Blog do Eliomar

Últimos posts

Reforma da Previdência – Senado inicia debates sobre a matéria

82 1

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado iniciou, hoje (20), as audiências públicas para debater a proposta de reforma da Previdência. Nesta semana, estão programados seis eventos ao longo de três dias, reunindo 46 convidados e atendendo a pedidos de oito senadores.

Nesta terça-feira (20), a comissão recebe o secretário especial de Trabalho e Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho; o presidente do Comitê dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal (Comsefaz), Rafael Fonteles; e o ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa.

Ainda hoje, às 14 horas, comparecerá o secretário de Previdência do Ministério da Economia, Leonardo Rolim, além de representantes de órgãos de segurança pública.

“Hoje o sistema é injusto, porque poucos ganham muito e muitos ganham pouco, e ele é insustentável ao longo do tempo”, disse Marinho, no início de sua fala na comissão.

No último dia 7, a Câmara dos Deputados concluiu a votação da reforma e o texto seguiu para o Senado.

(Agência Brasil)

Comissão do Senado analisa mudança no Estatuto da Microempresa para facilitar crédito

O projeto (PLP 106/2011, apresentado na Câmara pelo então deputado Esperidião Amim, hoje senador pelo PP de Santa Catarina), tem o senador Cid Gomes (PDT) como relator na Comissão de Aasuntos Econômicos (CAE). Ele é favorável à proposta, que acrescenta os artigos 61-A e 61-E à Lei Complementar 123/2006, também conhecida como Estatuto da Microempresa.

Em reunião nesta terça-feira, a CAE deve analisar o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 113/2015 – Complementar, que altera o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, com o objetivo de autorizar a constituição de sociedade de garantia solidária.

De acordo com o texto, a sociedade de garantia solidária poderá afiançar os empréstimos tomados por microempresas que dela sejam sócias. O regime de sociedade será por ações e os sócios participantes não poderão deter mais de 10%, cada um, das ações emitidas. Ou seja, a sociedade não poderá ser formada por menos de dez acionistas.

Pela proposta, haverá, além dos sócios participantes, os sócios investidores, que aportarão capital na sociedade sem, contudo, poder ultrapassar o limite de 49% do capital social total. O projeto autoriza ainda investimento público e incentivos estatais nesse tipo de sociedade, cujas ações serão de livre negociação.

(Com Agências)

Número de fortalezenses inadimplentes permanece estável, diz Fecomércio

A proporção de consumidores fortalezenses que não terão condições financeiras para honrar seus compromissos permaneceu estável neste mês de agosto, com valor de 8,6%. O índice é ligeiramente inferior ao observado no mesmo mês do ano passado, de 8,9%. O dado consta da Pesquisa do Endividamento do Consumidor de Fortaleza, realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Ceará (IPDC), organismo ligado à Fecomércio.

O perfil do consumidor inadimplente mostra preponderância do grupo de consumidores do sexo masculino (inadimplência potencial de 9,2%), com idade acima de 35 anos (10,8%) e renda familiar inferior a cinco salários mínimos (9,7%).

A pesquisa mostra que 67,3% dos consumidores da capital cearense possuem algum tipo de dívida. O índice veio +7,1 pontos percentuais acima do indicador do último mês de julho (60,2%), e superior do verificado no mesmo mês do ano passado (53,7%). Ou seja, os fortalezenses estão comprando mais.

A proporção de consumidores com contas ou dívidas em atraso subiu +1,7 pontos percentuais, passando de 21,6% dos consumidores em julho, para 23,3% neste mês. Os problemas financeiros afetam mais as mulheres (23,6% dos entrevistados desse gênero afirmaram possuir contas em atraso), os consumidores do grupo com idade acima dos 35 anos (25,4%) e do estrato com renda familiar abaixo de cinco salários mínimos (25,4%).

O tempo médio de atraso é de 63 dias e a principal justificativa para o não pagamento das dívidas é o desequilíbrio financeiro – a diferença entre a renda e os gastos correntes – citado por 64,1% dos consumidores. O segundo motivo mais citado é o adiamento por conta do uso dos recursos em outras finalidades, com 32,2%, seguido da perda do prazo para pagamento, por esquecimento (7,7%).

