Blog do Eliomar

Últimos posts

Rogéria é internada no Rio

A atriz Rogéria está internada desde a manhã de ontem (13) na Casa de Saúde Pinheiro Machado, na zona sul do Rio de Janeiro, por causa de uma infecção urinária, segundo seu produtor, Alexandro Haddad. O hospital não divulgou boletim de saúde.

De acordo com o produtor, Rogéria se queixou de dores na coluna na noite anterior à sua internação e, em um primeiro momento, foi atendida e medicada em casa, na zona sul do Rio de Janeiro. Com a persistência das dores, ela foi levada à unidade de saúde, onde deu entrada por volta de 6h de ontem.

No hospital, os médicos identificaram que a causa das dores era uma infecção urinária, segundo Haddad. Ele conta que Rogéria está internada na Unidade de Terapia Intensiva apenas para ser observada mais de perto e diz que o caso não é grave.

“Ela está bem, está corada, está em um quarto separado, com televisão. Nem está em leito”, disse Haddad. “O médico brincou que ela está com a saúde melhor do que a dele”.

(Agência Brasil/Foto – Revista Quem)

O Cocó do lazer e o Cocó da natureza selvagem

Com o título “Uma proposta para o Cocó”, eis artigo do arquiteto Jayme Leitão, que pode ser conferido também no O POVO desta sexta-feira. Ele propõe o uso do Cocó em dois parques: um para quem quer só lazer e outro para aqueles que adoram natureza selvagem. Confira:

Mosquitos e mutucas, lacraias e escorpiões, aranhas e formigueiros; nossos parques equatoriais são bem diferentes dos parques ingleses, com sua relva perfeita, seus carvalhos e chorões, sua natureza comportada e sem insetos, domada pela assepsia do frio. Aqui, a vida pulula, fermentada pelo calor e pela umidade – e o nosso Parque do Cocó não foge à regra. Como se sabe, o Parque se situa numa região alagadiça, de baixio, onde antes tínhamos as salinas – aliás, se fosse terra alta e enxuta, não teríamos parque nenhum e a área certamente estaria edificada há muitos anos…

Pois bem, como poderia a população desfrutar de um parque assim? A resposta é: em duas instâncias. A primeira, dentro de um parque/calçadão anelar ao longo de todo o perímetro; a segunda, dentro da área cercada, na forma de parque intocado de quem esteja disposto a fazer turismo ecológico. A criação desse grande anel de contorno implicaria o deslocamento da grade metálica de proteção para dentro da reserva, gerando um parque linear ao longo do perímetro com largura de uns 40m a 50m; esse seria um parque “domado” com grama, ciclovias, árvores, paisagismo, pista de atletismo, equipamentos de ginástica, quiosques, bancos e mesas, iluminação e policiamento, faixa de estacionamento para veículos, enfim: uma grande praça/parque linear que poderia chegar a 15km ou 20km de extensão, permitindo que a população pudesse realmente desfrutar do Parque do Cocó, criando essa zona de transição ao nível da avenida, com tratamento paisagístico e contato amigável com o usuário. Aos amantes da natureza selvagem, é ultrapassar a grade e entrar na reserva intocada, com roupa e equipamento adequado.

Uma medida simples, que traria um novo significado urbano para a nossa maior área verde, permitindo uma nova apropriação do Parque por parte do fortalezense, tão carente de espaços públicos arborizados, limpos, iluminados e seguros.

*Jayme Leitão

jayme@reata.com.br

Arquiteto.

Vitor Valim é a favor da investigação de Temer: “Ninguém está acima da lei!”

302 1

Do deputado federal Vitor Valim (PMDB) sobre a abertura de processo contra o presidente Michel Temer:

“A minha posição nunca mudou. Nunca tive dúvida, sempre fui a favor de investigação contra quem quer que seja. Ninguém está acima da lei. Todo mundo precisa ser investigado. Voltarei favorável à abertura do inquérito contra o Presidente Michel Temer.”

