Blog do Eliomar

Últimos posts

Temer joga no colo do general a barafunda da intervenção no Rio

Com o título “Jogada de mestre?”, eis artigo da lavra do jornalista Elio Gaspari. Ele avalia a situação em que o governo temer colocou o general responsável por ações da intervenção na segurança do Rio. Confira:

Michel Temer classificou sua decisão de intervir na segurança do Rio como uma “jogada de mestre”. Jogada foi. De mestre, nem pensar. Foi um lance improvisado, irresponsável na origem e perigoso no seu desdobramento. O governo embrulhou a intervenção federal, um ato da administração civil, no verde-oliva das fardas do Exército, quando uma coisa pouco tem a ver com a outra. O resultado da improvisação apareceu quando divulgou-se que a equipe do general Walter Braga Netto estima que são necessários R$ 3,1 bilhões para reequilibrar o orçamento da máquina de segurança do Rio, e o governo acena com R$ 1 bilhão.

Deixando-se de lado a questão das cifras, a cena resulta na colocação do general no papel de administrador discutindo recursos para o desempenho de sua missão. Ganha um fim de semana em Bagdá quem souber de outro caso de general a quem o governo deu uma tarefa mas não disse quais eram os recursos disponíveis.

As informações saídas da reunião de fevereiro que deflagrou a intervenção mostram a barafunda da jogada. Falou-se em mandados de busca, apreensão e capturas coletivos. Em poucas horas suprimiu-se o “capturas”. Em poucos dias, congelou-se a própria ideia. Seguiu-se a proposta de criação de um fundo estatal alimentado por doações privadas. Durante oito anos, as verbas públicas de segurança foram administradas por Sérgio Cabral. Depois dele, veio Luiz Fernando Pezão. Deu no que deu.

No meio da barafunda, veio a execução da vereadora Marielle Franco, libertando demônios que estão dentro da garrafa da sociedade brasileira. A desembargadora Marília Castro Neves disse que “a tal Marielle não era apenas uma ‘lutadora’, ela estava engajada com bandidos. Foi eleita pelo Comando Vermelho e descumpriu ‘compromissos’ assumidos com seus apoiadores”. Agora, a doutora diz que se expressou “de forma precipitada”. Falta definir “precipitada”. O ódio chique não vai tão longe, repete apenas que ela foi eleita com os votos da Zona Sul. E daí?

Em 1975, quando foi assassinado o jornalista Vladimir Herzog, aconteceu coisa semelhante. Ele teria se matado porque tinha problemas psicológicos. Afinal, fizera psicanálise. Se isso fosse pouco, era judeu. Durante o depoimento de sua mãe, tentaram enfiar uma frase segundo a qual ela “sentiu vontade de suicidar-se também”.

Nas manifestações que saudaram a deposição de João Goulart, em 1964, havia jovens que anos depois militariam em organizações armadas de esquerda. Em 1984, no arco político que elegeu Tancredo Neves, havia maganos e políticos que financiaram e defenderam a tortura. Os demônios das garrafas são sempre demônios.

A “jogada de mestre” de Temer jogou no colo do Exército a ruína da segurança do Rio. Passado um mês, vê-se que não se detalhou a missão, e não se calcularam os recursos necessários. Falta dizer como e para quê. Em tempo: num caso de execução malograda e mal planejada, em 1954, passaram-se apenas 37 dias entre o atentado contra Carlos Lacerda, durante o qual morreu o major Rubens Vaz, e a prisão do contratador do crime, Climério Euribes de Almeida. Quem o capturou foi o major Délio Jardim de Matos, que mais tarde chegaria a ministro da Aeronáutica.n

*Elio Gaspari

opiniao@opovo.com.br

Jornalista.

Liberação do transporte de armas por atiradores esportivos é tema de encontro

819 2

O vereador Julierme Sena (PR) e membros da Federação de Cearense de Tiro Tático (FCTT) foram recebidos pelo delegado-geral da Polícia Civil, Everardo Lima. O assunto foi um só: as abordagens policiais e prisões aos atiradores esportistas devido um suposto porte ilegal de armas.

