Blog do Eliomar

Últimos posts

Gestão das águas nas regiões Norte e Nordeste é tema de audiência pública

A obra da Transposição do São Francisco, considerada lenta, entre pontos do debate.

A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) tem audiência pública na quarta-feira (29). Na pauta, a segurança hídrica e a gestão das águas nas regiões Norte e Nordeste. O requerimento é dos senadores Fátima Bezerra (PT-RN), Lídice da Mata (PSB-BA) e Humberto Costa (PT-PE).

Foram convidados para o debate o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e os dirigentes da Agência Nacional de Águas, do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos e da Companhia Hidroelétrica do São Francisco.

Também devem participar da audiência pública representantes da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba; do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais; do Instituto de Estudos Avançados; do Instituto de Mudanças Climáticas; do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos; do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco; da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental; e das universidades do Acre, da Bahia, de Brasília e de São Paulo.

(Agência Senado)

Uso de aplicativos faz setor de transporte público de Fortaleza reduzir demanda em 12%

239 1

A demanda por transporte público coletivo recuou 12% em Fortaleza, de janeiro a outubro de 2017, ante igual período do ano passado. Como causas da queda estão resquícios da crise econômica, como o desemprego, que leva menos pessoas a circular com frequência na Cidade, e a reprogramação de rotina do fortalezense para resolver problemas na rua em um único dia, para poupar dinheiro. Além do aumento no volume de licenciamentos de motocicletas no Estado, como um todo, e o surgimento de alternativas de transporte com preços competitivos, como o aplicativo Uber.

Foi o que informou ontem ao O POVO o gerente de planejamento do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), Sá Júnior. O que ele diz é confirmado por pesquisa realizada pelo Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), indicando que o Uber é a segunda opção mais procurada depois dos ônibus, conforme adiantou ontem a coluna Vertical S/A. O estudo foi realizado com 1.190 entrevistados, em fevereiro deste ano, e não havia sido divulgado por se tratar de publicação interna.

O levantamento revela que 31% do total de usuários de coletivos públicos afirmam utilizar somente ônibus. Em seguida vem Uber – modal declarado como o segundo mais habitualmente utilizado por 26% dos entrevistados.

“Função social”

Sá Júnior admite que aplicativos como Uber e 99POP têm “grande potencial de concorrência”, que se estabelecida de forma “justa é sempre saudável”, especialmente para o consumidor. “Não tememos a concorrência. O que reivindicamos é um tratamento especial para o transporte público, porque ele cumpre uma função social muito importante de absorver benefícios que se dão do poder público à população”, diz, enumerando a gratuidade no serviço para idosos e a tarifa social aos domingos em alguns feriados.

Ele lembra que o setor conta com redução tributária do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), mas ainda arca com muitos custos de manutenção e de combustível (diesel) para que os ônibus realizem os trajetos de cada dia com qualidade. O que acaba onerando o preço das passagens, cujo reajuste está previsto para ser anunciado pela Prefeitura de Fortaleza em janeiro de 2018.

“O que mais traria impacto (positivo para o setor) seria a realização de estudos para identificar as principais vias onde possam ser ampliados corredores e faixas exclusivas para ônibus. Há 20 anos, a gente dimensionava que uma linha fizesse trajeto com 20 a 25 km/h. Hoje, dimensionamos uma linha com 15 km/h, no máximo”.

(O POVO – Lígia Costa)

Após 49 anos, nordestina poderá ganhar o Miss Universo para o Brasil

A piauiense Monalysa Alcântara, 18, disputa na noite deste domingo (26), em Las Vegas, nos Estados Unidos, o título de Miss Universo. A última vez que o Brasil conquistou a coroa foi há 49 anos, com a baiana Martha Vasconcellos.

A estudante de Administração ganhou pela primeira vez o título de Miss Brasil para o Piauí, em agosto último.

O evento será transmitido pelas emissoras TNT e TBS, a partir das 22 horas (horário de Brasília), além da Band em canal aberto.

(Foto: Divulgação)

Tasso reúne 10 prefeitos do Maciço do Baturité. Na lista, três do PDT

Dez prefeitos do Maciço de Baturité se reuniram neste fim de semana, no gabinete do senador Tasso Jereissati (PSDB), em Fortaleza, para a discussão de um novo Plano de Desenvolvimento Estratégico para a região.