A votação do parecer contrário à abertura de processo está marcada para 4 de agosto próximo. Valim ficará, portanto, com a oposição.

O governo Temer diz ter maioria para derrubar essa matéria.

Presidente da Fiec participa de reunião da Sudene que discute atração de investimentos

Edilson Baldez (FIEMA), Ricardo Essinger (FIEPE), Amaro Sales ( FIERN), Carlos Lyra( FIEAL), Bneto Studart e Francisco Gadelha ( FIEPB)

O presidente da Federação das Indústrias do Ceará, Beto Studart, participa, nesta semana, no Recife (PE), da reunião da Sudene que trata do Roadshow Investimento e Desenvolvimento do Nordeste. O encontro acontece a pedido da Associação Nordeste Forte, que reúne os presidentes de federação de indústrias do Nordeste.

Acompanham ainda o presidente Beto, o secretário de Desenvolvimento Econômico do Ceará, César Ribeiro, além de Carlos Prado, Firmo de Castro , Assis Neto, Fernando Castelo Branco e o chefe de gabinete da FIEC, Sergio Lopes.

O evento tem como objetivo debater projetos, recursos e desafios, visando promover o desenvolvimento e incrementar a economia do setor industrial no Nordeste. Ocorre na sede da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE).

Road show

O Road Show é o primeiro de uma série de encontros regionais que serão realizados nos nove estados do Nordeste, e vai viabilizar um modelo de atração de empresas para a região.

A ideia é levar informações aos empresários sobre a atuação da Superintendência, focando nos instrumentos e políticas capazes de atrair projetos que impulsionem o desenvolvimento, ampliando a geração de emprego e renda na Região.

(Foto – Sudene)

Capitão Wagner pode deixar o Partido da República

O deputado estadual Capitão Wagner (PR) admitiu, numa mensagem que gravou em suas redes sociais, deixar o Partido da República. Ele diz estar muito incomodado com o cenário atual onde seu partido apoia em Brasília a manutenção do presidente Michel Temer.

A saída dele para o PR do Ceará seria um grande prejuízo. Mais votado para a Assembleia (194,2 mil votos), com direito a puxar o deputado federal Cabo Sabino, Wagner ainda é um dos poucos parlamentares que fazem oposição no Ceará ao esquema do governador Camilo Santana (PT) e do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT) – diga-se Ferreira Gomes.

“Se esse fechamento de questão resultar em perseguição a qualquer deputado federal do PR, não vou mais permanecer no partido. É um absurdo o que está sendo feito, nenhum partido tem o direito de obrigar os seus parlamentares a votar contra a vontade popular, contra as evidências dos autos, contra sua própria consciência (…) é ditatorial”, disse. A votação do parecer pró-Temer ocorrerá no dai 4 de agosto próximo.

Capitão Wagner chegou a disputar a prefeitura para Roberto Cláudio, mas manteve-se firme na mídia com sua atuação parlamentar.

*Confira a fala do Capitão em seu Facebook aqui.

Atividade econômica registra queda em maio

A atividade econômica registrou queda em maio. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período) apresentou queda de 0,51%, comparado a abril, de acordo com dados divulgados hoje (14).

Na comparação entre maio deste ano e o mesmo mês de 2016, houve crescimento de 1,40%, de acordo com os dados sem ajustes já que são períodos iguais na comparação.

Em 12 meses encerrados em maio, a retração ficou em 2,23% e no ano, em 0,05%.

O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o BC a tomar suas decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic.

O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos. Mas o indicador oficial sobre o desempenho da economia é o Produto Interno Bruto (PIB) , calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

(Agência Brasil)

Lula ganha um “papagaio de pirata” imbatível

119 2

Durante seu pronunciamento, nessa quinta-feira, para falar sobre sua condenação a nove anos e seis meses pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva, o ex-presidente Lula não ganhou só a solidariedade dos petistas.