No encontro, com a participação também de André Azevedo, presidente da FCTT, de Antenor Junior, diretor jurídico da FCTT, do atirador esportivo Breno Pimenta e do instrutor de tiro esportivo, Rafael Santos, foi apresentada a portaria nº 28, do Exército Brasileiro, que autoriza o transporte da arma de fogo municiada do local da guarda (geralmente residência) para os pontos de competição ou treinamento (clubes de tiro).

“Infelizmente, alguns policiais têm encaminhado o cidadão à delegacia, por não ter conhecimento desta portaria específica que ampara os atiradores esportivos”, explica Julierme.

O delegado-geral informou para o grupo que, a partir daí, enviará uma circular para todas as delegacias de polícia do Ceará esclarecendo sobre essa autorização e, assim, evitar prisões e abertura de procedimentos contra os atiradores esportivos, que estão cumprindo a portaria.

(Foto – Divulgação)

Batata inglesa, cebola e frango estão mais baratos nos supermercados de Fortaleza, diz Procon

Saiu mais uma pesquisa do Procon Fortaleza sobre os preços dos supermercados. De acordo com o órgão, pelo menos 53% dos 60 produtos pesquisados sofreram redução nos preços neste mês de março. A nova pesquisa foi divulgada nesta quarta-feira e aponta redução de 4,10% nos preços de alimentos e produtos dos supermercados da capital.

Em fevereiro, a soma média de todos os itens era de R$ 412,35, caindo para R$ 395,43 neste último levantamento, realizado nos dias 13 e 14 últimos. Batata inglesa, cebola e frango estão mais baratos na mesa do fortalezense. O Procon ressalta que os preços podem sofrer variação, a depender de ofertas e encartes promocionais, que devem ser cumpridos pelos supermercados, sob pena de multa.

Quando o comparativo é a soma média dos produtos entre os bairros de Fortaleza, a Regional V concentra os preços mais elevados. Nesta área, estão bairros como Conjunto Ceará, Canindezinho e Maraponga. Já na Regional II, onde ficam bairros como Aldeota, Joaquim Távora e Papicu, o Procon identificou supermercados com a soma média total mais em conta.

Regional  — Preço total médio
Regional V R$ 437,87
Regional III R$ 437,17
Regional VI R$ 415,78
Regional Centro R$ 414,85
Regional IV R$ 403,55
Regional I R$ 390,49
Regional II R$ 334,74.

MP reforça grupo de promotores na investigação da morte de Marielle e Anderson

O procurador-geral de Justiça do Rio, Eduardo Gussem, designou hoje (21) um grupo de cinco promotores do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) para auxiliar a 23ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal na apuração do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes dos Santos Santos, na quarta-feira passada (14), no Rio.

A parlamentar estava indo para casa na Tijuca, zona norte, após participar de um encontro de mulheres negras, na Rua dos Inválidos, na Lapa.

O reforço foi solicitado pelo promotor Homero das Neves Freitas Filho, titular da 23ª Promotoria de Justiça, que tem atribuição para atuar junto à Delegacia de Homicídios da Capital, responsável pelo inquérito policial que apura a morte de Marille e de Anderson.

(Agência Brasil)

Faculdade CDL diz que Prefeitura exagerou no reajuste das taxas de alvará

Da Coluna O POVO Economia, da jornalista Neila Fontenele, no O POVO desta quarta-feira:

A Faculdade CDL concluiu os estudos sobre o peso das mudanças nas tabelas de alvarás da Prefeitura de Fortaleza. Ontem, em entrevista ao O POVO Economia, na Rádio O POVO/CBN, o presidente CDL de Fortaleza, Assis Cavalcante, informou que o aumento é “considerável”.

Em alguns casos, segundo ele, o valor cobrado representa oito vezes o anterior. Pelo estudo, os alvarás também ficaram mais caros em relação a outras cidades, como São Paulo.

Os empresários do comércio vão agora se reunir com representantes de outros setores e tentar uma nova negociação com o prefeito Roberto Cláudio

Iplanfor promove debate sobre empoderamento feminino

O Observatório de Fortaleza, ligado ao Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), promoverá nesta quarta-feira, às 15 horas, em sua sede, no Centro, o debate “O que querem as mulheres”.