Peso dos cartões de crédito

Os instrumentos de crédito mais utilizados pelos consumidores são: cartões de crédito, citados por 76,2% dos entrevistados; financiamento bancário (veículos, imóveis etc.), com 15,7%; empréstimos pessoais, com 8,7%; carnês e crediários, com 6,2%; e cheque especial, com 2,1%.

O consumidor utilizou o crédito para o consumo de itens de alimentação (52,9% das respostas); aquisição de eletroeletrônicos (39,8%); realização de despesas de educação e saúde (38,3%); e compra de artigos de vestuário (32,3%).

O valor médio das dívidas está estimado em R$ 1.518, com prazo médio de sete meses, comprometendo 36,0% da renda familiar dos consumidores com o seu pagamento.

Renda familiar

A Pesquisa de Endividamento também revela que 81,7% dos consumidores de Fortaleza afirmam fazer orçamento mensal e acompanhamento dos seus gastos e rendimentos, o que contribui para um melhor controle dos níveis de endividamento. Dos entrevistados, 12,9% relataram que fazem orçamento dos rendimentos, mas sem controle eficaz dos gastos e 5,5% informaram não possuir orçamento e tampouco controle dos gastos.

A falta de planejamento orçamentário é um problema crítico para o controle do endividamento, estando sempre entre um dos principais motivos para o atraso ou inadimplência. Dos fatores que os consumidores consideram que mais contribuem para esse problema, são:

• A falta de orçamento e controle dos gastos, com 50,5%;

• O aumento dos gastos considerados essenciais, com 27,2%;

• As compras por impulso, sem necessidade ou além do necessário, com 21,1%;

• Desemprego, com 19,7%;

• Redução dos rendimentos, com 17,8%;

• Facilidade do crédito, com 12,7%;

• Compras antecipadas, com 12,1%; e

• Gastos imprevistos, com 10,9%.

(Com Fecomércio)

Cândido Albuquerque promete manter a “pluralidade das ideias ” na UFC

474 7

 

Cândido Albuquerque ao lado do seu vice, o médico Glauco Lobo.

“Resgatar o protagonismo dos verdadeiros talentos, mantendo a pluralidade de ideias, será um desafio necessário e urgente”, disse, nesta terça-feira, para o Blog, o advogado e professor Cândido Albuquerque, que foi nomeado reitor da Universidade Federal do Ceará. O ato saiu em edição suplementar do Diário Oficial da União (DOU) nessa noite de segunda-feira.

A nomeação de Cândido era aguardada, principalmente por ele se alinhar politicamente ao Palácio do Planalto. Cândido teve o apoio de setores ligados ao PSL e promete uma gestão técnica.

Confira o currículo de Cândido Albuquerque

Natural do Piauí, Cândido Albuquerque é formado em Direito pela Universidade Federal do Ceará – UFC, em 1980; Tem especialização em Direito Processual Civil pela UFC, em 1986; Mestre em Ordem Jurídica Constitucional, pela UFC, em 2009; Livre-Docente pela Universidade Estadual do Vale do Acaraú – UVA, em 2011; Doutor em Educação Brasileira, pela UFC, em 2016. Professor de Direito Penal da graduação e da pós-graduação da Universidade de Fortaleza UNIFOR, de 1986 a 1994; Professor Efetivo da Faculdade de Direito da UFC desde 1991, atualmente Associado I, lecionando a disciplina de Direito Penal na graduação e pós-graduação; Chefe do Departamento de Direito Público da Faculdade de Direito da UFC, de 1998 a 2002 e 2008 a 2011; Coordenador do Núcleo de Prática Jurídica da UFC de 2010 a 2011; Desde 2011 é Diretor da Faculdade de Direito da UFC.

Foi também presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, no triênio 1995/1997; Conselheiro Federal da OAB, eleito para o triênio 2013/2015; Sócio-fundador do escritório Cândido Albuquerque Advogados Associados, com sede em Fortaleza/CE, desde o ano de 1981. Também foi vice-presidente da Comissão Nacional de Educação Jurídica do CFOAB, de 2013 a 2015.

(Foto – Facebook)

Toffoli quer agilizar processos previdenciários na Justiça

Com o objetivo de evitar que a reforma da Previdência desague no Judiciário na forma de milhares de processos, o presidente do Spremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, vai reunir nesta terça-feira, no Supremo, os principais atores do governo.