Segundo a turma maldosa da política local, ganhou também um “papagaio de pirata” imbatível, que não largou do seu pé nesse clima de esclarecimentos contra a sentença do juiz federal Sergio Moro: o deputado federal cearense José Nobre Guimarães, que ficou à direita de Lula em tudo que foi holofote.

Bom lembrar que Guimarães é o líder da minoria na Câmara.

(Foto – Exame)

“Shaolin do Sertão” disputa em cinco categorias do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Apelidado de “Oscar do cinema nacional”, pela pompa, pela gala e pelo espírito de integrar produtores, diretores e atores num clima de “indústria”, o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro chega este ano à sua 16ª edição – a ser realizada no dia 5 setembro, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro – tendo Elis, de Hugo Prata, como seu líder de indicações.

Entre os destaques, aparece o filme “Shaolin Do Sertão”, do cearense Halder Gomes disputando em cinco categorias: melhor longa-comédia, melhor som, melhor figurino, melhor direção de arte e melhor maquiagem.

Ao todo, 35 longas e 18 curtas-metragens concorrem em 24 categorias. Este ano, a direção da cerimônia ficou a cargo de Bia Lessa, uma das mais prestigiadas diretoras de teatro do Brasil.  O ator Antonio Pitanga (Ganga Zumba) e a atriz e cineasta Helena Ignez (Ralé) serão alvo de homenagens na cerimônia pelo conjunto de suas carreiras. Confira os indicados:

Melhor Longa-Metragem De Ficção

  • Aquarius, de Kleber Mendonça Filho
  • Boi Neon, de Gabriel Mascaro.
  • Elis, de Hugo Prata.
  • Mãe Só Há Uma, de Anna Muylaert.
  • Nise – O Coração Da Loucura de Roberto Berliner

Melhor Longa-Metragem Documental

  • Cícero Dias, o Compadre De Picasso, De Vladimir Carvalho
  • Cinema Novo, de Eryk Rocha.
  • Curumim, de Marcos Prado.
  • Eu Sou Carlos Imperial, de Renato Terra E Ricardo Calil
  • Marias, de Joana Mariani.
  • Menino 23 – Infâncias Perdidas No Brasil, de Belisario Franca
  • Quanto Tempo O Tempo Tem, de Adriana L. Dutra

Melhor Longa-Metragem Comédia

  • BR716, de Domingos Oliveira
  • É Fada!, de Cris D’Amato
  • Minha Mãe É Uma Peça 2, de César Rodrigues
  • O Roubo da Taça, de Caito Ortiz
  • O Shaolin do Sertão, de Halder Gomes

Melhor Direção

  • Afonso Poyart por Mais Forte Que O Mundo – A História De José Aldo
  • Anna Muylaert por Mãe Só Há Uma
  • David Schurmann por Pequeno Segredo
  • Gabriel Mascaro por Boi Neon
  • Kleber Mendonça Filho por Aquarius

Melhor Atriz

  • Adriana Esteves como Dilza por Mundo Cão
  • Andréia Horta como Elis por Elis
  • Glória Pires como Nise da Silveira Por Nise – O Coração Da Loucura
  • Julia Lemmertz como Heloisa por Pequeno Segredo
  • Sonia Braga como Clara Ppor Aquarius
  • Sophie Charlotte como Severina por Reza A Lenda

Melhor Ator

  • Caio Blat como Felipe por BR716
  • Cauã Reymond como Ara por Reza A Lenda
  • Chic Diaz como Gomez por Em Nome Da Lei
  • Domingos Montagner como Covro por Um Namorado Para Minha Mulher
  • Juliano Cazarré como Iremar por Boi Neon
  • Lázaro Ramos como Paulinho por Mundo Cão

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Alice Braga como Sandra por Entre Idas E Vindas
  • Andréa Beltrão como Ana Lucia por Sob Pressão
  • Laura Cardoso como Yolanda por De Onde Eu Te Vejo
  • Maeve Jinkings como Ana Paula por Aquarius
  • Maeve Jinkings como Galega por Boi Neon
  • Sophie Charlotte como Gilda por BR716