São convidadas as primeiras-damas Carol Bezerra, de Fortaleza, Onélia Leite, do Estado, a vice-governadora Izolda Cela e Dora Andrade, idealizadora do Balé Edisca.

(Foto – O POVO)

 

Confiança do empresário da indústria ficou estável em março

O empresário brasileiro manteve este mês a confiança na economia e nos negócios, mostra o Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei), divulgado hoje (21) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O indicador permaneceu praticamente estável na comparação com o mês anterior, com a leve variação de 58,8 para 59 pontos. Essa foi a mesma pontuação observada em janeiro, mês em que a confiança chegou ao maior patamar em quase sete anos, segundo a CNI.

Os indicadores da pesquisa variam de 0 a 100 pontos. Quando o Icei está acima de 50 pontos, indica que os empresários estão confiantes. O indicador de março deste ano é 5 pontos superior ao registrado no mesmo período de 2017 e 4,8 pontos superior à média histórica de 54,2 pontos.

Segundo a CNI, assim como no mês anterior, a confiança é maior em grandes empresas, índice que se manteve em 60,4 pontos. Entre as empresas de pequeno porte houve crescimento de 0,7 ponto, tendo o índice passado de 55,9 para 56,6 pontos. As médias empresas apresentaram leve crescimento, de 0,1 ponto, alcançando 58,4 pontos.

Esta edição da pesquisa foi feita entre 1º e 13 de março com 2.824 empresas, sendo 1.112 de pequeno porte, 1.170 médias e 642 grandes.

(Agência Brasil)

Heitor denuncia salário atrasado dos terceirizados do Detran e da Ceasa

O deputado estadual Heitor Férrer (PSB) denunciou, nesta quarta-feira (21), na tribuna da Assembleia, o atraso no pagamento dos salários dos vigilantes terceirizados da Ceasa e do Detran.

A informação chegou ao parlamentar por meio do Sindicato dos Vigilantes do Ceará (Sindvigilantes), que afirma que a empresa WS Segurança, responsável pelo contrato de segurança privada desses postos, há dois meses não paga o salário dos trabalhadores nem os benefícios como vale-alimentação e transporte. O sindicato também afirma que a empresa não disponibiliza armamento nem equipamento de proteção.

“Nós estamos sendo porta-voz desses vigilantes que estão trabalhando na Ceasa e no Detran, cumprindo o seu papel, e não estão recebendo pelo que foi trabalhado. Isso é crime. Pode ser que o Estado não tenha pago a empresa, mas a empresa tem que ter capital de giro para pagar aos que lhe servem prestando serviço à empresa pública”, afirmou.

Heitor cobrou, por meio de requerimento na Assembleia Legislativa, um posicionamento da parte da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag). A WS Segurança ainda não se manifestou a respeito do caso.

Capitão Wagner agora é do Pros

O deputado estadual Capitão Wagner se filiou, nesta manhã de quarta-feira, em Brasília, ao Pros, antigo partido dos Ferreira Gomes, seus adversários políticos. Na legenda, entra como presidente estadual e assumindo a condição de pré-candidato ao Governo do Estado. Com ele, filiou-se também o deputado estadual Roberto Mesquita, que deu adeus ao PSD.

Capitão Wagner estava no PR e, há várias semanas, negociava um partido para acomodar seus interesses políticos: disputar o Governo e apoiar, sem problemas, o presidenciável Jair Bolsonaro. Havia algumas restrições da parte de tucanos cearenses, que trabalharão pelo presidenciável Geraldo Alckmin.

O ato de filiação, num gabinete da Câmara dos Deputados, foi prestigiado por dirigentes nacionais do Pros. Capitão Wagner deve aproveitar estada em Brasília para conversar com o senador tucano Tasso Jereissati acerca do cenário político-eleitora no Estado. O vice-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, então presidente de honra do PR, está também em Brasília, mas não oficializou seu ingresso no Pros.

(Foto – Divulgação)

FCDL comemora descentralização das agências do Ministério do Trabalho no Estado

O presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas, Freitas Cordeiro, conferiu no Maranguape Shopping Mall a inauguração da agência do Ministério do Trabalho nesse local.

