Blog do Eliomar

Últimos posts

PIS/Pasep – Resgate começa nesta terça-feira para trabalhadores de todas as idades

A partir desta terça-feira (14), trabalhadores de todas as idades que tiverem direito a cotas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) poderão sacar seus recursos. O prazo ficará aberto até 28 de setembro.

Para saber o saldo e se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar os sites do PIS e do Pasep. Para os cotistas do PIS, também é possível consultar a Caixa Econômica Federal no telefone 0800-726-0207 ou nos caixas eletrônicos da instituição, desde que o interessado tenha o Cartão Cidadão. No caso do Pasep, a consulta é feita ao Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 ou 0800-729-0001.

Têm direito ao saque as pessoas que trabalharam com carteira assinada antes da Constituição de 1988. As cotas são os recursos anuais depositados nas contas de trabalhadores criadas entre 1971, ano da criação do PIS/Pasep, e 1988.

Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição, promulgada naquele ano, passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Até 2017, o saque das cotas era permitido quando o trabalhador completasse 70 anos, em caso de aposentadoria e em outras situações específicas. Desde o ano passado, o governo federal flexibilizou o acesso e até setembro pessoas de todas as idades podem retirar o dinheiro.

Em julho, o pagamento foi suspenso para o cálculo do rendimento do exercício 2017-2018. Na primeira etapa do cronograma, encerrada no dia 29 de junho, 1,1 milhão de trabalhadores fizeram o saque, retirando uma soma de R$ 1,5 bilhão.

Desde o dia 8 de agosto, o crédito para correntistas da Caixa e do Banco do Brasil está sendo feito automaticamente. A partir de amanhã, todas as pessoas poderão sacar os recursos corrigidos. A partir de 29 de setembro, só será possível receber as quantias dos dois fundos nos casos previstos na Lei 13.677/2018.

(Agência Brasil)

Fernando Haddad diz que espera estar junto com Ciro no segundo turno

627 4

O candidato a vice-presidente pelo PT, Fernando Haddad, afirmou que espera estar junto com Ciro Gomes, candidato a presidente da República pelo PDT, no segundo turno. Foi o que ele disse nesta segunda-feira durante entrevista concedida ao programa O POVO no Rádio, apresentado pelo jornalista Luiz Viana.

Haddad, que pode virar o candidato ao Planalto caso Lula não tenha registro acatado pela Justiça Eleitoral, elogiou Ciro, definindo-se como “amigo”, lembrando que com ele foi ministro do Governo Lula: Haddad na pasta da Educação e Ciro como titular da Integração Nacional.

“Ciro é um grande amigo e tenho certeza que vamos estar juntos  no segundo turno”, disse Haddad.

Bom lembrar que essa dupla sempre foi cogitada por Camilo Santana (PT). Em várias entrevistAs, o governador defendeu a candidatura de Ciro para presidente tendo Haddad como candidato a vice.

DETALHE – Luiz Viana abriu a entrevista lendo carta que Lula lhe mandou direto da carceragem do Paraná. Nela, diz que, quando for oficializado candidato, quer lhe dar nova entrevista.

Mercado financeiro eleva previsão da inflação para 4,15%

Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) aumentaram a projeção para a inflação este ano. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu de 4,11% para 4,15%, neste ano. A informação consta da pesquisa Focus, publicação elaborada semanalmente pelo BC, com projeções de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos. Para as instituições, o IPCA em 2019 deve ficar em 4,10%. Para 2020 e 2021, a estimativa é 4%.

Para 2018 e 2019, essas estimativas estão abaixo da meta que deve ser perseguida pelo BC. Neste ano, o centro da meta é 4,5%, com limite inferior de 3% e superior de 6%. Para 2019, a previsão é 4,25%, com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%. Para 2020, a meta é 4% e 2021, 3,75%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para os dois anos (2,5% a 5,5% e 2,25% a 5,25%, respectivamente).

Para alcançar a meta de inflação, o BC usa como instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 6,5% ao ano.