Melhor Ator Coadjuvante

  • Caco Ciocler como César Camargo Mariano por Elis
  • Dan Stulbach como Marcos por Meu Amigo Hindu
  • Flavio Bauraqui como Octávio Ignácio por Nise – O Coração Da Loucura
  • Gustavo Machado como Ronaldo Bôscoli por Elis
  • Irandhir Santos como Roberval por Aquarius

Melhor Direção De Fotografia

  • Adrian Teijido por Elis
  • André Horta por Nise – O Coração Da Loucura
  • Diego Garcia por Boi Neon
  • Marcelo Corpanni por Reza A Lenda
  • Mauro Pinheiro Junior por Meu Amigo Hindu

Melhor Roteiro Original

  • Afonso Poyart e Marcelo Rubens Paiva por Mais Forte Que O Mundo – A História De José Aldo
  • Anna Muylaert por Mãe Só Há Uma
  • Domingos Oliveira por Br716
  • Gabriel Mascaro por Boi Neon
  • Kleber Mendonça Filho por Aquarius

Melhor Roteiro Adaptado

  • Fil Braz E Paulo Gustavo or Minha Mãe É Uma Peça 2
  • Hilton Lacerda e Ana Carolina Francisco por Big Jato
  • Lusa Silvestre E Julia Rezende por Um Namorado Para Minha Mulher
  • Neville D’almeida e Michel Melamed por A Frente Fria Que A Chuva Traz
  • Walter Lima Jr por Através Da Sombra

Melhor Direção De Arte

  • Clovis Bueno, Isabel Xavier e Caroline Schamall por Meu Amigo Hindu
  • Daniel Flaskman por Nise – O Coração Da Loucura
  • Frederico Pinto por Elis
  • Juliana Ribeiro por O Shaolin Do Sertão
  • Juliano Dornelles e Thales Junqueira por Aquarius

Melhor Figurino

  • Cássio Brasil por Reza A Lenda
  • Cris Kangussu por Nise – O Coração Da Loucura
  • Cristina Camargo por Elis
  • Flora Rebollo por Boi Neon
  • Luciana Buarque por O Shaolin Do Sertão

Melhor Maquiagem

  • Alex De Farias por Boi Neon
  • Anna Van Steen por Elis
  • Bruna Nogueira por Meu Amigo Hindu
  • Cristiano Pires por O Shaolin Do Sertão
  • Tayce Vale por Reza A Lenda

Melhores Efeitos Visuais

  • Binho Carvalho e José Francisco por Reza A Lenda
  • Eduardo Amodio por Aquarius
  • Guilherme Ramalho por Elis
  • Marcelo Siqueira por Pequeno Segredo
  • Mari Figueiredo por Mais Forte Que O Mundo – A História De José Aldo

Melhor Montagem Ficção

  • Eduardo Serrano por Aquarius
  • Fernando Epstein e Eduardo Serrano por Boi Neon
  • Gustavo Giani por Meu Amigo Hindu
  • Karen Harley por Big Jato
  • Tiago Feliciano por Elis

Melhor Montagem Documentário

  • Alexandre Lima por Curumim
  • Gabriel Medeiros por Geraldinos
  • Jordana Berg por Eu Sou Carlos Imperial
  • Renato Vallone por Cinema Novo
  • Yan Motta por Menino 23 – Infâncias Perdidas No Brasil

Melhor Som

  • Alfredo Guerra e Érico Paiva por O Shaolin Do Sertão
  • Fabian Oliver, Mauricio D’orey e Vicent Sinceretti por Boi Neon
  • Gabriela Cunha, Daniel Turini, Fernando Henna e Paulo Gama por Sinfonia Da Necrópole
  • Jorge Rezende, Alessandro Laroca, Armando Torres Jr. e Eduardo Virmond Lima por Elis
  • Nicolas Hallet E Ricardo Cutz por Aquarius
  • Paulo Ricardo Nunes, Miriam Biderman, Ricardo Reis e Paulo Gama por Reza a Lenda

