Blog do Eliomar

Últimos posts

Camilo diz para internautas que buscará apoio de Eunício e Tasso sempre em benefício do povo cearense

O governador Camilo Santana (PT) fez seu contato tradicional das terças-feiras, via Facebook, com internautas direto de Brasília, onde cumpre agenda de audiências ministeriais.

Entre vários anúncios, ele foi instado a comentar sobre sua aproximação política com  o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), e com o senador tucano Tasso Jereissati. Camilo fez questão de explicar que sua relação com essas duas lideranças políticas é de cunho institucional.

Ou seja, como é de um governo de oposição a Temer, pois do PT, precisa, antes de diferenças política, levar em conta os altos interesses do Estado, daí buscar todo e qualquer apoio na hora de lutar pelos projetos que beneficiarão a população.

Turismo Religioso

Entre contatos que manteve em Brasília, o governador, ao lado do prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra (PTB), esteve com o ministro do Turismo, Max Beltrão. Ali, deixou pleito na ordem de R$ 45 milhões  voltado para a implementação do teleférico do horto do Padim Ciço.

Max Beltrão prometeu dar resposta ao pleito até o fim deste mês.

(Foto – Divulgação)

O legado do desembargador Jaime de Alencar Araripe

Com o título “O legado do desembargador Jaime de Alencar Araripe“, eis homenagem, em forma de artigo, que seu filho, registrador Jaime Araripe Júnior, faz ao pai que, por seus serviços prestados, continua na memória do Judiciário do Ceará. Confira:

Com a presença do governador Camilo Santana, o Tribunal de Justiça do Ceará, à frente seu presidente, desembargador Francisco Gladyson Pontes , inaugurou, em agosto último, as novas instalações da Vara Única de Audiências de Custódia de Fortaleza. A edificação recebeu o nome de “Desembargador Jaime de Alencar Araripe”, meu pai, por sugestão da desembargadora Francisca Adelineide Viana e da magistrada Marlúcia de Araújo Bezerra, exemplos de senso de justiça e reconhecimento àqueles que honraram a judicatura cearense.

A solenidade fez nascer em mim o ânimo de escrever estas modestas linhas, numa quadra em que o país passa por aguda crise moral, secundada por graves crises econômica e política que maltratam , impiedosamente, nosso povo, em especial os mais pobres.
Falar sobre a vida limpa e o exemplo deixados por meu pai , apresentou-se como uma quase obrigação, da qual não poderia fugir.

Jaime de Alencar Araripe nasceu em Aurora, Ceará, em 1918. Tomou contato com as primeiras letras na escolinha do Profº Maciel. Vencida a primeira etapa , foi matriculado no conceituado Ginásio do Crato, à época dirigido pelo memorável educador Padre Francisco de Assis Pita. Ali, concluiu seus estudos preparatórios, sendo, ao final, escolhido orador de sua turma.

Vindo estudar em Fortaleza, e sempre afeito ao estudo, prestou vestibular na nossa centenária Faculdade de Direito, onde logrou aprovação em primeiro lugar.
Concluídos os estudos jurídicos, teve breve passagem pela atividade cartorária.
Mas, a sua verdadeira vocação era ser JUIZ.

No seu discurso de posse, no cargo de desembargador do egrégio Tribunal de Justiça do Ceará, pontuou: “ Viera eu de breve estágio na vida cartorária, e animava-me o fogo sagrado de um ideal: ser Juiz e dedicar a vida ao Direito, como sacerdote da Justiça. Sabia do que era a vida do magistrado – suas asperezas, as incompreensões que a cercam; as invejas que despertam; o remoinhar inconsequente de paixões desaçaimadas; a dura pobreza que lhe atormenta o viver. Missionário e apóstolo, conhecia eu do que, sertão adentro, os que juízes se faziam; mas, assenhoreara-me, também, do papel que desempenhavam os mesmos, no conciliar interesses, consertar erros e trazer ao grupo humano aquela paz, concórdia e tranquilidade, que se responsabilizam pela perfeição da vida comunitária”.

E, assim, submeteu-se ao concurso para ingresso na magistratura cearense, certame em que foi aprovado, também, em primeiro lugar.