Entre os prefeitos, três pedetistas: Assis Arruda (Baturité), Roberlândia Castelo Branco (Guaramiranga) e Amanda Lopes (Caridade). Os outros foram Franklin Verissimo (PSD – Acarape), Inês de Oliveira (PSDB – Capistrano), Dário Coelho (PMDB – Itapiúna), Davi Campos (PROS – Palmácia), Marcelo Fradique (PR – Guaiúba), Robert Viana (PMN – Mulungu) e Kiko Sampaio (PV – Pacoti). O presidente regional do PSDB, Francini Guedes, e o deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB) acompanharam a reunião, além de vereadores, lideranças e representantes da Associação dos Municípios do Maciço do Baturité.

Tasso destacou que o novo Plano Estratégico seja desenvolvido com a participação de técnicos das mais diversas áreas. O atual Plano de Desenvolvimento do Maciço do Baturité foi implementado durante as duas últimas gestões de Jereissati à frente do Governo do Estado, no período de 1995 a 2002.

Para o presidente da Associação dos Municípios do Maciço do Baturité (AMAB), Kiko Sampaio, “a reunião foi de extrema importância para todos nós. Temos a certeza que com a experiência e o apoio do senador Tasso iremos potencializar o nosso novo Plano de Desenvolvimento, com a definição das prioridades para nossa região”.

O novo plano traz temas como segurança pública, atração de novos investimentos e políticas de desenvolvimento sustentável.

(Foto – Divulgação)

Sertão Central ganhará Areninha e sistema de abastecimento de água

226 1

Mais uma Areninha será implantada no Ceará. O município de Quixadá, no Sertão Central, foi contemplado com o projeto do Governo do Ceará, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS). Nesse sábado (25), o governador Camilo Santana foi representado pelo secretário Nelson Martins, chefe da Casa Civil, na solenidade de assinatura da ordem de serviço.

Para a conclusão da Areninha serão necessários quatro meses de obras, com recursos da ordem de R$ 1.544.643,86 investidos em sua construção, sendo 80% do Estado e 20% oriundos do município. O equipamento esportivo contará com gramado sintético, banco de reserva, alambrados, redes de proteção, vestiários, depósitos para materiais esportivos, iluminação, rampa de acesso para cadeirantes, paisagismo e pavimentação.

Segundo o secretário Nelson Martins, a obra faz parte de um conjunto de 40 Areninhas que o governador licitou e que já se encontra em ordem de serviço. “É uma forma de incentivar o esporte, como uma das formas de combater a violência e a insegurança”, atentou.

Presente à solenidade, o secretário do Esporte, Euler Barbosa, pontuou a política de disseminação do esporte do Governo do Ceará, tomando Quixadá como exemplo. “Estamos aqui, fazendo a ordem de serviço da quinta Areninha. É significativo, porque temos outras obras acontecendo aqui em Quixadá, como quadras esportivas, um campo de futebol vinculado à Policia Militar e a gente vai procurar fortalecer a questão do esporte, principalmente através dessas parcerias com as prefeituras”, defendeu.

Em seu discurso, o prefeito Ilário Marques falou sobre a parceria entre o Estado e os municípios. “Estamos em uma política de promoção em larga escala do esporte mais popular do país. As cidades do interior passam a ter acesso àquilo que já havia sido implantado na capital, que são essas Areninhas”, disse.

A representante do secretário Josbertini Clementino, da STDS, Fátima Lourenço, coordenadora estadual do Programa de Apoio às Reformas Sociais (Proares III), falou sobre a importância de um equipamento como a Areninha para a cidade. “Esse centro de esporte traz um benefício imediato, porque, além do esporte, ele pode ser usado para congregar outros segmentos e atividades da comunidade”, disse.

Nelson Martins também assinou uma ordem de serviço do sistema de abastecimento de água em Quixeramobim, na localidade de Aroeira, e visitou a localidade de Barrocas / Onça, onde está sendo implantado o sistema que beneficia 245 famílias. O sistema, que está com 40% das obras executadas, a partir de investimento de R$ 1.673.118,22.

