telecomunicações por mais anos consecutivos na lista. A informação é da assessoria de imprensa dessa empresa de  telefonia.

A carteira foi divulgada pela Bolsa de Valores e reúne 33 ações de 30 companhias, somando R$ 1,28 trilhão em valor de mercado.

Iniciativa pioneira na América Latina, o ISE busca criar um ambiente de investimento compatível com as demandas de desenvolvimento sustentável da sociedade contemporânea e estimular a responsabilidade ética das corporações..

Passeio Público será palco de exposição de bicicletas antigas

Antigas bicicleta Monark sueca.

Fortaleza contará, pela quinta vez, com uma exposição de bicicletas clássicas dos anos 1930 a 1980. Será no domingo (26), das 8 às 13 horas, no Passeio Público, com modelos de colecionadores que querem com a mostra trocar experiência e incentivar o uso das bicicletas no deslocamento urbano.

No encontro, a exposição de modelos que marcaram época chega como um convite a percorrer memórias nas clássicas bicicletas Philips, Raleigh, monaretas, berlinetas, rei pelé e tantos outras.

Memória

As primeiras bicicletas chegaram ao Brasil ainda no século XIX, entre 1850 e 1870, no Rio de Janeiro, então capital do Império. O primeiro velódromo da América do Sul, o Velódromo Paulistano, foi instalado em São Paulo, em 1896, na Rua da Consolação, entre as Ruas Martinho Prado e Olinda. Restaurar ou colecionar bicicletas antigas é o passatempo de muita gente que busca preservar a memória de determinados períodos.

 

SERVIÇO

*Passeio Público (Centro)

*Mais Informações – Jaime Filho – 98604-8488 ou Marco Ximenes – 98837-2067

PSOL oficializa neste sábado Aílton Lopes como seu presidente estadual

Neste sábado, a partir das 20 horas, o PSOL vai empossar seu novo comando estadual. Assumirá a presidência o bancário Aílton Lopes, também pré-candidato a governador pelo partido em 2018.

O ato ocorrerá na sede partidária, com posse também da nova executiva estadual com os seguintes membros: além de Aílton, Adelita Monteiro, Técio Salgado, Vanda Souto, Alexandre Uchoa e Afrânio Castelo.

DETALHE – A executiva respeita uma composição de gênero paritária e com participação de mais de 30% de negros. O mandato é de dois anos.

Temer passará por cateterismo em hospital em São Paulo

O presidente da República, Michel Temer, deu entrada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, às 19h04 para revisão médica. O presidente passará por uma reavaliação urológica e um cateterismo, que consiste em uma introdução de um cateter (tubo extremamente fino) pela artéria do braço ou da perna que vai até o coração. A princípio, os dois procedimentos deverão ser feitos hoje (24), conforme o hospital.

O motivo do cateterismo é uma obstrução parcial em uma artéria coronariana, que foi revelada no início de outubro — e confirmada, à época, por seus médicos.

No dia 27 de outubro, Temer foi submetido a um procedimento na próstata por causa de uma desobstrução do canal uretal e, por isso, passará pela revisão hoje.