Exerceu a judicatura em Várzea-Alegre, Assaré, Senador Pompeu, Itapipoca, Sobral e, finalmente, Fortaleza, sendo, daí alçado ao cargo de desembargador do egrégio Tribunal de Justiça do Ceará, pelo critério do merecimento.

No mesmo discurso de posse , realçou, ao final : “ vencidos quase três anos de estágio na judicatura metropolitana, vos venho eu, agora, trazer de volta , imácula e sacratíssima toga que sobre meus ombros fizestes descer ao limiar da carreira. Açoitaram-na os vendavais, zurziram-na, em fogo, as paixões contrariadas, inconfessadas por inconfessáveis. Sobra-lhe, porém, o que de indelével traz, como autêntica túnica sacerdotal. Preservei dos salpicos da lama, sabe Deus à custa de quantos sacrifícios anonimamente vividos na mesmeira dos dias de luta. Uma vida lisa e decentemente conduzida responde por isso. E é este, a esta altura , o meu reconfortante florão de glórias” .

Esse foi o barro que moldou Jaime de Alencar Araripe. Não deixou para a viúva e os filhos nenhum legado material, deixou-nos muito mais: o exemplo de uma vida pautada pelas mais excelsas virtudes que engrandecem um homem.

*Jaime Araripe Júnior

Registrador Público.

E-mail: jaimeararipe@gmail.com

“Cine Holliúdy” vai virar seriado na Globo

A comédia brasileira “Cine Holliúdy” entrará em produção na TV Globo para virar um seriado de televisão. A notícia foi dada na coluna da jornalista Patrícia Kogut, do Jornal O Globo. Segundo a coluna, as gravações para o seriado irão começar em novembro, com cenas gravadas em São Paulo. Halder Gomes, diretor do longa para o cinema, e Patrícia Pedrosa assumem a direção da produção, que ainda não tem data de estreia definida. A princípio, haviam sido encomendados cinco episódios, que, mais tarde, foram dobrados e, agora, a série segue com previsão para ganhar dez episódios.
O ator Edmilson Filho estará no elenco da série.  O cearense protagonizou o primeiro filme e está no elenco do segundo longa da franquia. Segundo Kogut, Matheus Nachtergaele, Heloisa Périssé e Leticia Colin, que recentemente protagonizou a novela “Novo Mundo”, integram o elenco  principal do seriado. Nachtergaele dará vida a um prefeito casado com Heloísa, enquanto Leticia será a filha do casal.
 
Filme
O primeiro “Cine Holliúdy”, lançado em 2013, teve no elenco Edmilson Filho,  Miriam Feeland e Roberto Bomtempo.  A comédia teve cenas gravadas no interior do Ceará e é ambientada na década de 1970. A narrativa conta, de forma bem-humorada, a popularização da TV, que atrapalha a indústria do cinema amador surgido no Interior. É aí que Francisgleydisson, interpretado por Edmilson, entra em ação. Ele é o proprietário do Cine Holliúdy, um pequeno cinema da cidade que terá a difícil missão de se manter vivo como opção de entretenimento.
A produção acumulou um grande feito e se tornou a 10ª maior bilheteria do Brasil em sua semana de estreia, mesmo sendo exibida somente em nove cópias e em algumas cidades nordestinas. A boa repercussão garantiu uma sequência, com previsão de lançamento para 2018, além  de outro filme, o longa “O Shaolin do Sertão”, lançado em 2016, com a presença de Edmilson no elenco e direção assinada por Halder Gomes.
(Com O POVO Online/Foto – Divulgação)

Por um basta à concentração de renda no País

Com o título”É impossível haver justiça no Brasil sem haver redução da desigualdade”, eis artigo do presidente do Conselho Regional de Economia, Lauro Chaves Neto, que saiu no O POVO desta terça-feira. Ele diz que houve redução da pobreza, baseado em números do IBGE. Confira: 

O Brasil de hoje é muito diferente daquele de duas ou três décadas atrás; desde lá, houve uma forte e saudável redução da pobreza. Pode-se dizer que, na nossa história recente, passamos por três grandes ciclos de queda no número de brasileiros em situação de pobreza: o primeiro ocorreu com a transição democrática/Plano Cruzado; o segundo, com a estabilidade econômica pós-Plano Real de FHC e o terceiro, com as políticas inclusivas de Lula.