(Governo do Ceará)

Após o acesso, Ceará quer garantir patrocinadores

213 2

Com o acesso garantido à Série A do Brasileirão do próximo ano, o Ceará agora espera assegurar patrocínios para um ano repleto de competições. Logo após a vitória do Vozão sobre o ABC, nesse sábado (25), no Castelão, por 1 a 0, o deputado federal e advogado Danilo Forte (PSB) disse que esta semana estará ao lado do presidente alvinegro Robinson de Castro, em Brasília, na luta para seguir na parceria com a Caixa Econômica Federal e até mesmo novos patrocinadores.

No início do ano, o parlamentar atuou na aproximação do Ceará Sporting com a Caixa. O encontro acabou rendendo um contrato de patrocínio para este ano. Em reconhecimento, o clube cearense rendeu homenagem ao deputado federal.

(Foto: Divulgação)

Joesley Batista depõe em duas CPIs na terça-feira

O empresário Joesley Batista, dono da empresa J&F, foi convocado para depor em duas comissões parlamentares de inquérito na terça-feira (28), às 9h. Preso desde setembro por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), Joesley Batista deve falar a senadores e deputados da CPI do BNDES e da CPMI da JBS.

Joesley, e o irmão Wesley, também preso, teriam mentido e omitido informações no acordo de delação premiada firmado com a Procuradoria-Geral da República. O ministro do STF Luiz Edson Fachin suspendeu os benefícios do acordo.

Em ofício encaminhado à CPI da JBS, na semana passada, os advogados de Joesley Batista adiantaram que ele deve permanecer calado durante a reunião. Os defensores do empresário lembram que outras três pessoas convocadas para depor à comissão já ficaram em silêncio: Wesley Batista; o advogado Francisco de Assis e Silva e o ex-executivo da J&F Ricardo Saud.

“O exercício do direito ao silêncio é a clara posição a ser tomada diante da atual situação jurídica dos acordos de colaboração premiada. A decisão de manter a oitiva do ora requerente poderá acarretar elevados e desnecessários gastos públicos pela quarta vez”, argumentaram os advogados de Joesley Batista.

(Agência Brasil)

Luciano Huck decide não disputar a presidência da República

Luciano Huck decidiu não disputar a Presidência da República em 2018. A informação é do colunista Lauro Jardim, do jornal “O Globo”, neste domingo (26). O apresentador do “Caldeirão do Huck” havia recebido um ultimato da TV Globo e teria que deixar a emissora mês que vem caso quisesse ser candidato. O anúncio oficial será feito pelo marido de Angélica nesta segunda, durante entrevista em São Paulo. Nesta semana, uma pesquisa divulgada pelo jornal “O Estado de S.Paulo” informou que sua aprovação chegou a 60%.

Ainda de acordo com o colunista, o apresentador, que nunca confirmou sua intenção de tentar substituir Michel Temer, continuará envolvido com os movimentos suprapartidários Agora! e Renova BR. E sua decisão de não se candidatar foi tomada na última quinta-feira, quando a pesquisa do “Estado” foi divulgada. Em maio passado, Huck já havia dito que não tinha interesse em ser presidente da República, porém manifestou sua vontade de fazer algo pelo País. “N ão vou deixar de me envolver e de me dedicar à transformação do País. Acredito que, de onde estou, posso fazer muito e contribuir muito mais”, escreveu em artigo o apresentador.

 

Atleta do Ironman Brasil desaparece no litoral de Fortaleza

Um atleta de alta performance que participa do Ironman Brasil, em Fortaleza, está desaparecido nas águas do mar da Praia de Iracema, próximo ao Marina Park Hotel. A assessoria do evento confirmou o desaparecimento de Genilson Lima, de numeração 919. Uma fonte ouvida pelo O POVO, que participa das buscas pelo atleta, informou que os botes saíram de seus pontos às 7h50min à procura do homem. Um intervalo aconteceu por volta das 10h30min e as buscas recomeçaram, mas dessa vez com um raio de inspeção maior.

De acordo com informações do relações públicas e comandante de operações da Ciopaer, Marcus Costa, uma aeronave foi acionada ao local por volta das 8h30min deste domingo, 26, depois que a ausência do atleta foi percebida pelos organizadores do evento.

“A prova de natação tinha acabado e se percebeu que o chip da bicicleta do atleta não tinha disparado. O que dá a entender que ele não saiu do mar. A equipe realizou buscas no local e sobrevoou a região por volta de uma hora, mas ninguém foi encontrado até o momento”, contou. As informações foram repassadas ao comandante por bombeiros que participam das buscas. Equipes do Corpo de Bombeiros, Marinha e Guarda Municipal também estão na operação.