Melhor Trilha Sonora Original

  • Alceu Valença por A Luneta Do Tempo
  • Antonio Pinto por Pequeno Segredo
  • Dj Dolores por Big Jato
  • Jaques Morelenbaum por Nise – O Coração Da Loucura
  • Otavio De Moraes por Elis

Melhor Trilha Sonora

  • Alexandre Guerra por O Vendedor De Sonhos
  • Bernardo Uzeda por Mate-Me Por Favor
  • Domingos Oliveira por Br716
  • Mateus Alves por Aquarius
  • Mauricio Tagliari por Mundo Cão

Melhor Longa-Metragem Estrangeiro

  • A Chegada – De Denis Villeneuve
  • A Garota Dinamarques – De Tom Hooper.
  • Animais Noturnos– De Tom Ford
  • Elle– De Por Paul Verhoeven
  • O Filho De Saul– De László Nemes
  • Spotlight – Segredos Revelados – De Tom Mccarthy

Melhor Curta-Metragem Animação

  • Cartas, de David Mussel
  • O Caminho dos Gigantes, de Alois Di Leo
  • O Projeto Do Meu Pai, de Rosaria Maria
  • Quando ds Dias Eram Eternos, de Marcus Vinicius Vasconcelos
  • Tango, de Francisco Gusso e Pedro Giongo
  • Vento, de Betânia Furtado
  • Vida de Boneco, de Flávio Gomes

Melhor Curta-Metragem Documentário

  • A Morte do Cinema, de Evandro De Freitas
  • Abissal, de Arthur Leite
  • Aqueles Anos de Dezembro, de Felipe Arrojo Poroger
  • Buscando Helena, de Ana Amélia Macedo e Roberto Berliner
  • Índios No Poder, de Rodrigo Arajeju
  • Orquestra Invisível Let’s Dance, de Alice Riff

Melhor Curta-Metragem Ficção

  • A Moça Que Dançou Com o Diabo, de João Paulo Miranda Maria
  • Constelações, de Maurílio Martins
  • E O Galo Cantou, de Daniel Calil
  • Não Me Prometa Nada, de Eva Randpolph
  • O Melhor Som Do Mundo, de Pedro Paulo De Andrade

Tem voto popular também no GPCB: a votação será aberta no dia 1º de agosto, a partir de quando o público vai poder eleger seus preferidos através do site da Academia Brasileira de Cinema nas categorias “Melhor Longa-metragem Ficção”, “Melhor Longa-metragem Documental” e “Melhor Longa-metragem Estrangeiro”.

*Confira mais sobre Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Fiec agradece aos senadores Tasso e Eunício pelo apoio à Reforma Trabalhista

165 1

Os jornais locais de Fortaleza, desta sexta-feira, estampam uma página paga pela Federação das Indústrias do Ceará (Fiec). A entidade destaca a participação de dois dos três senadores cearenses na aprovação da reforma trabalhista.

Lembra que foi um momento histórico para o País essa aprovação, destacando que Tasso Jereissati (PSDB) e Eunício Oliveira (PMDB) confirmaram “as suas trajetórias de homens públicos comprometidos com o desenvolvimento”.

E conclui: ‘” eles, o agradecimento da indústria cearense.”

DETALHE – Fora dessa festa da Fiec ficou o senador José Pimentel, do PT.

Lei que altera a CLT é publicada no Diário Oficial da União

A Lei nº 13.467, que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1º de maio de 1943, também chamada de Lei de Modernização Trabalhista, está publicada na edição de hoje (14) do Diário Oficial da União. Essa lei foi sancionada ontem (13) pelo presidente da República, Michel Temer, que, em cerimônia no Palácio do Planalto, na presença de ministros e parlamentares, entre outras autoridades, disse que os direitos dos trabalhadores estão sendo preservados.

“Este projeto de Lei é a síntese de como esse governo age. Como eu tenho dito, o diálogo é essencial, mas também a responsabilidade social. Estamos preservando todos os direitos dos trabalhadores. A Constituição Federal assim determina”.