De acordo com as instituições financeiras, a Selic deve permanecer em 6,5% ao ano até o final de 2018. Para 2019, a expectativa é de aumento da taxa básica, terminando o período em 8% ao ano. Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Quando o Copom diminui os juros básicos, a tendência é de que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação. A manutenção da Selic, como prevê o mercado financeiro neste ano, indica que o Copom considera as alterações anteriores suficientes para chegar à meta de inflação.

Atividade econômica

A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi ajustada de 1,50% para 1,49%, neste ano. Para 2019, 2020 e 2021, a estimativa para o crescimento do PIB foi mantida em 2,5%.

A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar permanece em R$ 3,70 no final deste ano e no fim de 2019.

(Agencia Brasil)

Congresso terá nova semana sem trabalho

Ainda sem pauta definida para o próximo período de “esforço concentrado” no Congresso Nacional, marcado para dias 28 e 29 de agosto, deputados e senadores, até lá, devem deixar mais uma vez corredores e plenário da Casa vazios, como é comum em ano eleitoral.

Em meio a articulações de campanha eleitoral nos estados, é consenso entre os parlamentares que este não é o momento de debater temas polêmicos que possam ter reflexo no resultado das urnas em outubro. Prova disso foi o balanço da primeira semana de “esforço”, nos dias 7 e 8 de agosto. No primeiro dia, foram aprovados alguns projetos, mas no segundo, não houve quórum para votações.

No Senado, foram aprovados o substitutivo da Câmara 2/2018 ao Projeto de Lei do Senado (PLS) 618/2015, que tipifica os crimes de importunação sexual e de divulgação de cena de estupro, e o PLS 186/2018, que proíbe as companhias aéreas de cobrar valor adicional para marcação de assentos em voos operados no país. Também foi aprovado o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 112/2014, que assegura o atendimento, no âmbito do Sistema Único de Saúde, a famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade ou risco social sem a necessidade de comprovação de residência.

Para o fim de agosto, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), não quis adiantar a pauta. “Vamos fazer pauta intensa para o próximo esforço concentrado. Não sei quais projetos iremos pautar. No meu estilo de buscar harmonia, dividir o poder e não ser o dono do poder, vou conversar com os líderes. Acho, inclusive, que esses esforços concentrados democratizam mais ainda, porque partem dos líderes, e dos senadores que não são líderes, os pedidos para que matérias entrem na pauta”, destacou.

Na Câmara, a produtividade foi bem menor. No primeiro dia, o plenário aprovou três medidas provisórias que faziam parte do acordo do governo federal para encerrar a paralisação dos caminhoneiros, ocorrida no fim de maio. Entre as propostas, foi aprovada a que isenta os eixos suspensos (vazios) de caminhão da cobrança de pedágio, que, em seguida, foi aprovada pelos senadores.

Na área da educação, a Câmara votou proposta que estabelece diretrizes para valorização de profissionais da rede básica pública. Também foi aprovado o texto que obriga estabelecimentos de ensino a notificar representantes do Ministério Público, juízes de primeira instância e o Conselho Tutelar do respectivo município sobre os alunos que faltarem acima de 30% do permitido em lei. Hoje, a comunicação é feita somente quando as ausências ultrapassam 50%.

No segundo dia do “esforço concentrado” na Câmara, reuniões de comissões foram canceladas ou suspensas por falta de quórum. Uma das comissões iria analisar parecer sobre o projeto de lei que põe fim aos chamados “penduricalhos” na remuneração dos servidores. Já o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ) não foi ao Congresso. Ele ficou despachando na residência oficial.

(Agência Brasil)

Cinturão das Águas recebe R$ 14 milhões do governo federal

Entra na conta do governo estadual, nesta semana, um total de R$ 14 milhões. É dinheiro para acelerar em trechos do Cinturão das Águas, o projeto por onde a transposição chegará ao Ceará via Jati, na Região do Cariri.

O secretário dos Recursos Hídricos do Estado, Francisco Teixeira, acertou a libertação na última semana, quando foi recebido no Ministério da Integração Nacional.

São cinco etapas do projeto, dos quais a quarta etapa registra pouca celeridade.