A natação foi a primeira prova do dia, que teve o Marina Park Hotel como base para largada e saída. Na sequência, os competidores partiram para o ciclismo pela CE-085. Foi justamente o momento em que se percebeu a ausência do atleta.

Conforme a porta voz do Corpo de Bombeiros, capitã Juliany Freire, as buscas estão sendo feitas por mergulhadores. Até o momento, não houve nenhuma localização do atleta no mar. “No momento que a prova começou, tínhamos 51 guarda-vidas fazendo a prevenção. Após o incidente, como não era possível uma visualização da superfície, os mergulhadores foram acionados”, explicou. A capitã também tenta contato com os responsáveis pela operação, mas não há sinal telefônico pela localização da embarcação.

Segundo o tenente-coronel Holtayne Pereira, do Serviço de Salvamento Marítimo do Corpo de Bombeiros, cinco mergulhadores e quatro guarda-vidas formam as três equipes que estão em busca do atleta. A profundidade no perímetro da prova, conforme ele, é de no máximo sete metros, o que facilita as buscas. “Estamos trabalhando com várias hipóteses, inclusive de ele poder ter saído no meio da prova, mais para a Leste-Oeste, e ainda não ter voltado. Estamos tentando cercar”, afirmou. O oficial destacou que a segurança da prova estava bem dimensionada e que nunca ocorreu nenhum acidente grave em competições no mar.

Cerca de mil triatletas estavam inscritos na competição que envolve 1,9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21,1 km de corrida.

(O POVO Online)

Ódio, intolerância e descrença

Em artigo no O POVO deste domingo (26), o psicanalista Valton de Miranda Leitão avalia que o o vertiginoso avanço do “mercado livre”, que privilegia uma minoria em detrimento da grande maioria, está retirando direitos debaixo da capa do formalismo jurídico. Confira:

O mundo vive o avanço de uma onda conservadora, cujo Seismo (o deus marinho dos terremotos e maremotos) é o ódio alimentado por toda sorte de preconceitos que a brutal ignorância se encarrega de acolher, criando álibis para a destrutividade.

A história registra as mais diversas manifestações da crueldade humana, tanto nas inúmeras guerras, cuja carnificina mostra toda a dimensão da periculosidade do homem, enquanto, por outro lado, tenta conter seus impulsos bestiais, punindo o crime com castigos mais horripilantes. Atirar um condenado ao mar dentro de saco cheio de serpentes, triturá-lo numa roda de esquartejamento, desmembrá-lo com cavalos disparados para várias direções tendo pés e mãos amarrados, enforcamentos, cadeira elétrica, morte química e outras “bondades” da natureza humana. Durante o século XIX, a luta contra a pena de morte não era simplesmente pela ineficácia da medida, mas pelo ódio que a prática cultivava.

O sistema educacional mundial usou durante séculos o açoite com chicote e palmatória para estruturar o caráter dos futuros cidadãos, alimentando com igual intensidade a violência que estourava nas guerras. Foi somente no início do século XX que a maioria dos Estados civilizados conseguiu abolir a pena de morte e o açoite sob os protestos de partidos nazifascistas e religiosos apegados à Lei do Taleão, do Velho Testamento. A Bíblia está cheia de passagens, nas quais a correção do mau comportamento admite o castigo corporal, embora enfatizando o amor como suprema virtude.

O mundo está dividido politicamente entre os que acreditam na força comunitária do bem público e os que afirmam a primazia do privado capaz de engendrar transformações benéficas para o conjunto da população. Essa última ideia foi tematizada por Adam Smith, no século XVIII, com a noção de uma mão invisível que distribuiria os lucros dos muito ricos com o povo e, naturalmente por ineficaz, o conceito se tornou letra morta. Os socialistas, ao contrário, sempre apostaram no igualitarismo e no Estado distributivista que floresceu após a Segunda Guerra Mundial e agora entra em colapso. Essa queda está acontecendo atualmente no mundo e no Brasil com o vertiginoso avanço do “mercado livre”, que privilegia uma minoria em detrimento da grande maioria de seres humanos, cujos direitos duramente conquistados estão sendo usurpados e retirados debaixo da capa do formalismo jurídico.

