Blog do Eliomar

Últimos posts

Ferroviário empata e depende de combinações de resultados para se classificar

127 1

O Ferroviário não passou de um empate sem gols com o Imperatriz, na noite deste sábado (17), no interior maranhense, pela penúltima rodada da primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, a equipe cearense agora irá depender de uma combinação de resultados para seguir na competição, além da obrigação de vencer o Confiança, na última rodada, no próximo sábado (24), em Fortaleza.

E a torcida do Ferrão já começa neste domingo (18), quando terá que “secar” o Santa Cruz, que recebe o Globo, além do próprio Confiança, que joga em casa contra o Treze.

Sampaio Corrêa e Náutico já asseguraram presença nas quartas de final, quando serão definidas as quatro equipes que disputarão a Série B do próximo ano.

(Foto: Arquivo)

Remédio para cólica menstrual tem efeito para tratar esquistossomose

Um remédio amplamente utilizado para cólicas menstruais – o ácido mefenâmico (nome comercial Ponstan) – pode ser eficiente para o tratamento da esquistossomose. A descoberta foi feita por pesquisadores da Universidade de Guarulhos que estudam reposicionamento de fármacos, ou seja, novos usos para medicamentos já existentes. Após passar por testes em laboratório e experimentos com animais, faltam testes clínicos em humanos para que anti-inflamatório possa ser receitado também para combater a verminose.

O estudo mostrou que o Ponstan reduziu em mais de 80% a carga parasitária em camundongos infectados com o verme Schistosoma mansoni. Segundo os pesquisadores, esse percentual ultrapassa o “padrão ouro” estipulado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para novos medicamentos. Atualmente, só existe um remédio para o tratamento da esquistossomose, o praziquantel. A eficácia do ácido mefenâmico pode ser até maior do que o antiparasitário disponível pois ele atuou também na fase larval do parasita.

A esquistossomose atinge mais de 240 milhões de pessoas em todo o mundo, segundo dados da OMS. O professor Josué de Moraes, da Universidade Guarulhos, destaca que esta é uma doença negligenciada e, embora afete uma parcela significativa de pessoas, carece de estudos, vacinas e tratamentos mais avançados. “Estamos falando de doenças da pobreza. A indústria farmacêutica, quando olha para esse público, não vai querer desenvolver um novo medicamento”, apontou o autor do estudo.

Segundo Moraes, a produção de um novo medicamento envolve pelo menos 1,5 bilhão e dez anos de pesquisa e, como a doença atinge principalmente os mais pobres, não há interesse da indústria farmacêutica. “A vantagem do reposicionamento [de fármaco] é que se trata de algo que já existe, que já foi aprovado, já está disponível nas drogarias e se a gente consegue descobrir que esse medicamento tem uma aplicação diferente daquela que era utilizada, vou eliminar essa etapa de tempo e custo”, explicou o professor.

O estudo de reposicionamento de fármaco desenvolvido na Universidade de Guarulhos começou com a análise de 73 não esteroidais comercializados no Brasil e em outros países. O ácido mefenâmico foi o que apresentou resultados mais promissores como antiparasitário. A descoberta, que teve apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), foi publicada na revista EbioMedicine, do grupo Lancet.

A transmissão da esquistossomose está ligada a locais sem saneamento básico adequado e pelo contato de água com caramujos infectados pelos vermes causadores da doença. Os vermes Schistosoma mansoni se alojam nas veias do mesentério e no fígado do paciente. O indivíduo infectado não apresenta sintomas nas primeiras duas semanas, mas o quadro pode evoluir e causar problemas crônicos de saúde e morte.

Moraes aponta que, uma vez iniciados os testes clínicos em humanos, caso comprovada a eficácia do Ponstan para esquistossomose, em menos um ano as bulas podem ser alteradas e o tratamento recomendado. “É pegar uma região onde você tem pessoas com a doença e fazer o tratamento e monitorar o processo de cura. A única etapa que falta agora é esta. Todos os estudos que são necessários para desenvolver medicamento já foi feito”, explicou.

(Agência Brasil)

1 a 0 – Fortaleza abusa de perder gols e Internacional aproveita única oportunidade na partida

116 3

O Fortaleza perdeu a terceira partida seguida no Castelão, na tarde deste sábado (17), dessa vez diante do Internacional, por 1 a 0, na abertura da 15ª rodada do Brasileirão. Wellington Silva, aos 21 minutos da segunda etapa, marcou o gol da vitória gaúcha, na única oportunidade da equipe no jogo.

O time cearense promoveu um festival de gols desperdiçados, além de uma tarde inspirada do goleiro Danilo Fernandes, que praticou três grandes defesas.