Segundo informa a Veja Online, Toffoli conversará sobre a criação de uma estratégia nacional integrada para a “desjudicialização da
Previdência Social”.

(Foto  Agência Brasil)

Sequestro de ônibus no Rio chega ao fim; homem, que usava arma de brinquedo, foi morto

177 2

Cerca de três horas e meia foi a duração do sequestro de um ônibus na Ponte Rio-Niterói, nesta manhã de terça-feira. Às 9h02min, o criminoso foi baleado por um atirador de elite ao descer do coletivo. Às 9h18min, a PM informou que o sequestrador estava morto e que todos os reféns passam bem. A arma que ele portava era de brinquedo. As informações são do Portal G1.

O homem fizera 36 passageiros e o motorista reféns às 5h25. Meia hora depois, ele ordenou ao condutor para atravessar o veículo na pista sentido Rio. Seis pessoas foram libertadas ao longo das negociações.

O trânsito para o Rio está fechado desde as 6h. Às 7h20, também foi interditada a pista oposta.

Não se sabe a motivação do sequestrador, mas a PM considera que a ação foi premeditada. Ele afirmou ter um revólver, uma pistola de choque e o combustível.

(Foto – Reprodução da TV Globo)

Dia do Economista – Jornalista do Grupo O POVO ganha homenagem

Em sessão solene a ser realizada a partir das 19 horas desta terça-feira, a Assembleia Legislativa homenageará personalidades que fizeram e fazem pela profissão de economista.

O Dia do Economista é comemorado em agosto. A lei que criou a profissão no Brasil foi sancionada no dia 13 de agosto de 1951 pelo então presidente Getúlio Vargas. São 68 anos pós-regulamentação, uma luta que começou no Império, ainda em 1856, quando o Instituto Comercial do Rio de Janeiro foi criado., o que motivou o deputado Sergio Aguiar (PDT) a entrar com requerimento pedindo a sessão.

Entre os homenageados nessa sessão solene vão estar o professor, ex-governador e ex-deputado federal Gonzaga Mota, a empresária Elisa Gradvohl e o jornalista Nazareno Albuquerque, do Grupo O POVO, especializado na cobertura dos temas econômicos.

(Foto Reprodução do Youtube)

 

José Airton é novamente inocentado no caso da Operação Sanguessuga

364 1

Após absolvido em julgamento na 5ª Região do Tribunal Regional Federal (TRF-5), em Recife, no ano de 2015, o deputado federal José Airton Cirilo (PT-CE) foi novamente inocentado de envolvimento na Operação Sanguessuga, em julgamento realizado este mês no Superior Tribunal Federal (STJ), em Brasília.

A Operação Sanguessuga ocorreu em maio de 2006, em uma ação da Polícia Federal, que apontou superfaturamento na aquisição de ambulâncias por parte de prefeituras no país. Segundo a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Departamento Nacional de Auditoria do Ministério da Saúde (Denasus), o prejuízo aos cofres públicos, na época, teria sido de R$ 15,5 milhões, diante de um superfaturamento em até 70% nos convênios. Entre essas prefeituras está a de Fortim, no Litoral Leste do Ceará.

O nome de José Airton surgiu no processo quando a então prefeita de Fortim, Maria da Conceição Chianca de Souza, apontou o deputado federal, na época vereador de Fortaleza, como uma das pessoas presentes a uma reunião ocorrida na capital cearense para a aquisição de equipamento hospitalar.

Para o relator do processo no STJ, ministro Benedito Gonçalves, José Airton Cirilo é estranho aos quadros do Município de Fortim e não aparece em nenhum documento sobre a questão da aquisição dos equipamentos hospitalares.

“A violação do art. 12, da Lei de Improbidade, é firme a jurisprudência desta Corte no sentido de que a revisão da dosimetria das sanções aplicadas em ação de improbidade administrativa implica reexame do conjunto fático-probatório dos autos, encontrando óbice na súmula 7/STJ”, ressaltou o relator.

Em ato de RC, a presença do pré-candidato a prefeito pelo PV, Célio Studart

Antonio Henrique, Célio Studart e RC em ato no bairro Passaré.