O ecocídio que atinge a natureza planetária equipara-se ao genocídio desse holocausto que a matrix-mídia esconde com sua capacidade invencível para a mentira. O relativismo ético incorporado ao discurso político usa Deus como avalista do Estado de Exceção. A descrença em todas as instituições corrompidas desmobiliza a população, enquanto o fascismo ataca o centro produtor do saber, a Universidade.

O absurdo da atual situação brasileira é que nasceu gigantesca insegurança jurídica com a desmoralização do Poder Judiciário, alimentando a descrença na mudança em benefício do povo.

Fiec – Camilo participa de seminário sobre incentivos fiscais com empresas cearenses

O governador Camilo Santana participa nesta segunda-feira (27), a partir das 18h30min, na Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), de seminário para discutir incentivos fiscais com empresas cearenses. O evento é uma promoção da Fiec, da Federação de Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Ceará (Fecomércio) e do Governo do Ceará.

Diante da atual política econômica, o poder público abre mão de uma parte dos recursos que receberia com o Imposto de Renda das empresas, para fomentar a execução de iniciativas sociais, culturais, educacionais, de saúde e esportivas. A destinação é feita pela própria empresa, que pode escolher os projetos e causas que desejar investir e potencializar.

Com o seminário, o Governo do Ceará pretende estimular o investimento em projetos localizados em território cearense, uma vez que muitas deduções de IR são destinadas a projetos em outros Estados. A ação é liderada pelo Conselho Temático de Responsabilidade Social da FIEC (CORES), que na ocasião lançará a cartilha “Incentivos Fiscais – Agregue valor à sua empesa e contribua com o desenvolvimento social”, formulada em parceria com a Fundação Beto Studart.

O evento é destinado exclusivamente a empresas com tributação do Imposto de Renda no Lucro Real e para empresas com ICMS tributado sem Substituição Tributária. Em pauta, estarão o Ato Normativo CEDIN 01/2016 que obriga as empresas com Fundo de Desenvolvimento Industrial (FDI) a aplicarem recursos em projetos no território do Estado do Ceará que sejam contemplados pelas leis de incentivo, sob pena de revogação do benefício concedido pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Industrial – Cedin.

Nesse quadro estão a Lei Rouanet, Lei do Esporte, Lei da Criança e do Adolescente, Lei do Idoso, Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS/PCD) e Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON). Também será discutida a Lei Estadual de Incentivo à Cultura, Lei do Mecenato, que permite a dedução de 2% do ICMS das empresas investidoras.

(Governo do Ceará)

“Os Parças” cumpre o que promete: fazer rir. E rir demais

Da Coluna Bric à Brac, no O POVO deste domingo (26), pela jornalista Inês Aparecida:

Sem a menor intenção de me intrometer na seara alheia, ou melhor, no campo dos que se dedicam , porque sabem, a fazer crítica cinematográfica, vou dar minhas impressões sobre Os Parças, o mais recente trabalho assinado por Halder Gomes. Fui na pré-estreia – nacionalmente será lançado quinta-feira (30) – e o filme, para mim, cumpriu o que promete: fazer rir. E ri demais. Tirulipa, Bruno de Lucca, Tom Cavalcante e Whinderson Nunes formaram um time bem entrosado, ligado pelo fio do humor escrachado.

Politicamente correto? Podem questionar alguns. O talento de Tom já se conhecia, mas surpreende o trabalho dele e de Tirulipa e Nunes (acho horrível escrever o primeiro nome dele) na telona. Taumaturgo Ferreira como um “mafioso” da rua 25 de Março paulista está ótimo. No elenco, também, Paloma Bernardi, Bruno de Lucca e André Bankoff. Participações de Wesley Safadão, Carlos Alberto da Nóbrega e Bolachinha. Os Parças é um momento refrescante para nossas mentes que andam pesadas de… vocês sabem, digo mais não.

(Foto: Divulgação)

Campanha salarial – Apeoc realiza encontros em 36 municípios a partir desta segunda-feira

O Sindicato Apeoc promoverá em todo o Ceará a assembleia geral com a categoria para discutir as pautas de luta da campanha salarial de 2018. Ao todo serão 36 encontros de discussão e mobilização com os profissionais de Educação do Estado, com início nesta segunda-feira (27) e segue até o dia 4 de dezembro.