A aprovação da reforma, tida pelo governo como uma de suas prioridades, divide opiniões. Mas o presidente e sua equipe garantem que a modernização da CLT vai aumentar a geração de empregos e dar segurança jurídica tanto para empregados quanto para empregadores.

“O que fizemos foi avançar. Contratos que antes não comportavam carteira assinada hoje estão previstos expressamente. Nossa consolidação, que foi na época um grande avanço, é de 1943. É claro que o mundo não é mais de 1943, é do século 21. E fizemos a adaptação ao século 21. Hoje há uma igualdade na concepção. As pessoas são capazes de fazer um acordo, de um lado os empregados, de outro, os empregadores”, frisou Temer.

Pontos polêmicos

Alguns pontos da lei, no entanto, serão alterados após diálogo com o Congresso. O governo enviou aos parlamentares uma minuta com os pontos da medida provisória (MP) com a qual pretende alterar a reforma trabalhista. A minuta toca em dez pontos da reforma, entre eles temas polêmicos que foram discutidos durante a tramitação, como o trabalho intermitente, a jornada 12 por 36 horas e o trabalho em condições insalubres das gestantes e lactantes.

Segundo o líder do governo senador Romero Jucá, relator da reforma na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), não há prazo definido para a conclusão da MP e há tempo para sua edição. “Encaminhei hoje [a MP] para vários parlamentares os pontos que são objeto do acordo no Senado para serem discutidos. Na hora que estiverem amadurecidos, a MP será editada. Não tem previsão. É importante dizer que esta lei só vale daqui a 120 dias. Para ter uma medida provisória que modifique a lei, ela tem que ocorrer antes de 119 dias. Então nós temos um prazo razoável”, disse.

(Agência Brasil)

Prefeito vai lançar a bike-ambulância

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), vai lançar, às 10 horas deste sabado, em frente ao Clube Náutico, no calçadão da avenida Beira Mar, o Projeto Bike Vida. São bicicletas equipadas com oxigênio, talas, desfibrilador e outros equipamentos importantes para o primeiro atendimento guiadas por socorristas. O objetivo é fazer o primeiro atendimento em caso de acidente ou outro tipo de problema ao longo de toda a faixa da Beira Mar.

O Samu fará a operação de apoio quando necessário. O projeto-piloto contará com três bicicletas em três pontos da área: Estoril, Náutico e Mercado dos Peixes. Cada uma respondendo por um raio de 1,5km.

“Essa ação é uma parceria da Prefeitura com Unimed, que doou equipamentos de saúde, com a Barcelos, que doou bicicletas, e com o Samu”, informa Ferruccio Feitosa, titular da Regional II.

A torcida é para esse projeto, sem sombra de dúvidas uma boa iniciativa, não vire fogo de palha.

Congresso aprova LDO 2018

Após concluir a votação dos vetos presidenciais, deputados e senadores aprovaram, ness anoite de quinta-feira, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, que estabelece as prioridades e metas orçamentárias do governo para o ano que vem. O texto, que segue para sanção presidencial, mantém a meta fiscal proposta pelo governo e prevê para 2018 deficit primário de R$ 131,3 bilhões para o conjunto do setor público consolidado (que engloba o governo federal, os estados, municípios e as empresas estatais).

Esta será a primeira LDO a entrar em vigor após aprovação da Emenda Constitucional do Teto de Gastos Públicos, que atrela os gastos à inflação do ano anterior, por um período de 20 anos.

De acordo com o parecer do relator, Marcus Pestana (PSDB-MG), aprovado pelo Congresso, a aplicação do Teto dos Gastos faz com que exista a avaliação da possibilidade de expandir as despesas primárias (obrigatória e discricionária) tendo como base um aumento de cerca de 3% (ou um  incremento de aproximadamente R$ 39 bilhões), que corresponde à correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado entre  julho de 2016 e junho de 2017.