Surge uma polêmica se houve ou não redução da desigualdade concomitantemente com a redução da pobreza no Brasil. Os dados do IBGE mostram que, sim, no Brasil pós-real, a parcela da renda apropriada pelos 10% mais ricos havia passado de 46% para 41%, a dos 50% mais pobres crescera de 14% para 18%, e a da classe média de 40% para 41%. O estrato dos 1% brasileiros mais ricos possui 28% da renda nacional, em comparação com 20% nos EUA e 11% na França.

A redução da pobreza simultaneamente com a da desigualdade era atribuída principalmente à estabilidade, à elevação real do salário mínimo com FHC, Lula e Dilma, e ao aumento da escolaridade da força de trabalho. Porém, essa redução da desigualdade, que já era questionada anteriormente, com a liberação de uma base de dados da Receita Federal e mais recentemente com a divulgação de pesquisa da Escola de Economia de Paris, sob a orientação de Thomas Piketty, autor de “O Capital do Século XXI”, recebeu um grande reforço.

Esses dados mostram que a desigualdade no Brasil é muito maior do que se imaginava, com gigantesca concentração de renda no topo da pirâmide social. Os 10% mais ricos possuem 55% da renda nacional, enquanto os 50% mais pobres apenas 12%; e a classe média, 32%. A renda aumentou nos dois extremos da sociedade. Houve redução na desigualdade no mercado de trabalho, porém ela foi compensada com um crescimento mais que proporcional no ganho de capital dos ricos.

É salutar que o combate à pobreza, principalmente à pobreza extrema, seja uma das prioridades das políticas públicas, mas só teremos um país justo com a redução do abismo das desigualdades hoje existentes. E não tem como fazer isso sem tratar da concentração de renda no topo da sociedade.

*Lauro Chaves Neto

lchavesneto@uol.com.br
Presidente do Conselho Regional de Economia, consultor, professor da Uece e doutor em Desenvolvimento Regional pela Universidade de Barcelona.

Catalunha se declara independente da Espanha

O governador catalão, Carles Puigdemont, anunciou em uma sessão do Parlamento nesta terça-feira, 10, a independência da região, em desafio à Espanha, mas pediu negociações com o governo central. “Nosso governo não se distanciará da democracia”, ressaltou ele. A separação não é reconhecida por Madri, que a considera ilegal.

“Nada, nem a violência, impediu o plebiscito”, disse Puigdemont, e enviou seus sentimentos aos manifestantes que forem feridos no dia da votação, realizada no dia 1.º. Ele também ressaltou a importância de desescalar a tensão. “Nenhuma instituição espanhola está aberta a falar sobre o nosso futuro. (…) A relação que temos com a Espanha hoje não funciona.”

A região vive há três anos campanhas intensas pela separação e protestos nas ruas. Em meio às tentativas de Madri de barrar o movimento, a polícia da Espanha chegou a anunciar que estaria pronta fora do Parlamento para prender Puigdemont, caso ele declarasse independência.

(Estadão)

Juazeiro do Norte promove a campanha Outubro Rosa

O prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra (PTB), abriu a campanha Outubro Rosa no município e que tem por objetivo conscientizar mulheres e sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e colo do útero. Em discurso, Arnon informou que a cada mês são realizados, em Juazeiro do Norte, mais de três mil exames de prevenção, mas a meta é aumentar esse número aumente, em função da campanha.

De acordo com a secretária municipal da Saúde, Nizete Tavares, Juazeiro do Norte conta hoje com 68 equipes de Estratégia de Saúde da Família – ESF que estão aptas para receber e orientar as mulheres quanto à realização de consultas e exames que estão sendo solicitados nas Unidades Básicas de Saúde – UBS. As pacientes podem se dirigir ainda à Policlínica Regional de Barbalha para realizá-los.

O município conta ainda com 530 agentes comunitários de saúde que visitam as famílias de casa em casa, desenvolvendo um importante papel para que os objetivos da Campanha sejam atingidos.

(Foto – Divulgação)

Caso Aécio – Marco Aurélio critica colega Luiz Roberto Barroso: “Criou essa celeuma”

203 1

O plenário do Supremo Tribunal Federal deve decidir nesta quarta-feira se determinadas punições a parlamentares necessitam ou não de chancela do Legislativo para serem aplicadas. O pano de fundo da polêmica tem a imagem de Aécio Neves, afastado do mandato e impedido de sair de casa à noite por determinação da 1ª turma do STF, informa a Veja.

O ministro Marco Aurélio Mello, que votou contra a sanção ao tucano, tem um palpite sobre o resultado do julgamento e uma crítica dura a um ministro do tribunal. Para ele, a crise institucional entre Senado e Supremo, criada a partir da decisão do STF, está no colo de Luís Roberto Barroso, que incluiu em seu voto a sugestão de recolhimento noturno para Aécio. O Ministério Público Federal havia pedido a prisão do senador.

Mas como não havia flagrante, Barroso recorreu ao trecho da legislação que fala em “medidas cautelares diversas” para defender a restrição de liberdade parcial. Ele foi acompanhado por Rosa Weber e Luiz Fux. Além de Marco Aurélio, Alexandre de Moraes se posicionou contrariamente.

Marco Aurélio definiu assim o voto divergente do colega: “O que criou essa celeuma foi o aditamento de ofício feito pelo ministro Luís Roberto Barroso. Nem o Ministério Público pediu isso, o recolhimento noturno”. Pesado.

Ele acredita que o plenário vai autorizar a aplicação de medidas restritivas, desde que sejam avalizadas pelo Congresso. É tudo o que Aécio deseja. Na avaliação de Marco Aurélio, com isso, o STF buscará uma alternativa política para o impasse.

O ministro prevê que o plenário não vai derrubar por completo o entendimento da 1ª turma para, nas palavras do ministro, não deixar “tão mal mal na fotografia” os integrantes da corte que já se manifestaram a favor do recolhimento noturno (Fux, Barroso, Rosa e Edson Fachin). “Trata-se de uma saída honrosa não só para o Supremo, como também para o Senado”, finalizou, sem meias palavras.

Livro de Sri Prem Baba ganha nova versão

O livro Amar e Ser Livre – As Bases Para Uma Nova Sociedade, do mestre espiritual Sri Prem Baba, chega nesta semana em uma nova edição às livrarias. Com projeto gráfico da HarperCollins Brasil e edição da Editora Dummar, a obra fala do poder dos relacionamentos saudáveis para melhorar o mundo. A nova edição tem como novidade o design da capa, que remete ao festival indiano Holi, uma celebração às cores.

“A ideia era fazer o link com o conceito da Índia. Como Prem Baba fica seis meses no Brasil e seis meses na Índia, então tem essa ligação, ele faz a ponte entre o Ocidente e o Oriente, e essa capa representa isso. Ela traduz essa ligação que ele tem com a Índia”, explica Regina Ribeiro, editora executiva da Editora Dummar.

Além de falar do poder das relações, o livro ainda aborda os desafios do ser humano em encontrar um caminho para viver e se relacionar de forma mais leve, plena e feliz. Em 2015, ano de sua primeira edição, a obra figurou entre os livros mais vendidos do País.

Sri Prem Baba é mestre da ancestral linhagem indiana Sachcha, e autor de outros livros como Propósito – A coragem de ser quem somos, Flor do dia – Mensagens de amor e autoconhecimento e Transformando o sofrimento em alegria. De acordo com o material de divulgação, com Amar e ser livre o mestre busca ressignificar o conceito de casamento e o da família. Além disso, o autor sugere uma reflexão interna tanto na vida pessoal quanto na ordem universal.

“Precisamos urgentemente plantar novas sementes, sementes de confiança, união e amor verdadeiro (…) os relacionamentos em geral são fundamentais, mas o relacionamento afetivo-sexual é o viveiro em que brotarão as flores e os frutos de uma nova realidade — esse é o núcleo principal”, explica Prem Baba.

SERVIÇO

HarperCollins Brasil e Editora Dummar

176 páginas

Quanto: R$ 24,90.

(Foto – Arquivo)

(O POVO)

FMI melhora prognósticos de crescimento da economia brasileira para 2017 e 2018

O Fundo Monetário Internacional (FMI) melhorou, nesta terça-feira, seus prognósticos de crescimento do PIB do Brasil para 0,7% neste ano e 1,5% para 2018. A informação é da agência EFE.

As novas previsões do FMI representam, respectivamente, alta de 0,4 ponto porcentual e 0,2 ponto porcentual acima do estimado em julho, graças ao impulso da despesa dos consumidores e a safra agrícola recorde.

“No Brasil, um potente comportamento das exportações e um menor ritmo de contração na demanda interna permitiu à economia voltar ao crescimento positivo no primeiro trimestre de 2017, após oito trimestres consecutivos de queda”, indicou a instituição em seu relatório de Perspectivas Econômicas Globais apresentado nesta terça-feira.

A instituição também mencionou o saque das contas inativas como fator para a revisão da expectativa para este ano.

Sine/IDT comemora 40 anos em clima de bolo furado

A Assembleia Legislativa realizará nesta quarta-feira, às 18 horas, uma sessão solene em comemoração aos 40 anos do programa Sistema Nacional de Emprego (SINE), no Ceará, implantado em 1977. A iniciativa é do deputado Renato Roseno (PSOL) e subscrita pelo deputado Danniel Oliveira (PMDB).

No Ceará, o programa, cujas ações são executadas pelo IDT desde 1998, é responsável pela intermediação de mão de obra, seguro-desemprego, qualificação profissional e pesquisa e geração de informações sobre o mercado de trabalho.

Na gestão Camilo Santana, no entanto, estas ações vêm sofrendo sérios retrocessos como na interrupção da medição do desemprego, em janeiro desse ano, que era feita pelo órgão desde 1984, lamentam funcionários do órgão.

Além da paralisação da Pesquisa de Emprego e Desemprego neste ano, houve o esvaziamento das ações de qualificação profissional e o fechamento das Unidades de Atendimento do SINE/IDT de Aquiraz e, agora, de Caucaia, prejudicando o atendimento aos desempregados, lamenta a categoria.

Ação Amigos do Peito leva autoestima a mulheres mastectomizadas

O Grupo de Estudos em Micropigmentação, em parceria com a Fametro e Sindicato dos Servidores dos Estabelecimentos de Saúde do Ceará (Sindsaúde), realizou, nessa segunda-feira, a ação “Amigos do Peito”.

A ação ocorreu na sede da Fametro e envolveu 19 mulheres e mais 14 micropigmentadoras e esteticistas voluntárias. Além da aplicação da técnica, as mulheres participaram de outras atividades como palestras e oficinas.

Na programação, palestras informativas na área de nutrição, terapias integrativas e promoção da autoestima. O público também se mexeu com a ginástica laboral e cantou e dançou ao som de David Valente.

O que é?

Micropigmentação de aréola – O processo consiste em “pintá-la” nos seios da cliente superficialmente. Vale destacar que essa técnica não é como a tatuagem popularmente conhecida.

(Foto – Cristhyana Abreu)

Produção industrial registra queda em 6 dos 14 locais pesquisados. Ceará apresenta incremento

A queda de 0,8% na produção industrial brasileira em agosto, em relação a julho, na série livre de influências sazonais, reflete retrações em apenas seis dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados constam da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física Regional, divulgados hoje (10), no Rio de Janeiro. Eles indicam que a queda mais intensa se deu em São Paulo, o maior parque fabril do país, onde a indústria recuou entre julho e agosto 1,4%, mesmo percentual do recuo do Rio Grande do Sul.

Já os estados cujas taxas negativas ficaram abaixo da média nacional de -0,8% foram Minas Gerais e Pará, onde a retração industrial foi de 0,7% para ambas as regiões; Paraná (-0,4%) e Ceará (-0,1%). Em Santa Catarina a produção ficou estável (0,0%).

Na outra ponta, as regiões com as maiores altas entre as 14 com resultados positivos foram o Espírito Santo (7,5%) e a Bahia (4,9%). No Amazonas, a alta foi de 3,2%, Rio de Janeiro (2,4%), Pernambuco (1,8%), Região Nordeste (0,4%) e Goiás (0,1%)

Em relação ao crescimento de 4% na produção industrial, na comparação com igual mês do ano passado, ele reflete resultados positivos em 13 dos 15 locais pesquisados, com a expansão mais intensa sendo registrada no Mato Grosso, onde a indústria cresceu 15,8% em agosto último.