Com direito a conversar com o ministro Helton Yomura ( Trabalho), que esteve no ato, tendo ao seu lado o superintendente estadual do Trabalho, Fábio Zech, o presidente da Fecomércio, Luiz Gastão, o vice-presidente da Fecomércio,  Maurício Filizola, o deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB), a presidente da CDL de Maranguape, Norma Suely, o empresário Jackson Girão e o prefeito João Paulo Xerez (PHS).

Freitas Cordeiro destacou no ato o processo de descentralização dos serviços que a SRT/CE vem promovendo no Estado.

(Foto – Divulgação)

TRF-4 marca para o dia 26 julgamento do recurso de Lula

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) marcou para a próxima segunda-feira (26) o julgamento do embargo de declaração da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra sua condenação a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá (SP).

A data foi divulgada no andamento processual na internet. O tribunal não divulgou se haverá esquema especial de segurança, mas confirmou que a sessão não será transmitida ao vivo.

O embargo de declaração é um tipo de recurso que não tem previsão de modificar uma decisão, mas somente esclarecer obscuridades ou ambiguidades do texto do acórdão, que é a sentença proferida por um órgão colegiado, como é o caso do TRF4.

Em tese, trata-se do último recurso disponível a Lula na segunda instância da Justiça Federal. Confirmada a condenação, o ex-presidente pode ter sua prisão determinada pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba.

Em janeiro, o três desembargadores que compõem a 8ª Turma do TRF4 – João Gebran Neto, Leandro Paulsen, Victor Laus – confirmaram a condenação que havia sido imposta por Moro contra Lula e ainda aumentaram a pena de 9 anos e 6 meses para 12 anos e 1 mês de prisão em regime inicialmente fechado.

(Agência Brasil)

A hora e a vez da indústria da inovação

331 1

Com o titulo “Pequenos negócios 4.0”, eis artigo do superintendente do Sebrae do Ceará, arquiteto e urbanista Joaquim Cartaxo. Ele comemora decisão governamental de dar apoio à chamada indústria 4.0, com linhas de crédito do BNDES, Finep e Basa. Confira:

Na última semana, o Governo Federal anunciou, durante o Fórum Econômico Mundial, em São Paulo, um conjunto de medidas para estimular a “indústria 4.0”, incluindo a disponibilidade imediata de linhas de crédito de mais de R$ 10 bilhões do BNDES, Finep e Banco da Amazônia (Basa). A “indústria 4.0” é aquela que aplica inovações tecnológicas aos processos de produção, tornando-os eficientes, autônomos, customizáveis com base em Sistemas Cyber-Físicos, Internet das Coisas, Internet dos Serviços.

A ideia anunciada é incentivar a modernização do parque industrial brasileiro, projetos de inovação, adoção ou geração de novas tecnologias como internet das coisas, inteligência artificial, automação, big data, conectividade.

A notícia em si é positiva, mas é preciso garantir que esses recursos não fiquem concentrados no Sul e Sudeste, nem em um pequeno grupo de grandes empresas. Tais recursos precisam chegar a outras regiões, como o Nordeste brasileiro, e, principalmente, beneficiar a base das empresas industriais, majoritariamente constituída por micro e pequenas empresas.

Segundo a Confederação Nacional das Indústrias (CNI), em todos os estados da Região Nordeste, o número de pequenos negócios ultrapassa os 90% do total de indústrias existentes. No Ceará, das mais de 14 mil empresas industriais existentes, de acordo com os dados da CNI, 93,5% são micro ou pequenas empresas. Vale lembrar que o setor industrial é responsável por mais de 21% do emprego formal do estado.

Outro fator que distingue as pequenas empresas é a excepcional capacidade delas de implementar inovações. Diferentemente das grandes empresas, as pequenas são mais ágeis no processo de implementação de mudanças. Com acesso às linhas de créditos anunciadas, os pequenos negócios terão a oportunidade de alcançar resultados mais rápidos no desenvolvimento de soluções tecnológicas e servir de exemplo “indústria 4.0” para outras empresas.

*Joaquim Cartaxo

cartaxojoaquim@bol.com.br

Arquiteto urbanista e superintendente do Sebrae – Ceará.