Entenda a LDO

A LDO define as metas e prioridades do governo para o ano seguinte, orienta a elaboração da lei orçamentária anual e fixa limites para os orçamentos dos poderes Legislativo e Judiciário e do Ministério Público.

O texto prevê o aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 e aumenta a meta de déficit primário (Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União) do governo federal para o ano que vem, de R$ 79 bilhões para R$ 129 bilhões. Estatais federais terão como meta o deficit de R$ 3,5 bilhões – nos estados e municípios, a projeção é de superavit de R$ 1,2 bilhão.

Os números não consideram uma eventual aprovação da reforma da Previdência.

A LDO prevê ainda, para o ano que vem, crescimento real da economia brasileira de 2,5%, taxa básica de juros (Selic) em 9%, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 4,5% no ano e dólar a R$ 3,40 no fim do período.

Caso os números apresentados pelo governo na PLO se confirmarem, o ano de 2018 será o quinto consecutivo de deficit primário. Os saldos negativos contribuem para o crescimento da dívida do governo.

Com a aprovação da LDO, o Congresso pode entrar em recesso, que começa no dia 18 e vai até 31 de julho. É a primeira vez em três anos que os parlamentares aprovam a Lei de Diretrizes Orçamentária no primeiro semestre.

(Agência Brasil)

Camilo faz “festa” em Sobral para Ivo Gomes

O governador Camilo Santana (PT) vai cumprir agenda, nesta sexta-feira, ao lado do prefeito Ivo Gomes (PDT), de Sobral (Zona Norte). Nesse município, Camilo entregará obras, viaturas para a PM, assinará outra e ainda vai inaugurar o Restaurante Universitário da Universidade Vale do Acaraú (UVA).

Eis a programação:

 

Bom lembrar que Sobral vive festa pelos seus 244 anos de emancipação.

Praia de Iracema ganhará Delegacia do Turista

A Praia de Iracema vai ganhar nova unidade da Delegacia do Turismo ainda neste ano. A Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Estado fecharam convênio e a previsão é de que a unidade seja implantada antes da próxima alta estação. a informação é do secretário municipal do Turismo, Alexandre Pereira.

A unidade ficará em frente à Ponte dos Ingleses, ponto localizado entre a orla da Praia de Iracema e o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, e é parte da revitalização da Praia de Iracema. Atualmente, a Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur) funciona na rua Costa Barros, na Aldeota, no mesmo prédio onde está sediado o 2º Distrito Policial (DP). Já o Dragão do Mar conta com uma unidade do Ceará Pacífico.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o estudo para realizar a implantação está em andamento. Ainda não há confirmação se a unidade será móvel ou se será implantada permanentemente.

Conforme ainda o secretário Alexandre Pereira, esta já era uma demanda da pasta, reivindicada em reunião com o conselho de moradores formado pela secretaria. “Solicitei uma segunda audiência com o delegado André Costa que prontamente assumiu o compromisso do retorno da delegacia para a Praia de Iracema”, disse.

Ministro Ricardo Barros defende aumento de salário dos médicos no SUS

Durante evento no Palácio do Planalto nessa quinta-feira (13), em que anunciou mais R$ 1,7 bilhão para o atendimento da população, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, ressaltou os desafios para a fixação de médicos no SUS. Segundo ele, o problema só será enfrentado com uma remuneração adequada aos profissionais.

“Os munícipios que fazem concursos terão que dar uma remuneração adequada para evitar o abandono dos cargos. Nós abrimos 150 novos cursos de Medicina no Brasil, recentemente. Em pouco tempo teremos oferta de profissionais que só se apresentarão para trabalhar no município se o salário for compatível”, afirmou o ministro Ricardo Barros. Atualmente, a legislação obriga que o teto do servidor municipal seja o salário do prefeito, o que pode ser um impeditivo para contratação.

Para qualificar o atendimento à população, Ricardo Barros destacou a importância da informatização das unidades de saúde. A meta do Ministério da Saúde é que até o fim de 2018 100% das Unidades Básicas de Saúde tenham prontuário eletrônico. Além disso, já está em curso proposta para implementar a biometria que ajudará no monitoramento de metas de desempenho, cumprimento de horários e tempo destinado a consulta.