A partir das 10h30min, segundo o presidente da Apeoc, Anízio Melo, os encontros acontecerão em Itapipoca, Baturité, e Boa Viagem. No período da tarde, a partir das 16h30min, a assembleia estará em Acaraú, Pacatuba e Quixadá.

Os eixos da Campanha Salarial 2018 abrangem reivindicações e melhorias na remuneração e carreira, valorização dos profissionais da Educação, financiamento público para o setor tanto em nível estadual quanto federal, e a revitalização do ISSEC.

Violência transmissível

Editorial do O POVO deste domingo (26) aponta que quatro em cada 10 mulheres criadas em lares violentos sofrem o mesmo tipo de agressão na vida adulta. Confira:

Experimenta-se um abalo a cada vez que estudos revelam algum aspecto da inaceitável violência que desaba sobre as mulheres nos mais diversos espaços da vida pública ou privada. Não é diferente com o estudo realizado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), em parceria com o Instituto Maria da Penha e o Institute for Advanced Study in Toulouse, que, com a Pesquisa de Condições Socioeconômicas e Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, mostrou que esses atos violentos repetem-se por gerações.

Segundo a pesquisa, quatro em cada 10 mulheres criadas em lares violentos relataram sofrer o mesmo tipo de violência na vida adulta. Ou seja, observou-se um padrão repetitivo, chamado pelos pesquisadores de transmissão intergeracional de violência doméstica. O mesmo índice impacta o comportamento masculino, revelando que homens criados em lares violentos também cometem agressões contra suas parceiras.

Para o professor José Raimundo Carvalho, coordenador da pesquisa, o estudo é um trabalho inédito, pois, pela primeira vez na América Latina, teria sido comprovada a repetição do comportamento violento entre as gerações. “Se nós conseguirmos diminuir a violência hoje, vamos não só melhorar a vida das mulheres que estão vivendo agora, como também das pessoas que viverão daqui a 15, 20 anos”, observa ele.

Outro dado aterrador da pesquisa: 6,2% das mulheres entrevistadas, que estiveram grávidas, sofreram violência durante o período de gestação. Natal, Salvador, Recife e Fortaleza apresentam taxas maiores que a média das cidades pesquisadas.

O problema maior para se combater esse tipo de violência é que, em boa parte das vezes, as agressões acabam sendo abafadas dentro do próprio lar, pois as mulheres, por temor físico ou medo de se ver ao desamparo, quando o homem é o único provedor da casa, acabam por não denunciar o crime cometido contra elas.

No entanto, há de se pensar como a farmacêutica Maria da Penha, fundadora do instituto que leva o seu nome: essa não é uma questão que diz respeito somente às mulheres e sua famílias, mas é uma situação a ser debatida amplamente por toda a sociedade. A pesquisa é um ótimo instrumento para analisar e tornar o problema conhecido, mas, depois disso, é preciso também ações concretas, que possam transformar essa realidade.

Direitos Humanos – Bombardeios nos arredores de Damasco matam 19 civis

Pelo menos 19 civis morreram neste domingo (26) em bombardeios e lançamento de mísseis das forças do governo da Síria na região de Ghouta Oriental, reduto de oposição na periferia de Damasco, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os bombardeios causaram 13 mortes e deixaram vários feridos na cidade de Misraba e mataram outras quatro pessoas em Harasta e Midira, segundo a ONG.

Na cidade de Duma, duas mortes foram confirmadas e dez pessoas ficaram feridas após o lançamento de mísseis por parte das forças governamentais, ainda de acordo com o Observatório.

Ghouta Oriental é uma das chamadas “zonas de distensão” incluídas em um acordo de trégua promovido pela Rússia, Turquia e Irã, mas nas últimas semanas viveu uma escalada da violência, com ataques quase contínuos por parte das forças governamentais.

(Agência Brasil)

João Soares faz homenagem ao professor Erasmo Pitombeira

Em sessão aos 18 anos do Shopping Benfica, quinta-feira última, na Câmara Municipal de Fortaleza, o empresário e escritor João Soares Neto abriu espaço na solenidade festiva.

Ele homenageou a memória do professor da UFC e engenheiro civil Erasmo Pitombeira, que morreu nessa quinta-feira (23), que era festiva para esse polo de compras.