Sest/Senat orienta motoristas sobre cuidados com a saúde

​Jamylle Oliveira, instrutora do Sest/Senat Fortaleza, dará palestra nesta quinta-feira sobre Ergonomia para os motoristas da Expresso Guanabara. O encontro ocorrerá na sede da empresa.

A ação tem por objetivo sensibilizar os profissionais para a importância do tema. Jamylle oferecerá algumas dicas para melhorar a saúde e apontará outros aspectos que contribuem para um maior conforto e comodidade no cotidiano dos motoristas.

MP do Ceará entra com ação para que Hospital Regional de Sobral faça cirurgias neurológicas

A Promotoria de Justiça da Infância e Juventude de Sobral (Zona Norte) entrou com uma ação civil pública contra o Governo do Estado e o Instituto de Gestão e Saúde Hospitalar (ISGH) pedindo a retomada de atendimento a pacientes vítimas de acidente vascular cerebral hemorrágico ou aneurisma cerebral. A informação é da assessoria de imprensa do Ministério Público do Estado.

Segundo o promotor de justiça Plínio Augusto Almeida, familiares dos pacientes procuraram a Promotoria de Justiça e denunciaram que foram à emergência da Santa Casa de Misericórdia de Sobral – única unidade hospitalar da região que acolhe quaisquer situações de urgência e emergência na região, onde foram diagnosticadas as necessidades dos pacientes serem submetidos a um procedimento cirúrgico imediato, mas que vem se arrastando, em alguns casos, por mais de dois meses.

A Promotoria de Justiça confirmou a situação de urgência que põe em risco os pacientes por meio inquérito civil público, e notificou as partes envolvidas em audiência administrativa. Porém, dos sete itens requisitados à Secretaria Estadual de Saúde, nenhum foi respondido; atenderam ao pedido de informações apenas o Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar e o Hospital Regional Norte.

“O Hospital Regional Norte afirma que a responsabilidade de tais procedimentos é da Santa Casa de Misericórdia de Sobral e esta afirma que não realiza. Enquanto isso, o Estado do Ceará gastou mais de 170 milhões para construir um hospital que fosse referência em cirurgias neurológicas, fora os custos com treinamento e contratação de equipes médicas, de enfermagem e equipamentos, para depois desativar os serviços e tornar a repassá-los a um único hospital em todo o Estado, o Hospital Geral de Fortaleza, para onde os contribuintes/pacientes, são levados, após ficarem esperando meses e, caso a morte não os socorra primeiro, serão atendidos ao alvedrio das autoridades estatais ou mediante uma ordem judicial, como é mais comum!”, argumenta o promotor de Justiça.

O Ministério Público Estadual requereu, na ação civil pública, a concessão de tutela de evidência em desfavor do Estado do Ceará para que providenciem a imediata realização das intervenções cirúrgicas necessárias aos pacientes, no prazo de 48 horas , após a notificação da decisão; que sejam bloqueados os valores de 200 mil reais, por paciente, para garantir os custos dos procedimentos; que o Estado do Ceará seja obrigado a apresentar as informações requisitas pelo MPCE no termo de audiência; e a obrigação de fazer funcionar no Hospital Regional Norte todos os serviços relacionados às intervenções cirúrgicas neurológicas, dentre outros pedidos à Justiça.

Ciro é condenado a indenizar vice-prefeito de João Pessoa

1858 4

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) foi condenado a pagar R$ 20 mil de indenização ao vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Junior (MDB), por tê-lo chamado de “semianalfabeto, picareta e desqualificado” em entrevista à Rede TV em 2015. A informação é do Estadão.

Na ocasião, Ciro comentava as especulações de que o então deputado federal assumiria o Ministério da Saúde no governo Dilma Rousseff. O emedebista disse na ação que perdeu a vaga de ministro após os ataques.

Ciro justificou ter falado “no calor das emoções típicas do meio político”. Na decisão, o juiz Luís Miranda rebateu: “Cautela e comedimento nas palavras são atemporais”.

Chuvas do inicio deste ano turbinaram produção leiteira do Ceará

As boas chuvas registradas no começo deste ano e que ganharam intensidade no início deste mês de março, foram boas para o setor leiteiro cearense.

Quem diz é o empresário Jorge Parente, um dos controladores do Grupo Betânia, a maior empresa do ramo no Nordeste.

“Nós conseguimos um crescimento de 15% na produção leiteira do Ceará nos primeiros meses de chuva neste ano”, destaca o empresário, adiantando que o setor hoje produz 2 milhões de litros/dia.

“Agora é torcer para que as chuvas prossigam”, diz Jorge Parente.

(Foto – CNI)

Alunos da UFC criam jogo que ensina a criançada a entender o fenômeno da chuva

864 1

Um grupo de alunos do curso de Sistemas e Mídias Digitais, da Universidade Federal do Ceará, acaba de criar um jogo digital que tem por objetivo ensinar a criançada, a partir de 6 anos, sobre o fenômeno da chuva. O trabalho, que durou seis meses de 2017, foi realizado por Robson Oliveira (19), Carlos Abreu (32), Mayara Apoliano (24) e Elane Sousa (32).

Segundo Robson Oliveira, a ideia surgiu com o objetivo de melhorar o aprendizado das crianças e o entendimento sobre chuvas, por meio de um aplicativo que idealizado a partir  da cadeira Cognição e Tecnologias Digitais, sob a orientação do professor José Aires.

Para a criança ter melhor entendimento, o aplicativo apresenta uma linguagem acessível e adequada, com letras inclusive, em maiúsculo para melhor compreensão . Há uma narrativa a partir de um personagem principal que é a borboleta, apoiada por um mestre, no caso uma joaninha que repassa seus conhecimentos sobre a chuva. Há também mapa explicando as fases do processo.

A aplicação digital está disponível no site simulaacao.com.br , também elaborado pelo grupo. O uso desse aplicativo foi pensado, segundo os alunos, para que as escolas possam acessá-lo a partir dos seus laboratórios de informática. “É mais um instrumento para que o professor, em sala de aula, possa explicar para as crianças o fenômeno da chuva – da evaporação até a formação das nuvens”, explica Robson.

Esse jogo digital também aborda o orvalho e a geada, este último fenômeno que ocorre mais em regiões mais frias do País.

SERVIÇO

*Aplicativo gratuito, com acesso pelo simulaacao.com.br

FGV – Economia brasileira cresce 0,9% no primeiro trimestre finalizado em janeiro

A economia brasileira teve um crescimento de 0,9% no trimestre finalizado em janeiro deste ano, na comparação com o trimestre anterior (encerrado em outubro de 2017).

A estimativa é do Monitor do PIB (Produto Interno Bruto, a soma de todas as riquezas produzidas no país), da Fundação Getulio Vargas (FGV), que busca antecipar o desempenho do PIB, divulgado trimestralmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação com o trimestre encerrado em janeiro de 2017, o PIB avançou 2,2%, segundo a FGV. O destaque foi o crescimento das atividades de agropecuária (8,2%), transformação (6,1%), comércio (4,6%) e transporte (2,9%). O crescimento da agropecuária foi influenciado pela alta de 26% da pecuária. A agricultura, por sua vez, teve queda de 1,9%.

Ainda na comparação com o trimestre encerrado em janeiro de 2017, pela ótica da demanda, o consumo das famílias aumentou 2,7% e a formação bruta de capital fixo (investimentos) avançou 4,4%. A taxa de investimento sobre o PIB ficou em 17,7%.

No comércio externo, as exportações cresceram 1,9%, mas as importações tiveram uma alta ainda maior (7,6%).

No acumulado de 12 meses, o PIB teve alta de 1,2%. Considerando-se apenas janeiro deste ano, houve uma queda de 0,3% na comparação com dezembro de 2017.

(Agência Brasil)

Petrobras lança aplicativo para explicar sobre reajuste dos combustíveis

A Petrobras lançou nessa terça (20) um site que pretende tirar dúvidas do consumidor sobre o preço final da gasolina. A informação é da assessoria de imprensa da estatal.

No endereço www.petrobras.com.br/gasolina, a companhia explica questões discutidas em redes sociais, como a composição do custo e a política de preços em vigor.