Com o resultado, o Fortaleza segue na 12ª posição na tabela de classificação, mas poderá ser superado por três equipes, no complemento da rodada.

O Leão volta a campo no domingo (25), na Vila Belmiro, contra o Santos.

(Foto: Reprodução)

Planejamento de cidades pode baratear transporte, avalia ministério

O planejamento das cidades brasileiras precisa levar em conta os novos conceitos de mobilidade urbana, visando a construção de centros urbanos mais eficientes, inteligentes, inclusivos, sustentáveis e humanos, o que favorecerá a racionalização da malha viária e a redução das tarifas do transporte público. A recomendação foi feita nessa sexta-feira (16) pelo representante do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Clever de Almeida, em audiência pública interativa sobre o custo do transporte na renda dos brasileiros. Estudo recente do Ipea aponta que a tarifa do transporte compromete 15% da renda dos moradores das nove maiores regiões metropolitanas do país.

Diretor do Departamento de Planejamento e Gestão de Mobilidade e Serviços Urbanos do MDR, Almeida disse que a Lei 12.587, de 2012 estabelece que os municípios acima de 20 mil habitantes precisam elaborar seus planos de mobilidade urbana, o que poderá trazer luz ao contexto do transporte coletivo e impor planejamento para a obtenção de um modelo de transporte mais adequado.

Entre os desafios para a redução das tarifas, Almeida apontou a revisão do modelo de negócio; reestruturação das linhas e modais de transporte; racionalização das linhas para redução de custos operacionais; novas formas de financiamento para investimentos e operações; adoção de subsídios; fonte para custeio e financiamento das gratuidades, hoje bancadas pelos usuários do transporte; investimento em tecnologias; obtenção de receitas extratarifárias; e modernização dos contratos de concessão do transporte público.

Diretor do Instituto Movimento Nacional pelo Direito ao Transporte Público (MDT), Nazareno Stanislau Afonso disse que o Estado brasileiro fez a opção de promover o uso do automóvel, o que direcionou a alocação e a apropriação de recursos públicos.

— Essa é uma questão estrutural na mobilidade urbana. O automóvel ocupa de 80% a 90% do transporte e desloca 30% dos usuários. Temos um déficit de uns 70% no sistema viário, que precisaria ser reconquistado para uma mobilidade sustentável. O automóvel vê tudo como direito, e nós tratamos o automóvel com privilégios, que precisam ser reduzidos — afirmou Nazareno, para quem o país precisa debater a adoção de pedágios urbanos e subsídios.

Na avaliação do secretário executivo da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Gilberto Perre, não há “saída mágica para um problema tão complexo e histórico” como a mobilidade urbana.

— As políticas públicas podem não ter o sucesso desejado, mas há seriedade e comprometimento de prefeitos de grandes e médias cidades para encontrar soluções. Esse é um tema federativo que envolve o governo federal, governadores e prefeitos. Muitas das soluções demandam soluções em Brasília. A redução do IPI dos automóveis, as políticas tarifárias para a gasolina foram tomadas aqui sem consulta aos prefeitos. Se enchem as ruas de carros e as tarifas sobem, não é culpa do prefeito. A capacidade de os municípios oferecerem recursos para o transporte é cada vez menor — afirmou.

Queda de demanda

Representante da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU), Marcos Bicalho dos Santos, disse que o transporte público hoje é um dos serviços mais transparentes que existem no Brasil, com sistemas que controlam desde a bilhetagem até as operações on line. Ele disse ainda que a produtividade do setor vem caindo por conta dos engarrafamentos urbanos.

— Vivemos uma fase sistemática de queda de demanda, que atinge até 25,9%, o que torna grave um círculo vicioso. A queda da demanda diminui a receita. A oferta não consegue ser reduzida na mesma proporção, o que gera aumento de custos que acaba sendo transferido para a tarifa. O modelo de financiamento do custeio é um dos grandes problemas do setor. O usuário está pagando todo o custo de serviço e todas as gratuidades, o que representa 21% da tarifa. O modelo está desatualizado em todo o mundo, inclusive na América Latina. As políticas sociais não podem ser sustentadas com recursos do transporte público. Esses recursos têm que vir do Orçamento — afirmou.

(Agência Senado)

Mulher denuncia assalto a faca cometido por motorista de aplicativo em Fortaleza

201 2

Uma mulher relata ter sido assaltada por um motorista da empresa de transporte por aplicativo 99. O crime, conforme ela narra, ocorreu por volta das 9h50min deste sábado, 17. De acordo com o relato da vítima, feito por uma familiar ao O POVO Online, o crime aconteceu próximo ao final da corrida, quando o motorista rendeu a vítima com uma faca, tomando todos os pertences e a mandando descer do veículo, de modelo Fiat Mobi, da cor branca. A 99 informou que o motorista foi bloqueado.