“A dificuldade em fazer com que o profissional cumpra a jornada de trabalho devida vem acompanhada da sobrecarga de demanda em hospitais”, destacou o ministro Ricardo Barros. Segundo ele, na instalação da biometria, que ajudará no controle da produtividade, é fundamental a contrapartida dos municípios para o aumento de salário dos profissionais. “Assim o paciente sabe que vai encontrar um médico na unidade de saúde”, disse.

A pasta também já negocia com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) a possibilidade de médicos do Programa Mais Médicos serem contratados diretamente pelos municípios. Para isso, o município precisa de uma lei própria que autorize a presença do médico do programa de forma direta, se responsabilizando pelo custo. “Essa será uma alternativa para a limitação dos salários. O médico da OPAS não é um funcionário da prefeitura e, por isso, não é necessário respeitar o teto”, completou Ricardo Barros.

(Agência Saúde)

Emendas de José Airton – LDO 2018 prevê orçamento para a pesca, semiárido e turismo no Ceará

O relator do texto principal do Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018 (PLDO 2018), deputado Marcus Pestana (PSDB-MG), na Comissão Mista de Orçamento da Câmara Federal, acatou – e o plenário aprovou – as emendas individuais do deputado federal José Airton Cirilo (PT-CE), que preveem recursos para a pesca, semiárido e turismo.

“Nossas emendas buscam previsão orçamentária para importantes áreas do nosso Estado, seja na pesca, na preservação do semiárido e no fortalecimento do turismo”, comentou José Airton Cirilo.

A primeira emenda será destinada à construção de um Centro Regional de Articulação e Difusão e Tecnologia para conservação ambiental do bioma Caatinga no município de Quixeramobim.

A segunda destina recursos para a capacitação e pesquisa sobre o produto da pesca e exercício da atividade pesqueira, enquanto a terceira emenda estimula o turismo da Rota das Falésias, que deverá incentivar a geração de novos negócios e a expansão dos já existentes, ampliando e qualificando serviços e equipamentos turísticos na região que abrange os municípios de Eusébio, Aquiraz, Pindoretama, Cascavel, Beberibe, Aracati, Fortim e Icapuí.

(Foto – Divulgação)

Temer manifesta “confiança nas instituições brasileiras” após votação na CCJ

Diante do resultado da sessão na Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) que discutiu a admissibilidade da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer, o porta-voz da presidência da República, Alexandre Parola, deu uma declaração exaltando o número de deputados que rejeitaram o relatório favorável à denúncia. Foram 40 votos contrários ao relatório do deputado Sérgio Zveiter (PMDB-RJ) contra 25 favoráveis.

“Trata-se de uma maioria de mais de 60% dos votos. O presidente recebeu esta notícia com a tranquilidade de quem confia nas instituições brasileiras. O resultado hoje alcançado deixa claro que é sólida a maioria dos que defendem a democracia, os direitos constitucionais e o Estado de Direito”, disse Parola.

Após a rejeição do relatório de Zveiter, um relatório substituto foi lido e aprovado na CCJ, com 41 votos favoráveis. “O presidente Michel Temer congratula-se com cada um dos deputados e deputadas que hoje, com coragem cívica, deram seu voto em defesa da Constituição e da Democracia”, completou o porta-voz. A votação de ambos relatórios ocorreu após mudanças de vários membros da CCJ. Foram 14 titulares da base aliada trocados na titularidade da comissão, sendo duas trocas feitas na mesma vaga.

Após a aprovação do parecer na CCJ, ele terá que ser votado no plenário da Câmara, o que ainda não tem data para ocorrer. Para que a denúncia possa ter prosseguimento são necessários os votos favoráveis de 342 deputados. Caso contrário, ela será arquivada.

(Agência Brasil)

DETALHE – A votação do novo parecer descartando a denúncia de corrupção passiva contra Temer está marcada para 2 de agosto, na Câmara.