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) recebeu um convidado bem especial no ato em que assinou, nessa segunda-feira, a ordem de serviço para as obras de construção da primeira Clínica Veterinária Pública de Fortaleza: o deputado federal Célio Studart, que posa pré-candidato a prefeito pelo Partido Verde.

O equipamento será instalado no bairro Passaré (Regional VI) e fortalecerá a atenção aos direitos dos animais da Cidade.
Ao lado da coordenadora de proteção animal da PMF, Toinha Rocha, o parlamentar também tem plataforma de atuação política na defesa animal.

Essa pauta dos pets seria a conexão de Celio Studart com o candidato a ser apoiado por RC nas eleições do ano de 2020?

(Foto – Leitor do Blog)

MP do Ceará quer mais 165 cargos comissionados

O procurador-geral de Justiça Plácido Rios, entregou, nessa segunda-feira, ao presidente da Assembleia Legislativa, José Sarto (PDT), três projetos de lei de interesse do Ministério Público do Ceará. Segundo a assessoria de imprensa, o primeiro deles trata da criação de 165 novos cargos comissionados que “garantirá apoio aos membros de todos os órgãos de execução do MPCE”.

O segundo projeto de lei vai permite a concessão de bolsas de estudos em cursos de pós-graduação – lato e stricto sensu – para membros e servidores do MPCE, com recursos do Fundo de Reaparelhamento e Modernização do Ministério Público (FRMP).

O terceiro projeto abre a possibilidade para que estagiários do MP continuem atuando na Instituição – após a conclusão da graduação e concomitante ingresso em um curso de pós-graduação – sem que seja necessário participar de uma nova seleção, como uma continuidade do estágio.

XII Bienal do Ceará – Livro sobre Dandara dos Santos será lançado por inspetora da Polícia Civil

Nesta quarta-feira, às 17h30min, dentro da XII Bienal Internacional do Livro do Ceará, que acontece até o dia 25 no Centro de Eventos, Vitória Holanda, inspetora de Polícia Civil, lançará o livro “O Casulo Dandara”. Trata-se de uma homenagem à travesti Dandara dos Santos, morta no dia 15 de fevereiro de 2017, no bairro Bom Jardim. A policial civil participou diretamente da investigação do caso e conhecia Dandara desde criança.

“O Casulo Dandara” contém 170 páginas e conta histórias da infância, adolescência, descoberta da sexualidade, aceitação, transexualidade e relacionamento de Dandara dos Santos com a família.

Além das histórias pessoais, o livro conta brevemente como foi a investigação do homicídio que vitimou Dandara, em 2017. A investigação foi liderada por equipe chefiada pela autora. “A morte do meu amigo de infância me trouxe uma mistura de sentimentos. Ninguém se torna policial e espera investigar o homicídio de alguém que você ama. Descobrir como aconteceu e quem foram os autores do homicídio de Dandara foi a mais difícil tarefa que recebi do destino em todos os meus anos de polícia”, disse Vitória Holanda.

DETALHE – Durante o lançamento, ocorrerá roda de conversa sobre combate à violência contra LGBTs com a autora e convidados, sob a mediação de Paulo Diógenes, coordenador de polícias públicas para a diversidade sexual da Secretária de Cidadania e Direitos Humanos de Fortaleza.

(Foto – Divulgação)

PSDB começa a analisar expulsão de Aécio Neves

106 1

A cúpula paulista do PSDB, liderada pelo governador de São Paulo, João Dória, vai levar, até esta quarta-feira, o pedido de expulsão do deputado federal Aécio Neves (MG) ao Comitê de Ética dos tucanos. Na última sexta-feira terminou o prazo “informal” para que o mineiro se licenciasse do partido, mas Aécio não se manifestou. Ele está envolvido em denúncias de corrupção.

Desde o início do ano, as lideranças paulistas do PSDB tentam convencer, em vão, Aécio a se afastar do partido, ainda que temporariamente. O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), chegou a ameaçar deixar a legenda, caso Aécio siga filiado. No mês passado, o diretório municipal do PSDB em São Paulo foi mais agressivo ao elaborar uma moção pedindo a expulsão do mineiro, apoiada pelo PSDB do Espírito Santo.