(Foto – ALCE)

Temer quer facilitar renovação da CNH às vésperas da eleição

780 1

O governo vai editar, nos próximos dias, uma Medida Provisória que facilitará a renovação da carteira de habilitação. O texto, que está sendo fechado pelo ministro Alexandre Baldy (Cidades), determinará que a partir da expedição da CNH, motoristas façam apenas exames médicos a cada cinco anos, e não mais precisem passar pela burocracia para renovar o documento.

A informação é da Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta segunda-feira, tendo por objetivo melhorar a avaliação do governo de Michel Temer a menos de dois meses da eleição.

A proposta em estudo prega que a redução de exigências para renovação da CNH valha para todos os motoristas que tiverem até 55 anos. Após essa idade, a atualização do documento seria obrigatória a cada cinco anos, e a realização de exames a cada dois anos e meio.

(Foto – Agência Brasil)

Candidato a governador pelo PSOL apresenta nesta segunda-feira seu plano de governo

O candidato a governador pelo PSOL, Aílton Lopes, tendo ao lado a postulante a vice, Raquel Lima, vai divulgar, às 14 horas desta segunda-feira, na sede do partido, as propostas que compõe o projeto da Frente de Esquerda Socialista, formada pelo PSOL e pelo PCB, para o Ceará.

Com quase 200 páginas, segundo a assessoria de imprensa da legenda, o programa sintetiza as discussões promovidas através dos seminários “Do Chão das Lutas – Construindo Um Novo Ceará” realizados entre fevereiro e junho deste ano em todo o estado, rodas de conversa na capital e grupos de trabalho temáticos e setoriais.

O texto está dividido em dez eixos programáticos. São eles (1) economia, (2) gestão pública, (3) orçamento e transparência, (4) meio ambiente e ecossocialismo, além de (5) educação, (6) saúde, (7) esporte e juventude, (8) segurança pública e acesso à justiça, (9) cultura, arte e comunicação e (10) assistência social.

De acordo com a assessoria de imprensa do candidato, e será disponibilizado aos interessados em cópias virtuais e através do site.

(Foto – Divulgação)

Secretário de Defesa dos EUA visita o Brasil pela primeira vez

O secretário de Defesa dos Estados Unidos (EUA), James Mattis, 67 anos, está na América do Sul pela primeira vez. Nesta segunda-feira (13), ele deverá ter reuniões, em Brasília, com os ministros Joaquim Silva e Luna, da Defesa, e Aloysio Nunes Ferreira, das Relações Exteriores. Em discussão, alternativas para avançar na cooperação nas áreas técnica, científica, político-militar e indústria de defesa. Há ainda a expectativa de ele ir ao Rio de Janeiro para uma palestra na Escola Superior de Guerra.

As parcerias entre dois países, em tempos de paz, são para troca de conhecimento, treinamento de militares e aperfeiçoamento de técnicas e informações, segundo especialistas que acompanham o assunto.

Na visita ao Brasil, Mattis deverá participar de reuniões dos grupos de Diálogo Político-Militar e da Indústria de Defesa. O esforço é para ampliar os mecanismos de cooperação bilateral para elevar o comércio na área.

O Brasil e os Estados Unidos não mantêm acordos de aliança militar. Quando há esse tipo de acordo, os dois países negociam ações militares, com planejamento de exercícios de guerra defensivos e ofensivos.

Mercado

No momento, os norte-americanos negociam a compra de 300 aeronaves Embraer EMB-314, conhecidas como Super Tucano – um monomotor para treinamento avançado. Também há um comércio intenso de armas de fogo de pequeno porte.

A partir dos anos 2000, o Brasil e os Estados Unidos intensificaram o intercâmbio de experiências por meio de grupos de diálogo, que possibilitaram incrementar o comércio e o desenvolvimento de projetos comuns.

Perfil

General da reserva do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos, Mattis foi nomeado para a Defesa em 2016. Como militar da ativa, foi chefe do Comando Central das Forças Armadas, coordenando ações no Oriente Médio, na África e Ásia.

(Agência Brasil com EFE/Foto – Defesa.net.com)

Eunício Oliveira puxa a lista dos mais ricos na disputa por mandatos no Ceará

Da Coluna do Carlos Mazza, de Política, no O POVO desta segunda-feira:

Quase 10% dos candidatos que já se registraram na Justiça Eleitoral em busca de cargos eletivos no Ceará possuem patrimônio de mais de R$ 1 milhão. Até a tarde deste domingo, 24 das 245 candidaturas oficializadas no Estado já haviam declarado bens na casa dos milhões.