Naquela região, a expansão foi impulsionada pelo avanço no setor de produtos alimentícios (carnes de bovinos congeladas, frescas ou refrigeradas, tortas, bagaços, farelos e outros resíduos da extração do óleo de soja e óleo de soja em bruto).

Pará (9,3%), Paraná (8,8%), Espírito Santo (7,8%), São Paulo (6,6%), Amazonas (5,3%), Santa Catarina (5%), Ceará (4,6%) e Bahia (4,6%) também anotaram taxas positivas mais acentuadas do que a média nacional de 4%. Goiás (2,3%), Região Nordeste (1,7%), Minas Gerais (1,5%) e Pernambuco (0,3%) completaram o conjunto de locais com alta na produção em agosto.

Ao avaliar o resultado das duas regiões onde a indústria fechou negativamente (Rio Grande do Sul, com -2% e Rio de Janeiro, -1,8%), o IBGE atribuiu a queda, em grande parte, à pressão negativa vindo dos setores de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis, celulose, papel e produtos de papel, produtos alimentícios e máquinas e equipamentos – no caso do Rio Grande do Sul – e de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis e indústrias extrativas, no Rio de Janeiro.

Acumulado no ano

Quanto ao crescimento acumulado de 1,5% ao longo dos primeiros oito meses do ano (janeiro-agosto) o resultado reflete expansão também em 13 dos 15 locais pesquisados, com destaque para os avanços mais acentuados assinalados por Pará (8,6%), Paraná (4,6%), Espírito Santo (3,7%) e Santa Catarina (3,7%).

Com resultados positivos acima da média nacional de 1,5% aparecem ainda Minas Gerais (2%), Amazonas (1,9%) e Rio de Janeiro (1,8%). Em São Paulo e Goiás, o resultado foi o mesmo (1,5%) da alta nacional; enquanto o Ceará (1,4%), Mato Grosso (1,2%), Rio Grande do Sul (1,1%) e Pernambuco (0,3%) completaram o conjunto dos 13 locais com resultados positivos no fechamento dos oito meses do ano, embora inferior à média nacional.

A Bahia (-3,9%) apontou o recuo mais elevado no índice acumulado no ano, pressionado pelo comportamento negativo vindo dos setores de metalurgia (barras, perfis e vergalhões de cobre e de ligas de cobre) e de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (óleo diesel, naftas para petroquímica e óleos combustíveis). A Região Nordeste, com queda de 1%, também mostrou taxa negativa no indicador acumulado de janeiro-agosto de 2017.

(Agência Brasil)

Fortaleza está mesmo pronta para novos voos?

Com o título “Uma Fortaleza competitiva, inovadora e pronta para novos voos”, eis artigo da secretária municipal de Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz, que pode ser conferido no O O POVO desta terça-feira. “O Programa Fortaleza Competitiva é uma resposta imediata às oportunidades de desenvolvimento que surgem..”, diz o texto. Confira:

Para além do Plano Fortaleza 2040, estratégia que orienta o desenvolvimento da Cidade no longo prazo, a Prefeitura de Fortaleza, por meio de programas específicos, como o Fortaleza Competitiva, vem promovendo ações estratégicas que maximizam os resultados de investimentos e oportunidades a realizar e já realizados. Ações em parceria, como é o caso dos novos voos que conectam Fortaleza diretamente às cidades de Paris e Amsterdã, fortalecendo nossa vantagem competitiva natural que é ser a capital brasileira com melhor posição estratégica para os continentes europeu, norte-americano e africano.

O Programa Fortaleza Competitiva tem como objetivos desenvolver um ambiente de inovação e geração de oportunidades na Cidade, induzindo o surgimento e o crescimento de empresas, assim como proporcionar um ambiente favorável e ágil para superar os desafios de manter e abrir novos negócios. Traz, ainda, como escopo, linhas de ação relacionadas às regulamentações e incentivos, aos arranjos público-privados, à desburocratização e ao mercado de trabalho.

Ciente, portanto, de que o entorno do aeroporto é área vocacionada para atividades econômicas que recepcionem a atividade aeroportuária, ao receber empresas aéreas como a Air France-KLM, a Cidade ganha mais conectividade e visibilidade internacional, além de proporcionar novos negócios na medida em que, no entorno direto e indireto do hub aéreo, inova com a implantação simultânea das Zonas Especiais de Dinamização Urbanística e Socioeconômica (Zedus).

As Zedus permitem intensificar a urbanização de determinados espaços da Cidade, o que está previsto na nova Lei de Uso e Ocupação do Solo de Fortaleza, além da alteração do horário de funcionamento do comércio, para que se possa ter atividade econômica funcionando 24 horas, além dos incentivos fiscais de IPTU, ITBI e ISS para empresas que ali se instalem ou possam ser ampliadas.

O Programa Fortaleza Competitiva é uma resposta imediata às oportunidades de desenvolvimento que surgem e que preparam Fortaleza para estar no ranking das cidades mais competitivas do Brasil, com a formalização de mais de 10 mil novos empreendimentos, na sua maioria micro e pequenas empresas. A meta é chegar ao ano de 2020 a uma Taxa de Formalização de 75% da nossa economia.

Isso trará um impacto direto e indireto na economia, podendo chegar ao nível de R$ 2 bilhões no PIB da Capital que deverá ser, também, a melhor cidade para trabalhar, a melhor cidade para se divertir e, principalmente, a melhor cidade para se viver.

*Águeda Muniz

agueda.muniz@fortaleza.ce.gov.br

Secretária Municipal do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma).

PF incrimina Wesley Batista por lucro indevido da JBS no mercado de câmbio

Da Coluna Painel, da Folha de S. Paulo desta terça-feira:

A Polícia Federal apresenta nesta terça-feira (10) o relatório final sobre a suspeita de que Wesley e Joesley Batista cometeram crime de insider trading ao obter lucro no mercado após a divulgação da delação da J&F. A peça tem mais de 100 páginas e reafirma a posição de Wesley como o mandante das negociações de câmbio. A PF diz que Joesley, à época chefe da FB Participações, controladora da JBS, operou em outras frentes. Ele não será incriminado pela compra de dólares.

A PF elaborou um cronograma sobre as ações dos Batistas antes e depois de eles fecharem o acordo com a PGR. O relatório virá um dia depois de a Justiça negar o pedido de liberdade de Joesley e Wesley em troca do depósito de uma caução no valor que teria sido obtido ilegalmente.

A corporação refuta a tese da defesa de que não houve crime e de que os Batistas já lucraram valores muito mais altos anteriormente. Dirá que a diferença crucial é que, desta vez, eles tinham informação privilegiada sobre a delação.

Campanha vai arrecadar tubo vazio de pasta de dente que pode virar móvel ou brinquedo

O Instituto Vida Cidadã (IVC), em parceria com as secretarias municipais de Educação e de Meio Ambiente, lançará, nesta quarta-feira, às 9 horas, na Escola Dois de Dezembro, na Barra do Ceará, campanha para arrecadação de tubos vazios de pasta de dente. A iniciativa tem o objetivo de arrecadar esses tubos vazios de pasta de dente para transformá-los em placas sintéticas de aglomeradas que podem ser usadas na fabricação de brinquedos e móveis, como mesas e cadeiras.

Na programação, haverá palestra sobre educação ambiental para cerca de 200 alunos, bem como uma explanação detalhada sobre o projeto e apresentação artística de professores e alunos da escola sobre o tema preservação ambiental.

Nesta primeira fase da campanha, o Instituto Vida Cidadã instalará coletores em 20 escolas municipais de Fortaleza. As dez primeiras escolas vão permanecer com os coletores por 40 dias. Em seguida, as caixas seguem para outras unidades educacionais. Durante o período em que os coletores permanecerem nas escolas, serão realizadas palestras sobre preservação ambiental e reciclagem. O material será recolhido e enviado a uma empresa especializada em trituração das embalagens e confecção das placas em São Paulo. A ideia é fabricar cadeiras usadas para pesagem de bebês que serão doadas à Pastoral da Criança.

Papel social

Segundo o presidente do IVC, Tadeu Oliveira, o projeto assume papel relevante para a preservação do meio ambiente. “O tubo de pasta de dente é composto por 75% de plástico que, de acordo com o Ministério da Saúde, demora mais de 400 anos para se decompor, e 25% de alumínio, que se decompõem em cerca de 200 anos. Esses dois produtos podem causar um grande problema ambiental quando descartado de forma irresponsável. Por isso, a Campanha é tão importante, pois visa conscientizar, sobretudo, os jovens sobre o descarte consciente dos resíduos”, destacou.

SERVIÇO

*Escola Dois de Dezembro – Rua Araquém. Nº 860 – Bairro Barra do Ceará.

*Mais Informações – 996747316.

Prefeitura de Fortaleza e UFC fecham acordos de cooperação em vários setores

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), e o reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Henry de Holanda Campos, estão mais parceiros do que nunca. Os dois acabam de assinar  um acordo de cooperação técnico-científica entre a UFC e Prefeitura que será operacionalizado na rede municipal de saúde.

O acordo vai permitir que profissionais do município acompanhem programas, projetos e ações da UFC e vice-versa, fortalecendo a rede de saúde de Fortaleza e do Sistema Único de Saúde (SUS), informa a assessoria de imprensa do Paço Municipal. 

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Joana Maciel, a partir da assinatura do acordo, os profissionais já poderão atuar na cooperação. “Vamos iniciar a cooperação e, neste momento, os profissionais do nível central da SMS irão atuar mais o Hospital Universitário e a Maternidade Escola. Queremos abrir, em breve, para profissionais de outras áreas para que a gente possa fortalecer essa parceria ainda mais”, adiantou Joana Maciel. 

“Ficamos muito animados em ver como a cidade está sendo transformada. São atitudes criativas em benefício da comunidade. Esse ato mostra a vontade política para levar mais saúde a todos e nós temos que colocar todos os recursos da universidade à disposição da população, por meio das ações da Prefeitura que tem, neste momento, um gestor que orgulha a todos nós”, afirmou o reitor Henry Campos. 

O prefeito Roberto Cláudio aproveitou a ocasião para celebrar outras parcerias com a UFC, acompanhado dos secretários de Planejamento e Gestão, Philipe Nottingham; de Conservação e Serviços Públicos, João Pupo; Educação, Dalila Saldanha; Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz; Infraestrutura, Manuela Nogueira; e Juventude, Julio Brizzi.

“Os secretários municipais estão aqui para discutir projetos que já estão em andamento ou que queremos iniciar. Como o Corredor Cultural do Benfica, o Parque Rachel de Queiroz, um novo Cuca no Bairro Pici, entre outros convênios”, adiantou Roberto Cláudio.

(Foto – Divulgação)

Assembleia Legislativa debaterá a revitalização das praias do litoral cearense

Litoral de Icapuí.

Por iniciativa do deputado Carlos Matos (PSDB), a Assembleia Legislativa realizará nesta terça-feira, às 14h30min, no Complexo das Comissões, uma audiência pública para discitur a revitalização das praias do litoral cearense.

Problemas enfrentados em 2016, decorrentes da ressaca do mar, afetando os moradores de áreas litorâneas em Icapuí, Morro Branco (Beberibe) e Arpoeiras (Acaraú), já apontam processos de erosão críticos. As informações são de pesquisadores da Rede Braspor, que reúne especialistas de 22 instituições brasileiras e internacionais.

Segundo o gurpo, 40% das praias do litoral cearense estão comprometidas, em especial atenção para locais como Icapuí, Morro Branco, Prainha do Canto Verde, Cascavel, Águas Belas, Itarema, Caponga, além do Batoque, Balbino e Icaraí. Especialistas afirmam que se não houver um planejamento adequado, os 60% restantes sofrerão as mesmas dificuldades e impactos ambientais severos.

Dessa forma, propõe-se uma discussão integrada dos impactos provocados pelo homem no litoral, a importância da gestão costeira participativa e as ações governamentais, individuais e coletivas de proteção e adaptação dos litorais ante as mudanças climáticas.

(Foto – Arquivo)