O presidente nacional da legenda, Bruno Araújo, evitou tomar partido e se limitou a dizer, pelo Twitter, que “eventuais representações contra quaisquer filiados do PSDB seguirão a tramitação prevista no Código de Ética”. Lançado em maio deste ano, o novo Código de Ética do PSDB prevê a expulsão de políticos condenados criminalmente ou autores de infidelidade partidária — o documento não cita casos de investigados, como ocorre com Aécio.

Investigação

Aécio Neves responde a nove inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF). Em uma das investigações, o tucano é acusado de pedir R$ 2 milhões a Joesley Batista, um dos donos da JBS, para pagar advogados no âmbito da Operação Lava Jato. Joesley chegou a ser preso por corrupção.

É nesse caso que Aécio afirmou, em áudio vazado pela imprensa, que “tem que ser um que a gente mata ele antes de fazer delação”, em referência a um primo que seria designado a receber o dinheiro solicitado a Joesley.

Outro lado

A assessoria de imprensa de Aécio Neves não quis comentar o caso e informou desconhecer eventuais prazos dados pela direção do partido para a desfiliação do tucano.

(Com Agências/Foto – Agência Brasil)

Dois filmes cearenses são selecionados para festival no Canadá

Cena do filme “8 Variações”.

Dois filmes cearenses foram selecionados para o 4º F-O-R-M, Festival Of Recorded Movement. O festival ocorrerá no período de 19 a 21 de setembro próximo no SFU Gold Corp Centre for the Arts, em Vancouver, Canadá. O festival é dedicado a exibição de curtas-metragens com enfoque no corpo em movimento e já exibiu mais de 100 filmes de mais de 15 países nas últimas edições.

“Equação” e “Oito Variações”, dirigidos pelos cearenses Allan Diniz e Dayana Ferreira, foram produzidos com jovens bailarinos durante uma oficina de videodança realizada neste ano pelo Laboratório de Dança e Multimídia da Universidade Federal do Ceará, em parceria com a Escola Pública de Dança da Vila das Artes, em Fortaleza.

Sinope

“Equação” retrata uma sociedade em que pessoas são programadas em laboratório e é inspirado no universo da ficção científica, evocando clássicos como Admirável Mundo Novo, de George Orwell. Apresenta-se como um videodança e experimenta a sutileza do corpo em movimento em conexão com a camera, admitida em alguns momentos como uma quarta bailarina.

Já “8 variações” potencializa o movimento por meio do som, através de variações de ritmo, andamento e paisagens sonoras, propondo novas maneiras de encontrar dinâmica dentro da repetição. O empoderamento feminino é disparador conceitual para criação de gestualidades e imaginários destoantes dos padrões estabelecidos. Inspirado na coreografia de Anne Teresa de Keersmaeker, Rosas Danst Rosas, o trabalho experimenta as possibilidades da dança para o video.

(Foto – Divulgação)

Lula completa nesta terça-feira 500 dias na prisão

A Frente Brasil Popular convocou para esta terça-feira, em Curitiba (PR), uma mobilização nestes 500 dias de prisão do ex-presidente Luís Inácio Lul ada Silva. Em nota, o movimento diz: “500 dias. Um número que machuca e ofende. Mas que chama para a resistência. 500 são os cinco séculos que o país passou sob o domínio da elite nacional. Como nos ensinou o sociólogo Florestan Fernandes, essa elite é antinacional, antipopular, escravista, racista e patrimonialista”

Um ato político e cultural com concentração às 17 horas, na Vigília Lula Livre (Rua Sandália Monzon, 184, no bairro Santa Cândida), ocorrerá com a participação de militantes e algumas lideranças de esquerda.

Leia a íntegra da nota:

NOTA DA FRENTE BRASIL POPULAR PARANÁ

500 dias. Um número que machuca e ofende. Mas que chama para a resistência. 500 são os cinco séculos que o país passou sob o domínio da elite nacional. Como nos ensinou o sociólogo Florestan Fernandes, essa elite é antinacional, antipopular, escravista, racista e patrimonialista. Nunca aceitou as medidas econômicas e sociais em favor da população pobre. E por isso querem manter Lula preso a todo custo.