Entre elas, nove são políticos em busca de reeleição. Somados, espólios dos milionários chegam a R$ 191,5 milhões. A cifra é puxada sobretudo pelo senador Eunício Oliveira (MDB) – dono de empresas da área da segurança e de uma fazenda de 21 mil hectares – que declarou sozinho possuir R$ 89,2 milhões.

Como o registro de candidaturas segue ocorrendo até esta quarta-feira, a expectativa é que outros nomes bem abastados surjam entre os aspirantes a representantes dos cearenses. Segundo o IBGE, renda média de moradores do Estado é de R$ 824.

*Confira os candidatos que declararam bens superiores a R$ 1 milhão até agora no http://bit.ly/2MG8vj:

(Foto – Agência Senado)

Quais adversários Jair Bolsonaro teme nas eleições?

O candidato a presidente da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, tem lá suas inseguranças, o maior delas, enfrentar um candidato de centro no segundo turno.

Segundo informa a Veja Online, Bolsonaro tem dito que aposta na vitória contra Ciro Gomes ou Fernando Haddad, mas considera dificílimo bater Geraldo Alckmin e, caso tivesse chance de chegar lá, Henrique Meirelles.

Ele acha que até a esquerda apoiaria o tucano ou o emedebista – não há dúvida de que sim.

(Foto – Agência Brsil)

Santuário de Fátima realiza celebrações neste 13 de agosto

O Santuário de Fátima, em bairro homônimo de Fortaleza, realiza missas durante toda esta segunda-feira, 13. Os fiéis lotam o templo desde a primeira celebração, que ocorreu às 5 horas.

Ao longo deste dia, haverá missas às 9 horas, 10h30min, às 12 horas,  às 14 horas, às 15h30min,  às 17 horas, às 18h30min e às 20 horas, com os fiéis podendo pagar ou fazer suas promessas.

(Foto – Leitor do Blog)

Assembleia Legislativa só trabalhará dois dias na semana neste período de eleições. Quem paga a conta?

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta segunda-feira:

A partir desta semana, os senhores deputados estaduais vão poder dedicar maior tempo à campanha eleitoral. Pelo que ficou acertado entre a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa e o Colégio de Líderes, as sessões ali só ocorrerão em dois dias da semana: às terças e quartas-feiras. Ou seja, apreciação e votação de alguma matéria do interesse principalmente do Executivo, somente nesse período.

Ficou definido ainda que, no fim da primeira quinzena de setembro, haverá nova reunião para tratar sobre possível mudança ou não no expediente do trabalho.

Uma certeza: a redução dos dias de trabalho não resultará em redução salarial. Aliás, algum eleitor acreditaria nesse tipo de sacrifício por parte da classe política em nome do contribuinte?

(Foto – Arquivo)

Governo e Prefeitura de Fortaleza estudam redução de tributos

271 1

O governador Camilo Santana e o prefeito Roberto Cláudio em clima de solenidade.

Enquanto a economia nacional mostra sinais de baixa recuperação, a Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Estado estudam a elaboração de um plano de desenvolvimento a fim de alavancar a capacidade competitiva das empresas instaladas na Cidade, assim como atrair novas companhias. Entre as medidas estão desoneração de setores e desburocratização.

Os segmentos beneficiados serão turismo, entretenimento e base tecnológica, confecção e design de moda. “Engloba ações de incentivo fiscal e desburocratização dos negócios. Queremos fazer isso de maneira integrada com o Estado”, destacou Cláudio Ricardo Gomes, presidente da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova). Segundo ele, as ações se somam ao programa Fortaleza Competitiva – apresentado no ano passado pelo prefeito Roberto Cláudio (PDT) e que trata de incentivos e regulamentações, parcerias público-privadas (PPPs), desburocratização e mercado de trabalho.

A expectativa é de entrega em seis meses. “Estamos discutindo. A primeira ação é criar o plano. Vamos conceder um prazo razoável, com detalhamento das ações e sua execução. Um projeto dessa envergadura demanda uns seis meses”, estimou.

O escopo de desonerações e desburocratização é mais amplo. Assim definiu João Marcos Maia, titular da Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz). O projeto também irá atuar com a simplificação e as desobrigações fiscais, tributárias, ambientais e sanitárias. “Nesse primeiro momento, estamos realizando o debate das travas que impedem o desenvolvimento econômico de Fortaleza. Criaremos um ponto de convergência entre as áreas para as políticas e incentivos fiscais do Estado e do Município”, disse.

Perguntado sobre a arrecadação para 2018, João Marcos assegurou que ela se encontra “dentro do previsto”. “Vamos encerrar o ano sem muitas dificuldades. Estamos nos preparando para 2019 que ainda é uma incógnita”, avaliou.

Apesar de estados e municípios do País enxugarem gastos e manterem os orçamentos de maneira austera, a criação do plano integrado não gera prejuízo à economia cearense. É o que afirmou o economista Henrique Marinho, membro do Conselho Federal de Economia (Cofecon). “Trata-se de um atrativo para as empresas. Tributando menos ou priorizando a desburocratização, você ganha mais com a atração de novas empresas. Não significa que ele vai arrecadar menos. Quanto mais eliminar a questão da burocracia, por exemplo, menor será o custo para uma companhia se instalar, gerar renda e emprego”, explicou.

(O POVO – Repórter Átila Varela)

Morre em São paulo o jornalista Cláudio Abramo

Morreu em São Paulo, às 20h40min deste domingo (12), Claudio Abramo, um dos criadores da ONG Transparência Brasil. Ele tinha 72 anos, lutava há dois anos contra um câncer no intestino e estava internado no Hospital Samaritano, em São Paulo. A informação é do Potal G1.

Abramo era vice-presidente do Conselho Deliberativo da Transparência Brasil, que combate a corrupção. Ele também foi diretor-executivo da entidade por quase 15 anos (2001-2015).

Além de jornalista, ele era bacharel em matemática pela USP e mestre em filosofia da ciência pela Unicamp. Foi editor de economia do jornal “Folha de S.Paulo” e editor-executivo da “Gazeta Mercantil”.

Abramo era uma das principais referências no combate à corrupção e integridade das instituições públicas do país, tendo colaborado frequentemente como autor de artigos em publicações especializadas sobre corrupção e seu enfrentamento. O jornalista foi um dos principais articuladores da Lei de Acesso à Informação, aprovada em 2011.

Nos últimos anos, vinha se dedicando à ONG Dados.org, criada pelo jornalista, e que trabalhava com transparência e dados do setor público.

(Foto – Alice Vergueiro, Abraji)

Fórum de Regulação debaterá sobre PPPs e Concessões

“O Papel das Agências Reguladoras nas Delegações de Serviço Público e Parcerias Público-Privadas (PPPs)” e “Os Avanços das PPPs e Concessões no Estado do Piauí” são os temas das palestras que integram a 22ª edição do Fórum Regulação e Cidadania que ocorrerá no próximo dia 23, no período das 9 horas ao meio dia. O encontro, que acontecerá no auditório da Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce), será aberto pelo presidente do conselho diretor da Arce, Hélio Winston Leitão. Logo após, o conselheiro Jardson Cruz, presidente da Câmara Temática de Transporte Público, Concessões e Parcerias Público-Privadas da Agência Cearense, fará uma rápida explanação sobre a importância e o porquê da iniciativa.

Como palestrantes, foram convidados técnicos que dominam o assunto e que têm larga experiência para falar sobre os desafios da regulação: Romeu Felipe Bacellar, professor titular da Universidade Federal do Paraná e presidente da Associação de Direito Público do Mercosul; e Viviane Moura Bezerra, superintendente de Parcerias e Concessões do estado do Piauí. Como debatedor, atuará o professor Gustavo Brígido, doutor em Direito Constitucional da Universidade de Fortaleza (Unifor). Os interessados em participar do encontro podem confirmar presença no próprio local do evento ou pelo telefone da Ouvidoria, cujo número é (85) 3194-5684. Outra opção é por meio do endereço eletrônico: forum@arce.ce.gov.br.

O Fórum Regulação e Cidadania tem caráter permanente e nasceu (em março de 2012) com o propósito de reunir órgãos públicos, grupos formadores de opinião e representantes de entidades classistas, além de lideranças comunitárias, para que possam entender e conhecer melhor as atividades pertinentes a um ente regulador, dentro do novo modelo de agir do Estado, tornando-se, direta ou indiretamente, difusores das práticas regulatórias. Nesse contexto, o evento acaba tendo, também, a finalidade de incrementar as atividades de relacionamento com a sociedade, no tocante aos aspectos informativo e educativo, no que se refere às quatro áreas atendidas pela Arce: energia elétrica, saneamento básico, transporte intermunicipal e gás natural canalizado, além dos novos serviços que a Arce está se organizando para, muito em breve, receber e dar apoio técnico.

(Governo do Ceará / Arce)

“Petra” foi o grande vencedor do 28º Cine Ceará

O filme Petra foi o grande vencedor do 28º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema, que terminou na noite de sexta-feira, 11, no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza. A coprodução Espanha-França-Dinamarca ganhou o Troféu Mucuripe nas categorias de Melhor Longa-metragem, Melhor Direção para Jaime Rosales, Melhor Roteiro para Jaime Rosales, Michel Gaztambide e Clara Roquet, Melhor Ator para Joan Botey. A informação é da assessoria de imprensa do evento.

Foi vencedor também do Prêmio da Crítica, composta pelo Júri da Abraccine formado por João Paulo Barreto, Daniel Oliveira, Marina Rossi, Bruno Carmelo e Jaime E. Manrique, “pela elegância e pela competência técnica no casamento entre câmera e atuações, para subverter a linearidade da narrativa clássica, sem nunca se amparar nas surpresas da trama, nem deixar de seduzir e envolver o público com seus riscos formais”.

O longa cearense O Barco, de Petrus Cariry foi agraciado com quatro prêmios: Melhor Fotografia para Petrus Cariry, Melhor Trilha Sonora Original para João Victor Barroso, Melhor som para Yures Viana, Erico Paiva e Petrus Cariry, e o prêmio Olhar Universitário.

O chileno Cabras de Merda, de Gonzalo Justiniano, ganhou o Troféu Mucuripe nas categorias de Melhor Direção de Arte para Carlos Garrido, e Melhor Atriz para Natalia Aragonese. O filme Diamantino, uma coprodução Portugal-França-Brasil, de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, foi vencedor na categoria de Melhor Montagem para Raphaelle Martin-Holger.

O júri de Mostra longa foi composto por Belisario Franca (Brasil), Stephen Bocskay (Estados Unidos), Belisa Figueiró (Brasil), Gustavo Salmerón (Espanha) e Emilio Bustamante (Peru).

Curta-Metragem

Na Competitiva Brasileira de Curta-metragem o filme Nova Iorque, de Leo Tabosa, de Pernambuco, ganhou o Troféu Mucuripe de Melhor Curta eleito pelo júri oficial da mostra. Foi vencedor também do Prêmio da Crítica, concedido pelo júri da Abraccine “pelo equilíbrio entre a construção lúdica da infância e a aspereza atrelada à perda da inocência, e pela organicidade dos trabalhos de fotografia, som e direção de arte, além da criatividade narrativa de seus quadros”. O melhor curta-metragem escolhido pelo Júri Oficial recebeu ainda o Prêmio Mistika (R$ 14.000, em serviços) e Prêmio Cia Rio (R$ 27.000,00 em locação de equipamentos de iluminação, acessórios e maquinaria da empresa NAYMAR).

O júri oficial da mostra concedeu o Troféu Mucuripe de Melhor Direção para Lucas H. Rossi, do Rio de Janeiro, pelo filme O vestido de Myriam. O curta Só Por Hoje, de Sabrina Garcia, também do Rio de Janeiro, foi premiado como Melhor Roteiro e A Canção de Alice, de Barbara Cariry, foi eleita a melhor produção cearense. Compuseram o júri oficial de curtas Cibele Amaral Correia (Brasil), Sylvie Pierre (França), Andréa Cals (Brasil), Camila Vieira (Brasil) e Nirton Venancio (Brasil).

Além do Troféu Mucuripe aos eleitos pelo júri oficial, prêmios especiais foram concedidos na Mostra Competitiva Brasileira de Curta-metragem. A produção O Vestido de Myriam, de Lucas H. Rossi, ganhou também o Prêmio Olhar Universitário, eleito melhor curta pelo júri formado por alunos da UFC, Unifor e Vila das Artes, e Troféu Samburá, oferecido pela Fundação Demócrito Rocha e Jornal O Povo ao Melhor Filme da competitiva de curta-metragem. Como Melhor Diretor, foi agraciado com o Troféu Samburá o cineasta Guilherme Gehr, do Rio de janeiro, por Plantae.

Na solenidade de premiação também foi concedido o Prêmio Aquisição Canal Brasil ao curta O Vestido de Myriam. O vencedor foi agraciado com R$ 15.000,00.

(Foto – Divulgação)

Empresas monitoram internautas pelos navegadores

Nos últimos anos, dados pessoais entraram no centro de disputas econômicas e políticas. Essas informações passaram a ser chamadas de “o novo petróleo” e organizações internacionais classificam como o principal insumo de uma “4ª revolução industrial”. Na política, as denúncias de interferências em processos políticos e eleições por grandes plataformas colocou em evidência o poder da coleta desses registros para direcionar anúncios e mensagens.

Neste cenário, emerge uma disputa silenciosa entre as diversas iniciativas de coleta de dados e as tentativas de se proteger dessa prática, seja por meio de legislações seja por condutas cotidianas. Navegadores usados em desktops e smartphones são um dos canais por meio dos quais cidadãos têm sido monitorados.

O alerta foi dado por Veridiana Alimonti, representante da entidade internacional Eletronic Frontier Foundation (EFF), na nona edição do “Seminário sobre Proteção à Privacidade e aos Dados Pessoais”, evento promovido pelo Comitê Gestor da Internet, em São Paulo, que reuniu especialistas internacionais no tema.

No encontro, a especialista em políticas digitais, que também já integrou o comitê, chamou a atenção para as formas de vigilância das pessoas por meio de sistemas como Chrome, Firefox, Safari e Internet Explorer. Por meio de diversos mecanismos, empresas coletam e reúnem informações sobre pessoas sem que elas saibam.

Esses registros permitem que, ao acessar determinado site ou serviço (como uma página de comércio eletrônico), o site identifique de quem se trata, abrindo espaço para formas de segmentação e até mesmo discriminação. Um exemplo desse tipo de prática é a diferenciação de preços pelo CEP do comprador.

Um dos mecanismos utilizados nesse monitoramento são os conhecidos cookies, instalados em dispositivos ao acessar um site. Os cookies são pequenos “pedaços de código” (ou mini-programas) criados para registrar dados da navegação das pessoas e repassar a empresas com fins de rastreamento.

Esse tipo de recurso é utilizado em geral por agências de marketing digital, cuja adoção ocorre para que os anúncios “sigam” os usuários pelos sites pelos quais navegam. Nesses casos, o usuário pode apagar os cookies instalados. Cada navegador oferece essa funcionalidade em determinado local das suas configurações.

Outra técnica de vigilância é conhecida como “supercookie”. Nela, provedores incluem códigos nos cabeçalhos de navegação para cada cliente, mas que não são vistos pelo usuário. Assim, quando uma pessoa faz um acesso, o site pode ler o identificador e saber que se trata de determinado computador ou domicílio.

“Impressão digital” dos navegadores

Contudo, há um sistema de rastreamento mais perigos que os cookies, mostrou Veridiana Alimonti no seminário do CGI, conhecido pelo nome em inglês “fingerprinting”, termo que designa uma espécie de “impressão digital” formada no navegador de cada pessoa. Quando alguém acessa um site, empresas conseguem atribuir uma identificação a um navegador em um computador por meio da combinação de várias informações, como elementos da configuração do navegador e do computador, fuso horário, entre outros.