A viagem começou no bairro Cidade 2000 com destino rumo ao bairro Luciano Cavalcante. Próximo à esquina entre as ruas Jaime Leonel e Doralice Costa, em frente a uma escola, o homem anunciou o crime, segundo depoimento da vítima.

“Ele aproveitou que na rua não tinha ninguém e puxou uma faca”, afirmou uma sobrinha da vítima ao O POVO Online. Segundo ela, a mulher assaltada foi obrigada a sair do carro, onde teve de deixar bolsas, celular e cartões de crédito.

A vítima diz que, como perdeu o celular durante a ação criminosa, não consegue identificar dados sobre o motorista. Ela prestou informações numa delegacia na Cidade 2000.

Empresa lamenta

A 99 informou ao O POVO Online ter recebido “a grave denuncia” relacionada a passageiro da plataforma de transporte. A empresa informou lamentar profundamente a situação e disse estar em contato com a vítima para oferecer suporte. “Enquanto isso, o condutor foi bloqueado da plataforma. A 99 está disponível para colaborar com a investigação da polícia”, diz a nota da assessoria.

O POVO Online entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e aguarda retorno sobre o caso.

Estupros em carros

No ano passado, O POVO revelou casos de estupro cometido por motorista da mesma plataforma de transportes. As reportagens foram assinadas pelos repórteres Carlos Mazza e Jáder Santana. Ele foi preso acusado de usar dados de pacientes inválidos, falsificar cadastro em aplicativo e estuprar passageiras. Uma das vítimas relatou ao O POVO os detalhes da cronologia do crime.

Medidas de segurança

A 99, por meio da assessoria, tratou ainda das medidas de prevenção à violência.

“O aplicativo desenvolve tecnologias de ponta para focar especialmente em prevenção. Entre as medidas está o botão de segurança. A funcionalidade envia informações sobre a rota para que parentes e amigos acompanhem a localização bem tempo real. O botão também permite que o passageiro possa facilmente chamar a polícia e adicionar contatos de confiança.

“A empresa repudia esse caso de violência e ressalta que possui um canal exclusivo para emergências no 0800 888 8999. A assistência funciona 24 horas por dia 7 dias por semana, oferecendo auxílio imediato para os usuários”.

(O POVO Online / Repórter Wanderson Trindade)

Abelhas atrasam início da partida entre Fortaleza e Internacional, no Castelão

Um enxame em uma das bandeiras de escanteio no Castelão atrasou por cerca de 15 minutos a partida entre Fortaleza e Internacional, na tarde deste sábado (17), pela abertura da 15ª rodada do Brasileirão.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas as abelhas se espalharam, diante do uso de extintores. A guarnição então conseguiu dissipar o enxame com jatos de água para o alto.

As duas equipes haviam entrado em campo e o Fortaleza se posicionou no lado do campo onde estavam as abelhas. Não há relato de atletas ou torcedores atacados pelas abelhas.

(Fotos: Reprodução)

Crédito com garantia de imóvel pode chegar a 20% do PIB em 20 anos

86 1

Os consumidores poderão ter acesso a juros mais baixo com crédito de longo prazo. Essa é a expectativa do Banco Central (BC), que pretende elaborar medidas para destravar o crédito com garantia de imóvel, chamado de home equity. A ideia é reduzir os custos e o tempo com burocracias em cartório e avaliação de imóveis.

No último dia 6, o presidente do BC, Roberto Campos Neto, disse que os custos cartoriais e de avaliação de imóveis ficam em torno de R$ 7 mil a R$ 8 mil. Segundo Campos Neto, o home equity pode injetar R$ 500 bilhões na economia, quase dobrando a carteira atual de crédito imobiliário.

Atualmente, o home equity representa cerca de 3% do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Com o estímulo à modalidade, esse percentual poderá chegar a 20% do PIB, em 20 anos, segundo estimativa do presidente de uma empresa do setor, a Credihome, Bruno Gama. “Essa taxa atual é muito baixa se comparado a países desenvolvidos ou mesmo outros países da América Latina. Com juros em queda, destravamento e simplificação do processo de registro de cartório e os incentivos adequados, o volume de home equity pode chegar a 10% em 8 a 10 anos e até 20% em 20 anos – número que se aproxima dos R$ 500 bilhões citados pelo Banco Central”, afirmou Gama.

Segundo levantamento feito por Gama, com base em dados de bancos centrais, no México, o home equity representa cerca de 10% do PIB, enquanto no Chile, 14%. Economias mais maduras como Japão (33%), Alemanha (51%) e até Austrália (82%) tem índices mais de 10 vezes maiores que os do Brasil.

Gama lembrou que o estímulo a modalidades de crédito com prazos mais longos e juros menores, faz parte da agenda do BC, que anunciou recentemente redução do compulsório (recursos que os bancos são obrigados a deixar depositados no Banco Central) para instituições financeiras que oferecem crédito com garantia de imóvel.

Segundo o empresário, o home equity permite dar liquidez (tornar o recurso disponível) a um bem de valor elevado e vai estimular o crédito de longo prazo no país. Ele acrescentou que o crédito, atualmente, está muito concentrado em linhas de curto prazo, como empréstimos pessoais. Gama também avalia que há uma mudança cultural dos clientes que calculam quanto gastam com juros.

De acordo com ele, atualmente o uso de imóveis como garantia – embora ainda incipiente se comparado a seu potencial de crescimento – já permite que o consumidor acesse crédito com juros de 1% ao mês e prazos de até 20 anos.

Gama afirmou ainda que, atualmente, a liberação do empréstimo leva muito tempo por envolver análise de crédito do cliente, de documentos e avaliação do imóvel e registro em cartório. Esse tipo de contrato precisa ser levado ao cartório de imóveis e só depois disso, há liberação do empréstimo.

O diretor da Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac), Miguel de Oliveira, disse que o crédito com garantia é naturalmente mais barato porque o risco de inadimplência é menor. Assim, os bancos, que são obrigados a fazer reservas para as operações de crédito, podem reservar um volume menor de dinheiro e isso reduz o custo do empréstimo. “Se a operação é mais segura, o risco é menor e a taxa de juros é menor. É mais uma medida que possibilita fazer uma operação com garantia real”, disse.

(Agência Brasil)

Fortaleza quer aproveitar “distração” do Inter com Libertadores e voltar a vencer no Castelão

Com o segundo pior desempenho em partidas fora de casa – 5 derrotas e um empate -, o Internacional entra em campo na tarde deste sábado (17), diante do Fortaleza, no Castelão, pela 15ª rodada do Brasileirão, com foco na partida da quarta-feira (21), no Maracanã, contra o Flamengo, no primeiro confronto entre as duas equipes, pelas quartas de final da Copa Libertadores.

A equipe gaúcha, que já chegou às primeiras colocações no Brasileirão, está com um desempenho melhor somente que o Palmeiras, nas últimas cinco rodadas entre as 12 equipes melhores colocadas, incluindo o Ceará (9º colocado) e o próprio Fortaleza (12º colocado).

Mesmo assim, o Internacional quer voltar a vencer na competição, mesmo com um time mesclado com reservas, para não se distanciar dos líderes do Brasileirão. A última vitória gaúcha na competição foi justamente sobre um time cearense, o Vozão, em Porto Alegre, por 1 a 0.

Já o Fortaleza, que venceu o CSA na última rodada, fora de casa, por 2 a 0, na primeira partida sem o treinador Rogério Ceni (Cruzeiro), estreia o técnico Zé Ricardo. Uma vitória do Leão fará a torcida superar a saída de Ceni, que conquistou três títulos para o Fortaleza: Série B 2018, Estadual 2019 e Copa do Nordeste 2019. O Leão não vence em casa há um mês, desde que derrotou o Avaí, por 2 a 0. Depois perdeu no Castelão para o Corinthians (3 a 1) e para o Ceará (2 a 1).

Nos sites de apostas online, o Fortaleza aparece como favorito, com 41.9% de chances de vitória, diante de 34.5% de empate e 23.4% de chances de vitória para o Internacional.

(Foto: Arquivo)

Justiça decreta prisão preventiva contra dois filhos de Flordelis

A juíza da 3ª Vara Criminal de Niterói (RJ), Nearis dos Santos Carvalho Arce, aceitou ontem (16) denúncia do Ministério Público contra dois filhos da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) pelo homicídio do marido dela, o pastor Anderson do Carmo de Souza, de 41 anos. A magistrada também decretou a prisão preventiva dos dois acusados: Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cezar dos Santos de Souza.

A denúncia foi oferecida ontem mesmo pelo Ministério Público Estadual (MPRJ), que pede a condenação dos dois por homicídio qualificado. Anderson foi assassinado na madrugada de 16 de junho, na residência do casal, em Niterói.

Segundo o MPRJ, Flávio efetuou os disparos que causaram a morte do padastro. Lucas, que é filho de Anderson, teria atuado como cúmplice do irmão por conhecer o plano do assassinato e por ajudá-lo a adquirir a arma usada no crime.

(Agência Brasil)

Sindjorce aponta “clara censura” de Bolsonaro na Ancine

Em nota à imprensa, o Sindicato dos Jornalistas do Ceará lamenta o posicionamento do presidente Jair Bolsonaro, que proibiu a Ancine de financiar filmes que envolvem temáticas LGBT e de sexualidade. Confira:

O Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce) repudia veementemente as decorações do presidente Jair Bolsonaro, que voltou a fazer críticas a obras audiovisuais que buscavam autorização da Ancine (Agência Nacional do Cinema) para captar recursos por meio da Lei do Audiovisual.

Em uma transmissão ao vivo, ele citou filmes que envolvem temáticas LGBT e de sexualidade e disse que a agência não vai liberar verbas para esses projetos. O ato do mandatário é uma clara censura. Uma verdadeira e grave ameaça à ordem pública e ao preceito constitucional da liberdade de expressão e pensamento. Ao mesmo tempo, é inaceitável que a legislação de fomento ao audiovisual brasileiro seja violada.

Lembramos que o ato de vasculhar, escrutinar e submeter conteúdos à prévia autorização do Estado são comuns apenas a governos autoritários, como ditaduras e autocracias. É o que Brasil está se tornando? Um estado fascista? Ao mesmo tempo, a Ancine tem desígnio público e não pessoal. Em nenhum momento a Agência poderia ser submetida às fantasias, preconceitos e limitações intelectuais do mandatário.

Ao mesmo tempo, nos solidarizamos com o associado Émerson Maranhão, um dos cineastas que teve sua obra nominalmente rejeitada pelo governante: “Um filme chama ‘Transversais’. Olha o tema: ‘Sonhos e realizações de cinco pessoas transgêneros que moram no Ceará. Conseguimos abortar essa missão”, disse Bolsonaro na live. A obra citada é uma série documental em cinco episódios, que se debruça sobre o cotidiano, as dificuldades, os sonhos e as realizações de cinco pessoas transgênero que moram no Ceará.

Conforme Émerson e seu parceiro na realização, Allan Deberton, a série pode ter sido selecionada para a banca final de definição dos projetos, quando foi encontrada por Bolsonaro.

Em face do exposto, é necessário que a sociedade brasileira e as instâncias de fiscalização do Governo tomem medidas, em caráter de urgência, para que a presidência se abstenha de atacar a liberdade de expressão e torne o Brasil o laboratório de devaneios de incautos. É preciso chamar o Estado brasileiro à sua responsabilidade. Além disso, é imprescindível que as forças democráticas do país ajam no sentido de interromper a nefasta campanha difamatória de Bolsonaro contra as populações oprimidas (negros/as, mulheres, LGBTs e povos tradicionais) e que esses constrangimentos não mais se repitam.

Sindicato dos Jornalistas do Ceará

Caixa e Banco do Brasil iniciam pagamento de cotas do PIS/Pasep

A partir da segunda-feira (19), inicia-se o calendário de disponibilização dos recursos Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). Neste primeiro dia, os cotistas que possuem contas na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil terão dinheiro depositado em conta corrente ou em poupança. Os demais cotistas poderão fazer os resgates conforme calendário divulgado pela Caixa e Banco do Brasil.

Essa liberação das cotas do PIS/Pasep foi feita por meio da Medida Provisória 889/2019, anunciada pelo governo no início do mês. Pela MP, também houve liberação de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A liberação das cotas é diferente do pagamento anual do abono salarial. Esse pagamento do calendário 2019/2020 começou no final de julho.

No caso das cotas do PIS/Pasep, os recursos ficarão disponíveis para todos os cotistas, sem limite de idade. Diferentemente dos saques anteriores, agora não há prazo final para a retirada do dinheiro, lembrou o Ministério da Economia.

Segundo o ministério, as novas regras previstas pela MP facilitam ainda o saque para herdeiros, que passarão a ter acesso simplificado aos recursos, sendo necessário apresentar declaração de consenso entre as partes e a declaração de que não há outros herdeiros conhecidos.

Têm direito ao saque todos os cotistas da iniciativa privada cadastrados no PIS e servidores públicos cadastrados no Pasep até 4 de outubro de 1988.

O PIS e Pasep constituem um fundo único, cujo saldo pode ser sacado pelo trabalhador cadastrado entre 1971 e 4 de outubro de 1988 e que ainda não tenha retirado o valor total das cotas na conta individual de participação.