Mas, dos faixaços às manifestações de apoio. Das ações dos Comitês Lula Livre às panfletagens de conscientização da população. Das denúncias da “Vaza Jato” às visitas de líderes e escritores internacionais que Lula recebe em sua prisão injusta: A sociedade civil reage e a prisão torna-se a cada dia mais absurda.
No dia 20 de agosto (terça), a Frente Brasil Popular do Paraná, de acordo com jornada de lutas nacional, convoca os comitês de Curitiba e região a fazer ações, panfletaços, faixaços, diálogos com a população, por toda a cidade, em denúncia aos 500 dias de uma prisão política.
Este dia não é de comemoração, mas de resistência e denúncia. Ao final da tarde, com concentração às 17h, as organizações que integram a Frente Brasil Popular, e todas as demais que se somam à luta por Lula Livre, estão convidadas para o ato político na Vigília Lula Livre, coração da resistência, para reafirmar nosso compromisso com a resistência, com o apoio a Lula onde ele estiver, e com a democracia.

Chamamos toda população a lutar por democracia, emprego, educação, saúde, a se somar à luta por um Brasil livre e com justiça social!

#Lulalivre
#Lulainocente
#Democracia

Curitiba, 17 de agosto de 2019.

(Foto – Reprodução do Youtube)

Assis Cavalcante lança “Gonzagão no Céu” na Bienal

96 1

As 31 histórias populares sobre o cantor, compositor e sanfoneiro Luiz Gonzaga foram lançadas na noite dessa segunda-feira (19), na Bienal do Livro, no Centro de Eventos, em Fortaleza, na obra “Gonzagão no Céu”.

O livro é de autoria do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza, Assis Cavalcante, proprietário das Óticas Visão.

Segundo Assis Cavalcante, o livro começou a ser escrito há 7 anos, com o incentivo da esposa, dona Edna.

(Foto: Divulgação)

Prefeita de Capistrano renuncia ao cargo, após acusação de fraudes em licitações

A prefeita de Capistrano, Inês Nascimento (PSDB), renunciou ao cargo. Foi durante pronunciamento que fez, nessa segunda-feira, na Câmara Municipal desse município situado a 120 km de Fortaleza.

Eleita em 2016, ela foi afastada por decisão judicial em 13 de dezembro do ano passado, após a operação “Laços de Família”, do Ministério Público Estadual. A acusação é de que, com familiares, havia transformado a Prefeitura em “balcão de negócios”, de acordo com MPCE. Isso por conta de esquema de fraudes em licitações.

Inês Nascimento chegou a ser afastada por 180 dias, o que foi prorrogado no dia 13 de junho, culminando, no entanto, no pedido de renúncia. Ela promete agora se  edicar à família e a se defender das acusações perante a Justiça.

Júnior Saraiva, que já estava respondendo pela Prefeitura desde o fim de 2018, foi oficialmente empossado como prefeito

(Foto – Arquivo)

Moro: governo está atento a projetos que cerceiem atividade policial

O ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro disse nessa segunda-feira (19) que o governo federal está atento a projetos do Congresso Nacional que possam cercear a atividade policial. A declaração foi dada em evento na sede do Comando da Polícia Militar em Bauru (SP), no interior paulista. O ministro também recebeu nesta noite o título honoris causa da Universidade de Marília (Unimar), em Marília (SP).

“Estamos atentos a óbices que eventualmente sejam colocados no trabalho da atividade policial, nós vimos recentemente o projeto de abuso de autoridade, nós respeitamos o Congresso, mas estamos sensíveis. No próprio Congresso, boa parte dos parlamentares revelou sensibilidade em relação a alguns temas que podem, ainda que com boas intenções, cercear o trabalho da atividade policial. O governo federal está atento nisso”, disse o ministro.

Lei Anticrime

Moro lembrou do Projeto Anticrime, que apresentou ao Congresso enquanto ministro. “Apresentamos respeitosamente ao Congresso o projeto anticrime. O capitão Augusto é o relator do projeto. Estamos lá buscando com o apoio dele e de outros parlamentares o convencimento do parlamento da importância da aprovação desse projeto, que nós acreditamos que levaria aí a uma redução ainda maior dessa criminalidade”, disse.

O ministro avaliou que o projeto “traz instrumentos importantes não só para coibir a criminalidade mas para aumentar os mecanismos de investigação à disposição da polícia, do Judiciário e do Ministério Público”.