“Sites podem fazer isso sem serem detectados. Essa informação não está no seu computador, mas nas empresas. Isso pode ser usado, inclusive, para recriar os cookies. Essa técnica não oferece nenhuma funcionalidade útil aos usuários e na prática cria um potencial identificador global por meio do qual se pode acompanhar a navegação dos usuários e criar perfis de forma mais obscura”, analisou a especialista.

Navegadores mais seguros

Internautas têm hoje à disposição diversos navegadores. Entre os mais famosos estão Google Chrome, Internet Explorer, Safari (da Apple) e Mozilla Firefox. Mas há outros menos conhecidos como Tor, Brave e Opera. Segundo ranking realizado pelo site ExpressVPN, especializado em publicidade, o navegador mais seguro é o Tor Browser, seguido pelo Firefox e pelo Brave.

“Ele é um Firefox com vários consertos relacionados à segurança e privacidade. Além de encaminhar todo o tráfego através da rede Tor, ele bloqueia funcionalidades nos sites que podem ser usadas para te identificar. Os sites que tentarem monitorar você não vão conseguir diferenciar seu acesso do das milhões de pessoas que usam Tor diariamente. Alguns sites não carregam bem nele, mas é a melhor alternativa”, recomenda o diretor de tecnologia da organização Coding Rights e membro do conselho editorial do Boletim Antivigilância, Lucas Teixeira.

O Mozilla lançou recentemente o Firefox Focus para dispositivos móveis, com alguns mecanismos de proteção contra rastreamento. Ele permite bloquear rastreadores de anúncios, de análise, de redes sociais ou de conteúdos. Além disso, deixa o botão de remoção do histórico de navegação na tela inicial, facilitando a operação.

O Firefox para desktops possui alguns plugins (extensões) para evitar coletas indevidas. Um exemplo é o chamado “Facebook Container”, que “isola” a aba da rede social e impede que ela possa registrar o que o usuário faz em outras abas. É por meio dessa vigilância, por exemplo, que o Facebook usa o dado de uma visita que você fez em um outro site (como uma busca sobre uma cidade) para oferecer anúncios (como a venda de passagens para aquela cidade).

Um dos mecanismos anunciados pelos navegadores como forma de garantir um ambiente mais seguro são as abas “privativas” (ou denominação semelhante). Esses recursos, entretanto, segundo Lucas Teixeira, são pouco efetivos, valendo apenas para evitar que o site acessado fique registrado no histórico de navegação e não guarde cookies depois de fechada a janela, mas não protege contra formas mais sofisticadas de monitoramento.

Ferramentas de proteção

A Eletronic Frontier Foundation criou um projeto para alertar usuários sobre técnicas de rastreamento por meio de navegadores, chamado Panoptclick. Acessando o site, é possível fazer um teste para verificar se o seu Chrome, Microsoft Edge ou Firefox estão protegidos desse tipo de mecanismos.

Além do projeto, a Eletronic Frontier Foundation também disponibiliza um plugin (extensão) que protege navegadores de mecanismos de rastreamento que são instalados por sites. O recurso é chamado “Privacy Badger” (Texugo da Privacidade, na tradução do termo em inglês).

Na avaliação de Lucas Teixeira, esta é uma boa ferramenta. Ela não elimina totalmente a tentativa de inserir “impressões digitais” nos navegadores (fingerprinting), mas evita a instalação de vários rastreadores.

O especialista alerta que, mesmo com um comportamento seguro em relação aos navegadores, é preciso estar atento também com outros programas, especialmente aplicativos em smartphones. Os usuários devem desabilitar autorizações para usos diversos, como câmeras e microfones, como forma de evitar coleta maciça de dados por esses sistemas e dispositivos.

(Agência Brasil)

Révia Herculano é a mais nova imortal da ACL

A vencedora do Prêmio Osmundo Pontes de Literatura 2008, com a obra Chão Aberto, a escritora e professora Révia Herculano, é a mais nova integrante da Academia Cearense de Letras, em disputa há tempo não vista na entidade, quando sucessivas votações ocorreram, até que o quórum mínimo de 20 votos fosse alcançado. Concorria com a professora a também escritora Vera Moraes, que na última votação obteve 14 indicações.

A vaga em disputa era do escritor e pesquisador Carlos D’Alge, falecido há oito meses.

(Foto: Arquivo)