PIS beneficia 10,4 milhões

Serão disponibilizados para saque R$ 18,3 bilhões, referentes a 10,4 milhões de trabalhadores que possuem cotas do PIS. Para os cotistas que possuem conta corrente ou poupança na Caixa, os créditos serão realizados de forma automática.

O cotista que não é correntista da Caixa e tem idade a partir de 60 anos poderá realizar o saque das cotas do PIS a partir do dia 26 de agosto. Já os cotistas com até 59 anos e que não possuem conta no banco podem receber o benefício a partir do dia 2 de setembro.

Os saques das cotas do PIS com valor até R$ 3 mil podem ser feitos com o Cartão do Cidadão e a senha Cidadão nos terminais de autoatendimento, nas unidades lotéricas e correspondentes Caixa Aqui, com documento de identificação oficial com foto. Os valores acima de R$ 3 mil e de cotistas que não possuem Cartão do Cidadão e senha devem ser sacados nas agências, mediante apresentação de documento oficial de identificação com foto.

O beneficiário legal, na condição de herdeiro, pode comparecer a qualquer agência da Caixa portando documento oficial de identificação com foto e outro que comprove sua condição de sucessor para realizar o saque.

O representante legal do cotista está apto a retirar o saldo, mediante procuração particular, com firma reconhecida, ou por instrumento público que contenha outorga de poderes para solicitação e saque das Cotas do PIS.

Para atender aos trabalhadores com direito a cotas do PIS, a Caixa disponibilizou o site www.caixa.gov.br/cotaspis, onde é possível consultar o direito às cotas, além de valores, cronograma e locais mais convenientes para o saque.

O cotista também pode acessar as informações pelo aplicativo Caixa Trabalhador, pelo telefone 0800 726 0207, terminais de autoatendimento, por meio do Cartão do Cidadão e agências da Caixa. Os correntistas do banco podem utilizar o Internet banking Caixa, na opção “Serviços ao Cidadão”.

Como sacar o Pasep

Os cerca de 30 mil cotistas do Pasep que possuem conta corrente ou poupança no BB terão o depósito feito automaticamente nesta segunda-feira (19), à noite.

Os cotistas clientes de outras instituições financeiras, com saldo de até R$ 5 mil, poderão transferir o saldo da cota via Transferência Eletrônica Disponível (TED), sem nenhum custo, a partir de terça-feira (20). A opção de TED disponibilizada pelo BB pode ser realizada tanto via internet, pelo endereço eletrônico www.bb.com.br/pasep, quanto pelos terminais de autoatendimento.

Os demais cotistas, assim como herdeiros e portadores de procuração legal, poderão realizar os saques diretamente nas agências do BB, a partir do dia 22 de agosto, quinta-feira próxima. Ao todo, estão disponíveis para saque R$ 4,5 bilhões pertencentes a 1,522 milhão de cotistas.

(Agência Brasil)

Luizianne Lins – “Reforma da Previdência – Os mais pobres serão os mais prejudicados”

Com o título “Reforma da Previdência – Os mais pobres serão os mais prejudicados”, eis artigo da deputada federal Luizianne Lins (PT). Ela lamenta a aprovação na Câmara dessa matéria. Confira:

​Uma história, muitas mentiras. É assim que podemos resumir nossa história nos últimos 3 anos. Desde o golpe que afastou a Presidente Dilma que os grupos que assumiram o poder, tanto com Temer, como com Bolsonaro, aprovam medidas que retiram direitos dos mais pobres, atacam o meio ambiente e entregam nossas riquezas ao grande capital. E tudo vem sendo feito em nome de melhorar o país e as condições de vida da população. Mentiras.

​“Vamos vender as reservas do pré-sal que o povo vai viver melhor!” “Vamos fazer um ajuste fiscal! Vamos congelar os gastos sociais pelos próximos 20 anos que a economia vai crescer e vamos ter um pais de primeiro mundo!”. “Vamos fazer uma Reforma Trabalhista! Vamos retirar direitos dos trabalhadores e deixar quem tem carteira assinada quase tão sem direitos como que trabalha sem carteira que ai o desemprego acaba!”

​Pois é com a mesma lógica – de que “vai ser bom para todos!”, que “todos terão seus empregos de volta” – que agora se pretende fazer essa reforma da previdência.

​Aqueles que para viver precisam vender sua força de trabalho durante suas vidas são os que precisam ter a garantia de uma renda mínima quando estiverem cansados ou não tiverem mais saúde para trabalhar. Isso é a APOSENTADORIA. Não são os ricos que precisam dela.

​E a verdade é que a reforma é cruel. Mais de 80% da economia que se pretende fazer é retirada da renda futura daqueles que estão no Regime Geral de Previdência, o pessoal do INSS. Eles, na sua maioria, ganham de 1 a 2 salários mínimos. A economia virá com menos pessoas se aposentando, com menores valores nas aposentadorias e pensões ou na retirada de direitos como o abono do PIS.

​Os jovens serão os mais prejudicados. Um morador da periferia, que hoje tenha 15, 16 anos e esteja entrando no mercado de trabalho, dificilmente vai conseguir contribuir com o INSS durante 40 anos de forma ininterrupta. Não vai conseguir por que é da natureza do mercado de trabalho brasileiro a rotatividade. Aqui se trabalha 4 anos num canto com carteira assinada, se fica 1 ano desempregado e depois 2 anos trabalhando sem carteira e sem contribuir com o INSS. Essa é a realidade do trabalhador da construção civil, do garçom, do comerciário, do frentista, da secretária, do trabalhador doméstico, de todas as trabalhadoras e trabalhadores do país.

​As mulheres também sofrerão ainda mais. Elas, além de arcarem com os serviços de casa, são quem na maioria das vezes deixam de trabalhar quando nascem filhos ou se parentes adoecem. Como se afastam mais do trabalho, terão mais dificuldade de contribuir com a previdência e de se aposentar.

​Tudo isso não tem nada a ver com combate a privilégios. É apenas uma cruel mentira.

*Luizianne Lins

Deputada Federal do PT do Ceará.

(Foto – Agência Câmara)

Ceará não registra sequer uma gota de chuva neste sábado

Nenhum dos 184 municípios cearenses registrou sequer uma gota de chuva neste sábado (17), segundo dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Neste fim de semana, o sol deverá castigar Fortaleza com um céu de poucas nuvens e temperatura máxima de 32°C. Na madrugada, a temperatura será de 23°C.

Na segunda-feira (19), de acordo ainda com a Funceme, a máxima deverá cair para 31°C, diante do céu parcialmente nublado.

R$ 300 milhões – Marcos Pontes busca recursos para rombo na Ciência e Tecnologia

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Marcos Pontes, afirmou que a pasta busca um crédito suplementar para sanar o rombo de R$ 300 milhões.

Desde julho, o CNPq suspendeu a seleção de bolsistas no Brasil e no exterior até o dia 30 de setembro à espera de crédito.

O CNPq é a principal instituição federal financiadora de pesquisas no país juntamente com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O conselho custeia desde alunos em programas de iniciação científica a projetos de pesquisa de professores e pesquisadores em instituições como universidades e centros de pesquisa.

Pontes disse que o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, teria “dado a palavra” de que haveria uma solução para o caso com a garantia de recursos.

(Com a Agência Brasil)

R$ 62 milhões – Coordenador da bancada do Ceará comemora liberação de recursos para obras em estradas

As obras do Anel Viário de Fortaleza voltarão a ter continuidade, após o anúncio nessa sexta-feira (16) da liberação de R$ 32 milhões para a retomada dos trabalhos. É o que comemora o coordenador da bancada do Ceará no Congresso Nacional, deputado Domingos Neto, que na última semana tratou do assunto com o ministro dos Transportes, Tarcísio Gomes de Freitas.

Além dos recursos para o Anel Viário, mais R$ 30 milhões foram remanejados para o Ceará.

“Esse remanejamento que o Dnit nacional atendeu ao nosso pleito, pois outras obras tinham orçamento mas não teriam capacidade de execução. Mostramos que o Ceará precisa e tem a execução, otimizando assim a despesa orçamentária do órgão”, comentou Domingos Neto.

(Foto: Divulgação)

Ministério suspende bombeamento no Eixo Leste do São Francisco

185 1

O Ministério do Desenvolvimento Regional decidiu suspender o bombeamento no Eixo Leste do projeto de Integração do Rio São Francisco. O trecho do projeto está em fase de pré-operação após equipamentos de monitoramento emitirem alerta durante a fase final de enchimento da barragem Cacimba Nova, em Custódia (PE). O trecho leva água para a Paraíba. Segundo o ministério, vão ser necessárias novas intervenções na estrutura para garantir o funcionamento adequado da barragem, mas é uma medida preventiva uma vez que a estrutura não apresenta risco de rompimento.

“O ministério tem seguido rigorosamente os protocolos de enchimento das estruturas recomendados pela Agência Nacional de Águas (ANA), prezando, em primeiro lugar, a segurança da população que vive nas imediações do empreendimento; no momento, o consórcio supervisor da obra realiza estudo e perícia para identificar os ajustes técnicos necessários à estrutura, bem como indicar ações preventivas e de reparo que deverão ser realizadas”, diz nota.

Segundo o ministério, o segundo maior reservatório da Paraíba, o Epitácio Pessoa (conhecido como Boqueirão) está com 22,35% de sua capacidade e é capaz de assegurar o atendimento das cidades abastecidas a partir do Projeto São Francisco. Outro reservatório, de Moxotó, também pode atender a demanda dos municípios pernambucanos por, no mínimo, três meses. O Açude Cordeiro, também na região, tem capacidade para quatro meses. A população de Campina Grande, na Paraíba, não será afetada.

O Eixo Leste abastece mais de um milhão de pessoas em 46 municípios, sendo 12 em Pernambuco e 34 na Paraíba. O ministério reafirmou o compromisso em levar água para regiões que sofrem com longos períodos de estiagem, mas destacou que a prioridade é garantir a segurança das famílias que residem na região da obra.

(Agência Brasil)

Eduardo Girão: Debate está aberto “com os que comungam dos mesmos ideais”

O senador Eduardo Girão (Podemos) respondeu ao Blog sobre a matéria em que lideranças do Interior, que circula pelo vaivém de Brasília, estariam com saudades de Eunício Oliveira (MDB), quando o ex-senador fazia tramitar e aprovar empréstimos externos do interesse do governador Camilo Santana (PT) e dos prefeitos Roberto Cláudio, de Fortaleza, Firmo Camurça, de Maracanaú, e de Naomi Amorim, de Caucaia.

“Dialogo com todos aqueles que me procuram, sobretudo, com os que comungam dos mesmos ideais, como, por exemplo, o combate irrestrito à corrupção. Essa foi, inclusive, umas das minhas principais bandeiras de campanha e que vem norteando o meu mandato”, disse Eduardo Girão, por meio de nota.

Lideranças apontam que Girão é neófito e sem experiência nos corredores ministeriais.

(Foto: Arquivo)

Falta de recursos diminuirá expediente de militares, diz Bolsonaro

99 1

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nessa sexta-feira (16) que os problemas de orçamento do Executivo Federal são graves e que a ausência de recursos terá como um dos impactos a redução da jornada de militares, que trabalhariam durante “meio expediente”.

“O Brasil todo está sem dinheiro. Os ministros estão apavorados. O Exército vai entrar em meio expediente. Não tem comida para dar para o recruta. A situação é grave”, disse Bolsonaro.

Por meio de nota, o Ministério da Defesa informou que ainda trabalha “com a possibilidade de liberação de recursos contingenciados”, mas que estuda “alternativas caso se prolongue o referido bloqueio”.

(Agência Brasil)

Fachin marca data para julgar pedido de Lula para ter acesso às provas da Odebrecht

O Supremo Tribunal Federal, marcou para o próximo dia 27 de agosto, na 2ª Turma da Corte, o julgamento de uma reclamação apresentada pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ter acesso ao acordo de leniência firmado pela Odebrecht com o Ministério Público Federal e às provas dos sistemas Drousys e MyWebDay, usado respectivamente para comunicação e para organizar o pagamento de propinas da empresa. A decisao foi tomadsa pelo ministro Edson Fachin.

A medida já havia sido determinada pelo próprio ministro, relator dos processos da Lava Jato no STF, mas o juízo de primeira instância, em Curitiba, entendeu no final do mês passado que os advogados do petista já tiveram acesso às informações necessárias.

Os dados têm relação com o processo sobre a doação, pela empresa, de um apartamento em São Bernardo do Campo e um terreno que seria destinado à construção da sede do Instituto Lula como contrapartida a contratações irregulares pela Petrobras. Lula é acusado pelo MPF de ter recebido 12,4 milhões de reais em propina da Odebrecht por meio dos dois imóveis.

No despacho em que marcou o julgamento do pedido, Fachin considerou a restrição ao acesso dos dados é um aspecto que, em tese, “pode ser considerado relevante pelo órgão colegiado”. O ministro também deu três dias para que sejam feitos esclarecimentos, com auxílio da Polícia Federal, sobre as circunstâncias e em qual extensão a defesa teve acesso a estas informações.

Os advogados de Lula querem poder avaliar a integridade das provas que constam neste acordo de leniência e verificar em quais condições a Odebrecht se comprometeu a reparar, em 3,8 bilhões de reais, os danos apurados no âmbito da Operação Lava Jato, já que essas informações teriam repercussão no processo dos dois imóveis.

(Veja)