Discordâncias

No início deste mês, o presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia declarou em evento na capital paulista que há algumas discordâncias em relação ao pacote anticrime. Maia explicou que em alguns temas do projeto, a maioria dos parlamentares entende que há dificuldade para se avançar.

“Falei para o presidente que a gente precisava de um projeto mais forte na área de Segurança Pública, com uma reforma geral do sistema prisional, algo nessa linha acho que é uma resposta mais forte à sociedade. Acho que o projeto do Moro tem coisas boas, mas é um projeto que vai pinçando temas de várias áreas, inclusive mistura a parte de colarinho branco com crime organizado”, disse Maia na ocasião. http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2019-08/maia-diz-que-reforma-administrativa-e-uma-das-prioridades-da-camara

Experiências

Segundo Moro, a visita ao interior paulista se deu para conhecer experiências locais de videomonitoramento em segurança pública. “Viemos conhecer a região, vivemos em uma federação, sabemos que existem experiências muito interessantes em matéria de segurança pública no país inteiro e uma das funções do Ministério da Justiça e Segurança Pública é conhecer essas experiências e aquelas que forem positivas nós buscarmos replicar”, disse.

“É importante também investir em tecnologia, a tecnologia facilita o trabalho do policial, permite maior foco, permite o atendimento mais rápido àqueles que são vítimas de crime, que acabam sendo, vamos dizer assim, um crime filmado por videomonitoramento, ou que pode permitir a captura de criminosos foragidos, a identificação de veículos furtados, roubados, de uma forma mais dinâmica. Então nós temos que alinhar essas duas estratégias: policiais treinados, mas também tecnologia e a ideia foi vir aqui para Bauru e Marília para conhecer essa experiência”, acrescentou.

(Agência Brasil)

Grupos na UFC marcam protesto contra nomeação de Cândido Albuquerque

1127 35

A nomeação do professor Cândido Albuquerque como reitor da Universidade Federal do Ceará, o que foi confirmado pelo Diário Oficial da União, em edição suplementar no fim da noite dessa segunda-feira, provocou reações no meio universitário.

Professores, alunos e servidores marcaram para as 18 horas desta terça-feira, no cruzamento da avenida da Universidade com 13 de Maio, um ato de protesto. Esses grupos avaliam a nomeação de Cândido, o último na consulta universitária, com 610 votos, como uma “intervenção”. O mais votado foi Custódio Almeida, que obteve mais de 7 mil votos na consulta e 47 votos no Conselho Universitário, onde Cândido obteve 25 votos.

Eles prometem lutar em defesa da autonomia, democracia e direitos na UFC. Durante toda esta terça-feira, um comitê em defesa da autonomia promete dar plantão nos jardins da reitoria da Instituição.

A lista tríplice para reitor da UFC, que inclui a professora Maria Elias, fora encaminhada para o MEC em junho último.

DETALHE – Reação do gênero contra a nomeação de um reitor na UFC ocorreu quando o professor Antônio Albuquerque foi nomeado em 1991 para o cargo. Ele não foi o mais votado. Houve protestos, manifestações, mas Albuquerque concluiu seu mandato e deixou o cargo com trabalho reconhecido.

(Foto – Evilázio Bezerra)

Cândido Albuquerque é o novo reitor da UFC

Cândido e Glauco Lobo.

Saiu, no Diário Oficial da União, em edição suplementar, no fim da noite dessa segunda-feira, o ato de nomeação do novo reitor da Universidade Federal do Ceará.

Deu Cândido Albuquerque, que tem como vice-reitor o professor e médico Glauco Lobo. Ex-diretor da Faculdade de Direito da UFC, Cândido foi o terceiro mais votado na consulta à comunidade universitária, com 610 votos, e ficou em segundo na lista elaborado pelo Conselho Universitário, com 9 votos. O mais votado foi Custódio Almeida, o vice-reitor, na consulta ao meio universitário com 7 mil votos e 25 no Consuni.

Essa informação foi divulgada em primeira mão pelo Blog da Política e, depois, confirmada pelo colunista Jocélio Leal.

A lista tríplice fora encaminhada ao MEC em junho último.

Cândido, ao receber a nomeação, assim se manifestou:

“Resgatar o protagonismo dos verdadeiros talentos, mantendo a pluralidade de ideias, será um desafio necessário e urgente”.

Confira o ato de nomeação assinado por Bolsonaro: